Entre para seguir isso  
Seguidores 0
(SPFC)Coach

fm 2017
Emulando a Seleção - 1982

10 posts neste tópico

Fala, galera! Seguindo a linha de tópicos de fóruns gringos, trago à tona a discussão sobre a melhor forma de emular a tática de Telê em 1982. Confesso que estou sentindo dificuldades pela falta de informações. Alguns dizem que Cerezo jogava de forma igual a Falcão, outros diziam que ele era muito mais defensor do que armador. Pela falta de estatísticas na internet daquelas partidas, não consigo saber de certeza a função de cada um, e nem o estilo de jogo que poderíamos adaptar pelo FM. Mas gostaria de discutir sugestões a partir do que é dito pela maioria:

copadomundo02.jpg

 

Alguém que já tenha assistido à íntegra dos jogos, pode me dizer como era o estilo de jogo? Faziam transições rápidas ou mantinham a posse de bola, a linha defensiva era alta, controlavam o jogo?

2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O site Imortais do Futebol geralmente faz umas matérias interessantes sobre equipes da história. Achei o link pra seleção de 82 nesse site. A maioria do texto deve ser sobre a história e o desenrolar da Copa, mas algumas partes, prestando atenção, falam da parte tática.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Seguindo o quadro acima, emulei dessa forma:

yVSAMPX.jpg?1

Nas laterais, um ala que ataca e do outro um fullback que ataca poucas vezes - mas também ataca. Isso se deve ao fato de que sempre ouvi que o Junior funcionava por vezes quase como um meia esquerda, menos do que como lateral. Leandro também subia ao ataque como ala, mas não tanto quanto o Junior. 

No meio, Cerezo e Falcão jogavam como meias defensores que apoiavam Zico e Sócrates na criação das jogadas. Para isso, ambos como armadores recuados.

No meio do ataque, Zico e Sócrates alternavam de posições, ambos criando as principais jogadas. Então instruí para os dois trocarem de posições no decorrer do jogo. 

Na ponta, Éder flutuava como ponta pela esquerda chegando ao ataque para apoiar Serginho, que era um finalizador nato, mas se movimentava bastante para ocupar espaços, função melhor definida pelo atacante completo no FM.

Pensando em ter a posse e o jogo bonito, que todos nós conhecemos, instruí desse jeito:

ztr3jhi.png?1

Sinceramente, ainda não sei se está de acordo com a realidade apresentada por aquela seleção. Carece de estatísticas reais daquela equipe. Se alguém tiver em algum link ou ebook, favor recomendar.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Yan Perisse disse:

O site Imortais do Futebol geralmente faz umas matérias interessantes sobre equipes da história. Achei o link pra seleção de 82 nesse site. A maioria do texto deve ser sobre a história e o desenrolar da Copa, mas algumas partes, prestando atenção, falam da parte tática.

Pois é, li também esse site. Li em vários lugares, mas pouco se tem de concreto do estilo de jogo do time. E é difícil ver por vídeos de melhores momentos. Pior do que ver lances chave do FM hahahaha

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, (SPFC)Coach disse:

Pois é, li também esse site. Li em vários lugares, mas pouco se tem de concreto do estilo de jogo do time. E é difícil ver por vídeos de melhores momentos. Pior do que ver lances chave do FM hahahaha

É difícil mesmo emular seleções do passado. Eu, por exemplo, tentei chegar perto do Barcelona de 94 e já foi difícil, imagina em 82. O que me salvou foi um jogo completo que vi até a metade do primeiro tempo e um site que falava um pouco sobre cada jogador.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Continuando a análise, seguem estatísticas dos meus jogadores e do primeiro jogo com a formação acima postada:

QPAXZgN.png

Maior domínio na posse de bola, muito mais passes trocados (quase o dobro do adversário) e mais de 3x mais finalizações. Pecou pela falta de oportunidades claras e pelo excesso de cruzamentos, que não creio que acontecia tanto naquela equipe, apesar da grande quantidade de subidas dos alas.

xCg9iDo.png?1

Nas estatísticas dos jogadores, constato que os armadores recuados e meias-atacantes são os que mais participam do jogo. Tanto que ganharam as maiores notas. Nessa parte, creio que foi bem realizado. O lateral-esquerdo, que seria o papel do Junior, fez o que se esperava: por vezes virava um meia pela esquerda, chegando até o Eder ou até mesmo ultrapassando pra chegar à linha de fundo. Funcionou ok, tanto que foi o melhor do jogo. Enquanto isso, o LD, que seria o Leandro, ficava postado mais próximo aos defensores, estabilizando um pouco mais o sistema enquanto o LE desequilibrava no ataque. O atacante completo (Chulapa) funcionou como eu imaginava: pouco participava da criação do jogo, quase a mesma qtd de passes que o goleiro, mas se movimentava bastante para dar opção aos meias - todos armadores. Tanto que fez gol e participou de um dos gols (que foi um gol contra). Não gostei da pouca participação do ponta-esquerda. 

