Jump to content
Sign in to follow this  
Luchín

UE Cornellá – O desenvolver de um clube

Recommended Posts

ggpofm

Continua fazendo uma campanha excelente para um estreante na Liga Adelante, estando à frente de clube muito mais tradicionais e com estrutura melhor. Por isso eu aposto que subirá sem necessidade do play-off. Vai Cornellá!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

GGPOFM.

A campanha é muito boa, mas a equipe caiu no fim janeiro bem e a defesa continua sofrendo muitos gols. Esses são fatores que ainda causam dúvidas. Ainda há muito campeonato e devemos continuar firmes para sonhar com essa promoção sem necessidade do Playoff. Avant! :yest2:

Share this post


Link to post
Share on other sites
joa00

Borrel,

Vou ver se acompanho a história do user que estava causando alvoroços tempos atrás... :no2:

Edited by joa00

Share this post


Link to post
Share on other sites
miro

Temporada ate aqui Surpreendente, vamos continuar assim para subir sem precisar ir para os Playoff... :yes_clap2:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

joa00:

Valeu.

miro:

A temporada já terminou. Daqui a pouco posto o desfecho. :)

Valeu.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Luchín

UE%2520Cornell%25C3%25A1.png

[em páginas internas...]
3.8 Mi. € foi a quantia oferecida pelo Valencia para contratar Oriol, volante de 16 anos do Cornellá Juv. Com tão pouca idade, o jogador renovou seu contrato há poucos dias por mais dois anos com uma multa rescisória de 105 Mi. €. O valor oferecido pelo Valencia sanaria todas as dívidas do Cornellá, mas sabendo do potencial do jogador, o Cornellá não o liberou. Outras equipes estão de olho, como o Athletic (2.8 Mi. €) e o Córdoba (975m €).
Feveireiro foi um mês muito bom para o Cornellá, que venceu três das quatro partidas que disputou, em especial contra o rival Gimnástic, por 1 a 0, com gol marcado por Díaz de Cerio.
O mês seguinte foi marcante de maneira negativa e positiva. Negativa, pela goleada por 8 a 3 sofrida contra o Murcia. O Cornellá vencia por 2 a 1, mas se perdeu completamente na partida, e viu a dupla de ataque Porcar e Quiroga destruírem a equipe com três e cinco gols (!) respectivamente. Por outro lado, na partida contra o Sporting, o Cornellá terminou o primeiro tempo perdendo por 2 a 0, mas com um triplete de Jaime Mata, virou a partida e saiu do El Molinón com uma vitória incrível.
Em Abril, o Cornellá foi líder por uma rodada. Após vencer o Barcelona B, assumiu o topo com um ponto a mais que o Levante, justamente antes do confronto direto, mas nele, o Cornellá voltou a ser facilmente vencido pela equipe de Valência: 4 a 2. O Cornellá ainda perdeu para o Deportivo e viu Los Blanquiazules encostarem.
Com a derrota do Cornellá para o Mallorca, o Deportivo ficou a apenas um ponto. Nas três rodadas seguintes, as duas equipes tiveram os mesmos resultados e a decisão ficou para a rodada final. O Cornellá recebeu o Las Palmas, enquanto o Deportivo recebeu a Ponferradina. Quando Diaz de Cerio fez 2 a 1 para o Cornellá no minuto 75, a promoção esteve perto, mas apenas três minutos depois, Vidal empatou. O Deportivo venceu por 2 a 1 e o Cornellá teria de disputar o Playoff.
U.E.%2520Cornell%25C3%25A1_%2520Partidos
O Mallorca foi o primeiro adversário. Na primeira partida, em Palma de Mallorca, Fran Sol fez 1 a 0 para Los Bermellones no minuto 4, mas cinco minutos depois, Carmona empatou. Ainda no primeiro tempo, Conde virou a partida e o resultado foi mantido até o fim, com as duas equipes perdendo ótimas oportunidades. Na volta, um jogo bem ruim, onde o 0 a 0 fez justiça.
Mallorca%2520-%2520Cornell%25C3%25A1_%25
O reencontro contra o Las Palmas assustava alguns torcedores do Cornellá, afinal, em nenhuma das duas partidas, o Cornellá venceu. Assim foi no Playoff, também. Em Las Palmas de Gran Canaria, Martínez (contra) e Carmona colocaram o Cornellá com 2 a 0 em apenas 17 minutos, mas recuar a equipe não foi uma boa estratégia e os donos da casa, de maneira brilhante, empataram no segundo tempo. Na volta, outro empate, dessa vez por 1 a 1 e como o Cornellá fez dois longe de seus domínios, ganhou a promoção nos critérios de desempate.
10d2926f43c29a92f515922c1b408892.gif
A promoção deixou a equipe em ótima situação financeira. Com um superávit de 3,9 milhões £, a equipe iniciará a próxima temporada de maneira tranquila.
Números
Partidas. Jaime Mata – 49
Gols. Iñigo Díaz de Cerio – 23
Assistência. Carlos Carmona – 25
% de passes certos. Joel Coch – 81%
Desarmes. Victor David Leal – 3.58 / jogo
Dribles. Ibai Ardanaz – 2.79 / jogo
Classificação Média. Jaime Mata – 7.37 em 49 partidas
O Cornellá encerra a temporada vendo seus jogadores atraírem interesse de várias equipes:
Carlos Carmona – Mallorca. Valor: £ 120.000. Valor Pedido: £ 800.000
Pedro Conde – Recreativo. Valor: £ 170.000. Valor Pedido: £ 500.000
Carlos Capmartín – Recreativo. Valor: £ 140.000. Valor Pedido: £ 1.500.000
Xavi Marquès – Tenerife. Valor: £ 190.000. Valor Pedido: £ 600.000
Joel Coch – Mallorca. Valor: £ 190.000. Valor Pedido: £ 2.000.000
Ildefons Lima – Elche. Valor: £ 5.000. Valor Pedido: £ 1.000.000 *
Toni Lao – Tenerife. Valor: £ 28.000. Valor Pedido: £ 100.000
Guillaume Gigliotti – Cagliari. Valor: £ 50.000. Valor Pedido: £ 300.000
* Ildefons Lima é um dos ícones do clube. O andorrano foi o primeiro contratado da era Millán e tem o Cornellá entre suas equipes favoritas. Aos 37 anos e com contrato até 2020, somente uma proposta alta convencerá que o clube libere-o. Na temporada, foi titular em 38 partidas, atuando até improvisado no meio-campo, e marcou sete gols (cinco de pênalti).

