Jump to content
Sign in to follow this  
Jirimias

Maldito Futebol Clube

Recommended Posts

Jirimias

clough-revie3.jpg

titulo.png,

leicester.png

Abriu os olhos e acordou em uma imensa suíte no bairro mais luxuoso de Leicester. Poderia rotular a si próprio como um homem de muita sorte. Que outro nome poderia ter para um jovem de 35 anos que mal havia terminado o curso de treinador e já era o manager em um time da Championship? Orgulhava-se de não ter contado com nenhum favor para ter chegado aqui, sequer havia mencionado em seu currículo que era neto de Dom Revie.

Para um clube que havia ficado sem treinador no final da temporada, e que almejava um projeto de renovação sem gastar muito com um treinador, Tom Revie era o nome certo. Aliás, escolher treinadores jovens já havia se tornado uma tendência pela Inglaterra, principalmente entre as equipes das divisões inferiores do país. Mas não foi por isso que a imagem de Will veio a sua mente.

15-3.jpg

Estava em frente ao espelho. Ficou ali se olhando sem qualquer reação por alguns minutos. Abriu a torneira com imitação em ouro, colocou suas mãos debaixo da água e molhou se rosto diversas vezes. Com a toalha tratou de secar-se. Concluído o trabalho, arrastou uma caixa de camurça, retirou dali um pincel e um pote contendo algum tipo de pó e por fim espalhou algumas vezes o pincel pelo rosto. Os longos anos se preocupando em esconder aquela cicatriz deu a ele uma habilidade de invejar qualquer maquiador. Em questão de minutos, estava pronto. Pronto para vencer mais um dia.

Untitled-2.png

Will e Tom nasceram na mesma Middlesbrough de seus pais e avôs, e por isso, inevitavelmente, seus destinos acabaram se cruzando enquanto ainda pequenos. Estudavam na mesma escola, Saint James, uma das mais conceituadas da cidade. A diferença de idade entre os dois não permitia uma relação mais estreita de amizade, mas era comum vê-los juntos na companhia de seus pais. Nigel e Just faziam questão de aproximar os dois para dar fim definitivamente a uma possível maldição familiar, em que Revie e Clough estavam destinados a odiarem-se para sempre.

O grande símbolo da trégua construída por Nigel e Just se deu nos últimos dias de vida de Brian Clough. Just era sempre visto no hispital onde o treinador lutava contra um mal do fígado, inclusive era ele, Just, um dos poucos que conseguia arrancar raros sorrisos do rabugento Clough. Just dizia: " Reage, Clough! Deste jeito você vai acabar encontrando com o velho Dom Revie pelo caminho". Clough, que não perdia uma, dizia: " Não se preocupe. Os campeões vão para o céu, portanto seu pai não está lá." No final,os dois riam das besteiras que diziam um para o outro.

Foi neste clima de perfeita harmonia que os rapazes Will e Tom cresceram, até que um amor fez renascer o ódio...

Untitled-2.png

victoriapark.png

O nome dela era Anne, como eu poderia esquecer, faz apenas 8 anos em que ela me beijou a testa e partiu para os braços de outro. Ela havia sido minha primeira namorada, minha primeira mulher, e meu primeiro grande amor. Sentados à beira do lago fazíamos grandes planos para uma vida a dois. Ela gostava das mesmas coisas que eu, inclusive, ensinei ela a gostar de futebol. Aprendeu a torcer pelo Derby e a gostar de batatas fritas, duas coisas boas e fáceis de ser aprendidas.

Foi então que ele surgiu na porta da minha casa. Era mais velho do que eu. Eu sempre fui franzino, enquanto o maldito tinha porte de atleta, por isso fazia sucesso com as mulheres. Ele aproveitou a liberdade dada pelo meu pai para assaltar minha rotina, interromper minha vida em seu melhor momento e levar o meu maior tesouro.

Demorei a acreditar que havia perdido Anne. Só fui dar conta, realmente, quando em um festival de rock avistei-a nos braços daquele filho de uma vaca. Lembro até hoje da música que tocava naquele momento: Smells Like Teen Spirit, do Nirvana. Foi ela a trilha sonora que embalou meu ódio. Minha cabeça girava no ritmo daquela música e me fazia esquecer que não podia jamais me rebaixar a um Revie. Mas já era tarde. Dos cacos da garrafa que deixei cair pela emoção, eu vi a oportunidade de me igualar a um covarde e risquei o rosto daquele maldito ignorando os gritos de terror de Anne. Ela me chamou de monstro e me deu um tapa. Por quê pensava que ela me chamaria de " meu herói"? Monstro. Palavra que ecoou durante toda aquela noite que passei na prisão. Felizmente, foi só uma noite. Por algum motivo, o Revie não registrou queixa.

PREPARADOR HILL: - Nunca mais viu ela?

CLOUGH: - Nunca mais. Creio que ela nem esteja com ele mais. Ela era para ele um troféu, uma forma de dizer para mim que já havia me derrotado.

