Jump to content

Algo que li outro dia...


_Biofa

Recommended Posts

É que evangélico só casa com evangélico, e vão repassando seus gens da burrice pra frente. Os cientistas disseram que dentro de 200 anos vão existir duas raças distintas, o homo sapiens e o homo evangélicos. O homo evangélicos vai ter uma inteligência bem reduzida, então vai cagar na rua, não vai conseguir fazer tarefas básicas, como cuidar da higiene ou trabalhos que requerem um melhor entendimento das coisas. No mercado de trabalho irão trabalhar com coleta de lixo, frentista, porteiros e advocacia.

Achei bastante interessante essa coisa. E vocês?

http://www.youtube.com/watch?v=ZoTM90tlxio

Um exemplo.

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 105
  • Created
  • Last Reply

q maluco 13, nao consegui ver o video todo...

mas venho de familia evangelica e tenho mais pena dos extremistas, que diga-se não ha apenas nessa religião

Link to comment
Share on other sites

Lamento a opinião do usuário Fábio, sou evangélico e tenho certeza que acrescento muito mais ao mundo do que você.

Link to comment
Share on other sites

Eu já namorei uma evangélica

uma vez fui na igreja, preconceito pra caralho, pastor te olhando de canto, nego passando reto, me senti o capeta ahuahuahu

é claro que não durou muito, já q o pastor fez a cabeça dela

Dai eu assisti um 'culto' nesse dia, também por curiosidade pra ver como era, antes de criticar sem conhecer melhor, meu deus, aquilo é uma lavagem cerebral, quem tem cabeça fraca fica alienado, o pastor é uma grande mente que tem várias pessoas o glorificando com uma paixão extrema, coitados...

Link to comment
Share on other sites

Tem que entender é que existem diferentes tipos de religiões com diferentes tipos de cultos e ensinos. Não se pode definir tudo como "evangélico". Vai enquadrar muita gente de maneira injusta em uma definição de "pessoas burras, que não enxergam, acreditam em pastores e recebem lavagem cerebral".

Link to comment
Share on other sites

É só olhar o vídeo que coloquei, cara.

Os evangélicos são todos assim. Acreditam que a Terra tem 5 mil anos, que vivia na escuridão, acreditam em Adão e Eva, em cobra que fala e toda essas merdas.

Link to comment
Share on other sites

É um grupo muito diverso. Tem de tudo. Contudo, realmente tem uma parte grande tipo Ned Flanders, que não questionam cobra falante mas acham que os dinossauros são uma conspiração pra desacreditar a bíblia.

Link to comment
Share on other sites

É só olhar o vídeo que coloquei, cara.

Os evangélicos são todos assim. Acreditam que a Terra tem 5 mil anos, que vivia na escuridão, acreditam em Adão e Eva, em cobra que fala e toda essas merdas.

Você é um cavalo que digita e ninguém duvida do que você escreve.

Reportado por não respeitar a fé alheia. Cadê a moderação?

Link to comment
Share on other sites

É só olhar o vídeo que coloquei, cara.

Os evangélicos são todos assim. Acreditam que a Terra tem 5 mil anos, que vivia na escuridão, acreditam em Adão e Eva, em cobra que fala e toda essas merdas.

Um dia é igual a mil anos para Deus e mil anos é igual a um dia.

E o resto é só interpretação.

Você já leu a bíblia inteira alguma vez para dar esses argumentos?

Leia esta matéria: http://ovnihoje.com/2013/11/17/os-humanos-nao-sao-originarios-da-terra-diz-especialista/#axzz2pir3xZEa

Eu acredito que a bíblia é verdadeira, mas interpretada de forma errada.

Porque não uma raça originária de outro planeta fez misturas genéticas para criar nossa raça.

Na bíblia, em Gênesis, Deus fala "Façamos como NOSSA imagem e semelhança".

Mas algo pode ter dado errado e nossa raça se revelou extremamente violenta, deus nos tirou do paraíso.

E fomos mandados para o planeta terra, como se fosse um planeta prisão.

Aqui é como um teste para que as pessoas boas sejam após mortas, clonadas para viver no mundo deles e vivem de novo, as más morrem na eternidade.

