Jump to content

E se essas seleções ainda existissem, como seriam hoje?


Lowko é Powko

Recommended Posts

Clima de Copa do Mundo, mas decidi postar aqui mesmo. Também deixei de lado o sub-fórum das curiosidades porque acho meio inútil sua existência, e aqui há mais visualizações.

46e76113-3a18-3d0a-916f-dce7a085cef1.png

300_966558e4-6f6d-3e6d-846d-985183d5fb35

Campeã europeia em 1960, quarta colocada na Copa do Mundo de 1966 e duas medalhas de ouro em Olimpíadas (1956 e 88). O passado soviético no futebol é glorioso, ainda mais se lembrarmos de alguns jogadores como Lev Yashin e Oleg Blokhin.

O presente, no entanto, seria mais complicado. Assim como em décadas passadas, a base da equipe viria de Rússia e Ucrânia, com poucos ou nenhum representante de Armênia, Azerbaijão, Bielorrússia, Cazaquistão, Estônia, Geórgia, Quirguistão, Letônia, Lituânia, Moldávia, Tadjiquistão, Turcomenistão e Uzbequistão. Montado no 4-1-4-1, seria um bom time, mas nada muito além do que já são hoje as próprias Rússia e Ucrânia, mesmo com um certo reforço armênio no meio-campo...

Igor Akinfeev-RUS (CSKA Moscou), Artem Fedetskiy-UCR (Dnipro Dnipropetrovsk), Sergei Ignashevich-RUS (CSKA Moscou), Kaspars Gorkss-LET (Reading) e Dmitriy Kombarov-RUS (Spartak Moscou); Denis Glushakov-RUS (Spartak Moscou); Andriy Yarmolenko-UCR (Dinamo Kiev), Roman Shirokov-RUS (Zenit São Petersburgo), Henrikh Mkhitaryan-ARM (Borussia Dortmund) e Yevhen Konoplyanka-UCR (Dnipro Dnipropetrovsk); Artjoms Rudnevs-LET (Hamburgo).

Opções: Vladimir Granat-RUS (Dinamo Moscou), Yuri Zhirkov-RUS (Dinamo Moscou), Odil Ahmedov-UZB (Anzhi Makhachkala), Pavel Mamaev-RUS (CSKA Moscou), Alan Dzagoev-RUS (CSKA Moscou), Marko Devic-UCR (Dnipro Dnipropetrovsk)...

40b814df-16a1-3e2d-b2bb-4d23b6d676bb.png

300_f01051cd-9896-36fa-80b7-6736906a954b

Com os iugoslavos a situação seria diferente em relação aos soviéticos, porque o hipotético time ficaria muito forte! Com potencial para surpreender e brigar por títulos.

Na história, a Iugoslávia sempre foi uma força secundária, tendo ficado na quarta posição na Copa de 1962 e na Euro de 1976, quando a nação sediou o evento. Em Olimpíadas, um ouro conquistado: Roma, 1960.

Montado no 4-3-3 atualmente, afinal os iugoslavos (bósnios, croatas, eslovenos, macedônios, montenegrinos e sérvios) sempre foram ofensivos e eram considerados "os brasileiros da Europa", o time daria muito trabalho.

Samir Handanovic-ESL (Internazionale), Darijo Srna-CRO (Shakhtar Donetsk), Stefan Savic-MON (Fiorentina), Matija Nastasic-SER (Manchester City) e Aleksandar Kolarov-SER (Manchester City); Nemanja Matic-SER (Benfica), Luka Modric-CRO (Real Madrid) e Miralem Pjanic-BOS (Roma); Stevan Jovetic-MON (Manchester City), Mario Mandzukic-CRO (Bayern Munique) e Edin Dzeko-BOS (Manchester City).

Opções: Vladimir Stojkovic-SER (Partizan Belgrado), Branislav Ivanovic-SER (Chelsea), Nemanja Vidic-SER (Manchester United), Neven Subotic-SER (Borussia Dortmund), Marko Basa-MON (Lille), Ivan Rakitic-CRO (Sevilla), Senad Lulic-BOS (Lazio), Mirko Vucinic-MON (Juventus), Goran Pandev-MAC (Napoli), Andrija Delibasic-MON (Rayo Vallecano)...

Obs. Os kosovares poderiam figurar nessa seleção também, mas é algo muito inimaginável.

1a0e873a-70f1-3e42-a9c6-2a4d39dae87b.png

300_a7e7955d-441f-3125-9cd9-1fe65fc8b105

Muitos não se dão conta do enorme passado tchecoslovaco no futebol: duas finais de Copa (1934 e 62), um título da Euro (1976) e uma medalha de futebol olímpica (1980). Hoje em dia, tchecos e eslovacos formariam um bom time.

No 4-1-4-1, os dois países se completariam em alguns setores, resultado em uma equipe mais equilibrada do que as atuais de República Tcheca e Eslováquia.

