Jump to content

Darknite
 Share

Recommended Posts

VsYVgHP.png

E aí pessoal!

Depois de ler tantas histórias pela área, finalmente me motivei a contar a minha primeira história por aqui. Sempre tive vontade de contar meus saves, mas somente agora consegui tirar tempo para isso.

Este save será no modo carreira e se passará no Leste Europeu, uma parte da Europa que sempre me atraiu mas acabei por nunca jogar por lá. Joguei apenas na Rússia, que não será uma das ligas jogáveis neste save. Além disso, acho interessante fugir do padrão e conhecer um pouco dessas ligas alternativas europeias.

 

Mais abaixo, na sessão das Ligas selecionadas, vocês poderão ver que apenas a Moldávia possui a 2ª Divisão jogável, e é lá mesmo que o save começa!

Escolhi a Moldávia pois é o país de um clube que eu simpatizo bastante, o Sheriff Tiraspol. Mas, de início não treinarei ele, pois acho que treinar o clube mais forte do país logo de cara tiraria um pouco da graça.

 

O save não será de ficção, mas, mesmo assim criei um personagem cuja história será contada no próximo post.

Dividirei o save em 7 capítulos, sendo um para cada um dos países selecionados como jogáveis inicialmente.

A DB utilizada será a do update 14.3.0 do FM 2014.

 

Ligas selecionadas

X7OGP17.png

*Depois de preparar o print acima, resolvi adicionar também as ligas do Brasil, Alemanha, Inglaterra e Itália como "Ver Apenas".

**Em virtude de problemas com a Liga da Bielorrússia, a Liga da Bulgária entrou em seu lugar. Explicação aqui.

 

Objetivos do save

 - Conquistar o campeonato nacional de cada um dos 7 países jogáveis:

 - Moldávia FhhnSpM.jpg

 - Armênia FhhnSpM.jpg

 - Geórgia FhhnSpM.jpg

 - Romênia FhhnSpM.jpg

 - Bulgária 65cI3LM.gif

 - Cazaquistão 65cI3LM.gif

 - Estônia 65cI3LM.gif

 - Classificar ao menos um clube da cada país para a fase de grupos da Champions League:

 - Moldávia FhhnSpM.jpg

 - Armênia FhhnSpM.jpg

 - Geórgia FhhnSpM.jpg

 - Romênia FhhnSpM.jpg

 - Bulgária 65cI3LM.gif

 - Cazaquistão 65cI3LM.gif

 - Estônia 65cI3LM.gif

 - Acabar com a hegemonia do Sheriff Tiraspol na Moldávia FhhnSpM.jpg

 - Treinar o Sheriff Tiraspol FhhnSpM.jpg

 - Classificar o Sheriff para as Oitavas-de-final da Champions League FhhnSpM.jpg

 - Conquistar a Champions League 65cI3LM.gif

 

Histórico

VpIYfOk.png 2013/2014 - 0g2ZKL1.png Sfintul Gheorghe Suruceni

Divisão A - Campeão (Promovido)

Copa da Moldávia - Eliminado nas Oitavas-de-final

 

VpIYfOk.png 2014/20150g2ZKL1.png Sfintul Gheorghe Suruceni

Divisão Nacional - 4º lugar

Copa da Moldávia - Campeão

 

VpIYfOk.png 2015/20160g2ZKL1.png Sfintul Gheorghe Suruceni

Divisão Nacional - 2º lugar

Copa da Moldávia - Campeão

Europa League - Eliminado na 3ª Fase de Qualificação

 

VpIYfOk.png 2016/20170g2ZKL1.png Sfintul Gheorghe Suruceni

Divisão Nacional - Campeão

Copa da Moldávia - Eliminado na Semifinal

Europa League - Eliminado na Fase de Grupos (4º lugar)

 

VpIYfOk.png 2017/2018 - ii5WUft.png Sheriff Tiraspol

Divisão Nacional - Campeão

Copa da Moldávia - Campeão

Europa League - Eliminado nos 16-avos-de-final

 

VpIYfOk.png 2018/2019ii5WUft.png Sheriff Tiraspol

Divisão Nacional - Campeão

Copa da Moldávia - Campeão

Champions League - Eliminado nas Oitavas-de-final

 

Fh8JE1r.png 2019/2020 - MDZwzug.png Shirak Gyumri

Divisão de Honra - Campeão

Copa da Armênia - Vice-Campeão

Europa League - Eliminado nos 16-avos-de-final

 

Fh8JE1r.png 2020/2021 - MDZwzug.png Shirak Gyumri

Divisão de Honra - Campeão

Copa da Armênia - Campeão

Champions League - Eliminado na 3ª Fase de Qualificação

Europa League - Eliminado nas Quartas-de-final

 

Fh8JE1r.png 2021/2022 - MDZwzug.png Shirak Gyumri

Divisão de Honra - Campeão

Copa da Armênia - Campeão

Champions League - Eliminado na Fase de Grupos (3º lugar)

Europa League - Eliminado nas Oitavas-de-final

 

B996SZA.png 2022/2023 - piu84ry.png Torpedo Kutaisi

Liga Umaglesi - 3º lugar

Copa da Geórgia - Eliminado na Semifinal

 

B996SZA.png 2023/2024 - piu84ry.png Torpedo Kutaisi

Liga Umaglesi - Campeão

Copa da Geórgia - Campeão

Europa League - Eliminado nas Quartas-de-final

 

B996SZA.png 2024/2025 - piu84ry.png Torpedo Kutaisi

Liga Umaglesi - Campeão

Copa da Geórgia - Campeão

Champions League - Eliminado na Fase de Grupos (3º lugar)

Europa League - Eliminado na Semifinal

 

KJi0xoa.png 2025/2026 - 4t5kSto.png Universitatea Cluj

1ª Liga Romena - 5º lugar

Copa da Romênia - Vice-Campeão

 

