Ir para conteúdo
ggpofm

That's all about Soccer - de 2016 a 2030 (aguardando avaliação)

Recommended Posts

ggpofm

m5LbsDg6gBYXXohRG6Ns-_Xx5LgxWFxtWdHOXzp2UEWIsydvScVGt5TQjTPPjX7WUg323d8tYxb9zWHxuMZuFXZkcl7yi-DJLXacmGX_ngpCHtBxk8NUyZCJCymDV7w6yNj6_2ARLk0PYMirFXY-hcpLHJD3KGZfP_PguHspweN0Hd143EiRkp7nYHw2zwnT2fDNcRQ3QHhZkwZAfLbYfNe84cCukQwRU_GSkcCt3oyJJca9LsNAW9dnAGIcCYqLYdiG0JZtl0wjIX5bheDmyT3CQjp7KxyZts5RGyUaciWNZZ1EpEn1RhW5gtZac3FOPKy1yebDDA6fY89J0aqGyyjoGzD9TRG9OclpiJyEWA-USTMLbWQ-WwOQbZ9p_cxU3a5OJ9Kxy_Hbjaqb1cFoVoLa7vPzmguFnKbwVRjNlyircDlvm5DszmZwZmEiecaNBVbyZ04JWnNf6hacQVC7hfHlIgqlQHczbZzWLVtaP6wfwP8bs9h9y4hYGnJKVJfqsVt1v3F56O489o2WiEDXRfwXIoEcf-QEKQvcJQUiqpkY1JeRq1KmMGGhrtV_ENBcJkG5sk4WJRivXK6rjWEZ9xyRI9GPKS1dSbmOgwN0P6iF1JQLD7sXSS0NlC83k53vXHKL3oih9wJL_lbycpSgfEm2ra9CkyrgJf0E8sl-gQ=w800-h299-no

Soccer. Uma palavra que para muitos remete ao futebol praticado nos Estados Unidos. Quando muito a outros países de colonização inglesa, tais como, a Austrália, África do Sul ou Nova Zelândia.

O que muitos não sabem é que a palavra “Soccer” não é de origem americana, e sim britânica. Oficialmente chamado de Association Football para se diferenciar do Rugby Football, o “nosso” futebol recebeu dos universitários ingleses no final do século XIX, o apelido de “Soccer” como abreviação de “asSOCiation”.

O termo atravessou o Oceano Atlântico e foi adotado rapidamente nos Estados Unidos para diferenciar o Association Football do Football (Futebol Americano). Em muitas publicações norte-americanas o esporte apareceu grafado como “Socker”, mas “Soccer” acabou prevalecendo e continua sendo utilizado pelos norte-americanos.

No Reino Unido, o caminho que o termo seguiu foi diverso. Nas primeiras décadas do século XX ele foi pouco utilizado, mas com o fim da 2ª Guerra Mundial, a utilização da palavra “Soccer” ganhou força e surpreendentemente, como atesta Stefan Szymanski no artigo “It’s Football not Soccer”, tornou-se intercambiável com o termo “Football” entre as décadas de 1960 e 1980 ao ponto de grandes nomes do futebol britânico publicarem suas biografias utilizando-se do termo, como por exemplo, uma biografia de George Best, “The inside story of soccer’s super-star” ou a do treinador Matt Busby, “Soccer at the top”, ou revistas, tais como, a “Soccer Star”, publicada entre os anos de 1950 e 1970, e a conhecida “World Soccer” que é publicada desde os anos 1960. Contudo, a partir da década de 1980, o uso da palavra “Soccer” voltou a declinar no Reino Unido, sendo utilizada principalmente em contextos de futebol praticado nos Estados Unidos.

Para efeitos do save, usarei os termos “Futebol” e “Soccer” ao me referir ao Association Football e ao esporte da bola oval chamarei exclusivamente como “Futebol Americano”.

 

:: A proposta do save

Faz tempo que desejo voltar a jogar um save nos Estados Unidos (EUA), mas sempre adiei a ideia. Geralmente, a liga norte-americana é um local que poucos gostam de jogar por conta das várias regras que existem na Major League Soccer (MLS) e de outras peculiaridades que deixam tudo bastante diferente do que estamos acostumados e para jogar lá é preciso paciência e vontade para se adaptar. 

Escolhi fazer um save de carreira, no entanto não queria começar diretamente na MLS, a única disponível no Football Manager 2017 (FM 17). Queria começar por baixo e vivenciar o desenvolvimento da carreira de treinador, que tem como uma de suas peculiaridades o fato de que não há promoção/rebaixamento entre as divisões, o que me obrigará a percorrer um caminho menos usual para se desenvolver e alcançar o ponto mais alto nos Estados Unidos, a MLS.

Com o uso do editor do FM, ativei outras três divisões, a National American Soccer League (NASL), a United Soccer League (USL) e a Premier Development League (PDL). Inicialmente, a ativação de três divisões abaixo da MLS foi feita com as regras básicas do editor. Contudo, resolvi fazer alguns ajustes na fórmula das competições ativadas e foi preciso usar as “regras avançadas” do editor. Além de ajustes na fórmula das competições, fiz as seguintes alterações:

  • Inclusão de clubes na PDL;
  • Designação de estádios para clubes da PDL que estavam sem estádio;
  • Criação de prêmios esportivos para jogadores e técnicos para a NASL e USL;
  • Criação de prêmios financeiros por classificação na temporada e também pelo título para as equipes da NASL, USL e PDL;
  • Criação de direitos televisivos para as equipes da NASL e USL.

Além das quatro divisões dos Estados Unidos, carreguei as duas do México e outras 10 ligas. Ao todo serão mais de 56 mil jogadores. Os demais detalhes da configuração do save podem ser vistos aqui.

O save não será ficcional, mas não ficará limitado à narrativa dos acontecimentos do jogo. Farei no tópico o mesmo que fiz no save “Um clube, um troféu e outras histórias” e trarei informações atuais e históricas sobre o futebol nos Estados Unidos. Acho que será uma oportunidade bastante interessante para abordar vários temas como complemento ao save e espero que os leitores gostem.

 

:: O perfil do técnico

Para o save, escolhi o pseudônimo de Gus Gibson, norte-americano natural de Harrison, New Jersey. Nascido em 1987 em uma região ligada historicamente ao soccer, ele viveu o “renascimento” do esporte nos Estados Unidos com a Copa do Mundo de 1994 e a estreia da MLS em 1996. Quando criança foi torcedor do extinto MetroStars, franquia rebatizada como New York Red Bulls a partir de 2006.

Fiz o que geralmente faço ao jogar FM e escolhi o nível mais baixo possível, ou seja, passado como jogador amador e sem nenhuma licença de treinador. A expectativa é que a escolha desse perfil traga alguma dificuldade para o save, porém não ficarei surpreso se isso não acontecer.

Aos 28 anos, o estilo de Gus Gibson será focado no desenvolvimento de jovens e na prática de um futebol ofensivo. Ele promoverá e utilizará jovens em todos os clubes pelos quais passar e isso fará parte da filosofia de trabalho dele, mesmo que resulte na redução da qualidade da equipe. Sempre que houver categorias de base em um clube será incluída no contrato a cláusula de “desenvolver jogadores recorrendo às camadas jovens do clube”. Além disso, ele priorizará investimentos na infraestrutura e em recrutamento em vez de investimentos em contratações de jogadores. Quanto à ofensividade, ele sempre negociará nos contratos a filosofia de “praticar um futebol ofensivo” e procurará protagonizar as partidas, buscando marcar muitos gols.

Minha ideia é fazer da carreira de Gus Gibson algo que não se limite a conquistar títulos. Logicamente que eles são essenciais, mas quero que Gibson fique conhecido pelas vitórias e títulos, mas principalmente por ajudar a fortalecer a formação de jogadores estadunidenses ao desenvolver os jovens talentos daquele país. Quem sabe se ele não alcança a seleção norte-americana de futebol ou até mesmo se ele não é convidado para trabalhar na Europa?

Pelo fato de não existir promoção/rebaixamento entre as divisões é provável que Gus Gibson não permaneça muito tempo nos clubes durante a formação e a ascensão na carreira de treinador. Contudo é bastante provável que ele faça um trabalho de médio ou longo prazos mais adiante na carreira.

Agora é começar o save e procurar me divertir bastante no futebol dos Estados Unidos e se você quiser acompanhar essa aventura, espero que se divirta também.

