TheTornozeko

fm 2017
Demissão a cada novo save

27 posts neste tópico

Olá galera sou novo no fórum e jogo FM a pouco tempo, o jogo é muito bom mas estou com um sério problema, Eu não consigo ficar 1 ano em qualquer clube.
Fiz vários save com um time que tenho certo apego por causa do meu pai, Fluminense, só que todo save que faço com o Flu ou qualquer outro time não consigo ficar até o fim do Brasileirão ou fim de qualquer liga. Meus times sempre começam bem mas do nada quando chega a liga o time começa a dar pau e perder todo tipo de jogo, o problema é que são derrotas bobas e jogos que meu time não reage, tentei ver se era moral mas não era, como sou novo leio muito e ouvi sobre mudar de táticas e etc... só que fico com medo de mudar por causa que ela não está treinada, alguém sabe como evitar meu time de cair de produção sempre no campeonato nacional?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo que tu tá relatando, teu problema parece ser tático mesmo. Não tem segredo nesse caso. Dá uma lida nos materiais que tem aqui no fórum, nessa área mesmo tem um índice legal. Destaco, para iniciantes, o material sobre o princípio 3-2-3. Mas tem vários outros úteis.

Em relação a mudar de tática para algo não treinado, não é o ideal, mas se o time está perdendo tanto, é melhor fazer algo, mesmo que não ideal, do que não fazer nada né. Além disso, tu pode ensinar tua equipe a jogar de formas diferentes. Aproveita que no Brasil tem estadual e coloca desde o início a equipe para treinar três táticas, sendo a primeira a que tu pretende usar e as outras duas uma bem ofensiva e outra bem defensiva.

Assim, se mudar depois, não vai afetar tanto a equipe.

Além disso, em geral mudanças pequenas na tática já podem auxiliar bastante, não precisa jogar tudo que fez fora.

Por fim, se continuar com dificuldades, traz print da tua tática e instruções aqui pro fórum, posta elas aqui ou no tópico do centro tático. Se quiser fazer isso agora já com alguma que esteja jogando, podemos tentar ajudar.

 

 

@TheTornozeko

2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já li tudo que tem aqui no fórum e até em fóruns de fora, mas tipo já conheço o principio 3-2-3 e etc... mas como vou saber se minha tática funciona? fui demitido num save com o flu durante o Brasileiro, mas antes disso tinha chegado na final do carioca e só n fui campeão por causa do ranking de classificação, tipo então o único jeito de saber se a tática funciona no brasileirão é esperando chegar nele? Tu recomenda por exemplo se eu perder 2 jogos seguidos já mudar de tática? Meu time no Flu tinha pouca posse de bola durante o jogo, seria recomendado então eu jogar com mentalidade de contra-ataque?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, TheTornozeko disse:

Já li tudo que tem aqui no fórum e até em fóruns de fora, mas tipo já conheço o principio 3-2-3 e etc... mas como vou saber se minha tática funciona? fui demitido num save com o flu durante o Brasileiro, mas antes disso tinha chegado na final do carioca e só n fui campeão por causa do ranking de classificação, tipo então o único jeito de saber se a tática funciona no brasileirão é esperando chegar nele? Tu recomenda por exemplo se eu perder 2 jogos seguidos já mudar de tática? Meu time no Flu tinha pouca posse de bola durante o jogo, seria recomendado então eu jogar com mentalidade de contra-ataque?

Cara, eu não gosto de jogar no Brasil porque o estadual ilude muito mesmo. Acho que nem dos jogos contra os outros grandes dá pra tirar muita coisa. E dos demais jogos, não vejo como tirar nada. Então sim, pra saber se a tática funciona, só no brasileirão - é assim na vida real também, cheio de time que faz campanha boa no estadual e acaba rebaixado (Vasco, internacional, estou olhando pra vocês).

Dois jogos é pouco tempo. Mas depende também do que tu tá falando quando fala em mudança. Se jogo dois jogos e vejo que levei gol pela direita nos dois, então provavelmente já deveria ter mudado alguma coisa no posicionamento do ponta e/ou do lateral durante as partidas mesmo. Se levo gol de bola nas costas da defesa, posso baixar a linha defensiva.

Agora, mudar toda a tática de uma vez, aí não, dois jogos é muito pouco. Tenta ver o que tá errado nela, tenta ajustar, Se depois de uns cinco jogos não der em nada, aí eu faria mudanças mais fortes.