PREPARADOR HILL: - Ele te disse isso?

CLOUGH: - Nem precisava. Se eu estivesse no lugar dele, eu pensaria assim.

PREPARADOR HILL: - Você odeia ele?

CLOUGH: - Aprendi tudo com meu avô, inclusive a odiar um Revie, mas não seria capaz mais de feri-lo novamente a não ser que seja na alma, desbancando seu orgulho e pisando sobre ele. Espere um pouco... Ei, ei, Luke quero você pelos lados, deixe o Grandalhão dentro da área.

PREPARADOR HILL: - Esse menino é um talento não, não é?

CLOUGH: - É o melhor do time.

luke.png

PREPARADOR HILL: - Soube que representantes do Inverness e o Reading estiveram sondando o preço dele.

CLOUGH: - Quem disse que ele está à venda? Ele só sai se passarem por cima de mim.

PREPARADOR HILL: - Acho que você precisa de alguém do seu lado.

CLOUGH: - Concordo. Preciso mesmo de um assistente.

PREPARADOR HILL: - Falo de um novo amor.

CLOUGH: - Meu novo amor é o trabalho, meu caro.

Pessoal, por conta do lançamento do novo patch, eu vou recomeçar o jogo. Por este motivo, o post com contratações e partidas deu lugar a esta importante revelação da trama de fundo. Creio que até terça eu consiga postar jogos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigo.

Nada melhor do que vingar-se de Revie o desbancando no ramo profissional, ele ainda vai se arrepender de não ter registrado queixa, o orgulho vai leva-lo as ruinas haha. Bom jogador o luke, o porte fisico faz dele um jogador capaz de competir de igual para igual com os mais velhos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
rsm_rlb

hahahahaha'... Tudo culpa das Mulheres cara, tudo culpa das mulheres...

No mais, está traumatizado de dar alguma merda durante o save por conta de atualizações, é ? ahuashaushuashuasha'

Share this post


Link to post
Share on other sites
guigasparotto

Nada melhor do que vingar-se de Revie o desbancando no ramo profissional, ele ainda vai se arrepender de não ter registrado queixa, o orgulho vai leva-lo as ruinas haha. Bom jogador o luke, o porte fisico faz dele um jogador capaz de competir de igual para igual com os mais velhos.

Rodrigo, quero enviar uma mensagem para você, mas tua caixa de entrada está cheia. Consegue arrumar um espaço nela? haha Valeu!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Jirimias

Nada melhor do que vingar-se de Revie o desbancando no ramo profissional, ele ainda vai se arrepender de não ter registrado queixa, o orgulho vai leva-lo as ruinas haha. Bom jogador o luke, o porte fisico faz dele um jogador capaz de competir de igual para igual com os mais velhos.

Conseguiu matar o motivo dele não ter registrado queixa,né? Um segredo que poucos sabem.

O Luke é bom mesmo, um craque para a quarta divisão.

hahahahaha'... Tudo culpa das Mulheres cara, tudo culpa das mulheres...

No mais, está traumatizado de dar alguma merda durante o save por conta de atualizações, é ? ahuashaushuashuasha'

Sempre elas hahaha.

É bom não arriscar. Já que não tinha jogado nem dez jogos, melhor recomeçar e garantir que nada dê errado no save.

Share this post


Link to post
Share on other sites
HernaneBrocador

Por essa eu não esperava, um crime, uma mulher. O sentimento de ódio entre os dois parece ser uma herança dos avôs. Vamos saber como as coisas foram no passado até desenrolar isso? Ou será que a trama deles no passado se mistura com o presente? De toda maneira, uma trama fantástica. E esse Luke é bom jogador, ein? Vai longe, se deixar

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigo.

Rodrigo, quero enviar uma mensagem para você, mas tua caixa de entrada está cheia. Consegue arrumar um espaço nela? haha Valeu!

Ja exclui aqui, pode mandar a msg.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Jirimias

Por essa eu não esperava, um crime, uma mulher. O sentimento de ódio entre os dois parece ser uma herança dos avôs. Vamos saber como as coisas foram no passado até desenrolar isso? Ou será que a trama deles no passado se mistura com o presente? De toda maneira, uma trama fantástica. E esse Luke é bom jogador, ein? Vai longe, se deixar

Pode ser mesmo uma herança, mas os pais deles até tentaram evitar que esta herança chegasse aos netos, ma aí surgiu uma mulher e tudo desandou.

Obrigado!

Luke só não é melhor que o goleiro, mas o Clough não gosta de elogiar goleiros.

Share this post


Link to post
Share on other sites
gq-tricolor

Haha, eu sabia que era por rabo de saia!

PREPARADOR HILL: - Acho que você precisa de alguém do seu lado.

CLOUGH: - Concordo. Preciso mesmo de um assistente.

Isso foi engraçado.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Jirimias

Haha, eu sabia que era por rabo de saia!

