Jump to content
Sign in to follow this  
Messias Götze

Santos Futebol Clube

Recommended Posts

Dr.Thales

Ps. Estava procurando estatísticas atualizadas do brasileiro, mas nosso campeonato é tão zoneado, que nem isso você encontra.

Mas das que vi, alguns número interessantes:


Segundo melhor ataque, terceira melhor defesa e terceiro time com maior percentual de acerto de passes (e também um dos que mais troca passes e um dos que tem a maior média de posse de bola por jogo).

 

Em compensação, é um dos times que menos finaliza a gol (embora esteja na parte de cima da tabela na proporção entre gols e finalizações/tentativas)...

 

Enfim, se alguém puder indicar algum lugar que tenha estatísticas do campeonato, seria maravilhoso...

Edited by Dr.Thales

Share this post


Link to post
Share on other sites
caissara
3 horas atrás, Dr.Thales disse:

Eu discordo.

Grande parte da temporada boa do Santos, defensivamente falando, se dá pelo controle do jogo.

Ano passado o Santos dava a bola pro adversário e jogava no contra ataque, o que acaba resultando em muitos gols tomados, por ineficiência da marcação.

Esse ano a defesa tá bem melhor, só ver as estatísticas...

E eu credito isso ao fato do time perder menos a bola. Só ver as estatísticas de passes e passes errados. Por incrível que pareça, o Santos erra poucos passes.

Óbvio que manter a posse de bola e não ter objetividade não ajuda e não determina o resultado, mas creio que isso influência no resultado de longo prazo do time no ano, que, no geral, tem tido um bom ano.


E, ainda, coloco na conta disso tudo o fato do Santos obrigar os outros times a jogarem na retranca - o que dificulta essa questão da movimentação que você disse. Oras, se o time é espremido no meio de duas linhas de 4 bem justas, tem mais que rodar a bola, abrir pros pontas e laterais e esperar um espaço e/ou cruzar e/ou apostar em jogadas individuais.

Enfim, ao contrário dos críticos do Santos, eu não tenho tantas objeções assim, não. Muito menos quero a ideia ridícula de ter o Luxemburgo de volta (credo!)...

Entendo seu ponto de vista, mas acho que isso não tem muito a ver com o fato de termos ou não a bola. Acho que o Santos toma muitos gols porque o meio campo é pouco combativo e as subidas do Victor Ferraz não têm cobertura efetiva. Não é à toa que fora de casa quase todos os gols que o Santos toma saem por aquele lado do campo. A entrada do Yuri melhoraria o time nesse quesito, mas perderíamos a classe e o poder de decisão do Renato, que vem sendo um dos mais importantes jogadores do time. Ou então o Dorival deveria dar um trabalho de marcação mais forte pro Vitor Bueno e pro Copete, obrigando-os a voltar para marcar até a nossa linha intermediária pelo menos, pra povoar o lado do campo e tirar a velocidade do adversário por ali. A má fase do Thiago Maia, Victor Ferraz e o do David Braz também não estão ajudando muito.

E concordo com você Dr. Thales, Luxemburgo é uma ideia esdrúxula, sem cabimento. Típico rumor pra causar instabilidade na comissão técnica. Ver isso partir de dentro do conselho deliberativo mostra o quanto esses caras são "santistas". Melhor dormir com o inimigo...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Marco.Oliveira

Acho que nenhum time com diretoria séria cogita a possibilidade de contratar o Luxa nesse momento. Ele conseguir migrar de técnico de alto nível para só mais um falastrão. Até que demorou pra ele ficar no mesmo limbo que o Leão.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dr.Thales
Em 11/10/2016 at 18:47, caissara disse:

Entendo seu ponto de vista, mas acho que isso não tem muito a ver com o fato de termos ou não a bola. Acho que o Santos toma muitos gols porque o meio campo é pouco combativo e as subidas do Victor Ferraz não têm cobertura efetiva. Não é à toa que fora de casa quase todos os gols que o Santos toma saem por aquele lado do campo. A entrada do Yuri melhoraria o time nesse quesito, mas perderíamos a classe e o poder de decisão do Renato, que vem sendo um dos mais importantes jogadores do time. Ou então o Dorival deveria dar um trabalho de marcação mais forte pro Vitor Bueno e pro Copete, obrigando-os a voltar para marcar até a nossa linha intermediária pelo menos, pra povoar o lado do campo e tirar a velocidade do adversário por ali. A má fase do Thiago Maia, Victor Ferraz e o do David Braz também não estão ajudando muito.

