Jump to content

Henrique M.

Recommended Posts

  • Vice-President

RlWbslv.jpg

Uma das situações mais frustrantes no Football Manager é conceder um gol nos momentos finais de uma partida. Especialmente quando você está com uma vantagem simples e tentando defender aquele resultado. Nesse guia, buscamos mostrar que uma simples mudança de tática pode ser a diferença entre vencer e perder, visando a criação de uma tática perfeita para defender e desperdiçar tempo no Football Manager.

Janelas

Esse detalhe é absolutamente vital se você deseja entrincheirar-se no seu campo de defesa para segurar um resultado. Você sempre deve usar a janela que mostra a formação do seu adversário durante uma partida. Dessa maneira, você verá instantaneamente o momento que o outro time decidiu ir para o tudo ou nada. Para fazer isso, é dentro de uma partida, é só ir clicar no ícone das janelas, buscar o nome do time adversário e clicar em Formação. Uma pequena janela com a formação do oponente aparecerá na sua tela.

Formação

O próximo passo é olhar para o seu próprio esquema tático. A maioria dos jogadores gosta de jogar em formações mais ofensivas, como o 4-3-3 ou 4-2-3-1, sendo essas as mais comuns, enquanto formações com três zagueiros estão ganhando popularidade, seguindo um padrão imposto por Antônio Conte na temporada anterior da Premier League e refletindo nos hábitos dos jogadores de FM. Ao mudar sua formação, você pode adicionar mais jogadores para defender no meio-campo ou dar aquele apoio extra na defesa. O ideal é manter apenas um atacante solitário, mas ele precisa ser forte e razoavelmente rápido, pois assim ele será capaz de manter a posse de bola lá na frente, assim como surpreender a linha defensiva adversária. Em termos gerais, o ideal é recuar os seus meio-campistas uma linha, passar de um 4-2-3-1 para um 4-5-1 ou um 4-2-3-1 com dois volantes, se for um 4-1-2-3, só recuar os pontas já ajuda a trazer mais consistência.

LEIA MAISCriando uma tática em poucos minutos

Funções e tarefas dos seus jogadores

Depois é hora de checar as funções do jogadores e concentrar em suas tarefas. Normalmente quando você está jogando uma partida, você busca encontrar um equilíbrio entre as diferentes funções.

Quando você está tentando defender um placar, você tem que alterar isso. O único jogador que precisa de uma tarefa ofensiva é seu atacante, dessa maneira, você garante que ele se mantenha lá no ataque. Mas é bom colocar ele para pressionar a linha defensiva, garantindo que os defensores tenham que ficar sempre de olho nele.

Os outros nove jogadores deverão ter ou a tarefa Apoiar (preferencialmente jogadores de lado, como seus pontas) ou Defender (todos os seus defensores e pelo menos dois meio-campistas).

LEIA MAISO "Princípio 323": Como distribuir tarefas por um time

Instruções à equipe

A seguir você vai alterar as instruções que deu ao seu time. O importante quando se quer defender e gastar tempo é não dar muito espaço ou pressionar demais (isso faz com que seus jogadores fiquem fora de posição). Você tem que estacionar o ônibus na frente do gol e não deixar seu adversário passar. Abaixo, um exemplo de instruções para sua retranca:

5a9348b09b001_Hoffenheim-WerderBremen_TcticasTcticas.thumb.png.c4f8b2941dd52ea45ea1b86ff54b2154.png

O seu objetivo é manter a bola quando estiver com ela, e se você não tiver a posse dela, será importante não colocar muita pressão para manter sua equipe estruturada na defesa, fazendo com que seus jogadores respeitem o formato defensivo que você instruiu.

Instruções para os jogadores

Quando você estiver alterando as instruções dos seus jogadores, é importante começar pelo goleiro. Ele provavelmente irá receber bastante passes, portanto é vital que você instrua-o de maneira adequada. Abaixo, um exemplo de goleiro que gasta o máximo de tempo possível.

5a934a16ca0f3_Hoffenheim-WerderBremen_TcticasTcticas_.thumb.png.b3ad67459b59843e0f60f3036a738e56.png

Fazendo isso, você tem um goleiro que gasta bastante o tempo quando tem a posse de bola e pode acabar criando situações de perigosas no contra-ataque, já que ao instruir que ele passe a dar chutes longos para o campo do adversário, a alta linha defensiva do oponente pode deixar muito espaço para ser explorado.