E Jesus veio do mundo deles para passar essa mensagem, mas foi interpretado de forma errada.

Na casa de seu pai há muitas moradas. O planeta dessa outra raça.

No final tudo faz sentido.

Link to comment
Share on other sites

É só olhar o vídeo que coloquei, cara.

Os evangélicos são todos assim.

não são, cara... não insista nisso

Link to comment
Share on other sites

Um dia é igual a mil anos para Deus e mil anos é igual a um dia.

E o resto é só interpretação.

Você já leu a bíblia inteira alguma vez para dar esses argumentos?

Leia esta matéria: http://ovnihoje.com/2013/11/17/os-humanos-nao-sao-originarios-da-terra-diz-especialista/#axzz2pir3xZEa

Eu acredito que a bíblia é verdadeira, mas interpretada de forma errada.

Porque não uma raça originária de outro planeta fez misturas genéticas para criar nossa raça.

Na bíblia, em Gênesis, Deus fala "Façamos como NOSSA imagem e semelhança".

Mas algo pode ter dado errado e nossa raça se revelou extremamente violenta, deus nos tirou do paraíso.

E fomos mandados para o planeta terra, como se fosse um planeta prisão.

Aqui é como um teste para que as pessoas boas sejam após mortas, clonadas para viver no mundo deles e vivem de novo, as más morrem na eternidade.

E Jesus veio do mundo deles para passar essa mensagem, mas foi interpretado de forma errada.

Na casa de seu pai há muitas moradas. O planeta dessa outra raça.

No final tudo faz sentido.

Isso me parece mais um plot que tentou ser Prometheus mas não conseguiu, do que qualquer outra coisa.

Link to comment
Share on other sites

Não duvido que a bíblia seja um livro com muita sabedoria contida, com muitas profecias e muitas coisas que de fato foram inspiradas por Deus.

O negócio é que evangélico interpreta com o cu. Basta ver o sujeito desse vídeo aí. Dizem até que na bíblia tem explicito que Deus condena a homossexualidade, porra. Dizem que tudo que tu qeustiona, tem de forma explicita na bíblia.

Como o Chaves falou, 99% são Ned Flanders.

Link to comment
Share on other sites

Volta para a ATEA, cara. Sua babaquice te faz, no mínimo, tão ignorante quanto qualquer evangélico extremista.

Link to comment
Share on other sites

Vou destrinchar os tipos de evangélicos pra vocês, coisa nunca antes feita na história deste tópico.

Alienados-1

Burros. Não são burros porque acreditam em tudo que lhes é dito, mas são burros e por isso acreditam em tudo que lhes é dito. São aqueles que acreditam nesse tipo de coisa:

Se não há inteligência para questionamentos, resta acreditar em tudo que se escuta.

Alienados-2

Não necessariamente burros, às vezes com um poderio de inteligência muito grande, mas imaginativos. Geralmente possuem doenças como esquizofrenia e transtorno afetivo bipolar. Associam o que houvem nas igrejas com alguma coisa que leem nos livros, adicionado ao que "ouvem" em suas mentes imaginárias e chegam a essas conclusões viajadas como o ser do primeiro vídeo. Possuem poder de persuasão grande e podem convencer facilmente os demais.

Beatos

Burros e intransigentes. Adotam as palavras ditas na igreja com única verdade. Conservadores e hipócritas, levam tudo à ferro e fogo. Fisicamente representam a imagem da irmã Zuleide, de cabelos longos, sandálias e saias longas. Não batem com os Alienados-2 por não os reconhecerem como autoridade e gostam de doutrinar os Alienados-1. As mulheres querem ser donas de casa e arrumar um marido pra sustentar e mandar neles, para que eles mandem nelas. Fingem ser submissas. São fofoqueiras e intrigueiras, gostam de cuidar da vida alheia. São frígidas, mas ainda não descobriram o poder do sexo oral e da masturbação. Os homens são mulheres.