Isso foi engraçado.

Vc acertou hehe.

Eu fiz este texto falando do assistente já fazendo preparação para o próximo capítulo, mas o novo patch meio que me obrigou a mudar algumas coisas no capítulo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Jirimias

clough-revie3.jpg

titulo.png

Sempre carreguei uma dúvida comigo: se meu avô era tão bom, por quê ele precisava de um amigo? Muita coisa ouvi sobre a amizade do vô Clough e de Peter Taylor. Muita coisa não era verdade, mas não vem ao caso. Dei-me conta de que precisava de alguém para me auxiliar no trabalho de procurar jogadores quando deparei com a comissão técnica do Hartlepool. Logo pensei: será que também pediram emprego ao George quando ele estava bêbado?
staff.png
Precisava de um cara de visão, alguém que conseguisse ver além do que eu via. Eu sabia que era difícil achar alguém assim. Não queria alguém que concordasse comigo, para isso eu não precisava de um auxiliar, bastava ter um espelho. Foi então que conheci o Genie.
Eu estava no Cal's Bar, na última mesa do lado esquerdo, como de costume. Já havia criado alguma superstição de sentar naquele lugar. Bebia calmamente a minha cerveja, quando aquele rapaz sentou-se na cadeira a minha frente, sem pedir permissão, interrompeu-me bruscamente jogando sua mochila em cima da mesa:
- Vai perder o fígado igual ao seu avô.
- E você vai perder esta mochila se não tirar daqui de cima agora. Por acaso, é médico da família para ficar me controlando?
- Não, sou estudante de jornalismo. - disse arrastando a mochila para o seu colo. - Estou no último ano. Cara, nem acredito que te achei aqui. Bem que me disseram que você vem todos os dias para este boteco e senta no mesmo lugar.
Eu precisava mudar meus hábitos, eu estava me tornando alguém bastante previsível. Escolhia o Call's Bar exatamente por ser uma espelunca, não chamar muita a atenção da imprensa, e principalmente, por ter a cerveja mais gelada de Hartlepool. Deixei o rapaz falar, parecia bastante empolgado e ter algo importante a dizer.
- Desculpe a falta de educação, mas meu nome é Genie Scott. Eu desejo muito ser jornalista esportivo e preciso de uma oportunidade de estágio.
- Caro Genie, eu odeio a imprensa, mas se tem algo que mais odeio que jornalistas, são os estagiários. São atrapalhados, dão trabalho, requerem atenção e custam caro.
- Não quero dinheiro, Mr. Clough. Quero apenas aprender com o neto do mais brilhante treinador da história do futebol.
- Olha, não digo isso para qualquer um, mas gostei de você rapaz.
Pela primeira vez alguém me chamou de Mr. Clough. Com 25 anos isso me deixava uns cinquenta anos mais velho, mas se meu avô fazia questão que lhe chamassem assim, então eu me sentia privilegiado. Pedi uma cerveja para o rapaz, ele recusou, não bebia no trabalho. Sério demais para o meu gosto.
- Genie, estou precisando de alguém para me auxiliar, posso fazer um teste com você. Quem sabe não te efetivo e você não passa a fazer parte da minha comissão técnica permanente? O que acha?
- Não sei, quero ser jornalista. Mas vamos ver, quem sabe você não me faz muda de opinião? O que preciso fazer?
- Vamos ali para o sofá.
- Ham??
O rapaz achou que teria que fazer algum teste do sofá, pude perceber pelos olhos arregalados na direção da minha cintura. O sofá ficava em uma parte mais iluminada do bar, queria lhe mostrar alguns papéis.
- Preciso de alguém que me ajude a encontrar bons jogadores e a montar o melhor time possível.
- Entendi. Você quer um novo Peter Taylor, não é?
Estas foram apenas as primeiras frases do rapaz sobre a carreira do meu avô. Ele sabia até mais do que eu. Isso me surpreendeu. Ele abriu o notebook e começou a falar como quem estava apresentando seu melhor produto:
- Estou preparando minha monografia e o tema é exatamente o " Mercado da bola no Reino Unido". Pesquisei alguns nomes, achei matérias falando sobre os jogadores que estão parados, sobre os que estão perto de aposentar, os melhores negócios e tudo mais. Apesar de que ela ainda esteja incompleta, pode ser útil para você.
- Só faltava essa. Eu usar uma monografia para contratar. Humpf!
- Não desdenha vai, paguei cinquentão nela.
- E ainda foi comprada!? Estou perdido.
- Brincadeira. Fui eu mesmo quem fez. Pede uma cerveja para mim. Acho que o serviço por hoje já acabou,né?
E foi assim, através de uma monografia incompleta, que Will Clough chegou até seus primeiros jogadores contratados da carreira. A relação com Genie em pouco tempo virou uma forte parceria regada por cumplicidade e lealdade, mas sem beijo gay. Andavam juntos o tempo todo, bebiam, brigavam, xingavam um ao outro e faziam as pazes com a mesma facilidade. O estagiário de jornalismo terminou o curso e juntou-se a Clough na busca pelo topo do mundo.
Plantel Hartlepool - Temporada 2013/2014
plantel.png
Contratados
Toda vez que Will Cloug transferir para outro clube, o adjunto ou algum membro da comissão técnica ganhará o nome de Genie Scott. A idade nem sempre vai bater, mas isso é um detalhe.