KJi0xoa.png 2026/2027 - 4t5kSto.png Universitatea Cluj

1ª Liga Romena - 2º lugar (parcial)

Copa da Romênia - Oitavas-de-final (parcial)

Europa League - 1º lugar na Fase de Grupos (parcial)

 

KJi0xoa.png 2026/2027 - wcIrwuw.png Dínamo Bucareste

1ª Liga Romena - 2º lugar

Copa da Romênia - Eliminado na Semifinal

 

KJi0xoa.png 2027/2028 - wcIrwuw.png Dínamo Bucareste

1ª Liga Romena - Campeão

Copa da Romênia - Eliminado na Semifinal

Champions League - Eliminado na Semifinal

 

KJi0xoa.png 2028/2029 - wcIrwuw.png Dínamo Bucareste

1ª Liga Romena - Campeão

Copa da Romênia - Campeão

Champions League - Eliminado na Fase de Grupos (3º lugar)

Europa League - Campeão

Link to comment
Share on other sites

Bacana a proposta do save, principalmente por explorar ligas poucos comuns Agora só uma curiosidade: por quê ganhar uma Champions com um time da Romênia e não de outro país? Está relacionado ao personagem?

Link to comment
Share on other sites

Bacana a proposta do save, principalmente por explorar ligas poucos comuns Agora só uma curiosidade: por quê ganhar uma Champions com um time da Romênia e não de outro país? Está relacionado ao personagem?

Não tem a ver com o personagem não. Só gostaria de ganhar a Champions com algum clube e como a Romênia tem a liga mais forte, pensei que ficaria mais "fácil" com algum clube de lá.

Pensando bem, não faz muito sentido mesmo. Vou alterar o objetivo para somente "Ganhar a Champions League".

Obrigado!

Link to comment
Share on other sites

boa sorte..

tem muitas ligas que nunca vi alguem jogando

tirando ucrania e russia, gostei das ligas

+ os objetivos ficaram muito confusos

disse que quer acabar com a hegemonia de um clube, mas ao mesmo tempo quer treina-lo e leva-lo a champions liga.

ou tu quer ultrapassa-lo ou tu quer ve-lo como vencedor, não? kkkkk

boa sorte

Link to comment
Share on other sites

boa sorte..

tem muitas ligas que nunca vi alguem jogando

tirando ucrania e russia, gostei das ligas

+ os objetivos ficaram muito confusos

disse que quer acabar com a hegemonia de um clube, mas ao mesmo tempo quer treina-lo e leva-lo a champions liga.

ou tu quer ultrapassa-lo ou tu quer ve-lo como vencedor, não? kkkkk

boa sorte

Mais ou menos, hahaha.

É o seguinte, o Sheriff conquistou o Campeonato Moldavo por 12 vezes nas últimas 13 temporadas e é, disparado, o clube mais forte da liga. Sendo assim, primeiro quero quebrar a hegemonia deles, utilizando outro clube. E depois, no futuro, tenho o objetivo de treiná-lo.

Obrigado!

Link to comment
Share on other sites

Parabéns e Boa sorte amigo!

Provavelmente vai ser uma coisa bem difícil no começo, mas com calma tudo se ajeita!

Link to comment
Share on other sites

Boa sorte.

Esse tanto de ligas alternativas, vem tudo de um arquivo único?

Link to comment
Share on other sites

Muito que tenha decidido postar um save. Legal mesmo. Boa sorte para o save.


Obrigado! Estou empolgado. :happy_grin3:

Parabéns e Boa sorte amigo!
Provavelmente vai ser uma coisa bem difícil no começo, mas com calma tudo se ajeita!


Obrigado! Eu espero ter dificuldades sim, do contrário não teria graça, não é mesmo?

Boa sorte.

Esse tanto de ligas alternativas, vem tudo de um arquivo único?


Sim, todas as ligas vieram em um arquivo só. Retirei deste tópico aqui.

Obrigado!

G4SgeBA.png

Apresentação do Treinador

Este save conta a história de Fernando Kovalenko, Brasileiro, descendente de russos, nascido no Rio Grande do Sul, em 1977.

Oriundo de família humilde, Fernando teve uma infância difícil. Não tinha muitos amigos e também não tinha muitos brinquedos. Sua irmã era 10 anos mais velha, e a diferença de idade era um empecilho na hora das brincadeiras. Entusiasmado com a Copa do Mundo de 1982 e pelas glórias de seu clube do coração, o Grêmio, Fernando passava as tardes jogando bola sozinho em um campinho de terra que havia atrás de sua casa.

Tinha um sonho comum entre as crianças brasileiras: ser jogador de futebol. E, em seu caso, era um sonho plenamente possível, pois tinha bastante talento com a bola nos pés. Na escola, era um dos melhores jogadores da sua turma, apesar do porte físico. Sempre foi o mais baixinho de sua turma, e isso acabaria sendo um empecilho no sonho de virar jogador. Recebera de seu Pai, a promessa de que quando completasse 14 anos seria levado para fazer um teste em seu time de coração, o Grêmio. Promessa, que infelizmente não foi cumprida pois um acidente de trânsito tirara a vida de seus pais em 1990, quando Fernando ainda tinha 13 anos.

Em 1993 Fernando distanciou-se de sua irmã, pois ela resolvera largar tudo e morar na Rússia, país de seus antepassados. Lá, encontrou um empresário moldavo, casou-se com ele e mudou-se para Tiraspol, na Moldávia. Após a morte dos pais, Fernando foi acolhido por seus tios até que pudesse se virar sozinho. A promessa era de que viveria com eles até que completasse 18 anos. E quando isso aconteceu, em 1995, Fernando decidiu mudar-se para junto de sua irmã, na Moldávia.