E concordo com você Dr. Thales, Luxemburgo é uma ideia esdrúxula, sem cabimento. Típico rumor pra causar instabilidade na comissão técnica. Ver isso partir de dentro do conselho deliberativo mostra o quanto esses caras são "santistas". Melhor dormir com o inimigo...

Eu já acho que o Santos toma poucos gols...


E os que tem tomado a mais nos últimos jogos, tô colocando na conta do David Brás, que tem errado demais, demais...

Com o Gustavo Henrique, não teríamos tomado alguns dos gols que tomamos.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Marco.Oliveira
36 minutos atrás, Dr.Thales disse:

Eu já acho que o Santos toma poucos gols...


E os que tem tomado a mais nos últimos jogos, tô colocando na conta do David Brás, que tem errado demais, demais...

Com o Gustavo Henrique, não teríamos tomado alguns dos gols que tomamos.

 

Acho que o David Braz vai começar a ficar ligado, pois o Nogueira acabou cavando uma vaga nos relacionados pro clássico de hoje, o que significa que uma sombra para o David ele já está fazendo e o Veríssimo acabou se queimando.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dr.Thales
1 hora atrás, Marco.Oliveira disse:

Acho que o David Braz vai começar a ficar ligado, pois o Nogueira acabou cavando uma vaga nos relacionados pro clássico de hoje, o que significa que uma sombra para o David ele já está fazendo e o Veríssimo acabou se queimando.

Não entendi a história do Noguera.


Ele é um zagueiraço, pois já o vi atuando algumas várias vezes...


Chega no Santos, nem no banco do David Brás tava ficando...WTF?!

Tomara que ano que vem ele tenha mais oportunidades, pra termos 3 bons e jovens zagueiros: Gustavo Henrique, Luís Felipe e Fabián Noguera.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Marco.Oliveira
3 minutos atrás, Dr.Thales disse:

Não entendi a história do Noguera.


Ele é um zagueiraço, pois já o vi atuando algumas várias vezes...


Chega no Santos, nem no banco do David Brás tava ficando...WTF?!

Tomara que ano que vem ele tenha mais oportunidades, pra termos 3 bons e jovens zagueiros: Gustavo Henrique, Luís Felipe e Fabián Noguera.

Vou resumir.

Um empresário ofereceu o Nogueira para a Diretoria nos moldes (zagueiro novo, bom e de graça) via DVD. A diretoria ficou interessada e mandou um olheiro ver qual era a história. Quando o Banfield ficou sabendo, botou ele pra treinar separado e não relacionou mais pra jogo nenhum, nem pra jogo da firma no fim do ano.

O Dorival queria um atacante, e como já estava no veneno por causa da história do Maxi Rolon, vetou a vinda do zagueiro, o problema é que quando ele resolveu vetar, o pré-contrato já estava assinado e aí não dava mais pra voltar atrás.

O Fabian Nogueira veio, e simplesmente bombou em todos os testes físicos e técnicos (devido a falta de jogo, lógico) e aí o Dorival deu uma leve fritada no Nogueira dizendo que ele tinha "deficiências" técnicas, físicas e táticas que não permitiam que ele estivesse ao nível do elenco e que no momento ele estava atrás até do Lucas Veríssimo. Pro azar do Dorival, o Nogueira não é um acomodado como o Maxi Rolon, o cara deu o sangue nos treinos, aceitou treinar até com o time B pra pegar ritmo de jogo e chegou voando no amistoso, que ele sabia que era seu momento único no ano. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
caissara

Espero que o Dorival dê uma chance justa ao Noguera. Não um jogo apenas, mas uma sequência, da mesma forma que foi dada ao Luiz Felipe e ao David Braz.

Share this post


Link to post
Share on other sites
caissara

Jogo sofrível contra o São Paulo. Não entendo por que o Santos faz um gol e desiste de jogar futebol. Pelo menos o Copete tem estrela e tá salvando a pátria todo jogo.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dr.Thales
15 horas atrás, caissara disse:

Jogo sofrível contra o São Paulo. Não entendo por que o Santos faz um gol e desiste de jogar futebol. Pelo menos o Copete tem estrela e tá salvando a pátria todo jogo.

 

Tava comentando isso ontem no grupo do whats...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Marco.Oliveira
17 horas atrás, caissara disse:

Jogo sofrível contra o São Paulo. Não entendo por que o Santos faz um gol e desiste de jogar futebol. Pelo menos o Copete tem estrela e tá salvando a pátria todo jogo.

