Jump to content

Grêmio 4 x 0 Vitória


Léo R.

Recommended Posts

Jogo é amanhã.

Será dia de ir na Arena, pois o CRACK Matheus Henrique deve jogar, já que o Jaílso deve ir pra zaga.

Link to comment
Share on other sites

4 horas atrás, John the Baptist. disse:

Thaciano machucado, boas chances também do JP começar.

Ver os dois em campo e ao mesmo tempo é perfeito demais pra acontecer. Renight vai cagar e fazer alguma outra besteira.

Link to comment
Share on other sites

Cortez, Jael e Jailson no time reserva mais uma vez. Quarta feira vamos jogar com o mesmo arremedo de time que fracassou nas 2 partidas importantes do pós-copa.

EDIT: Só agora eu vi que o Olixeira vai jogar na ZAGA, socorro eiuashieuashieua

Link to comment
Share on other sites

Um time ruim mas com cada peça cumprindo a sua função correta funciona muito bem. Que esse jogo tenha servido para o Renato montar o time direito na quarta.

E como é lindo esse uniforme azul-marinho, pqp.

Link to comment
Share on other sites

Esse time do Vitória é simplesmente horroroso e só sabe bater, mas tá jogando bem o time reserva, viu. 4x0 que poderia ter sido 5 ou 6.

Ah lá! CRACK Matheus Henrique. Tá aparecendo o guri, hein, lindo passe pro Jaílson no gol do Douglas10. Esse molque tem que ser preparado pra temporada que vem tankar Libertadores e Copa do Brasil.Tem que terminar essa temporada já titular no Brasileiro. Só que o Renight tá dando umas viajadas. Matheus joga na base como quase um camisa 10 (embora o Grêmio jogue num 4-2-3-1), chega muito de trás mas hoje o Jaílson saiu mais que ele. Ele tem mais qualidade que o Arthur no último terço. Aliás, talvez nem seja isso, só o estilo de jogo que muda um pouco. Arthur é mais Xavi, Matheus é mais Iniesta (guardadas devidas proporções).

CRACK PEPÊ, o Ramiro que corre, de novo aparecendo bem. Ele é muito pedreiro que sabe levantar uma parede no prumo. Se quiser fechar um lado e ter a possibilidade do contra-ataque, é com ele mesmo. Só precisa criar mais corpo.

Douglas10, o que falar desta pessoa? hahahaha! Ele com espaço sabe muito o que fazer com a bola. Continua com visão de jogo e passe diferenciados. Mas pra jogo mais pesado complica. Dominou o meio campo hoje.

Everton e Jael também merecem destaque. O primeiro tá prontinho pra ir pra seleção e o segundo tem (teria) que ser titular sempre. É muito mais útil que o André. 

O Jaílson foi outro que CHORA DE RUIM mas hoje pareceu CRACK demais. Chegou a frente, fez gol, deu assistência, desarmou e, pasmem, TROCOU PASSES BEM. Ó, PAI.

Agora, PAU NO SEU CU Renato por ter colocado o Capitão Desumano com o time metendo 3x0 ao invés do Jean Pyerre. Vai se foder, maluco, pra quê? Jogo tava ganho já, bota o moleque pra ver como desenvolve o negócio porra.

O triste é saber que o Renato vai de Cícero e André na Copa do Brasil e na Libertadores. É um arrombado.

Link to comment
Share on other sites

3 horas atrás, a.giraffones disse:

E como é lindo esse uniforme azul-marinho, pqp.

Demais, estava com saudades de ver o time usando ele. Ainda quero comprar o meu.

-

O jogo hoje foi fácil porque realmente o Vitória chora de ruim. Mas não tira o mérito do time, que fez de tudo bem. Tirando alguns erros individuais e batidas de cabeça entre os dois zagueiros, o jogo coletivo foi muito bom.