Share this post


Link to post
Share on other sites
rsm_rlb

Genie Scott? ESSE Genie Scott? Se for ele mesmo, é um "reforço" de NOME ashuashuashuashua'

Share this post


Link to post
Share on other sites
HernaneBrocador

Excelente o texto. Gosto muito de ficção, deixa a história mais rica, e isso você faz com uma maestria sem igual. Agora não sei se é impressão porque morei fora e, então, fui muito acostumado a lidar com isso em textos ou então se foi proposital, mas Genie Scott é mais um daqueles 'puns'? Genie Scott = Genie Scout, o programa de observação de jogadores? Ademais, sobre a idéia de levar o Genne em uma comissão, porque não fazer diferente? Escolha um profissional para ser o Genie e contrate para cada time que você for como seu auxiliar. Vai criar até mesmo no jogo uma relação forte. Enfim, somente sugestões haha

Share this post


Link to post
Share on other sites
Jirimias

Genie Scott? ESSE Genie Scott? Se for ele mesmo, é um "reforço" de NOME ashuashuashuashua'

kkk sim fiz a referência por ser um programa de procurar jogadores, a mesma função que teria o Scott. Mas não pretendo usar este programa não, sequer tenho instalado o 14, mas já usei no 13. Não uso mais pq ele tira meu prazer de garimpar jogadores.

Excelente o texto. Gosto muito de ficção, deixa a história mais rica, e isso você faz com uma maestria sem igual. Agora não sei se é impressão porque morei fora e, então, fui muito acostumado a lidar com isso em textos ou então se foi proposital, mas Genie Scott é mais um daqueles 'puns'? Genie Scott = Genie Scout, o programa de observação de jogadores? Ademais, sobre a idéia de levar o Genne em uma comissão, porque não fazer diferente? Escolha um profissional para ser o Genie e contrate para cada time que você for como seu auxiliar. Vai criar até mesmo no jogo uma relação forte. Enfim, somente sugestões haha

Legal que gostou. O texto original era bem melhor, mas tinha a contratação do Litmanem e seus 42 anos kk, mas no patch ele aposentou. Ainda bem, ele realmente é o "Homem de Cristal", quebra todo. Sim foi um pum mesmo kkkk. Quis fazer a brincadeira com os nomes.

Eu pensei em fazer isso q vc falou, mas no começo não teria jeito, não dá pra contratar um bom adjunto, ficaria preso a um boçal o resto da vida kkk.

Com o tempo é como se o Genie evoluísse, então vou renomeando e tirando alcunha.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigo.

Will é mesmo decidido, confia bastante em seus instintos para dar emprego para um conhecido de bar rs. Vamos ver se Will vai conseguir fazer esses renegados se tornarem campeões, e que essa dupla Will-Genie ainda traga muitas alegrias aos torcedores. Gostei desse Randall, tem tudo pra ser um grande assistente, mas tem que ter jogador pra correr e lutar por ele, porque bravura 2 é complicado haha. Ele me parece jogador que foi formado em time de maior tradição mas foi dispensado, pode me dizer qual ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Jirimias

Will é mesmo decidido, confia bastante em seus instintos para dar emprego para um conhecido de bar rs. Vamos ver se Will vai conseguir fazer esses renegados se tornarem campeões, e que essa dupla Will-Genie ainda traga muitas alegrias aos torcedores. Gostei desse Randall, tem tudo pra ser um grande assistente, mas tem que ter jogador pra correr e lutar por ele, porque bravura 2 é complicado haha. Ele me parece jogador que foi formado em time de maior tradição mas foi dispensado, pode me dizer qual ?

Na verdade, ele fez um teste que acabou virando uma amizade. Ele encontrou ali seu Peter Taylor rsrs

Três razões por ele ter aceitado o Genie tão facilmente: ele é supersticioso, acreditava que precisava de um assistente como o vô dele; foi bajulado e exaltado pelo moleque e por fim, a contratação do Genie não custou nada rsrs. Pão duro esse Will.

Vai ser difícil fazer render estes pernas de pau haha.

O Randall foi criado pelo Arsenal, mas veio seu último clube foi o Chesterfield.

Share this post


Link to post
Share on other sites
LikeaBoss

Mesmo não tendo certeza seobre se Brian Clough era realmente bom, ou só era bom em par com Peter Taylor, Will, todo superticioso, decidiu não quis arriscar e já encontrou seu auxiliar, gostei do esquema de definir alcunhas para os auxiliares, pode mostrar uma "evolução" do auxiliar com o passar do tempo.

