Jump to content

História de um Gol


-Igor

Recommended Posts

HISTÓRIA DE UM GOL

por André Kfouri

Clique aqui para abrir um vídeo em outra janela.

Este post deveria estar aqui ontem. Infelizmente não foi possível.

Ele conta e ilustra uma história interessante, que resume de maneira didática um pouco do que o Barcelona pretende com esses “toquinhos que não adiantam nada”.

Como quase todo mundo que se interessa por futebol sabe, a ideia de jogo do Barcelona se baseia em circulação da bola, movimentação constante, superação de linhas e criação de superioridade numérica em zonas específicas do campo.

O que o vídeo acima mostra é essa ideia em ação. É a jogada do gol de Iniesta.

Adversários frágeis e jogadores que têm dificuldade para ler o que enxergam, por vezes, facilitam o trabalho do Barcelona. A simples troca de passes leva a falhas de posicionamento que geralmente são punidas. Mas times que se defendem bem e são compostos por jogadores inteligentes, como o Real Madrid, conseguem neutralizar as ações com movimentos coordenados.

Então é preciso criar o espaço, o que se dá com passes para jogadores entre as linhas e a imposição de uma sucessão de dúvidas e decisões erradas ao oponente.

É exatamente o que acontece a partir do momento em que Piqué é acionado, depois de uma longa posse em que a bola vai da direita para a esquerda do ataque, e retorna para o zagueiro no campo de defesa.

Aperte PAUSE aos 24s.

É possível ver o Real Madrid perfeitamente posicionado em seu campo. Os quatro jogadores da última linha estão lado a lado. Messi e Neymar vigiados, Di Maria (com Fàbregas) e Alonso (com Xavi) mantém-se próximos, Ronaldo (com Dani Alves) está recuado, assim como Bale (com Iniesta). Modric e Benzema formam a primeira linha de pressão sobre a bola.

Ao receber a bola, a primeira decisão de Piqué é avançar alguns metros. Não é um movimento casual, ou algo que ele faz porque gosta. O avanço tem dois efeitos práticos: faz com que Piqué ultrapasse Benzema e provoque a aproximação de Modric. No ato do passe, a bola permanece com o Barcelona, e já deixou a primeira linha para trás.

PLAY… PAUSE aos 26s.

Piqué faz um passe curto para Xavi, já no campo de ataque. O cérebro do Barcelona domina e analisa suas opções: Fàbregas, para outra jogada curta, ou Neymar, mais avançado e de frente para o lance. É a primeira situação de “jogadores entre linhas” na defesa branca. Algo que causa problemas por ser o equivalente futebolístico ao cobertor curto. O defensor precisa decidir entre deixar sua posição e pressionar o jogador com a bola, oferecendo espaço às costas, ou ficar onde está e permitir o domínio com liberdade.

Di Maria opta por encurtar a distância para Xavi, pois reconhece o risco. Neymar se apresenta para receber a bola, já chamando a atenção de Sergio Ramos. Xavi, para surpresa de ninguém, toma a melhor decisão.

PLAY… PAUSE aos 28s

O passe para Neymar é a opção correta por dois motivos: 1) o brasileiro é o alvo mais profundo, e quanto mais próximo da área está o jogador entre as linhas, mais perigo (e dúvidas, e equívocos…) ele gera; e 2) ao acionar Neymar, Fàbregas se transforma na óbvia sequência da jogada, por estar ao lado do brasileiro e de frente para o gol.

Ramos, jogador móvel e experiente, não resiste à tentação de pressionar Neymar. Alonso, percebendo a necessidade de igualar o dois-contra-um que se materializa, dobra a marcação ao brasileiro. Neymar, contrariando seu instinto de individualizar o lance, aciona Fàbregas. Simples, porém crucial.

PLAY… PAUSE aos 29s

Ramos “soltou” Neymar tão logo ele se desfez da bola, e recuou. No processo, deixou Pepe sozinho com Messi. No instante em que dominou a bola e levantou a cabeça, Fàbregas se viu em uma situação que se repete desde sua infância, algo tão automático quanto escovar os dentes. Seu cérebro entrou em modo “procurando Messi”.