Fico feliz pelo Maestro Pifador, mas ele parece até mais gordo agora do que quando voltou. Hoje errou alguns passes que não costuma errar. Ainda vai levar um tempo até entrar no ritmo ideal, só tenho medo de que ele não seja uma boa opção para um jogo mais corrido e pegado.

Não achei o Matheusinho tão bem assim. O Silveira se empolga demais. O Matheus mostra qualidade, girou algumas vezes hoje sobre o marcador, deu uns passes interessantes (tipo o lançamento do primeiro gol)  e tudo, mas ainda não o acho tão intenso na marcação e falhou em alguns lances hoje que um volante não pode errar mais de uma vez por jogo. Coisas que o Arthur fazia uma vez a cada 5 jogos, sei lá. Matheus mostra potencial, mas tá verde ainda e concordo com o Renato de que ele deve ir entrando aos poucos.

Queria ter visto o Jean Pierre ou o Lincoln hoje, achei desnecessária a entrada do Maicon nem que fosse por 15 minutos. Até porque ele se machuca pra caralho

Link to comment
Share on other sites

Esse goleiro do Vitória é horrível, e o pior é que creio que nem seja o titular, aliás o que parece pelo que pesquisei aqui é que o Vitória NÃO TEM goleiro titular, o Vágner Mancini chegou a usar 4 goleiros durante o tempo em que treinou o time e o mais "prestigiado" era o tal do Caíque, que foi um importante personagem na classificação do Vitória sobre o Inter, mas parece que ele cometeu algumas falhas bisonhas e acabou sendo colocado no banco, o que eu acho uma idiotice, porque inconstância é algo relativamente comum em goleiros jovens, mas potencial ele tem, tá indo bem no Brasileirinho de Aspirantes. Tá aí o preço que o Vitória tá pagando por uma decisão mal-pensada: 3 jogos e 9 gols sofridos. Sendo que hoje pelo menos o menino Ronaldo falhou em quase todos os gols.

Mas falando sobre o Grêmio: é interessante ver como os reservas do Grêmio tem muito mais objetividade do que os titulares, tem que acabar essa porra de toque-toque, carai.

Link to comment
Share on other sites

12 horas atrás, Tehh disse:

Demais, estava com saudades de ver o time usando ele. Ainda quero comprar o meu.

-

O jogo hoje foi fácil porque realmente o Vitória chora de ruim. Mas não tira o mérito do time, que fez de tudo bem. Tirando alguns erros individuais e batidas de cabeça entre os dois zagueiros, o jogo coletivo foi muito bom.

Fico feliz pelo Maestro Pifador, mas ele parece até mais gordo agora do que quando voltou. Hoje errou alguns passes que não costuma errar. Ainda vai levar um tempo até entrar no ritmo ideal, só tenho medo de que ele não seja uma boa opção para um jogo mais corrido e pegado.

Não achei o Matheusinho tão bem assim. O Silveira se empolga demais. O Matheus mostra qualidade, girou algumas vezes hoje sobre o marcador, deu uns passes interessantes (tipo o lançamento do primeiro gol)  e tudo, mas ainda não o acho tão intenso na marcação e falhou em alguns lances hoje que um volante não pode errar mais de uma vez por jogo. Coisas que o Arthur fazia uma vez a cada 5 jogos, sei lá. Matheus mostra potencial, mas tá verde ainda e concordo com o Renato de que ele deve ir entrando aos poucos.

Queria ter visto o Jean Pierre ou o Lincoln hoje, achei desnecessária a entrada do Maicon nem que fosse por 15 minutos. Até porque ele se machuca pra caralho

O Matheus tá sendo testado numa função nova. Como eu disse, na base o Grêmio varia entre um 4-3-1-2 (quando tem o Patrick, Bobsin ou o Araújo no meio) e um 4-2-3-1 onde o Matheus normalmente é o jogador mais ofensivo no trio ou dupla de volantes. Por isso que ele se difere do Arthur, ele é mais completo porque é jogador de chegada e armação mais a frente. Ele não é exatamente um tocador de bola, embora ele toque ela bem. O Arthur é um típico organizador de jogo, o Matheus é mais box-to-box.