Falta agora corrigir a quantidade de cruzamentos

2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo replay dos gols (

) da seleção, percebi que na verdade eles não se preocupavam taaaanto assim em levar a bola até a área para finalizar. MUITOS gols foram de fora da área. Então não faz sentido eu setar isso na tática. Na verdade, a maioria dos gols foram de chutes de média distância dos meias. Removi. Aumentei também a movimentação dos homens de frente. 

Pelo Southampton, joguei mais 5 jogos. Perdi 2 para o United (2x4 e 2x0, ambos jogamos e igual para igual e com mais passes e mais posse), empatamos 1 (0x0 Tottenham) e ganhamos 2 (2x0Watford e 0x1 Hull). Todos os jogos da mesma forma de jogar: mais posse, mais passe, e domínio dos armadores no jogo. Testarei agora na seleção brasileira numa copa do mundo.

Editado por (SPFC)Coach
2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estava relendo alguns tópicos e li esse. Vou testar com meu Nottingham. Uso a 4231 e sempre tenho maior número de passes e também mais posse que o adversário e por este motivo eu acredito que essa sua tática caia como uma luva no meu time.Vou testar. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem que ser lembrada uma coisa dessa equipe de 82, e que era uma caraterística do futebol na época: Haviam bons chutadores de média distância. Hoje, dificilmente você vê gols de chutes de média distância. De falta então, nem se fala.

Só nessa equipe do Telê, tínhamos Socrátes, Zico, Falcão, Leandro, Júnior, Éder... caras que sabiam chutar ao gol.

O cara que quiser emular esta tática precisa, acima de tudo, ter jogadores que chutem de média distância de 15 pra cima. Tiros livres,de preferência, de forma parecida.

 

 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala cara, não sei se ainda está tentando emular a seleção, se tiver achei os jogos completos da Copa de 82. Só assisti o primeiro tempo  contra União Soviética ainda, pois estou meio corrido.

Segue o link da playlist que criei com os jogos https://www.youtube.com/playlist?list=PLFq10Sjg3FrJ9BdXZAHk623xE-IAtfu4l

 

3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0

  • Conteúdo Similar

    • alissonlcunha
      Por alissonlcunha

       
      A HISTÓRIA DO PARANÁ CLUBE:
      Para quem não conhece a história do Paraná, bem resumido, é o seguinte:

      O Paraná Clube nasceu em 1989 como um gigante no cenário desportivo nacional. A região Sul do Brasil conheceu sua grande potência quando os dirigentes do Colorado Esporte Clube e do Esporte Clube Pinheiros decidiram juntar suas forças em nome de uma causa que, em pouco tempo, se tornaria um case fenomenal de sucesso. Em 19 de dezembro daquele ano surgia um marco no futebol brasileiro: o Paraná Clube.
      Rapidamente a ação arrojada de seus fundadores deu status de “clube do ano 2000” à nova instituição. Em seus dez primeiros anos de vida, o Paraná Clube se consagrou como o time a ser batido. O Tricolor precisou de apenas três anos para ir da terceira divisão à elite do futebol nacional. Durante essa trajetória arrebatadora, o time das duas vilas conquistou sete campeonatos estaduais - sendo cinco consecutivamente, e o título brasileiro da segunda divisão em 1992 e posteriormente em 2000.
      O Paraná Clube se mantém há anos entre os grandes clubes do futebol do Brasil. Com participações em torneios internacionais como a Copa Conmembol, Copa Sul-americana e a chegada às oitavas-de-final da Copa Libertadores da América 2007, o Tricolor levou seu nome, marca e a paixão de seus torcedores além das fronteiras.
      Nome: Paraná Clube
      Fundação: 19 de dezembro de 1989
      Estádios: Durival Britto e Silva (Vila Capanema) e Érton Coelho Queiróz (Vila Olímpica).
      Principais títulos:
      Campeão Brasileiro da Segunda Divisão em 1992 e em 2000 (Copa João Havelange – Módulo Amarelo). Campeão Paranaense em 1991, 1993/94/95/96/97 e 2006. >>>
      DADOS DO SAVE
      Versão: 17.3.1
      Base de Dados: Brasil Mundi UP (05/07) + Ligas fundamentais do Classen
      Tamanho da Base de Dados: Grande
      Data de Início do Jogo: Brasil (23/12/2016)
      >>>
      ÍNDICE
      1 .DESAFIOS
      2 . METAS
      3.  REFORÇOS E SAÍDAS - TEMPORADA 2017
      4. TEMPORADA 2017
      4.1. PRÉ-TEMPORADA 2017
      4.2. PRIMEIROS JOGOS
      4.3. PARANAENSE, COPA DO BRASIL E ADEUS À PRIMEIRA LIGA
      4.4. FIM DA PRIMEIRA FASE DO PARANAENSE E COPA DO BRASIL
      4.5. DUPLA ELIMINAÇÃO
      4.5. SÉRIE B: PRIMEIRO TURNO
      4.6. SÉRIE B: SEGUNDO TURNO
      >>>
      SALA DE TROFÉUS
       