Dondocas

Gostosas, bem produzidas e às vezes bem liberais. Dão de quatro e fazem sexo oral. Estão na igreja pela família religiosa, mas não possuem nenhuma devoção real. Gostam de achar bons partidos que sejam devotos da filosofia: "fica de bobeira que aqui é o homem que sustenta a casa".

Transões

Os populares espertos. Aproveitam da fama de filhos de pastor, vocal do louvor, pregador nas escolas dominicais de jovens, etc. só pra comer as várias gatinhas bobas que ali existem e que almejam um homidideuso.

  • Subgrupo: Quarentões-Transões não são necessariamente populares, mas talvez já tenham sido. Estão divorciados, separados, "procurando" um acalento ao coração abalado por um término "injusto". Querem mesmo é bucetinhas. Besouros até falar chega, devorando com os olhos as presas mais bobas que realmente estão abaladas depois de um término, sem ter pra onde correr financeiramente, já que abdicaram de profissão e sonhos para serem mães, esposas e donas de casa. Volta e meia se cansam do meio, se afastam da igreja, pulam de igreja em igreja até achar algo.

Cabaços

Os populares que não se aproveitam da fama porque querem casar daqui um ano, já com 22 primaveras nas costas, com ensino médio concluído 4-5 anos atrás e sem nenhum vestibular prestado. Motivo: viagens de pregação. Ainda não sabem que o dinheiro não cairá do céu após o casamento e que a igreja não irá remunerá-los mensalmente sem um curso de teologia.

Posers

Pais de família e bem sucedidos, querem um lugar para se sentirem menos culpados das transgressões cometidas durante a semana, seja profissionalmente, casos extra-conjugais ou falta de presença em casa. Casados com Dondocas ou Beatas. Começam a gostar de serem reconhecidos como modelos de sucesso pela falsa ideia que atrela sucesso às bênçãos de Deus, de modo que se tornam mais puros e corretos aos olhos dos outros, erradicando a culpa semanal e agregando mais status e babação de ovo. Os Posers podem ser Quarentões-Transões ou Cabaços. Mimam os pastores pra galgar mais evidência no meio. Os de boa empostação e que já possuem costume de dar palestras, até arriscam a dar testemunho sobre a vida e contar os sucessos. Alguns mentem tanto que são crentes, que até viram crentes.

Taradinhos

Eu fazia parte dessa classe. Ainda criança, passando belo tsunami de hormônios trazidos pela puberdade, via o mulheril bonito e bem produzido, algumas com belas coxas, bumbuns redondos e até decote das Dondocas, ficava de pau duro, me encolhia, contorcia. Ficava sentado pra não dar bandeira. Aí o pastor pedia pro povo levantar e eis que tinha um lindo rabão gostoso na altura dos meus olhos. Abaixava a cabeça. Orava. Me sentia desrespeitador. Mas os bumbuns eram realmente deliciosos.

Pobres

Querem ser abençoados como os Posers e as Dondocas. Acabam se tornando Alienados-1 ou Beatos.

Desviados

A escória da igreja. Desviaram do caminho. Alvos de lamentações e críticas quando afastados, são falsamente acolhidos sob olhares desconfiados quando decidem retornar.

Pastores

Divididos em Subgrupos:

  • Transões transadores. Alguns comem as fiéis por burrice, alguns por malandragem e outros só comem as mulheres e fazem logo uma penca de filhos. Os últimos geralmente têm bom coração, mas não largam mais o osso e não deixam de buscar salários maiores em outras igrejas porque se veem presos à obrigação de sustentar o timinho de catarrentos com 2 no ataque, 2 meias, 2 alas, 1 volante e 2 zagueiros.
  • Charlatões ganham dinheiro em cima de todos.

Normais

Contestam várias doutrinas, como não poder ficar, não poder transar antes de casar, não poder usar a roupa que quer, ver os filmes que quer, e ouvir as músicas que quer sob o pretexto de não é de Deus. São uma possibilidade de desenvolvimento dos Taradinhos, Transões e Desviados. Abandonam a igreja cedo ou tarde.

São os tipos que me recordo observar.

Link to comment
Share on other sites

Espero apenas que Deus tenha piedade das almas de vocês.

A moderação desse fórum é ridícula. Cadê o Sr. José Lucas Amaral para coibir este tipo de violência?