  • Upvote 16

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

VDUMvZ2h-yk_tRZijP_9dvHExE5T-9HsTWmNx1oHPEzX5DKBijpdM39SYYzPYeuU7NHO2l0ra73Ougjxjd-wjfVHI-KVcgKnUZVVjqdgxkXFXFHL-z_Q0aPekTdtTECDCs22Ojm3mW6KddVISlF5ssB_QZWQo8t-LhqAbC3VZbuS8UT_zMXcUn1ZVVvxbHZklXVlM_6jUus-mKNKS8nKguLrrP7EipDqnvR87lr8B96NeHPXsRBojwbRVr-CyLvumV_bCPZeVtwRQpFdQEEadrWZHh0lqaTytVbtioV7ND46ks777tQH0X64z4c7rnCGtgQJ5IRSbVZIC-t1z6wcwqMPeIoyu04vkz6Z8sawcKWqN8XXuCeLdlqzD9NyrD-OaccS_QZQwnLjQaltW-AYe7Nm_fXWHxHpZorVXK1juZZbo5ipc9TeBadB61v7um5ioOUjc-UIabshTN_F1aKiX9UpFPOciP0GW6D9Kd3RT2Hux1ONOyRLiTmSDYyKGhwa8iAHqt0NVQufeTbBXJKAkmFZ4DHQSuZkCOQAHDquRPXobv91aUMOLa37UvZlBqJXWkSSpdGOD0b45Vx3-iwafGF6GlnbUFrDSBk7wTdb36R5lm7rZN4mx_xyKWkDjRhhnjQwvBUbhpd3j1XjcBbM8S8LYV9ndMtt-D888khUEg=w800-h58-no

 

JIGfkc2jkIc5Qv_wHtjECrg7zxY-hdUvf62fyYESvPDGaR8NG7In8U0AhvvPF-u_Xt2eZuzldwmQVqPbrKpn0vR_sWKrZc2CiI8ESiK67ZZZhbDULksbvVuGV-is_Aop50EXkEVUuM1zstDVm1Xv_5MX3rg5RMxm6SMBpKYfL02RlyGU5Ze6P_u0sGjk25vjyi8Moc02VwRB8b8KXcKFHyVvT-fzTbB4DLJV_XMZr76JlrxoezW_cxFk3FXOqiR6JjBhnxba1HtK8ZZpuYXpk1YnQvofUnpYPvW5ySxPZgnRa8gnJ6kNNFt7XavdT-d6GTRGdCIs-MuEqRbMMnG3mLHGVZY4R8-rebjeBC9NSuHf5jGvqffHGylaTgejdKsO5K4lrW9UkgITd1ai_-mfWiyURQugJ6ItkY4osM94fpaljAdbl1VTMUaHRdmQby2-yk04vpwYWn2mGzne0Q50X1yI4lbgvFIeXXs77AdRWLq4iNFEJdVMBJQ1OxD2sciTHlDDn_YXlcwrlY7iwiY4EBhUhF6keQx0EtAoWoyy6TanLCTXaqbT6HEwaOH3AUqJg1RtXseW38ilfBOomTThWSqlgH48aW-qwfdxcHfFndHMLkUm14CZcUM8UCXGBF2dZgEVYac3lx53rfxvUlXN2blxzWiAFQk6pn4iSenN8w=s20-noEvergreen Hammers - Temporada 2016

  • PDL - Mid Atlantic Division: 7º lugar
  • US Open Cup: Eliminado nas Quartas-de-Final

 

JIGfkc2jkIc5Qv_wHtjECrg7zxY-hdUvf62fyYESvPDGaR8NG7In8U0AhvvPF-u_Xt2eZuzldwmQVqPbrKpn0vR_sWKrZc2CiI8ESiK67ZZZhbDULksbvVuGV-is_Aop50EXkEVUuM1zstDVm1Xv_5MX3rg5RMxm6SMBpKYfL02RlyGU5Ze6P_u0sGjk25vjyi8Moc02VwRB8b8KXcKFHyVvT-fzTbB4DLJV_XMZr76JlrxoezW_cxFk3FXOqiR6JjBhnxba1HtK8ZZpuYXpk1YnQvofUnpYPvW5ySxPZgnRa8gnJ6kNNFt7XavdT-d6GTRGdCIs-MuEqRbMMnG3mLHGVZY4R8-rebjeBC9NSuHf5jGvqffHGylaTgejdKsO5K4lrW9UkgITd1ai_-mfWiyURQugJ6ItkY4osM94fpaljAdbl1VTMUaHRdmQby2-yk04vpwYWn2mGzne0Q50X1yI4lbgvFIeXXs77AdRWLq4iNFEJdVMBJQ1OxD2sciTHlDDn_YXlcwrlY7iwiY4EBhUhF6keQx0EtAoWoyy6TanLCTXaqbT6HEwaOH3AUqJg1RtXseW38ilfBOomTThWSqlgH48aW-qwfdxcHfFndHMLkUm14CZcUM8UCXGBF2dZgEVYac3lx53rfxvUlXN2blxzWiAFQk6pn4iSenN8w=s20-noEvergreen Hammers - Temporada 2017

  • PDL - Mid Atlantic Division: Campeão
  • PDL Championship: Campeão

 

 TpCOxfii5P8C0KS281osjRL-cSlVlp3NTNWxwqgoGiqszdTTUnlAzcy0zD-vyMOTsTNjaT6zFjPHFvrmNhheC1vzeksTlkaOcm341PQLPxsr5_yolSS52D2jfkEFfI8SMOC_2IM_HFGcn3E_erMg_3PkFj2N-J_lpyOzb1waLMPB9LazJBUE8Sz7FszZ_rmQqP68eicnUyVilelIO-xQnJQO3YJ1kiXtbpQqx_hocJxBWXewFjaKqNb-x4wYQKRzzFTUVoBZwFoSrAn2UoEShqdfUKXbvgwPkWHWpws62EmfcxHMd_9NGECQWZ4HE2nkvqokLDSL3ivJgoZIH1sPPWcRs2gQLKv_EkCfICa3hUcEgQpFEHYE9tVlZEyMcOQUAVcCAiTp8LiAXsAO7vGdELpBGoKZaArgZIuycH3aZXSOKK1LAOZGeTzBtf14PsJOK82j-O2WCbXueKSBZh1V6MPjg281VfZwKa4pDN5-Mahs3QU74Kt4ZTiKD1JFR36PwpodhSL7YijK3kbTerSfUPNLkOhc4TDwHkpHbSjK3eBX-NDlbFtettMVNGuwxGiVv-BBoN5e-b04zZRB7jc0WsJHh-eIRNO1Rrxl9NcEnnbaxHILUzGOFfkEkYGyookYFKg0AgFhHDyWQA6dZYQGnPSL108-8wi0f0NIwUnSFQ=s20-noCarolina Dynamo - Temporada 2018

  • PDL - South Atlantic Division: Vice-campeão
  • PDL Championship: Eliminado nas Quartas-de-Final

 

 TpCOxfii5P8C0KS281osjRL-cSlVlp3NTNWxwqgoGiqszdTTUnlAzcy0zD-vyMOTsTNjaT6zFjPHFvrmNhheC1vzeksTlkaOcm341PQLPxsr5_yolSS52D2jfkEFfI8SMOC_2IM_HFGcn3E_erMg_3PkFj2N-J_lpyOzb1waLMPB9LazJBUE8Sz7FszZ_rmQqP68eicnUyVilelIO-xQnJQO3YJ1kiXtbpQqx_hocJxBWXewFjaKqNb-x4wYQKRzzFTUVoBZwFoSrAn2UoEShqdfUKXbvgwPkWHWpws62EmfcxHMd_9NGECQWZ4HE2nkvqokLDSL3ivJgoZIH1sPPWcRs2gQLKv_EkCfICa3hUcEgQpFEHYE9tVlZEyMcOQUAVcCAiTp8LiAXsAO7vGdELpBGoKZaArgZIuycH3aZXSOKK1LAOZGeTzBtf14PsJOK82j-O2WCbXueKSBZh1V6MPjg281VfZwKa4pDN5-Mahs3QU74Kt4ZTiKD1JFR36PwpodhSL7YijK3kbTerSfUPNLkOhc4TDwHkpHbSjK3eBX-NDlbFtettMVNGuwxGiVv-BBoN5e-b04zZRB7jc0WsJHh-eIRNO1Rrxl9NcEnnbaxHILUzGOFfkEkYGyookYFKg0AgFhHDyWQA6dZYQGnPSL108-8wi0f0NIwUnSFQ=s20-noCarolina Dynamo - Temporada 2019

  • PDL - South Atlantic Division: Campeão
  • PDL Championship: Campeão
  • US Open Cup: Eliminado na 1ª Eliminatória

 