 

 

1 hora atrás, Dr.Thales disse:

Tava comentando isso ontem no grupo do whats...

E já repararam que isso acontece com mais frequência justamente com a galera do bloco lá de baixo?

Share this post


Link to post
Share on other sites
caissara

Me lembra um pouco aquele tipo de aluno que não curte estudar, aí um belo dia resolve fazer um trabalho da escola e logo depois vai dormir com a consciência tranquila. Aquele famoso "ufa, meu trabalho tá feito, que alívio".

É estranho. parece que o Santos sente a pressão de precisar fazer o resultado e quando faz o gol, imediatamente relaxa. Essa atitude combinada com o esquema de marcação por zona sem pressão dá a impressão que o time tá lento, quase parando, esperando um erro do adversário. Quando retoma a bola, o Santos não faz nada com ela. Troca dois passes laterais e devolve de graça a posse pro adversário. É irritante!

Acho que o torcedor santista fica decepcionado porque sabe que o time pode render muito mais.

Sobre o próximo jogo, parece que o Noguera vai ser o titular no lugar do Luiz Felipe. Vítor Bueno ainda é dúvida e deve voltar só contra o Internacional. É a nossa grande chance de nos livrarmos de vez do David Braz como titular. Grêmio vai ser parada dura, mas confio no Santos jogando na Vila.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dr.Thales
14 horas atrás, caissara disse:

Me lembra um pouco aquele tipo de aluno que não curte estudar, aí um belo dia resolve fazer um trabalho da escola e logo depois vai dormir com a consciência tranquila. Aquele famoso "ufa, meu trabalho tá feito, que alívio".

É estranho. parece que o Santos sente a pressão de precisar fazer o resultado e quando faz o gol, imediatamente relaxa. Essa atitude combinada com o esquema de marcação por zona sem pressão dá a impressão que o time tá lento, quase parando, esperando um erro do adversário. Quando retoma a bola, o Santos não faz nada com ela. Troca dois passes laterais e devolve de graça a posse pro adversário. É irritante!

Acho que o torcedor santista fica decepcionado porque sabe que o time pode render muito mais.

Sobre o próximo jogo, parece que o Noguera vai ser o titular no lugar do Luiz Felipe. Vítor Bueno ainda é dúvida e deve voltar só contra o Internacional. É a nossa grande chance de nos livrarmos de vez do David Braz como titular. Grêmio vai ser parada dura, mas confio no Santos jogando na Vila.

Mais ou menos isso...

 

O pior é a mania de entregar a bola DE GRAÇA pro adversário seguidamente...

PQP!

Pode até não pegar a bola e sair em contra ataque rápido, como fazia ano passado...

 

mas se conseguisse tomar a bola e segurar por alguns minutos, já estaria feliz.

Mas, não! Pega a bola, tenta dar dois passes e chutão pra frente...e perde a bola e lá vem adversário dar pressão de novo...

Será que estamos sentindo falta da saída de bola pelas pontas, com Gabriel e Vitor Bueno?!

Porque o Lucas Lima, quando vai armar, tem o RO e o Copete na frente, só...o RO é bola perdida, Copete erra quase tudo quando tenta sair assim...

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
caissara

Acho que está faltando entrosamento ali sim, viu Dr. Thales. E temos que lembrar que o Jean Mota jogou muito abaixo do que pode jogar contra o SPFC. Temos que dar o crédito também, pois o SP tem uma defesa sólida, está entre as melhores do campeonato apesar da má campanha.

Vitor Bueno está recuperado e deve entrar como suplente contra o Grêmio segundo o repórter Ademir Quintino. As coisas estão melhorando!

Jogo de vida ou morte, precisamos dos 3 pontos. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dr.Thales
21 horas atrás, caissara disse:

Acho que está faltando entrosamento ali sim, viu Dr. Thales. E temos que lembrar que o Jean Mota jogou muito abaixo do que pode jogar contra o SPFC. Temos que dar o crédito também, pois o SP tem uma defesa sólida, está entre as melhores do campeonato apesar da má campanha.

Vitor Bueno está recuperado e deve entrar como suplente contra o Grêmio segundo o repórter Ademir Quintino. As coisas estão melhorando!

Jogo de vida ou morte, precisamos dos 3 pontos. 

Falta entrosamento e falta qualidade, né?

Vitor Bueno e Gabigol eram duas boas opções de saída de jogo... e se perdeu agora.

