Jump to content
Sign in to follow this  
Henrique M.

Lucky Charm

Recommended Posts

Henrique M.

shamrock-rovers.gif



Introdução

Desde a história "O Leprechaun" tenho uma pequena simpatia pelo Shamrock Rovers, mas naquele save, sendo um save carreira, nunca tive oportunidade de fazer algo de interessante com o clube no FM além de ganhar uma ou duas ligas irlandesas, que para um clube da estatura do Shamrock Rovers, como maior campeão e clube da Irlanda, não fazia muita diferença. A ideia desse save é me motivar com o FM, pois nunca joguei tão pouco uma edição de FM até hoje e o FM é uma das minhas paixões mais interessantes.

A chama para jogar FM novamente veio de um documentário que contou a história do que ocorreu ao Rangers na temporada passada, tendo que recomeçar toda sua jornada do fundo do poço no futebol escocês. Como consegui conquistar a Champions League com o mesmo time em "O homem que traiu Clough", esse desejo de conquistar a orelhuda com um time que nunca havia conquistado, apesar de ser o maior do seu país, reavivou em mim e o Shamrock Rovers era a oportunidade perfeita, pois é o desafio perfeito. Mesmo sendo a maior força histórica do país, recentemente, a equipe viu surgirem novas forças no futebol irlandês que tornaram a disputa mais interessante e o fato da equipe ser semi-profissional adiciona mais tempero ao desafio.

Quanto a história "A Végsö Magyar", apesar dela ter uma proposta insinuante e desafiadora, não conseguiu me atrair para esse FM.

E também gostaria de dizer que já começarei direto da pré-temporada, pois iniciei o save e só depois decidi contar.

Objetivos

- Levantar a orelhuda pelo Shamrock Rovers

Histórico

  • 2014 - 2º colocado na Irish Premier Division, Campeão da All-Ireland Cup
  • 2015 - 1º colocado na Irish Premier Division, Campeão da Copa da Liga.
  • 2016 - 6º colocado na Irish Premier Division, 4º colocado no Grupo A da Champions League
  • 2017 - 1º colocado na Irish Premier Division, Campeão da All-Ireland Cup, Campeão da Copa da Liga e da Copa da Irlanda
  • 2018 - 1º colocado na Irish Premier Division, Campeão da All-Ireland Cup, Campeão da Copa da Liga e da Copa da Irlanda, 4º colocado no Grupo H da Champions League
  • 2019 - 1º colocado na Irish Premier Division, Campeão da All-Ireland Cup, Campeão da Copa da Irlanda, Eliminado na 3ª eliminatória da Champions League, 2º colocado no grupo K da Europa League.
  • 2020 - 1º colocado na Irish Premier Division, Campeão da All-Ireland Cup, Campeão da Copa da Liga e da Copa da Irlanda, 4º lugar no grupo C da Champions League e eliminado nos 32-avos de final da Europa League.
  • 2021 - 1º colocado na Irish Premier Division, Campeão da Copa da Liga e 4º lugar no Grupo H da Champions League.
  • 2022 - 1º colocado na Irish Premier Division, Campeão da Copa da Irlanda e 4º lugar no Grupo E da Champions League
  • 2023 - 1º colocado na Irish Premier Division, Campeão da All-Ireland Cup, Campeão da Copa da Liga e da Copa da Irlanda, 4º lugar no grupo F da Champions League
  • 2024 - 1º colocado na Irish Premier Division, Campeão da All-Ireland Cup, Campeão da Copa da Liga e da Copa da Irlanda, 2º lugar no grupo D da Champions League.
  • 2025 - 1º colocado na Irish Premier Division, Campeão da Copa da Irlanda, Eliminado nas oitavas de final da Champions League (2024/2025( Eliminado na 3ª Eliminatória da Champions League (2025/2026), 1º colocado no grupo G da Liga Europa (2025/2026).
  • 2026 - 1º colocado na Irish Premier Division, Campeão da All-Ireland Cup, Eliminado nas oitavas de final da Liga Europa (2025/2026), 3º colocado no Grupo E da Champions League(2026/2027).

Share this post


Link to post
Share on other sites
Johann Duwe

Vai ser o Percival de alguma coisa o treinador novamente :D???

O documentário é aquele "O Inferno de Rangers" que vem passando na ESPN?

Boa sorte Henrique, espero que consiga vencer a Champions, pois isso seria simplesmente fantástico.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Darthz

Boa sorte Henrique! Desde o save que fiz pela Irlanda que o futebol de lá passou a ser bem mais interessante hehe O Shamrock é a grande força do futebol irlandês, mas não se pode esquecer o Bohemians.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Inner Logic

Boa sorte, Henrique!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Matheus.

Boa sorte!