G-bBuwUNRgMSABfVWCLiIOb8R4-chEvCOh5p8HEiN9Tnu8Kx65kjvLOV3-COp8LrNh9ubCYekD0PT5MiY1Q54fo0yN9bzhzes712KOjiSU_JbVIQ09_LdyDJy0qhm_d9ylKkE73GPpwm6suFiVUveqA84e08OEl2KIuqh0bQRJz4jNDzdiv4znj7qF_AQkv66qPRlEW4cNO55ZfaEo1VJBifdO0ciPS_dw8KYPTlPy32Uf5ntOG94TRAinxFA7kZyYfVGD7678omAL4QIp3GSubiy68DNTxHgWGDyBsstQoz-hjcVgX-G7d21efYcCpgjyneCjiVQMYVQoXZzJbLjozngOFU4EVkcXakrhU4WOKEvbdts2bKU-PPGRaN_SyDleZq6rKMsaGBffmERBpK4OCwFDfSMRsTM_LztvW6VV8NB3I913zEVuGIsmO9nXu6MnP8hfTwiTgLYcrEyt4-Y9NV9h_QH1vCT2wJn4ObIaaaiqM0wIsTNb65UP8zgGAVEFmEdR2-o1ksrfiHKzv1fBg1SJoNf8MBjV069J4qvnli9W3e1kU7bFNypPwVVu3dJd5r7Ed_STd0e5tgkDaWzq-vlxKf5QKsznECFWCFyKruQvq3466xLUNjt1LqiXuMuLNUo8ddcxbEcdShgsEeFwZzKyjl3eS-8Ra0yOUGqg=s20-noOrlando City B - Temporada 2020

  • USL - Eastern Conference: 5º lugar
  • USL Championship: Eliminado nas Oitavas-de-Final

 

G-bBuwUNRgMSABfVWCLiIOb8R4-chEvCOh5p8HEiN9Tnu8Kx65kjvLOV3-COp8LrNh9ubCYekD0PT5MiY1Q54fo0yN9bzhzes712KOjiSU_JbVIQ09_LdyDJy0qhm_d9ylKkE73GPpwm6suFiVUveqA84e08OEl2KIuqh0bQRJz4jNDzdiv4znj7qF_AQkv66qPRlEW4cNO55ZfaEo1VJBifdO0ciPS_dw8KYPTlPy32Uf5ntOG94TRAinxFA7kZyYfVGD7678omAL4QIp3GSubiy68DNTxHgWGDyBsstQoz-hjcVgX-G7d21efYcCpgjyneCjiVQMYVQoXZzJbLjozngOFU4EVkcXakrhU4WOKEvbdts2bKU-PPGRaN_SyDleZq6rKMsaGBffmERBpK4OCwFDfSMRsTM_LztvW6VV8NB3I913zEVuGIsmO9nXu6MnP8hfTwiTgLYcrEyt4-Y9NV9h_QH1vCT2wJn4ObIaaaiqM0wIsTNb65UP8zgGAVEFmEdR2-o1ksrfiHKzv1fBg1SJoNf8MBjV069J4qvnli9W3e1kU7bFNypPwVVu3dJd5r7Ed_STd0e5tgkDaWzq-vlxKf5QKsznECFWCFyKruQvq3466xLUNjt1LqiXuMuLNUo8ddcxbEcdShgsEeFwZzKyjl3eS-8Ra0yOUGqg=s20-noOrlando City B - Temporada 2021

  • USL - Eastern Conference: Vice-campeão
  • USL Championship: Eliminado nas Quartas-de-Final

 

 G-bBuwUNRgMSABfVWCLiIOb8R4-chEvCOh5p8HEiN9Tnu8Kx65kjvLOV3-COp8LrNh9ubCYekD0PT5MiY1Q54fo0yN9bzhzes712KOjiSU_JbVIQ09_LdyDJy0qhm_d9ylKkE73GPpwm6suFiVUveqA84e08OEl2KIuqh0bQRJz4jNDzdiv4znj7qF_AQkv66qPRlEW4cNO55ZfaEo1VJBifdO0ciPS_dw8KYPTlPy32Uf5ntOG94TRAinxFA7kZyYfVGD7678omAL4QIp3GSubiy68DNTxHgWGDyBsstQoz-hjcVgX-G7d21efYcCpgjyneCjiVQMYVQoXZzJbLjozngOFU4EVkcXakrhU4WOKEvbdts2bKU-PPGRaN_SyDleZq6rKMsaGBffmERBpK4OCwFDfSMRsTM_LztvW6VV8NB3I913zEVuGIsmO9nXu6MnP8hfTwiTgLYcrEyt4-Y9NV9h_QH1vCT2wJn4ObIaaaiqM0wIsTNb65UP8zgGAVEFmEdR2-o1ksrfiHKzv1fBg1SJoNf8MBjV069J4qvnli9W3e1kU7bFNypPwVVu3dJd5r7Ed_STd0e5tgkDaWzq-vlxKf5QKsznECFWCFyKruQvq3466xLUNjt1LqiXuMuLNUo8ddcxbEcdShgsEeFwZzKyjl3eS-8Ra0yOUGqg=s20-noOrlando City B - Temporada 2022

  • USL - Eastern Conference: Campeão
  • USL Championship: Campeão 

 

MJ0GKmudm_TgCVENw0U7wsChrbYrk4z9V64ZHJ5ldw5ddH1W96YrVrkkcI9ONUgUJxvnLZEW2hLpxUC3nIY15hUZbDfSijg3zdIio8dNztk7hB99VNp6_eYEz1c8jReuPt-Y4lpBlHtqOk-No4J2P-_DAFpGmECiAGGGqUQJWPYOnuF7lQzbedW5hz2pS9BIxocaNz4BO8PTt0ryT7KV4GGdVzLJ683BEn-_HlWtmZZm9GXMO_xZOL9Anx2QcxfYz1moWJeVEtneXrz0GQIPQ-E-YI9bIoyK4eoM0m4WbAF3JA1nk10kWL6vDuCRiwnrXaYSOHZEJwf524n9LjsEbz0BvOqnUFaC2qKGr_PoBz6e-djNTqiF8dSKrXn3OgMCrB0S9dn5lBJjrnZEWv01mz2YW7buFqfjB3mPXoRARdaQMfOGx7rUSgLMFW6VD9vglUpWFdOJwZ4WSuPqgeR0-efVA4AAEPV1WnXDIkTYYdQVAQJWxYitU8cWhf0WARyTTP47GpnpkS-nqzfueU2gWhBqGGwLXvQYthegMLNBqXRtroBAfYFA3z4YVXBD8fytQ8Aq8yryKPSmwwLfVpr0k-oMEfzSVnDhWzkB9WP19lGHm7LnIqoEBNAIkgFj4bDvRzSDswtWVbFblFFqxIvZaE8RxcSg26-yqwwaQL-NdMc2JQ=s20-noTulsa Roughnecks - Temporada 2023

  • USL - Western Conference: 3º lugar
  • USL Championship: Vice-campeão 

 

MJ0GKmudm_TgCVENw0U7wsChrbYrk4z9V64ZHJ5ldw5ddH1W96YrVrkkcI9ONUgUJxvnLZEW2hLpxUC3nIY15hUZbDfSijg3zdIio8dNztk7hB99VNp6_eYEz1c8jReuPt-Y4lpBlHtqOk-No4J2P-_DAFpGmECiAGGGqUQJWPYOnuF7lQzbedW5hz2pS9BIxocaNz4BO8PTt0ryT7KV4GGdVzLJ683BEn-_HlWtmZZm9GXMO_xZOL9Anx2QcxfYz1moWJeVEtneXrz0GQIPQ-E-YI9bIoyK4eoM0m4WbAF3JA1nk10kWL6vDuCRiwnrXaYSOHZEJwf524n9LjsEbz0BvOqnUFaC2qKGr_PoBz6e-djNTqiF8dSKrXn3OgMCrB0S9dn5lBJjrnZEWv01mz2YW7buFqfjB3mPXoRARdaQMfOGx7rUSgLMFW6VD9vglUpWFdOJwZ4WSuPqgeR0-efVA4AAEPV1WnXDIkTYYdQVAQJWxYitU8cWhf0WARyTTP47GpnpkS-nqzfueU2gWhBqGGwLXvQYthegMLNBqXRtroBAfYFA3z4YVXBD8fytQ8Aq8yryKPSmwwLfVpr0k-oMEfzSVnDhWzkB9WP19lGHm7LnIqoEBNAIkgFj4bDvRzSDswtWVbFblFFqxIvZaE8RxcSg26-yqwwaQL-NdMc2JQ=s20-noTulsa Roughnecks - Temporada 2024