Link to comment
Share on other sites

Tô acompanhando o tópico, mas ainda não consegui entender quem tá falando sério e quem tá ironizando. Parabéns aos envolvidos.

Link to comment
Share on other sites

O Matheus conseguiu postar algo mais imbecil que o Fábio.

Champz

Me admira você, pleno 2014, acreditando em estórinhas contadas pelo seu pastor que mal fala português.

Acorda, cara.

Você é um cara inteligente.

Link to comment
Share on other sites

Me admira você, pleno 2014, acreditando em estórinhas contadas pelo seu pastor que mal fala português.

Acorda, cara.

Você é um cara inteligente.

Você é imbecil? Não cansa desse joguinho irritante?

Link to comment
Share on other sites

Pra mim o Eucks tá de sacanagem. Na média as pessoas fervorosas são gente que ou foi criada a vida toda na Igreja, ou são intelectualmente limitadas, ou já são idosos e vem de um tempo onde a religião era mais importante. Dificilmente eu vejo alguém que não tem família religiosa se envolvendo com igreja, menos aqueles miseráveis que precisam acreditar em alguma coisa que justifique a pobreza deles.

Bonus pro Kaká que é um cara que teve todas as condições e foi imbecil de dar uma grana fudida pra Renascer, dá dó ver gente com dinheiro, com toda a capacidade de discernir as coisas sendo burros assim.


A bíblia e a religião seriam ótimos se só doutrinassem as pessoas pra não cometerem crimes, não fazerem besteira nem sacanearem os outros, mas falar que tem o toque de Deus ali, que qualquer homem já esteve em contato com um ser que transcende a nossa existência eu já acho bobeira.

Link to comment
Share on other sites

De igreja que leva cesta básica e tira mendigo da rua ninguém fala, né? Trabalho difícil, a minha faz com a pouca estrutura que tem, e poucos permanecem. Um que conseguiu ficar tá até se preparando pra casar.

Existem crentes inteligentes e sensatos sim. E pra ser inteligente e sensato, a pessoa não precisa prescindir de crer na Bíblia só porquê gente como o Fábio e Matheus querem.

Ataques como esses só mostra que um anti-evangélico fanático é tão errado quanto um evangélico fanático.

E fanatismo independe de inteligência. Um cara pode ser inteligente e fanático. Razão e fé são separadas.

Pra mim o Eucks tá de sacanagem. Na média as pessoas fervorosas são gente que ou foi criada a vida toda na Igreja, ou são intelectualmente limitadas, ou já são idosos e vem de um tempo onde a religião era mais importante. Dificilmente eu vejo alguém que não tem família religiosa se envolvendo com igreja, menos aqueles miseráveis que precisam acreditar em alguma coisa que justifique a pobreza deles.

Bonus pro Kaká que é um cara que teve todas as condições e foi imbecil de dar uma grana fudida pra Renascer, dá dó ver gente com dinheiro, com toda a capacidade de discernir as coisas sendo burros assim.


A bíblia e a religião seriam ótimos se só doutrinassem as pessoas pra não cometerem crimes, não fazerem besteira nem sacanearem os outros, mas falar que tem o toque de Deus ali, que qualquer homem já esteve em contato com um ser que transcende a nossa existência eu já acho bobeira.

Postagem carregada de preconceito:

Gente intelectualmente limitada tem em tudo que é lugar do Brasil, por ser um país cheio de atrasos no desenvolvimento educacional que são culpa essencialmente do colonialismo português que vem desde o século XVI. As igrejas evangélicas só foram se fixar mesmo no século XIX (algumas já no XX), e não tem culpa nenhuma da ignorância do povo. Pelo contrário: igrejas tradicionais grandes tem recursos pra estimular a pessoa estudar a Bíblia e tem muuuuuuuuuuuuito crente universitário. Ou seja: a pessoa cresce tanto intelecual quanto espiritualmente. Minha igreja mesmo é pequena e já faz um trabalho social interessante pro pouco de recurso que tem. Até vestibular comunitário teve, com amigos do meu pastor (que trabalha como professor) e não são evangélicos.