Share this post


Link to post
Share on other sites
walterjocoski

parabéns pela promoção, foi um feito e tanto.

agora qual será a meta? se manter no meio ou lutar pra não descer? hmmm

de qualquer forma, boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

Walter Jocoski:

Valeu.

Com certeza será a manutenção. Já vimos na Copa do Rei que as equipes da BBVA são superiores.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Johann Duwe

Inesperado esse acesso logo na temporada inicial na Adelante, vai precisar explorar bem o mercado para se manter na elite. Quanto ao jovem, não me parece ter assim um grande potencial para não vender ele agora.

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm

Errei na minha aposta da promoção do Cornellá sem play-off, mas foi por pouco.

Pensei que ficaria no Las Palmas depois de passar pelo Mallorca, mas conseguiu a promoção e estará na elite na próxima temporada. Parabéns.

Agora é esperar como será o desempenho do Cornellá na Liga BBVA. Será que sua ascensão na elite será tão rápida como foi até agora no save? Vou torcer para que não seja.

Share this post


Link to post
Share on other sites
gustavo922

Um acesso e tanto, com vantagem pelo saldo, nada melhor que uma permanência sem sustos na próxima temporada para consolidar o Cornellá! Difícil mas não impossível! #Euacho UAHSUAHSUAHS

Share this post


Link to post
Share on other sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

Der Weltmeister

O Oriol tem apenas 16 anos. Vendê-lo sem opção futura poderia ser um erro enorme de gestão.