E claro, se tu tiver nessa situação, pedir ajuda sobre a tática em específico no fórum também pode auxiliar.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então vou fazer o seguinte, criar 3 táticas e treinar elas durante o carioca e etc..., quando chegar no BR e eu perder e ter talvez o inicio de uma crise eu vou mudar para outra treinada, será que assim vou ter melhores resultados? se tive posto aqui.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Possivelmente, mas tenta primeiro identificar o que tá dando errado na tática que não funcionou. Assiste as partidas, vê o que a equipe não tá fazendo bem, e tenta fazer ajustes. Trocar toda a tática é só se os ajustes não funcionarem mesmo.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem uma coisa que pode estar ajudando a ser demitido também, quais as expectativas que você escolhe no começo da temporada? Se escolher que vai ser campeão e estiver na metade da tabela é normal ser demitido, você não está cumprindo o que prometeu.

Tenta postar a tática aqui para ajudarmos no que der.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, bstrelow disse:

Tem uma coisa que pode estar ajudando a ser demitido também, quais as expectativas que você escolhe no começo da temporada? Se escolher que vai ser campeão e estiver na metade da tabela é normal ser demitido, você não está cumprindo o que prometeu.

Tenta postar a tática aqui para ajudarmos no que der.

Além disso, entra em questão o seu treinador. Se ele possui uma reputação amadora ou ruim, os jogadores podem não ir com a sua cara e isso custa no final do campeonato.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

33f510efc30040d5bed0819b7f7836b8.png

Tá ai minhas táticas, ainda estou no Carioca.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O pensamento é jogar o Brasileiro com a terceira tática, e quando o time parar de ganhar, se parar mudar pra primeira ou pra segunda

Estou rodando bem o time e rodando bem as táticas também.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
On 1/10/2017 at 5:04 PM, bstrelow said:

Tem uma coisa que pode estar ajudando a ser demitido também, quais as expectativas que você escolhe no começo da temporada? Se escolher que vai ser campeão e estiver na metade da tabela é normal ser demitido, você não está cumprindo o que prometeu.

Tenta postar a tática aqui para ajudarmos no que der.

Spoiler

 

7a2f8bdf1fd74e4bb73b2bf452c6b8cf.png

As de cima eu mudei pra essa agora, pois o time n tava rendendo nada.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@TheTornozeko posta as instruções das táticas e qual a sua intenção de jogo, só pelas funções dos jogadores fica complicado ajudar. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 hours ago, bstrelow said:

@TheTornozeko posta as instruções das táticas e qual a sua intenção de jogo, só pelas funções dos jogadores fica complicado ajudar. 

São poucas instruções, quase nenhuma pois não gosto de encher de instrução no inicio de save.
Exemplo: Posse de bola, Jogar pelas pontas, Levar até a área e só
Só na terceira tática que eu coloco passe direto

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
59 minutos atrás, TheTornozeko disse:

São poucas instruções, quase nenhuma pois não gosto de encher de instrução no inicio de save.
Exemplo: Posse de bola, Jogar pelas pontas, Levar até a área e só
Só na terceira tática que eu coloco passe direto

Então, aí já pode estar um dos problemas. Particularmente nunca joguei com tão poucas instruções, e acho que jogar assim deixa o time sem sal, sem identidade. Então sugiro que tente alguma coisa, dê uma identidade sua para a tática.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@TheTornozeko, você coloca poucas instruções e vai preenchendo dependendo do adversário? Acho que pra quem coloca pouca ou quase nenhuma instrução, essa maneira seria uma boa. 

A última tática não tá sem presença no meio durante os ataques? Pelo que vi, apenas um dos volantes subirão e terão dificuldade na ligação da defesa-ataque.

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, bstrelow disse:

Então, aí já pode estar um dos problemas. Particularmente nunca joguei com tão poucas instruções, e acho que jogar assim deixa o time sem sal, sem identidade. Então sugiro que tente alguma coisa, dê uma identidade sua para a tática.

Bah, aí eu já vou discordar. Nunca vejo sentido em começar uma tática com mais de três instruções. Se tu colocar mil coisas, como vai saber depois o que tá dando certo e o que não?

Eu acho que o ideal é sempre fazer as coisas de forma simples, se precisar depois mudar algo, aí tu altera e dá alguma instrução específica. Aliás, acho que o problema que eu mais vejo aqui no fórum é novato que quer dar cinco mil instruções para sua equipe e acaba dando instruções que não funcionam bem junto.

 

 

_----------------------------

Em relação à tática postada, eu vejo alguns problemas. Naquela tática bem da direita (as táticas do segundo post, as do primeiro nem olhei), por que a opção pelos dois volantes? Tu tem dois jogadores em posições muito defensivas ali. E na frente deles, dois pontas, que são jogadores que se preocupam em levar vantagem individual e cruzar a bola. Então quem é que é pra manter a posse de bola? Tem um espaço enorme no meio de campo que ninguém tem a função de explorar. Eu colocaria os volantes como meias, talvez até trocaria para funções mais ofensivas (não tenho certeza, mas no mínimo passaria para a meia), pra ocupar esse espaço de meio campo, também para o setor ofensivo.