Interessante notar que tudo voltou a tona por conta de uma garota, isso vai alimentar ainda mais a rivalidade entre os dois.

Tem algumas boas peças no plantel, com um pouco de talento dá pra surpreender.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gourcuff

Parece ter um bom elenco, principalmente do meio pra frente e deve isso ao grande Genie Scott. :lol:

Essa rivalidade com o Revie vai ser interessante. Entrando mesmo na história, parece que ele leva uma vida perfeita. Tem uma mulher, trabalha num bom clube comparando com o Hartlepool...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Jirimias

Parece ter um bom elenco, principalmente do meio pra frente e deve isso ao grande Genie Scott. :lol:

Essa rivalidade com o Revie vai ser interessante. Entrando mesmo na história, parece que ele leva uma vida perfeita. Tem uma mulher, trabalha num bom clube comparando com o Hartlepool...

haha grandes indicações da monografia do Genie.

O Revie é um cara que leva uma vida realmente mais tranquila, enquanto o Clough tem que correr atrás. Vamos ver se o Will consegue passar na frente do seu rival, ainda que seja só no campo profissional.

Mesmo não tendo certeza seobre se Brian Clough era realmente bom, ou só era bom em par com Peter Taylor, Will, todo superticioso, decidiu não quis arriscar e já encontrou seu auxiliar, gostei do esquema de definir alcunhas para os auxiliares, pode mostrar uma "evolução" do auxiliar com o passar do tempo.

Interessante notar que tudo voltou a tona por conta de uma garota, isso vai alimentar ainda mais a rivalidade entre os dois.

Tem algumas boas peças no plantel, com um pouco de talento dá pra surpreender.

Na dúvida, ele achou mesmo não arriscar e providenciou logo um parceiro. Não sei se Genie será um Peter Taylor, mas quem sabe nestes adjuntos que surgirão, não surge realmente um cara bom?

O romance acabou criando uma nova rixa entre Cloughs e Revies, e quando misturam duas paixões como mulher e futebol, a coisa nem sempre termina bem.

Optei por reforçar o conjunto, peças certas no lugar certo, sem uma grande estrela. O time já tem sua estrela maior: Luke James é um craque para esta divisão.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Jirimias

clough-revie3.jpg


titulo.png


cpdaliga.png

Olhar fixo para dentro do gramado. Era um olhar de preocupação. Já havia se levantado pela sétima vez e a partida havia iniciado há apenas dez minutos. Revezava entre roer as unhas e dar palavras de ordem, algumas soavam como grunhidos ou resmungos. Parecia pressentir o gol dos visitantes que sairia em menos de dois minutos.

CLOUGH: - Eu falei! Era para marcar o vinte oito!

O pequeno público, comum aos jogos do Hartlepool, permitia que seu grito ecoasse até o centro do campo onde estava Simon Walton, a quem foi designada a função de ser a sombra do polonês Majewski, camisa 28 do Nottm. Forest. A partida marcava a estreias das duas equipes na Copa da Liga, uma competição que não permitia uma segunda oportunidade para o perdedor. Por isso era compreensível a apreensão do comandante do H’Pools.

O placar seguiu o mesmo até o fim do primeiro tempo. À beira do campo, de braços cruzados, Will Clough aguardava seu time. A preleção do intervalo começou ali mesmo.

CLOUGH: - O que houve? Estão sentindo a pressão de jogar contra uma equipe da Championship?

Eles ficaram calados. Um tipo de reação que não agravada Clough. Ele esperava uma resposta, e por isso direcionou sua própria pergunta aquele que deveria ser protagonista:

CLOUGH: - Walton, parabéns! Você não conseguiu cumprir a única obrigação que você tinha neste jogo:
WALTON: - Clough, eu não consigo dar conta dele sozinho. Ele está em vários lugares ao mesmo tempo.
CLOUGH: - Um mutante?Você está dizendo que o polonês é um mutante? Então trata de estar em todo lugar também, Walton. Vai ser melhor para a sua carreira.

Clough sentia ali, pela primeira vez, que nem tudo estava sob seu controle. Conseguiu até transformar o time abatido no primeiro tempo em outro na segunda etapa, mas o resultado não foi revertido. Pelo contrário. Majewski seguia em seu grande dia de artilheiro, marcando outros dois gols provocando a ira de Clough que sequer havia ficado em campo para receber uma lembrança dos dirigentes do Nottm Forest, um agrado pelo reconhecimento ao trabalho do avô.

Untitled-1+copy.jpg


Seu fiel escudeiro, Genie Scott, foi quem recebeu a comenda dos gentis visitantes. Mais tarde, Clough agradeceu o afago do Nottm, mas disse que pretendia recompensá-los com uma vitória em um próximo encontro, pois assim estaria respeitando a memória de seu avô. Emendou dizendo que o resultado daquele jogo não foi justo com o que seu time demonstrou no segundo tempo: " Fizemos um segundo tempo que nos devia garantido pelo menos dois gols, por isso está difícil digerir esta eliminação."