Petr Cech-TCH (Chelsea), Gebre Selassie-TCH (Werder Bremen), Martin Skrtel-ESQ (Liverpool), Ján Durica (Lokomotiv Moscou) e Michal Kadlec-TCH (Fenerbahçe); Tomás Hübschman-TCH (Shakhtar Donetsk); Miroslav Stoch-ESQ (PAOK), Vladimír Weiss-ESQ (Olympiacos), Tomás Rosicky-TCH (Arsenal) e Marek Hamsík-ESQ (Napoli); Tomás Pekhart-TCH (Nuremberg).

Opções: Ján Mucha-ESQ (Krylya Sovetov), Tomás Sivok-TCH (Besiktas), Tomás Hubocan-ESQ (Zenit São Petersburgo), Marek Cech-ESQ (Bologna), Juraj Kucka-ESQ (Genoa), Petr Jirácek-TCH (Hamburgo), Libor Kozák-TCH (Aston Villa), Václav Kadlec-TCH (Eintracht Frankfurt) e Matej Vydra-TCH (West Brom).

9f6d5835-1fef-39dd-a46b-92f13776389e.png

300_005414df-3a1c-3d8b-86a8-4dbab6ccf560

Agora já entramos no campo das seleções que nunca existiram oficialmente, ou seja, nunca disputaram uma competição oficial da Fifa.

Por conta de Xherdan Shaqiri e Adnan Januzaj, principalmente, muitas pessoas conheceram a história de Kosovo, uma república que busca a independência da Sérvia, através do futebol. Como outras regiões nos Balcãs, milhares de famílias foram marcadas com sangue pelos conflitos e tiveram que deixar suas casas para trás.

Suíça e Albânia foram os principais destinos dos kosovares, que hoje em dia reforçam as seleções desses países. No 4-2-3-1, a seleção de Kosovo e, na sequência do nome do jogador, a seleção defendida por ele.

Samir Ujkani-ALB (Palermo), Armend Dallku-ALB (Vorskla Poltava-UCR), Loret Sadiku-SUE/ALB (Helsingborgs), Mërgim Mavraj-ALE/ALB (SpVgg Greuther Fürth-ALE) e Taulant Xhaka-SUI (Basel); Lorik Cana-ALB (Lazio) e Valon Behrami-SUI (Napoli); Granit Xhaka-SUI (Borussia Mönchengladbach), Sherdan Shaqiri-SUI (Bayern Munique) e Valdet Rama-ALB (Valladolid); Adnan Januzaj-BEL (Manchester United).

250b9029-51a5-30f9-b3e6-2ad5c901ab17.png

300_4afd881c-2cab-3412-8e23-b9dcad096c7b

Há Euskadi e há Euskal Herria. O primeiro é o País Bascon constituído como estado dentro da Espanha; o segundo é o País Basco completo, que abrange Navarra e o sul da França. O orgulho da região é o mesmo.

Naturalmente e por razões óbvias, Athletic Bilbao e Real Sociedad formam a base da seleção basca, que tem federação, se reúne anualmente e disputa amistosos. Time bom, que provocaria desfalques importantes na Espanha, como Xabi Alonso e Fernando Llorente. No 4-3-3, daria muito trabalho na Europa e certamente seria um time muito competitivo, acima de tudo.

Gorka Iraizoz (Athletic Bilbao), Andoni Iraola (Athletic Bilbao), Mikel González (Real Sociedad), Fernando Amorebieta (Fulham) e Jon Aurtenetxe (Athletic Bilbao); Javi Martínez (Bayern Munique) e Xabi Alonso (Real Madrid); Beñat (Athletic Bilbao), Xabi Prieto (Real Sociedad) e Iker Muniain (Athletic Bilbao); Fernando Llorente (Juventus).

65bcdfb4-62dc-3dbe-966c-03d04f67658f.png

300_f82cc022-096f-3066-a49e-9b5153b27871

Barcelona, versão seleção. Basicamente é isso, afinal, o Barça prioriza demais suas categorias de base e a cada temporada revela mais garotos catalães com enorme talento.

Junto a eles, a safra de veteranos que fez da atual equipe culé uma das maiores de todos os tempos resulta em uma bela equipe, montada no 4-3-3, à la Guardiola.

Victor Valdés (Barcelona), Martín Montoya (Barcelona), Carles Puyol (Barcelona), Gerard Piqué (Barcelona) e Jordi Alba (Barcelona); Sergio Busquets (Barcelona), Xavi (Barcelona) e Cesc Fàbregas (Barcelona); Sergio García (Espanyol), Cristian Tello (Barcelona) e Bojan Krkic (Ajax).

ESPN - Gustavo Hoffman

Link to comment
Share on other sites

Catalunha é o Barcelona sem estrangeiros. haha

Mas quem entra no lugar do Puyol agora?

Link to comment
Share on other sites

  • General Director

A Iugoslava e a Basca dariam trabalho, hehehe.

Só não entendi o Nastasic de titular na Iugoslávia sendo que Ivanovic e Subotic seriam opções bem melhores. Até mesmo o Vidic, que anda em baixa, seria melhor.

Link to comment
Share on other sites

Meu deus essa seleção da Iugoslávia ia ficar muito foda. A dos país basco também seria irada.