Precisamos que o Vitor Bueno volte, que Jean Motta consiga uma certa regularidade e que o Copete pare de perder a bola de bobeira.

Sobre o ¨G6 eu nem preocupo...estou de olho lá no pelotão da frente...se Flamengo e Palmeiras bobearem mais essa rodada e o Santos ganhar, a gente já termina de encostar ali e...se deixar chegar, porque não sonhar, né?


Apesar de ter plena convicção que o Santos não tem time e nem elenco pra disputar com Palmeiras e, principalmente, com Flamengo e, mais ainda, com o galo (meu favorito pra levar esse BR).

Share this post


Link to post
Share on other sites
caissara

Com os resultados, o Santos assume a 3a posição se vencer o Grêmio. Grande chance de encostar no pelotão da frente.

Share this post


Link to post
Share on other sites
caissara

Que decepção da porra que foi esse jogo. Não tem outra coisa a ser dita.

Era a chance de assumir o G3 e não largar mais. ;(

Share this post


Link to post
Share on other sites
Marco.Oliveira

Santos sendo Santos. Quando tudo conspira a favor, o time complica a própria vida.

Nogueira segue calando o Dorival (ou dando razão sobre a necessidade de "recondicionar" o jogador). Fora isso, o time simplesmente não foi oque sabe ser.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dr.Thales

Minha preocupação é que o time caiu de rendimento na hora do vamos ver.


De novo!

Igual ano passado...

Time voando e foi cair de rendimento bem nas finais da CdB e dos jogos decisivos do Brasileirão...

Acabou sem vaga da Liberta no Br e sem o título da CdB...


Temo que a cena se repita.

 

No mais, feliz por, mais um ano, ter pelo menos brigado pelos 4 primeiros lugares...havia anos que o Santos só figurava no meio de tabela do BR.

Tomara que mantenha a trajetória.

Share this post


Link to post
Share on other sites
caissara

Negócio é focar no Brasileiro mesmo e garantir a vaga pra não perder o ano. Dá pra perceber que nessa reta final temos jogadores importantíssimos que estão se machucando ou perdendo o gás e não temos ninguém de qualidade pra reposição.

A grande verdade é que assim como no ano passado, nossos principais jogadores caem de rendimento nos momentos de maior pressão. Ricardo Oliveira, Lucas Lima, Thiago Maia, etc, não estão jogando muito bem. E agora não temos mais um Neymar pra carregar o time nas costas, o coletivo precisa desempenhar bem senão já era. 

Muita coisa precisa mudar no Santos ano que vem. Espero que mantenham o Dorival e reforcem o time com qualidade, mesmo que não sejam jogadores caros ou muito conhecidos. E algo precisa ser feito em relação ao público das partidas. Não dá pra continuar mandando jogos na Vila pra 5, 7 mil pessoas enquanto a média no Pacaembu é de 23 mil pessoas e onde ganhamos 15 das últimas 15 partidas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dr.Thales
9 horas atrás, caissara disse:

E algo precisa ser feito em relação ao público das partidas. Não dá pra continuar mandando jogos na Vila pra 5, 7 mil pessoas enquanto a média no Pacaembu é de 23 mil pessoas e onde ganhamos 15 das últimas 15 partidas.

Essa diretoria quer apenar o Santos mantendo esses jogos malditos em Santos...


Jogo no Pacaembú dá, no mínimo, 13 mil torcedores.

E a média de público lá é altíssima...realmente, é FODA.

Junta a diretoria medíocre com os "barões" dos camarotes (que compraram os malditos camarotes, aí não querem que os jogos sejam em outros locais, ainda que os camarotes vivam vazios...)...

Se o Santos jogasse uma vez em Santos, uma vez em São Paulo e outra no interior, a média ia ser de mais de 15 mil, tranquilo! Mas ninguém quer...

 

O Odir Cunha sugeriu uma coisa bacana pra questão: disputa de ocupação...pra manter o jogo com mando em um local, tem que ter ocupação mínima do estádio (sei lá... algo em torno de 60%).

Assim, se o estádio não tiver a ocupação mínima, o turno de mando passa pro Pacaembú...

Mais ou menos assim: Vila - meta de 9.000 de público...


Enquanto tiver o mínimo de 9.000 torcedores por jogo, o mando continua na Vila...se em um jogo não conseguir alcançar os 60% de ocupação, o mando passa pro Pacaembú.

 

Indo o jogo pro Pacaembú, pro mando continuar lá, toda partida tem que ter mais que 22.000 torcedores, caso contrário, a capital perde o mando e o jogo volta pra baixada.