Walton, que falou na marcação do ",Polonês Mutante" acabou sendo barrado do time principal, não somente pelo mal jogo realizado, mas para as mudanças táticas de seu treinador. Do 4-3-3 com volante, para o clássico 4-4-2.

Untitled-1.png


lae.png

Se Clough ainda não conseguia digerir a eliminação da Copa da Liga, tinha motivos para orgulhar-se de seu elenco pela campanha invicta na Quarta Divisão Inglesa. Apesar de ser apenas o início da competição, o H'Pool já demonstra qualidades que o colocava entre os favoritos às três vagas diretas à promoção.

A campanha fora de casa tem sido o grande diferencial do Hartlepool, sendo responsável por nove pontos dos treze conquistados. O 100% de aproveitamento como visitante contrasta com a campanha dentro de casa, onde a equipe acabou perdendo dois pontos no confronto com o Fleetwood


calendario.png

Com quatro vitórias e um empate, o H'Pool está empatado em pontos com o Scunthorpe e o Chesterfield, ficando na terceira colocação devido ao saldo de gols. A luta pelas quatro vagas de acesso prometem ser bastante disputadas com outros três clubes acompanhando de perto o pelotão de frente.


clasifca.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
Johann Duwe

Acho que deveria ter pego mais leve na Capital Cup, afinal o Forest é uma das equipes mais fortes da Championship e mesmo se colocasse 7 jogadores defendendo, ainda assim seria complicado não sofrer gols.

Share this post


Link to post
Share on other sites
LikeaBoss

Se herdou o temperamento do avô, sabe-se que não pegaria leve mesmo que jogassem contra o Manchester United, ainda mais que causar um estrago vencendo um grande na Copa o colocaria nos holofotes, que é onde gosta de estar. A eliminação deixa focar melhor no objetivo principal, que é a subida, e parece que vai ser conquistada já nesta temporada, mas ainda tem muito chão pela frente e clubes fortes como Portsmouth que vem decepcionando mas podem dar liga de uma hora pra outra.

Jirimias, você deveria criar um tutorial com dicas entre postar/jogar pois noto que jogas muitas partidas e ainda tem fôlego para criar posts excelentes, inclusive com ficção, que é algo que demanda muito mais tempo, eu já tentei jogar apenas contando e só ficar recortando, realizando upload das imagens e postando já me cansou...

Sigo acompanhando!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Jirimias

Acho que deveria ter pego mais leve na Capital Cup, afinal o Forest é uma das equipes mais fortes da Championship e mesmo se colocasse 7 jogadores defendendo, ainda assim seria complicado não sofrer gols.

Podia mesmo, o Nottm Forest é uma grande equipe, o problema é que trata-se de um herdeiro Clough.

O Clough tinha muita ambição, não aceitava o fracasso com facilidade. Alguns textos que estou lendo para montar uma tática estilo Clough mostram um cara que gostava do jogo ofensivo, independente do adversário.

Se herdou o temperamento do avô, sabe-se que não pegaria leve mesmo que jogassem contra o Manchester United, ainda mais que causar um estrago vencendo um grande na Copa o colocaria nos holofotes, que é onde gosta de estar. A eliminação deixa focar melhor no objetivo principal, que é a subida, e parece que vai ser conquistada já nesta temporada, mas ainda tem muito chão pela frente e clubes fortes como Portsmouth que vem decepcionando mas podem dar liga de uma hora pra outra.

Jirimias, você deveria criar um tutorial com dicas entre postar/jogar pois noto que jogas muitas partidas e ainda tem fôlego para criar posts excelentes, inclusive com ficção, que é algo que demanda muito mais tempo, eu já tentei jogar apenas contando e só ficar recortando, realizando upload das imagens e postando já me cansou...

Sigo acompanhando!

Foi pensando nisso aí mesmo que tentei colocar um pouco de pressão nesta partida. Certamente, uma boa campanha na Carling traria holofotes para o trabalho do Clough. O foco é mesmo a League Two e nela o trabalho começou muito bem. Mas vc lembrou bem, é só o começo, há muito trabalho pela frente.

Nunca havia pensado em fazer um tutorial sobre isso, mas vc falando, eu percebi que um tutorial sobre minha rotina de jogo e postagem pode encorajar o pessoal a postar na área , seja com ficção ou sem. Vou tentar fazer algo neste sentido.

Vlw!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigo.