Já na BBVA, certamente vamos ter dificuldades.

G.G.

A equipe caiu nas rodadas finais e acabamos indo para o Playoff, onde foi difícil, mas conquistamos a promoção. Temi um pouco o Las Palmas, mas felizmente os critérios de desempate nos colocaram na elite. Valeu.

Acho difícil um crescimento rápido na BBVA. O nível é muito superior (vimos na Copa do Rei) e ainda temos pouco dinheiro em comparação as outras equipes.

Gustavo922

A manutenção é um objetivo realista, mas teremos dificuldades. Vamos lá!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Luchín

Torres.png

[em páginas internas...]
Com a expectativa de manutenção, Francesc Millán recebeu 5 Mi. € para salários (ano) e 1 Mi. € para transferências.
No dia 01/07, Nauzet Alemán e Albert Crusat foram apresentados. Os pontas, provenientes de Gimnástic e Girona, respectivamente, assinaram por um ano com o Cornellá. Crusat é lembrado por sua passagem no Almería entre 2005 e 2010, onde se converteu em um dos ícones do clube. Após deixar Los Rojiblancos, passou pelo Wigan e pelo Bnei Sakhnin (Israel) antes de retornar à Espanha para defender o Girona em 2015.
Nauzet Alemán (Gimnástic) – Livre. Meia-atacante (Direita), 32 anos. 180.000 € anuais.
Albert Crusat (Girona) – Livre. Meia-atacante (Esquerda), 35 anos. 110.000 € anuais.
O terceiro contratado foi o lateral esquerdo Salva Ruiz, de 22 anos, que estava no Valencia Mestalla. Chega ao clube para suprir a saída de Javi Gallardo, que não renovou seu contrato.
Salva Ruiz (Valencia Mestalla) – Livre. Lateral (Esquerdo), 22 anos. 125.000 € anuais.
Após o anúncio das expectativas, Millán foi ao mercado a procura de dois zagueiros, um meiocampista e um atacante. A preferência era jogadores experientes, com no mínimo 30 anos, que não sentiriam a pressão de atuar na elite do futebol espanhol. A busca foi melhor do que o esperado e o Cornellá apresentou quatro jogadores nos dias 13 e 14 de Julho, com direito a jogador campeão do Mundo.
David Zurutuza (Valladolid) – 100.000 €. Meio-Campista (Centro), 30 anos. 250.000 € anuais.
Íñigo López (Cádiz) – 100.000 €. Defensor (Centro), 34 anos. 125.000 € anuais.
Mikel González (Real Sociedad) – 200.000 €. Defensor (Centro), 31 anos. 275.000 € anuais.
Fernando Torres (Elche) – 125.000 €. Centroavante (Centro), 33 anos. 400.000 € anuais.
Quando Fernando "El Niño" Torres foi oferecido por seu empresário, a direção do Cornellá não pensou duas vezes em trazê-lo. Após uma boa temporada no Elche – 17 gols em 33 partidas – o Cornellá viu nele uma oportunidade de marketing e confiando que ainda pode render. Confiança refletida no salário de Fernando Torres, o maior que o Cornellá já pagou para algum jogador, além dos prêmios e de 50% dos direitos econômicos.
Em sua apresentação, no novo Municipal Via Férrea, Torres agradeceu o carinho e prometeu recompensar a confiança e os 125 mil euros pagos por seu passe. Seu contrato será por duas temporadas com opção de renovação automática após o centroavante cumprir um certo número de partidas. Além do salário, Torres receberá 3.800 € por partida e por gol marcado, e 2.200 € por cada partida que for para o banco e não entrar em campo.
Há outras cláusulas, como um aumento salarial após Torres cumprir um certo número de partidas no clube e um prêmio de 65 mil € após ele marcar cinco gols na Liga BBVA.
O sétimo – e último – contratado do Cornellá também é zagueiro. Pau Cendrós era um desejo antigo de Millán e após sua saída do Elche foi possível trazê-lo sem custos.
Pau Cendrós (Elche) – Livre. Defensor (Centro), 30 anos. 200.000 € anuais.
A pré-temporada do Cornellá aconteceu quase integralmente no Municipal Via Férrea. As únicas exceções foram os dois primeiros confrontos, que o clube usou para arrecadar dinheiro, contra Real Madrid (0–6) e Valencia (1–3). As outras partidas foram contra equipes B, juniores ou de baixa expressão.
U.E.%2520Cornell%25C3%25A1_%2520Jogos%25
O Cornellá vai estrear na Liga BBVA contra o Atlético de Madrid no dia 18, em Madrid. O provável time titular é composto por:
Santamaría – Cendrós, M González, Ínigo López e Salva Ruiz – Coch e Zurutuza – Mata e Crusat – Fernando Torres e Díaz de Cerio.

