Jump to content

Futebol Total


Leonardo Castello

Recommended Posts

Nos últimos FMs eu vinha insistindo muito no 442 losango, com a proposta de deixar o meio povoado num formato diamante, com jogadores versáteis e físicos pra cobrirem os corredores e laterais super ofensivos. Consegui ótimos resultados, inclusive postei minhas conquistas por aqui, só faltou aquela Champiozinha pra fechar com chave de ouro. 

Mas nesse FM21 eu pensei em uma proposta diferente após assistir um vídeo antigo de Cruijff https://youtu.be/7NZ0byEyeOA onde ele falava do ponto negativo em usar um 442 losango comum, que seria a pouca amplitude no setor de meio e ataque, que era exatamente o que me incomodava.

kPwFv66.png

Nessa parte do vídeo ele fala que se tentasse alargar os centrais, que era basicamente o que eu fazia usando ora carrilero, ora mezzala,  ele perderia o diamante que prejudicaria a estrutura 

0kU9MKd.png

Vou me influenciar no Futebol Total, termo usado pela primeira vez para descrever o time holandês da Copa do Mundo de 1974, e que a posteriore tornou-se sinônimo do grande time do Ajax que ganhou três Copas da Europa seguidas.

A minha ideia é criar uma filosofia cooperativa, onde todos colaborem com a defesa e ataque no esquema 433 num estilo livre, criativo e ofensivo com jogadores completos/Totais

4yxQyy4.png

Na maioria dos casos eu teria que escolher um mega clube com um grande orçamento de transferência ou encontrar um grupo talentoso de jovens jogadores com uma boa academia e construir o meu próprio esquadrão, mas resolvi me arriscar em um time mais limitado pra desenvolver um DNA próprio

Como eu acabei de subir da Segunda Divisão Espanhola, ainda tenho poucos recursos pra montar um time da maneira que eu quero, mas vou tentar extrair o máximo da contratações que fiz, meu foco será em jogadores jovens pra evoluir os atributos necessários pra nossa filosofia Futebol Total

dmkdTwa.png

 

Os atributos essenciais

Eu quero que meu elenco seja composto por jogadores inteligentes e cooperativos, e para refletir isso no FM vou listar alguns atributos essenciais.

Antecipação e Decisão - Terão impacto significativo em todas as fases do jogo

Posicionamento e Concentração - Vai nos dar uma defesa sólida e confiante

Índice de trabalho e Trabalho em Equipe - Cooperação tática e de grupo que faz parte da filosofia 

Técnica, Primeiro Toque, Compostura, Passe, Sem bola e Visão - Para uma fase ofensiva precisa e letal

Treinamento Geral/Individual 

 O treinamento pra uma semana com apenas 1 jogo foi desenvolvido pra focar nos atributos principais da filosofia Futebol Total(Alta pressão e Controle). Quero que cada setor evolua os atributos correspondentes para que seja refletido em campo a médio e longo prazo.

v5nqhy2.png

A parte individual é mais "simples", vou focar nas funções mais completas pra focar no máximo de atributos possíveis 

YiJZajw.png

 

Vamos esperar que a teoria se concretize na prática

23od3sK.png

 

 

Link to comment
Share on other sites

XD5Gwf8.png

Jovens jogadores chegando na construção da nova filosofia 

CKCWyrX.png

LbUwx9d.png

FCipweg.png

xqZZu72.png

Link to comment
Share on other sites

Legal o tópico! Sou muito fã do futebol total e sempre que consigo, dou uma estudada em todas as áreas táticas desse estilo.

Gosto tanto que estou tentando desenvolver no jogo o estilo do Cruyff quando treinou o Barcelona nos anos 90, o famoso Dream Team.

Particularmente não sou muito fã de losangos na formação, prefiro o 4-3-3 e que dentro do jogo sim, possa recorrer a um losango, mas puramente tático.

A tática do Barça era um 3-4-3 losango muito foda de se assistir, que muito felizmente a gente viu o Barça do Pep jogar daquele jeito também.

 

Espero postar por aqui quando eu atingir um resultado que me agrade e que seja o mais fiel possível.

Link to comment
Share on other sites

8 minutos atrás, schacoffee disse:

Legal o tópico! Sou muito fã do futebol total e sempre que consigo, dou uma estudada em todas as áreas táticas desse estilo.

Gosto tanto que estou tentando desenvolver no jogo o estilo do Cruyff quando treinou o Barcelona nos anos 90, o famoso Dream Team.

Particularmente não sou muito fã de losangos na formação, prefiro o 4-3-3 e que dentro do jogo sim, possa recorrer a um losango, mas puramente tático.

A tática do Barça era um 3-4-3 losango muito foda de se assistir, que muito felizmente a gente viu o Barça do Pep jogar daquele jeito também.

 

Espero postar por aqui quando eu atingir um resultado que me agrade e que seja o mais fiel possível.

Ele mostra nesse vídeo que coloquei a tática em questão. Eu inclusive montei esse 343 no meu slot, mas não pretendo fazer dela minha tática principal, ainda não tenho um time mt bom pra poder jogar de forma tão ofensiva e exposta 

Link to comment
Share on other sites

Acompanhando.