  • US Open Cup: Campeão
  • USL - Western Conference: 4º lugar
  • USL Championship: Eliminado nas Quartas-de-Final

 

MJ0GKmudm_TgCVENw0U7wsChrbYrk4z9V64ZHJ5ldw5ddH1W96YrVrkkcI9ONUgUJxvnLZEW2hLpxUC3nIY15hUZbDfSijg3zdIio8dNztk7hB99VNp6_eYEz1c8jReuPt-Y4lpBlHtqOk-No4J2P-_DAFpGmECiAGGGqUQJWPYOnuF7lQzbedW5hz2pS9BIxocaNz4BO8PTt0ryT7KV4GGdVzLJ683BEn-_HlWtmZZm9GXMO_xZOL9Anx2QcxfYz1moWJeVEtneXrz0GQIPQ-E-YI9bIoyK4eoM0m4WbAF3JA1nk10kWL6vDuCRiwnrXaYSOHZEJwf524n9LjsEbz0BvOqnUFaC2qKGr_PoBz6e-djNTqiF8dSKrXn3OgMCrB0S9dn5lBJjrnZEWv01mz2YW7buFqfjB3mPXoRARdaQMfOGx7rUSgLMFW6VD9vglUpWFdOJwZ4WSuPqgeR0-efVA4AAEPV1WnXDIkTYYdQVAQJWxYitU8cWhf0WARyTTP47GpnpkS-nqzfueU2gWhBqGGwLXvQYthegMLNBqXRtroBAfYFA3z4YVXBD8fytQ8Aq8yryKPSmwwLfVpr0k-oMEfzSVnDhWzkB9WP19lGHm7LnIqoEBNAIkgFj4bDvRzSDswtWVbFblFFqxIvZaE8RxcSg26-yqwwaQL-NdMc2JQ=s20-noTulsa Roughnecks - Temporada 2025

  • Concacaf Champions League: Eliminado nas Quartas-de-Final
  • US Open Cup: Bicampeão
  • USL - Western Conference: 6º lugar
  • USL Championship: Eliminado nas Quartas-de-Final

 

MJ0GKmudm_TgCVENw0U7wsChrbYrk4z9V64ZHJ5ldw5ddH1W96YrVrkkcI9ONUgUJxvnLZEW2hLpxUC3nIY15hUZbDfSijg3zdIio8dNztk7hB99VNp6_eYEz1c8jReuPt-Y4lpBlHtqOk-No4J2P-_DAFpGmECiAGGGqUQJWPYOnuF7lQzbedW5hz2pS9BIxocaNz4BO8PTt0ryT7KV4GGdVzLJ683BEn-_HlWtmZZm9GXMO_xZOL9Anx2QcxfYz1moWJeVEtneXrz0GQIPQ-E-YI9bIoyK4eoM0m4WbAF3JA1nk10kWL6vDuCRiwnrXaYSOHZEJwf524n9LjsEbz0BvOqnUFaC2qKGr_PoBz6e-djNTqiF8dSKrXn3OgMCrB0S9dn5lBJjrnZEWv01mz2YW7buFqfjB3mPXoRARdaQMfOGx7rUSgLMFW6VD9vglUpWFdOJwZ4WSuPqgeR0-efVA4AAEPV1WnXDIkTYYdQVAQJWxYitU8cWhf0WARyTTP47GpnpkS-nqzfueU2gWhBqGGwLXvQYthegMLNBqXRtroBAfYFA3z4YVXBD8fytQ8Aq8yryKPSmwwLfVpr0k-oMEfzSVnDhWzkB9WP19lGHm7LnIqoEBNAIkgFj4bDvRzSDswtWVbFblFFqxIvZaE8RxcSg26-yqwwaQL-NdMc2JQ=s20-noTulsa Roughnecks - Temporada 2026

  • Concacaf Champions League: Eliminado na Fase de Grupos
  • US Open Cup: Eliminado na 4ª eliminatória
  • USL - Western Conference: Campeão
  • USL Championship: Vice-campeão

 

xhB5-HNGupFCXruNFtfcEI_1U7_6BSgkLWQV9mpDSOoppxgpe2Q2M3UiTmWkRDxG1WrzZNfW9kinyBiJ03tEF6uaiMH8Sh79QSU5XNR74BIu3TmUgUVaFnQwgQETXc-c93Rv_ygjpvQAOVuoFsBen8IsoxBEHG6pF94X3pv0nY9PYmVfBuIapzhl8jVU2i7DLfIIHsOU-zj5HYpNB_Ts5eINhh9TlwZluoFscp3DyeSGE9NlIPRw-jnxJTCUGU3xiOjA3d8D0gjyKOxK6V7zH-_e-AC-K3qQlUF1IO6VOE94eHEhoM6Bt71yPY4R2GNPFNEx08QQtuxyn0K3VdD5maTIrkNRKzcyqtX2S8akNBbAbvbh7TAV5zL7GZZREvSw47vk-sbR3SNNL1vGo6svFXKW_rtInSytMCd7Hd0c24KmjcTFJqBS6Xbykk_c33yRKYeGSmhVImzKpNBRQG1VLwzcuq6cSKzVpdp8fctsxtOsTLJESqyYONHSA6196T7d0r7rju2jPjDGGo3REEiLy-5ywY2vw4GUQjfBiESdrn6An8pUMGmIeEFbe4espdVTnV-vDBf5yPntvvK05uuPeG_CEsLAFSIm8G0ziLrA-SgXaqi88ZQPRF9vsjOHUfdkhBo0BeTyv2YZBXC1W8doUJopywJ-q3eqq7oXp4cEjA=s20-no New York Cosmos - Temporada 2027

  • NASL - Supporters' Cup: 8º lugar

 

xhB5-HNGupFCXruNFtfcEI_1U7_6BSgkLWQV9mpDSOoppxgpe2Q2M3UiTmWkRDxG1WrzZNfW9kinyBiJ03tEF6uaiMH8Sh79QSU5XNR74BIu3TmUgUVaFnQwgQETXc-c93Rv_ygjpvQAOVuoFsBen8IsoxBEHG6pF94X3pv0nY9PYmVfBuIapzhl8jVU2i7DLfIIHsOU-zj5HYpNB_Ts5eINhh9TlwZluoFscp3DyeSGE9NlIPRw-jnxJTCUGU3xiOjA3d8D0gjyKOxK6V7zH-_e-AC-K3qQlUF1IO6VOE94eHEhoM6Bt71yPY4R2GNPFNEx08QQtuxyn0K3VdD5maTIrkNRKzcyqtX2S8akNBbAbvbh7TAV5zL7GZZREvSw47vk-sbR3SNNL1vGo6svFXKW_rtInSytMCd7Hd0c24KmjcTFJqBS6Xbykk_c33yRKYeGSmhVImzKpNBRQG1VLwzcuq6cSKzVpdp8fctsxtOsTLJESqyYONHSA6196T7d0r7rju2jPjDGGo3REEiLy-5ywY2vw4GUQjfBiESdrn6An8pUMGmIeEFbe4espdVTnV-vDBf5yPntvvK05uuPeG_CEsLAFSIm8G0ziLrA-SgXaqi88ZQPRF9vsjOHUfdkhBo0BeTyv2YZBXC1W8doUJopywJ-q3eqq7oXp4cEjA=s20-no New York Cosmos - Temporada 2028

  • US Open Cup: Eliminado nas Oitavas-de-Final
  • NASL - Supporters' Cup: Vice-Campeão
  • NASL Championship: Vice-Campeão

 

xhB5-HNGupFCXruNFtfcEI_1U7_6BSgkLWQV9mpDSOoppxgpe2Q2M3UiTmWkRDxG1WrzZNfW9kinyBiJ03tEF6uaiMH8Sh79QSU5XNR74BIu3TmUgUVaFnQwgQETXc-c93Rv_ygjpvQAOVuoFsBen8IsoxBEHG6pF94X3pv0nY9PYmVfBuIapzhl8jVU2i7DLfIIHsOU-zj5HYpNB_Ts5eINhh9TlwZluoFscp3DyeSGE9NlIPRw-jnxJTCUGU3xiOjA3d8D0gjyKOxK6V7zH-_e-AC-K3qQlUF1IO6VOE94eHEhoM6Bt71yPY4R2GNPFNEx08QQtuxyn0K3VdD5maTIrkNRKzcyqtX2S8akNBbAbvbh7TAV5zL7GZZREvSw47vk-sbR3SNNL1vGo6svFXKW_rtInSytMCd7Hd0c24KmjcTFJqBS6Xbykk_c33yRKYeGSmhVImzKpNBRQG1VLwzcuq6cSKzVpdp8fctsxtOsTLJESqyYONHSA6196T7d0r7rju2jPjDGGo3REEiLy-5ywY2vw4GUQjfBiESdrn6An8pUMGmIeEFbe4espdVTnV-vDBf5yPntvvK05uuPeG_CEsLAFSIm8G0ziLrA-SgXaqi88ZQPRF9vsjOHUfdkhBo0BeTyv2YZBXC1W8doUJopywJ-q3eqq7oXp4cEjA=s20-no New York Cosmos - Temporada 2029

  • US Open Cup: Vice-campeão
  • NASL - Supporters' Cup: Campeão
  • NASL Championship: Campeão

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Reservado

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Reservado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luiz_H

Grande Gilson, sempre um prazer acompanhar suas histórias. Uma proposta bastante interessante, principalmente por conter um pensamento de desenvolvimento em nível nacional. 