Outra posição que precisa de atenção especial é seu atacante. O ideal é você colocá-lo para atuar como um atacante completo e apenas instruí-lo a pressionar mais.

Substituições

Um dos métodos mais antigos e tradicionais para gastar tempo é fazer substituições. Isso irá forçar que o jogo pare, quebrando um pouco o ritmo do seu oponente. Quando você tiver uma vantagem pequena, tente manter seus jogadores em campo até os 15 minutos finais do jogo. Dessa maneira, além da quebrada no ritmo, você poderá adicionar sangue novo na equipe, para defender ferrenhamente a vantagem.

Você não deve substituir três jogadores ao mesmo tempo, mas sim colocá-los separadamente, forçando o jogo a parar mais vezes e dando a oportunidade para que seus jogadores respirem e se organizem novamente.

Evite substituir um jogador nos acréscimos, pois o juiz fatalmente irá adicionar mais tempo depois que os 90 minutos tiverem passado.

Depois desse guia, você estará pronto para defender seus resultados de uma maneira mais fácil. Obviamente que não irá eliminar 100% dos gols nos minutos finais, mas com essas simples dicas, você estará diminuindo as chances disso ocorrer. Apenas lembre-se de acompanhar o que o time adversário está fazendo, pois assim, você irá ser capaz de reagir a tempo.

LEIA MAISAproveitando o máximo de suas substituições

Conteúdo traduzido por Henrique M. para o FManager Brasil e Engenharia do Futebol
Fonte: https://fminside.net/wasting-time/
Banner: @_Matheus_

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Sempre joguei e sempre vou jogar pra frente, pode ser com o pior time possível. Nunca fui adepto do antijogo mesmo depois de ter me encantado com o título do Leicester.

Link to comment
Share on other sites

Em todas as minhas táticas irei criar uma adaptação "Park the bus", já tomei alguns gols que me custaram caro ao fim da partida.

Link to comment
Share on other sites

Em 26/02/2018 at 01:23, Leonardo Castello disse:

Sempre joguei e sempre vou jogar pra frente, pode ser com o pior time possível. Nunca fui adepto do antijogo mesmo depois de ter me encantado com o título do Leicester.

eu pensava assim até jogar nas divisões inferiores do Peru, consegui ser rebaixado tendo a 3ª melhor defesa do camp, eu não tomava gols mas também não fazia kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk coisas que só o FM proporciona 

Link to comment
Share on other sites

Excelente material. Essas dicas são boas só pro fim do jogo ou será que são aplicáveis pro jogo inteiro? No caso de querer montar um time com uma filosofia defensivista.

Link to comment
Share on other sites

  • Vice-President
1 hora atrás, Leonardo Moreno disse:

Excelente material. Essas dicas são boas só pro fim do jogo ou será que são aplicáveis pro jogo inteiro? No caso de querer montar um time com uma filosofia defensivista.

São aplicáveis para o jogo inteiro, mas aí vai do quanto você está querendo passar por uma situação desse por 90 minutos.

Link to comment
Share on other sites

  • Vice-President
Em 28/02/2018 at 22:18, killerkrieger disse:

Qual é a diferença de botar a retranca em ''Fluida'' ou ''Estruturada'' @Henrique M.?

Aquela imagem ali foi um erro meu, era para ser estruturada. Em breve, corrigirei. 

Link to comment
Share on other sites

Excelente matéria, colocarei hoje em prática colocando meu time para treinar uma formação neste sentido.

Link to comment
Share on other sites

Já joguei com essa mentalidade desde o inicio em final de mundial, perdi nos minutos finais... particularmente so uso essa mentalidade e instruções em finais de jogo, não suporto jogar o jogo todo assim, as vezes no fim do jogo recuo um pouco, junto as linhas e protejo a zaga e já tem muito efeito.