Fora essa questão de posicionamento/função, tu mencionou jogar pelas pontas e manter a posse de bola. No geral, jogar pela ponta combina com um jogo rápido. Nos lados do campo é mais fácil para o adversário defender, pois teu jogador tem a linha lateral como limite para suas ações. E por outro lado, é uma zona da qual não se pode criar muito perigo, a não ser que uma jogada deixe alguém com muito espaço (geralmente jogadas rápidas, de ultrapassagem, jogador lançado, etc). Não me parece produtivo ser paciente com a bola e trocar muitos passes se tua equipe busca jogar pelos lados. Tu vai estar muito tempo em um setor de marcação fácil e dificilmente vai conseguir criar grandes jogadas por ali.

 

Nas outras táticas eu também vejo alguns problemas nessa questão de domínio do espaço. Tenta pensar: quem vai levar a bola até a parte ofensiva do meio campo? E na parte ofensiva do meio campo, quem vai fazer a jogada pra bola chegar no último homem? Quem vai ser o último homem? Como ele vai se livrar da marcação/quem vai aparecer para dar suporte a ele? O centroavante joga muito na frente, se não tem tanto apoio uma função mais propositiva de jogo pode ser melhor. O ponta em atacar também não se propõe a fazer muito e fica esperando a bola no pé - ambas funções exigem que o time tenha gente suficiente pra levar a bola até eles, senão não servem de nada.

Na segunda tática: o que acontece se o meia e o armador avançado estiverem marcados? Quem leva a bola? Tu quer que o ponta volte e busque ou que o lateral se preocupe mais na construção de jogo ou que o volante ajude nisso?

Na terceira tática (a da esquerda): quem ocupa todo o espaço entre o meio de campo e a área? Como a bola deve chegar no atacante e nos pontas? O atacante deve ficar na área só pra empurrar a bola ou participar do jogo?

Desculpa o tom, tô com sono no momento, acho que tá saindo pior do que era pra ser. Meu ponto é que tô vendo alguns problemas na tática, especialmente no sentido de quem deve ser responsável por jogadas criativas e por levar a bola na parte ofensiva. Acho que tu precisa pensar melhor esses elementos ofensivos.

3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Danut - O Sasha é um cuzão eu não uso várias instruções, mas acho que usar tão poucas também não é o ideal. Na minha opinião quando você dá poucas instruções é a mesma coisa que dizer pro time quem são os titulares e mandar eles pro jogo, dependendo praticamente só do talento individual deles. 

Pra quem esta começando a fazer suas próprias táticas agora, o ideal seria ler bastante,  e se inspirar em táticas prontas. Eu mesmo demorei muito tempo para conseguir fazer táticas minhas, pq fazia exatamente o que você disse, colocava mil instruções e uma acabava atrapalhando a outra. Então eu acho que é questão de testar, e ser razoável, encontrar o meio termo entre o quase nada e os vários comandos pro time. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, bstrelow disse:

@Danut - O Sasha é um cuzão eu não uso várias instruções, mas acho que usar tão poucas também não é o ideal. Na minha opinião quando você dá poucas instruções é a mesma coisa que dizer pro time quem são os titulares e mandar eles pro jogo, dependendo praticamente só do talento individual deles. 

Pra quem esta começando a fazer suas próprias táticas agora, o ideal seria ler bastante,  e se inspirar em táticas prontas. Eu mesmo demorei muito tempo para conseguir fazer táticas minhas, pq fazia exatamente o que você disse, colocava mil instruções e uma acabava atrapalhando a outra. Então eu acho que é questão de testar, e ser razoável, encontrar o meio termo entre o quase nada e os vários comandos pro time. 

Discordo. Tu não tá só mandando o time pro jogo de qualquer forma. Tu tem as funções individuais, tu já tá dizendo pra cada jogador o que exatamente é pra ele fazer.

Não sei se tu já viu o material do Cleon, é um cara gringo que escreve uns negócios que eu curto muito sobre o jogo, e ele fala bastante sobre não utilizar um excesso de instruções, que dá pra ter sucesso sem mudar instruções à equipe (claro, mentalidade eu não tô contando aqui, a mentalidade tu tem que mudar). É um material que eu gosto bastante, o desse cara.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Danut - O Sasha é um cuzão disse:

Discordo. Tu não tá só mandando o time pro jogo de qualquer forma. Tu tem as funções individuais, tu já tá dizendo pra cada jogador o que exatamente é pra ele fazer.