Share this post


Link to post
Share on other sites
walterjocoski

as contratações estão boas, fernando torres vai dar renda por ele mesmo. estou curioso pra saber como ele vai se comportar no time.

quanto a liga bbva, tem alguma espectativa sua de onde você acha que vai conseguir chegar? quantos pontos? enfim, boa sorte! :D

Share this post


Link to post
Share on other sites
Morian

Orçamento bem limitado, mais já era previsto. Fez boas contratações dentro do possível. Oriol terá chances no elenco principal? Boa sorte.

Edited by Morian

Share this post


Link to post
Share on other sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

Walter Jocoski.

O Torres poderá atuar como ponta direita e centroavante. A princípio, deve entrar na primeira.

A minha meta é a manutenção - 45 pontos. Valeu. ^^

Morian

Bem-vindo ao tópico. ^^

Oriol acabou de completar 17 anos, por isso, é difícil que ele tenha oportunidades. A minha ideia é emprestá-lo, mas não obtive nenhuma proposta por enquanto.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Luchín
Cornella.png
Um turno de La Liga e o Cornellá já diminuiu as chances do efeito sobe e desce, muito comum entre equipes debutantes na elite. A equipe mantém a característica de marcar muitos gols, mas também sofrer muitos. Em 19 partidas, foram 45 gols a favor e 47 gols contra. Com 9 vitórias, 1 empate e 8 derrotas, o Cornellá é 7º em uma liga com muitas surpresas.
O Málaga era cotado para 5º, mas ocupa a zona de rebaixamento, a frente apenas do Levante. O Valencia, cotado para 4º, ocupou por várias rodadas a zona de rebaixamento, mas atualmente é o 13º. Na parte de cima, Barcelona e Real Madrid já abrem vantagem, enquanto Getafe, Atlético de Madrid, Villarreal e Deportivo lutam por uma vaga na Liga dos Campeões.
Oito ou Oitenta
Nas duas primeiras rodadas, o Cornellá perdeu por 6 a 2 para o Atlético de Madrid e venceu o Celta por 4 a 0.
36a99d190077c178b5c857eebcecb4a5.gif
Primeiro gol do Cornellá em La Liga
Embalou
Em setembro, o Cornellá venceu três das quatro partidas que disputou. Contra o Granada, Conde marcou três vezes no primeiro tempo e garantiu a vitória. Já contra o Córdoba, o Cornellá empatou a partida no minuto 82, mas pouco depois, Lima falhou e o Córdoba marcou mais uma vez. O Rayo também dificultou, abrindo o placar no minuto 4, mas apenas três minutos depois, Diaz de Cerio empatou. O Cornellá conseguiu manter o domínio pós-empate e virou a partida. No inicio do segundo tempo, o Rayo voltou a empatar, mas com Diaz de Cerio e Crusat, o Cornellá marcou mais dois e garantiu a vitória. Contra o Levante, somente nos 13 minutos finais o Cornellá marcou para garantir a vitória por 2 a 0.
Invicto
A invencibilidade do Cornellá durou por mais quatro partidas. No clássico contra o Espanyol, Fernando Torres marcou duas vezes e o Cornellá venceu. O terceiro 2-0 veio contra o Sevilla, na partida que Conde voltou a marcar. Contra o Numancia, o Cornellá vencia por 4-0, mas em dois erros defensivos, o adversário diminuiu para 4 a 2, porém, Marquès marcou o quinto do Cornellá e sentenciou a partida, que ainda teve o terceiro gol do Numancia.