Uma coisa que faço desde o FM13 e dá certo é a questão citada de exibir a janela com a tática do adversário, vc percebe nitidamente quando o adversário vai pra cima e coloca a linha defensiva mais alta, e nessa hora instruções como passar para o espaço vazio, aumentar o ritmo e o passe fazem muita diferença... particularmente nessa fase do jogo gosto de segurar as laterais, defender com 2 MC e colocar os pontas como apoio e ter um ponta de lança que seja rápido e quebre a linha de impedimento, eles recebem muitas bolas nas costas da zaga adversaria.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

  • Similar Content

    • Tsuru
      By Tsuru
      Por Jack 722
      Link original: https://community.sigames.com/forums/topic/564256-cautious-low-block-football/
      Tradução e adaptação: Tsuru

      Nota do tradutor:
      Bloco alto: O time tem a estratégia de pressionar para recuperar a bola mais ou menos entre o meio-campo e o gol do adversário. Bloco médio: O time tem a estratégia de pressionar para recuperar a bola mais ou menos na altura do meio campo. Bloco baixo: O time tem a estratégia de pressionar para recuperar a bola entre o próprio gol e o meio-campo.
        1. Introdução
      Acho que o futebol defensivo 'real' está sub-representado no Football Manager, bem como muitas vezes deturpado. Não só é uma ocorrência comum para os jogadores de FM dizer que jogar com bloco baixo é inútil, o que é tão ruim quanto muita gente usando mentalidades de ataque, pressão mais alta e deixando de lado os sistemas com bloco baixo ou defensivos para se destacar mais.
      Como um usuário regular nesses fóruns, ainda estou para ver uma 'verdadeira' tática de bloqueio / cautelosa que seja 'verdadeira' e bem-sucedida. Espero que neste tópico eu possa mudar isso.
       
      2. Futebol Defensivo
      Acho que o que mais influencia se uma tática é 'defensiva' ou não, é a mentalidade. A maioria dos usuários descreve a mentalidade como um indicador de risco. Acho que essa é uma maneira decente de pensar sobre isso, mas prefiro imaginar em termos de intenção e me colocar no lugar de um jogador da vida real, em vez de um gerente virtual. Então, imagino como eu naturalmente esperaria jogar quando somos grandes favoritos (atacante) ou grandes azarões (defensiva). 
      Abaixo está como o mesmo cenário ficaria em uma mentalidade atacante e depois defensiva.

      Atacante
       

       
      Defensivo
       

       
      Quando queremos atacar, podemos esperar por decisões de maior risco. É mais provável que um ala cruze uma bola quando estiver aberto no flanco, os zagueiros correrão para a frente para apoiar o ataque e os jogadores do meio-campo jogarão mais encostados no ataque, bem como pontas avançados irão buscar sobrecarregar a área, diferente do que podemos ver no quadro de mentalidade defensiva. Aqui a prioridade é a segurança na defesa no caso de contra-ataque, e opções seguras para o portador da bola manter a posse. O ponta com posse de bola neste cenário verá que há apenas dois atacantes na área e provavelmente jogará a opção segura, passando de volta para seu zagueiro, em vez de correr mais riscos.
      Coisas semelhantes podem ser ditas para situações diferentes. Quando em posse da bola em seu próprio terço final, uma equipe atacante tentará subir as linhas para quebrar o sistema defensivo adversário, enquanto se concentra em reter a bola quando estiver sob pressão. Uma equipe defensiva provavelmente limpará a bola quando estiver sob pressão e manterá a posse quando não estiver.
      Por último, imagine ser um atacante quando seu time está na defesa contra um time muito mais forte, em vez de estar contra um time muito mais fraco. Contra o time mais forte, você vai voltar mais e ajudar seus defensores; já contra o time mais fraco você ficará mais feliz em avançar no campo. Dessa forma, você pode economizar energia para a fase de ataque e estar em uma boa posição para um contra-ataque, enquanto acredita que seus companheiros de equipe podem lidar com a pressão defensivamente e conseguir encontrá-lo quando finalmente ganharem a bola.
       
      3. O bloco baixo
      A característica padrão de quase qualquer bloco baixo é a compactação. Essa estratégia deve ser a mais compacta possível, convergindo principalmente para a área em frente à sua própria área de pênalti. Mais alto que isso, e você estará vulnerável a uma bola por cima, qualquer mais baixo que isso, e um jogador que receber a bola estará a uma boa distância de finalizar a gol. Um bom exemplo pode ser visto abaixo:
       