Share this post


Link to post
Share on other sites
LikeaBoss

Boa proposta espero que te anime a jogar FM novamente, desejo sorte!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Oplaay

Boa Sorte :yeah2:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bielgb

Boa Sorte

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

Vai ser o Percival de alguma coisa o treinador novamente :D???

O documentário é aquele "O Inferno de Rangers" que vem passando na ESPN?

Boa sorte Henrique, espero que consiga vencer a Champions, pois isso seria simplesmente fantástico.

Não, vai ser outro personagem. Batizei ele de Danny Green, por causa do filme "O Mafioso".

O documentário é esse mesmo, muito bom.

Sim, seria surreal.

Boa sorte Henrique! Desde o save que fiz pela Irlanda que o futebol de lá passou a ser bem mais interessante hehe O Shamrock é a grande força do futebol irlandês, mas não se pode esquecer o Bohemians.

Sim e essa e uma das coisas que torna o FM interessante, nos aproxima de futebol de lugares que jamais imaginaríamos na vida e quanto ao Bohemians, é do segundo escalão. hahaha

Boa sorte, Henrique!

Valeu.

Boa sorte!

Valeu.

Boa proposta espero que te anime a jogar FM novamente, desejo sorte!

Eu também.

Boa Sorte :yeah2:

Valeu.

Boa Sorte

Valeu

Boa sorte!!

Valeu

Share this post


Link to post
Share on other sites
miro

Boa Sorte nesse Desafio !!

Share this post


Link to post
Share on other sites
guigasparotto

Boa sorte!

Ninguém fez banner pra ti ainda? Em último caso eu posso tentar fazer um, não sou um grande mito de edição de imagens, mas talvez consiga quebrar o galho caso ninguém te faça um hahaha.

Share this post


Link to post
Share on other sites
HernaneBrocador

Boa sorte, prevejo uma missão bem complicada, mas perfeitamente viável em seis ou sete temporadas. Vamos ver o que o destino te reserva.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

Boa Sorte nesse Desafio !!

Valeu

Boa sorte!

Ninguém fez banner pra ti ainda? Em último caso eu posso tentar fazer um, não sou um grande mito de edição de imagens, mas talvez consiga quebrar o galho caso ninguém te faça um hahaha.

Até agora ninguém fez e nem se pronunciou. Se não for um incomodo, adoraria que você quebrasse esse galho.

Boa sorte, prevejo uma missão bem complicada, mas perfeitamente viável em seis ou sete temporadas. Vamos ver o que o destino te reserva.

Vai demorar muito mais do que isso. Demorei para fazer isso com o Rangers, numa liga muito melhor e num time profissional, aqui deve ser coisa de no mínimo 10 temporadas para passar da fase de grupos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
guigasparotto

Não encontrei imagens muito boas para fazer o banner, então fiz algo diferente e mais simples. Tentei priorizar o verde, como tu pediu. Fiz o melhor que consegui hahaha espero que tu curta.

Segue no spoiler:

Pequeno:

LUCKSHARM2.png

Grande:

LUCKSHARM.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
Inner Logic

Não encontrei imagens muito boas para fazer o banner, então fiz algo diferente e mais simples. Tentei priorizar o verde, como tu pediu. Fiz o melhor que consegui hahaha espero que tu curta.

Segue no spoiler:

Pequeno:

LUCKSHARM2.png

Grande:

LUCKSHARM.png

Bacana o banner.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Stay Heavy

Boa sorte xará!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

Não encontrei imagens muito boas para fazer o banner, então fiz algo diferente e mais simples. Tentei priorizar o verde, como tu pediu. Fiz o melhor que consegui hahaha espero que tu curta.

Segue no spoiler:

Pequeno:

LUCKSHARM2.png

Grande:

LUCKSHARM.png

Valeu, cara. Ficou muito bom.

Boa sorte xará!

Valeu, xará.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

LUCKSHARM.png

Danny Green e sua loucura

Me chamo Daniel Green, sou mais conhecido como Danny Green. Nasci em Dublin aos 25 dias de dezembro de 1987 e isso para um católico irlandês é um sinal de bom agouro, nascido no mesmo dia do nascimento de nosso salvador. Além da religião, as superstições irlandesas também me acompanham. Tendo isso em vista, nada mais apropriado que eu me tornasse um torcedor fanático do Shamrock Rovers, o clube que engloba toda a mística irlandesa em sua existência. Além de toda a mística irlandesa em volta do clube, ainda é o maior clube do país e o que tem mais títulos, a escolha não foi assim tão difícil.

Minha história com o clube sempre foi muito próxima, cresci acompanhando de perto a equipe, vivenciando cada momento. Aos 22, resolvi que iria me tornar membro da diretoria do clube, e aos poucos fui galgando meu lugar na estrutura da equipe, até que cheguei a me tornar muito próximo da diretoria executiva da equipe. Na passagem da temporada 2013, Trevor Croly brigou com a diretoria e foi demitido, ele ainda teve a ajuda da campanha de 5º lugar na temporada para piorar os problemas. Então, no dia 22 de dezembro de 2013, faltando apenas 3 dias para o meu aniversário, a demissão de Croly me criou uma oportunidade única.

