Jump to content

Chelsea 1 x 1 Barcelona


Bruno Caetano.

Recommended Posts

Imagem relacionada

UEFA Champions League - Oitavas de Final

Chelsea x Barcelona

Data, hora e local

Terça-feira, 20 de fevereiro | 16h45 (Brasília) | Stamford Bridge

Spoiler

Stamford Bridge 04052014

Prováveis Escalações

Chelsea: Courtois; Azpilicueta, Christensen, Cahill; Moses, Kanté, Fàbregas, Alonso; Hazard, Pedro; Morata

Barcelona: Ter Stegen; Sergi Roberto, Piqué, Umtiti, Jordi Alba; Busquets, Paulinho, Rakitić; Iniesta, Messi, Suárez

Últimos Confrontos

Spoiler

DWeG0GcX4AA_CCU.jpg

Calendário ingrato...

Citar

DWeQHOtX4AEbqaG.jpg

 

Citar

Trivela

As atuações mágicas de Ronaldinho nos épicos Barcelona x Chelsea de 2005 e 2006

Barcelona e Chelsea já protagonizaram algumas batalhas memoráveis na Liga dos Campeões. As semifinais de 2009 e de 2012 certamente estão entre os melhores momentos da história de cada clube. Como se esquecer do golaço de Andrés Iniesta, que abriu o caminho à consagração do time de Pep Guardiola, em meio a confronto cercado de polêmicas? Ou do contra-ataque fulminante de Fernando Torres, que valeu todo o esforço dos Blues rumo ao seu primeiro título no torneio? Em nível de equilíbrio, porém, os melhores embates aconteceram ainda nas oitavas de final, em 2004/05 e 2005/06. Eram duas equipes recheadíssimas de craques, dominantes em suas ligas nacionais. E aqueles duelos acabaram marcando também a magia de Ronaldinho Gaúcho em sua apoteose.

No primeiro daqueles confrontos, em 2004/05, tanto Barcelona quanto Chelsea vinham em momentos de afirmação. Os Blues viviam sua primeira temporada sob as ordens de José Mourinho, buscando a grande taça que referendasse o investimento feito por Roman Abramovich. Enquanto isso, os blaugranas desfrutavam dos primeiros meses sob as ordens de Frank Rijkaard, que havia conseguido uma grande arrancada na temporada de estreia, mas precisava de um título que garantisse a estabilidade ao seu trabalho.

De um lado e de outro, dois esquadrões. O Chelsea contava com a espinha dorsal daquela escalação que quase todo mundo se lembra de cor, com Petr Cech, Ricardo Carvalho, John Terry, Claude Makélélé, Frank Lampard, Joe Cole, Damien Duff e Didier Drogba. Já o Barcelona se moldava para tomar a Europa de assalto, com Carles Puyol, Xavi, Deco, Iniesta, Samuel Eto’o, Ludovic Giuly. E principalmente Ronaldinho.

O desempenho na fase de grupos, de qualquer maneira, deixava o Chelsea um passo à frente. Os Blues lideraram a chave que tinha o então campeão Porto, enquanto o Barça não conseguiu competir com o poderoso Milan de Carlo Ancelotti, ficando três pontos atrás. Assim, os ingleses teriam o direito de disputar a partida de volta em Stamford Bridge. Algo que faria toda a diferença no embate.

Na ida, realizada dentro do Camp Nou, o Barcelona deu um passo à frente. Ronaldinho e Eto’o começaram infernizando a defesa do Chelsea, mas a pontaria não estava tão afiada nas conclusões. E apesar do bombardeio catalão, os ingleses terminaram o primeiro tempo em vantagem, com um gol contra de Belletti, ao tentar cortar cruzamento de Duff. As esperanças do Barça se reavivaram na segunda etapa, quando Drogba recebeu o segundo amarelo, após uma disputa de bola dura com Victor Valdés. Mourinho, após a partida acusaria Rijkaard de visitar o árbitro Anders Frisk nos vestiários. Já o sueco anunciaria sua aposentadoria dias depois, intimidado justamente pelas ameaças de morte endereçadas à sua família após o confronto.