       
      As três características principais são que: 
      A equipe mantém sua forma em vez de perseguir o portador da bola O espaço é deixado sem marcação para inundar mais o meio A pressão só começa bem dentro de sua própria metade defensiva.
        Outro ponto interessante é o posicionamento dos atacantes. Eles não estão posicionados no alto do campo antecipando uma virada, eles são a primeira linha para ajudar na defesa. Isso significa que os contra-ataques são realmente mais difíceis nessa estrutura do que comumente se acredita. O contra-ataque é muito mais fácil com uma defesa de “bloco médio”, onde você tenta ganhar a bola mais ou menos no centro do gramado. O mais provável de acontecer quando este time recupera a bola é que os atacantes tentem segurar a bola para ajudar todo o time a avançar e ganhar território. Uma bola de contra-ataque ambiciosa no espaço será difícil tanto para o doador quanto para o receptor. Um defensor que recupera a bola estará sob pressão imediata de um contra-ataque (provavelmente em seu próprio meio-campo), o que significa que terá dificuldade para levantar a cabeça para ver o espaço. Os zagueiros adversários também têm uma grande vantagem sobre qualquer atacante que queira correr atrás, além de ter acabado de sair de um período de descanso.
       
      4. Expectativas realistas, limitações do mecanismo de jogo
      Você não pode jogar futebol defensivo por 90 minutos/jogo, 38 jogos/temporada, e esperar ter sucesso como qualquer time que não esteja lutando contra o rebaixamento. No futebol defensivo, você confiará demais em momentos individuais de brilhantismo, erros da oposição e comprometimento para marcar gols, especialmente quando uma vitória vale três pontos. Assista ao jogo completo de qualquer time ou gerente que tenha reputação de futebol defensivo ou estacione o ônibus e você descobrirá que eles ainda avançam e pressionam bem no campo de oposição com bastante regularidade; a diferença é que eles escolhem seus momentos. O futebol defensivo é útil para:
      Jogar uma partida como o azarão.  Planos de jogo: Mudar para uma tática defensiva para segurar uma vitória Usar futebol defensivo até ~75 minutos para manter um placar baixo antes de atacar tarde para uma vitória súbita ou arrancar um empate no final. Com uma tática ofensiva, você pode basicamente jogar uma temporada inteira usando uma mesma tática: desta forma, você terá uma estratégia de 'nós marcaremos mais do que vocês' e está tudo certo. Isso não funcionará com o futebol defensivo: se o outro time marcar o gol primeiro, eles podem reconhecer que você não está avançando - e podem facilmente assumir uma postura de futebol defensivo para segurar o placar. 
      Também acredito que, embora o futebol defensivo seja possível, o futebol de ataque no FM é muito eficaz. É fácil conectar seus melhores jogadores a um template como gegenpress e ganhar tudo. Isso significa que eu não tentaria a estratégia deste tópico se você está apenas buscando resultados: este método para mim é satisfatório porque posso obter resultados decentes e realistas jogando de maneira realista. Não tenho interesse em ganhar a liga com o Burnley jogando gegenpress desde o dia 1. 
       
      5. Análise FM
      No FM, levei o West Ham (previsto para terminar em 9º) para o 5º lugar, normalmente usando minha estratégia de bloco baixo. Ao fazer isso, também conseguimos números de posse ultra baixos, um alto número de bloqueios e bolas rifadas e um rótulo de 'catenaccio' da mídia.
       

       

       

       

       

       
      6. Táticas
       

       
      A tática acima é a mais defensiva das três que utilizo. Seguindo o que já foi dito na Seção 4, usamos essa estratégia contra todos os 'seis grandes' times da Premier League, bem como quando queremos segurar um placar favorável.
      Traduzimos os pontos feitos no bloco baixo da vida real na Seção 3, em FM:
      Linha defensiva mais baixa; Posicionar nossa linha defensiva um pouco fora da nossa própria área; Pressionar com menos frequência; Manter Formação para evitar aberturas de brechas; Linha de engajamento muito mais baixa; Pressionar o adversário apenas no nosso próprio campo; Manter nossas linhas as mais próximas possíveis para compactação vertical; Defender mais estreito; Deixar o lado de fora sem marcação para manter a compactação lateral; Formação 4411DM: Manter compactação vertical (mais compacta que uma 4231 / 433 que deixa lacunas na frente dos zagueiros)
        7. O estilo em campo
       
      Manchester United (F) Aqui jogamos com bloco defensivo os 90 minutos. Infelizmente perdemos por 1 a 0 devido a uma vitória aos 85 minutos mas, olhando para as estatísticas, você pode ver facilmente como em outro dia poderíamos ter roubado um empate. Apesar de dominar a posse e terem 20 chutes, conseguimos restringi-los a nenhuma chance clara (CCC's - clear cut chances, em inglês) enquanto tiveram apenas 2 meias-oportunidades, o mesmo que nós.
       