No último  jogo que ele fez na base, aparentemente veio a ordem de cima e o Matheus passou a fazer dupla de volante com o Jean Pyerre, sendo o volante mais recuado. Meio que se provou ser uma ordem de novo porque mesmo com o Jaílson ao lado dele contra o Vitória, o Matheus continuou ficando mais atrás e o Jaílson era quem subia. O que a gente tá vendo é uma mudança que não é muito fácil de se fazer pra um guri de 20 anos que fez o primeiro jogo como titular.

E pra mim essa é uma orientação errada. Por isso que eu sempre falei que o melhor era o Maicon ficar mais recuado e se movimentando menos e o Matheus ser o jogador pra se mexer mais, ir mais a frente. O Renato tá pensando no contrário.

E tipo, comparar o estilo de jogo do Arthur é ok, mas não dá pra esperar a ascensão meteórica que teve o Arthur ou que ele alcance esse mesmo nível. O Matheus não precisa ser o "novo Arthur", basta ele ser o que se espera que ele seja, que é um jogador com toque de bola muito bom, movimentação intensa e boa recomposição. Se ele tiver essas três coisas, ele automaticamente se transforma no primeiro/segundo melhor volante do time. Como bem disse o Douglas, tem muito jogador ruim jogando, quando tu encontra alguém como  o Matheus, ele tem que jogar. A projeção tem que ser preparar ele pra ser titular na temporada que vem. Eu acho que até lá ele tá pronto, não precisa esperar muito não. Quando tu tem Cícero, Thaciano e Jaílson, é obrigação dar espaço pro Matheus.

Sobre intensidade na marcação, o trabalho de um primeiro volante e um segundo é diferente, né. ALém de ele não estar muito acostumado, primeiro volante mais resguarda e fecha espaço enquanto que o segundo sai no combate. O Matheus é o segundo caso, ele é meio carrapato, mas jogando de primeiro volante complica. Pra mim tá muito errado ele jogar de primeiro volante.

O Matheus é mais um daqueles casos em que a gente quase perde. O cara foi mandado embora 4 ou 5 anos atrás e depois voltou. Ai chegou aqui e jogou de LATERAL DIREITO  E PONTA. Depois nego não sabe o motivo de eu dar tanta porrada na base. Tem muito imbecil trabalhando. Felizmente o Romildo deu uma renovada em boa parte do staff.

EDIT:

Caralho, esqueci de falar de um fato que eu acho que ninguém comentou. Jael e Douglas DEIXARAM o Matheus cobrar uma falta e depois ainda deram um carinho pra ele, que quase meteu a gorducha na gaveta. Tem uma galera no Grêmio que é muito gente boa pra caralho, hein. Renato criou um grupo bom demais nesse sentido. Acolheram muito o Matheus.

Link to comment
Share on other sites

Torcedor do grêmio me envergonha muitas vezes, porém tem vezes que eles se superam. Vejam bem, tá um oba-oba gigante em cima do pança de cadela e da vitória de ontem.

Sobre o barriga de menino com lombriga, o cara ficou mais de um ano SUGANDO o Grêmio, por CULPA DELE. Digo que foi culpa dele, pois na segunda lesão, quando estava se recuperando da primeira, ele CLARAMENTE foi displicente com sua forma física (ainda é) e relaxou mais. Na boa, o cara ganha 150k por mês, tem alimentação no clube, os melhores fisiologistas, fisioterapeutas, profissinais da preparação física, médicos e nutriconistas, e mesmo assim NÃO CONSEGUE se cuidar. E tenho que aguentar um monte de mongolões dizendo que o "Pai voltou". VÃO PARA O INFERNO, nem o menino @SilveiraGOD. é tão alienado/bobo assim.