Pedi para marcar uma reunião com a diretoria da equipe, eles me atenderam e fiz uma pequena palestra demonstrando meu amor pelos Rovers e pedindo uma chance para treinar a equipe e buscar algo inédito na história do futebol irlandês. A taça de prata da UEFA Champions League. Os diretores acharam que eu estava fazendo algum tipo de piada, pois a diferença do futebol de alto nível para o futebol praticado no nosso país jamais permitiria tal coisa. Eu disse que era possível e pedi uma chance, se eu tivesse um péssimo desempenho, não suplicaria nem pediria mais uma chance, aceitaria de bom grado minha demissão. Assinei contrato naquele mesmo dia. Me deram uma temporada para mostrar serviço e ver se daria certo.

A estrada é longa, mas já começou. Amanhã estrearemos pela Irish Premier contra o Derry City, mas já passamos por algum bocado nesses quase 4 meses de minha aventura. O mercado irlandês é muito complicado e você dificilmente tira os bons jogadores de outros times, eu necessitava muito de goleiros melhores e pontas melhores, pois já tinha um time sólido na defesa, no centro do campo e no ataque, mas sabia a necessidade de reforçar essas áreas, pois assim, teria uma equipe muito melhor.

Não consegui, para a equipe principal trouxe apenas o promissor goleiro Paul Skinner, o polivalente meio-campista Owen Morrison e o jovem lateral destro Colm Horgan. Trouxe ainda Jim Agnew e Mikey Carty, mas eles são muito verdes e foram para a equipe sub-19 dos Hoopers. Nessa longa pré-temporada, montei minha equipe num 4-4-2 e como alternativas trabalhei o 4-1-2-1-2 e o 4-2-4. Mas não pretendo usar as outras duas formações, creio que o 4-4-2 encaixa perfeitamente na equipe e no estilo de futebol jogado na Irlanda, espero estar correto. No staff, além da minha chegada, apenas troquei o assistente técnico, não tem muita gente querendo trabalhar aqui.

ife1Gd2rPNNqBYrBU0Thr0XVgAxb6P3dPcm_zZOwANH0ImCxLXmtKezsum59K5P0xD6VXQ4Y6Whsst90O_byYFmmOyIGV0vGb6TojtN38RhJFb-0nyjfD5tN05PRGFbHQwk3-MwV2ae-LtCaBulJ6mBCoInX7FqRxKYbHWD3crtk-d4XviUa8ck0gB-XK47tHJpFOLVQJPzjErGbcychIwdgBpKgZ6QMKarTby6qjiMK1nEkCVTMuAKrhtYoIUePOMwJIEA7WmjT6wjAF0q9u-TsYOq1Oinj5ygRBmgtE84L14_nkN1M-aQOyoXLeyyNmSZYquN6AK0sgC7rxTsotDGiDm9_b0CfEtpLViXtnlBz0fl8xB0oWUGaurkDrm-2OH6OkNbbxcsiglpPbLpuJHH95cQFeOlF85cJyfkTsDtQSduBmyX-AmJr7MX0lxqCicPZBFqIB8a3GHmpgImhpw_P6iOW_T9Ja34ggzM5eaRPd6ISO_bYRzJZ-dMqrcvE8OF9Rdz8yZutGSULuB2GtzdEGY2A1qfJ8Wcxespi56xBs3aws5jifqX9tj1blRCfg41jNhOvbNrIQ6Kl0pLLOcMcAyqudLodSpZav6o=w1024-h179-no

Os amistosos contaram com diversos tipos de adversários e sinto que a equipe respondeu bem. Tivemos testes importantes na All-Ireland Cup, competição que envolve as duas Irlandas, aonde se qualificam o 1º e 2º lugar da liga nacional e da copa da cada país (no FM são 12 equipes, a fórmula que vigorou de 2011 a 2013, essa forma de qualificação que postei é a de 2014, não encontrei explicações para as 12 equipes). Pegamos o Linfield, um adversário tradicional em seu país. No jogo de ida, em Belfast, vencemos por 2 x 1 de virada, numa grande exibição de Quigley. Na volta, em Dublin, empatamos em 1 x 1 e selamos nossa classificação, apesar de uma partida bem fraca. Enfrentaremos o Derry City nas quartas de finais.

