Ir para conteúdo
PedroJr14

Cantando de Galo – River-PI

Recommended Posts

PedroJr14

R%C3%ADverAtl%C3%A9ticoClube-PI.png

Eu sempre amei futebol e desejei ter uma carreira dentro da parte técnica de um clube, o desejo aumentou ainda mais depois da experiência de morar por um período junto com o time do Icasa-CE, onde pude conhecer a fundo todas as dificuldades que se tem um clube pequeno e tudo pelo que passavam jogadores e equipe técnica, pude ver a realidade e fazer amigos, alguns tenho contato até hoje. O fato era que eu estudava futebol nas horas vagas, táticas, treinamentos, jogadas ensaiadas, gestão, mas apesar de sempre ter almejado esse sonho, eu pensei que nunca fosse chegar lá, estava enganado.

O dia era 18 de Dezembro de 2015, eu acabara de me mudar de volta para o meu estado, estava chegando a Teresina com uma mala cheia de sonhos e metas, mas nada envolvia o futebol, até que em uma das minhas idas à faculdade eu vi o anúncio de que o River procurava uma nova comissão técnica, com preferência para profissionais locais. O clube encontrava-se em grande crise e apesar de ter ascendido à Série C naquele ano não teve dinheiro para manter seus principais jogadores, acabando com apenas 11 atletas no clube e com expectativas baixas para a temporada, pensei comigo então "Porque não tentar uma admissão como auxiliar?". Decidi comparecer à entrevista e para a minha surpresa a procura demanda foi baixissima, havia chances de conseguir uma vaga. A entrevista correu bem e eu pude contar um pouco da minha experiência com o Icasa, onde eu aprendi muito sobre o mundo do futebol, participando de treinos, coletivas e até de preleções, pude ver o que acontece fora da TV, a vida real de um jogador e dos profissionais de um time pequeno, pude acompanhar a derrocada de um clube que era um expoente no estado, lutou até a última rodada para subir para a série A e hoje, menos de 5 anos depois, está sem divisão e não conseguiu passar nem da primeira fase da Série B estadual. A conversa foi proveitosa, logo liguei para um amigo, Mael, zagueiro ex-Internacional e ABC, que conheci no Icasa, hoje joga a segundona do campeonato potiguar pelo Força e Luz. Mael me deu o telefone do seu ex-empresário, conversei com ele e mostrei um pouco das minhas idéias, no mundo do futebol há mais de 20 anos ele disse que a minha humildade era excessiva, que parecia que me faltava ambição, pois apesar de novo, com as minhas idéias eu poderia tranquilamente assumir um clube como treinador e não como preparador, logo fizemos um acordo para que eu passasse a integrar a sua equipe de clientes, ele entraria em contato com o River, mas as esperanças eram poucas, devido à minha inexperiência, mas ficou a promessa de que eu iniciaria o ano treinando alguma equipe, nem que fosse de um segundo escalão estadual.

Passaram-se dois dias e eu fui chamado à comparecer à diretoria do River, para conversar com o presidente que quando me viu achou que era brincadeira, um cara tão jovem querendo assumir a maior instituição futebolística do estado, mas logo se impressionou com tudo o que eu sabia e comprou a minha idéia utópica, a verdade verdadeira é que o meu empresário é bom e conseguiu me fazer escalar alguns degraus me dando uma ajudinha, garantindo uma facilidade maior para obter empréstimo de jogadores de clubes da primeira divisão nos próximos anos, em troca do meu emprego. Eu teria uma semana para terminar de me preparar e no dia 29 seria a minha apresentação. A notícia correu rápido e logo choveram as felicitações, destaque para os dois únicos jogadores profissionais da minha cidade, Mateus Anderson(Vila Nova-GO) e Jabá, ex-jogador do Coxa(aquele mesmo das pedaladas kkk).