Não sei se tu já viu o material do Cleon, é um cara gringo que escreve uns negócios que eu curto muito sobre o jogo, e ele fala bastante sobre não utilizar um excesso de instruções, que dá pra ter sucesso sem mudar instruções à equipe (claro, mentalidade eu não tô contando aqui, a mentalidade tu tem que mudar). É um material que eu gosto bastante, o desse cara.

Nunca vi, mas acredito que funcione mesmo,  eu só nao curto muito. Até pq ja tentei e nao deu certo pra mim kkkkkk

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
On 1/10/2017 at 4:06 PM, Danut - O Sasha é um cuzão said:

Possivelmente, mas tenta primeiro identificar o que tá dando errado na tática que não funcionou. Assiste as partidas, vê o que a equipe não tá fazendo bem, e tenta fazer ajustes. Trocar toda a tática é só se os ajustes não funcionarem mesmo.

Tava vendo aqui meu time reservão jogando contra o Macaé, no primeiro tempo tomei mo sufoco mas fiz um gol aos 43 com um cruzamento e a bola entrando, vendo isso não fiquei feliz com o primeiro tempo e critiquei o time, alguns ficaram putos outros motivados, sendo assim a caida desempenho de um time pode ser falta de cobrança? porque no segundo tempo meu time começou a dominar e teve 2 bolas na trave.

Oque eu fazia no meu outro save era tentar deixar todo mundo motivado, as vezes eu n criticava pra n deixar eles vermelhos com seta pra baixo \/ talvez isso tenha feito meu time ficar sem sangue?

Editado por TheTornozeko
0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, TheTornozeko disse:

Tava vendo aqui meu time reservão jogando contra o Macaé, no primeiro tempo tomei mo sufoco mas fiz um gol aos 43 com um cruzamento e a bola entrando, vendo isso não fiquei feliz com o primeiro tempo e critiquei o time, alguns ficaram putos outros motivados, sendo assim a caida desempenho de um time pode ser falta de cobrança? porque no segundo tempo meu time começou a dominar e teve 2 bolas na trave.

Oque eu fazia no meu outro save era tentar deixar todo mundo motivado, as vezes eu n criticava pra n deixar eles vermelhos com seta pra baixo \/ talvez isso tenha feito meu time ficar sem sangue?

Talvez, mas pelas táticas que tu colocou acho que tu tem alguns problemas táticos também.

Em todo caso, pra palestras, eu uso no geral o seguinte: nota final até 6.7 (inclusive), falo pro jogador que não foi bem. Nota maior que 7 - falo que foi bem.

Em geral funciona.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É questão de pesquisar mesmo, de tentar aprender com a galera @TheTornozeko. Fez muito bem em vir no fórum.

Sobre o que o @bstrelow e o @Danut - O Sasha é um cuzão estavam falando, das instruções, eu acho que o caminho é achar uma base, uma formação e um esquema de jogo que você queira ter(Mentalidade e Ritmo), não tem mais receita de bolo pronta no FM(Quem não lembra do 4-1-2-1-2 Diamante?). Eu apanhei igual mulher da vagabundo no último FM16, porque várias coisas mudaram, e a parte das tácticas foi gritante pra mim, porque o jeito que eu gostava de jogar antes, já não funcionava mais. Não adianta você querer jogar um jogo de posse de bola, se seu time não tem esse atributo bem desenvolvido. E por ai vai... Tenta decidir uma modelo de jogo com base nos jogadores que você tem, nas melhores funções pra eles e ir adaptando da maneira que você quer aos poucos, vai treinando novas posições e movimentos preferidos, até que você tenha material humano para jogar como você deseja. Mas não se esqueça, cada adversário é diferente do anterior, você vai ter que adaptar várias coisas, jogo a jogo.

Normalmente, nessa versão do FM17, meu time tem de 9 a 11 instruções, dependendo do jogo, mas você não pode querer colocar todas elas já no começo, tem que ir adaptando aos poucos, o que eu faço normalmente, é escolher uma formação e um modelo de jogo que eu quero, com umas 3 ou 4 instruções. Quando eu vejo que o time está começando a jogar da maneira que eu idealizei(Nem sempre acontece), eu começo a dar identidade ao time, como foi dito pelos colegas.