Sobre Kaká e Renascer, nem ele nem ninguém que saiu de lá igreja foi burro. Como os Hernandes são líderes extremamente carismáticos, negócio é mais emocional que mental, mas eu não fiquei mais inteligente quando saí de lá, nem ninguém. Apenas entendemos certas coisas que já víamos, mas nos acusávamos a aceitar por conta de um certo apego que essa tal manipulação mental criava. E eles nem são tão bons em extorquir o povo. Aqui no Rio fechou um monte de igreja. Lembra da matéria da época: "Caloteiros da fé"? Nem falo que não é calote, mas é muito mais incompetência e, no caso do Rio, descaso. Tanto que aquilo da matéria acontecia antes e continuou acontecendo depois.

Isso fora o fato de que não seguem a Bíblia de forma integral, o que crentes conscientes criticam com veemência.

Pra fechar, o padrão moral da Bíblia vai muito, muito além do que tá na lei e na constituição. Não roubar, não matar, e não passar a perna é algo que os judeus já instruíam desde o tempo dos dez mandamentos e qualquer um pode fazer independente de religião, mesmo sendo ateu. Aí entra uma questão espiritual que talvez você não entenda, mas se você não crê, não repute por burro quem crê! É preconceito, e pode ser discriminação.

Link to comment
Share on other sites

Me admira você, pleno 2014, acreditando em estórinhas contadas pelo seu pastor que mal fala português.

Acorda, cara.

Você é um cara inteligente.

Fábio, vamos começar o papo. Vai tomar no seu cu é a primeira coisa que tenho a te dizer.

Que estórinhas porra, você acredita no charlatão cheio de cogumelo na mente do Alan Kardek que enganava otários e pessoas pseudo inteligentes, tipo você ou vagabundos metidos a revolucionários ("comunistas" e sociólogos da atualidade) que desconfiavam da biblia e me vem com esse papo aí de mela cueca.

Quero entender porque diabos quem acredita em Deus (é cristão no caso) é otário? porque existe um doente mental do vídeo não quer dizer que todos são assim .. sabe porque um crente casa com um crente? é o mesmo motivo de você transar com travestis, compatibilidade. Um cara que é crente dificilmente vai casar com uma puta baladeira, uma irmãzinha da igreja faz muito mais o tipo dele do que uma vagabunda puta (não que ele não pense em passar a piroca na puta, mas aí é outra história).

Tu já foi ateu, macumbeiro, crente, espirita .. qual tua moral pra falar que crente é tudo otário, vá se foder.

Link to comment
Share on other sites

Eu havia me esquecido de falar: a maior parte das igrejas que aparecem nesses escândalos são das décadas de 80 e 90 (exceto a Universal, de 77), e não seguem os fundamentos da Bíblia, pois os líderes os alteram a seu bel-prazer, revezando entre uma cartilha de regras que nem na Bíblia tão, e a hipocrisia de quebrar as Bíblicas, por mais que na teoria digam que a Bíblia é a palavra de Deus.

Mas na mídia, todas as igrejas evangélicas são colocadas como farinha do mesmo saco. Esse fenômeno não é exclusivo nosso, eles fazem isso até com algumas classes profissionais. Nego tava querendo pichar os bombeiros aqui, fazem direto com os policiais, médicos... Metem o pau em todo mundo que puder, mas morre um jornalista, vira santo!


(...)

As igrejas evangélicas só foram se fixar mesmo no século XIX (algumas já no XX)

(...)

Sobre isso eu havia me esquecido de falar: a maior parte das igrejas que aparecem nesses escândalos são das décadas de 80 e 90 (exceto a Universal, de 77), e não seguem os fundamentos da Bíblia, pois os líderes os alteram a seu bel-prazer, revezando entre uma cartilha de regras que nem na Bíblia tão, e a hipocrisia de quebrar as Bíblicas, por mais que na teoria digam que a Bíblia é a palavra de Deus.

Mas na mídia, todas as igrejas evangélicas são colocadas como farinha do mesmo saco. Esse fenômeno não é exclusivo nosso, eles fazem isso até com algumas classes profissionais. Nego tava querendo pichar os bombeiros aqui, fazem direto com os policiais, médicos... Metem o pau em todo mundo que puder, mas morre um jornalista, vira santo!