Dentro de campo, entretanto, o cenário foi bem menos tenebroso. A virada dos anfitriões dependeu de um personagem inusitado. Então uma aposta blaugrana, Maxi López saiu do banco no lugar de Giuly e resolveu. O argentino empatou aos 22, após receber de Eto’o, soltando um tiro cruzado feroz. E retribuiria o presente seis minutos depois, em belíssimo passe para que o camaronês escorasse. Ao final, a vitória por 2 a 1 acabou magra ao Barcelona, por aquilo que o time criou. Seguiu martelando contra a meta de Petr Cech, mas não ampliou a diferença – muito graças a John Terry, que salvou um chute de Deco heroicamente com a cabeça. Os tentos desperdiçados fariam falta no reencontro realizado duas semanas depois, em Londres.

Drogba seria um desfalque em Stamford Bridge, mas não faria falta. Eidur Gudjohnsen e Mateja Kezman deram conta na linha de frente. Não à toa, a dupla funcionou para abrir o placar em contra-ataque aos oito minutos. O sérvio arrancou e passou ao islandês, cortando a marcação de Belletti antes de fuzilar. Aos 17, o Chelsea já tinha o que precisava. Pressionando no ataque, os Blues anotaram o segundo a partir de um rebote de Valdés, que Lampard aproveitou na pequena área. E aos 19, o esboço de uma goleada que parecia inimaginável. Em mais um contragolpe, Joe Cole lançou Duff e o irlandês disparou em meio ao rombo na zaga, apenas tirando do alcance do goleiro para anotar o terceiro.

Não seria tão fácil assim conseguir a classificação. Ainda mais quando Ronaldinho está do outro lado. Antes do intervalo, o herói da camisa 10 faria a diferença. O Chelsea recuou e permitiu que o Barcelona crescesse na partida. Eto’o só não diminuiu porque Cech operou um milagre. Mas aos 27, o goleiro não teria o que fazer, em pênalti infantil cometido por Paulo Ferreira. Na cobrança, R10 mandou no cantinho do goleiro, que até acertou o lado, mas não achou nada. Já a imagem impregnada na memória aconteceu aos 38. O gênio anotou um dos gols mais bonitos da carreira.

sambada.jpg

Ronaldinho recebeu a bola de Iniesta na meia-lua. Estava marcado por Ricardo Carvalho e Lampard se aproximava por trás. Para ludibriar o zagueiro, o craque deu uma sambadinha com a bola dominada. E quando o lusitano fez um movimento em falso, abrindo a brecha ao ser confundido pelo remelexo boleiro do mágico, R10 não demorou a apertar o gatilho. Desferiu um chute perfeito, na lateral da rede. A bola passou por entre outros dois defensores do Chelsea e Petr Cech, sem reação, apenas a viu entrando. “Tem muito do futsal nesse gol. Foi uma solução que encontrei. Não planejei”, afirmou a lenda, anos depois, à FourFourTwo. Naquele momento, a classificação era do Barça.

A reação dos catalães deixou a partida bem mais aberta para os minutos finais. O Chelsea acertou uma bola na trave antes do intervalo. Já no segundo tempo, embora os Blues ameaçassem de maneira mais constante no ataque, quem realmente fez a diferença foi Cech. O goleiro realizou três defesas fantásticas. Desviou com a ponta dos dedos uma bomba de Belletti e salvou uma cabeçada à queima-roupa de Puyol. Depois, voaria para triscar em chute de Iniesta, que ainda bateu na trave. Com o gol aberto, contou com a sorte, ao ver Eto’o desperdiçar. E os Blues, na base da insistência, anotaram o gol da classificação aos 31. Cobrança de escanteio e Terry cumprimentou no primeiro pau. Com a visão encoberta, Valdés nada pôde fazer. O Barça tentou o gol salvador, que permitisse a classificação, mas a vitória por 4 a 2 consagrou os londrinos.

— — —

IT'S INIESTAAAA!! AND THE CHELSEA FANS COVER THEIR EYES IN HORROR!

— — —

Citar

Chelsea elimina o Barcelona e está na final da Liga dos Campeões 11/12

article-2133556-12BFF037000005DC-927_634x359.jpg

Spoiler

 

 

Fernando Torres dribla Victor Valdés e marca o gol de empate do Chelsea contra o Barcelona Foto: LLUIS GENE / AFP

Pedro: "Messi é o melhor, mas não é invencível"

The Telegraph, tradução Livre

Semi-final da Champions em 2012

Aquele jogo ainda me vem à mente, um dia muito triste pra mim e pros meus companheiros. Eu lembro de bastante coisa: quando controlamos o jogo e fizemos o primeiro gol, daí Messi perdeu o pênalti e o Torres marcou no último lance do jogo... Eu lembro, foi um dia muito triste pro Barcelona e pra todos nós.