azORh-GUb39P_PsyaoIEQao4k_W2OjrwEjEJJukYzpKs7xyE-bOmpEUUYhtA9tNDbGxMTxCSb2uzYSWzaVTj2r5i9k8xjJbU3bq8hX5Lu7vdGzVfv-QghSeraOw_yEqjBl1mpoSKsX0x6AiUpOyhgtLhDlqZDM1mTteEOa9MiKUmfvVXpssOOgHNrPgoX_kb9eKWJ6E6OROIryOgq3lTkB4f7m96XOgEy1JGMnCESJL4oBUWQvnr0lpu2WLt1NIBxws7LKRKvtxDgndxb_F2x5cXuy_5OfKB1E2bP_sCUKKV2l7iQm-uvYsBRksMTIbDNCooq3ozNPgjoJVSSV5s94AtF5Kcbnio9xD-k6flZVxzhHFk76AVoM8r1uQ22ZtirH0afX8Ydoicz845oLnqkPqaQ8c5yDtn502tiL_Q2HnIdcEhTurtYL3W7-O4QXlGVL65GKsrLpfahswYhK6vhth41cYwOk0h15OGMvk1TG9N7U50AzTnVIVQQMhU9fbS2Za5hSTofpeevFecVroXqCe33uQAZ5aXJWId3BdslxJWS6hO3dHZ4BfRDyns81p_6ZDHn-ccNjM3F5k2C54citcZCvf0mltjmEGD9MI=w858-h359-no

Por fim, assumo o Shamrock Rovers como uma das três maiores equipes da Irlanda atualmente. Segundo uma auditoria realizada, o Shamrock Rovers, o Sligo Rovers e o St. Pat's Athletic são os gigantes irlandeses no momento. Espero mudar isso e deixar apenas o Shamrock nessa posição, abrindo uma grande distância das outras equipes. Financeiramente somos a 3ª equipe mais bem avaliada, não compreendi porque U.C.D e Shelbourne estão melhores avaliadas, pois temos um dos melhores estádios de Dublin, enquanto eles não e em questão de elenco, ambos são cotados para lutar pelo rebaixamento, procurarei me informar quanto a isso para ficar com esse posto também. E segundo a lista da UEFA, somos a 252ª melhor equipe do continente. Esses são números que eu definitivamente pretendo mudar.

Nossa estrutura é muito boa, temos o Tallaght Stadium, estádio próprio, de muita boa qualidade e que rendeu muitos problemas ao Shamrock Rovers até estar de pé em 2009. Temos uma boa estrutura para os padrões irlandeses, mas muito pouca para os padrões mundiais, a medida que conseguir ter um caixa sólido, pretendo voltar todo o investimento para a estrutura do clube. Pois creio que esse é um dos principais caminhos para os meus planos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigo.

Montou um elenco grande o suficiente pra disputar umas 3 competições. Eu pensava que o Shamrock era a potencia absoluta do futebol irlandes e que não teria alguma concorrência a nivel nacional, mas parece que não é bem assim. Ao inicio de cada temporada, você poderia nos atualizar com a posição da equipe no continente de acordo com essa lista da UEFA, seria um feedback interessante pra quem acompanha. Sorte na continuação.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gourcuff

Criei meu save com o Hearts e aos poucos estou gostando mais e mais dessa região do Reino Unido e Irlanda no FM. A qualidade dos jogadores nesses países é menor, mas não deixa de ser nem um pouco divertido se aventurar por lá. Dá até pra achar bons jogadores para reforçar seu time, se joga numa liga mais forte.

Pra fazer time desses evoluir e ganhar grana mais rápido, o melhor é participar da UCL todo ano. Tem condições de fazer isso.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

Montou um elenco grande o suficiente pra disputar umas 3 competições. Eu pensava que o Shamrock era a potencia absoluta do futebol irlandes e que não teria alguma concorrência a nivel nacional, mas parece que não é bem assim. Ao inicio de cada temporada, você poderia nos atualizar com a posição da equipe no continente de acordo com essa lista da UEFA, seria um feedback interessante pra quem acompanha. Sorte na continuação.

A equipe joga 4 competições. A Premier Irlandesa, a All-Ireland Cup, a Copa da Liga e a Copa da Irlanda, ou seja, são muitos jogos, principalmente se formos indo para as fases agudas das copas. Quanto a isso, historicamente, é uma força incontestável, mas andam surgindo equipes no cenário nacional que vem contrabalanceando esportivamente.

Criei meu save com o Hearts e aos poucos estou gostando mais e mais dessa região do Reino Unido e Irlanda no FM. A qualidade dos jogadores nesses países é menor, mas não deixa de ser nem um pouco divertido se aventurar por lá. Dá até pra achar bons jogadores para reforçar seu time, se joga numa liga mais forte.

Pra fazer time desses evoluir e ganhar grana mais rápido, o melhor é participar da UCL todo ano. Tem condições de fazer isso.