Clough cobra mesmo de seus jogadores, mas é compreensivel a ira de qualquer treinador diante de um hat trick de um jogador no qual foi ordenada marcação especial e não adiantou em nada. Bem, prometeu titulo essa temporada e uma chance ja se foi, mas pelo menos vai poder focar na liga, onde a equipe tem sido regular e o que me impressiona é que tomou apenas um gol, isso da mais confiança aos jogadores para continuarem a boa campanha.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gigante João

11 chutes a gol e 1 oportunidade de gol apenas... Clough tem mais do que a marcação para corrigir...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • DiegoCosta7
      By DiegoCosta7
      Alguém sabe me dizer porquê o FM não baixa o conteudo selecionado da oficina para ele ? (Eu estou inscrito em varios conteúdos mas o fm não baixa todos eles ou só baixauma parte do conteúdo que estou inscrito. Porquê isso acontece ?
    • Lanko
      By Lanko
      Próxima>>>                 
       
      ATUALIZAÇÃO MAIS RECENTE!
       
      E aê galera, tudo bom? Descobri o fórum recentemente há uns dias atrás, especificamente a área de histórias. Li algumas e adorei o formato e o fato que a galera resolveu postar suas jornadas e challenges interesantíssimos. 
      Enquanto jogava o FM18 fiquei pensando nas várias coisas que aconteceram e que dificilmente conseguiria guardar pra lembrar depois, especialmente as coisas memoráveis.
      Deixei quieto e segui em frente, mas como disse, encontrei essa área aqui e me arrependo de não ter pesquisado e encontrado antes. Mas antes tarde do que nunca, né! O save não tem tanto tempo e muitas dos principais eventos estão frescas na memória.
      Esse save não tem objetivos específicos a serem alcançados, simplesmente criei um perfil de treinador (sem escolher clube, comecei desempregado) e saí pro mundo pra ver no que vai dar. 
      PERFIL DO TREINADOR:
       
      Lanko Askarian sempre teve interesse por futebol, principalmente na parte tática, já que jogando ele é um grande perna de pau. Decidiu ir adiante com esse pensamento e resolveu estudar para ser técnico e dirigir uma equipe.
      Diante dos vários fracassos do Brasil na área, decidiu, corretamente ou não, ir estudar e fazer cursos na Europa. Escolheu a Inglaterra já que sabia inglês e nada dos outros idiomas. Depois de algum tempo, adquiriu profundo conhecimento tático, de treinamentos, de filosofias de jogo.
        
       
      Agora só faltava botar tudo isso em prática, e é aí que morava o problema. Lanko entrou determinado a começar 2018 como técnico, mas passou o primeiro semestre desempregado. Nem clubes brasileiros da 3a divisão quiseram sequer conceder uma entrevista.
      No fim da temporada europeia, Lanko voltou a Inglaterra, disposto a aceitar propostas da 5a ou 6a divisão inglesas só pra começar a trabalhar, mas mesmo dessa vez conseguindo entrevistas, não foi o escolhido em nenhum dos oito clubes em que bateu a porta.
       

       
      Jovem (30 anos, muito menos que muitos jogadores em atividade), sem ter comandado vestiário antes e ainda por cima estrangeiro, esses foram os principais motivos das recusas.
      Até que viu um anúncio de um clube de Portugal (o único), a Mondinense, da terceira divisão portuguesa, e decidiu entrar em contato com eles.
      O presidente foi surpreendido pelo contato. Ele acabou gostando do perfil. Avisou que o clube era pequeno, mas gostaria de ver o clube crescer e talvez tentar algo inusitado seria o primeiro passo ideal. O presidente convidou Lanko para a cidade de Mondim de Basto para assinarem o contrato.
       

       
      Lanko aceitou, muito feliz. Portugal não estava nos planos iniciais, mas quem sabe, caindo do céu, seria o melhor lugar para começar a carreira. O idioma não seria problema e Portugal era um bom país, além de ter certa história no futebol e um cenário respeitável.

      Ele sabia que o começo ia ser difícil, mas até chegar em Portugal e ver a sede da Mondinense de perto, ele não fazia ideia do quão difícil…
       