Chegou o dia 29, dia da apresentação, a notícia da minha contratação não era tratada com seriedade pela imprensa piauiense, choveram críticas a mim e ao clube, a reprovação era absurda, eu tinha que provar que todos estavam errados. Fui para a coletiva sem nenhum medo, preparado para responder à altura qualquer engraçadinho que tentasse me desestabilizar ou desmotivar o meu início de trabalho, alguns trechos da entrevista:

Repórter: "Tão jovem e tão inexperiente, talvez a sua contratação tenha sido um ato de irresponsabilidade por parte da diretoria do River Atlético Clube, o que você pretente fazer para calar os críticos  e a torcida que reprovaram a sua contratação?"
Eu: "Não me importo com o que acha a imprensa e não tenho nenhum respeito por pessoas que já queriam me derrubar antes mesmo de eu assumir o clube, estou aqui para ganhar jogos, sou pago pra isso e é o que vou fazer! Não responderei mais perguntas sobre o assunto, apenas responderei sobre futebol."
Repórter: "Qual a sua metodologia de trabalho e o que você pretende fazer para contornar a situação da crise financeira do clube?"
Eu: "A equipe perdeu jogadores importantes na ascenção da última temporada, só temos 13 atletas, mas a diretoria já se comprometeu a procurar bons nomes no mercado, procuro jogadores com o meu perfil, jovens sonhadores, com muita vontade de mostrar serviço e calar aqueles que duvidam do seu potencial. Estamos no mercado em busca desses jovens e em breve lançaremos novos nomes que estarão à disposição do clube."
Repórter: "Só pra encerrar, você poderia descrever um pouco da sua sensação, o que se passa na sua cabeça nesse momento?"
Eu: "Passa muita coisa na cabeça, me lembro da minha infância em Simões, do tanto que eu sonhei com esse momento, passa um filme na cabeça... Tenho que agradecer a Deus pela oportunidade, ao presidente Elizeu e agarrar essa oportunidade com tudo. O futebol é lindo, une as pessoas, traz alegria, emoção, é maravilhoso poder fazer parte disso.

Após a entrevista, fui levado a conhecer o Albertão, estádio municipal, onde mandaremos os nossos jogos no Estadual, Copa do Nordeste e Série C. Depois conheci o centro de treinamentos e os jogadores, tive um encontro com o maior reforço do clube, o conhecido Rodrigo Tiuí, que será o nosso capitão no ano que se segue. Espero ter muitas alegrias por aqui e fazer o Galo Carijó ser grande de verdade.

RIVER ATLÉTICO CLUBE
TERESINA-PI

ESTÁDIO ALBERTÃO, 52.296 LUGARES
CAMPEONATO PIAUIENSE, COPA DO NORDESTE E SÉRIE C
DERBY "RIVENGO" CONTRA O FLAMENGO-PI

- GALERIA DE TROFÉUS IMPORTANTES -
Campeonato Piauiense: 30.
Copa do Nordeste: 1.
- TÍTULOS SOB O MEU COMANDO -
Campeonato Piauiense 2016.
Copa do Nordeste 2016.


- OBJETIVOS -
Aumentar a soberania no estado.
Ser campeão piauiense invicto.
Conseguir o acesso para a série B.
Conseguir o acesso para a série A.
Construir um novo estádio.
Classificar-se para uma competição internacional.
Popularização do clube.
Vencer a Copa do Brasil.
Vencer o campeonato Brasileiro.
Valorizar as pratas da casa e jogadores piauienses.
Ser campeão do mundo.

 

albertao3.jpg

 

Espero contar com a torcida de vocês para abrilhantar ainda mais esse save que promete.

  • Like 1
  • Upvote 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LC

Boa sorte.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Messias Götze

Terá um desafio bem interessante no River-PI, ainda mais com um clube que está com problemas financeiros. Vai ter uma pequena dificuldade para conseguir reforçar bem o elenco. Qual será os seus objetivos para essa primeira temporada no comando do clube?  Boa Sorte

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm
23 minutos atrás, Messias Götze disse:

Terá um desafio bem interessante no River-PI, ainda mais com um clube que está com problemas financeiros. Vai ter uma pequena dificuldade para conseguir reforçar bem o elenco. Qual será os seus objetivos para essa primeira temporada no comando do clube?  Boa Sorte

Messias, sempre apoiando os saves no Brasil.

3 horas atrás, PedroJr14 disse:

Espero contar com a torcida de vocês para abrilhantar ainda mais esse save que promete.

Bem-vindo e boa sorte para seu save. 

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Danut

Bem-vindo, e te desejo um bom save. 

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
leoinsane

Não seria melhor começar na série d pra condizer com a realidade do clube?

