Jump to content
Sign in to follow this  
Henrique M.

Ranking FManager - O melhor da temporada ganha um FM 2021

Recommended Posts

Henrique M.

Como sabem, iremos oferecer um FM 2021 para o líder do nosso ranking de atividades, com a primeira atividade já encerrada há algum tempo, chegou a hora de começarmos a criar o ranking.

Ranking atual

  1. @LucasGuitar - 20 pontos;
  2. @Lucas Matías - 18 pontos;
  3. @Lanko - 16 pontos;
  4. @Henrique M. - 13 pontos;
  5. @joga - 12 pontos;
  6. @gm360, @Neynaocai, @Gundogan, @Ricardo Bernardo@Roman, e @Valismaalane - 10 pontos
  7. @Andreh68 - 9 pontos;
  8. @fabiotricolor, @ggpofm@dralzito@bstrelow@EduFernandes e @PedroLuis - 8 pontos
  9. @DiegoCosta7 - 7 pontos
  10. @marciof89, @div e @André Honorato - 6 pontos
  11. @passarin33@CristianTh9, @AllMight@Vini-Ministro da Educação@SilveiraGOD.@Mings@Bruno Trink@TicianoB@JGDuarte, @Stay Heavy, @Messias Götze@Ariel' - 5 pontos
  12. @Goias270187, @Vannces,  @Tsuru@CCSantos@Darknite@Lowko é Powko, @Buzzuh e @ZMB - 4 pontos
  13. @Serginho10, @Danut@Queiroz14@Bigode.@Ighor S., @-Lucas e @felipevalle - 3 pontos
  14. @maninhoc12@pedrodelmar1, @skp e @David Reis - 2 pontos
  15. @munozgnm@LuisSilveira@Mandalorian@joseroberto389@Leho., @Bruno NoWaK e @luancampos89 - 1 ponto

Atividades participantes (em andamento)

Atividades participantes (concluídas)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • Henrique M.
      By Henrique M.
      Na década de 90, a coisa mais comum nos campos europeus eram os tradicionais pontas velocistas; dribladores rápidos com capacidade de cruzar bem uma bola e que ficavam sempre preso no seu corredor de atuação. Atualmente, esse é um perfil bastante difícil de se encontrar nos elencos dos grandes clubes do mundo. No jogo moderno, é função dos alas e laterais atacarem os flancos e cruzar a bola para a aula. O ponta tradicional foi substituído pelo ponta de pé trocado. O ponta invertido (extremo invertido em PT-PT, por isso também no jogo e aqui nesse guia) é um desses casos dentro do FM, assim como o avançado interior.
      Enquanto esses pontas de pé trocado surgiram e evoluíram dentro do 4-2-3-1, eles tem funções diferentes dentro de campo de acordo com o time que jogam ou com a formação que são usados. Nas versões anteriores do Football Manager, a única opção tática que um treinador tinha para esse tipo de formação era utilizar um avançado interior. Atualmente, ganhamos uma ferramenta a mais, com o extremo invertido. A principal tarefa desses pontas de pé trocado é utilizar sua velocidade e técnica para duelar com seu marcador e conduzir a bola e o time para mais próximo do gol adversário.
      Para aqueles que ainda não sabem do que estamos falando, vou deixar alguns exemplos da vida real e que inspiraram a Sports Interactive a moldar a função de acordo com seu talento. Jogadores como Arjen Robben, Franck Rybéry e Thierry Henry são alguns dos ícones do futebol que ajudaram o Football Manager a trazer esse tipo de atleta do campo para as telas dos computadores. Hoje, atletas como Serge Gnabry e David Neres são grandes máquinas dentro do Football Manager graças ao que esse tipo de atleta trouxe para o motor do jogo.
      Normalmente, o estilo de jogo desses atletas é bem direito. Uma vez que tem a bola nos pés, eles combinam técnica e dribles com aceleração e boas tomadas de decisão para deixar o marcador para tráz e ou finalizar ou passar a bola para um companheiro melhor posicionado para continuar a jogada. Esse estilo de jogo não combina muito com o estilo de outros avançados interiores da vida real, que cortam para dentro, mas optam por uma enfiada de bola ou cruzamento ao invés do chute.
      Em versões anteriores, ou você transformava esses jogadores em avançados interiores, incluindo seus comportamentos codificados no motor do jogo (e que não podem ser removidos) que instruíam eles a cruzar menos, ou os transformava em construtores de jogo avançados, aceitando que eles iriam cruzar menos e chutar menos, mas fariam passes mais arriscados. Isso mudou a partir do FM 2020, que passou a nos oferecer o Extremo Invertido.
      Como essa função dá aos treinadores maior flexibilidade? As instruções se tornaram mais claras, assim como as percepções de cada um sobre o que cada função pode fazer dentro de uma partida. Para vermos o que eles devem fazer, basta olharmos para as instruções que não podem ser removidas no painel tático. Como mencionamos o Avançado Interior e o Construtor de Jogo Avançado, iremos compará-los antes de chegarmos à estrela desse guia, o Extremo Invertido. Começaremos pelo Construtor de Jogo Avançado.