Eu tive um save com o Fluminense já nesse FM, e fui campeão brasileiro no segundo ano, porém do 16 para o 17 o time do Fluminense piorou absurdamente, tem que ter um esquema de jogo muito encaixado, para que você obtenha bons resultados. Utilizei durante o save inteiro, o famoso 4-2-3-1 com Extremos(Tentei simular o gegenpressing). Porque pra mim, eu tinha os jogadores necessários para jogar assim,  hoje em um outro save que estou jogando, já não jogo mais assim, porque o time que eu estou não tem o perfil de jogar num estilo gegenpressing(Mesmo que no FM não seja beeeeeeeeeem um gegenpressing). Você pode ter uma ideia de futebol, de como você gosta de jogar, mas nem sempre o time que você está jogando no momento pode render dessa maneira. Ai você tem que se adaptar e encontrar um meio termo para conseguir fazer sua ideologia funcionar aos poucos.

 

Espero ter ajudado.

 

2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sofro do mesmo mal, já li todos os guias, vejo streams, faço testes e mesmo assim parece que tudo o que eu tento dá errado.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
50 minutos atrás, roshar17 disse:

Sofro do mesmo mal, já li todos os guias, vejo streams, faço testes e mesmo assim parece que tudo o que eu tento dá errado.

Como já dissemos anteriormente, se precisar de ajuda para alguma tática específica, estamos aí :) (só não nesse tópico daí, acho, pra não desvirtuar, mas em outro ou no centro tático)

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
22 hours ago, DouglasBerndt said:

É questão de pesquisar mesmo, de tentar aprender com a galera @TheTornozeko. Fez muito bem em vir no fórum.

Sobre o que o @bstrelow e o @Danut - O Sasha é um cuzão estavam falando, das instruções, eu acho que o caminho é achar uma base, uma formação e um esquema de jogo que você queira ter(Mentalidade e Ritmo), não tem mais receita de bolo pronta no FM(Quem não lembra do 4-1-2-1-2 Diamante?). Eu apanhei igual mulher da vagabundo no último FM16, porque várias coisas mudaram, e a parte das tácticas foi gritante pra mim, porque o jeito que eu gostava de jogar antes, já não funcionava mais. Não adianta você querer jogar um jogo de posse de bola, se seu time não tem esse atributo bem desenvolvido. E por ai vai... Tenta decidir uma modelo de jogo com base nos jogadores que você tem, nas melhores funções pra eles e ir adaptando da maneira que você quer aos poucos, vai treinando novas posições e movimentos preferidos, até que você tenha material humano para jogar como você deseja. Mas não se esqueça, cada adversário é diferente do anterior, você vai ter que adaptar várias coisas, jogo a jogo.

Normalmente, nessa versão do FM17, meu time tem de 9 a 11 instruções, dependendo do jogo, mas você não pode querer colocar todas elas já no começo, tem que ir adaptando aos poucos, o que eu faço normalmente, é escolher uma formação e um modelo de jogo que eu quero, com umas 3 ou 4 instruções. Quando eu vejo que o time está começando a jogar da maneira que eu idealizei(Nem sempre acontece), eu começo a dar identidade ao time, como foi dito pelos colegas.

Eu tive um save com o Fluminense já nesse FM, e fui campeão brasileiro no segundo ano, porém do 16 para o 17 o time do Fluminense piorou absurdamente, tem que ter um esquema de jogo muito encaixado, para que você obtenha bons resultados. Utilizei durante o save inteiro, o famoso 4-2-3-1 com Extremos(Tentei simular o gegenpressing). Porque pra mim, eu tinha os jogadores necessários para jogar assim,  hoje em um outro save que estou jogando, já não jogo mais assim, porque o time que eu estou não tem o perfil de jogar num estilo gegenpressing(Mesmo que no FM não seja beeeeeeeeeem um gegenpressing). Você pode ter uma ideia de futebol, de como você gosta de jogar, mas nem sempre o time que você está jogando no momento pode render dessa maneira. Ai você tem que se adaptar e encontrar um meio termo para conseguir fazer sua ideologia funcionar aos poucos.

 

Espero ter ajudado.

 

 

16 hours ago, roshar17 said:

Sofro do mesmo mal, já li todos os guias, vejo streams, faço testes e mesmo assim parece que tudo o que eu tento dá errado.

 

15 hours ago, Danut - O Sasha é um cuzão said:

Como já dissemos anteriormente, se precisar de ajuda para alguma tática específica, estamos aí :) (só não nesse tópico daí, acho, pra não desvirtuar, mas em outro ou no centro tático)