       
       
      Brighton (F) Em Brighton, por ser um jogo mais equilibrado, usamos estratégias diferentes como parte de um plano de jogo. Começando com um 4231DM positivo de bloco médio, jogamos um pouco no ataque até marcarmos um gol aos 18 minutos. Em seguida, mudamos para um contra-ataque de bloco médio no 4411DM até o intervalo, antes de mudar para a mesma tática defensiva de bloco baixo vista contra o Manchester United até o final.
       

       

       

       
      Como padrão geral na maioria dos nossos jogos nesta temporada, conseguimos vencer por um gol com menos posse de bola e menos chutes. Mas o mais importante, criamos mais chances claras do que eles.
    • Tsonny
      By Tsonny
      Valores: 
      FM 20 e 21 - R$15 reais cada
      Fm 18 - R$9 reais
      Fm 16 e 17 - R$7 reais cada
      Fm 13 - R$5 reais cada
      Chamar no Whatsapp: 31 9 87901885 - Thiago
    • bronoti
      By bronoti
      Alguém tem a tradução do Football Manager 2012?
    • Bigode.
      By Bigode.
      Apertando as teclas Crtl + F, digite o número da versão (ex.: 18) para ver todo material construído para a versão desejada. A maior parte dos guias presentes aqui servirá também para as versões mais novas do FM.
      ***
      Conteúdos da FManager TV estão neste post.
      ***
      Guias (em ordem alfabética) do Centro Tático:
      A arte do contra-ataque [FM 2016] A arte de Mourinho: retrancando o seu time [FM 2018] Atributos de Jogador por "Guide to Football Manager.com em PT-BR [FM 2015] Botando os pingos no IS: Ações com Bola [FM 2015] Botando os pingos no IS: Passe [FM 2015] Como jogar FM: Um guia de 12 passos [FM 2014] Como montar um esquema de Gegenpressing no FM [FM 2016] Como utilizar os gritos à beira do gramado [FM 2015] Como usar o estádio a seu favor [FM 2015] Criando uma tática em poucos minutos [FM 2017] Dicas básicas: de um novato para um novato [FM 2015] Entendendo e analisando a atuação do seu time no FM [FM 2018] Estilos de Jogo: a importância dos atributos [FM 2017] Enganche: uma ligação rápida para um ataque devastador [FM 2021] Extremo Invertido: uma breve análise [FM 2021] Football Manager: a evolução tática do jogo [FM 2018] Guia: Jogadas de Bola Parada [FM 2015] Guia Tático do FM 2015: Como criar uma tática? [FM 2015] Guia Teórico e Prático sobre o Football Manager [FM 2014] Guia de um perfeccionista para encontrar o estilo perfeito de jogo [FM 2021] Lidando com cartões vermelhos [FM 2017] O guia de instruções à equipe e instruções ao jogador no FM [FM 2018] O manual das instruções ao adversário [FM 2018] O que faz um goleador - Parte 1 [FM 2016] O "Princípio 323": Como distribuir tarefas por um time [FM 2016] O time da virada! 5 dicas para reverter um placar adverso [FM 2018] O guia rápido dos laterais no FM [FM 2021] O guia rápido dos pontas no FM [FM 2021] O guia rápido dos volantes no FM [FM 2021] O guia rápido dos meias ofensivos no FM [FM 2021] Pressionando de 3 maneiras diferentes [FM 2017] Princípios básicos de sistemas defensivos: um guia tático não oficial [FM 2021] Tactical Central & Insight: The New Era [FM 2016] Templates táticos não devem ser usados como táticas prontas [FM 2021] Transformando rotinas de escanteios ofensivos em gols no FM [FM 2021] Uma pré-temporada básica [FM 2016] Uma tática sem tática e muitos gritos à beira do gramado [FM 2021] Usando as cobranças laterais ao seu favor no FM [FM 2018] Um guia de design tático, gestão e construção de elencos no FM [FM 2021] Uma abordagem sobre o 4-4-2 diamante [FM 2021] Aos moderadores da área, pedimos que mantenham o tópico atualizado. Aos membros, pedimos que reportem materiais que podem ser adicionados ao índice geral em virtude de sua relevância para que possamos avaliar a situação.
      Obrigado.
    • Tsuru
      By Tsuru
      Por herne79
      Tradução e adaptação: Tsuru
      Link original: https://community.sigames.com/forums/topic/487345-no-tactic-and-lots-of-experimental-shouting/