Eu sempre gostei, tanto é que já fiz diversos saves lá e os dois de maior sucesso sairam de lá, mas não dá para comparar com a Inglaterra, na Escócia, com o tempo, dá para você fazer sumir um pouco essa diferença, já nas Irlandas e em Gales é um processo lento e de muita paciência. E um grande problema desses bons reforços, é que os bons jogadores da base atualmente já são revelados na própria Inglaterra, dificultando muito esse trabalho de base para as equipes e a consequente melhora do nível do campeonato nacional.

Eu acho que a partir do momento que chegarmos lá, fica mais fácil, mas a deficiência da equipe no gol e nas laterais do meio me preocupam para a continuidade.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Matheus.

Realmente é necessário participar de competições internacionais e se destacar sempre no nacional para atrair jogadores de alto nível, fez um elenco grande devido a tantas competições, o desafio será bastante complicado no tema: competições internacionais, pois na irlanda o Shamrock é bastante grande se não o maior, terá que ter paciência para trazer a champions, será um processo de cada temporada avançando uma fase á mais, até chega o título, Boa sorte!

Edited by Matheus.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

Realmente é necessário participar de competições internacionais e se destacar sempre no nacional para atrair jogadores de alto nível, fez um elenco grande devido a tantas competições, o desafio será bastante complicado no tema: competições internacionais, pois na irlanda o Shamrock é bastante grande se não o maior, terá que ter paciência para trazer a champions, será um processo de cada temporada avançando uma fase á mais, até chega o título, Boa sorte!

Vamos primeiro nos focar em construir uma hegemonia na Irlanda, pois só através dela o Shamrock Rovers pode se dedicar adequadamente a Champions League.

Share this post


Link to post
Share on other sites
guigasparotto

Danny Green tem seu lado brasileiro: se aproximou da direção bem de mansinho, até surgir uma oportunidade e suplicar pelo cargo de treinador haha.

Dentro do país não deve encontrar grandes dificuldades. Nas primeiras temporadas pode até sofrer algumas surpresas e ter que disputar o título com outra equipe, mas pensando mais a frente não vejo Danny Green com muitas dificuldades. Agora, pensando em Europa, será muito, mas muito difícil. Vai precisar de muita paciência para conseguir esse objetivo de conquistar a Uefa Champions League.

Eu sempre pensei em fazer um save no Reino Unido, começando por País de Gales ou Irlanda, para depois chegar na Escócia e terminar na Inglaterra. Mas confesso que sempre me faltou coragem para esse save. Estarei torcendo pelas tuas campanhas continentais. Boa sorte!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • DiegoCosta7
      By DiegoCosta7
      Alguém sabe me dizer porquê o FM não baixa o conteudo selecionado da oficina para ele ? (Eu estou inscrito em varios conteúdos mas o fm não baixa todos eles ou só baixauma parte do conteúdo que estou inscrito. Porquê isso acontece ?
    • Lanko
      By Lanko
      Próxima>>>                 
       
      ATUALIZAÇÃO MAIS RECENTE!
       
      E aê galera, tudo bom? Descobri o fórum recentemente há uns dias atrás, especificamente a área de histórias. Li algumas e adorei o formato e o fato que a galera resolveu postar suas jornadas e challenges interesantíssimos. 
      Enquanto jogava o FM18 fiquei pensando nas várias coisas que aconteceram e que dificilmente conseguiria guardar pra lembrar depois, especialmente as coisas memoráveis.
      Deixei quieto e segui em frente, mas como disse, encontrei essa área aqui e me arrependo de não ter pesquisado e encontrado antes. Mas antes tarde do que nunca, né! O save não tem tanto tempo e muitas dos principais eventos estão frescas na memória.
      Esse save não tem objetivos específicos a serem alcançados, simplesmente criei um perfil de treinador (sem escolher clube, comecei desempregado) e saí pro mundo pra ver no que vai dar. 
      PERFIL DO TREINADOR:
       
      Lanko Askarian sempre teve interesse por futebol, principalmente na parte tática, já que jogando ele é um grande perna de pau. Decidiu ir adiante com esse pensamento e resolveu estudar para ser técnico e dirigir uma equipe.
      Diante dos vários fracassos do Brasil na área, decidiu, corretamente ou não, ir estudar e fazer cursos na Europa. Escolheu a Inglaterra já que sabia inglês e nada dos outros idiomas. Depois de algum tempo, adquiriu profundo conhecimento tático, de treinamentos, de filosofias de jogo.
        
       
      Agora só faltava botar tudo isso em prática, e é aí que morava o problema. Lanko entrou determinado a começar 2018 como técnico, mas passou o primeiro semestre desempregado. Nem clubes brasileiros da 3a divisão quiseram sequer conceder uma entrevista.
      No fim da temporada europeia, Lanko voltou a Inglaterra, disposto a aceitar propostas da 5a ou 6a divisão inglesas só pra começar a trabalhar, mas mesmo dessa vez conseguindo entrevistas, não foi o escolhido em nenhum dos oito clubes em que bateu a porta.
       