Um antigo confronto, uma nova equipe

Enfrentar o Chelsea era terrível, um adversário muito complicado. Sempre tivemos dificuldade em jogar contra eles. Agora, os jogadores do Barcelona sabem que os duelos serão complicados, porque o Chelsea está forte; somos bem compactos, não é fácil jogar contra a gente. Na verdade, nada é impossível pra gente. Temos capacidade de vencer o Barcelona e passar pra próxima fase. Claro, é complicado porque eles são muito bons, mas nada é impossível.

Medo de enfrentar o Barcelona

Não, não temos medo. Se começarmos a temer o Barcelona, então estaremos nas mãos deles. É provavelmente um jogo bem difícil pra gente, bastante disputado; mas se somos um time focado e unido em campo... Futebol é imprevisível.

Messi

Ele é o melhor do mundo, mas não é invencível. Temos nossas chances, mas claro: estamos falando de Barcelona, Lionel Messi. É muito difícil pará-lo, ele é muito rápido e bastante inteligente. A gente sempre tentava imitar o jeito do Messi, seus dribles e movimentação, mas ele está em outro nível. É muito difícil copiá-lo, não dá pra imitar o jeito que ele se movimenta. Pra ele, é tudo instintivo. Ninguém faz o que Messi faz, por isso é o melhor do mundo. Ter jogado com ele foi muito especial pra mim; vou contar pros meus filhos no futuro que eu joguei com ele, porque ele vai ser considerado o melhor da história.

2011_Barcelona_4x0_Al-Sadd_1.jpg

Barcelona

O melhor do mundo é Messi, mas veja outros que estiveram no Barça: Andrés [Iniesta], Xavi e outros, como Henry, Ronaldinho, Ibrahimovic, Eto'o... muitos, muitos craques. Gente do nível de Puyol, Abidal.... a lista continua. Eu tive sorte de jogar com eles, jogadores tão bons, e por muitos anos. Eu aprendi tanto com aqueles caras; foi uma honra estar lá, foi um aprendizado pra mim, tão novo, jogando com jogadores daquele nível.

Foi incrível jogar naquele time, é um dos melhores times do mundo. Os títulos vêm em maior quantidade que aqui, porque eles tem jogadores como Messi e outros craques, tudo é mais fácil. Por isso, eu me sinto realizado de ter jogado parte da minha carreira e ganhado títulos no Barcelona.

Lealdade ao clube de coração

Ah, agora é diferente. Agora eu estou no Chelsea, defendo esse símbolo e visto essa camisa com orgulho. Espero que saiamos vencedores desse confronto! E temos jogadores de qualidade, como Hazard, Morata e Willian; são jogadores rápidos e perigosos em contra-ataques. Eles estão motivados, e essa motivação nos ajudará a fazer gols, com certeza.

_ _ _ _

Link to comment
Share on other sites

Maravilhoso o gramado na Ilha do Retir.... opa, quer dizer, Stamford Brigde

 

Link to comment
Share on other sites

Legal é a propaganda da Globo para o jogo:

- O Chelsea de Willian, DAVID LUIZ (!!!!) e Hazard 

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Bruno Caetano. disse:

Maravilhoso o gramado na Ilha do Retir.... opa, quer dizer, Stamford Brigde

 

 

2 minutos atrás, Thiago Anjo disse:

Pow, destruíram o gramado só pra esse jogo ou está assim a temporada toda?

Inverno. O inverno nessa temporada foi bem castigante, deve ser por isso. Até nevou.

Link to comment
Share on other sites

Tomaremos vareio do Xelsi, Bakayoko ramirará e vai fazer 7 gols, Messio perderá 6 pênaltis, André Gomes fará 2 golaços contra e o Coutinho vai iniciar uma briga generalizada na arquibancada. #ZikaReversa

Link to comment
Share on other sites

Só imaginem um guri com 18 anos jogando essa bola aí hoje, como não seria a mídia.

 

Link to comment
Share on other sites

7 minutos atrás, Bruno Caetano. disse:

Só imaginem um guri com 18 anos jogando essa bola aí hoje, como não seria a mídia.

 

O mais próximo que temos atualmente disso é Mbappé

Link to comment
Share on other sites

Ter Paulinho em um jogo desses pode não ser um problema: o time provavelmente não vai ter trabalho na construção de jogo pelo Chelsea não fazer pressão alta, logo, o principal estrago causado se Paulinho está no xi inicial não existirá. To com receio, o estilo de jogo do Chelsea "não bate" com o do Barça.