A pesquisa não demorou muito tempo.

PLAY… PAUSE aos 30s.

O movimento de Messi também é quase instintivo. Ao ver Fàbregas com a bola, o argentino imediatamente recuou para aparecer no radar. Pepe se encontrou com uma dúvida recorrente e cruel: acompanhar Messi ou proteger a área. Não se pode criticá-lo, aqui, pela decisão mais cautelosa. Mas ao permitir que Messi recebesse a bola, livre, na intermediária, o zagueiro luso-brasileiro deixou o Real Madrid na situação mais delicada possível.

Precisamente aqui, amigos, a coisa ruiu para o Real Madrid.

PLAY… PAUSE aos 31s

Nada pode ser mais grave do que ver Lionel Messi arrancar com a bola em direção à area, desmarcado e com espaço para acelerar. Carvajal vê a onda crescer, percebe Xavi se oferecer para um dois-contra-um sobre Pepe e reage como a grande maioria dos laterais: aproxima-se do meio da defesa para ajudar.

Fatal.

PLAY… PAUSE aos 32s

Iniesta acompanha tudo do lado esquerdo, aberto, como se fosse apenas um observador. Mas a sequência de movimentos indica o que acontecerá. Carvajal lhe convida a correr em diagonal, dando a Messi a opção para o passe de gol. O argentino carrega, faz Pepe temer um chute frontal e rola para Iniesta na área.

1 x 0.

Cinco passes. Atuações decisivas de barcelonistas de toda a vida e do recém-chegado Neymar.

E uma contribuição generosa de Gareth Bale (aos 28s), usando o braço esquerdo para avisar a todos que Iniesta vai fazer o gol.

Curti a análise e quis compartilhar com vocês.

Concordam, discordam?

Link to comment
Share on other sites

  • General Director

Pô, gostei bastante... não sabia que o André Kfouri manjava assim do campo tático não, hahaha me surpreendeu.

Agora, concordar ou discordar do quê, Igor? Da análise? Poxa, ela é bem clara, ele analisou movimentos e posições dos jogadores em campo durante o gol, não dá pra brigar mt com a imagem. E apesar de ter ficado bem bacana, o mote é o mesmo: o controle da bola do Barça visando o passe em profundidade.

Link to comment
Share on other sites

Poxa, demorei pra parar e ver o post, mas valeu cada segundo gasto. Adoro material sobre isso, ainda mais sobre o Barcelona :)

obrigado por postar.

ouço essa narração em espanhol às vezes no Sports+ e curto muito hahahah

É incrível o tanto de coisas que a gente enxerga depois de uma clareada de mente igual essa. Não consigo observar tanta coisa enquanto assisto o jogo (na vdd quase nada). Fico feliz quando leio matérias que me explicam o que eu acabei de ver.

então, sobre o lance, interessante notar que na hora do passe do Xavi pro Neymar (frame abaixo), ele passa a bola entre a linha inteira de marcação do Madrid (Di Maria, Alonso e Modric) e uma série de opções de jogada surgem, já que agora você tem meias criativos e atacantes diretamente pra cima dos zagueiros, sem os volantes no meio:

passe%20xavi.PNG

se o Sergio Ramos não dá o combate no Neymar, ele pode girar com espaço e vir com a bola no 1 contra 1 pra cima dele (Alonso não chegaria a tempo, provavelmente), ou contar com a ajuda de Messi e Fàbregas pra tabelar e um deles finalizar (além de Iniesta e Alba como opções de passe do lado esquerdo)

se o Fàbregas dá o passe no Xavi, que avança pelo meio, ele pode fazer o mesmo passe para o Iniesta que o Messi fez, já que Carvajal faria o mesmo movimento de fechar o campo, enquanto Pepe ficaria na cola de Messi. Ramos já teria ficado pelo caminho.

