Jump to content
AJUDE O FMANAGER! Seja Membro VIP ou faça uma DOAÇÃO! ×

[FM'11] Quadrilátero da Bola - O Desafio dos Menores


Bruno Trink

Recommended Posts

banner.jpg

banner_desafio.jpg

Estava apenas esperando o lançamento do patch 11.3 para dar início ao meu novo save aqui na área. A ideia eu já tinha tido quando estava para terminar a última história e é bastante simples: ser campeão nacional nos quatro principais centros futebolísticos da Europa, a saber, Inglaterra, Espanha, Itália e Alemanha, de acordo com o ranking atual de competições da UEFA. Mas vocês me conhecem, seria fácil demais se fosse só isso. O treinador, de quem falarei mais logo abaixo, não poderá dirigir nenhum dos maiores clubes de cada um dos quatro países. Desta forma, Manchester United, Chelsea, Liverpool, Arsenal, Manchester City, Barcelona, Real Madrid, Sevilla, Valencia, Internazionale, Milan, Roma, Juventus, Bayern Munique e Werder Bremen não poderão ser dirigidos pelo nosso famoso treinador. Esses clubes não foram escolhidos por acaso. Tirando o City, pelo dinheiro do sheik, e a Juventus, pela tradição, os outros treze estão entre os quinze primeiros no ranking da UEFA.

Além disso, adicionei mais uma dificuldade ao save: nosso treinador também não poderá dirigir um clube que já tenha sido campeão das divisões de elite do seu país. Assim, sobram apenas os seguintes clubes que estão, atualmente, em uma dessas divisões:

English Premier League: Birmingham City, Blackpool, Bolton Wanderers, Fulham, Stoke City, West Ham United, Wigan Athletic

Liga BBVA: Almería, Espanyol, Getafe, Hércules, Levante, Málaga, Mallorca, Osasuna, Racing Santander, Sporting de Gijón, Villarreal, Zaragoza

Serie A: Bari, Brescia, Catania, Cesena, Chievo, Lecce, Palermo, Parma, Udinese

1.Bundesliga: Bayer Leverkusen, SC Freiburg, 1899 Hoffenheim, Mainz 05, FC St. Pauli

Nos testes iniciais, encontrei uma dificuldade enorme em iniciar o jogo desempregado. Todos os clubes para os quais me candidatava me rejeitavam, inclusive clubes da segunda divisão. O melhor que consegui foi o Bristol Rovers, que tinha acabado de ser rebaixado para a League 2. Pesquisei em alguns foruns e isso parece ser algum tipo de bug. Alguns dizem que foi acertado nesse novo patch, mas não funcionou comigo. Sendo assim, começarei o jogo com o treinador já empregado. Escolhi iniciar na Alemanha por ter uma liga mais equilibrada. O time vocês vão escolher!

A história será contada de maneira muito simples, um J&T, nada de ficção ou coisa do gênero.

banner_treinador.jpg

Albert Roger Mooh Miller, mais conhecido como Roger Milla (Yaoundé, 20 de maio de 1952), é um ex-futebolista camaronês que atuava como atacante. Ele começou sua carreira profissional no Eclair de Douala, em 1965.

Dono de grande técnica e famoso pela maneira como comemorava seus gols, foi um dos destaques da Copa do Mundo FIFA de 1990, na Itália, levando a Seleção Camaronesa até as quartas-de-final, fato até então inédito em copas, pois uma seleção africana até então não tinha chegado tão longe - e poderiam ter avançado mais, estando perto de bater a Inglaterra e ir às semifinais. O país já havia surpreendido na estreia, ao derrotar a Argentina, detentora do título.

Milla fez quatro gols na Copa, comemorados com uma sambadinha que, segundo ele, era uma homenagem ao brasileiro Careca e à inspiração que o futebol brasileiro levara à África com as excursões do Santos de Pelé pelo continente nos anos 60. O mais lembrado deles, contra a Colômbia, em puro oportunismo: roubou a bola do folclórico goleiro René Higuita, que, fora de sua área, tentara realizar uma jogada de efeito.