Chegando na Moldávia, resolveu fazer um teste em um clube profissional de Tiraspol, o já extinto Tiligul, que havia conquistado a Copa da Moldávia nos 2 anos anteriores. Simplesmente por ser brasileiro, Fernando foi tratado como craque, "o novo Romário", e foi aceito no clube sem fazer sequer um teste. Lá, passou a ser conhecido pelo seu sobrenome: Kovalenko.

Sem ter experiência nenhuma no futebol profissional e com porte-físico desprivilegiado, Kovalenko foi um total fracasso.
Suas únicas qualidades eram o drible e a velocidade, e isso, somado ao fato de ser brasileiro, lhe garantiram 2 temporadas completas no clube. Sua passagem pelo Tiligul terminara com apenas 9 jogos disputados, nenhum gol marcado, mas um título: A Copa da Moldávia de 1995.

Em 1997, Kovalenko recebeu a oportunidade de integrar o elenco inaugural do recém criado FC Sheriff Tiraspol, que disputaria a 2ª Divisão Nacional.
Apesar de ter marcado seu primeiro gol profissional pelo Sheriff, sua passagem por lá também foi um fracasso. Em 2 temporadas no time principal foram 14 jogos disputados e somente 1 gol marcado. Na temporada 1999/2000 acabou sendo despromovido para a equipe de reservas, o Sheriff-2, que disputava a 2ª Divisão Nacional. Ficou 2 temporadas por lá, jogando poucos jogos e sem marcar gols.

Mesmo com os insucessos, Kovalenko era bastante querido pela diretoria do clube. Mas, frustrado com os próprios fracassos, Kovalenko decidiu aposentar-se como jogador em Maio de 2003, aos 25 anos. Após a aposentadoria precoce, foi convidado a permanecer no clube e a auxiliar nas categorias de base.

E assim foi, o Sheriff cresceu e tornou-se o maior clube do país, vencendo o campeonato moldavo por 12 vezes nas últimas 13 edições.
Kovalenko também cresceu profissionalmente, até chegar a posição de auxiliar do treinador da equipe principal.

Mas Kovalenko queria mais... Após exercer a função de auxiliar técnico por 5 anos, resolveu pedir demissão e tentar sua sorte como treinador.

Próximo post: Apresentação da equipe

Curiosidade

O personagem Fernando Kovalenko foi inspirado no meu primeiro "ídolo" dos jogos manager: o ucraniano Serhiy Kovalenko.
Lá por meados de 2004 eu jogava CM 01/02 (utilizando um update de 2004), treinando o pequeno Alzano (hoje AlzanoCene), das divisões inferiores da Itália. Kovalenko jogava de atacante e tinha recém começado a carreira profissional na Juventus. Acabei contratando ele ainda jovem (tinha 17 anos, em 2001) e completamente por acaso.
Consegui levar o pequeno Alzano da Série C2 (4ª Divisão) até a Champions League, no que foi o meu primeiro grande sucesso no jogo. E Kovalenko foi protagonista durante todo esse tempo, sendo artilheiro em praticamente todas as competições. Sendo assim, virou meu primeiro grande "ídolo" do jogo.

Link to comment
Share on other sites

Que história Triste T.T

Boa sorte Kovalenko!!!

Link to comment
Share on other sites

Boa sorte cara, gosto de ver saves assim, é muito mais legal do que pegar um Real Madrid com 780M de euros de transferência na primeira rodada e achar que é divertido kkk

Link to comment
Share on other sites

Boa sorte, a proposta é interessantíssima e as ligas são realmente desconhecidas. De todo modo, cria-se um desafio interessante para o futuro, principalmente porque ao ser o treinador de equipes mais fracas, torna-se bastante possível a evolução horizontal (sair da 2ª divisão de uma Liga maior para a 1ª de uma menor, embora mantenha-se na mesma faixa de reputação) e nem tanto da vertical, como somos acostumados a ver. Bem interessante mesmo o desafio, vou acompanhar.

Link to comment
Share on other sites

Que história Triste T.T

Boa sorte Kovalenko!!!

É triste até agora. Quem sabe a vida como treinador reserva melhores dias ao Kovalenko.

Boa sorte cara, gosto de ver saves assim, é muito mais legal do que pegar um Real Madrid com 780M de euros de transferência na primeira rodada e achar que é divertido kkk

Concordo, é muito mais divertido. É costume meu jogar com times pequenos/médios, acho que a última vez que eu joguei com um clube grande foi com o Milan lá no FM06 ou 07.

Obrigado!

Boa sorte, a proposta é interessantíssima e as ligas são realmente desconhecidas. De todo modo, cria-se um desafio interessante para o futuro, principalmente porque ao ser o treinador de equipes mais fracas, torna-se bastante possível a evolução horizontal (sair da 2ª divisão de uma Liga maior para a 1ª de uma menor, embora mantenha-se na mesma faixa de reputação) e nem tanto da vertical, como somos acostumados a ver. Bem interessante mesmo o desafio, vou acompanhar.

Obrigado! Foi mais ou menos com esse pensamento "horizontal" que tive a ideia deste save, só a Liga Romena foge um pouco e está acima das outras.

Link to comment
Share on other sites

G4SgeBA.png

 

Temporada 2013/2014

Capítulo I: Moldávia

 

X6pcPew.png

Após longas conversas, Kovalenko assinou o seu primeiro contrato como treinador profissional. Irá treinar o FC Sfîntul Gheorghe da cidade de Suruceni e que disputará a Divisão A da Moldávia (2ª Divisão) na temporada 2013/2014.

 

O clube

O FC Sfîntul Gheorghe é um clube de futebol semi-profissional localizado na pequena cidade de Suruceni, na região central da Moldávia. O Sfintul atualmente disputa a Divisão A, o que é equivalente à 2ª Divisão do futebol da Moldávia.

O clube foi fundado em 2003, mas profissionalizou-se apenas em 2008. Antes disso, o clube mantinha apenas escolinhas de futebol para jovens entre 10 e 18 anos. O clube decidiu tornar-se profissional após conquistar o Campeonato Nacional Sub-18 da Moldávia em 2007.