Confesso que já tive curiosidade de jogar com uma proposta semelhante a esta e gostarei de acompanhar o seu desenvolvimento. 

Boa sorte

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Iagotta

Ai sim. O futebol nos EUA ainda é visto como algo meio "exótico" pelos países tradicionais no esporte. Ainda mais com esse monte de regrinhas que que confundem quem é de fora, mas faz todo sentido para a realidade esportiva americana. 

A MLS vem tendo um crescimento bem interessante ao longo dos anos e agregando novas equipes ao longo de suas temporadas e felizmente vem deixando de lado essa ideia de contratar semi-aposentados e ta focando na busca por jovens valores latinos e até alguns europeus. 

História pra acompanhar de perto.

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Danut

Confesso que fiquei um pouco decepcionado quando vi qual o destino. Estava bem empolgado com a ideia de um novo save seu na área, pois acho que o teu save anterior foi um dos que mais gostei entre todos que já acompanhei aqui. Mas EUA é um destino futebolístico que não me interessa absolutamente nada. Também tenho dificuldade em me interessar por saves de carreira, assim que são duas coisas juntas que não me agradam.

Bem, quem sabe o save não acaba por mudar a minha mente em relação a isso? Qualificação para conseguir isso o autor tem. Estarei acompanhando para ver :)

Ah, e posso entender do que tu colocou ali que se as exigências de filosofia não forem aceitas então o treinador não aceitará emprego em um clube, mesmo que seja um passo acima na carreira?

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm
42 minutos atrás, Luiz_H disse:

Grande Gilson, sempre um prazer acompanhar suas histórias. Uma proposta bastante interessante, principalmente por conter um pensamento de desenvolvimento em nível nacional. 

Confesso que já tive curiosidade de jogar com uma proposta semelhante a esta e gostarei de acompanhar o seu desenvolvimento. 

Boa sorte

Olá, Luiz.

Obrigado pelo elogios. Posso dizer o mesmo de você como leitor. Espero que você se divirta.

Estava querendo me aprofundar mais nessa seara de desenvolver jogadores, mas resolvi ir para um lugar pouco explorado e diferente. Se tudo der certo, ajudarei o USMNT (United States Men's National Team) a ser mais competitivo em nível internacional. Será que rola o título da Copa do Mundo?

Então pode acaber sendo interessante mesmo para você.

Valeu pela força.

 

40 minutos atrás, Iagotta disse:

Ai sim. O futebol nos EUA ainda é visto como algo meio "exótico" pelos países tradicionais no esporte. Ainda mais com esse monte de regrinhas que que confundem quem é de fora, mas faz todo sentido para a realidade esportiva americana. 

A MLS vem tendo um crescimento bem interessante ao longo dos anos e agregando novas equipes ao longo de suas temporadas e felizmente vem deixando de lado essa ideia de contratar semi-aposentados e ta focando na busca por jovens valores latinos e até alguns europeus. 

História pra acompanhar de perto.

A palavra "exótico" cai bem mesmo. E é essa profusão de regras que está me atraindo, pois sei que terei limites que me impedirão de agir com muita liberdade como acontece nas demais ligas. Além disso, é como você disse, vou me envolver um pouco mais com a realidade esportiva americana ou usar as regras da MLS.

Essa mudança de perfil que começou a ficar mais clara na temporada atual da MLS foi algo que eu não esperava, mas que pode render bons frutos para o futebol nos EUA. No entanto, acho que no FM eles ainda estão investindo nos velhinhos europeus.

Obrigado pelo incentivo.

 

 

16 minutos atrás, Danut disse:

Confesso que fiquei um pouco decepcionado quando vi qual o destino. Estava bem empolgado com a ideia de um novo save seu na área, pois acho que o teu save anterior foi um dos que mais gostei entre todos que já acompanhei aqui. Mas EUA é um destino futebolístico que não me interessa absolutamente nada. Também tenho dificuldade em me interessar por saves de carreira, assim que são duas coisas juntas que não me agradam.

Bem, quem sabe o save não acaba por mudar a minha mente em relação a isso? Qualificação para conseguir isso o autor tem. Estarei acompanhando para ver :)

Ah, e posso entender do que tu colocou ali que se as exigências de filosofia não forem aceitas então o treinador não aceitará emprego em um clube, mesmo que seja um passo acima na carreira?

Estive pensando muito em qual lugar começar, mas faz algum tempo que venho lendo sobre a história do futebol nos EUA e nos últimos meses até sobre a atualidade do que é feito por lá e estava difícil pensar em um save em algum país da Europa, por exemplo, quando minha mente voltava constantemente para as histórias do futebol nos EUA e como era algo que já pensava em retomar, decidi encarar a aventura.

Entendo perfeitamente sua decepção, realmente os EUA têm uma rejeição, com por exemplo tem o futebol de Portugal. Não são muitos saves que se aventuram por esses dois países. Mas como geralmente digo, o primeiro a quem um autor deve agradar ao jogar um save é a si próprio e por isso não podia deixar para trás a oportunidade de realizá-lo. Espero que outros acabem se entusiasmando com save e o acompanhem também.

Pensei muito se valeria a pena contar algo sobre o futebol dos EUA, justamente porque sei desse desinteresse e em alguns casos até preconceito sobre o futebol jogado da terra do Tio Sam. Mesmo assim, decidi fazer o save nos moldes do save do Cádiz (muito obrigado pelo elogio ao save). A cada dia descubro que existem mais coisas sobre ele.

No início, pensava em fazer um save de clube na MLS, mas toda fez que criava o save e ia iniciá-lo eu não ficava satisfeito. Ficava com aquela sensação de pegar algo pronto. Foi por isso também que decidi ativar as outras divisões e iniciar um "save de carreira", mas o desejo é pegar um clube legal na MLS e desenvolver um projeto como se fosse um "save de clube" e é isso que pretendo fazer, mas para isso terei que ascender na carreira primeiramente.

Obrigado pelo elogio e pelo incentivo. Eu estou bastante motivado, pois nas quatro ligas que terei nos EUA elas serão decididas no mata-mata e na maioria dos casos com eliminatórias simples, deixando tudo menos previsível. Não tenho como saber se conseguirei mudar sua mente com relação a isso, mas acredito que pelo menos você se surpreenderá com as histórias que contarei no save. ;)

Você entendeu muito bem. Nos clubes que possuem categorias base não haverá como eu fechar contrato com eles se eles não aceitarem minhas duas filosofias: futebol ofensivo e trabalho com a própria base do clube, mesmo que isso seja um passo acima da carreira.  

 

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
edublattencio

Muito bom mesmo! Ansioso pra ver a continuidade dessa saga

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Tsuru

Muito legal Gilson! Estarei acompanhando e espero aprender mais sobre o soccer americano, do qual sei muito pouco.

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Maiiron_

Save seu é uma aula e eu venho aqui só pra tomar nota. Na espera de mais coisas, sorte!

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Stay Heavy

Bem vindo de volta Mestre!

Já tentei jogar na Liga Norte Americana, mas desisti rápido devido às regras (algo que sei que não acontecerá com você hehe).

Boa sorte e bom save!!!

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
andrefraga

Legal ver que voltou! Estava ansioso para conhecer um save seu.

Irei acompanhar e espero que mude minha cabeça, mesmo eu tendo zero interesse pela MSL =D

Como eu disse anteriormente, acompanhar um save do início é muito mais proveitoso para mim. O tempo escasso torna muito mais difícil de acompanhar quando são páginas e mais páginas para se atualizar.

Boa sorte e fico no aguardo!

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
guigasparotto

Há algum tempo eu andei pensando sobre qual seria o seu próximo save na área e lembrei que você já havia comentado sobre jogar nos EUA. Por isso, eu já estava esperando por esse save.