A respeito do time reserva, o jogo do time reserva, embora seja meia boca, por ter Douglas, PM, Pepê e MO em campo é menos chato de ver do que o do time titular, não tem o toque-toque. Porém, menos jovens, menos. O adversário de ontem não é parâmetro pra nada. Renato é retardado, se é pra poupar o time "titular", POR QUE CARALHOS ele colocou o viado do Maicon em campo? Ou mesmo o Éverton? A partida estava vencida, era partida pra ele tirar o Cortez e dar descanso pra quarta, e colocar o JP em campo ao lado do Jaílson, visto que ele não vai tirar o Cícero do time.

Continuem apoiando esse professor pardal do capeta.

Link to comment
Share on other sites

Jael e Cortez não podem ser reservas de André e MO. Espero que voltem ao time principal na quarta-feira.

Também me parece que algum dos volantes do time reserva seria opção melhor que o Cícero no time titular.

Link to comment
Share on other sites

11 horas atrás, SilveiraGOD. disse:

O Matheus tá sendo testado numa função nova. Como eu disse, na base o Grêmio varia entre um 4-3-1-2 (quando tem o Patrick, Bobsin ou o Araújo no meio) e um 4-2-3-1 onde o Matheus normalmente é o jogador mais ofensivo no trio ou dupla de volantes. Por isso que ele se difere do Arthur, ele é mais completo porque é jogador de chegada e armação mais a frente. Ele não é exatamente um tocador de bola, embora ele toque ela bem. O Arthur é um típico organizador de jogo, o Matheus é mais box-to-box.

No último  jogo que ele fez na base, aparentemente veio a ordem de cima e o Matheus passou a fazer dupla de volante com o Jean Pyerre, sendo o volante mais recuado. Meio que se provou ser uma ordem de novo porque mesmo com o Jaílson ao lado dele contra o Vitória, o Matheus continuou ficando mais atrás e o Jaílson era quem subia. O que a gente tá vendo é uma mudança que não é muito fácil de se fazer pra um guri de 20 anos que fez o primeiro jogo como titular.

E pra mim essa é uma orientação errada. Por isso que eu sempre falei que o melhor era o Maicon ficar mais recuado e se movimentando menos e o Matheus ser o jogador pra se mexer mais, ir mais a frente. O Renato tá pensando no contrário.

E tipo, comparar o estilo de jogo do Arthur é ok, mas não dá pra esperar a ascensão meteórica que teve o Arthur ou que ele alcance esse mesmo nível. O Matheus não precisa ser o "novo Arthur", basta ele ser o que se espera que ele seja, que é um jogador com toque de bola muito bom, movimentação intensa e boa recomposição. Se ele tiver essas três coisas, ele automaticamente se transforma no primeiro/segundo melhor volante do time. Como bem disse o Douglas, tem muito jogador ruim jogando, quando tu encontra alguém como  o Matheus, ele tem que jogar. A projeção tem que ser preparar ele pra ser titular na temporada que vem. Eu acho que até lá ele tá pronto, não precisa esperar muito não. Quando tu tem Cícero, Thaciano e Jaílson, é obrigação dar espaço pro Matheus.

Sobre intensidade na marcação, o trabalho de um primeiro volante e um segundo é diferente, né. ALém de ele não estar muito acostumado, primeiro volante mais resguarda e fecha espaço enquanto que o segundo sai no combate. O Matheus é o segundo caso, ele é meio carrapato, mas jogando de primeiro volante complica. Pra mim tá muito errado ele jogar de primeiro volante.

Mas aí você mistura os assuntos. Se ele joga em outra posição na base deve existir uma razão para isso. Se ele rende mais como volante, não sei, porém no profissional - até agora - ele joga como volante.

Individualmente, ele errou passes, perdeu bolas bobas... disso que falo. É da imaturidade e é normal. Mas eu entendo que ele estava machucado, fazia o primeiro jogo como "titular" e já tinha que corresponder às expectativas... não é fácil. Só acho que não podemos achar que ele é solução para o nosso meio campo, pois ele (ainda?) não é. Se ele evoluir o que esperamos, deve nos ajudar muito no ano que vem. 