Messi quando recebe poderia fazer 1-2 com o Xavi e receber a bola dentro da área na cara do Diego Lopez.

O ponto-chave certamente é o passe de Piqué pro Xavi, onde o buraco na marcação do Real já está feito. Quando Alba e Iniesta recuam a bola para o Busquets, Modric o acompanha e o força a recuar pro zagueiro, mas o vacilo quem dá é Xabi Alonso, que não acompanha Xavi. Na hora que o Di Maria dá combate, já foi.

Marcelo está por ali e não marca nem pressiona ninguém, mas claramente está atento à subida do Daniel Alves.

sei lá se vocês perceberam mais alguma coisa ou se eu só falei obviedades, mas gostei do exercício hahaha

Link to comment
Share on other sites

O Cristiano Ronaldo e o Bale foram ordenados a marcar os laterais do Barça, pra mim o erro começou aí, o Bale fica marcando o Alba e prestando atenção no Iniesta quando o Iniesta corre ele "avisa" o Carvajal que não ouve ou não vê o aviso e fecha junto com a zaga, o Bale deveria ser inteligente e seguir o Iniesta mais ficou marcando o Alba quando ele vê que o Alba parou no meio campo ele tenta correr atrás do Iniesta mais aí já era tarde.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

  • Similar Content

    • bstrelow
      By bstrelow
      PARTICIPANTES:
       
      REGULAMENTO:
       
      ATUAL CAMPEÃO:
       
      PROMOVIDOS E REBAIXADOS:
    • EduFernandes
      By EduFernandes
      Tópico para a discussão das transferências na janela europeia de meio de ano.
      Algumas das principais transferências até agora foram:
       
      Jude Bellingham - Real Madrid Ilkay Gundogan - Barcelona Kai Havertz - Arsenal Mateo Kovačić - Manchester City Mason Mount - Manchester United James Maddison - Tottenham Marco Asensio - PSG Brahim Diaz - Real Madrid Alexis Mac Allister - Liverpool Moise Kean - Juventus Dominik Szoboszlai - Liverpool Sandro Tonali - Newcastle Iñigo Martinez - Barcelona Joselu - Real Madrid Timothy Weah - Juventus Houssem Aouar - Roma Raphaël Guerreiro - Bayern Konrad Laimer - Bayern Marcus Thuram - Internazionale Christopher Nkunku - Chelsea Kim Min-jae - Bayern Milan Skriniar - PSG Ángel Di María- Benfica Dejan Kulusevski- Tottenham Lucas Hernández - PSG Granit Xhaka - Bayer Leverkusen Manuel Ugarte - PSG Caglar Söyünkü - Atlético de Madrid Arda Güler - Real Madrid César Azpilicueta - Atlético de Madrid Vitor Roque - Barcelona
    • EduFernandes
      By EduFernandes
      Daqui a pouco, transmissão no SBT e no TNT.

    • Leho.
      By Leho.
      🗓️ Hoje, 20/03
      🕔 17h (Brasília)
      📺 Star+ (exclusivo!)
      🏟️ Santiago Bernabéu
      ---
      Parece que o Karim tá fora de jogo por conta de lesão muscular. Mendy também. Desfalque pesado pros merengues.
      Primeiro clássico no Bernabéu desde 2020. E o Real vai estrear sua 3ª camisa, toda preta, em alusão aos 120 anos do clube. Barça vai de third também, amarelo. No mínimo estranho, hahahaha.
       
      Palpites?
    • Leho.
      By Leho.
      🗣️ José Martínez
      🏟️ Camp Nou
      ---
      Saudades dos tempos em que o @Bruno Caetano. criava tópicos primorosos desse "El Clásico", cheios de informações e infográficos hahahaha. Tempo bom!
      Senti falta de uma repercussão maior sobre o jogo de hoje, só fui descobrir ontem à noite que teria a partida haha! É o primeiro clássico sem Lionel, o primeiro a ser disputado pelo Agüero, e teremos Ansu Fati com a lendária camisa 10 blaugrana.
       
×
×
  • Create New...