      O construtor de jogo avançado, quando colocado nas pontas, é primariamente um meio-campista colocado em uma posição de maior largura, que busca encontrar espaços e criar oportunidades para si ou para os companheiros de equipes. O jogador funciona de forma bem restrita, mas tendem a recompor defensivamente quando o time está sem a bola.

      Quando comparamos o construtor de jogo avançado com o avançado interior, podemos ver imediatamente que o avançado interior movimenta-se mais em direção à área, buscando penetrações e necessitam de um tipo diferente de capacidades e habilidades ofensivas.

      E isso faz sentido quando nós examinamos seus comportamentos inerentes e que não podem ser retirados. O avançado interior é mais ofensivo. Eles querem conduzir a bola até o coração da defesa adversária, cortando para dentro a partir do corredor lateral. Ao invés de tentarem criar chances para seus companheiros com uma enfiada de bola, é mais provável que eles tentem marcar o gol por conta própria.
      Entretanto, isso não significa que eles irão chutar a esmo e ignorar companheiros melhores posicionados. Quando colocado em uma tarefa atacar, eles tendem mais a querer marcar o gol, enquanto na função apoiar, o avançado interior está mais afastado do gol e é mais provável que procurem um companheiro livro ou no espaço.

      Isto tudo nos traz até o extremo invertido. A descrição do jogo diz que ele "busca cortar para dentro a partir do terço ofensivo para criar espaço para laterais ultrapassarem e subsequentemente sobrecarregar defensores recuando."

      Seu comportamento inerente é diferente quando comparado as outras funções que mencionamos, já que eles não são instruídos a cruzarem menos ou a correr mais riscos nas tomadas de decisão. Eles são uma versão mais conservativa do avançado interior, ou talvez para ser mais preciso, a combinação entre o avançado interior e o construtor de jogo avançado.
      A movimentação de um extremo invertido é mais lateral se comparada ao avançado interior. O extremo invertido move-se para o corredor central, cortando de uma posição mais aberta. Mas ao invés de finalizar, ele quase sempre passa a bola antes de correr para se posicionar dentro da grande área.

      Quando examinamos o mapa de calor do, combinado com o de passes recebidos pelo, extremo invertido, nós podemos ver essa movimentação. Ele corta para dentro para receber o passe, progride e se posiciona entre o zagueiro e o lateral na área.

      Texto traduzido e adaptado por Henrique M. para o Engenharia do Futebol e FManager Brasil
      Fonte: https://www.footballmanager.com/the-byline/look-inverted-winger-wednesday-wisdom
    • Leho.
      By Leho.
      E aí comunidade, beleza? Seguinte...
      📌 PREFÁCIO
       
      📌 ROTINAS DE BASE
      Bom, eu gosto mt de times propositivos e que se valem do controle da posse de bola pra se impor e ganhar seus jogos. Isso na vida real e no FM também. Assim sendo, esse foi meu ponto de partida pra estipular essas rotinas de base que eu alterno ao longo da temporada, semana a semana, pra manter meu elenco afiado dentro da filosofia. São cinco no total:
      Pré-temporada global Rotina Ofensiva Rotina Defensiva Rotina de Posse Rotina para 2 jogos na semana (2J) Bom, já no nome dá pra sacar o intuito de cada uma delas, sendo que a "2J" foi pensada especialmente pra quem joga no Brasil, com um calendário absurdo de inchado, com jogos quarta/domingo em várias semanas do ano. Mas obviamente que ela se encaixa também em saves europeus, quando as ligas nacionais e as competições europeias disputam espaço na agenda.
      Vamos dar uma olhada em cada uma delas, e aí faço considerações importantes sobre cada uma:
      Pré-temp. Global

      (clique para ampliar)
      Aqui não tem segredo: rotina voltada ao início da temporada, pra acelerar e aprimorar a condição física do elenco, abordando num segundo plano praticamente todas as áreas técnicas importantes nos treinos 'S2' (Táticas, Defesa, Posse e Atacante). No Domingo, treinos voltados ao aprimoramento da familiaridade tática e um "rachão" pra simular jogos (aqui, no lugar de "ritmo de jogo" pode ser agendado os amistosos, ao passo que a temporada avance).
       