Assim como outros, já cheguei a criar save nos EUA, mas faltou vontade de entender melhor as regras. Como você sabe, alguns membros já criaram saves nos EUA e até tentaram explicar como essas regras funcionam, mas não vi nenhum ir em frente. Você é a esperança! hahaha

Espero que a sua proposta funcione. Boa sorte! 

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
lakers20

Vou acompanhar com toda certeza. Tenho bastante interesse pela MLS e no geral do futebol dos Estados Unidos também . Tive um save marcante no Sounders no FM 10 e a cada ano testava pra ver a evolução . As versões mais recentes estão bem mais realistas, o que é bem mais desafiador, mas assim que é bom rs

Editado por lakers20
  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm
15 horas atrás, edublattencio disse:

Muito bom mesmo! Ansioso pra ver a continuidade dessa saga

Não devo demorar para voltar atualizar o save. Valeu pela força.

 

15 horas atrás, Tsuru disse:

Muito legal Gilson! Estarei acompanhando e espero aprender mais sobre o soccer americano, do qual sei muito pouco.

Opa, Tsuru. Muito bom vê-lo de volta ao fórum e aqui no início deste save.

Fico feliz que tenha interesse em conhecer mais sobre o futebol em solo americano. Como eu disse, acho que há potencial para o save ser interessante e também nas histórias que irei contar. ;)

Valeu.

 

7 horas atrás, Maiiron_ disse:

Save seu é uma aula e eu venho aqui só pra tomar nota. Na espera de mais coisas, sorte!

Obrigado pelo elogio, Maiiron. Espero atualizá-lo em breve.

 

3 horas atrás, Stay Heavy disse:

Bem vindo de volta Mestre!

Já tentei jogar na Liga Norte Americana, mas desisti rápido devido às regras (algo que sei que não acontecerá com você hehe).

Boa sorte e bom save!!!

Grande, Stay. Obrigado pelo elogio.

Essas regras realmente são o "Calcanhar de Aquiles" para quem deseja jogar lá. Mas estou animado para me envolver com elas.

Valeu.

 

3 horas atrás, andrefraga disse:

Legal ver que voltou! Estava ansioso para conhecer um save seu.

Irei acompanhar e espero que mude minha cabeça, mesmo eu tendo zero interesse pela MSL =D

Como eu disse anteriormente, acompanhar um save do início é muito mais proveitoso para mim. O tempo escasso torna muito mais difícil de acompanhar quando são páginas e mais páginas para se atualizar.

Boa sorte e fico no aguardo!

Já estava muito tempo sem postar. E ficar só na cornetagem também cansa.

Só de acompanhar já é algo positivo. Vamos ver um save será suficiente para você ver a MLS com outros olhos. ;)

Entendo sua dificuldade, mas você não deveria deixar de acompanhar esses saves que estão adiantados. Muitas vezes você pode perder grandes saves.

Valeu.

 

2 horas atrás, guigasparotto disse:

Há algum tempo eu andei pensando sobre qual seria o seu próximo save na área e lembrei que você já havia comentado sobre jogar nos EUA. Por isso, eu já estava esperando por esse save.

Assim como outros, já cheguei a criar save nos EUA, mas faltou vontade de entender melhor as regras. Como você sabe, alguns membros já criaram saves nos EUA e até tentaram explicar como essas regras funcionam, mas não vi nenhum ir em frente. Você é a esperança! hahaha

Espero que a sua proposta funcione. Boa sorte! 

Pois é, já havia falado com você sobre isso algum tempo atrás, mas nunca levei a ideia adiante. Oscilei entre várias opções, mas como os EUA voltavam a todo momento, resolvi que o melhor a fazer era encará-lo logo, deixando outras ideias para o futuro.

Pretendo fazer um glossário para ficar nos posts iniciais do save e ajudar quem estiver acompanhando o save. Realmente as regras são um complicador, mas como disseram faz parte do panorama esportivo norte-americano e nessa caso é melhor tentar compreendê-lo.

Infelizmente esses saves não foram adiante, mas acho que a proposta de trabalho com jovens será útil para deixar as coisas interessantes, ainda mais quando eu alcançar a MLS.

Obrigado pelo incentivo. Valeu. 

 

1 hora atrás, lakers20 disse:

Vou acompanhar com toda certeza. Tenho bastante interesse pela MLS e no geral do futebol dos Estados Unidos também . Tive um save marcante no Sounders no FM 10 e a cada ano testava pra ver a evolução . As versões mais recentes estão bem mais realistas, o que é bem mais desafiador, mas assim que é bom rs

Opa, lakers, anda um pouco sumido da área.

Fico feliz que apareça mais alguém que tem interesse no futebol dos EUA. Espero poder ajudá-lo com o save.

O Sounders é bem legal mesmo. Uma das melhoras franquias da MLS. Inclusive há um livro bem legal sobre o Sounders

Acho que pela funcionamento diferente da MLS, a SI tem penado para deixar as coisas de forma mais realista, diferentemente de outras ligas, onde tudo segue um caminho mais comum.

Minha expectativa é que o uso de jovens torne a coisa mais realista e difícil para mim. Mas isso ainda vai demorar para acontecer.

  • Upvote 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
andrefraga
1 hora atrás, ggpofm disse:

Já estava muito tempo sem postar. E ficar só na cornetagem também cansa.

Só de acompanhar já é algo positivo. Vamos ver um save será suficiente para você ver a MLS com outros olhos. ;)

Entendo sua dificuldade, mas você não deveria deixar de acompanhar esses saves que estão adiantados. Muitas vezes você pode perder grandes saves.

Valeu.

Espero que você consiga, seria uma pena perder um save seu por puro desinteresse na liga =P

Então, estou me esforçando para acompanhar, já conseguir por em dia o do @Danut, do @LC estou aos poucos. Tem um do Hércules (não lembro o autor) que estou tentando começar também, devagarinho vamos indo... huahua

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
bruno introvertido

Boa Sorte.

Veremos ser o Gun Gibson (só faltou um Junior) realmente será ofensivo, botando o lendário esquema 2-3-5 ou optara pelo algo mais conversador.

Ser eu entendi certo, ser aparecer uma proposta da Europa o Gun aceitaria?

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm
56 minutos atrás, bruno introvertido disse:

Boa Sorte.

Veremos ser o Gun Gibson (só faltou um Junior) realmente será ofensivo, botando o lendário esquema 2-3-5 ou optara pelo algo mais conversador.

Ser eu entendi certo, ser aparecer uma proposta da Europa o Gun aceitaria?

Valeu, introvertido.

Não é Gun. É Gus com "s".

Creio que a ofensividade não se relaciona diretamente com o número de atacantes em uma formação. Com certeza não jogarei no 2-3-5.

Tudo é possível, mas eu diria que é muito mais provável ele seguir por muito tempo nos EUA.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LC

Gostei da proposta do save e como acompanho um save na MLS em outro fórum eu tenho uma ideia sobre as dificuldades de se jogar em solo americano, principalmente com a regra do draft.Boa sorte e acompanhando sempre.Gostaria de ver o Gibson um dia treinando o  New York City, um Orlando City ou quem sabe a franquia mais valiosa, o Seattle Sounders.

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
vinny_dp

Que bom que voltou. 

Gostei da proposta de explorar o futebol estadunidense, mais ainda porque irá começar fora da MLS. 

Caso interesse, tem um podcast, chamado Fronteiras Invisíveis do Futebol em que eles falam num episódio sobre o futebol combinado a história do País. 

Bom, estou curioso para o que vem por aí.

Boa sorte!

 

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm
47 minutos atrás, LC disse:

Gostei da proposta do save e como acompanho um save na MLS em outro fórum eu tenho uma ideia sobre as dificuldades de se jogar em solo americano, principalmente com a regra do draft.Boa sorte e acompanhando sempre.Gostaria de ver o Gibson um dia treinando o  New York City, um Orlando City ou quem sabe a franquia mais valiosa, o Seattle Sounders.

Legal, LC.

Minha expectativa é que com as regras da MLS e o desenvolvimento de jovens as coisas fiquem bem movimentadas para mim. Contudo, ainda vai demorar um pouco para isso.

Eu não arrisco dizer nada sobre nenhuma franquia no momento. Legal seria pegar alguma que não estivesse na seca de títulos, mas não vou pensar nisso agora.

Valeu pela força.

 

 

6 minutos atrás, vinny_dp disse:

Que bom que voltou. 

Gostei da proposta de explorar o futebol estadunidense, mais ainda porque irá começar fora da MLS. 

Caso interesse, tem um podcast, chamado Fronteiras Invisíveis do Futebol em que eles falam num episódio sobre o futebol combinado a história do País. 

