Jump to content

Beckenbauer: "no fim, vamos acabar como o Barcelona. Duro de assistir"


Leho.

Recommended Posts

  • General Director

Beckenbauer ataca Bayern e teme "Barcelonização" de clube bávaro

por ESPN.com.br --- título editado por mim, Léo Reis

São vinte pontos de vantagem no Campeonato Alemão, vaga sem sofrimento nas quartas de final da Uefa Champions League e apenas duas derrotas em toda a temporada. Mesmo assim, Franz Beckenbauer não está contente com o Bayern de Munique. Ídolo histórico e atual presidente de honra do clube bávaro, ele não gostou de ver o time apenas controlando o jogo de terça-feira contra o Arsenal e acabou criticando o estilo de jogo adotado por Pep Guardiola.

LEIA MAIS:

Bayern 'aprende a lição', empata com Arsenal e garante vaga nas quartas

Wenger decreta: Bayern está mais vulnerável com Guardiola

Mauro Cezar observa que 'há uma inquietude no time do Bayern'

Marcela Rafael analisa: 'Empurrão do Arsenal era mesmo para derrubar o Bayern'

Getty

300_e154e52b-736c-3c5a-9a39-b7bde1ad59ac

Guardiola teve de ouvir críticas de Beckebauer

"No fim, vamos acabar como o Barcelona: duro de assistir. Os jogadores vão ficar tocando para trás até chegar na linha do gol. Minha visão de futebol é diferente. Se tenho a oportunidade de chutar de fora da área, principalmente contra uma defesa fechada, eu chutaria", disse Beckenbauer após o empate por 1 a 1 contra os ingleses.

Pep Guardiola se defendeu das críticas após a partida e se disse satisfeito com o desempenho da equipe.

"Nós conseguimos minimizar nossos erros. Jogamos de forma inteligente e em nível muito alto. Estou muito satisfeito. Quisemos ter o controle do jogo e tivemos sucesso nisso. Tirando o gol, que deveria ter sido marcado uma falta antes, nada aconteceu", disse.

De fato, o Bayern controlou o jogo diante do Arsenal. O time alemão ficou 67% do tempo com a bola e trocou 723 passes, sendo 85,5% deles bem executados. Mesmo assim, os bávaros ainda arranjaram tempo para arriscar 14 finalizações.

A mudança de estilo de jogo do Bayern sob novo comando pode ser bem exemplificada se analisando os mapas de calor e justamente as estatísticas de passe. Com Jupp Heynckes, os bávaros distribuíam mais a posse de bola, atuando quase o mesmo tanto pela direita quanto pela esquerda.

Também havia uma distribuição maior entre o campo defensivo e o ofensivo. Nos números, foram 29.898 passes trocados em 47 jogos (considerando apenas Campeonato Alemão e Uefa Champions League), uma média de 636 por partida. A porcentagem de acerto era de 84%.

960_36ea3e7d-955e-37f4-bc82-0f555d708706

Com Guardiola, a bola fica muito mais no campo de ataque e se concentra mais pelo lado direito ou pelo meio do campo. A média de passes cresceu absurdamente. Já são 26.444 em 34 jogos (considerando-se Campeonato Alemão, Uefa Champions League e Mundial de Clubes). Nada menos que 777 por jogo, 141 a mais do que o time da última temporada, de Heynckes. O aproveitamento também cresceu e foi para 87,6%.

960_d469a6a0-8ffd-3ea4-80dc-526365b898d0

Curiosamente, porém, a equipe de Guardiola também chuta mais. Já são 657 chutes a gols, uma média de mais de 19 por partida. Com Heynckes, a equipe finalizou 801 vezes, 17 por duelo. A média de gols também cresceu: 2,85 agora contra 2,74 sob o comando anterior, por jogo.

Apesar da comparação de Beckenbauer, o Barcelona de Guardiola tinha um estilo de jogo diferente. Analisando os mapas de calor das duas últimas temporadas do espanhol no comando do clube catalão, a bola ficava muito mais na faixa central de campo do que pelos lados.

A semelhança fica por conta do número de passes: 81.325 tentados em 103 partidas, uma média de 789 por jogo, apenas 12 a mais do que o Bayern. E o aproveitamento era o mesmo: 87,6%. O Barça, porém, chutava menos que os bávaros: 16 finalizações por jogo, com uma média de gols de 2,69.