Contra a Real Sociedad, Fernando Torres marcou no minuto 90 para o Cornellá, mas no minuto 93, Canales empatou a partida no Anoeta.
Reencontro com a derrota
Em novembro, o Cornellá perdeu três das quatro partidas. Contra o Osasuna, a partida estava empatada em 4 a 4 até o minuto 86, quando o argentino Ruben marcou mais duas vezes e garantiu três pontos para os bascos. A visita ao líder Villarreal foi muito parecida a partida contra o Atlético de Madrid e outra vez o Cornellá perdeu por 6 a 2.
Contra o Málaga, o Cornellá saiu perdendo, mas virou ainda no primeiro tempo. No segundo tempo, fez o terceiro e viu o Málaga descontar já nos acréscimos. Após a vitória, mais duas derrotas, contra Valencia e Real Madrid.
Em um confronto direto, contra o Deportivo, o Cornellá venceu por 2 a 1 com um gol de Fernando Torres no minuto 90.
Fim de ano por cima
A estreia na Copa do Rei foi contra o Numancia e após abrir 3 a 0 no primeiro tempo, o Cornellá relaxou e viu o rival marcar duas vezes, deixando a eliminatória em aberto. Entre as partidas, o Cornellá foi à Barcelona e perdeu por 4 a 1.
Na partida de volta, o Cornellá fez uma ótima partida, aproveitou as oportunidades e venceu por 7 a 3.
Eliminado nos pênaltis
A primeira partida de 2018 foi contra o Athletic. Após estar perdendo por 2 a 0, o Cornellá virou com dois gols de Conde e um de Mata. Ibai Gómez empatou, Mata marcou mais um e o próprio Ibai marcou o quarto dos bascos, dando números finais a uma batalha.
O Cornellá enfrentou o Valencia na 5ª Eliminatória da Copa do Rei. Em casa, perdeu por 2 a 1, e fora de casa, venceu por 2 a 1 com dois gols do defensor Mikel González. Após 30 minutos de prorrogação, o empate foi mantido e a decisão viria somente nos pênaltis. Todos acertaram até a quinta série, quando Vínicius Araújo marcou para o Valencia e Crusat parou em Moya.
3011085c7d12162986750c524cff8dfc.gif
Crusat chuta no meio de Moya defende
Entre as partidas, o Cornellá foi derrotado, também por 2 a 1, pelo Getafe.
Partidas.png
LIGA%2520BBVA_%2520Vis%25C3%25A3o%2520Ge
Números
Partidas. Albert Crusat – 23
Gols. Pedro Conde – 16
Assistência. Albert Crusat – 13
% de passes certos. Joel Coch – 83%
Desarmes. Mikel González – 5.45 / jogo
Dribles. Albert Crusat – 2.49 / jogo
Classificação Média. Pedro Conde – 7.64 em 19 (1) partidas
Em meados de setembro, Millán pediu um aumento do teto salarial e foi surpreendido com o valor de £ 12,85 milhões por ano. Poucos dias depois, o treinador renovou seu contrato até o final da próxima temporada.

Share this post


Link to post
Share on other sites
walterjocoski

Fernando torres ta rendendo em? to gostando do desempenho, não só dele, mas do sr Conde também.

quanto a meta de pontos que você "estipulou" para si, está bem perto.

Se tudo ocorrer nos conformes, arrisco que da pra tentar vaga pra competição continental... será!?

:bravo:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dr.Thales

Voltei pra ler a história (gosto de dar um tempo de ler, pra acompanhar o desenrolar das temporadas no futuro)...

Nossa, mas como foi rápida a subida do Cornellá!