       
      Jovem (30 anos, muito menos que muitos jogadores em atividade), sem ter comandado vestiário antes e ainda por cima estrangeiro, esses foram os principais motivos das recusas.
      Até que viu um anúncio de um clube de Portugal (o único), a Mondinense, da terceira divisão portuguesa, e decidiu entrar em contato com eles.
      O presidente foi surpreendido pelo contato. Ele acabou gostando do perfil. Avisou que o clube era pequeno, mas gostaria de ver o clube crescer e talvez tentar algo inusitado seria o primeiro passo ideal. O presidente convidou Lanko para a cidade de Mondim de Basto para assinarem o contrato.
       

       
      Lanko aceitou, muito feliz. Portugal não estava nos planos iniciais, mas quem sabe, caindo do céu, seria o melhor lugar para começar a carreira. O idioma não seria problema e Portugal era um bom país, além de ter certa história no futebol e um cenário respeitável.

      Ele sabia que o começo ia ser difícil, mas até chegar em Portugal e ver a sede da Mondinense de perto, ele não fazia ideia do quão difícil…
       
      Próxima>>>
    • Henrique M.
      By Henrique M.
      Reflexões, ponderações e filosofias
      Antes de falar do save em si, queria aproveitar o espaço para fazer um desabafo. Parece que a cada novo FM que surge eu vou perdendo cada vez mais o contato que eu tinha com o jogo no passado, mas vejo alguns exemplos de pessoas na mesma faixa de idade, mesma faixa de afazeres ou até em faixa maiores, jogando e tendo a boa e velha conexão com o jogo. Não sei se posso culpar o jogo em si ou culpar o jogo com relação a mim. Poderia ser pessoal, mas recentemente venho me divertindo no Football Manager 2008 e poderia facilmente migrar para o Football Manager Touch, que foi minha grande empolgação com um save, tirando os playoffs de promoção com o Santarcangelo. Então acredito que o problema não é do jogo, nem da minha relação com o jogo. É do que eu quero ver acontecendo no jogo.
      Infelizmente eu escolhi um desafio que o jogo não estava disposto a aceitar nas minhas condições, era possível, mas eu precisava aceitar as condições que o jogo impunha e isso não era o suficiente, eu precisava de mais e não aguentava ver o resultado do que eu queria dentro de campo. Não ligo para derrotas, para os percalços, desde que eles ocorram com meu time atuando da maneira pela qual ele foi desenhado para atuar. Se eu me comprometo com a retranca, tenho que estar ciente do que ela causa, se eu me comprometo com o jogo ofensivo, tenho que estar ciente do que ele causa e assim por diante. A questão é que eu me comprometi com uma coisa diferente, que era o líbero, não era uma questão de tática, não era uma questão de estilo de jogo. Era uma questão de trazer uma função morta para o FM e fazê-la funcionar tanto defensivamente quanto ofensivamente, mas isso limitava meu estilo de jogo a ser puramente defensivo ou contra-ofensivo. E as equipes que tiveram grandes líberos ofensivos não jogavam exclusivamente assim e muitas poderiam ser descritas como equipes fluidas e ofensivas.
      Eu passei do estágio de querer ver um desafio impossível sendo feito por mim, passei do estágio de querer acumular títulos e fazer grandes saves em termos de troféus e vitórias. Tive um dos maiores prazeres no FM 2015 com uma equipe que ganhou 3 italianos em umas 15 temporadas, perdeu 2 vezes a Champions e até hoje sinto saudades desses momentos, pois ali eu não estava construindo a minha dinastia, ali eu estava construindo uma história em conjunto com um clube. Tinha aquele apego, tinha aquela paixão de transformar o mundo do futebol. E esse é um problema grande, não consigo fazer igual a maioria das pessoas e escolher um save simples, seguro e que seja factível de se encerrar. Eu quero o desafio de modificar a história, criar momentos que só o FM proporciona e isso acredito que vem dificultando o processo de jogar FM.
      Desafabo feito, hora de seguir adiante e tentar mais uma vez. Se falharmos, levantamos, sacudimos a poeira e tentamos de novo.
      Introdução
      No Football Manager 2014 eu tentei aquele desafio impossível, meu grande feito até hoje foi conquistar a Champions League com o Rangers da Escócia no FM 2012. Por isso, decidi apimentar as coisas e buscar o título da Champions League com outro clube britânico, só que dessa vez advindo da Irlanda. Foram lindas 12 temporadas com 10 títulos nacionais, 9 deles consecutivos e incontáveis títulos nas copas domésticas, transformando o Shamrock Rovers no maior vencedor de todas as competições irlandesas. Em nível continental, realizamos o feito que o Dundalk realizou nessa temporada, ao se tornar o primeiro clube irlandês a participar de uma fase de grupos de uma competição europeia e fomos além, chegamos até as oitavas-de-final da Champions em uma ocasião e participamos