A primeira temporada profissional do clube foi em 2008/2009, onde o clube disputou a Divisão A.Neste mesmo ano, o clube foi promovido para a principal divisão do futebol moldavo, a Divisão Nacional. O clube permaneceu na Divisão Nacional por 3 temporadas, quando foi rebaixado para a Divisão A, onde encontra-se desde então.

A sala de troféus do clube é praticamente vazia, contendo somente troféus das categorias de base.

A melhor colocação do Sfintul na Divisão Nacional foi um 10º lugar entre 12 equipes. Na Copa da Moldávia, o máximo que o clube conseguiu foi chegar às quartas-de-final por 2 vezes.

DZ8uUfZ.png

 

Infraestruturas

O Sfintul Gheorghe disputa suas partidas no acanhado Suruceni Stadium, que possui capacidade para 2.000 espectadores.

O clube dispõe de uma academia para jovens regular, porém acima da média no país.
 

 

rAigrZH.png

Suruceni Stadium

 

Expectativas da Temporada

A Divisão A é disputada por 14 equipes, sendo que 4 delas são equipes "B" de clubes da Divisão Nacional. Os 2 melhores colocados são promovidos para a Divisão Nacional, e os 3 últimos são rebaixados.

 
A previsão da imprensa para o Sfintul é um modesto 7º lugar.

O Nistru Otaci foi punido pela federação com a perda de 50 pontos (!!!) e já começa a competição praticamente rebaixado.

Com isso, das 14 equipes, apenas 9 brigarão pela promoção e uma delas é o Sfintul Gheorghe.

 

Plantel

Quando cheguei a Suruceni, encontrei uma equipe formada praticamente só por jogadores da base do clube. Apesar de encontrar alguns jovens talentos, no geral a qualidade da equipe principal estava muito abaixo do esperado. Com isso, resolvi ir ao mercado em busca de novos jogadores.

Ao todo foram contratados 11 jogadores, sendo 10 deles contratados por mim. A exceção foi o nigeriano Christopher Omoseibi, que foi contratado pela diretoria.

SHFf1G4.png

 

Após as transferências, o elenco foi fechado. Acredito que temos uma boa equipe e que possamos brigar firmemente pela promoção para a Divisão Nacional.

Os grandes destaques da equipe são justamente os mais veteranos, Eduard Grosu de 33 anos e Iulian Bursuc de 36.

Entre os novos contratados, as esperanças recaem sobre o meia-atacante Andrei Secrieru, de 29 anos e o russo Nikita Kozlov, de 22.

Cinco dos jogadores do elenco estão emprestados ao clube, mas o Sfintul não é responsável por pagar os seus ordenados.

oYEZ4yJ.png

 

Curiosidade

Sfîntul Gheorghe em romeno significa "São Jorge", santo padroeiro da Moldávia e que é homenageado no nome e escudo do clube.

 

Link to comment
Share on other sites

Achei bem legal a homenagem aos seu ídolo do FM, o Kovalenko.

Também achei interessante a escolha do clube e o desafio parece interessante.

Boa sorte.

Link to comment
Share on other sites

Vai ser um desafio e tanto, mas não entendi essa do time perder 50 pontos, teve algum motivo explicado pelo FM ou já começou assim? kkkk

Boa sorte nos primeiros jogos no comando do clube!

Link to comment
Share on other sites

Curiosa a situação da perda de 50 pontos. Essa perda é cumulativa para as próximas temporadas, caso o time não alcance os 50 pontos nessa, será?

Bom jogo!

Edited by maiconandrade
Link to comment
Share on other sites

 

Achei bem legal a homenagem aos seu ídolo do FM, o Kovalenko.
Também achei interessante a escolha do clube e o desafio parece interessante.
Boa sorte.

 

Valeu!

 

Vai ser um desafio e tanto, mas não entendi essa do time perder 50 pontos, teve algum motivo explicado pelo FM ou já começou assim? kkkk

 

Boa sorte nos primeiros jogos no comando do clube!

 

Sinceramente, eu também não entendi. E o FM não explica o porquê dessa punição. Eu pesquisei alguns sites para tentar descobrir o que aconteceu, mas só consegui descobrir que, na vida real, o clube não disputou a temporada, sendo rebaixado direto.
Obrigado!

 

Curiosa a situação da perda de 50 pontos. Essa perda é cumulativa para as próximas temporadas, caso o time não alcance os 50 pontos nessa, será?

 

Bom jogo!

 

Acho que não é cumulativo não, até porque o clube provavelmente será rebaixado e não disputará essa divisão na próxima temporada.

Obrigado!

 

 

 

G4SgeBA.png

 

Temporada 2013/2014

Jogos

J7PxKIJ.png
 
A nossa pré-temporada foi cheia de altos e baixos. Ao mesmo tempo em que tivemos resultados constrangedores contra equipes mais fracas, também conseguimos atuações surpreendentes frente a equipes da Divisão Nacional.

Pode-se destacar os jogos contra os rivais de Chisinau, Zimbru e Dacia, que disputam a Divisão Nacional e inclusive já se sagraram campeões. Nas duas partidas, o Sfintul dominou grande parte das ações do jogo e no fim, o placar foi o mesmo: 3x1.

© Zimbru | © Dacia

 

A nossa estreia em jogos oficiais foi simplesmente sensacional. Fomos até Chisinau enfrentar a equipe "B" do Dacia, uma das mais fortes da divisão, e os donos da casa não tiveram a menor chance. Foram simplesmente massacrados por uma atuação sem erros da nossa equipe.

Na frente, os jogadores aproveitaram todas as chances que tiveram, e atrás, as poucas oportunidades do Dacia-2 esbarravam no nosso goleiro Cerga. No fim, ainda tivemos Muscalu expulso depois de uma entrada infantil no meio de campo. Mas isso não alterou o placar do massacre: 6x0.