960_7c351c1a-14a6-3d16-8dc7-46d72f979dd5

Discussão boa, hein? Hahahaha, apesar de já meio batida, concordo.

O que estão achando do Bayern de Pep até aqui? Vulnerável? Tedioso? Impressionante? Fatal?

Link to comment
Share on other sites

Fatal, porém tedioso.

O Bayern de Munique era um dos times mais prazerosos de assistir com o Heynckes no comando. Agora virou um Barcelona.

Tudo bem que o jogo é bastante efetivo, mas não dá gosto de ver os jogadores tocando de lado o tempo todo esperando uma brecha pra atacar.

Ainda bem que as vezes os jogadores esquecem o "tiki-taka" e jogam como jogavam antigamente, o Robben faz muito isso.

Link to comment
Share on other sites

Não darei minha opinião para não ser negativado. Mas concordo com o Beckenbauer.

Link to comment
Share on other sites

Não darei minha opinião para não ser negativado. Mas concordo com o Beckenbauer.

Link to comment
Share on other sites

  • Vice-President

O negócio é que o Bayern tem pontas e meias mais incisivos que o Barcelona. O Kroos adora chutar de longe, o Robben adora cortar e chutar, e tantos outros. O único que joga a la Barcelona no time é o Thiago, porque veio de lá. Mas se o Guardiola ficar muitos anos na equipe, com certeza, quando esses jogadores pararem, serão substituídos por jogadores como o Thiago, que já tem a filosofia Barcelona na veia.

Link to comment
Share on other sites

O importante são vitórias e títulos.

Esse comemoraremos os 20 anos do titulo do Brasil na copa de 94, porém um futebol feio, mas nunca comemoramos os 20 anos do fracasso da seleção de 82.

Infelizmente o que se lembra e fica pra historia são títulos e não jogo bonito, se der para fazer os dois, melhor, mas Pep tem provado q o estilo de jogo dele é efetivo, porém chato.

Link to comment
Share on other sites

Quantos times jogam um futebol menos "tedioso" e "chato" do que o do Bayern, na opinião de vocês?

Link to comment
Share on other sites

Não posso negar, é eficaz...


Quantos times jogam um futebol menos "tedioso" e "chato" do que o do Bayern, na opinião de vocês?

Borussia Dortmund

Link to comment
Share on other sites

O importante são vitórias e títulos.

Esse comemoraremos os 20 anos do titulo do Brasil na copa de 94, porém um futebol feio, mas nunca comemoramos os 20 anos do fracasso da seleção de 82.

Infelizmente o que se lembra e fica pra historia são títulos e não jogo bonito, se der para fazer os dois, melhor, mas Pep tem provado q o estilo de jogo dele é efetivo, porém chato.

será que sou o único que não achava o futebol do Brasil de 1994 feio?!

Tá certo que na final foi 0x0, mas o Brasil tentou a vitória... se bem que estava um calor desgraçado, desgastando os 2 times (mais ainda a Itália que praticamente só se defendeu hehehe)

Link to comment
Share on other sites

será que sou o único que não achava o futebol do Brasil de 1994 feio?!

Tá certo que na final foi 0x0, mas o Brasil tentou a vitória... se bem que estava um calor desgraçado, desgastando os 2 times (mais ainda a Itália que praticamente só se defendeu hehehe)

Futebol de 94 não era dos mais feios, 90 era muito pior, era um futebol mais feio dos campeões mundiais.

Aquele Brasil tinha meio campo mediano, único craque no time era o Romário, com um Bebeto jogando muita bola, mas ele ficou longe de ser craque em sua carreira, como Zinho, Mauro Silva, Mazinho e Dunga foram excelentes jogadores em suas carreiras, mas longe de serem craques.

Mas sobre o foco do tópico, minha opinião é a de cima, infelizmente o que fica marcado são os campeões e não os que jogam bonitos.

Link to comment
Share on other sites

Tedioso? É uma aula de futebol cara... tenta fazer igual os caras, acertar 85% dos passes no jogo... é treino pra caralho. Se o time entrosa, ninguém segura...

Link to comment
Share on other sites

Tedioso? É uma aula de futebol cara... tenta fazer igual os caras, acertar 85% dos passes no jogo... é treino pra caralho. Se o time entrosa, ninguém segura...