Bom galera vim aqui falar o que aconteceu com meu save novo, fico triste em dizer que... ESTOU CONSEGUINDO IR BEM!!! Sim pelo jeito aprendi a jogar FM e estou indo bem no Campeonato Brasileiro, comecei bem mal mas com o tempo descobri mais algumas coisas que poderiam me ajudar. 
Primeiro comecei bem mal o save com meu time entregando um jogo ganho para o time bem ruim do Vasco, depois continuei numa fase pavorosa até que comecei a criticar meu time, criticando as áreas do time que estavam jogando mal. Isso fez com que meu time acordasse, tudo começou a funcionar e consegui ganhar de 5 x 1 do Corinthians sem o time adversário tocar na bola, tava indo bem mas algo fazia meu time entregar jogos que não poderiam ser entregados, o Brasileirão tava bem disputado, bem mesmo, só que a diretoria entendeu que eu apenas estava a apenas 6 pontos do sexto colocado e ainda com 2 jogos a menos, esses desmiolados disseram que eu estava indo mal e falou que se não fizesse 10 pontos em 5 jogos estaria na RUA, n acreditei mas fazer o que né... acho que o jogo entendeu como se o G6 fosse ainda G4, sei lá, ai que tive a ideia de todo jogo zerar a escalação e ir colocando o jogadores de acordo com os que estavam jogando bem e tirando os ruins que estavam quebrando o meio-campo e etc..; ai fui acertando a escalação até que... peguei meu time e comecei a escalar sempre do zero o time e ir vendo quem funcionava, no jogo comecei antes do jogos criticar a áreas do time que tinham jogado mal no jogo anterior e fui assim criticando, certos jogos como o do Sport meu time tava vencendo mas estava sendo dominado durante o primeiro tempo, no intervalo falei pra defesa e para o meio que eles estavam indo mal e já pro ataque que eles poderiam melhorar, no segundo tempo meu time fez 3 - 1 e joguei 1000000000 vezes melhor, só que em algum jogo que isso n funcionasse eu fazia as subs e se os jogadores reservas rendessem bem no jogo eu ia lá e repetia essa escalação pro próximo jogo. Pelo jeito amigos meu problema não era tático e sim psicológico com meus jogadores. Agora os 10 pontos que a diretoria pediu fiz 12 e ainda depois ganhei do líder Cruzeiro que só tinha perdido apenas 1 jogo!!!!

Prints abaixo:

Fixtures:
8b8123ae3ab6417d94d4d63fdb008475.png

Gráfico:

541329e7798a4a3b9f3c0b01c0cc4016.png
Time:
a9964125da3846ca9d346af8eb14785c.png

Estatísticas dos times:

1c3f2be92f3e496dab9748ed0af67846.png

Dos jogadores...

7398059a447440d7b7197eb821dae836.png

Quero agradecer a vocês, mesmo que eu tenha descoberto algumas coisas sozinho vocês me ajudaram de alguma forma.

Editado por TheTornozeko
3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Jirimias
      Por Jirimias
      Boa noite a todos!   Depois de um tempo afastado da área, juntando as ideias, cuidando de outras partes da vida que precisavam de minha atenção, estou de volta para compartilhar um save aqui na área.   A escolha da temática "Os doze trabalhos de Hércules" creio que já tenha visitado a cabeça de muitos, mas sem sair do campo das ideias, então vi que era hora de colocar em prática. Aí entrava o desafio de alinhar os desafios do clube aos trabalhos do herói, para tanto, fiz interpretação bem pessoal dos objetivos para que ficassem adequado aos pilares que considero fundamentam um save de clube: alto rendimento em campo, crescimento do clube e desenvolvimento de jovens. Aí bastava dividir os trabalhos dentro destes critérios e algumas vezes apelar para a criatividade, como verão mais a frente.

      O clube escolhido é o Hercules, atualmente na terceira divisão da Espanha.
      Sem ficção?   Para quem está acostumado as minhas ficções, poderá estranhar um pouco, porque o save, apesar de ser uma ficção, não possui uma trama secundária, não que não faltasse ideias e vontade, mas falta tempo para isso. Por isso o save seguirá a um estilo que fiz no passado: o documentário. Cada postagem será um episódio, e contará com um narrador que dará a palavra aos outros entes envolvidos. Tentarei ser mais sucinto nas postagens e assim chegar a um save dinâmico, onde jogo e tópico andem de mãos dadas: um sonho de consumo meu. Por ser um save de clube, ele não terminará na demissão do treinador: demitiu um, eu crio outro.    Bom, chega de papo. Vamos ao trabalho! Ops, vamos à diversão! Abaixo um vídeo para "dar um esquenta".       
       
    • gBssasadqw
      Por gBssasadqw
      Boa Tarde.
       
      Estou com problemas na inscrição da equipe em todas as ligas europeias. O meu FM não me permite selecionar os jogadores que eu quero inscrever e a única forma de passar dessa tela é deixando por conta do meu assistente, que nunca seleciona todos os jogadores que eu quero.