      Rotina Ofensiva

      (clique para ampliar)
      Com exceção da rotina da pré-temp., todas as outras começam a semana (segunda) imaginando um jogo da equipe tendo ocorrido no domingo, por isso o "dia de descanso & recuperação" ali. Novamente reitero: meu ponto de partida foi a filosofia de posse, por isso, alguns treinos da seção atacante podem ter ficado de fora, aí vai de cada um ajustar (as seções ofensivas aí no caso) até encontrar o cenário perfeito pro teu time e tua filosofia em questão. Na véspera de jogo, gosto de trabalhar em cima das táticas planejadas e também com bolas paradas.
       
      Rotina Defensiva

      (clique para ampliar)
      Bom, deu pra perceber que existe um padrão entre elas, né? Hahaha. Aqui o foco é defender, então além dos treinos específicos, a bola parada da véspera também é voltada pro posicionamento defensivo. Além disso, em todas as rotinas em deixo um treino pra "coesão de equipa" (que pode ser também o "actividades comunitárias"), importante pra criar um forte entrosamento e conexão entre o grupo.
       
      Rotina de Posse

      (clique para ampliar)
      Essa daqui é a que especifica da forma mais incisiva minha filosofia dentro do grupo, o trabalho da posse. Geralmente é a que mais uso também, por motivos óbvios. Se por um acaso você não gosta ou o seu clube no save não pede esse tipo de estilo, aconselho a fazer alterações ou simplesmente deixar de usá-la.
      Obs.: aqui podemos debater a construção de outras rotinas, privilegiando outros estilos (contra-ataque, forte retranca, ataque mais vertical e etc, etc).
       
      Rotina 2J

      (clique para ampliar)
      Essa daqui é a que eu mais modifico após aplicá-la no meu calendário de jogos, até por isso deixei ela o mais básica possível. Os dois treinos 'S1' de véspera podem ser modificados de acordo com o adversário: se for um jogo que você quer o time atacando melhor, dá pra optar pela seção "mov. ofensivo"; já se for um jogo pra se fechar mais, dá pra optar pelo "formato defensivo". A seção "antevisão de jogo" é a única que eu não mexo.
      Já os treinos 'S2' estão setados no "descanso", mas dá pra mudar aqui também pelos treinos de bola parada, ofensiva e defensiva — a depender do adversário. Livres ou cantos, eu gosto de trabalhar de véspera nesse sentido porque pode ser o diferencial pro seu time vencer ou não uma partida, seja marcando, seja evitando gols assim.
      Por fim, os treinos no único dia que dá pra trabalhar sem riscos nessa semana "turbulenta" - aqui no caso setado é a sexta-feira - também podem ser alterados, dependendo do que você tá precisando aprimorar naquele momento, eu só não aconselho a mexer no treino "coesão de equipa", pra manter seu grupo coeso e entrosado.
       
      📌 INSTALAÇÃO E DOWNLOAD
      Pra instalar os treinos é molezinha, basta extrair os arquivos do arquivo .RAR disponibilizado para a pasta:
      📁 C:\[...]\Documents\Sports Interactive\Football Manager 2021\schedules
      (se não existir tal pasta é só criar!)
       
      ⬇️ DOWNLOAD (Mediafire servidor)
      SENHA PARA EXTRAÇÃO:
      ---
      Bom, é isso. O que eu tinha pra falar e postar tá aí, mas volto a reiterar: este NÃO É um pacote de rotinas de treino DEFINITIVO e ABSOLUTO, onde você baixa, instala e simplesmente a mágica acontece. Não esperem milagres, o intuito é contribuir com o conteúdo ao mesmo tempo que se absorve sugestões, palpites e críticas e usa isso pra aprimorar ainda mais o material, criando até quem sabe novas rotinas e etc e etc, ampliando o leque de opções.
      Mas pra isso conto com a colaboração de quem quiser se envolver e pitacar.
      Bons treinos, bons saves.
       