Com certeza é uma aula de futebol mas é tedioso sim, pelo menos eu e muita gente acha assim, as vezes dá sono de tão entediante. É como falaram acima, ganha títulos e os times, treinadores e jogadores são lembrados por isso.

Link to comment
Share on other sites

Tedioso? É uma aula de futebol cara... tenta fazer igual os caras, acertar 85% dos passes no jogo... é treino pra caralho. Se o time entrosa, ninguém segura...

Aula de futebol pra VOCÊ, ninguém é obrigado a achar o jogo deles uma coisa linda maravilhosa.

Uma partida emocionante, dificilmente será bem jogada, por exemplo.

Link to comment
Share on other sites

Aula de futebol pra VOCÊ, ninguém é obrigado a achar o jogo deles uma coisa linda maravilhosa.

Uma partida emocionante, dificilmente será bem jogada, por exemplo.

Falei que alguém era obrigado a gostar?

Cada um...

Com certeza é uma aula de futebol mas é tedioso sim, pelo menos eu e muita gente acha assim, as vezes dá sono de tão entediante. É como falaram acima, ganha títulos e os times, treinadores e jogadores são lembrados por isso.

Cara, é mais uma questão de gosto mesmo, eu prefiro assim do que um jogo de correria, com chute pra todo lado...

Link to comment
Share on other sites

Tedioso, chato e efetivo, o Bayern do Jupp Heynckes pode ter sido mais bonito de ver, mas o do Guardiola é uma máquina, esta brincando no campeonato alemão e tem tudo pra chegar na final da UCL.

Link to comment
Share on other sites

Ver o tédio de um Bayern 13/14 ou Barcelona 10/11 no estádio deve ser de outro mundo. A qualidade técnica dos jogadores, principalmente meias, que fizeram parte desses dois times é absurda

A diferença no Bayern e no Barcelona é que o Barça tinha um jogador espetacular, que tirava o estilo horizontal, fazia a bola rodar no meio e chamava a marcação para si, deixando os pontas soltos.

O Bayern tem vários jogadores objetivos, que são 'tanto horizontais quanto verticais'. As peças usadas pelo Guardiola que proporcionam um futebol ofensivo e rápido são muito maiores do que no Barcelona, que querendo ou não necessitava de Messi para chegar ao gol.

Eu acho o tiki taka um estilo de jogo extraordinário. Não é a única, a imbatível e nem a melhor forma de se ganhar, mas eu acho espetacular. Mas é um estilo que divide muitas opiniões.

E como disse o André, nós nos lembramos dos títulos, e não do futebol bonito. No fim, o relatório do jogo tem só o vencedor, e não a análise de qual time jogou melhor.

Link to comment
Share on other sites

Não sei bem o que dizem quando falam que toque de bola é tedioso. O que me mata de raiva (bom, não deixa de ser uma emoção, né?) são passes errados, perde-e-ganha o tempo todo, 500 faltas por jogo, chuveirinho do meio-campo..

Também não entendo quem acha que tem que ver emoção o tempo todo com um time que não têm identificação alguma. Pouquíssimos jogos de futebol europeu são realmente emocionantes, menos ainda quando não tem título/classificação em jogo.

Tedioso pra mim era ver o Chelsea do Mourinho na primeira passagem dele, sem craques, sem toque de bola e sem jogadas trabalhadas, porém eficiente. Mesmo depois dele, aquela final da UCL foi muito prejudicada por eles.

Por fim, não vejo tantas semelhanças desse Bayern com o Barcelona, muito pelo estilo de jogo dos jogadores também. Esse Bayern toca mais a bola mas também tem muito mais recursos do que entrar tocando na defesa. Além disso não vejo tantos passes curtos, estão mais pra um meio-termo.

Link to comment
Share on other sites

Fatal, porém tedioso.

O Bayern de Munique era um dos times mais prazerosos de assistir com o Heynckes no comando. Agora virou um Barcelona.

Tudo bem que o jogo é bastante efetivo, mas não dá gosto de ver os jogadores tocando de lado o tempo todo esperando uma brecha pra atacar.

Ainda bem que as vezes os jogadores esquecem o "tiki-taka" e jogam como jogavam antigamente, o Robben faz muito isso.

Falava a mesma coisa pra todo mundo ano passado. A solidez defensiva aliada ao meio campo de muita qualidade e o ataque fulminante, era impressionante...