Link to comment
Share on other sites

Apesar de razão e fé serem coisas distintas e poderem coexistir, a característica predominante irá limitar a outra. E o ponto com a distribuição de porcentagem 50/50 não existe, a não ser que a pessoa baseie suas ações na aleatoriedade de um cara ou coroa, por exemplo.

A religião é importante até certo momento da vida pois ela ajuda significativamente na formação de um caráter, uma vez que ela cria uma série de imposições que você aprende a respeitar. Um pai e uma mãe podem te dar uma surra até você aprender, mas você ainda pode continuar a fazer as mesmas cosias. O medo inerente da morte e da pós-morte te coloca num beco sem saída onde você se torna obrigado a aprender seguir regras divinas: você se torna moço direito por algo que está dentro de você: o temor do que pode acontecer (Deus pode fazer) com sua vida.

A religião tem suas verdades, suas meias verdades e suas inverdades como qualquer outra coisa na vida. Mas há um direcionamento muito forte e discreto de um pensamento limitante: "não duvide da palavra de Deus". "O diabo às vezes vai te fazer duvidar da palavra de Deus, não caia (fraqueje)." Entre outras. E o que é dito a milhão como sendo a palavra de Deus? A Bíblia.

Assim como a religião, a Bíblia também tem suas verdades, meias verdades e inverdades. Herege? Não. Basta você pensar um pouquinho pra ver que Deus não veio aqui escrever nada. Há muitas coisas sábias na Bíblia, avançadas pras mentes da época (talvez) que precisavam vir de um ser superior - os 10 mandamentos parecem atuais até hoje e são um exemplo das coisas sábias. Mas há muita coisa tola, que notadamente veio de influências da época, ou seja, não passam de doutrinas e pensamentos arcaicos de uma outra era, interpretações tendenciosas ao que achavam certo, fora os que poderiam (assim como hoje há) se intitularem servos de Deus com mensagens a passar adiante: ex. não poder transar antes de casar. Qual a lógica disso?

E doutrina é coisa feita pelo homem. E o homem não merece ser seguido à ferro e fogo, nem cegamente a ponto de não haver questionamentos.

Ah, mas se só a religião gera caráter, e os ateus? Muitos deles fizeram uma catequese, uma crisma, muitos deles leram a bíblia pelo instinto racional de conhecer as particularidades alheias. Alguns ateus possuem atitudes mais cristãs que muitos evangélicos, católicos e religiosos em geral.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

  • Similar Content

    • Respeita Meu Manto
      By Respeita Meu Manto
      Se tiver algum tópico no fórum onde estejam discutindo o assunto, por favor unam esse tópico ao já existente, mas acho essa discussão interessante e quis trazer pra cá, hoje vi uma postagem que um amigo compartilhou da Folha de SP sobre o padrão do descobrimento que é um dos principais pontos turísticos de Lisboa e ontem foi pichado em inglês com a seguinte frase "velejando cegamente por dinheiro, a humanidade está se afogando em um mar escarlate", recentemente tivemos aqui no Brasil a estátua do Borba Gato sendo incendiada, tanto um caso como o outro, a justificativa é a mesma "reescrever a história", a pergunta que deixo é, qual a sua opinião? Esse pessoal tem razão ou não passam de vândalos? 
    • _Biofa
      By _Biofa
      Fala rapaziada, tem alguém aqui(provavelmente tem) que trabalhe com programação aqui?
       
      Estou começando a estudar a vera, nãoe stou trabalhando somente para estudar e me reinserir no mercado de trabalho. Estou aprendendo React, já tenho um conhecimento basico de JS e vou começar um bootcamp em Agosto agora sobre React/Backend com Node, etc. 
       