por 3 ou 4 vezes do mata-mata da Liga Europa. Porém, apesar de nunca sequer estar perto de alcançar o único objetivo do save, transformei o Shamrock Rovers, mas isso não foi o suficiente para alavancar o futebol irlandês e sem a alavancagem do futebol irlandês seria impossível chegar até o objetivo do save. Eu me frustrei com isso, encerrei o save, depois me arrependi, mas a decisão já estava feita. Contudo, nesse save desenvolvi jogadores, criei ícones e lendas do clube, inclusive consegui segurar uma gigante promessa irlandesa por mais de 10 temporadas na equipe, fazendo com que um jogador da base se tornasse um importante jogador da história da equipe. E eram essas pequenas coisas que seguravam o save, mas infelizmente, ele estaria fadado a nunca dar certo da maneira que eu gostaria.
      Por isso, no ano passado, o ggpofm traduziu e adaptou um texto sobre como tornar uma liga competitiva e eu decidi que era hora de tentar realizar o impossível novamente, porém eu incuti no erro de começar o jogo no FM 2014 e comparar as duas histórias e é óbvio que isso deu errado, pois eu me frustrava com o que ocorria e olhava e comparava com o que havia sido feito e me perguntava o que estava acontecendo e o que estava sendo feito de errado, até o ponto em que eu comecei a tentar emular as decisões do passado. Isso ruiu a tentativa.
      É hora de aprender com o passado e recomeçar um desafio diferente que é transformar uma liga com um desafio do passado, a busca do impossível. Sinceramente, espero que seja esse o combustível necessário, pois o fato de querer continuar participando ativamente da área me fez retornar rapidamente com uma história. Quando não estou contando um save, a atenção que dou a área é totalmente diferente e sinceramente, como é uma área que pulsa numa vibração interessante e revigorante, acho injusto comigo mesmo não estar aqui, mesmo que o preço seja mais uma história inacabada.
      Objetivo
      Conquistar a Champions League com o Shamrock Rovers Regras do save
      Se o jogador não serve mais para o Shamrock Rovers, a prioridade é repassá-lo para uma equipe irlandesa, mesmo que isso signifique aceitar uma oferta menor ou perder o jogador de graça. Não contratar destaques de outras equipes irlandesas. Buscar repatriar jogadores irlandeses de ligas estrangeiras. Buscar contratar jovens promessas de equipes irlandesas, com o propósito de acelerar a evolução do mesmo. Buscar antecipar a concorrência externa pelos principais jogadores da liga, evitando que jogadores de bom nível ou alto potencial saiam do país. (A única condição que permite contratar um jogador adversário que seja importante para o clube) Caso alguma nova necessidade vá surgindo, irei informar num post e adicionar aqui Histórico
      2017 - 1º lugar na Airtricity Premier League, eliminado na 1ª rodada qualificatória da Europa League
      2018 - 1º lugar na Airtricity Premier League, eliminado no Playoff dos campeões da Champions League, 4º lugar no Grupo K da Europa League
      2019 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da Leinster Cup, 4º colocado no Grupo C da Champions League
      2020 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, eliminado na 3ª Qualificatória da Champions League e nos Playoffs da Europa League
      2021 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da EA Sports Cup e 4º colocado no Grupo C da Champions League
      2022 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Leinster Senior Cup e 4º colocado no Grupo H da Champions League
      2023 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da Leinster Senior Cup e 2º colocado no Grupo J da Europa League
      2024 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da EA Sports Cup, eliminado nos 32-avos-de-final da Europa League e 3º colocado no grupo G da Champions League
      2025 - 2º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, eliminado nos 32-avos-de-final da Europa League e 4º colocado no grupo B da Champions League
      2026 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da Leinster Senior Cup e 4º colocado no Grupo L da Europa League
      2027 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da EA Sports Cup, Campeão da Leinster Senior Cup e 3º colocado no Grupo H da Champions League
      2028 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da EA Sports Cup e eliminado nas oitavas-de-final da Europa League e 3º colocado no Grupo E da Champions League
      2029 - 1º lugar na Airtricity Premier League, eliminado nos 32-avos de final da Europa League, 4º lugar no Grupo A da Champions League
      2030 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da Leinster Senior Cup e 4º lugar no Grupo C da Champions League
      2031 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da EA Sports Cup, Campeão da Leinster Senior Cup e 2º lugar no Grupo H da Champions League