Quantos times jogam um futebol menos "tedioso" e "chato" do que o do Bayern, na opinião de vocês?

Quando diz menos tedioso e chato você quer dizer que seja mais legal de assistir né? Eu ando preferindo ver jogo do Real, do Arsenal (quando não amarela), Liverpool, PSG...

Mas isso não quer dizer que esses times estejam jogando melhor que o Bayern, o que não tão mesmo, mas eu prefiro ver jogos desses times, me prende mais a atenção.

Link to comment
Share on other sites

Esse Bayern passa longe de ser um Barcelona, ao meu ver. O jogo do Barcelona era baseado em posse de bola, recuo do Messi e movimentação dos pontas. O Bayern do Guardiola é muito mais baseado em movimentação, pressão, trabalho coletivo e mudança muito rápida do estilo de jogo. É um time ridiculamente mais intenso que o Barcelona.

Pra começar, não existe primeiro volante naquele time. Kross, Thiago e Lahm/Schweinsteiger se movimentam demais e se revezam numa velocidade impressionante. Uma hora tu vê um triângulo de base baixa, alta, um dos volantes infiltrar, um dos volantes voltar pra defender, o passe sair com qualidade de qualquer dos três e todos atacam, defendem e armam o jogo. No Barcelona, o Busquets é o primeiro volante do passe simples e o desarmador, o Xavi era o jogador do início da jogada e o Iniesta do penúltimo passe. Os 3 jogadores do Barcelona, embora individualmente, NA MINHA OPINIÃO, tenham sido melhores jogadores que os 3 do Bayern, os últimos são mais completos e intensos, mais difíceis de se marcar e que podem trazer coisas mais positivas.

Por último, os dois pontas do time. Ribéry é mais jogador que Pedro e Sánchez. Pode tanto dar o último passe como driblar, infiltrar pelo meio (como vinha jogando) ou finalizar. É liso demais e tem uma leitura de jogo estupenda. Já o Robben vem vivendo uma fase espetacular e é UM TRILHÃO de vezes mais incisivo e contundente que qualquer ponta do Barcelona. O cara corta pra dentro e bica de qualquer lugar. É muito difícil de ser marcado. Às vezes me parece que os pontas do Barcelona são meias e os pontas do Bayern são atacantes.

O estilo de jogo dos times também é diferente. O Barcelona passa 90 minutos trocando passe. O Bayern passa 90 minutos alterando o estilo de jogo. Trocam passes, tentam um passe longe, uma acelerada pro Robben, um chute do Kroos, um cruzamento pro centroavante. O que não muda praticamente nunca é que eles tão sempre com 11 jogadores marcando a saída de bola do time adversário. Não é só imposição técnica, mas também tática.

O Barcelona alavancou o nível do futebol mundial. O Bayern aperfeiçoou. Esse time faz o que quiser o jogo inteiro. Beckenbauer critica pelo simples prazer de criticar. Guardiola não revolucionou o futebol do Bayer, mas melhorou o que o Heynckes havia feito temporada passada.

Eu acho um engano comparar o Barcelona do Guardiola com o Bayern do Guardiola. São dois times diferentes.

Link to comment
Share on other sites

Ninguém lembra como o campeão Italiano de 1930 jogava, mas lembram que a Juventus foi campeã nesse ano, isso de jogar futebol é bem relativo, pessoal já vai assistir jogo do Bayern no pensamento negativo de que "esse time só toca bola", não é bem assim e os dados apontados nessa matéria da ESPN contrastam com isso.

Link to comment
Share on other sites

  • General Director

Eu tenho uma opinião mt parecida com a do Silveira: acho que não dá pra comparar o Barcelona do Pep com este Bayern de agora. As peças fazem uma diferença brutal no desenvolvimento do estilo de jogo do espanhol... eu gosto do Tiki-Taka, mas compreendo quem o considere "enfadonho". E o principal motivo de eu gostar dessa forma de jogo é a execução quase perfeita do passe.

O Bayern atual não só já era um senhor time, como agora é um senhor time que consegue controlar mt bem a bola e utilizar suas armas verticais mais vezes e quando bem entende. Ribéry, Robben e os próprios meias se infiltrando são essas armas, e o Tiki-Taka é o meio de o time poder ter mais tempo para a execução dessas ferramentas ofensivas.