Bom, estou curioso para o que vem por aí.

Boa sorte!

 

Obrigado pela recepção, vinny. 

Já estava muito tempo sem postar, né?

É bom saber que você curtiu a proposta, ainda mais como vou começar.

Me interessa sim. Vou ouvi-lo o mais rápido que puder. Valeu pela indicação.

As coisas estão vindo por aí. Não devo demorar.

Valeu.

  • Upvote 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

9MQ0La2zSGtDAF7Ry5Xhr2Pa81hWKXDhtaHzUWXVmob2875NzEN5uJKIO0kE541r5zAVXSlV9ee-4dHrRUjEdZsJl5MZ2tJRF9CFAAm_1HyT2eO_XcOm0nMu31gsgNlxygQE4fPwk5KLTXdneZGNfVGP_KpFMBpd9N13ji2gl7J1UH8NfV62euZM2w6mVbMIgSJG3mttNk8yKRacvGLZScihDky0_PoftuepteTsz1BMlx5N4seXyaO5VUIYqxvW9QdEuadRsPgP5lSEKZiLV-xEv6HwO2Yw9oHYxV1eQh4XjDpF7p7lBSVJw5ghvCnZGDqCUAnwwKZWh3g1iBj6v_teRm3tT0oGk5u7CeGrjorVyjR1UnvQ2eNMzy8EW_zZ03Dl7de2Nn8RlmJsRS0tso5EUKw4GhP0mqgNuzLjF-SJccYkXVBhZUJucX2urq52SjrRAZ-qVNOgKtIQLSJiPkYdN2Hj8hNnalIxOr5WpCrUbYvR8DcTYTTIrGTTLcsq6H8gGImL8FT7D0Iu83qPXmRk-NT8EakZ-70btKZTepA-k-2E4yGHtmh1xcYqjM9anEuAzMVrHFyxYU6BPEyfy5KrqP6Db7QVGCao8sQCeCwOD3zLuTu7NVIrAG3GO4Oui1To4xz7vBwXQ8z01O5CK3r6GewwCsPYMTuCNtB_Og=w800-h299-noTYYIPYqiOfK0fP8GU22DLE9Ez_CEstfu8181VC8fnOhIc-Z9_0IbUNgzSLpmAMw0dp62O7HK7O9ORv-nCSpOWHAjmY3spY8xfFjrkgBp3SBDsV2Dwb7yx6FnHY8kESgIXZwrO2mhoW41CGBKWS0wJJEqTxBIciUCNctpKb-TX18a9vXHVnnyfSfAFlHe1tqTv46ix-YYvBzhDg_9cQWuMCugME3ZmB92dUegX0nbp8Ph3QIm1SF9PRDPT2271c7ppC4gC3iXh2qvBirzH6WmSu4PxeUCHDusgfWBKhyrvyjw37KZiWDUHvrxiCEYGhMbjAbEe7Rt_kuOMtUEGwC54raw1US_jtLFq0yhgJg2MXFGzZDZeZ-C2RIXtUJcPXjZrdW1hX9gnkX4SJCyJpk_YvApYA4Q3Rngminw8qZ5rrabGZhegYxvFX3bGROO666cQDeU4nNGAtqrlSDm6zyOlzQlSnkCfDUAhygcyqh-nZMbdR6ufDdVA5AqcgTbb2FK52RkEQQQBNpC4wT34Z9yqtM-HxgxvkeuOXLPWN8EZXSUFs-3MsAYfEv88_8WZj1H9YX4rpkzBD5iXAdS1SPkFA2fcBZN_RV_VBgRqIC8523a1GzzVnzkklbeFyb9dJ9CQR4jYbSojzUlAfqusC2TP9FTqACthB0hlsxDdnkeGg=w800-h58-no

Agora que você já sabe que a palavra “Soccer” não foi uma invenção americana, está na hora de saber um pouco mais sobre as ligas que compõem o futebol nos EUA.

Para quem deseja conhecer a história e o momento atual do soccer norte-americano é preciso se acostumar com várias siglas. Assim como nos chamados “esportes americanos” precisamos temos as siglas NBA, NFL, MLB e NHL, no soccer precisamos nos acostumar como várias outras siglas, tais como NASL, USL e MLS. O uso de siglas faz parte da cultura esportiva dos Estados Unidos e é melhor não tentar escapar se o interesse é conhecer mais a respeito.

A federação responsável pelo futebol nos Estados Unidos é a United States Soccer Federation (USSF) filiada à FIFA desde 1913, um ano antes da antiga Confederação Brasileira de Desportos (CBD, atual CBF) ser fundada e uma década antes da filiação dela à FIFA. Também conhecida como US Soccer, a USSF optou por administrar apenas o futebol profissional, permitindo que o futebol semiprofissional e amador ficasse aos cuidados de uma associação subordinada a ela, a United States Adult Soccer Association (USASA).

Já vi várias vezes pessoas, inclusive jornalistas esportivos, falando que não há hierarquização entre as ligas de futebol nos EUA porque não há promoção/rebaixamento entre elas. Essa é uma ideia equivocada, pois desde 2010, por conta do imbróglio envolvendo a USL e a recém-criada NASL, a US Soccer estipulou critérios para determinar as três divisões do futebol profissional.

Os principais critérios para cada uma das divisões são os seguintes:

Division I (D1)

  • Mínimo de 12 franquias, aumentando para 14 após três anos de existência da liga;
  • As franquias norte-americanas devem estar localizadas em três fusos horários do país (Eastern, Central, Pacific);
  • 75% das franquias devem estar localizadas em áreas metropolitanas com pelo menos um milhão de habitantes;
  • Estádios com capacidade mínima para 15 mil pessoas;
  • O proprietário principal da franquia deve ter um patrimônio líquido de 40 milhões de dólares;
  • Somado com o patrimônio dos demais proprietários da franquia, o patrimônio líquido mínimo deve ser de 70 milhões de dólares.

Division II (D2)

  • Mínimo de 8 franquias, aumentando para 10 após três anos de existência da liga e para 12 franquias após seis anos de existência;
  • As franquias norte-americanas devem estar localizadas em dois fusos horários continentais do país e em três fusos (Eastern, Central, Pacific) após seis anos;
  • 75% das franquias devem estar localizadas em áreas metropolitanas com pelo menos 750 mil habitantes;
  • Estádios com capacidade mínima para 5 mil pessoas;
  • O proprietário principal da franquia deve ter um patrimônio líquido de 20 milhões de dólares.

Division III (D3)

  • Mínimo de 8 franquias;
  • Estádios com capacidade mínima para mil pessoas;
  • O proprietário principal da franquia deve ter um patrimônio líquido de 10 milhões de dólares.

Pode parecer estranho as ligas se organizarem em uma hierarquia quando não há promoção/rebaixamento, mas para os proprietários das franquias, a determinação de níveis facilita a definição do status de uma liga para o mercado, mesmo quando inferior a outra, bem como a busca por patrocínios, contratos de TV e até a expansão da liga com novas franquias, algo que ficava muito vago, antes da definição desses critérios.

Com a definição dos critérios em 2010, a partir de 2011 até o ano passado, a hierarquia do futebol profissional nos Estados Unidos estava da seguinte maneira: MLS (Division I), NASL (Division II) e USL (Division III). Contudo, uma profunda crise financeira abalou a NASL no final de 2016 e a configuração das três divisões do futebol profissional foi alterada pala USSF no início de 2017 e até o fim do ano, a Division III está vaga com a NASL e USL ocupando simultaneamente a Division II. Complicado? Em outro momento explico melhor as brigas entre a NASL e a USL.

Abaixo da três divisões profissionais estão as ligas semiprofissionais e amadoras administradas pela USASA com permissão da USSF. Ao todo são sete ligas que não estão dispostas hierarquicamente, mas que na prática são hierarquizadas. Na 4ª divisão temos a Premier Development League (PDL) e a National Premier Soccer League (NPSL), na 5ª divisão temos a USASA Elite Amateur Leagues, a American Soccer League (ASL) e a Premier League of America (PLA) e na 6ª divisão temos a United States Adult Soccer Association (USASA) e US Club Soccer (USCS).

Para o save, como eu disse no início do tópico, teremos quatro ligas: a MLS, a NASL, a USL e a PDL. 

  • Upvote 7

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Maiiron_

Me interessa como tu vai manter a carreira dentro da liga sendo um treinador, a princípio, do quarto escalão. Se ganha o quarto escalão, não sobe e fica ali, estagnado. Pergunta sobre draft e contratações: Tem draft no quarto escalão e os tetos de salário são iguais?