Foi só nesta Copa que ele, que já havia disputado o mundial de 1982, apareceu para o mundo e para a própria França, onde jogava - ressentia-se de que havia passado treze anos no país, para onde fora em 1977 jogar no modesto Valenciennes, sendo ignorado. Saíra da África com o título de melhor jogador do continente, em 1976. No futebol francês, foi herói de outro clube pequeno, o Bastia: pela equipe da Córsega, marcou o gol do título da Copa da França de 1981 sobre o então poderoso Saint-Étienne de Michel Platini. No próprio Saint-Étienne, jogaria depois, quando a equipe esteve na segunda divisão.

Ainda assim, só foi ao mundial de 1990 por interferência de seu amigo Paul Biya, então presidente de Camarões; Milla estava na época à beira da aposentadoria no JS Saint-Perroise, da ilha de Reunião, para onde se "exilara" após a morte da mãe e a gravidez de sua esposa. Sua performance no mundial o trouxe de volta ao Tonnerre Yaoundé, de onde havia saído para a França. Ficou no time nos quatro anos seguintes, mas sem atuar pela Seleção. Quando Camarões classificou-se novamente para a Copa do Mundo, Milla resolveu voltar e novamente contou com a ajuda de Biya.

Foi no mundial dos Estados Unidos que ele entraria de vez para a história das Copas, mais especificamente para as estatísticas do torneio; tornou-se, aos 42 anos de idade, o mais velho atleta a disputar a competição, quebrando a marca do norte-irlandês Pat Jennings. Aos 42 anos e 39 dias, idade em que tinha na última partida de Camarões, superou a própria marca que tivera no mundial anterior, estabelecendo-se como mais velho também a marcar: foi dele o "gol de honra" da goleada de 1 x 6 que o país sofreu da Rússia - a partida ficaria marcada ainda por outro recorde, o de maior artilharia em um único jogo de Copa, para o adversário Oleg Salenko, autor de 5 gols.

Talvez o mais importante ícone de reconhecimento do futebol africano no mundo, Milla fechou de vez sua longa carreira em 1997, aos 45 anos, pelo time indonésio do Putra Samarinda. Após parar, tentou organizar um torneio de futebol entre pigmeus para levantar recurso para saúde e educação, mas o projeto fracassou, causando escândalo: os pigmeus foram aprisionados e mal alimentados quando chegaram à Yaoundé, além de terem sido xingados pelo público pagante. A bilheteria registrou apenas cinquenta ingressos vendidos.

Até hoje Roger Milla é referência no futebol africano, sendo chamado pelos seus conterrâneos camaroneses de "Excelência" sempre que é citado.

banner_historico.jpg

2010/11 - SC Freiburg

Bundesliga: 3º lugar

DFB-Pokal: campeão

2011/12 - SC Freiburg

UEFA Champions League: eliminado nas quartas de final

Bundesliga: campeão

DFB-Pokal: campeão

2012/13 - Birmingham City FC

English Premier League: 5º lugar

FA Cup: eliminado na semifinal

Carling Cup: vice-campeão

2013/14 - Birmingham City FC

Europa League: eliminado nas quartas de final

English Premier League: vice-campeão

FA Cup: eliminado na Quarta Eliminatória

Carling Cup: eliminado na semifinal

2014/15 - Birmingham City FC

UEFA Champions League: eliminado nas quartas de final

English Premier League: campeão

FA Cup: eliminado na semifinal

Carling Cup: eliminado na Quarta Eliminatória

2015/16 - Calcio Catania spa

Serie A: campeão

Coppa Italia: eliminado na Primeira Eliminatória

2016/17 - Malaga CF

Liga Adelante: campeão

2017/18 - Malaga CF

Liga BBVA: vice-campeão

Copa do Rei: vice-campeão

2018/19 - Malaga CF

UEFA Champions League: vice-campeão

Liga BBVA: campeão

Copa do Rei: eliminado nas quartas de final

Link to comment
Share on other sites

Que satisfação revê-lo grande Trink. O desafio é interessante, mas com certeza é o mais 'fácil' de todos que você já promoveu, sendo talvez o mais difícil vencer na Espanha, sem ser com os grandes, deve ser com o Villarreal mesmo. Já na Itália se até o Renato conseguiu com o Torino tu também consegue.

Na alemanha vencer com o Wolfsburg ou Bayer não é complicado, sendo que até eu venci com o Wolfsburg. Na Inglaterra tem o Tottenham e Aston Villa para vencer. Mas antes tem que chegar até esses clubes.