      2032 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da EA Sports Cup, Campeão da Leinster Senior Cup, Eliminado nas oitavas-de-final da Champions League 2031/2032  e 2º lugar no Grupo F da Champions League 2032/2033
      2033 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Leinster Senior Cup, Eliminado nas oitavas-de-final da Champions League 2032/2033 e 3º lugar no Grupo G da Champions League 2033/2034
      2034 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da EA Sports Cup, Campeão da Leinster Senior Cup, Eliminado nas quartas-de-final da Europa League 2033/2034 e 3º lugar no Grupo C da Champions League 2034/2035
      2035 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da EA Sports Cup, Campeão da Leinster Senior Cup, Campeão da FAI Ford Cup, Campeão da Europa League 2034/2035, Campeão da Super Copa da UEFA 2035 e 1º lugar no Grupo H da Champions League 2035/2036
      2036 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da FAI Ford Cup, Eliminado nas oitavas-de-final da Champions League 2035/2036 e 3º lugar no Grupo E da Champions League 2036/2037
      2037 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da FAI Ford Cup, 4º lugar no grupo C da Champions League 2037/2038
      2038 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da FAI Ford Cup, Campeão da EA Sports Cup, Campeão da Leinster Senior Cup, 3º lugar no Grupo F da Champions League 2038/2039
      2039 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da FAI Ford Cup, Campeão da EA Sports Cup, Campeão da Leinster Senior Cup, 3º lugar no Grupo G da Champions League 2039/2040
      Histórico de posts
      Shamrock Rovers e Irlanda A primeira pré-temporada Algumas surpresas na tabela Liderança na Irlanda, decepção na Europa Vantagem é sempre importante A baciada fica para o meio do ano Uma temporada mais competitiva Irlanda x Escócia Celtic Park, Olympiyskyi, Vélodrome e King Power Stadium 3 contratações, 32 despedidas Enfim mediremos força com o Dundalk? Onde os outros perdem, nós vencemos Um empate que vale por duas temporadas e meia Em time que está ganhando não se mexe? Mais um voo solo? Dois patetas, as traves e um muro espanhol Em terra de irlandês, quem é Shamrock, é rei! As primeiras cifras em reforços Um começo de temporada inédito 166 convocações no elenco Os desafios financeiros da Irlanda Um estádio para chamar de nosso Alguém parará o Shamrock Rovers? Muita movimentação no Tallaght Uma Irlanda que dá trabalho O retorno do atacante solitário Falta embalar Uma chance inesperada Deem um pouco mais de crédito para a Liga Irlandesa Vendas milionárias Sentimos sua falta, O’Brien! Gribbinaldinho Fenômeno! A 5ª maior instituição da Irlanda Remodelagem tática A melhor campanha da história do primeiro turno Na perseguição do Cork City Verde é a cor da Irlanda Um vacilo milionário A melhor campanha da história do primeiro turno – Parte 2 Mais Irlanda na Europa Forde, por que faz isso comigo? Batemos a marca de 2 milhões Um carrossel verde e branco Simplesmente avassalador! Um péssimo ano para ser Bohemian Um mercado prolífico Um novo concorrente no horizonte? Eurocopa 2028 A solução que veio e que foi Chora, Allegri! Reaprendendo a jogar Tudo conforme o script Dinamo Zagreb A única vez foi em 2017 O bom filho a casa torna Uma máquina chamada Conor Wilson Copa do Mundo 2030 Maldito sorteio da Champions League Uma abordagem renovada Poxa, UCD! Um dia ruim por turno O doce aroma da elite europeia De pontas para volante Uma noite irlandesa em Londres As dificuldades de ser maior que a liga irlandesa Meus jogadores são de um material superior Que venha o Lyon! Teremos um campeonato!? Segue o líder! A gente bem que tentou, mas o Cork não quis! Regulamento debaixo do braço Faltaram apenas 6 minutos Mais uma vaga na Champions League! Dosharaithe E estamos de volta A estrada até aqui... Real Madrid x Shamrock Rovers Super Copa da UEFA Green Stadium Uma homenagem à Conor Wilson Começo claudicante, mas final esperado O fim de duas eras Sob nova direção A Airtricity Premier League é uma das 10 maiores da Europa 20 anos de Danny Green Um campeonato que ainda está em aberto Vexatório! O plano quinquenal Zero gols, zero derrotas Uma nova era para o Hoops Tinha um italiano no meio do caminho Uma insípida janela de transferências Um paredão azul Winner Winner Chicken Dinner Um quinquênio que durou dois anos Uma debandada do Green Stadium
    • Gunner79
      By Gunner79
      Joguei bastante tempo no fm14 com essa tática, mas após a última formatação perdi ela e não consegui mais encontrar. 
      Pelo que me lembro, ela foi baixada aqui no fórum antes da reformulação. Procurei no Google mas não achei nada. Alguma boa alma que possa ter a tática salva poderia upar? 
×
×
  • Create New...