3FpIi6c.png

 

Depois do jogo contra o Dacia-2, enfrentamos outra forte equipe "B" em casa, o Sheriff-2. Assim como no jogo anterior, não demos a mínima chance para o adversário e nossa superioridade em campo foi ainda maior do que o jogo da estreia. Mas os nossos atacantes não estavam tão inspirados e perderam inúmeras oportunidades de alargar o placar.

O placar de 3x0 foi todo construído no primeiro tempo, enquanto que no segundo tempo diminuímos o ritmo e só administramos a partida.
A partida marcou a estreia de Omoseibi, que teve atuação surpreendente, marcando 1 gol e dando 1 assistência.
 
ImLzUdv.png

 

Mas, passada a euforia das 2 primeiras partidas, encontramos as nossas primeiras dificuldades justamente contra as equipes mais fracas da divisão. Nos empates contra o Slobozia Mare e o Real Succes contamos com gols salvadores do meia-atacante Naginaylov.

k3y7iNm.png
 
Na nossa estreia na Copa da Moldávia, jogamos em casa contra o Cahul, que disputa a Divisão B (3ª Divisão). Entramos em campo com uma equipe mista, visando poupar alguns titulares já que o adversário não prometia grandes ameaças.

Mas nem tudo são flores. A equipe do Cahul tratou o jogo como uma final de campeonato e nos deu um sufoco no primeiro tempo. Eles abriram o placar com Golban, aos 21' do primeiro tempo. Com muita dificuldade, conseguimos fazer 2 gols em 5 minutos com Erchik e Muscalu e terminamos o primeiro tempo em vantagem.

No segundo tempo, a partida continuou bem parelha e o Cahul esbarrava em uma grande atuação do nosso goleiro Cerga. Enquanto isso, Muscalu e Erchik estavam em uma tarde inspirada e marcaram mais um gol cada.

Ao fim do jogo, o placar mostrava um resultado que não traduziu em nada o sufoco que passamos no jogo: 4x1.
 
rGiDoTT.png

 

Classificação

Após 6 rodadas estamos em 2º, dentro da zona de promoção, atrás apenas do Sheriff-2. Estamos em primeiro entre os clubes elegíveis para a promoção.

mcvtBdZ.png

 

Estatísticas dos Jogadores

No geral, a classificação média dos nossos jogadores é muito boa, sendo que quase todos os jogadores possuem nota média acima de 7 pontos.

O veterano Iulian Bursuc correspondeu às expectativas e foi o nosso melhor jogador até aqui, com uma classificação média de 7,96 pontos nos 5 jogos que participou. Uma lesão o afastou de 2 jogos, o que poderia ter elevado ainda mais a sua média.

O novato Nikita Kozlov também correspondeu e foi o nosso artilheiro com 3 gols até então.

2oI6LJq.png

 

Notícias

A direção anunciou uma parceria com a maior equipe da Moldávia, o Sheriff. A parceria tem foco no empréstimo de jogadores sem custo para o Sfintul Gheorghe, mas como a ligação foi anunciada depois do fim da janela de transferências, nenhum empréstimo foi realizado até agora.

Esta parceria é muito interessante para o Sfintul, pois nosso orçamento para salários já está no limite e caso tivermos alguma carência no elenco, poderemos nos utilizar destes empréstimos sem custo.

Ainda receberemos um pagamento de 10 mil euros por ano, mas esperamos que esta parceria dure somente esta temporada, pois na próxima almejamos encontrar o Sheriff na Divisão Nacional, acabando assim com a parceria.

Próximos Jogos

Link to comment
Share on other sites

contratou bastante jogadores e fez 700 amistosos para ajusta-los ao time hein?!

começou bem.. grande estréia.

Koslov vem sendo fundamental ne

Link to comment
Share on other sites

contratou bastante jogadores e fez 700 amistosos para ajusta-los ao time hein?!

começou bem.. grande estréia.

Koslov vem sendo fundamental ne

Hahahaha. Sim, verdade! Foram 11 amistosos. Destes, os 8 primeiros já estavam programados antes de eu chegar.

Os amistosos contra o Astra II e o Bacau II eu fiz mais pela questão financeira, pois tinham uma boa previsão de bilheteria.

E o último amistoso, contra o Zimbru, foi parte de um acordo por conta da venda de um jogador.

Ainda assim, o time ficou quase 1 mês de folga porque o campeonato só começou na metade de Agosto.

Confesso que ainda tentei marcar mais alguns amistosos, mas os clubes estrangeiros não tinham calendário livre e os clubes moldavos não aceitavam os convites.

Kozlov vem jogando muito bem sim, é titular absoluto.

Link to comment
Share on other sites

Vem com uma campanha bem bacana, que bom!

A próxima sequência está bem dividida, dois times que estão na zona de rebaixamento, dois da parte de cima, mas que são times B e um que está rondando a zona de rebaixamento. São bem aceitáveis cerca de 10 / 11 pontos.

Uma curiosidade, qual o critério que utilizasse para contratações?

Link to comment
Share on other sites

Boa sorte, pretendo acompanhar

Valeu Arthur!

Vem com uma campanha bem bacana, que bom!

A próxima sequência está bem dividida, dois times que estão na zona de rebaixamento, dois da parte de cima, mas que são times B e um que está rondando a zona de rebaixamento. São bem aceitáveis cerca de 10 / 11 pontos.

Uma curiosidade, qual o critério que utilizasse para contratações?

Poisé, por enquanto estou indo bem sim, mas confesso que os tropeços me irritaram um pouco, pois foram contra 3 equipes fracas. Talvez o time tenha entrado com muita confiança. Tenho que melhorar isso para a sequência.