      Alguém sabe como resolver isso? já iniciei saves com todos os updates que encontrei e com o jogo puro, e em todas as ocasiões tive o mesmo problema. 
      Segue um print da situação Screenshot Inscrição da equipe

      Obrigado.
    • DRMoreira04
      Por DRMoreira04
      Pessoal, boa noite.
       
      Atualmente, estou sofrendo treinando o Ternana Calcio, time da segunda divisão Italiana.
      Não sou um técnico experiente, muito pelo contrário, e tenho me deparado com o seguinte problema: bola nas costas + jogadores adversários fazendo facão e recebendo excelentes bolas atrás dos meus pontas/ zagueiros = o que normalmente tem resultado em gols. 
      Além disso, estou com certa dificuldade em fazer meu time jogar TAMBÉM pelas pontas, já que estão concentrando os ataques no meio campo.
      Minha tática atual é a 3-4-1-2 e, não sei como consertar isso, portanto, se puderem me ajudar fico muito agradecido.
       
      Seguem as imagens da tática e das instruções que utilizo, além dos resultados obtidos até então (iniciei a temporada agora):
      :


       
      Se também tiverem outras dicas para que meu time possa render mais, sou todo ouvidos. 
    • Bruno Trink
      Por Bruno Trink
      Sim, sou eu mesmo.
      Meu pai, Al-Hajie, foi goleiro da seleção de Gâmbia, e veio com a família para a Inglaterra, mais especificamente Watford. Depois fomos para Peckham, sul de Londres, e comecei a estudar na St Joseph's Academy, em Blackheath. Com 13 anos, jogando pelo time de futebol de lá, marquei 132 gols em 32 jogos e comecei a chamar a atenção de alguns clubes. No Millwall foi onde eu iniciei minha formação e continuei a me destacar, tanto que gigantes como o United e o Liverpool tentaram me contratar. O Millwall, inclusive, rejeitou uma proposta dos Reds de £2 milhões e assinamos um contrato de três anos como profissional.
      O fato é, admito, que nunca consegui alcançar o nível que todos esperavam de mim. Passei pela Espanha, voltei, fui pra Finlândia. Voltei, dessa vez sem sucesso depois de testes no Norwich e no Portsmouth, acabei indo para a Grécia jogar a segunda divisão. Tentei novamente voltar para a Inglaterra mas não consegui um contrato. Encerrei minha carreira em julho do ano passado depois de mais uma passagem pela Escandinávia, dessa vez na Noruega, e alguns anos lutando contra lesões recorrentes.
      No entanto, eu não queria me afastar do futebol. Eu sentia que podia transmitir para os jovens que, como eu, não conseguem lidar com todo o hype que envolve esse mundo tão particular. Acabei de terminar o curso e recebi minha licença UEFA B. Estava pensando em emendar, fazer o curso para a A, mas enquanto a turma não começa, vou sondar o mercado.