Sobre o Futebol Total, uma das coisas que mais me chama a atenção é como a Holanda o aplicava de forma violenta. Eu não sei se é meu estranhamento com o futebol da época, mas tive a impressão de que se algum time jogasse assim hoje em dia ficaria sem jogadores antes dos 90 minutos.

Link to comment
Share on other sites

33 minutos atrás, Lowko é Powko disse:

Acompanhando.

Sobre o Futebol Total, uma das coisas que mais me chama a atenção é como a Holanda o aplicava de forma violenta. Eu não sei se é meu estranhamento com o futebol da época, mas tive a impressão de que se algum time jogasse assim hoje em dia ficaria sem jogadores antes dos 90 minutos.

 Na parte disciplinar até que não tô sofrendo tanto, meu estilo de alta pressão não é tão agressivo quanto o deles, é mais organizado e zoneado.

Nenhum vermelho é uma marca sensacional pra um time que adota esse estilo 

4nrbxyL.png

 

Link to comment
Share on other sites

Atualização

Temporada surpreendente, confesso que não esperava por uma resposta tão rápida de uma equipe tão jovem e inexperiente. A grata surpresa foi o jovem artilheiro Zezinho que conquistou a vaga de titular após boas entradas no segundo tempo

SAR3WoZ.png

E7smmws.png

Os números ofensivos não me enchem os olhos, ganhei muitas partidas com placares magros digno de um Corinthians de Carille, mas para um time recém formado não tenho muito o que exigir. 

Ao contrário do ataque a defesa mostrou muita solidez, tirando 2 goleadas seguidas e uma desclassificação prematura da copa gostei de como o sistema se portou na maioria das partidas, mas nesse setor tínhamos jogadores mais experientes, Clemente e o argentino Carrizo ambos com personalidades positivas passaram a confiança que o resto do time jovem precisava pra se soltar.

Fb82v5Z.png

Feedback Tático

Houveram algumas mudanças minuciosas, primeiro resolvi remover Passar pro Espaço, apesar de gostar muito dessa instrução ela tava fazendo com que meus jogadores do sistema defensivo tentassem muitos passes forçados, e não é essa minha intenção, eu quero que a bola chegue limpa no meio campo e a partir daí jogadores com mais qualidade técnica pudessem distribuir de maneira mais arriscada para os homens de frente, inclusive pedir ao MAA pra Correr Mais Riscos, agora todos os jogadores do sistema ofensivo possuem essa instrução. 

Outra coisa que mudei tbm foi a função de 2 jogadores de setores que tavam batendo cabeça, Extremo Invertido e Mezzala, embora o Mezzala estivesse rendendo bem ele tava se movimentando excessivamente para os lados do campo, e como já tenho um jogador que fica extremamente aberto eu optei por usar um Organizador Móvel que fará a intermediação mais vertical das jogadas ofensivas, e não ocupará o espaço que será do agora Avançado Interior que parte mais pra área do que o Extremo Invertido

d37Y8YK.png

Filosofia na Match Engine

Separei 2 gols pra mostrar como o Total Futebol está sendo refletido na Match Engine. 

Nesse primeiro gol que sacramentou um belo triunfo contra o Villarreal vocês conseguem notar a marcação pressão e a anulação de espaço que o falso 9 tenta exercer de acordo com o lado que a bola está, primeiramente o F9 tenta fechar espaço enquanto o MAA ajuda-o marcando mais adiantado, logo depois o Villarreal muda de lado pra tentar avançar com a bola e novamente o Falso 9 fecha a opção de passe mas agora o Armador Móvel faz a pressão junto com o Avançado Interior pra anular a jogada, O Villarreal consegue sair da marcação deles mas surge meu Ala esquerdo numa feliz e inteligente antecipação. A jogada pro gol é um misto de fluidez e velocidade que termina em uma finalização excepcional de Zezinho

Agora vamos pro segundo gol. Escolhi esse pq foi um dos belos gols que demonstra como deve ser exatamente o que estou querendo implementar. A fluidez de movimento entre o Ala/Box to Box/Avançado Interior é de encher os olhos, perceba como eles confundem a marcação se movimentado livremente como um bonito carrossel holandês

 

A meta agora é repor os jogadores que foram importantes e não vão renovar os empréstimos e finalmente tentar concluir os treinamentos de características dos jogadores que fazem parte das transições ofensivas, quero todos com Procurar fazer Tabelinhas

 

Link to comment
Share on other sites

  • General Director

Caramba, resultados ótimos e bem precoces, Léo! Parabéns, bixo.

O time realmente tá incorporando a filosofia, mt movimentação, troca de posições e fluidez na hora de atacar. Esperava que os números ofensivos fossem até melhores que os defensivos, me surpreendi com o inverso hahaha.

Bacana que os gols ficaram pulverizados entre vários jogadores, acho isso um bom indício de que todos estão participando na hora de concluir as jogadas.

Link to comment
Share on other sites

2 horas atrás, Leho. disse:

Caramba, resultados ótimos e bem precoces, Léo! Parabéns, bixo.

O time realmente tá incorporando a filosofia, mt movimentação, troca de posições e fluidez na hora de atacar. Esperava que os números ofensivos fossem até melhores que os defensivos, me surpreendi com o inverso hahaha.