  • Upvote 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Danut

Uma coisa que eu acho curioso é esse sistema de planejamento de regiões das quais devem vir as franquias e tal (aliás, puta termo horroroso, franquia - ele meio que sintetiza todo o meu asco pela forma estadosunidense de fazer esporte). Fazendo o save do Union Berlin li mais sobre a organização do futebol na Alemanha Oriental, e lembra muito isso. A ideia de que precisa de times de certas regiões na divisão principal, de uma organização central que cuida quais os times que as pessoas irão torcer e tal. É muito curioso ver dois sistemas de sociedade tão diferentes entre si, mas que acabam se aproximando tanto nessa ideia.

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


  • Conteúdo Similar

    • daniel pilha1979
      Por daniel pilha1979
      Olá Pessoal, 
      Minha primeira postagem no forum . E gostaria que não fosse uma pergunta que avredito ser bem besta.
      Eu acabei de jogar a temporada 2016 com o presidente prudente , segunda divisão do paulista, terminei em quinto com  o time jogando muito bem na fase final, imaginei que em 2017 fosse começar outra temporada para tentar o acesso para serie A, porem nada estrava no calendario , é como se o time em 2017 não participasse de nenhuma competição...Ai pedi demissão e fui contratado em janeiro de 2017 para treinar o juventude na serie B, porem de novo fui ver o calendario e para esta temporada só existem alguns jogos da copa do brasil...nada de brasiliero serie B ...OQ estou entendendo ou fazendo de errado?
      Desculpe a pergunta mas nunca joguei versões anteriores do FM
      Agradeço qualquer ajuda que puderem dar para esclarecer essas duvidas...
    • cheirador
      Por cheirador
      Crash Dumps

      O que é: Crash Dump é o nome genérico para qualquer crash que pode ocorrer durante o jogo. Um arquivo é gerado sempre que ocorre um Crash Dump. Deletar esse arquivo não vai solucionar o seu problema com Crash Dump, o arquivo apenas contém informações do erro.
      Primeiro de tudo, se o seu jogo é pirata, não há solução para o crash dump, o negócio é deixar de lado a pirataria e juntar o dinheiro pra comprar o jogo original. O FManager Brasil lhe presenteia com 25% de desconto no jogo na Nuuvem. E ainda há algumas datas específicas em que o jogo fica mais barato na Steam
      Soluções: 
      Apagar todo tipo de gráfico personalizado. Infelizmente, as faces, logos, kits, skins e relacionados pesam muito para o jogo, e isso pode ser notado durante o andamento do jogo, que será prejudicado. Por segurança, faça backup dos gráficos, pois o erro pode ser outro. Apagar seus arquivos de configuração. 
      Windows XP: (FM 2016 não é compatível com esse OS)
      1. Pressione Iniciar
      2. Escreva na caixa de pesquisa: %appdata%
      3. Procure e entre na pasta Sports Interactive
      4. Procure a pasta Football Manager 20xx (não procure pela pasta Football Manager 2016, essa versão não está disponível no Windows XP)
      5. Delete a pasta Preferences.
      Windows Vista/7
      1. Pressione o ícone Windows
      2. Escreva na caixa de pesquisa: %localappdata%/sports interactive/football manager 20xx
      3. Delete a pasta Preferences
      Windows 8/10
      1. Vá no Desktop
      2. Abra uma pasta qualquer no explorador de arquivos do Windows
      3. Na barra de endereço, pesquise: %localappdata%/sports interactive/football manager 20xx
      4. Delete a pasta Preferences Verifique o seu cachê do jogo.
      - Abra a Steam
      - Na biblioteca, clique com o botão direito do mouse em cima do jogo, e selecione "Propriedades"
      - Selecione e aba "Arquivos Locais" e clique em "Ver a integridade do Cachê do jogo"
      - Steam vai verificar os arquivos do jogo - o processo pode demorar muitos minutos.
      - Quando o processo estiver terminado, a janela de checagem irá fechar automaticamente. Renderização da GPU
      1. No jogo, vá em Preferências
      2. Selecione, Interface
      3. Dentro do painel 'General' mude o 'modo de renderização' de 'GPU Assistida' para 'Software'
      4. Clique no botão "Confirmar"
      Mais informações (em inglês) Reportar o erro a SI
      Se nenhuma das alternativas anteriores resolveu seu problema, registre-se no Fórum Oficial da SI e crie seu tópico no sub-fórum de Problemas Técnicos e Crashes
      Informe os erros e espere que alguém da SI ou outro membro lhe ajude.

      Se o erro acontece sempre na mesma data ou ocasião, procure no fórum, pode ser que o problema possa já ter sido resolvido, e aplique as instruções no seu jogo. Fontes: FMScout - adaptado
      Fórum Oficial da SI Games
    • cruz7979
      Por cruz7979
      Meu fm quando vai criar uma nova carreira, sai do jogo e da essa mensagem ''Erro Fm 2017 17.3.2f970983, parou de funcionar'', me ajudemmm
    • vinny_dp
      Por vinny_dp

      História
      Conhecida por muitos como terra natal de Napoleão (nascido pouco tempo após a anexação francesa), a Córsega é uma ilha situada no Mediterrâneo que pertence à França.
      A Córsega é uma ilha pequena, de pouco mais de oito mil e quinhentos quilômetros quadrados. Suas principais cidades são Bastia e Ajaccio, capital regional e, no total, a ilha tem cerca de trezentos e vinte mil habitantes.

      Ilha da Córsega
      Apesar de pertencente à França, a proximidade com a Itália e o fato de ter sido parte do Reino de Gênova de 1347 a 1769 (quando a ilha foi vendida aos franceses) ligaram a população de tal maneira aos italianos que foi necessário o uso de força militar para que se completasse a anexação.
      Dentre esse período de mais de 400 anos, a ilha foi independente por 14 anos (1755-1769) e sua constituição foi redigida em italiano e corso.

      Bandeira da Córsega
      Desde que se tornou território francês a ilha foi colocada sempre em segundo plano. Na década de 1950 cogitou-se a criação de uma base para testes nucleares no local, além de ter havido a imigração de um grande número de argelinos que fugiam da crise que levou a independência do país. Situações essas que desencadearam um forte sentimento nacionalista na Córsega, causando o confronto entre os partidários dessa causa e a polícia.
      Outro fator importante nessa questão é que o idioma corso não é ensinado nas escolas da ilha, por determinação do governo. Esses fatores combinados fazem com que a Córsega possua diversos grupos nacionalistas, nas mais variadas frentes de ação, desde da pacífica até a que faz uso de ataques terroristas.
      O futebol na ilha
      No futebol, a ilha é representada pela seleção da Córsega. No entanto ela participa de jogos apenas em caráter amador e não filiada a FIFA e a UEFA.
      Oficialmente, a seleção disputou apenas seis amistosos: o primeiro, em 1967, foi contra a França, país que administra a ilha; em 1998, um amistoso preparatório contra Camarões (vitória africana por 1 a 0); outro em 2009, contra o Congo; dois amistosos em 2010, contra Gabão e Bretanha, e o último foi em 2011, contra a Bulgária.
      Desde então, o selecionado fez apenas mais um amistoso, contra um combinado de jogadores internacionais, em 2012. Entre times de futebol, fez três partidas, contra Nice (1962), Stade de Reims (1963) e Juventus (1992).
      Sem estádio fixo, a seleção da Córsega manda seus jogos nos principais estádios da ilha (Armand Césari, em Bastia, François-Coty, em Ajaccio, e Ange Casanova, também em Ajaccio).
      Os principais clubes da Córsega são o GFC Ajaccio, que tem como maior feito a chegada as semis da Copa da França em 2011-2012, o AC Ajaccio que é bicampeão da Ligue 2 (1966-1967,2001-2002) e o SC Bastia, o mais bem-sucedido dos três, tendo conquistado uma Copa da França (1981), um bicampeonato da Ligue 2 (1967-1968, 2011-2012) e uma Supercopa da França (1972).
      O Save
      Depois de duas tentativas frustradas de emplacar uma história aqui, começo mais uma vez. Agora, quero fazer um save de clube, focado em um dos clubes da região, buscando seu desenvolvê-lo o máximo possível.
      Apesar de toda a tendência nacionalista do local, quero trazer uma proposta de agregação. Por isso, aceitarei no time jogadores de países que foram colônias francesas e hoje sofrem com a discriminação. 
      É claro que em termos de FM buscarei implementar essa ideia com coerência, mantendo uma maioria francesa.
    • GabrielMelo
      Por GabrielMelo

       
      Irineu na seleção brasileira de 2028 e tratado como prodígio, rsrsrs
×