Espero uma grande história!

Link to comment
Share on other sites

Quantas temporadas precisará desta vez?

Parece ser mais fácil, mas o Inglês e o Espanhol devem complicar mais.

Sobraram algumas equipes fortes que devem facilitar o seu trabalho, como Tottenham, Villareal, Leverkusen e Fiorentina.

O mais legal seria você só escolher equipes que nunca venceram a elite do seu país. Aí sim seria o "Desafio dos Menores". Mas acompanharei. Boa Sorte.

Link to comment
Share on other sites

No alemão, se for com o St. Pauli garanto que vai ter dificuldade. Com o Leverkusen também será muito fácil na Alemanha. Na Inglaterra, o Everton e Tottenham também tem condições de ser campeões fácil.

Link to comment
Share on other sites

O desafio é muito interessante. Veremos como se sai! :thumbsup:

Link to comment
Share on other sites

Sugestões:

Sunderland, Ancona, Bochum e Almería!

Aí que eu quero ver! :bleh:

EDIT: Agora que vi sua lista, seria uma boa idéia também descartar o Borussia Dortmund.

Edited by LeandroDJC
Link to comment
Share on other sites

Trink, é muito bom ver você de volta!

Acho o desafio muito interessante. Sem dúvida que complicara um pouco não poder usar os "grandes" de cada campeonato, mas penso que o desafio mais difícil será mesmo a Espanha. A Itália também não será fácil, mas se montar bem o esquema táctico, os nomes do time serão um pouco menos importantes.

Link to comment
Share on other sites

Que satisfação revê-lo grande Trink. O desafio é interessante, mas com certeza é o mais 'fácil' de todos que você já promoveu, sendo talvez o mais difícil vencer na Espanha, sem ser com os grandes, deve ser com o Villarreal mesmo. Já na Itália se até o Renato conseguiu com o Torino tu também consegue.

Na alemanha vencer com o Wolfsburg ou Bayer não é complicado, sendo que até eu venci com o Wolfsburg. Na Inglaterra tem o Tottenham e Aston Villa para vencer. Mas antes tem que chegar até esses clubes.

Espero uma grande história!

Concordo que pode ser mais fácil com determinados clubes, mas o problema vai ser chegar até eles, mesmo com um jogador conhecido como o Milla. Estou surpreso que, mesmo como "futebolista internacional", não estou conseguindo nada até agora. Dependendo de como for, estou pensando na possibilidade de mudar a ideia inicial e já começar o save empregado.

Grande Trink, será muito interessante!!! :thumbsup:

Valeu, Huk, tomara que seja mesmo!

Vai ser lindo desta vez acompanharei!

Isso, acompanha sim!!!

Quantas temporadas precisará desta vez?

Parece ser mais fácil, mas o Inglês e o Espanhol devem complicar mais.

Sobraram algumas equipes fortes que devem facilitar o seu trabalho, como Tottenham, Villareal, Leverkusen e Fiorentina.

O mais legal seria você só escolher equipes que nunca venceram a elite do seu país. Aí sim seria o "Desafio dos Menores". Mas acompanharei. Boa Sorte.

O desafio é conseguir no menor número de temporadas possível! :)

Essa sugestão é uma boa, posso pensar nisso.

Boa sorte Milla!

Valeu, Dito!

No alemão, se for com o St. Pauli garanto que vai ter dificuldade. Com o Leverkusen também será muito fácil na Alemanha. Na Inglaterra, o Everton e Tottenham também tem condições de ser campeões fácil.

É, alguns serão mais fáceis, outros nem tanto, vai tudo depender de qual clube escolherá o Milla.

O desafio é muito interessante. Veremos como se sai! :thumbsup:

Valeu, Pedrão!

Sugestões:

Sunderland, Ancona, Bochum e Almería!

Aí que eu quero ver! :bleh:

Não quer mais nada não?! :heh:

Trink, é muito bom ver você de volta!

Acho o desafio muito interessante. Sem dúvida que complicara um pouco não poder usar os "grandes" de cada campeonato, mas penso que o desafio mais difícil será mesmo a Espanha. A Itália também não será fácil, mas se montar bem o esquema táctico, os nomes do time serão um pouco menos importantes.