Bacana que os gols ficaram pulverizados entre vários jogadores, acho isso um bom indício de que todos estão participando na hora de concluir as jogadas.

Com certeza, tbm imaginei que o ataque fosse se sobressair, mas acredito que faltou um pouco de maturidade, TODOS os jogadores do setor ofensivo são jovens, acredito que na próxima temporada, com a experiência, eles consigam ser mais incisivos.

Quando comecei a ganhar partidas fora contra os times medianos da La Liga já bateu a empolgação, imaginei que o rendimento pudesse cair em algum momento, mas não aconteceu, o time se manteve regular a temporada inteira. Quando Zezinho agarrou a vaga de titular começou a meter gol adoidado, se iniciasse de titular desde o início certeza q teria disparado, mas a distribuição de gols me deixa contente tbm, quer dizer q todos estão participando no terço final.

Link to comment
Share on other sites

Sensacional o tópico, Léo. É muito legal ver um modelo tático sendo implementado no FM, ainda mais partindo do "zero" e mostrando os avanços como você está fazendo. Melhor de tudo é que trouxe os treinamentos e as contratações, mostrando quais atributos buscar e etc.  Estarei acompanhando e em breve pretendo fazer algo parecido por aqui.

8 horas atrás, Leonardo Castello disse:

Houveram algumas mudanças minuciosas, primeiro resolvi remover Passar pro Espaço, apesar de gostar muito dessa instrução ela tava fazendo com que meus jogadores do sistema defensivo tentassem muitos passes forçados, e não é essa minha intenção

Eu cheguei recentemente a fazer um post na minha saga no PM sobre um modelo tático que achei na internet. Ele fala um pouco sobre essa saída de bola da defesa, tentando implementar um pouco do estilo do Guardiola, que é baseado até certo ponto no Cruyff. O link é esse daqui, se quiser dar uma lida, pode até te dar uma luz em alguns pontos. 

https://theresonlyoneball.com/2020/07/02/football-manager-2020-tactics-pep-guardiola/

Valeu!!

Link to comment
Share on other sites

19 minutos atrás, ElPerroMG disse:

Sensacional o tópico, Léo. É muito legal ver um modelo tático sendo implementado no FM, ainda mais partindo do "zero" e mostrando os avanços como você está fazendo. Melhor de tudo é que trouxe os treinamentos e as contratações, mostrando quais atributos buscar e etc.  Estarei acompanhando e em breve pretendo fazer algo parecido por aqui.

Eu cheguei recentemente a fazer um post na minha saga no PM sobre um modelo tático que achei na internet. Ele fala um pouco sobre essa saída de bola da defesa, tentando implementar um pouco do estilo do Guardiola, que é baseado até certo ponto no Cruyff. O link é esse daqui, se quiser dar uma lida, pode até te dar uma luz em alguns pontos. 

https://theresonlyoneball.com/2020/07/02/football-manager-2020-tactics-pep-guardiola/

Valeu!!

 Tava ansioso pra compartilhar essa ideia com a galera, tava um pouco frustrado com o orçamento limitado e a única forma que achei de agir no mercado foi em busca de jovens em times fracos. No aguardo da sua implementação de filosofia, sem dúvida irei acompanhar

Vou ler sim, estou sempre em busca de conteúdos sobre Cruyff e Guardiola pra adaptar nessa minha nova abordagem, mt obrigado.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Um mix de orgulho e decepção

A temporada começou bem pro Logronés, tivemos um início muito promissor com triunfos consecutivos e liderança isolada, mas depois de uma derrota em casa tudo se perdeu, 5 derrotas consecutivas e não conseguimos retomar um futebol de confiança. 

Na Liga Europa com Tottenham e Monaco no grupo, não posso reclamar, time lutou bem, ganhamos bem do Monaco mas fora de casa não conseguimos manter o ritmo e isso pesou. 

Na Conference League pegamos times razoáveis e chegamos na final contra outro time espanhol, que incrivelmente passou pelo Arsenal. Depois de atropelarmos todos os times chegamos com a confiança la em cima, mas a falta de humildade pesou, achamos q poderíamos ganhar fácil e batemos de frente com um time robusto do Mallorca que mostrou pq conseguiu passar pelo time inglês.

JnPDNgj.png

Com o foco virado pra competição continental, sofremos com o cansaço e a falta de opções no elenco pra manter o nível na liga e acabamos fora da zona de classificação

fngEUTz.png

Destaque do ano vai pro nosso centroavante matador sul-coreano naturalizado holandês Won-Jae, desenvolveu mt bem e passou a confiança que precisávamos no ataque

qFxHUv6.png

cXmsGcc.png

Filosofia 

Leves mudanças ocorrerão aqui no sentido tático. Inicialmente eu não queria abandonar o estilo muito fluido que define nossa metodologia, mas parei pra pensar cmg que a filosofia pode girar em torno dos atributos correspondentes a cada função, é o nosso DNA. 