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
PedroJr14
6 horas atrás, LC disse:

Boa sorte.

TMJ!

6 horas atrás, Messias Götze disse:

Terá um desafio bem interessante no River-PI, ainda mais com um clube que está com problemas financeiros. Vai ter uma pequena dificuldade para conseguir reforçar bem o elenco. Qual será os seus objetivos para essa primeira temporada no comando do clube?  Boa Sorte

Conquistar o campeonato Piauiense e quem sabe beliscar uma segunda fase na Copa do Nordeste e Série C.

5 horas atrás, ggpofm disse:

Messias, sempre apoiando os saves no Brasil.

Bem-vindo e boa sorte para seu save. 

Valeu, tmj!

2 horas atrás, Danut disse:

Bem-vindo, e te desejo um bom save. 

Tmj!

1 hora atrás, leoinsane disse:

Não seria melhor começar na série d pra condizer com a realidade do clube?

To jogando sem nenhum patch, pra evitar bugs e eu acho que começando na Série C traz ainda mais dificuldades, porque na Série D eu certamente faria uma boa campanha e depois de um bom ano, iniciaria a Série C já com algum investimento. Do jeito que tô começando aqui, estamos entrando sem nada em caixa, contratando apenas jogadores livre e as vezes nem isso tá dando certo. kkk

Já já o post da primeira parte da temporada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Henrique M.

Boa sorte.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
haraki

Estou aqui para desejar boa sorte ao save e que irei acompanhar a trajetória do River.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
PedroJr14

[I TEMPORADA - CAPÍTULO 1]
Iniciamos a temporada com apenas 11 jogadores no elenco e tivemos que ir atrás no mercado, acabamos fazndo 11 contratações, entre empréstmos e compras, além de subir dois garotos da base.
ssZX7R.png
(TRANSFERÊNCIAS)

I4juoC.png
HNNhUT.png
(ELENCO)
Simplesmente atropelamos no primeiro turno do Campeonato Piauiense, vencemos TODOS os jogos na primeira fase e empatamos apenas na final, onde levamos o título por conta da melhor campanha. O destaque ficou por conta do garoto Lucas Bacelar, revelado pelo próprio River e com o experiente Rodrigo Tiuí que vem fazendo uma excelente temporada com gols e assistências importantes. O jogo final contra o Altos terminou em 0x0, mas teve um ponto positivo, mais de 20 mil pessoas compareceram ao albertão para apoiar o time, o que nos deu um ânimo a mais para o restante da temporada.
Finalizamos o primeiro turno da Copa do Nordeste em segundo lugar no nosso grupo, empatamos com o América, perdemos para o Bahia e vencemos o Salgueiro. Contando um pouco com a sorte, ainda temos chances de classificação.

uFI0ug.png
SZssat.png

Agora jogaremos a segunda fase do Campeonato Piauiense, estrearemos na Copa do Brasil e terminaremos a primeira fase do Copa do Nordeste. Quaisquer dúvidas, perguntem nas respostas, quero interagir com vocês e aceito idéias. Até a próxima!

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
PedroJr14

[I TEMPORADA - CAPÍTULO 2]

Dando continuidade ao Campeonato Piauiense, começamos a usar mais o time reserva, tendo em vista de que já estávamos classificados para a finalíssima, onde se enfrentam os campeões de primeiro e segundo turno, mas o nosso time reserva não deu mole e atropelou todo mundo durante a primeira fase. Nas semifinais, empatamos em 0x0 contra o Parnahyba e garantimos a vaga na final do segundo turno, onde enfrentamos o Altos. Com um gol de Robertinho, prata da casa, logo aos 13 minutos de jogo, decidimos a final e nos sagramos campeões do segundo turno e consequentemente CAMPEÕES ESTADUAIS DE 2016. O capitão Rodrigo Tiuí ergueu a taça e desejou um resto de ano ainda melhor para o clube e para a torcida. É o 30º título estadual do Galo Carijó, o primeiro título da minha carreira.

97284a4f-5498-44fc-9999-ccb062d1db7c.JPG

COPA DO BRASIL
Estreamos na competição nacional contra o Tupi e batemos o time mineiro no Albertão por 1x0, gol de Silas.
Em Juiz de Fora, não quisemos jogar com o resultado, fomos pra cima e atacamos desde o princípio, resultando num hat-trick de Lucas Barcelar e numa goleada por 4x1 fora de casa. Classificados, agora enfrentaremos o Gama no decorrer da competição.