      E existe lugar melhor para compartilhar minha trajetória do que um fórum de Football Manager?
      Cherno Samba
    • Henrique M.
      Por Henrique M.
      Reflexões, ponderações e filosofias
      Antes de falar do save em si, queria aproveitar o espaço para fazer um desabafo. Parece que a cada novo FM que surge eu vou perdendo cada vez mais o contato que eu tinha com o jogo no passado, mas vejo alguns exemplos de pessoas na mesma faixa de idade, mesma faixa de afazeres ou até em faixa maiores, jogando e tendo a boa e velha conexão com o jogo. Não sei se posso culpar o jogo em si ou culpar o jogo com relação a mim. Poderia ser pessoal, mas recentemente venho me divertindo no Football Manager 2008 e poderia facilmente migrar para o Football Manager Touch, que foi minha grande empolgação com um save, tirando os playoffs de promoção com o Santarcangelo. Então acredito que o problema não é do jogo, nem da minha relação com o jogo. É do que eu quero ver acontecendo no jogo.
      Infelizmente eu escolhi um desafio que o jogo não estava disposto a aceitar nas minhas condições, era possível, mas eu precisava aceitar as condições que o jogo impunha e isso não era o suficiente, eu precisava de mais e não aguentava ver o resultado do que eu queria dentro de campo. Não ligo para derrotas, para os percalços, desde que eles ocorram com meu time atuando da maneira pela qual ele foi desenhado para atuar. Se eu me comprometo com a retranca, tenho que estar ciente do que ela causa, se eu me comprometo com o jogo ofensivo, tenho que estar ciente do que ele causa e assim por diante. A questão é que eu me comprometi com uma coisa diferente, que era o líbero, não era uma questão de tática, não era uma questão de estilo de jogo. Era uma questão de trazer uma função morta para o FM e fazê-la funcionar tanto defensivamente quanto ofensivamente, mas isso limitava meu estilo de jogo a ser puramente defensivo ou contra-ofensivo. E as equipes que tiveram grandes líberos ofensivos não jogavam exclusivamente assim e muitas poderiam ser descritas como equipes fluidas e ofensivas.
      Eu passei do estágio de querer ver um desafio impossível sendo feito por mim, passei do estágio de querer acumular títulos e fazer grandes saves em termos de troféus e vitórias. Tive um dos maiores prazeres no FM 2015 com uma equipe que ganhou 3 italianos em umas 15 temporadas, perdeu 2 vezes a Champions e até hoje sinto saudades desses momentos, pois ali eu não estava construindo a minha dinastia, ali eu estava construindo uma história em conjunto com um clube. Tinha aquele apego, tinha aquela paixão de transformar o mundo do futebol. E esse é um problema grande, não consigo fazer igual a maioria das pessoas e escolher um save simples, seguro e que seja factível de se encerrar. Eu quero o desafio de modificar a história, criar momentos que só o FM proporciona e isso acredito que vem dificultando o processo de jogar FM.
      Desafabo feito, hora de seguir adiante e tentar mais uma vez. Se falharmos, levantamos, sacudimos a poeira e tentamos de novo.
      Introdução
      No Football Manager 2014 eu tentei aquele desafio impossível, meu grande feito até hoje foi conquistar a Champions League com o Rangers da Escócia no FM 2012. Por isso, decidi apimentar as coisas e buscar o título da Champions League com outro clube britânico, só que dessa vez advindo da Irlanda. Foram lindas 12 temporadas com 10 títulos nacionais, 9 deles consecutivos e incontáveis títulos nas copas domésticas, transformando o Shamrock Rovers no maior vencedor de todas as competições irlandesas. Em nível continental, realizamos o feito que o Dundalk realizou nessa temporada, ao se tornar o primeiro clube irlandês a participar de uma fase de grupos de uma competição europeia e fomos além, chegamos até as oitavas-de-final da Champions em uma ocasião e participamos por 3 ou 4 vezes do mata-mata da Liga Europa. Porém, apesar de nunca sequer estar perto de alcançar o único objetivo do save, transformei o Shamrock Rovers, mas isso não foi o suficiente para alavancar o futebol irlandês e sem a alavancagem do futebol irlandês seria impossível chegar até o objetivo do save. Eu me frustrei com isso, encerrei o save, depois me arrependi, mas a decisão já estava feita. Contudo, nesse save desenvolvi jogadores, criei ícones e lendas do clube, inclusive consegui segurar uma gigante promessa irlandesa por mais de 10 temporadas na equipe, fazendo com que um jogador da base se tornasse um importante jogador da história da equipe. E eram essas pequenas coisas que seguravam o save, mas infelizmente, ele estaria fadado a nunca dar certo da maneira que eu gostaria.
      Por isso, no ano passado, o ggpofm traduziu e adaptou um texto sobre como tornar uma liga competitiva e eu decidi que era hora de tentar realizar o impossível novamente, porém eu incuti no erro de começar o jogo no FM 2014 e comparar as duas histórias e é óbvio que isso deu errado, pois eu me frustrava com o que ocorria e olhava e comparava com o que havia sido feito e me perguntava o que estava acontecendo e o que estava sendo feito de errado, até o ponto em que eu comecei a tentar emular as decisões do passado. Isso ruiu a tentativa.
      É hora de aprender com o passado e recomeçar um desafio diferente que é transformar uma liga com um desafio do passado, a busca do impossível. Sinceramente, espero que seja esse o combustível necessário, pois o fato de querer continuar participando ativamente da área me fez retornar rapidamente com uma história. Quando não estou contando um save, a atenção que dou a área é totalmente diferente e sinceramente, como é uma área que pulsa numa vibração interessante e revigorante, acho injusto comigo mesmo não estar aqui, mesmo que o preço seja mais uma história inacabada.
      Objetivo
      Conquistar a Champions League com o Shamrock Rovers Regras do save
      Se o jogador não serve mais para o Shamrock Rovers, a prioridade é repassá-lo para uma equipe irlandesa, mesmo que isso signifique aceitar uma oferta menor ou perder o jogador de graça. Não contratar destaques de outras equipes irlandesas. Buscar repatriar jogadores irlandeses de ligas estrangeiras. Buscar contratar jovens promessas de equipes irlandesas, com o propósito de acelerar a evolução do mesmo. Buscar antecipar a concorrência externa pelos principais jogadores da liga, evitando que jogadores de bom nível ou alto potencial saiam do país. (A única condição que permite contratar um jogador adversário que seja importante para o clube) Caso alguma nova necessidade vá surgindo, irei informar num post e adicionar aqui Histórico