Mentalidade - Escolhi positivo pra nos dar uma certa segurança defensiva, jogar no ataque anteriormente valia a pena pq não havia nenhum jogador com instrução de atacar pra nos dar uma fluidez maior

Passes curtos - A manutenção de posse é essencial no nosso estilo, combinado com a mentalidade positiva a intenção que mantenhamos a posse no campo adversário. Pra evitar a posse de bola inútil e sem objetividade temos 3 jogadores com instrução de Passes Arriscados(os pontas e o CJA), eles serão os responsáveis pelo passe final e inteligente, seja de forma curta ou longa

Jogar a partir da defesa - Saída calma e sem chutão, mas aqui tem um porém, mudei um dos zagueiros pra jogar com uma função Normal, correndo Menos Risco, com a dica de um bom material que @ElPerroMG compartilhou, ter apenas um defensor com bola é o suficiente pra sairmos de trás de forma inteligente, o defensor central comum instruído a correr menos risco vai lançar menos bolas pro ataque e manter as coisas simples no setor defensivo, o que é interessante numa filosofia focada em posse

Cruzamentos rasteiros - Meio óbvio pra quem não tem um centroavante alto e bom no jogo aéreo

Distribuir Laterais - Outra dica do material compartilhado, ter outros jogadores como opção de saída importante se tivermos sofrendo alta pressão, nem sempre podemos sair com a zaga, então ter o laterais abertos desafoga um pouco

Contra pressão - Sugestivo, não queremos que o adversário tenha tempo e espaço pra sair jogando

Sem Posse - Aqui temos apenas a primeira linha avançada, a mentalidade por si já avança nossas linhas, não subir a linha defensiva é mais por uma questão de segurança e um pouquinho menos de exposição 

Novas funções :

Ponta de lança - Quero um jogador que causa mais pânico em defesas que jogam com linha alta, apesar do meu centroavante ter se destacado muito como F9 achei a mudança necessária já que agora não vamos ter centrais que entram na área com tanta frequência

CJA - O organizador móvel não estava mal, mas eu pretendo ter um jogador aqui que avance mais com a bola e seja mais perigoso na frente, e por regra ele não possui essa instrução ativa

MRB - Aqui vai ser o ponto chave, um jogador importantíssimo pra solidez no meio e pra cobertura do avanço do meu ótimo lateral esquerdo, esse jogador não será apenas um recuperador, é importante que ele tenha ótima capacidade técnica e física que combine com nosso DNA. Como eu sentia falta de um jogador mais agressivo na recuperação da bola ainda no campo adversário ele vai contribuir e muito

rVik1nD.png

Link to comment
Share on other sites

  • General Director

Centroavante com a camisa #2 não dá, que sacrilégio @Leonardo Castello. Os deuses do futebol te puniram nisso aí, pode ter certeza.

Hahahahahahaha!

Link to comment
Share on other sites

46 minutos atrás, Leho. disse:

Centroavante com a camisa #2 não dá, que sacrilégio @Leonardo Castello. Os deuses do futebol te puniram nisso aí, pode ter certeza.

Hahahahahahaha!

Não sei por qual motivo o meliante pegou a 2 KKKKKKKK, não consegui mudar depois mas já arrumei pra essa temporada 

Link to comment
Share on other sites

Assim fica difícil lutar por alguma coisa

LVs4tD0.png

hO9CwQh.png

 

 

Link to comment
Share on other sites

Foi bem demais na EC2, pena que acabou entregando na final, mas o caminho é esse, ficar cascudo até conseguir levantar o troféu. Esse atacante com a camisa 2 da agonia não? HHAHAH. Concordo com o Leho, foi punido por isso kkkk. 

Curtiu a leitura? Achei bem completa. Também troquei para apenas 1 Def com Bola e melhorou bastante a saída, ainda mais pq improvisei um volante na função, e ele sai bem demais com a bola. 

Caraca, 2 entregadas. Quais são suas estratégias para reta final das partidas?

Link to comment
Share on other sites

3 horas atrás, ElPerroMG disse:

Foi bem demais na EC2, pena que acabou entregando na final, mas o caminho é esse, ficar cascudo até conseguir levantar o troféu. Esse atacante com a camisa 2 da agonia não? HHAHAH. Concordo com o Leho, foi punido por isso kkkk. 

Curtiu a leitura? Achei bem completa. Também troquei para apenas 1 Def com Bola e melhorou bastante a saída, ainda mais pq improvisei um volante na função, e ele sai bem demais com a bola. 

Caraca, 2 entregadas. Quais são suas estratégias para reta final das partidas?

Mais ou menos kkkk os números das camisas no campeonato espanhol sempre bugam no FM, tenho q acabar sempre comprando editor in game pra ajeitar durante a temporada

Curti demais, tem muitas informações proveitosas pra assimilar 

No primeiro jogo contra o Atlético nenhuma, mantive a msm pegada. No segundo mudei, mas não exageradamente, coloquei ambos os laterais como defesa lateral apoiar, jogar por bolas paradas, reagrupar e recuei a linha de ataque. O time perdeu a confiança e os resultados ruins já começaram a aparecer

Link to comment
Share on other sites

  • General Director
3 hours ago, Leonardo Castello said:

Mais ou menos kkkk os números das camisas no campeonato espanhol sempre bugam no FM, tenho q acabar sempre comprando editor in game pra ajeitar durante a temporada [...]