Não posso menosprezar o Nistru Otaci só por eles estarem na zona de rebaixamento, se eles não tivessem sido punidos estariam com 11 pontos e brigando pela ponta. Essa punição deles foi uma pena, pois seriam um bom oponente no restante do campeonato.

Sobre as contratações, posso dizer que foram um "tiro no escuro", hahaha. São todos méritos do olheiro, pois contratei todos os jogadores com base somente nos relatórios dele.

Pedi para ele fazer um relatório dos jogadores livres, excluindo as contratações impossíveis e fui escolhendo jogadores bem avaliados nas posições carentes da equipe.

Acabei dando sorte, pois quase todos eles estão indo muito bem. Mas talvez seja o fraco nível da liga, ou competência do olheiro mesmo. :lol2:

Quando cheguei na equipe, o elenco principal tinha uns 10 ou 12 jogadores da base, mas a maioria era muito ruim e acabaram restando só os 2 que eram bem avaliados nos relatórios (Constantin e Burlacu). O restante foi enviado para a equipe Sub-19.

Link to comment
Share on other sites

que massa, liga distintas. vou acompanhar! se não problema pra você, posta as tática e elenco a cada temporada e tal.

Edited by walterjocoski
Link to comment
Share on other sites

Começou bem a temporada, mesmo com os empates. Creio que mesmo estando no começo do campeonato há muitas chances de conseguir a promoção ainda nesta temporada.

A parceria com o Sheriff é muito boa. Acho que será proveitosa.

Link to comment
Share on other sites

  • GG. changed the title to Uma Aventura no Leste Europeu

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

  • Similar Content

    • Helio Nery
      By Helio Nery
      Tenho os seguintes manager, 2013,2014 e 2015, quem tiver atualização para 2023, me chama no zap 7.5.9.8.8.6.1.1.7.9.5!
    • Henrique M.
      By Henrique M.
      Cada jogador dentro do FM tem uma quantidade de atributos de personalidade ocultos pelo jogo que afetam como ele desempenha seu futebol, como ele se sai nos treinos, como ele interage com os outros jogadores e com o treinador, como ele interage com a imprensa e se adapta a um novo clube.
      Os atributos de personalidades, em conjunto com os atributos mentais Determinação e Liderança são usados para determinar a descrição da personalidade do jogador, que fica no próprio perfil do jogador.
      Os efeitos de cada personalidade são descritos abaixo, seguido por detalhes de quais atributos estão atrelados a cada tipo de personalidade.
      Aprendendo a Personalidade de um Jogador
      Você pode ter uma ideia dos atributos da personalidade de um jogador não apenas pela interpretação da descrição que o jogo lhe dá, mas também observando como o jogador reage a certas situações, como as palestras individuais, quando você tiver uma conversa privada com ele, quando comentários são feitos sobre ele na imprensa ou quando ele mesmo faz comentários na imprensa. Adicionalmente, você deve se manter de olho na satisfação do jogador por qualquer indicação de quais são seus atributos de personalidade.
      Criar Notas na seção adequada da aba "Histórico" pode lhe ajudar a acompanhar e decifrar os atributos do seus jogadores.
      Gerenciando as Personalidades
      Entender a personalidade de um jogador lhe dará uma ideia de como geralmente lidar com ele, como em suas palestras. Por exemplo, se você tiver um jogador com altos atributos em Determinação e Pressão (atributo de personalidade) você poderá ser mais exigente com ele no jogo, enquanto um jogador com baixo atributo tem que ser encorajado ou ter a pressão retirada de suas costas. Similarmente, se muitos dos jogadores tiverem Ambição (atributo oculto) elevada então é sempre bom ser positivo quanto as suas chances em um jogo nas conferências de imprensa.
      Personalidades & Construção do elenco
      É importante tentar construir um elenco com jogadores que tenham personalidades positivas. Esses jogadores terão uma melhor atitude dentro e fora do campo, enquanto podem ser tutores muito úteis para os jovens jogadores, já que passariam características boas para eles. Você pode ter uma ideia de qual personalidade é mais evidente no seu elenco vendo a "Personalidade do Plantel", na aba 'Informação do Clube" da seção "Clube".
      Particularmente, é muito interessante ter um alto número de jogadores com bom Profissionalismo (atributo de personalidade) no elenco. Tais jogadores são os melhores tutores, já que melhorar esse atributo de jovens jogadores ajudarão eles a se desenvolverem rapidamente no futuro e também se aproveitar dos benefícios do Profissionalismo, que serão detalhados abaixo.
      Jogadores com boa Determinação também são benéficos para o elenco, assim como os que tem Ambição. Entretanto, se estiver treinando uma equipe pequena e estiver preocupado com os jogadores querendo sair, ter jogadores com boa Lealdade deve ser preferencial.
      Além disso, construir um elenco com jogadores com personalidades parecidas ajudarão na Harmonia da Equipe, já que será mais provável que seus jogadores desenvolvam uma boa relação entre eles e brigas serão raras, resultando numa moral melhor e melhores resultados em campo.
      Atributos de Personalidade
      Adaptabilidade - O quão bem um jogador se adapta a um novo país, uma nova cultura.
      Ambição - O quanto um jogador quer o sucesso. Jogadores mais ambiciosos se desenvolvem bem mas é mais provável que desejem sair de um time pequeno quando estiver se destacando ou se seu time não ganhar títulos.
      Controvérsia - O quão sincero um jogador vai ser com a imprensa. Jogadores com uma alta Controvérsia tem a tendência de criticarem seus treinadores publicamente.
      Lealdade - O tanto que um jogador deseja permanecer no mesmo clube. Jogadores leais tem menos chances de aceitar uma oferta melhor de outros clubes.
      Pressão - O quão bem um jogador se sai em situações desafiadoras. Quanto mais alto for em um jogador, mais difícil será ele sentir a pressão das expectativas, por exemplo, quando um treinador adversário comenta sobre ele na imprensa, ou quando o time está lutando por títulos ou para escapar do rebaixamento perto do final da temporada, assim como geralmente nas partidas. Se o jogador estiver preocupado ou chateado com alguma coisa, pode significar que ele tem o atributo baixo.
      Profissionalismo - O tanto que um jogador trabalha duro e o tanto que sua atitude geral é boa. Jogadores mais profissionais terão uma atitude excelente fora de campo, por exemplo, responderão bem a algum tipo de disciplina aplicada, como um aviso por uma péssima exibição. Geralmente, costumam se desenvolver bem, aguentam cargas de treinos mais pesadas e tem carreiras longas.
      Desportivismo - O quão ético o jogador é em uma partida. Jogadores mais desportivistas terão menos chances de trapacear, por exemplo, simular faltas e pênaltis e tem mais chances de jogar a bola para fora quando um jogador está machucado.
      Temperamento - O quão calmo um jogador é em situações ruins contra ele. Jogador com um alto temperamento terão menos tendência a se revoltar quando sofrem faltas, quando o time está perdendo ou quando as decisões tomadas vão contra sua equipe. Se um jogador fica enfurecido, pode indicar que ele tem um alto Temperamento e um baixo Profissionalismo.
       