E assim sucessivamente. Isso ajudaria de várias formas, incluindo uma motivação a mais pros torcedores irem pro estádio...

Edit.: a média de público do Santos no Pacaembú é de 16.935 pagantes...a média de ocupação é maior, já que além dos pagantes, tem alguns outros milhares de não pagantes.

Curiosidades: a média de público do Pacaembú é o dobro que a média da Vila (e isso contando que todos os clássicos - exceto contra o São Paulo no BR, foram na Vila, além das fases finais do Paulista e da CdB agora...) - veja, se as finais do Paulista e os clássicos do Santos fossem em São Paulo, essa média seria MUITO MAIOR do que já é...

Em vários jogos da Vila, a renda líquida é negativa (sim! O Santos gasta mais do que arrecada em jogos na Vila).

Somos a 16ª maior presença de Público em estádio em 2016, contando todos os times da série A, B e C...e isso APENAS graças ao Pacaembú (já que a média de público da Vila é de 8700 torcedores, no ano).

Edited by Dr.Thales

Share this post


Link to post
Share on other sites
igorlucas10

E porque os jogos na Vila não lotam? ( Pergunta sincera...)

Lá tem uma mística bacana.

Edited by igorlucas10

Share this post


Link to post
Share on other sites
caissara
51 minutos atrás, igorlucas10 disse:

E porque os jogos na Vila não lotam? ( Pergunta sincera...)

Lá tem uma mística bacana.

Muitos fatores, mas os principais são preço alto dos ingressos e uma torcida local bastante acomodada. O público em Santos muitas vezes prefere assistir os jogos em bares com mais conforto e tomando uma cerveja com os amigos do que ir ao estádio. Eu já vi isso acontecer dezenas de vezes. Grupos de 20 amigos em botecos no canal 3 a menos de 1 km da Vila vendo o jogo pela TV, enquanto o estádio tinha 4 mil pessoas numa quarta-feira à noite. Dos 8, 9 mil pagantes costumeiros na Vila, pelo menos metade vem de fora da cidade de Santos (Baixada Santista, Capital e Interior). Cerca de 1,5 a 2 mil ingressos são distribuídos para as torcidas organizadas num ato de puro desespero da diretoria. Eles têm tanto medo da Vila ficar às moscas, que preferem tomar prejuízo e dar o ingresso de graça pra esses torcedores.

Para quem é de fora de SP, vou explicar um pouco a logística. O torcedor do Santos que mora na Capital e não tem carro precisa pegar o metrô e ir até a estação Jabaquara (extremo sul de SP). Lá do terminal saem ônibus a cada 20 minutos para Santos. A viagem custa em torno de 60 reais ida e volta e dura 1 hora. Na volta, o torcedor sai do estádio e vai até a rodoviária de Santos andando (caminhada de mais ou menos 15 minutos) e pega o ônibus de volta para o metrô Jabaquara.

Quando os jogos de meio de semana são às 19h30 não dá tempo do pessoal de fora chegar na hora do jogo, pois só saem do trabalho às 18h. Quando os jogos são às 21h45, o pessoal da Capital que vem de ônibus chega no metrô Jabaquara por volta das 2h da manhã, e o metrô a essa hora já está fechado. Eu sou da capital, hoje moro na Baixada. Já dormi vááááárias vezes na estação Jabaquara por causa disso. É uma situação muito ruim. Veja que eu nem incluí aqui os preços dos ingressos. A arquibancada inteira está em torno de 80 reais em alguns jogos. Some aí os 60 do ônibus e o lanche, e você já tem noção porque a torcida da Capital só pode ir à Vila se tiver uma boa condição financeira. 80% dos torcedores do Santos da Capital residem na Zona Leste, que é a região mais pobre de SP.

A diretoria do Santos sabe disso e nunca fez nada para incentivar esses torcedores. O Santos nunca se dispôs a fretar ônibus, fazer promoções, carnês, nada (nem sequer para sócios). A torcida do Santos que reside na Capital é muito fanática e dá a vida pelo time mas é ignorada e tratada como lixo.

De fato, existe uma rivalidade muito grande entre membros da diretoria do Santos que são da Baixada e membros que são da Capital (conselheiros principalmente). Existe um receio que os torcedores da capital consigam tirar o Santos FC da cidade de Santos, gerando um bairrismo burro que só prejudica a bilheteria do clube.