Uai, como assim bugam? Comigo nunca aconteceu (jogando na Espanha, digo).

Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Leho. disse:

Uai, como assim bugam? Comigo nunca aconteceu (jogando na Espanha, digo).

As vezes quando chega um jogador novo não consigo selecionar um número pra ele

https://content.invisioncic.com/Msigames/monthly_2021_01/image.png.41e329d7413ae504e75324578649754a.png

Link to comment
Share on other sites

  • General Director
30 minutes ago, Leonardo Castello said:

As vezes quando chega um jogador novo não consigo selecionar um número pra ele

https://content.invisioncic.com/Msigames/monthly_2021_01/image.png.41e329d7413ae504e75324578649754a.png

Putz, que merda hein! Comigo nunca aconteceu, bem estranho.

Link to comment
Share on other sites

Foi suado mas finalmente conseguimos a vaga na Champions, o time oscilou menos porém mostrou algumas fragilidades técnicas, e em 2 momentos como já postado aqui mostrou imaturidade na manutenção do resultado que culminou em 2 viradas bizarras 

GSRKH8C.png

Estatísticas

lF7olAU.png

Mais uma vez nosso centroavante no top de artilharia da La Liga

PqSXk7U.png

Filosofia/DNA

Zo4GeAy.png

Filosofia/Tática

Apenas alguns ajustes, subi a linha de defesa pra aproximar mais os setores, em certos momentos eu sentia q meu ataque não estava pressionando o suficiente, e como temos apenas um centroavante pra aplicar a pressão na linha adversária ficava difícil recuperar a bola. O segundo ajuste foi a instrução individual paras os 5 jogadores mais ofensivos pressionarem mais e desarmarem mais duro, a partir do momento que o adversário atravessar a primeira linha de guerra vai sofrer com a pressão agressiva dos meus pontas e meias centrais. Por último, o uso da Marcação Apertada, que foi motivo de discussão no Clube Tático, os jogadores que vão tentar tirar a bola da defesa pra iniciar jogadas vão sofrer uma marcação acirrada dos meus jogadores na linha de pressão, pra mim essa função foi muito importante pra evitar que o adversário ficasse tocando bola tranquilamente na zona em que não tenho AMC.

qYfLepP.png

Link to comment
Share on other sites

Em 16/01/2021 em 00:03, Leonardo Castello disse:

 Na parte disciplinar até que não tô sofrendo tanto, meu estilo de alta pressão não é tão agressivo quanto o deles, é mais organizado e zoneado.

Nenhum vermelho é uma marca sensacional pra um time que adota esse estilo 

4nrbxyL.png

 

Estou pensando na vida real, só. 😂

Muitos carrinhos que destoavam da época, muita agressividade. Sei lá, fico em cima do muro nisso.

Mas voltando ao experimento, eu estou sentindo que você está saindo da proposta do Futebol Total para algo mais resultadista. Pode ser simplesmente uma impossibilidade da engine, mas por exemplo, a intensidade da marcação no seu time está muito abaixo do que eu achei que seria, e a fluidez, apesar de intensa pro FM, não está se traduzindo num jeito específico de jogar que lembra o Futebol Total.

Eu acho que a própria disposição tática não é muito adequada. A compactação das linhas fica difícil com um volante posicional e dois meias à frente, e isso impede que o time tenha algo característico do Futebol Total: uma defesa muito alta, agressiva e ousada, que constantemente encosta na linha do meio campo e deixa o adversário em posição irregular. Pra acelerar ainda mais a compactação, eu utilizaria também alas normais com a tarefa de atacar. No modelo atual, você tem a formação de uma linha de dois zagueiros, com um volante e dois alas centralizados à frente, e mais dois meias centralizados à frente desses três, com mais dois ou três jogadores centralizados no último terço, a depender do julgamento do falso 9.

O ataque carrosel com Zezinho, Jordão e Rosas foi top, mas me pareceu uma exceção.

Link to comment
Share on other sites

6 horas atrás, Lowko é Powko disse:

Estou pensando na vida real, só. 😂

Muitos carrinhos que destoavam da época, muita agressividade. Sei lá, fico em cima do muro nisso.

Mas voltando ao experimento, eu estou sentindo que você está saindo da proposta do Futebol Total para algo mais resultadista. Pode ser simplesmente uma impossibilidade da engine, mas por exemplo, a intensidade da marcação no seu time está muito abaixo do que eu achei que seria, e a fluidez, apesar de intensa pro FM, não está se traduzindo num jeito específico de jogar que lembra o Futebol Total.

Eu acho que a própria disposição tática não é muito adequada. A compactação das linhas fica difícil com um volante posicional e dois meias à frente, e isso impede que o time tenha algo característico do Futebol Total: uma defesa muito alta, agressiva e ousada, que constantemente encosta na linha do meio campo e deixa o adversário em posição irregular. Pra acelerar ainda mais a compactação, eu utilizaria também alas normais com a tarefa de atacar. No modelo atual, você tem a formação de uma linha de dois zagueiros, com um volante e dois alas centralizados à frente, e mais dois meias centralizados à frente desses três, com mais dois ou três jogadores centralizados no último terço, a depender do julgamento do falso 9.