      Queria trocar ideia sobre assuntos do mercado e de aprendizado. tem alguem ai?
    • Leho.
      By Leho.
      ---
      Trouxe a opinião do PH Santos que é um vlogger que eu sigo e acho maneiro, mas sintam-se à vontade pra trazerem outros vídeos de análises e comentários sobre o tema.
      Aliás, falando em comentário... o que vocês acham disso tudo? Qual o caminho que tomará o cinema? E o streaming, caminha pra ser a grande revolução midiática dentro do entretenimento que tá parecendo ou não?
    • Bikas
      By Bikas
      Bom, o título é péssimo, eu sei, mas foi exatamente o que pensei quando lembrei do fórum. Muito, muito tempo que não entro aqui. Entrei no meu perfil antigo e o último acesso é de 2017, mas mesmo nessa época lembro que já entrava bem pouco por causa da faculdade. Nem lembro a senha.
      Instalei um SSD no notebook ontem e lembrei do FM, tô baixando e decidir dar uma olhada em como estava o fórum. Perdi o contato com todo mundo, as vezes ainda falo com  o Jonera pelo Twitter e falei com o Emerson Araújo no ano passado.
      Pelo que vi ainda tem uma galera boa aqui. Henrique, Bernardo, Lowko é Powko, Léo Reis, ggpofm e Bruno Trink. Não vi Ariel, Ne0 (lembrei dele esses dias por causa da Covid em Manaus, espero que esteja tudo bem) e nem o Matheus. Jogamos muito Dota 2 e eu era ruim demais. Eles ainda participam? Bernardo aparentemente virou cientista político (pode virar fonte!). Lembro que ele não parava de falar do Chomsky e por alguma razão eu achava que era um pensador ucraniano... 
      Acho que aqui foi por um bom tempo o espaço que pude exercitar minha vontade de escrever na adolescência: contava saves no Profissão: Manager (cheios de erro de português, mas tá valendo!), participei de um projeto Redação Fmanager, acho que tocado pelo Henrique, em que escrevíamos alguns textos sobre futebol. Lembro que algumas pessoas como o Emerson e o Jonera estavam fazendo Faculdade de Comunicação (acho que tinha mais gente, como o Renato e o rafinha13) e foi bem legal.
      Eu acho engraçado como são as coisas porque já havia vários sinais que eu gostava de escrever e de alguma forma viraria jornalista, mas nunca me toquei. Inclusive, quase fiz outras faculdades. Me formei no meio do ano passado em Jornalismo na UFJF, fiquei uns dois meses procurando emprego e acabei conseguindo uma vaga como repórter de política em um jornal de Belo Horizonte. Hoje cubro principalmente o governo Zema e a Assembleia Legislativa de Minas Gerais.
      Vou tentar acessar mais o fórum (tô de folga até segunda, amém) e me inteirar das novidades. Vi que tá rolando umas entrevistas com os membros. Achei muito legal.
      Enfim, tô curioso para saber como está a vida de vocês, onde estão morando, se houve mudanças grandes etc. Galera teve filhos? Casaram? Foram morar no exterior?
      Abraços!
       
    • Luiz A. Borel
      By Luiz A. Borel
      Lembro-me que tinha um tópico sobre isso, mas não encontrei na busca e criei outro pra falarmos de tattoo. 
      Tenho três, mas duas são maiores (e ainda tenho que terminá-las). 
      Na perna esquerda, tenho um urso. Foi a primeira que fiz. Pretendo fazer uma cobertura nela, para encaixar no estilo das outras que tenho.
      No braço esquerdo, tenho uma maori, que estende até o meio do peito, onde começa a parte biomecânica com o coração em homenagem ao Boca (que muitos duvidam, mas é o time que torço), que vai até o punho do braço direito (vou procurar a foto da parte do antebraço e edito aqui). Essa é a que pretendo terminar de fechar quando passar a pandemia. 
      Na perna-esquerda, também tenho no estilo biomecânico, ocupando toda a perna e cobrindo uma cicatriz cirúrgica.
      Tenho em mente, além da cobertura que citei, algo para as costas. Já me ofereceram ser tela em uma exposição e fechá-la com outro maori, mas não é o que busco.
      Quem mais gosta das tattoos? Postem aí, heheh. 
      Pra moderação, caso esteja na área errada ou com tag errada, peço que ajeitem. 🙂 
×
×
  • Create New...