       
       
       
      p.s: um salve ao nosso querido @Masca, pioneiro nisso tudo aqui e criador do famoso "Masca Training", que por anos embalou os treinos da galera do FManager.
      p.s²: agradecimento ao @Henrique M. também pelo banner.
    • Henrique M.
      By Henrique M.
      Olá, pessoal.
      O @Ibarra, responsável pelo FManager Brasil Ultimate Update, decidiu que não iria mais dar continuidade ao seu trabalho no update oficial do FManager Brasil e nos sugeriu que repassemos a responsabilidade para o trabalho realizado pelo @adriano roberto no Brasil Update.
      O Adriano Roberto já foi nosso parceiro em um passado recente, e depois de algumas conversas e da certificação que esse era o desejo de todas as partes, incluindo o antigo dono do update oficial do FManager Brasil, temos orgulho em anunciar a parceria com o Brasil Update para ocupar rapidamente a lacuna que o FManager Brasil Ultimate Update deixaria. Vocês podem conferir o update no tópico abaixo:
       
       Além disso, gostaríamos de agradecer o Ibarra pelos serviços prestados recentemente e desejamos sorte para ele nas suas andanças futuras e que gostaríamos de dizer que a porta do FManager Brasil sempre estará aberta para novas parcerias.
    • Henrique M.
      By Henrique M.
      Desde o FM 2019 que a forma como o Football Manager encarava os treinamentos das equipes dentro do universo do jogo mudou completamente. Antes, era algo simples, com a definição de alguns regimes de treino como padrão e alguns focos aqui. E não tinha mais nada. Se você quisesse editar algo para um dia ou alguns dias, era impossível, pois o FM apenas lidava com semanas e com seus focos específicos. Entretanto, com a novidade no Football Manager 2019, agora era possível calendarizar todo o treino e você, obviamente, poderia deixar tudo a seu gosto para obter os resultados que desejasse. Entretanto, os que não são muito fãs de microgerenciamento, ou não tem muito entendimento da questão, acabam deixando tudo nas mãos do adjunto, por isso, esse guia busca demonstrar como o treinador adjunto define os treinos no FM para que você possa entender como ele impacta o seu time.
      O treinador adjunto não reinventa a roda
      A primeira coisa que é importante dizer é que o treinador adjunto não irá tirar calendários e treinamentos da sua imaginação. Ele irá utilizar apenas os calendários padrões do FM, automatizando um processo que você mesmo seria capaz de fazer. Logo, para quem não tem o interesse de se dedicar a isso, deixar o adjunto ou escolher qualquer opção é basicamente a mesma coisa, com a exceção de que o adjunto sabe o que está fazendo.
      Quais os critérios definem os treinos escolhidos?
      Bem, se o treinador adjunto escolhe seus treinos baseados naquilo que o jogo lhe fornece, qual o processo de decisão que leva ele a escolher tão tipo de treino em detrimento de outros? Eles vão basear as decisões em cinco critérios:
      O estilo de jogo preferido do treinador adjunto; As preferências táticas do treinador adjunto; As tendências táticas do treinador adjunto; A previsão climática para a sessão do treino; As táticas escolhidas pelo treinador;
      Ou seja, é importante observar se o seu treinador adjunto e você são uma boa dupla. Vamos supor que você é um treinador adepto do Tiki-Taka Vertical, mas os estilos e tendências do adjunto encaixam melhor com outro estilo de jogo, como o Contra-Ataque Direto, por exemplo. A forma como ele irá calendarizar os treinos não será muito produtiva para você e seu time.
      No exemplo acima, temos uma calendarização onde os focos são o estilo tático da equipe e dois tipos de treinos distintos, defensivo e posse. Entretanto, o time tem como uma das táticas o 4-1-2-3 com pontas, ou 4-3-3 com pontas. E um dos estilos táticos é o Gegenpress. Na tela de criação de tática, esse é a terceira tática, logo, o adjunto está priorizando as outras táticas no seu treinamento. Por isso, é importante ver se o planejamento do seu adjunto encaixa com seus planos de jogo para determinada semana. Se você pretende usar uma tática mais ofensiva, e na semana, o adjunto está treinando uma tática defensiva, talvez não seja a melhor decisão em termos de treino.
      Por fim, podemos notar que pelo menos um estilo de jogo do treinador e o estilo de jogo favorito do adjunto também não batem. Quem favorece um jogo de pressão, não pode ter um treinador adjunto que favorece a famigerada ligação direta. Mas, quem favorece um jogo de passes longos, irá se beneficiar de ter um adjunto assim.