O ataque carrosel com Zezinho, Jordão e Rosas foi top, mas me pareceu uma exceção.

Eu estava esperando alguém comentar sobre isso, vc está completamente certo, é algo que me incomodou muito nas últimas temporadas, ter que alterar muitas coisas por causa da engine. Mas vamos lá, no último ano eu foquei muito no resultado, abandonei algumas estratégias agressivas pra ganhar pontos preciosos e conseguir a difícil vaga na champions com um time muito jovem e enxuto. Porém, o DNA/Treinamento continuou o mesmo, foco em jogadores inteligentes priorizando os atributos essenciais destacados no início, com o intuito de prepará-los. Nessa temporada a proposta vai ser um pouco diferente, mesmo tendo conseguido bons resultados e a vaga na Champions, tenho certeza que vai me custar algumas coisas, mas acredito que o time já está mais preparado.

No que diz a respeito a tática em si você tocou no ponto chave, o Desenho Tático pra aplicar a Filosofia. Eu li muito material nos últimos dias sobre Linha de Pressão, combinações de funções etc, recomendo muito o canal (16) BusttheNet Gaming - YouTube, aprendi coisa pra caramba lá. Retornando, como eu não queria abandonar o 4-3-3 procurei formas de não ser reativo tendo apenas 1 homem à frente pra aplicar pressão nos defensores, o que fazer quando eles estiverem com a bola.

daN2un1.png

Como Recuperar a bola:

- Jogaremos em bloco médio, Johan Cruijff inclusive dizia que em momentos onde a equipe dele não conseguia recuperar a bola lá na frente ele alterava a tática do 3-4-3 para 433 e tentava recuperar a bola em blocos mais baixos mas isso não significa que serei passivo, a partir do momento que a bola for saindo da defesa do adversário vamos aplicar pressão agressiva em áreas onde temos muitos jogadores, e com o uso do Atacante Trabalhador em zonas mais baixas essa pressão será muito maior do que se eu tivesse usando um ponta de lança

Cv3S0sF.png

Pra isso acontecer, instruí todos os meus jogadores exceto zagueiros e o primeiro volante a pressionarem mais e desarmarem agressivamente

Como avançamos com a bola:

- A grande mudança aqui será o uso de sobreposição pra aumentar a mentalidade dos meus Alas sem dar tanta liberdade, ao invés de apenas colocar atacar, onde automaticamente eles iriam querer assumir riscos, como driblar mais por exemplo, não quero isso. A única instrução que eles recebem é Manter-se abertos.

fu9wFc4.png

- Em setores mais avançados os pontas são os que recebem instruções estratégicas pra aumentar ainda mais a pressão próximo do atacante, eles vão jogar de forma mais estreita pro corredor ficar mais disponível e livre para os alas que vão avançar com bastante frequência e também estão setados para chegar mais longe com o intuito de povoar a área e ter mais opções de gol

 

Até agora fiz apenas 2 partidas e gostei do que vi, apesar dos placares magros

we8tIcv.png

VIpUjAG.png

Mandando um dos gols com o lance um pouco mais alongado pra vc ver a disposição tática melhor

 

Link to comment
Share on other sites

19 horas atrás, Leonardo Castello disse:

Eu estava esperando alguém comentar sobre isso, vc está completamente certo, é algo que me incomodou muito nas últimas temporadas, ter que alterar muitas coisas por causa da engine. Mas vamos lá, no último ano eu foquei muito no resultado, abandonei algumas estratégias agressivas pra ganhar pontos preciosos e conseguir a difícil vaga na champions com um time muito jovem e enxuto. Porém, o DNA/Treinamento continuou o mesmo, foco em jogadores inteligentes priorizando os atributos essenciais destacados no início, com o intuito de prepará-los. Nessa temporada a proposta vai ser um pouco diferente, mesmo tendo conseguido bons resultados e a vaga na Champions, tenho certeza que vai me custar algumas coisas, mas acredito que o time já está mais preparado.

No que diz a respeito a tática em si você tocou no ponto chave, o Desenho Tático pra aplicar a Filosofia. Eu li muito material nos últimos dias sobre Linha de Pressão, combinações de funções etc, recomendo muito o canal (16) BusttheNet Gaming - YouTube, aprendi coisa pra caramba lá. Retornando, como eu não queria abandonar o 4-3-3 procurei formas de não ser reativo tendo apenas 1 homem à frente pra aplicar pressão nos defensores, o que fazer quando eles estiverem com a bola.

daN2un1.png

Como Recuperar a bola:

- Jogaremos em bloco médio, Johan Cruijff inclusive dizia que em momentos onde a equipe dele não conseguia recuperar a bola lá na frente ele alterava a tática do 3-4-3 para 433 e tentava recuperar a bola em blocos mais baixos mas isso não significa que serei passivo, a partir do momento que a bola for saindo da defesa do adversário vamos aplicar pressão agressiva em áreas onde temos muitos jogadores, e com o uso do Atacante Trabalhador em zonas mais baixas essa pressão será muito maior do que se eu tivesse usando um ponta de lança

Cv3S0sF.png

Pra isso acontecer, instruí todos os meus jogadores exceto zagueiros e o primeiro volante a pressionarem mais e desarmarem agressivamente