      >>>
      AGRADECIMENTOS:
      Muito obrigado ao @Bega Gomes pelo banner, ficou muito bom!
      Obrigado também aos amigos @Henrique M., @ggpofm e @Tsuru pelo feedback e sugestões na oficina!
    • Álvaro Rodrigues
      Por Álvaro Rodrigues
      Quais as implicações da renovação de contrato do treinador? Em que isto afeta os jogadores? 
    • LC
      Por LC

       
       
       
       
       
       
       

      The Buffalo Trippone - Via dell'Anguillara, 48R, 50122 Firenze, Itália
       

      Quem diria que este dia iria mudar a minha vida. Estava no Trippone com amigos da Universidade comemorando nossa recente graduação. Doutores da Lei ou piadistas numa noite de bebedeira. Era a minha vez de contar uma piada e o fiz.:
      Em uma noite chuvosa, dois carros se chocam em uma estrada. Um
      pertencia a um advogado, o outro a um médico. Ao sair de seu automóvel, o
      médico, preocupado, se dirige ao carro do advogado e pergunta se ele está ferido,
      examina-o brevemente e constata não haver nada de grave.
      Só então os dois passam a verificar o estado dos carros e como se deu a
      batida. Chegam a conclusão de que não havia como escapar do acidente na situação
       em que tinha acontecido: a estrada estava molhada, escura e mal
      sinalizada. Como, todavia, o advogado já tinha ligado
      para a policia rodoviária, resolveram ficar esperando enquanto a viatura não
      chegava, para avisar aos policiais que cada um ia assumir seus prejuízos.
      Conversa vai, conversa vem, o advogado vai ficando íntimo do médico e
      até lhe oferece uísque. O médico aceita, bebe três goles longos e pergunta:
      - "E você, amigo, não vai beber?"
      O advogado responde:
      - "Só depois que a policia chegar".
      Todos riram e falaram que éramos filhos de uma boa mãe e possivelmente seria isso que a maioria iria fazer. Todos riram e Luigi, meu grande amigo pediu mais uma porção de salaminho e mais vinho. Foi uma bela bebedeira. No dia seguinte meu pai me cumprimenta e avisa que assim que a carteira da ordem chegar eu iria trabalhar no seu escritório e que eu parasse com a esbórnia. Caraca eu acabo de me formar e já tem cobrança. Só me formei mesmo por causa da minha mãe, mas não quero trabalhar com meu arrogante pai. Eu o amo, mas sei de sua arrogância, principalmente com os menos abastado. Me levanto e bebo meu café e o celular toca.
      • - Fala Luigi.
      • - Enzo eu preciso de um favor seu. Estou na quadra de futebol. Pode vir aqui meu amigo?
      • - Porca miséria Luigi. Sabe que horas são? Acabei de beber meu café.
      • - Poxa cara, é importante.
      • - Ok amico. Já vou.
      • -O que será que esse maluco quer? Só pode ser zuação e se for eu mato esse carcamano.
      Uma hora depois eu estava na quadra de futebol e lá estava o Luigi me esperando.
      • - Fala Luigi. Porque me chamou aqui.
      • - Simples. Você  fala português né?
      • - Sim, falo. Mas é pouca coisa.Porque?
      • - Mas tu não é brasiliano?
      • - Caraca quantas vezes vou te explicar que minha falecida avó era brasileira. Ela casou com meu avô italiano e nasceu minha mãe. Mas sou italiano com sangue brasiliano por parte de avó.
      • - Não importa. Acontece que minha prima tem uma amiga brasiliana  que conheceu quando esteve de férias no Rio de Janeiro. Ela me disse que a menina é linda e chega hoje, mas fala pouco  a nossa língua.
      • - E eu com isso?
      • - Ora seu tapado. É simples isso. Você me acompanha até o aeroporto para recebê-la  e como você fala um pouco de português...Entendeu agora?
      • - Ok. Eu vou mas você me deve um favor.
      No caminho para o aeroporto nós passamos perto do Estádio Artemio Franchi e o Luigi fala sobre um dia treinar a Fiorentina. Eu lembro  que ele é um advogado e não treinador, mas ele me diz que pode fazer o curso da UEFA ou então se não conseguir irá trabalhar no corpo jurídico do clube. Eu começo a rir e lembro a ele que se isso acontecer eu paro de torcer para o Torino e visto a camisa da Viola. Ele fala que promessa é divida. E  essa promessa eu iria pagar com juros e correção monetária, pois numa curva antes de chegar ao aeroporto o carro que eu dirigia dá uma derrapada e eu tento controlar, mas eu só consigo parar o automóvel no lado contrário da via e só dá tempo de pedir a Deus por minha vida:
       