      Caso não queira trocar seu adjunto, talvez seja melhor você assumir essa função. Afinal de contas, não é lá muito difícil modificar as sessões de treino planejadas pelo adjunto, já que ele te manda uma mensagem e você só precisa escolher um calendário padronizado.

      Mas, no frigir dos ovos, se essa é uma situação que te incomoda, o ideal é que você e seu adjunto compartilhem táticas e estilo de jogos preferidos, pois assim, você saberá que ele estaria fazendo a mesma coisa que você, enquanto te economiza um tempinho para focar em outras coisas.
      Como o treinador adjunto define os treinos baseado na sua tática personalizada?
      Todo o cenário descrito acima trabalha com a ideia de que você escolheu os estilos táticos e táticas que o jogo lhe oferece. Então, é meio óbvio o caminho para você ou o assistente montarem o calendário de treinos. É só seguir as recomendações ou confiar no adjunto. Mas e se você criou sua própria tática ou modificou algumas instruções de um estilo que já estava lá antes?
      Não se preocupe, seu treinador adjunto tem a capacidade de identificar qual o estilo de jogo mais parecido baseado nas suas instruções e ele calendariza as sessões de treinos baseados nessa aproximação dada por aquilo que você montou na tela de táticas.

      Outras considerações
      No curto prazo, treinadores adjuntos com estilos, preferências e tendências similares tendem a ter um calendário diferenciado, contudo, no longo prazo, os calendários tendem a se tornar similares, mesmo que ordens de calendarização diferente. Portanto, não é necessário se preocupar com detalhes como aleatoriedade, atributos escondidos na hora de decidir entre dois assistentes com estilos semelhantes; Analisei meu adjunto e nós somos incompatíveis, mas, ele é bom em outras coisas que são importantes para você, qual é a perda em treinamento? Todo e qualquer adjunto do jogo, levando em consideração tudo já falado são perfeitamente competentes quando se trata de calendarização dos treinos. É óbvio que se você fizer o ajuste perfeito daquilo que deseja com as táticas que usa, os resultados irão ser satisfatórios, mas aquilo que o treinador adjunto lhe dá é pelo menos 70% do caminho para o mundo ideal. Conteúdo original produzido por Henrique M. para o FManager Brasil e Engenharia do Futebol
      Banner: @_Matheus_
      P.S: Agradecimento especial ao @Bruno Trink por fornecer as imagens desse guia.
    • raphaelfrajuca
      By raphaelfrajuca
      Primeiramente, Boa noite a todos!

      Meu nome é Raphael, e com muito orgulho venho aqui neste fórum disponibilizar para vocês os resultados de um projeto meu, que é a tradução não oficial do Football Manager 2020 para o nosso português brasileiro!
       
      Hospedo atualmente este projeto em meu GitHub, e consegui finalizar a primeira versão recentemente (com alguns bugs é claro), e conto com a ajuda de vocês para possíveis melhorias na tradução, pois levei alguns dias para desenvolver o script em Python que faz isso, e mais algumas horas aguardando a tradução de mais de 200 mil frases disponíveis atualmente no game XD
       
      Tutorial de instalação:
       
      Baixe o arquivo de tradução: (clique no pt-br.zip) Extraia o arquivo em C:\Users\SEU USUÁRIO\Documentos\Sports Interactive\Football Manager 2020\languages Dentro do game, vá em Preferências e selecione a opção Geral Procure a opção Idioma do jogo, e selecione na lista o idioma Português Brasileiro Logo abaixo, na opção Idioma dos dados, selecione novamente a opção Português Brasileiro Clique em confirmar, e Aproveite!  

       
      Fiquem a vontade em divulgar, porém peço que mantenham os devidos créditos ao autor, pois tudo isso foi (e ainda é) fruto de muito trabalho e dedicação misturados com amor a este game
       
       
      Link da versão atual do projeto para Download:

       
       
×
×
  • Create New...