Link to comment
Share on other sites

8 minutos atrás, Tehh disse:

Mas aí você mistura os assuntos. Se ele joga em outra posição na base deve existir uma razão para isso. Se ele rende mais como volante, não sei, porém no profissional - até agora - ele joga como volante.

Individualmente, ele errou passes, perdeu bolas bobas... disso que falo. É da imaturidade e é normal. Mas eu entendo que ele estava machucado, fazia o primeiro jogo como "titular" e já tinha que corresponder às expectativas... não é fácil. Só acho que não podemos achar que ele é solução para o nosso meio campo, pois ele (ainda?) não é. Se ele evoluir o que esperamos, deve nos ajudar muito no ano que vem. 

O Matheus é volante, ele só não é primeiro volante como tem jogado em cima. Ele é um segundo  ou terceiro volante de muita chegada na frente. Usar ele como primeiro volante vai matar ele porque ele não tem poder de marcação necessário pra isso (embora tenha muita mobilidade e faça bem a pressão) e ele tem muita qualidade carregando a bola. Nas duas vezes em que atuou em cima, ele foi primeiro volante. Quando tinha Arthur e Maicon, um subia e o outro ficava, tinha um revezamento, mas com o Matheus isso não ocorreu e é muito mais prejudicial pra ele porque tu tá tirando uma das melhores características dele, que é a chegada de trás pelas pontas pra armar jogo. Ele faz isso direto e reto na base. Se o técnico diz pra ele ficar mais parado e atrás no time de cima, ele vai fazer e isso vai tirar a qualidade dele.

Ele teve 89% de acerto nos passes, pra mim tá de bom tamanho pra um primeiro jogo e só lembro de uma ou duas bolas que ele perdeu. Acontece. E eu nunca disse que ele tá pronto pra ser titular indiscutível em Libertadores ou Copa do Brasil, mas sim pra ser testado quando  pra ganhar cancha e já iniciar com essa experiência na próxima temporada, pelo Brasileiro.

E é como eu disse, quando tu olha os caras que podem fazer aquela função ali, o elenco é numeroso porém limitado. Não vejo nenhum jogador que seja bom o suficiente pra ser usado ali a ponto de tirar uma oportunidade do Matheus (em termos de Brasileiro). É claro que tu pode escolher, por exemplo, um poder de marcação maior do Jaílson, a experiência do Cícero (que não tem ajudado em nada), apostar no Thaciano (que é bem medíocre) e por ai vai, mas nenhum deles tem o potencial de crescimento do Matheus e eu não acho nenhum deles melhor que ele em 3 ou 4 meses jogando jogando nesse time reserva (ou seja, como titular, iniciando jogos).

Outro exemplo de jogador que pra mim também foi usado errado no último jogo da base é o Jean Pyerre. Jogou como segundo volante quando ele claramente é um 10. Ele não tem a vitalidade e a mobilidade pra ficar marcando como segundo volante, a não ser que tu jogue num 4-3-3 com ele como o 8 mais avançado (eu nunca vi o Grêmio jogar assim na base). Colocar ele de segundo volante é a mesma coisa que colocar o Matheus de primeiro: tu tá tirando qualidade do jogador. Na real, o Jean era pra ser o reserva do Luan. Num mundo ideal, em caso de venda do Luan daqui 1 ou 2 anos, o Jean era o cara pra assumir aquele lugar ali.

Enfim, eu não tô dizendo que o Matheus é a solução dos nossos problemas ou que ele precisa jogar todos os jogos ou que vai ser um jogador do nível do Arthur (inclusive, ele pode até flopar), mas sim que se o Arthur era nota 10, o Matheus pode ser nota 7/7,5 ali mais pra frente e que a gente tem tão pouca qualidade nessa posição hoje que o Matheus deveria ter oportunidades desde já porque ele vai maturar bem e ganhar experiência pra temporada que vem. Hoje a gente tem volantes (tirando o Maicon) nota 5, 6, se muito. Não é muito difícil aparecer um volante melhor, especialmente se é um com características do Arthur e que já tá mostrando coisas boas.