PS: sobre a Vila, a mística ainda existe, mas só dentro do gramado. O estádio, do ponto de vista do torcedor, já não é mais o mesmo. Nós santistas tínhamos orgulho da pressão que era feita nos adversários, mas hoje isso já não é mais possível. Os alambrados foram tirados e hoje a Vila em todo o setor inferior possui camarotes ou cadeiras de preço altíssimo. Ou seja, houve uma elitização do estádio. A velha guarda da torcida se afastou da Vila por dois motivos: falta de grana pra ir a todos os jogos ou puro desgosto com a "Vila Gourmet" que existe hoje.

Espero ter esclarecido suas dúvidas, abraço.

Share this post


Link to post
Share on other sites
igorlucas10
56 minutos atrás, caissara disse:

Muitos fatores, mas os principais são preço alto dos ingressos e uma torcida local bastante acomodada. O público em Santos muitas vezes prefere assistir os jogos em bares com mais conforto e tomando uma cerveja com os amigos do que ir ao estádio. Eu já vi isso acontecer dezenas de vezes. Grupos de 20 amigos em botecos no canal 3 a menos de 1 km da Vila vendo o jogo pela TV, enquanto o estádio tinha 4 mil pessoas numa quarta-feira à noite. Dos 8, 9 mil pagantes costumeiros na Vila, pelo menos metade vem de fora da cidade de Santos (Baixada Santista, Capital e Interior). Cerca de 1,5 a 2 mil ingressos são distribuídos para as torcidas organizadas num ato de puro desespero da diretoria. Eles têm tanto medo da Vila ficar às moscas, que preferem tomar prejuízo e dar o ingresso de graça pra esses torcedores.

Para quem é de fora de SP, vou explicar um pouco a logística. O torcedor do Santos que mora na Capital e não tem carro precisa pegar o metrô e ir até a estação Jabaquara (extremo sul de SP). Lá do terminal saem ônibus a cada 20 minutos para Santos. A viagem custa em torno de 60 reais ida e volta e dura 1 hora. Na volta, o torcedor sai do estádio e vai até a rodoviária de Santos andando (caminhada de mais ou menos 15 minutos) e pega o ônibus de volta para o metrô Jabaquara.

Quando os jogos de meio de semana são às 19h30 não dá tempo do pessoal de fora chegar na hora do jogo, pois só saem do trabalho às 18h. Quando os jogos são às 21h45, o pessoal da Capital que vem de ônibus chega no metrô Jabaquara por volta das 2h da manhã, e o metrô a essa hora já está fechado. Eu sou da capital, hoje moro na Baixada. Já dormi vááááárias vezes na estação Jabaquara por causa disso. É uma situação muito ruim. Veja que eu nem incluí aqui os preços dos ingressos. A arquibancada inteira está em torno de 80 reais em alguns jogos. Some aí os 60 do ônibus e o lanche, e você já tem noção porque a torcida da Capital só pode ir à Vila se tiver uma boa condição financeira. 80% dos torcedores do Santos da Capital residem na Zona Leste, que é a região mais pobre de SP.

A diretoria do Santos sabe disso e nunca fez nada para incentivar esses torcedores. O Santos nunca se dispôs a fretar ônibus, fazer promoções, carnês, nada (nem sequer para sócios). A torcida do Santos que reside na Capital é muito fanática e dá a vida pelo time mas é ignorada e tratada como lixo.

De fato, existe uma rivalidade muito grande entre membros da diretoria do Santos que são da Baixada e membros que são da Capital (conselheiros principalmente). Existe um receio que os torcedores da capital consigam tirar o Santos FC da cidade de Santos, gerando um bairrismo burro que só prejudica a bilheteria do clube.

PS: sobre a Vila, a mística ainda existe, mas só dentro do gramado. O estádio, do ponto de vista do torcedor, já não é mais o mesmo. Nós santistas tínhamos orgulho da pressão que era feita nos adversários, mas hoje isso já não é mais possível. Os alambrados foram tirados e hoje a Vila em todo o setor inferior possui camarotes ou cadeiras de preço altíssimo. Ou seja, houve uma elitização do estádio. A velha guarda da torcida se afastou da Vila por dois motivos: falta de grana pra ir a todos os jogos ou puro desgosto com a "Vila Gourmet" que existe hoje.

Espero ter esclarecido suas dúvidas, abraço.

Obrigado pela ótima resposta.

Share this post


Link to post
Share on other sites
ZaMBiA

Esse Inter x santos ta foda. Time santista completamente inofensivo e subjugado pelo mistão colorado. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...