      Descrição das Personalidades
      Personalidades Positivas
      Cidadão modelo - Bons atributos de Ambição, Determinação, Lealdade, Pressão, Profissionalismo, Desportivismo e Temperamento; Perfeccionista - Bons atributos de Ambição, Determinação e Profissionalismo, mas baixo atributo de Temperamento; Decidido - Bons atributos de Ambição e Determinação; Profissional Modelo/Profissional/Razoavelmente profissional - Bom atributo de Profissionalismo; Cheio de Energia - Bons atributos de Pressão e Profissionalismo; Evasivo - Bons atributos de Pressão e Profissionalismo; Reservado - Baixo atributo de Controvérsia, mas bom atributo de Profissionalismo; Determinado/Razoavelmente Determinado - Bom atributo de Determinação; Líder Carismático - Bons atributos de Liderança, Desportivismo e Temperamento; Líder Nato - Altíssimos atributos de Liderança e Determinação; Líder - Altíssimo atributo de Liderança; Vontade de Ferro - Alto atributo de Pressão e bom atributo de Determinação; Persistente - Alto atributo de Pressão e bom atributo de Determinação; Calmo - Bons atributos de Pressão e Temperamento; Muito Ambicioso/Ambicioso/Razoavelmente Ambicioso - Bom atributo de Ambição, mas baixo atributo de Lealdade. Personalidades Negativas
      Volátil - Baixo atributo de Temperamento; Confrontador - Baixos atributos de Desportivismo e Temperamento; Temperamental - Baixíssimo atributo de Temperamento; Pavio Curto - Alto atributo de Controvérsia, mas baixo atributo de Temperamento; Franco - Alto atributo de Controvérsia; Casual - Baixíssimos atributos de Profissionalismo e Determinação; Baixa Determinação/Facilmente Desencorajado - Baixíssimos atributos de Determinação e Ambição; Baixa autoestima - Baixíssimos atributos de Determinação e Pressão; Acomodado - Sem Profissionalismo e baixo atributo de Determinação; Sem Energia - Sem Pressão e baixo atributo de Determinação; Sem Ambição - Baixíssimo atributo de Ambição; Personalidades Neutras
      Equilibrado - Atributos balanceados de Controvérsia, Lealdade, Profissionalismo, Desportivismo e Temperamento; Espirituoso - Bons atributos de Pressão e Temperamento razoável, mas baixo atributo de Profissionalismo; Antidesportivo/Realista - Baixíssimo atributo de Desportivismo; Sereno - Bons atributos de Pressão e Desportivismo; Devotado/Altamente Leal/Leal/Razoavelmente Leal - Altíssimo atributo de Lealdade, mas baixo atributo de Ambição; Honesto/Desportivo/Razoavelmente Desportivo - Bom atributo de Desportivismo, mas baixo atributo de Determinação; Amigo da Imprensa - Baixo atributo de Controvérsia; Balanceado - Tem uma personalidade mista que não se encaixa em nenhuma das descritas acima.
    • Darthz
      By Darthz
      Apresentação
      Já há algum tempo que tinha vontade de voltar a postar um save no Profissão Manager, mas com a leitura de alguns textos e o acompanhamento de histórias da área, decidi passar das palavras aos actos e tentar levar um save em frente mais do que umas duas ou três épocas, coisa que já não acontece há algumas versões do Football Manager.
      Não prometo gráficos “topo de gama”, mas sim um tópico organizado e com as informações mais importantes do que for acontecendo durante as temporadas, não só no clube que estiver a treinar, mas também nas competições e prémios que eu considerar relevantes.
      O Save
      O Leste Europeu é sem dúvida um dos lugares mais interessantes para treinar, pelo menos no meu ponto de vista, e apesar de já ter realizado algumas carreiras começando em ligas desta região da Europa, fica sempre a sensação que há mais para desbravar, e muitos países e equipas diferentes para descobrir e conhecer.
      Depois de ter lido alguns artigos sobre o Ajax de Rinus Michels e Cruijff, fiquei fascinado com a história, não só dos acima citados, mas também de Ștefan Kovács, treinador sucessor de Michels e que levou o Ajax a duas Taças dos Campeões Europeus consecutivas. Sendo bem mais desconhecido que os dois holandeses, o romeno foi responsável por continuar e expandir a filosofia do “futebol total”, e isso levou-me então a desejar fazer algo que pudesse aliar o meu gosto pessoal com uma pequena homenagem àquele que é considerado por muitos o melhor treinador romeno de todos os tempos e muito pouco conhecido pelos adeptos de futebol em geral.
      Para finalizar, apenas referir que o nome do save deve-se aos Cárpatos, maior conjunto montanhoso da Europa Oriental, e que percorre uma grande parte da Roménia, sendo um “cartão de visita” do país.
      Biografia de Ștefan Kovács
      Ștefan Kovács (Timișoara, 2 de outubro de 1920 — Cluj-Napoca, 12 de maio de 1995) foi um jogador e treinador de futebol romeno, considerado um dos mais bem sucedidos treinadores na história do futebol europeu.