Eu já disse, mas tem 3 jogadores que eu aposto muito na base: Patrick, Jean e Matheus. Acho que desse três, no mínimo 1 vai ser um grande jogador e ao menos o outro vai ser bom. Um dos três flopa certo fuisaHFIUSAHFAIUFHASUIFhaUIFSA!

Link to comment
Share on other sites

Bah, mas eu nem acho absurdo o cara subir, e ter que sacrificar pelos outros nos primeiros jogos.

Ano que vem teremos outro treinador que provavelmente use mais a base, já que é da política do Bolzan. Aí essa rapazeada vai ter mais chances. 

Link to comment
Share on other sites

Em 13/08/2018 at 00:08, Tehh disse:

 Não achei o Matheusinho tão bem assim. O Silveira se empolga demais. O Matheus mostra qualidade, girou algumas vezes hoje sobre o marcador, deu uns passes interessantes (tipo o lançamento do primeiro gol)  e tudo, mas ainda não o acho tão intenso na marcação e falhou em alguns lances hoje que um volante não pode errar mais de uma vez por jogo. Coisas que o Arthur fazia uma vez a cada 5 jogos, sei lá. Matheus mostra potencial, mas tá verde ainda e concordo com o Renato de que ele deve ir entrando aos poucos.

Como colorado, fico muito feliz de ver gremistas não empolgados com ele e achando que ele é verde e tem que ir entrando aos poucos, porque esse maluco vai ajeitar o time de vocês quando virar titular. Espero que mais torcedores gremistas pensem assim heuheuhheu. Esse cara joga demais, demais mesmo. Não é nenhum Arthur, mas é melhor que o Maicon e que o Cícero. A diferença do time de vocês pós-saída dele, especialmente na proteção da frente da área, foi muito forte. Maicon não marca ninguém.

Link to comment
Share on other sites

No Seleção de ontem disse que jogava de meia-atacante ou ponta, e que só ano passado o César Bueno o recuou, pois fazia bem a transição dos campos. Tem treinado a marcação agora no profissional.

Link to comment
Share on other sites

Em 14/08/2018 at 01:12, SilveiraGOD. disse:

O Matheus é volante, ele só não é primeiro volante como tem jogado em cima. Ele é um segundo  ou terceiro volante de muita chegada na frente. Usar ele como primeiro volante vai matar ele porque ele não tem poder de marcação necessário pra isso (embora tenha muita mobilidade e faça bem a pressão) e ele tem muita qualidade carregando a bola. Nas duas vezes em que atuou em cima, ele foi primeiro volante. Quando tinha Arthur e Maicon, um subia e o outro ficava, tinha um revezamento, mas com o Matheus isso não ocorreu e é muito mais prejudicial pra ele porque tu tá tirando uma das melhores características dele, que é a chegada de trás pelas pontas pra armar jogo. Ele faz isso direto e reto na base. Se o técnico diz pra ele ficar mais parado e atrás no time de cima, ele vai fazer e isso vai tirar a qualidade dele.

Ele teve 89% de acerto nos passes, pra mim tá de bom tamanho pra um primeiro jogo e só lembro de uma ou duas bolas que ele perdeu. Acontece. E eu nunca disse que ele tá pronto pra ser titular indiscutível em Libertadores ou Copa do Brasil, mas sim pra ser testado quando  pra ganhar cancha e já iniciar com essa experiência na próxima temporada, pelo Brasileiro.