      Próxima>>>
    • Gunner79
      By Gunner79
      Joguei bastante tempo no fm14 com essa tática, mas após a última formatação perdi ela e não consegui mais encontrar. 
      Pelo que me lembro, ela foi baixada aqui no fórum antes da reformulação. Procurei no Google mas não achei nada. Alguma boa alma que possa ter a tática salva poderia upar? 
    • 49ers
      By 49ers
      Atualmente estou em um save com o Mansfield da liga Sky Bet League Two e a mesma possui regras de jogo:
      - No mínimo 7 jogadores formados no país
      - No mínimo 1 jogador formado no clube
      Meu problema é que não tenho este jogador formado no clube, nem no sub-23 eu encontrei algum e desse jeito não dá para avançar para o jogo, já tentei procurar este problema em diversos lugares, mas infelizmente não encontrei, o máximo que encontrei foi sair de férias e voltar no dia seguinte, realmente funciona mas no jogo seguinte o problema continua e não dá para jogar, alguém tem alguma solução?
      Peço a colaboração de todos a tentar resolver este meu problema, agradeço a quem puder me responder.
    • MitoMitológico
      By MitoMitológico
      E aí pessoal!
      Finalmente, depois de muito tempo, encontrei tempo e motivação para postar um save aqui na área. Estava lendo algumas histórias ultimamente, mas dei uma parada pra trabalhar nesse novo projeto.
      No Fórum, o Profissão: Manager sempre foi a área que mais gostava de comentar e por isso, a que eu mais atuava. Por causa dela que me cadastrei no fórum, principalmente após ler o save “A Base do Sucesso”, feito pelo nosso amigo @baltazar. Gostava também da seção do Futebol, mas infelizmente, devido ao clubismo de muitos usuários de lá, que não respeitam a opinião alheia, resolvi não me envolver muito por lá.
      Enfim, estou aqui desde 2015, e passei por muitas coisas. Teve épocas que fui muito ativo e outras épocas que nem tanto. Tive dois saves aqui: um com o Grêmio Barueri, na Série D e o outro com o Cosmos, de San marino, em 2015 e 2016, respectivamente. Infelizmente não consegui emplacar nenhum deles, mas o primeiro chegou a receber o voto de terceiro melhor save do mês de alguns usuários. Porém, sei que a reputação de alguém que não termina suas histórias não é uma das melhores(como é no meu caso), mas tentarei o possível e o impossível para seguir adiante até o máximo que eu puder, então desejo conquistar a confiança de vocês e fazer uma grande história com a ajuda de todos.
      Pretendo criar uma jornada considerada um tanto que “comum”, porém mais agradável e prazerosa de jogar, começando desempregado, com a pior reputação possível e numa divisão mais baixa, com o grande objetivo de se tornar um dos maiores treinadores da história. Será uma jornada com objetivo concreto no jogo em si e na carreira de um treinador, até porque não tenho muito tempo para inventar uma história fictícia e além do mais creio que o estilo que pretendo utilizar seja mais agradável aos olhos de vocês.
      Agradeço aos Amigos @LC, @vinny_dp e @ggpofm pelas dicas e sugestões dadas para eu tomar essa iniciativa.
       

      Objetivo Principal
      Se tornar um dos 20 maiores treinadores da história no Quadro de Honra, se juntando á nomes como Sir Ferguson, Guardiola, Mourinho e Ancelotti no Top 20 Objetivos Secundários
      Jogar na maior Liga do mundo, a Premier League. Jogar um mata-mata de Champions League. Conseguir o acesso para a Elite de um Campeonato Nacional. Disputar uma Copa do Mundo  


      Opções Avançadas: Nenhuma marcada
      Escolhi os países mais conhecidos no mundo do futebol, porém selecionei até a Liga mais baixa. Não estou utilizando nenhum Update adicional, usando somente a database original do jogo, a versão 17.3.1
      Talvez, com o tempo, eu adicione novas ligas, como a Liga Russa, Mexicana, Turca, Belga e até a Chinesa.
       
      Sala de Troféus
      Ponte Preta.

       


       
      Temporada 2017/18 - Real Sociedad B
      Segunda División B2: 10º Lugar
      Copa Federación de Espanha: Eliminado na Segunda Fase
      Índice:
      Apresentação do Treinador O Início Mal começou, e o time já desmanchou Uma Campanha Surpreendente Tava bom demais pra ser verdade A má fase acabou, mas a campanha é irregular! Campanha mediana na reta final e o Adeus  
      Temporada 2019 - Le Havre AC
      Ligue 2: 16º Lugar
      Índice:
      Um novo clube! Conhecendo o Elenco Merecemos Mais! Conseguimos a permanência, mas nossa reta final foi horrível  
      Temporada 2019/20 - Le Havre AC
      Ligue 2: 5º Lugar
      Coupe de la Ligue: Eliminado na Primeira Fase
      Coupe de France: Eliminado na Oitava Fase
      Índice:
      Parece que a temporada atual será melhor que a anterior Em uma rodada tudo pode mudar Melhorou, mas agora parece que piorou... Precisamos ajustar a Defesa! O Ressurgimento na Ligue 2 Hora de Decisões!  
      Temporada 2020/21 - Le Havre AC
      Ligue 2: 5º Lugar
      Coupe de la Ligue: Eliminado na Primeira Fase
      Coupe de France: Eliminado na Oitava Fase
      Índice:
      Esse tem que ser o nosso ano! Zagueiros goleadores, porém fracos defensivamente Um primeiro turno oscilante  Crescendo no momento certo! Um fim de temporada de tirar o fôlego!  
      Temporada 2021/22 - Le Havre AC
      Ligue 2: Á disputar
      Coupe de la Ligue: Eliminado na Terceira Fase
      Coupe de France: Á disputar
      Índice:
      Qual Le Havre vai a campo? Bônus: MERCADÃO DA BOLA Uma Liga competitiva Lutaremos até o final! THE END
×
×
  • Create New...