Quantos times jogam um futebol menos "tedioso" e "chato" do que o do Bayern, na opinião de vocês?

Eu gosto do Tiki-Taka, mas isso não quer dizer que eu não goste de outros estilos. Hoje gosto mt de ver também em campo o Man City, o Chelsea e o Real Madrid.

Link to comment
Share on other sites

  • 4 weeks later...

Futebol de 94 não era dos mais feios, 90 era muito pior, era um futebol mais feio dos campeões mundiais.

Aquele Brasil tinha meio campo mediano, único craque no time era o Romário, com um Bebeto jogando muita bola, mas ele ficou longe de ser craque em sua carreira, como Zinho, Mauro Silva, Mazinho e Dunga foram excelentes jogadores em suas carreiras, mas longe de serem craques.

Mas sobre o foco do tópico, minha opinião é a de cima, infelizmente o que fica marcado são os campeões e não os que jogam bonitos.

mesmo assim, logo após os 6x0 na Bolívia, o Brasil estava jogando demais, sempre buscando o gol. Mas só porque a final terminou 0x0 nos penais, aí dizem que era feio, retrancado...

Link to comment
Share on other sites

mesmo assim, logo após os 6x0 na Bolívia, o Brasil estava jogando demais, sempre buscando o gol. Mas só porque a final terminou 0x0 nos penais, aí dizem que era feio, retrancado...

Não foi só por causa da final. Durante a Copa já havia essa impressão, que o time tinha sido mexido pra dar maior segurança defensiva e isso prejudicou o futebol que tinham jogador antes.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

  • Similar Content

    • bstrelow
      By bstrelow
      PARTICIPANTES:
       
      REGULAMENTO:
       
      ATUAL CAMPEÃO:
       
      PROMOVIDOS E REBAIXADOS:
    • EduFernandes
      By EduFernandes
      Tópico para a discussão das transferências na janela europeia de meio de ano.
      Algumas das principais transferências até agora foram:
       
      Jude Bellingham - Real Madrid Ilkay Gundogan - Barcelona Kai Havertz - Arsenal Mateo Kovačić - Manchester City Mason Mount - Manchester United James Maddison - Tottenham Marco Asensio - PSG Brahim Diaz - Real Madrid Alexis Mac Allister - Liverpool Moise Kean - Juventus Dominik Szoboszlai - Liverpool Sandro Tonali - Newcastle Iñigo Martinez - Barcelona Joselu - Real Madrid Timothy Weah - Juventus Houssem Aouar - Roma Raphaël Guerreiro - Bayern Konrad Laimer - Bayern Marcus Thuram - Internazionale Christopher Nkunku - Chelsea Kim Min-jae - Bayern Milan Skriniar - PSG Ángel Di María- Benfica Dejan Kulusevski- Tottenham Lucas Hernández - PSG Granit Xhaka - Bayer Leverkusen Manuel Ugarte - PSG Caglar Söyünkü - Atlético de Madrid Arda Güler - Real Madrid César Azpilicueta - Atlético de Madrid Vitor Roque - Barcelona
    • EduFernandes
      By EduFernandes
      Daqui a pouco, transmissão no SBT e no TNT.

    • Leho.
      By Leho.
      🗓️ Hoje, 20/03
      🕔 17h (Brasília)
      📺 Star+ (exclusivo!)
      🏟️ Santiago Bernabéu
      ---
      Parece que o Karim tá fora de jogo por conta de lesão muscular. Mendy também. Desfalque pesado pros merengues.
      Primeiro clássico no Bernabéu desde 2020. E o Real vai estrear sua 3ª camisa, toda preta, em alusão aos 120 anos do clube. Barça vai de third também, amarelo. No mínimo estranho, hahahaha.
       
      Palpites?
    • Leho.
      By Leho.
      🗣️ José Martínez
      🏟️ Camp Nou
      ---
      Saudades dos tempos em que o @Bruno Caetano. criava tópicos primorosos desse "El Clásico", cheios de informações e infográficos hahahaha. Tempo bom!
      Senti falta de uma repercussão maior sobre o jogo de hoje, só fui descobrir ontem à noite que teria a partida haha! É o primeiro clássico sem Lionel, o primeiro a ser disputado pelo Agüero, e teremos Ansu Fati com a lendária camisa 10 blaugrana.
       
×
×
  • Create New...