E é como eu disse, quando tu olha os caras que podem fazer aquela função ali, o elenco é numeroso porém limitado. Não vejo nenhum jogador que seja bom o suficiente pra ser usado ali a ponto de tirar uma oportunidade do Matheus (em termos de Brasileiro). É claro que tu pode escolher, por exemplo, um poder de marcação maior do Jaílson, a experiência do Cícero (que não tem ajudado em nada), apostar no Thaciano (que é bem medíocre) e por ai vai, mas nenhum deles tem o potencial de crescimento do Matheus e eu não acho nenhum deles melhor que ele em 3 ou 4 meses jogando jogando nesse time reserva (ou seja, como titular, iniciando jogos).

Enfim, eu não tô dizendo que o Matheus é a solução dos nossos problemas ou que ele precisa jogar todos os jogos ou que vai ser um jogador do nível do Arthur (inclusive, ele pode até flopar), mas sim que se o Arthur era nota 10, o Matheus pode ser nota 7/7,5 ali mais pra frente e que a gente tem tão pouca qualidade nessa posição hoje que o Matheus deveria ter oportunidades desde já porque ele vai maturar bem e ganhar experiência pra temporada que vem. Hoje a gente tem volantes (tirando o Maicon) nota 5, 6, se muito. Não é muito difícil aparecer um volante melhor, especialmente se é um com características do Arthur e que já tá mostrando coisas boas.

Não acho que essas poucas atuações dele com o grupo principal já sejam um indício de que ele disputará a vaga de nossos primeiros volantes. Como alguém falou aí em cima, o cara acabou de subir, tem que conquistar o espaço dele ainda, mostrar serviço. Tanto que ficamos com ele no banco por tantos jogos e ele nem entrava, mesmo quando estávamos precisando de alguém com as características dele na partida. Faz parte do amadurecimento e do processo para ele ser lançado. E ainda temos um técnico teimoso, é normal que seja assim.

% de acerto de passes é bacana, mas não é tudo. Lembro que quando o antigo Fabinho chegou no Inter, havia uma manchete no jornal da época assim: o Inter contratou o melhor passador do campeonato. Só que aí viram que ele só dava passe de lado e para trás. É bom aliar a estatística com o que se vê em campo e lá eu vi o Matheus errando uns passes e perdendo umas bolas. Repito: acho normal que ele erre (e ele ainda estava machucado). Potencial ele mostra, ele tem mesmo de ir pegando experiência e deve jogar bastante ainda esse ano para disputar vaga no ano que vem. E temos que ver se ele se tornará realidade, também. O futebol real não é FM.

Eu armaria o time com ele e o Maicon revezando pela vaga de segundo volante/armador recuado, com os demais brigando pela vaga de primeiro volante. Era pra ter sido assim com o Arthur e o Desumano, mas o Arthur conseguia jogar muito dos dois jeitos e já estava para ir pro Barça, então foi um caso especial. Não sei se o Renato faria isso com o Matheusinho.

Em 14/08/2018 at 09:03, Will disse:

Como colorado, fico muito feliz de ver gremistas não empolgados com ele e achando que ele é verde e tem que ir entrando aos poucos, porque esse maluco vai ajeitar o time de vocês quando virar titular. Espero que mais torcedores gremistas pensem assim heuheuhheu. Esse cara joga demais, demais mesmo. Não é nenhum Arthur, mas é melhor que o Maicon e que o Cícero. A diferença do time de vocês pós-saída dele, especialmente na proteção da frente da área, foi muito forte. Maicon não marca ninguém.

Não dá pra se empolgar assim, o cara ainda tem meio ano para provar que não vai sentir o peso de jogar na Série A. Brasileirão de Aspirantes e a base são de outro nível. Já vi até o Bruno Soneca sendo badalado, prefiro ter calma. E sobre a diferença que teve no time depois que ele saiu, já estava 2 ou 3 a 0 para nós, né. O resultado já tinha acontecido, só faltava o tempo passar. O Maicon entrou para pegar ritmo e ainda iniciou a jogada do quarto gol. 

Esse jogo x Vitória não pode servir de parâmetro pro Matheusinho e nem para os nossos reservas, os baianos foram fracos demais

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...