      Nascido em Timișoara, na Roménia, Kovács foi um meio-campista que apesar de possuir técnica apurada e intuição tática nunca foi escolhido para jogar na seleção romena, ao contrário do seu irmão mais velho Nicolae Kovács, que foi um dos cinco jogadores que participaram nos três Mundiais anteriores à Segunda Guerra Mundial.
      Kovács teve seus primeiros grandes sucessos como treinador no comando do Steaua Bucureşti, onde venceu por uma vez o campeonato (1967-68) e três vezes a Taça da Roménia (1968–69, 1969–70, 1970–71).
      Depois disso, ele substituiu Rinus Michels como treinador do Ajax em 1971, continuando e expandindo a filosofia do "futebol total". Com o Ajax, Kovács venceu duas Taças dos Campeões Europeus consecutivas (1971–72, 1972–73). Ainda em 1972, ele também ganhou a Taça Intercontinental e no ano seguinte a primeira edição da Supertaça Europeia. Além disso, ele liderou o Ajax para a vitória dos campeonato holandeses em 1972 e 1973 e Taça da Holanda dos mesmos anos.
      Apesar de ter comandado o Ajax em apenas duas temporadas, o romeno tornou a equipa holandesa na melhor da sua geração, sendo a caminhada para a sua terceira final europeia quase processional. Tímido e sem vontade de atrair atenção, ao contrário de Michels, Kovács tornou-se uma estrela na Holanda. Quando Nicolae Ceausescu visitou a Holanda em 1973, a rainha holandesa Beatriz perguntou ao ditador romeno num banquete: “O que podemos dar-lhe para você levar de volta à Roménia? Deve aceitar algo em troca de nos enviar Kovács.”

      Um homem inteligente, Kovács decidiu sensatamente sair quando a equipa estava no auge. Foi uma decisão sábia. Johan Cruijff, o melhor jogador da equipa e força de galvanização, partiu para o Barcelona para se juntar a Michels pouco tempo depois, e o grande Ajax rapidamente se desintegrou.
      Depois de deixar a equipa holandesa em 1973, foi convidado pela federação francesa de futebol para assumir a seleção principal. Jornalistas do France Football perguntaram-lhe quanto tempo demoraria para fazer da seleção francesa uma das melhores do mundo, Kovács respondeu: “Com boas estruturas, em oito a dez anos, poderemos ter uma boa seleção nacional.” Michel Hidalgo, seu adjunto e sucessor, aproveitaria o trabalho já realizado e lideraria a geração de Platini, Giresse e Tigana ao título do Campeonato Europeu de Futebol de 1984. Actualmente Ștefan Kovács continua a ser o único treinador estrangeiro que alguma vez treinou a seleção francesa de futebol.
      Infelizmente a carreira de treinador de Kovács terminou em ignomínia: no seu retorno à seleção da Roménia, onde já estivera como assistente, foi acusado de perder de propósito para a Hungria, falhando assim a qualificação para o Mundial de 1982. Após a saída da seleção romena, ainda realizou três temporadas como treinador do Panathinaikos da Grécia (1981-1983), e uma breve passagem sem glória pelo Mónaco, onde foi despedido após um punhado de partidas, e substituído por Arséne Wenger.
      Faleceu a 12 de maio de 1995, doze dias antes do Ajax ganhar a sua quarta Liga dos Campeões.
      Troféus e dados de carreira de Ștefan Kovács
      1953-1960 : Universitatea Cluj 1960-1962: CFR Cluj 1962-1967: Roménia (Assistente) 1967-1971: Steaua de Bucareste - 1 campeonato da Roménia e 3 Taças da Roménia 1971-1973: Ajax - 2 Campeonatos da Holanda, 1 Taça da Holanda, 2 Taças dos Campeões Europeus, 1 Supertaça Europeia e 1 Taça Intercontinental 1973-1975: França 1976-1980: Roménia (Treinador Principal) 1981-1983: Panathinaikos - 1 Taça da Grécia 1986-1987: Mónaco Dados, ligas e treinador
      Como é perceptível, irei fazer um save carreira, no estilo JET, utilizando uma base de dados que activa a terceira divisão da Roménia. Coloquei como jogáveis 13 ligas de modo a dar o máximo de oportunidades ao treinador, e de aumentar a dificuldade do save.
      Utilizarei a personagem Andrei Kovács, pois apesar de não ser um save de ficção, quero homenagear Ștefan Kovács, e quem sabe, superá-lo como melhor treinador romeno de todos os tempos. Não procurarei seguir o mesmo trajeto em termos de clubes, mas se surgir uma proposta, quem sabe?
      Objectivos do Save
      Superar o número de títulos de Ștefan Kovács na Roménia (3 taças da Roménia e 1 campeonato); Vencer duas Ligas dos Campeões; Treinar a seleção da Roménia;
    • DiegoCosta7
      By DiegoCosta7
      Alguém sabe me dizer porquê o FM não baixa o conteudo selecionado da oficina para ele ? (Eu estou inscrito em varios conteúdos mas o fm não baixa todos eles ou só baixauma parte do conteúdo que estou inscrito. Porquê isso acontece ?
    • Ighor S.
      By Ighor S.
      Joguei bastante tempo no fm14 com essa tática, mas após a última formatação perdi ela e não consegui mais encontrar. 
      Pelo que me lembro, ela foi baixada aqui no fórum antes da reformulação. Procurei no Google mas não achei nada. Alguma boa alma que possa ter a tática salva poderia upar? 
×
×
  • Create New...