Link to comment
Share on other sites

  • Vice-President

Muito ruim essa seleção da URSS. Provavelmente se a URSS ainda existisse, boa parte desses jogadores não estaria na seleção, e sim uma leva de talentos diferentes, levando em conta o tanto que os soviéticos investiram em esportes para fazer frente aos EUA,

Link to comment
Share on other sites

Seleção da Iugoslávia seria um cano, com chances de surpreender todo mundo.

Link to comment
Share on other sites

Bom, eu tinha feito um update com essa temática pro FM.

Link to comment
Share on other sites

...

Só não entendi o Nastasic de titular na Iugoslávia sendo que Ivanovic e Subotic seriam opções bem melhores. Até mesmo o Vidic, que anda em baixa, seria melhor.

Subotic é o companheiro de zaga ali...

Iugoslávia, País Basco e Catalunha teriam boas seleções, as duas primeiras, principalmente, poderiam chegar "nas cabeças" nessa Copa.

Link to comment
Share on other sites

Seleção da Iugoslávia absurdamente forte.

Link to comment
Share on other sites

Seleção da Iuguslávia ia ficar foda demais mesmo, mas se a Sérvia ainda fosse Sérvia & Montenegro a Seleção deles ficaria muito boa também

Link to comment
Share on other sites

Alemanha Oriental

Adler (Hamburgo), Jantschke (Gladbach), Franz (Hertha), Huth (Stoke) e Schmelzer (Dortmund); Kroos (Bayern), Mattuschka (U. Berlin), Tesche (Hamburgo) e Nicky Adler (Sandhausen); Nick Petersen (Werder) e König (Erzgebirge Aue).

Feito por Celso de Miranda, Placar, em 2013.

Acho que dá um time razoável. O problema é que carece de equilíbrio e de ataque. Eu tiraria o tal do König e colocaria o Arnold, do Wolfsburg, que jogou recentemente pela seleção.

Link to comment
Share on other sites

Alemanha Oriental

Adler (Hamburgo), Jantschke (Gladbach), Franz (Hertha), Huth (Stoke) e Schmelzer (Dortmund); Kroos (Bayern), Mattuschka (U. Berlin), Tesche (Hamburgo) e Nicky Adler (Sandhausen); Nick Petersen (Werder) e König (Erzgebirge Aue).

Feito por Celso de Miranda, Placar, em 2013.

Acho que dá um time razoável. O problema é que carece de equilíbrio e de ataque. Eu tiraria o tal do König e colocaria o Arnold, do Wolfsburg, que jogou recentemente pela seleção.

Trivela lançou esses dias um artiguinho falando sobre a diferença do futebol hoje em dia nas duas alemanhas, recomendo!

Link to comment
Share on other sites

Cadê?

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

  • Similar Content

    • JGDuarte
      By JGDuarte
      O Brasil começou sua jornada hoje (24 de julho) na Copa do Mundo Feminina de 2023, que teve início sexta-feira, dia 20. A Seleção já deu seu primeiro passo com o pé direito, ao vencer convincentemente o Panamá por 4x0, com 3 gols de Ary Borges e 1 de Bia Zaneratto. Sábado, às 7h, enfrentaremos a França, adversária que em tese é a mais complicada do grupo, mas já tropeçou ontem num empate em 0x0 contra a Jamaica. 
      Não somos considerados primeira prateleira no futebol feminino, mas podemos brigar pra conquistar a primeira estrela. O bom futebol de hoje é um sinal disso, apesar do adversário fraco, debutante em Copas. 
       
      A Copa tem transmissão dos Canais Globo e da CazéTV.
       
      Tabela com os grupos do torneio:

       
      Por fim, fiquem com o golaço que fez a Bia Zaneratto hoje:
       
    • Cadete213
      By Cadete213
      Aqui está a grande final. Quem irá levantar o tão desejado troféu?



       
       
    • Cadete213
      By Cadete213
      Meias-finais do Mundial de Futebol. Tudo aponta para uma final entre França e Argentina, mas que bom seria ver um Croácia vs Marrocos?
      Mas a maior questão andará à volta da qualidade da arbitragem, que até ao momento tem sido VERGONHOSA...

    • Henrique M.
      By Henrique M.
      Primeiro tempo bem ruim do Brasil, muito engessado novamente. Acho que a preparação toda contou com a ideia de que a Croácia ia retrancar, mas, todo mundo sabe que não é assim que os croatas jogam. Alternam momentos de pressão e sabem quando tem que se defender. Enquanto isso, os únicos que estão se movendo do engessado jogo de posição do Tite são o Neymar e o Danilo.
      E grandes intervenções do TS no final da primeira etapa. Tenho dó de quem não gosta por causa de 2014.
      Vini apagado graças ao grande jogo do Juranovic na direita, marcando muito e ainda aparece nas costas do Vini para infernizar.
    • Cadete213
      By Cadete213
      É já amanhã.

       
       
      Brasil, Países Baixos, Portugal e França são as minhas apostas.
×
×
  • Create New...