Imagino que a meta, a partir da próxima temporada, deverá ser competições continentais, já que, aparentemente, o time tem forças pra se manter na BBVA com folgas...

É esperar pra ver se o rendimento da equipe não cai no segundo semestre...

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm

Está fazendo valer a máxima de que em campeonato de pontos corridos é melhor vencer do que empatar. Mesmo estreante tem causado algumas surpresas e não duvido que consiga uma vaga para uma competição europeia ao final da temporada.

Share this post


Link to post
Share on other sites
gustavo922

Acesso demais e uma quase que clara permanência garantida!!! E deixando grandes como Sevilla, Málaga e Valencia pra trás! Dale Cornellá!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

Walter Jocoski

Fernando Torres se adaptou muito bem à equipe. Optei por colocá-lo na ponta direita e funcionou. Já o Conde é uma surpresa. Ele fez uma primeira temporada bem abaixo das expectativas, mas nessa tem sido um verdadeiro matador.

Com uma eventual 7ª posição iríamos ao Playoff da Liga Europa, e com esse desempenho é possível sim sonhar.

Dr. Thales

O mínimo que vão esperar na próxima temporada se as coisas terminarem assim será terminar entre os dez primeiros, essa será minha meta. Mas ainda há um turno pela frente e teremos partidas difíceis. Vamos partida a partida e ver onde essa brincadeira termina.

ggpofm

Sempre é melhor vencer. Estamos entrando com estratégias diferentes de acordo com o adversário e tem funcionado bem. Somente contra os grandes e com o Villarreal não conseguimos fazer uma boa partida, dando demasiados espaços defensivo que culminaram em goleadas. Vamos tentar manter o ritmo para já ir á Liga Europa, que seria ótimo para o caixa do clube e até para atrair jogadores de maior reputação.

Gustavo922

Surpreendente! Mas como eu disse, o Málaga faz uma campanha pífia e o Sevilla está bem abaixo das expectativas. Já contra o Valência, infelizmente nossa vitória não foi suficiente para seguirmos na Copa do Rei.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Darknite

Fiquei um tempinho sem ler e perdi quase 2 temporadas! :lol2:

Fiquei surpreendido pelo acesos à Liga BBVA de primeira, e mais ainda pelo 7º lugar na elite até agora. Parabéns!

Me parece que o problema na defesa é tático, e não técnico. Se conseguir ajustar a defesa, parece que coisas muito maiores virão.

Espero que se consiga se manter ao menos entre os 10 primeiros, já seria um grande feito para uma equipe que estava na terceirona há duas temporadas.

E o Torres? Achei meio exagerado toda essa premiação no contrato dele, apesar de ele ser quem é. Você acha que tem valido a pena?

Boa sorte na sequência!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

Darknite

O ritmo é rápido por aqui. :cool2:

Certamente não foi somente você. A equipe cresceu rapidamente e fez história.

Esse problema vem desde a 2ªB, mas acredito que é um misto de técnica e tática, até mesmo pelo nível dos ataques da BBVA serem superiores.

Sem dúvidas, sim. O Torres fez uma ótima temporada e cumpriu minhas expectativas quando fui atrás dele. :happy_grin3:

Valeu.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Luchín

Cornella.png

O Chelsea ofereceu € 6.5mi. por Oriol + 30% do lucro da próxima transferência, mas o Cornellá recusou, insistindo que o mínimo pelo volante de 17 anos é € 17.5mi.
U.E.%2520Cornell%25C3%25A1_%2520Jogos%25
Iniciamos o 2º Turno contra o Celta, em uma partida onde apostei no contra-ataque. O adversário criou mais oportunidades, mas vencemos por 2 a 0, aproveitando as duas oportunidades claras que criamos. Contra o Atlético de Madrid, também apostei no contra-ataque, mas de maneira mais rígida. Não aproveitamos as oportunidades que criamos, enquanto o adversário aproveitou, vencendo a partida por 4 a 1.
Zurutuza torceu o tornozelo no treinamento e foi diagnosticada uma lesão que o tira de campo por no mínimo um mês. Com isso fomos atrás de um novo meio-campista e acertamos com o malinês Seydou Keita de 38 anos, que deixou o Valência no fim da última temporada, por 6 meses. Contratamos também o meia-atacante Vitolo de 28 anos, que defendia o Sevilla.
Seydou Keita (Valência) – Livre. Meio-Campista (Centro), 38 anos. 525.000 € anuais.
Vitolo (Sevilla) – Livre. Meio-Atacante (Esquerda), 28 anos. 950.000 € anuais.
Vencemos o Granada por 5 a 1 em uma partida em que prevaleceu a eficiência, visto que o rival criou um número maior de oportunidades claras, mas não converteu nenhuma. Jaime Mata teve uma ótima atuação, marcando três gols. Fomos à Córdoba e não conseguimos vencer los Cordobesitas mais uma vez. Empatamos mais uma vez, contra o Rayo, também por 2 a 2. Voltamos a vencer na partida contra o Levante. O ataque funcionou e compensou algumas falhas defensivas, principalmente quando já tínhamos a partida ganha. No fim, vencemos por 5 a 3.
No clássico contra o Espanyol fizemos uma partida ruim e fomos derrotados por 3 a 1. Vencemos o Numancia pelo mesmo placar sem dificuldades e em seguida perdemos para o Sevilla, após um primeiro tempo ruim, onde estivemos a perder por 4 a 1. Lutamos muito, mas conseguimos apenas dois gols e não evitamos o revés. Na terceira partido longe de Cornellá de Llobregát, tivemos sorte e empatamos com o Osasuna.
Empatamos também as duas partidas seguintes, contra Real Sociedad, por 0 a 0, e Villarreal, por 2 a 2, caindo uma posição na tabela. Contra o Valencia, vencíamos por 3 a 0, mas poderia ser por mais, pois a trave impediu dois gols, ainda assim, era uma ótima vantagem, mas em questão de 2mins, los Ches marcaram dois gols e por muito pouco não tiraram dois pontos da nossa equipe.
Após vencer o Valencia, vencemos apenas mais uma partida no campeonato, contra o Athletic, por 4 a 0, já na 36ª rodada. Antes, perdemos para o Málaga e para o Real Madrid, e empatamos contra o Barcelona. Nas duas rodadas finais, perdemos para o Deportivo e empatamos com o Getafe.
CR.png
Cristiano Ronaldo celebra o terceiro do Real Madrid contra o Cornellá - Merengues conquistaram o título nesta partida.
Fechamos a temporada em 9º e recebemos o prêmio de equipe com maior evolução, afinal, éramos cotados para terminar em último. O Real Madrid foi campeão com folga, enquanto Barcelona, Atlético de Madrid e Valencia representarão a Espanha na próxima Liga dos Campeões. Villarreal e Granada vão à Liga Europa, além do Osasuna, que se classificou com o vicecampeonato da Copa do Rei - também vencida pelo Real Madrid. Rayo, Córdoba e Numancia são as três equipes rebaixadas para a Liga Adelante.
LIGA%2520BBVA_%2520Vis%25C3%25A3o%2520Ge
Números
Partidas. Fernando Torres – 42
Gols. Pedro Conde – 23
Assistência. Jaime Mata e Albert Crusat – 19
% de passes certos. Joel Coch – 82%
Desarmes. Mikel González – 5.24 / jogo
Dribles. Carlos Capmartín – 2.68 / jogo
Classificação Média. Pedro Conde – 7.50 em 31 (5) partidas
O elenco do Cornellá terá várias mudanças na próxima temporada. Albert Crusat, Ibai Ardanaz, Seydou Keita, Toni Lao, Nauzet Alemán, Carlos Carmona, Xavi Marquès, Vitolo, Álex Pérez e Markel Etxeberria não continuarão na equipe. Com exceção a Crusat e Keita, todos por opção do treinador. Os dois primeiros não continuam por não aceitarem as propostas de renovação contratual.
Díaz de Cerio anunciou a aposentadoria para o dia 04 de Julho e é outra saída confirmada.
O Cornellá encerra a temporada com um superávit de 17 milhões de euros.
Os jogadores retornam aos treinos em 25 de Junho.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • DiegoCosta7
      By DiegoCosta7
      Alguém sabe me dizer porquê o FM não baixa o conteudo selecionado da oficina para ele ? (Eu estou inscrito em varios conteúdos mas o fm não baixa todos eles ou só baixauma parte do conteúdo que estou inscrito. Porquê isso acontece ?
    • Ighor S.
      By Ighor S.
      Joguei bastante tempo no fm14 com essa tática, mas após a última formatação perdi ela e não consegui mais encontrar. 
      Pelo que me lembro, ela foi baixada aqui no fórum antes da reformulação. Procurei no Google mas não achei nada. Alguma boa alma que possa ter a tática salva poderia upar? 
    • Thiago Anjo
      By Thiago Anjo
      No FM 14 enquanto eu tentava mudar a câmera do 3d para o 2d, aconteceu esse bug quando eu via replay de outros gols, a câmera ficou sensacional, tentei rodar a web tentando uma forma, mesmo que fosse um tipo de hackeamento, mas não achei nada que indicasse ser possível fazer no FM 2018, alguém tem alguma ideia? Foi a câmera mais legal que já vi, ela deixa o 3D porém tira os movimentos de pernas e corpo, que muitas vezes fica bem tosco e nos dá um pouco pra imaginar como seria  jogada na vida real:

      https://youtu.be/bwCuIcVCwX4

      https://www.youtube.com/watch?v=fypVi0Y8Urs
       
    • Orange 2
      By Orange 2
      Quando vou colocar o código do produto desse jogo na minha segunda conta da Steam aparece essa mensagem de erro:

       
      A antiga conta da Steam que eu tinha e que eu não lembro mais foi cadastrada com um email IG, que de uns tempos pra cá passou a ser paga e não tenho como ter acesso a ele, só pagando pra mim recuperar a antiga conta.
       
      Alguém tem outra solução?
    • Toggy81
      By Toggy81
      A seguir vou disponibilizar a tradução de um belíssimo material do FMSite que serviu para que eu revesse minha relação com o Football Manager no último mês.
      Este guia procura explicar o que realmente são os atributos, como funciona o motor do jogo em relação a eles e como você pode utilizar essas informações para preparar sua equipe para um jogo na prática.
      É um material extremamente extenso, por volta de 70 páginas que irei atualizando conforme for terminando as traduções dos capítulos.
      Será um trabalho demorado devido à quantidade de informações a serem traduzidas e à minha falta de tempo, mas acredito que será muito útil para quem quiser realmente entender o jogo.
      Se você está com a sensação de que a cada versão que é lançada entende cada vez menos o jogo, este material pode ajudá-lo assim como me ajudou muito.
      Mudou o meu jeito de ver o jogo e consequentemente minha satisfação ao jogá-lo.
      Download: Guia Teórico e Prático sobre o Football Manager (pdf)
      PRÓLOGO - FUNDAMENTOS DO GUIA
      CAPÍTULO 1 – CONHECENDO OS JOGADORES
      1.1. Classificação dos Atributos.
      1.2. Explicação Definitiva dos Atributos.
      1.2.1. Atributos Técnicos.
      1.2.2. Atributos Físicos.
      1.2.3. Atributos Mentais.
      1.2.4. Atributos de Goleiro.
      1.2.5 Atributos de Personalidade.
      1.3. Movimentos Preferidos do Jogador
      1.3.1. MPs Defensivos.
       
      1.3.2. MPs de Movimento.
      1.3.3. MPs de Disciplina.
      1.3.4. MPs de Passe.
       
      1.3.5. MPs de Finalização.
       
      1.3.6. MPs de Técnica.
       
      1.4. Uma Observação Cautelosa.
       
       
       
×
×
  • Create New...