Como avançamos com a bola:

- A grande mudança aqui será o uso de sobreposição pra aumentar a mentalidade dos meus Alas sem dar tanta liberdade, ao invés de apenas colocar atacar, onde automaticamente eles iriam querer assumir riscos, como driblar mais por exemplo, não quero isso. A única instrução que eles recebem é Manter-se abertos.

fu9wFc4.png

- Em setores mais avançados os pontas são os que recebem instruções estratégicas pra aumentar ainda mais a pressão próximo do atacante, eles vão jogar de forma mais estreita pro corredor ficar mais disponível e livre para os alas que vão avançar com bastante frequência e também estão setados para chegar mais longe com o intuito de povoar a área e ter mais opções de gol

 

Até agora fiz apenas 2 partidas e gostei do que vi, apesar dos placares magros

we8tIcv.png

VIpUjAG.png

Mandando um dos gols com o lance um pouco mais alongado pra vc ver a disposição tática melhor

 

Cara, a jogada toda foi boa, mas o que mais me chamou a atenção foi o avanço do Clemente (4). O que me interessa mais, entretanto, é o posicionamento defensivo. Quando puder, mande um ou dois vídeos.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

  • Similar Content

    • JeanMichell6
      By JeanMichell6
      Depois de mais de 1000 horas no FM 2021, eu tive a brilhante ideia de subir o Corinthian-Casuals da National 7 até a Premier kkk

      No entanto, o time é Amador e estou na National 2 e não estou conseguindo montar elenco competitivo uma vez que não posso pagar salarios e sempre que algum jogador se destaca eu perco ele de graça para outro time.
      Alguem já fez esse desafio de jogar com um time Amador, sabe me dizer se em algum momento ele se torna Profissional, o meu clube já foi adquirido por um consórcio e tem 8 Milhões no caixa mas continua amador
    • Danut
      By Danut
      Obrigado ao @Fujarrapelo belo banner.
      Olá pessoal, sejam bem-vindos ao meu novo save. Depois de um tempo longe do FM, voltei a acompanhar o que o pessoal tem criado aqui na área. Pretendia ficar apenas como leitor, mas ver as histórias alheias reacendeu minha vontade de jogar, então cá estamos.
      Sem muita enrolação, vamos para a explicação do desafio: vou jogar um desafio de base na África do Sul. Para quem não sabe, o desafio de base é um tipo de save no qual o time treinado está proibido de contratar jogadores, seja por transferência, empréstimo ou mesmo atleta livre no mercado. A única possibilidade de reforçar a equipe é através dos atletas formados na própria base. No desafio original, também se começa com a equipe mais fraca da divisão. No meu caso, não vou seguir essa diretriz, tendo selecionado o clube que achei mais interessante para a proposta. No próximo post farei a apresentação do clube e explicarei a escolha.
      Falando em explicar escolhas, acho importante explicar a escolha do save, pois ela também ajudará os potenciais leitores a compreenderem o que esperar do tópico. Basicamente, eu tinha me decidido a voltar a jogar FM, mas não queria algo muito complicado. Pode parecer paradoxal ter chegado a um desafio de base a partir da busca por algo não muito complicado, mas eu considero que o desafio de base é mais um save longo do que um save complicado. Só o fato de não precisar lidar com observação e contratações já tira metade da enrolação de um save de FM. Fora isso, a rotatividade no elenco tende a ser mais baixa que em outros tipos de desafio, o que permite que o treinador já tenha uma noção do que esperar de seus atletas com o passar dos anos.
      Outro ponto fundamental é que, como o foco é no longo prazo, o desafio de base não precisa se ocupar tanto do dia a dia do clube. Minha pretensão inicial é seguir um estilo de postagem muito menos detalhado do que o que eu costumo utilizar nos meus tópicos, trazendo apenas uma ou duas atualizações por temporada e focando bem mais no panorama geral do que em cada jogo específico. Originalmente eu nem ia trazer o save aqui para a Profissão: Manager, mas aí pensei que a proposta é suficientemente diferente do usual para justificar a presença aqui. E também será um bom exercício para mim, tentar trazer uma história em um formato mais enxuto do que costumo fazer. Os que me acompanharem nessa jornada vão poder dizer no futuro se esse objetivo de escrever menos foi bem alcançado (a julgar por essa introdução, não será).
      Sobre a escolha do país propriamente dita, não teve nenhuma razão especial. Decidi que queria fazer um desafio de base em um país diferente dos suspeitos tradicionais. Bati o olho na África do Sul e resolvi ver as equipes que existiam por lá. Gostei de uma delas e fui adiante.
      Em relação aos detalhes iniciais do save, carreguei apenas as duas ligas da África do Sul, com uma base de dados pequena, pensando no bem do meu velho laptop. Como mostra a tag do tópico, estou jogando no FM 2021, que é o último que eu tenho. Iniciei o save em 19/10/2020, no começo dos jogos oficiais da 2ª divisão (pulei a pré-temporada, já que sigo a corrente que acha que amistoso e ficar em casa dormindo tem o mesmo impacto). Selecionei mascarar atributos e sem orçamentos na primeira janela (não que vá contratar alguém).
      Além disso, por descuido, deixei a possibilidade de utilizar o editor do jogo ativada. Como não ia postar o save aqui não me prestei a reiniciar só por isso. Depois mudei de ideia sobre postar, mas aí já não queria voltar tudo. Enfim, digo isso só para que todos fiquem cientes, mesmo que não esteja fazendo uso do editor. Já vi que dá para esconder o botão do editor nas opções do jogo e fiz isso. Não pretendo utilizá-lo para nada. Se o fizer, será em um futuro muito distante para brincar com o save no encerramento da sua vida útil, e deixarei bem avisado a todos.
      Feitas todas as considerações, é hora de partir para o jogo. No próximo post vou apresentar a equipe e as competições.
    • jvitorsch
      By jvitorsch
      Fala turma, estou com um bug meio bizarro no meu FM 2021. A classificação das equipes argentinas está totalmente bugada. Quem deveria jogar a Libertadores está classificado para a sulamericana e vice-versa. O próprio River Plate que venceu a última libertadores no meu save, está classificado para jogar a sulamerica e não a libertadores. 
       