       
       


    • Urubu da Gavea
      Por Urubu da Gavea
      Oi pessoal!
      Depois que o jogo foi atualizado para essa versão 17.3.0.2 sumiram os logos e kits que eu tinha instalado. 
      Também percebi que não está mais buscando a atualização BRASIL MUNDI UP na Base de Dados... ou seja, quando vou criar um save não aparece esta opção de base de dados, apenas as Footbal Manager Padrão e a 17.3.0.
      Estou com as pastas exatamente como quando estava funcionando a 2 dias atrás... mas agora não busca mais nada!
      Alguém pode me dar uma luz do que pode estar acontecendo? É como se o jogo estivesse buscando em uma pasta diferente, sei lá! 
      Também está acontecendo de toda vez que inicializo o jogo aparecer a tela de "Aceite" dos termos de serviço e EULA... mais alguém com esses problemas? É problema da STEAM ou deu algum bug no meu note?
      Alguém aí me ajuda... estou há 2 dias tentando jogar e não consigo :(
       
      Abraços!
    • Lohan
      Por Lohan

      BRASIL MUNDI UP  (26\07\2017)   
      ✔️Séries A, B, C e D (formato original) 
      ✔️Serie Regional, equivalente a uma 5 divisão fictícia, nas qual faz com que os estaduais fiquem mais realistas e disputados (grupos verdadeiramente regionalizados)
      ✔️Segundonas, Terceiras e Quartas Estaduais
       ✔️Copa SP de Futebol Júnior, Copa BH, Copa do Brasil e Brasileirão sub-20, Brasileirão sub-17
       ✔️Copas Estaduais (quando os times sobem pra Seria A e B, deixam de participar pra não inflar o calendário)
      ✔️ Novidade Todos os Campeonatos Estaduais Sub-20
       
      Colocar o arquivo .FMF na pasta (editor data) que fica em: documentos / Sports Interactive / Football Manager 2017 / editor data,
      e depois selecioná-lo antes de criar o Save.
      Testado 3 vezes até 2030 sem bugs! (protegido contra cópia)
      DOWNLOAD:  
                        Brasil Mundi Up (26-07) + Pr0 Update gringo incluso
                      4Shared: https://www.4shared.com/file/bHhaEK-4ca/Brasil_Mundi_UP__26-07__FM17_5.html
      ❌  (NÃO FUNCIONA NO FM PIRATA)
      ❌  (Só funciona no patch 17.3 em diante)
       

       
      Ligas fundamentais que não vem no FM17 e fazem muita diferença, principalmente pra quem joga no Brasil (só funciona se deixar como "Jogáveis", não adianta nada ativar essas ligas ao criar o save e deixar em "Ver apenas"):
      Libertadores mais difícil e realista
      Deixando as primeiras divisões de todas as ligas Sulamericanas + México ativadas, a Libertadores e a Copa Sulamericana ficam mais difícil
      Mercado de transferências bastante ativo
      Ativando Japão, Emirados Árabes, Arábia Saudita, Qatar, Portugal, China e Itália você vai ver bastante transferências realistas, e vai conseguir vender ou emprestar facilmente até jogadores encostados sugando a folha salarial