      Tenho feito algumas experiências e brincado com o uso dos gritos à beira do gramado sem instruções táticas. Ou seja, não uso nenhuma instrução de equipe, de jogador ou à oposição, e escolho sempre mentalidade Equilibrada.
      Tudo o que fiz foi escolher um time, uma formação e juntar algumas funções e tarefas dos jogadores. Então, durante as partidas, eu apenas uso gritos da linha lateral, sem outras alterações (além de substituições). Nunca fiz isso antes, então queria ver duas coisas:
      O efeito de não usar nenhuma instrução. Quero deixar as coisas o mais "baunilha" possível, sem sobrecarregar os jogadores com instruções táticas. Em outras palavras, eu dou a eles a estrutura (mentalidade, formação e tarefas) e, em seguida, deixo que eles prossigam com as coisas. Não tenho nenhum estilo tático em mente (uma razão primária para usar TIs, etc.) e quero remover (na medida do possível) qualquer influência externa que possa distrair meus jogadores. Quero focar nos jogadores tanto quanto possível.
        O que acontece ao usar os gritos na beira do gramado? Isso faz alguma coisa? Seria ainda mais difícil avaliar isso se eu jogasse um monte de TIs na minha equipe ou fizesse mudanças táticas constantes durante o curso de uma partida. Minha configuração:
       

      Funções:
      CD - Defesa Central
      WB - Ala
      CM - Meia Central
      T - N10
      AM - Meia Ofensivo
      IF - Atacante Interior
      AF - Ponta de Lança

      Tarefas:
      D - Defender
      Su - Apoiar
      At - Atacar

      Eu queria usar uma equipe prevista para terminar no meio da tabela. Portanto, devo esperar alguns jogos disputados contra times semelhantes, alguns (espero) jogos mais fáceis contra os candidatos ao rebaixamento e jogos mais difíceis contra os melhores times. Eu quero uma variedade de níveis diferentes de jogo, que eu não conseguiria se eu fosse com um clube superior ou inferior. É também por isso que escolhi a mentalidade equilibrada. Então, escolhi o West Ham. Sim, sou fã, mas também estou bastante familiarizado com os jogadores, o que me ajuda a definir as coisas.
      É literalmente isso. A única mudança tática leve que às vezes fazia era trocar o Ponta de Lança por um Oportunista, mas isso era raro.
      Portanto, meu objetivo era nada mais do que atingir meu objetivo de início de temporada (9º lugar). Com o West Ham, posso ganhar a primeira temporada da Premier League se estabelecer um certo estilo de jogo usando o criador tático e bagunçar as coisas durante as partidas, mas aqui não estou fazendo nada disso, então tudo que quero fazer é terminar na pior das hipóteses, 9º. Daqui para frente, o plano é melhorar gradualmente os jogadores do clube - então as melhorias na posição na liga viriam de jogadores melhores, e não do meu gênio tático (* ahem *). Veja como eu me saí no final da primeira temporada:
       

       
      Terminei em 3º, o que me surpreendeu muito para ser sincero. Eu sei que uma abordagem de "nenhuma (ou poucas) instruções táticas" ainda pode produzir bons resultados se as funções e tarefas dos jogadores forem bem definidos, mas a parte interessante aqui para mim é o impacto dos gritos da linha de lateral em jogo. Eu nunca os uso e para ser justo, é difícil decifrar o impacto que eles realmente têm - pode ser nada mais do que um placebo - mas depois de usá-los durante toda a temporada, vi as reações do jogador a eles (nem sempre positivas, para ser sincero) e o resultado, é difícil descontar seu efeito.
      Acabei de terminar a primeira temporada e estou construindo um time. Moise Kean e Donny van de Beek por 20m e 15m respectivamente lol (Juve e Ajax devem estar loucos) junto com Jack Butland no gol também por 15m farão muito bem. Assim, quando eu começar a jogar novamente, irei passar em mais detalhes (com exemplos) de como tenho usado os gritos.
      Eu tenho que dizer, a primeira temporada foi muito interessante e um pouco reveladora.
×
×
  • Create New...