      Obs: Uso BRMundiUp e o jogo não é pirata. Estou no ano de 2023, segunda temporada no meu save. 
    • emmystos
      By emmystos
      Alguém tem ainda alguma licença de FMRTE 21 para vender?
    • CCSantos
      By CCSantos
      Pois é, cá estamos novamente. Depois de um tempo parado - e sem sequer jogar FM - decidi tirar um pouco a poeira do FM21, e decidir jogar um save que sempre quis tentar, mas que fora muito hypado em FMs anteriores, já que o time havia subido de forma surpreendente para a Série C.
      Estou falando do Atlético Acreano, equipe que foi do êxtase de quase conquistar um acesso à Série B em 2018, ao fato de ficar sem divisão nacional em 2023, já que o time sequer avançou para a segunda fase do Estadual - as vagas devem ficar com Humaitá (campeão estadual de forma inédita) e São Francisco ou ADESG.
      O time está prestes a fazer 70 anos de história (irá fazer esta idade no próximo dia 27 de abril), possui nove títulos Estaduais, e é o único time do Acre a subir na Série D do Campeonato Brasileiro, em 2017.
      No ano seguinte, disputando no Grupo A, encarando os times nordestinos e sofrendo com a questão logística, o time se superou a ponto de poder decidir jogar por uma questão de distância (pouparam atletas nas rodadas finais para encaixar o seu confronto nas quartas), visando o confronto contra o Cuiabá. Acabaram perdendo por 2 a 0 na Arena Cuiabá e empataram em 2 a 2 em Rio Branco, deixando o acesso para a equipe mato-grossense que, posteriormente, viria a subir para a Série A, inclusive retornando para a disputa de competições continentais neste ano de 2022.
      Em 2019, teve o azar de ver uma Série C com dez times nordestinos, a ponto de tirar ele e o Luverdense do Grupo A, repassando-os para o Grupo B - isso daí foi inserido também por uma questão de logística, pois haviam poucos voos diretos de Rio Branco para o Nordeste; não era incomum ver o Atlético fazendo escala até mesmo em Viracopos (Campinas), rumo ao Nordeste em 2018. O resultado disso? Ambas as equipes, com aporte financeiro consideravelmente menor em comparação aos clubes de Sudeste e Sul, acabaram caindo para a Série D.
      Depois disso, o clube se perdeu. Foi lanterna em seu grupo na Série D em 2020, sem ganhar um jogo sequer (oito empates e seis vitórias).
      Para assumir o Galo Carijó, avancei a temporada 2021. Na próxima atualização, repasso o que houve na equipe, antes de minha chegada. O time foi um dos três representantes do Acre na Série D, juntamente com o Rio Branco e o Galvez, porém, só teremos duas vagas a partir da disputa de 2022.
      A única coisa que posso colocar aqui, é que ele já possui vaga para a Série D em 2022, por ter sido vice-campeão estadual em 2021, onde perdeu o título para o Galvez.

      A equipe joga suas partidas na Arena da Floresta, em Rio Branco. Ela possui capacidade para mais de 13 mil torcedores, e nós dividimos o estádio com Rio Branco, Humaitá, Vasco e Plácido de Castro. Antes da era das 'Arenas', o estádio já foi o mais moderno do Norte do País.

      Na próxima atualização, como eu disse, vou destrinchar como foi este 2021 do Atlético Acreano, antes da minha chegada ao clube.
      Conto com vocês nessa. Um abraço.
      -----------------------------------------------------------------------
      Base de dados: 21.4
      Países: Toda a América do Sul (com todos os atletas disponíveis);
      Database utilizada no Brasil: Brasil Série D by F J (É o formato de DB que mais se aproxima do regulamento oficial da Série D, com definição de vagas via Estaduais)
      Outras databases: Argentina (Até a Primera B/Nacional A), Chile (expandido para a 3ªDivisão), Peru (expandido a 2ªDivisão), Uruguai (expandido a 3ªDivisão), Bolívia, Equador, Paraguai e Venezuela (Riddler) + DBs de realismo de treinadores.
×
×
  • Create New...