      DOWNLOAD:  http://www.fmscout.com/a-fm17-leagues-megapack-by-claassen.html
       
      Apos fazer o download extraia o arquivo na pasta editor data, a mesma pasta em que fica o Brasil Mundi UP
       
      Amigos, a pouco estava tirando as dúvidas de uma pessoa sobre se fazer a série D real ou não, com os times participando dela baseado em suas classificações via estaduais, e tive a ideia de escrever esse texto, para ajudar a esclarecer algumas coisas, dando minha opinião pessoal sobre o jogo, e sobre o motivo de não fazer nesse formato mesmo sendo realista.
      Como todos sabem, o FM é um jogo Inglês, feito de acordo em teoria, baseado na realidade do futebol inglês e europeu, então infelizmente algumas coisas que estão programadas pra funcionar lá, não são bem geridas pela inteligência artificial do jogo no Brasil, e até por esse motivo, muita gente não gosta de jogar aqui, preferindo até ir pra China rsrs.
      Ao longo dos anos, venho estudando e analisando os mecanismos de muitas dessas configurações no editor, tem algumas pessoas que tem essa mesma visão e linha de raciocínio, como o amigo Leon Coutinho, então começamos a implementar isso aos poucos, sempre testando massivamente.
      Eu me senti satisfeito, por achar que consegui atingir no FM14, um nível de realismo absurdo (dentro das limitações do jogo), seja no mercado de transferências, nas finanças, cotas dos clubes e etc, lembrando que nossos pesquisadores nacionais fazem um excelente trabalho, até porque não é nada fácil ter que estar atento a cada mínimo detalhe de uma Database tão grande e complexa.
      É difícil saber o valor correto exato da parte financeira dos clubes, mas o pessoal faz isso bem, o problema é como o jogo gere as finanças no nosso país, fazendo os grandes clubes ficarem ricos em 2 ou 3 anos, tirando assim grande parte da graça de jogar por ficar muito fácil.
      A partir do momento em que vc cria o save e clica em continuar, vc esta entrando em um mundo de simulação futebolística virtual, onde tudo pode acontecer, (vírgula), muitas coisas precisam de coerência, o Brasil tomar 7 da Alemanha não parece ser nada coerente né? Então, isso pode acontecer no jogo tb, só não pode acontecer o tempo todo.
      O que eu quero dizer, é que o FM tem simulado muito melhor e com mais realismo e dinamismo muitas coisas do mundo do futebol nas ultimas versões, as opções de configuração são bastante complexas, mas se tivermos atenção a isso o jogo fica muito melhor, basta analisarmos e testarmos com parcimônia.
      Sempre fui muito perfeccionista e detalhista, o jogo perde a graça quando vejo em 2015, Tite treinando o Goiás ou Renato Gaúcho sendo contratado para treinar o Inter (what? Só acho que a Sigames deveria me adicionar a folha salarial deles rsrs.
      Quanto a Série D real, com os times provindo de suas classificações nos estaduais, deixando o jogo supostamente mais realista (porém sem graça), é aí que entra o que falei (pra se ter mais realismo no Brasil, é preciso configurar algumas coisas diferentes, para num todo, termos um jogo bem melhor, e sim, mais realista e divertido!
      Então ter uma Série D com 128 clubes, nos moldes da Série C dos antigos CM´s e FM´s (oh nostalgia que me faz envelhecer rs) e ter uma série Regional, onde muito mais clubes pequenos participam, privilegia justamente os estaduais, faz com que os times menores busquem reforços no mercado, por terem uma divisão ativa, ao invés de ficar com jogadores cinzas, levando goleadas e mais goleadas dos grandes todos os anos, sem contar que fica mais fácil ainda vc vender ou emprestar aquela naba que fica escanteada, sugando toda sua folha salarial.
      Sou da opinião que é muito mais divertido pegar um time da Série A3 do Paulistão ou da Segundona Gaúcha e tentar levar pra Série D ou C, de maneira suada, do que pegar o Paysandu no estadual do Pará (com a Série D real), enfiar goleadas nos minúsculos do estado (por não terem divisão) e ir simplesmente participar da Série C na cara de pau (essa é minha opinião) acho totalmente sem graça isso!
      *Campeonatos estaduais precisam ser mais difíceis e realistas! (o Ituano Campeão Paulista de 2014 manda abraços!)
      *Libertadores não pode ter todos os anos uma semi-final com 3 ou 4 brasileiros! (O papa torcedor do San Lorenzo que o diga) 
      Mas quem disse que isso não foi a primeira coisa que eu tentei melhorar? =P
      Abraços e bom final de semana cambada!