PS: Cahil, o único remanescente no Chelsea daquela semi-final de 2012, não está em campo. Do lado do Barça, Piqué, Busquets, Iniesta e Messi estiveram naquele jogo.

Link to comment
Share on other sites

Mais 90 minutos de Messi não faz gol no Chelsea...

(Pior que dá dó de ver a escalação do Chelsea pra esse jogo. Como que pode ter caído tanto?)

Link to comment
Share on other sites

4 minutos atrás, xBode disse:

Pedro é atacante? Meio falso nove? 

Acredito que o Conte vai deixar o Hazard de falso 9, com dois atacantes fisicamente bem. Sei lá, muito arriscado.

Link to comment
Share on other sites

Tô apostando num empate sem gols ou uma vitória de qualquer um dos dois pelo placar mínimo e um jogo sem graça, mas espero estar errado

Link to comment
Share on other sites

Conte vai estacionar o ônibus igual o seu grande amigo Mourinho? Em casa ainda, imagina como será na volta se arrancar um empate sem gols ou ganhar o jogo hahahaha

Giroudão da massa no banco é uma heresia

Link to comment
Share on other sites

Pra quem acompanhou o Barcelona na época do jogo posicional, ver Racktic e Paulinho jogar no time e num 442 é torturante demais, é feio demais

Link to comment
Share on other sites

É real essa posso de bola? Tanta posse e só 3 chutes contra 7 do Chelsea, deve ta uma punheta eterna.

QSt8TaE.png

Link to comment
Share on other sites

Kantezito está jogando muito! Segurando bem as chegadas do Messi e antecipando os passes.

Pedro é inútil. Tá na hora da troca.

Tá lá. Menino William. Merecido!

 

Link to comment
Share on other sites

Esse é sem dúvidas o pior Barcelona que eu já vi. 

Ta na hora de uma eliminação antes das semis pra vê se acontece uma mudança drástica. 

Link to comment
Share on other sites

Rapaz..que partida do Willian. Que partida do Kanté, monstro na marcação do Messi.

Barça mal demais.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

  • Similar Content

    • JGDuarte
      By JGDuarte
      A Primeira Divisão do Campeonato Inglês de Futebol da temporada 2022–2023 será a 121ª edição da principal divisão do futebol inglês (31ª como Premier League).
      A partir da temporada 2022-23, os clubes poderão fazer cinco substituições em vez de três em três ocasiões durante o tempo de jogo e no intervalo, em linha com o restante das seis principais ligas europeias (Bundesliga, Ligue 1, Eredivisie, La Liga e Serie A). Também haverá uma pausa no meio da temporada para a Copa do Mundo FIFA de 2022 no Catar, com a última partida disputada no fim de semana de 12 a 13 de novembro de 2022 e a primeira partida após a Copa do Mundo disputada em 26 de dezembro de 2022, após o Mundial Final da Copa em 18 de dezembro.
       
      Regulamento:
       
      Atual campeão:
       
      Últimos campeões:
       
      Promovidos e rebaixados:
       
      Equipes:
       
    • Leho.
      By Leho.
      🗓️ Hoje, 20/03
      🕔 17h (Brasília)
      📺 Star+ (exclusivo!)
      🏟️ Santiago Bernabéu
      ---
      Parece que o Karim tá fora de jogo por conta de lesão muscular. Mendy também. Desfalque pesado pros merengues.
      Primeiro clássico no Bernabéu desde 2020. E o Real vai estrear sua 3ª camisa, toda preta, em alusão aos 120 anos do clube. Barça vai de third também, amarelo. No mínimo estranho, hahahaha.
       
      Palpites?
    • ZMB
      By ZMB
      A final (Chelsea x Palmeiras), que é o que importa, vai rolar amanhã (sábado, 12 de fevereiro), às 13h30m, com transmissão da Band.
      Palpites?
    • JGDuarte
      By JGDuarte
      🗓️ sábado, 15 de janeiro
      ⏰ 09h30
      📺 ESPN Brasil
      🏟️ Etihad Stadium
       
      Escalações:

    • Leho.
      By Leho.
      📅 Hoje, 02/01
      ⏰ 13h30
      📺 Star+ (exclusivo!)
      🗣️ Anthony Taylor
       
      E como tá o vestiário do Chelsea pro jogo? Uma delícia, hahahahaha!
       
×
×
  • Create New...