Acho que, dos quatro, o mais "fácil" é o alemão, pelo equilíbrio que tem a Bundesliga. Pelo mesmo motivo, o desequilíbrio, no caso, a Espanha será certamente o mais complicado.

Link to comment
Share on other sites

Que bom que está de volta, tao rápido.

Espero um grande save, boa sorte! Estarei acompanhando.

Link to comment
Share on other sites

Não entendi, Trink... Foram só sugestões.

Link to comment
Share on other sites

Primeiramente, boa sorte Bruno! Bem, poderia incluir na lista o Dortmund e o Wolfsburg...

Link to comment
Share on other sites

Desafio interessante e que será bom de acompanhar!

Boa sorte!

:thumbsup:

Link to comment
Share on other sites

Que bom que está de volta, tao rápido.

Espero um grande save, boa sorte! Estarei acompanhando.

Valeu, Lucas. O vicio não me deixaria longe por muito tempo! :)

Não entendi, Trink... Foram só sugestões.

Relaxa, eu sei que foram sugestões. Bem complicadinhas, por isso a minha provocação.

Primeiramente, boa sorte Bruno! Bem, poderia incluir na lista o Dortmund e o Wolfsburg...

Eu tinha que definir um critério e foi esse do ranking. Mas concordo que, como eu já falei, com alguns clubes o desafio pode ficar mais fácil.

Desafio interessante e que será bom de acompanhar!

Boa sorte!

:thumbsup:

Valeu, acompanhe sim!

Estou achando que precisarei mudar um pouco o desafio. Comecei o save desempregado mas, em quase duas temporadas, mesmo com reputação continental, o único clube que ofereceu contrato ao Milla foi da BSN. Assim, estou inclinado a começar novamente com ele empregado e o único clube que está sem treinador é o Wolfsburg. Até a noite eu decido o que vou fazer.

Link to comment
Share on other sites

Por que não começa em uma equipe "Random" ? TIrando os grandes... Mas dae seria começar empregado...

Link to comment
Share on other sites

Também acho que deveria começar em uma equipe random!

Força, serei leitor assíduo.

Link to comment
Share on other sites

Vocês acham que começar no Wolfsburg vai ficar muito fácil? Na vida real, eles estão na boca da zona do rebaixamento...

Link to comment
Share on other sites

Sinceramente, acho que sim.

Queria te ver primeiro numa segunda divisão, mais a saga é sua.

Link to comment
Share on other sites

Eu acho que seria meio fácil o Wolfsburg pela equipe, mas se é a opção, por mim tudo bem.

Link to comment
Share on other sites

Concordo com o Netow e com o Lucas, mas é você quem sabe Bruno, o melhor para você e para o andamento do save!

Link to comment
Share on other sites

Sinceramente, acho que sim.

Queria te ver primeiro numa segunda divisão, mais a saga é sua.

Segunda divisão está meio fora de cogitação nesse save, isso vai ficar para o próximo, naquele estilo de

começar lá de baixo.

Eu acho que seria meio fácil o Wolfsburg pela equipe, mas se é a opção, por mim tudo bem.

Pensei no Wolfsburg para mexer menos nos outros treinadores. Todos os outros clubes tem treinadores estáveis no começo da temporada, não faria muito sentido trocá-los pelo Milla, mesmo não sendo uma ficção.

Mas estou pensando seriamente na hipótese de ir na sugestão do Dom Querb, de só pegar times que nunca foram campeões das divisões de elite.

Concordo com o Netow e com o Lucas, mas é você quem sabe Bruno, o melhor para você e para o andamento do save!

Vamos ver...

Link to comment
Share on other sites

Wolfsburg pode estar mal, mas você já tirou leite de pedra no Petach-Tikvah, no Wolfs vai ficar ridículo! :heh:

Acho que no seu caso, o time tem que ser REALMENTE RUIM, para que você PRECISE ARREGAÇAR AS MANGAS! Até porque o risco de desmotivação é menor. :yes:

No aguardo da sua decisão, que sei que será boa! :thumbsup:

Link to comment
Share on other sites

Faz o seguinte, começa o save com algum clube que tem previsão de ultimo colocado. Isso vai dificultar um pouco mais.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...