 

Entrando para a história...

Estávamos ocupando a segunda posição do grupo até o jogo contra o América-RN, onde vencemos e contamos com a vitória do Salgueiro sobre o Bahia para assumir a liderança do grupo, há duas rodadas do fim da primeira fase. Enfrentamos o Bahia no confronto direto, a vitória nos daria a classificação e foi exatamente o que aconteceu. Mário chegou a abrir o placar para o Bahia, mas Amorim(de pênalti, Rodrigo Tiuí e Wallace marcaram para virarmos o jogo e garantir a classificação. Já classificados, enfrentamos o Salgueiro e saímos derrotados com um gol de Tatu. O sorteio definiu que enfrentariamos o Fortaleza.
No primeiro jogo, Amorim(de pênalti) e Cléber Lucas(2x) marcaram para garantir uma grande vantagem para o jogo de volta. Em Fortaleza, Lúcio Flávio abriu o placar para o time da casa, mas o nosso garoto Lucas Bacelar empatou tudo e garantiu a vaga nas semifinais para enfrentar o Ceará.
Em Teresina, um grande jogo movimentou as semifinais da "Lampions League", Cléber Lucas abriu o placar para o River em um chute de longe. Ricardinho empatou para o Ceará em cobrança de falta perfeita. Lucas Bacelar mostrou oportunismo marcando mais duas vezes para o Galo Carijó. O vozão ainda diminuiu com o Magnata, Magno Alves, mas a vantagem para o jogo de volta era nossa. Em pleno Castelão lotado, Lucas Bacelar abriu o placar para a nossa equipe e para piorar as coisas para o Ceará, Valdo foi expulso ainda no primeiro tempo. O Ceará não conseguiu se impor na partida e aos 90 minutos, o golpe de misericórdia. Lucas Bacelar sofreu pênalti e o zagueirão Jaques bateu forte para colocar o River na final da Copa do Nordeste e fazer história para o futebol piauiense.
O nosso adversário era o poderoso Sport Recife, mas não nos colocava medo, pois já haviamos vencidos outros gigantes a nível de nordeste no decorrer da competição. O primeiro jogo em Teresina foi marcado pela atuação do goleiro Leandro Silva, que segurou André Balada e companhia, garantindo o empate em 0x0, não foi o resultado que queriamos, mas ainda nos manteve vivo na finalíssima. Apesar de termos chances, mantivemos os pés no chão e reconhecemos que a equipe do Recife era superior e entramos no jogo de forma defensiva e Leandro Silva estava tendo mais uma boa atuação, até que em um contra-ataque bem armado, Samuel Xavier encontrou Rogério, que marcou o gol que dava o título ao Sport. Na segunda etapa tinhamos que sair para o jogo, perder de 1x0 ou de 10 seria a mesma coisa a essa altura do campeonato. Estávamos em cima do time da casa e em um ataque pela
direita, João Felipe sofreu falta, ele mesmo cobrou e no "bumba-meu-boi" durval puxou Léo Mendes, ESTAVA MARCADO PÊNALTI. Amorim bateu e converteu, fazendo o título sair das 
mãos do Sport e vir para as nossas. Mantivemos o plano de jogo e continuamos em cima, o Sport ainda assustou em contra-ataques, mas não conseguiu mudar o placar.

 

RIVER CAMPEÃO DO NORDESTE 2016

deb_6151.jpg

Com o nosso nome escrito na história do River, do futebol piauiense e Nordestino, seguimos a temporada, mas antes fiquem com alguns trechos da entrevista pós título comigo, Lucas Bacelar e o capitão Rodrigo Tiuí:
REPÓRTER: "Pedro Júnior, em primeiro lugar, parabéns pelo título! Em segundo, qual a sensação de ser tão jovem, chegar embaixo de tantas críticas e calar a boca de todo mundo, fazendo uma campanha quase que perfeita no Campeonato Piauiense e entrando para a história do clube e do futebol no estado, conquistando a Copa do Nordeste?"
EU: "Valeu, Valdemar. Eu cheguei aqui com muita humildade, e desde que eu cheguei tivemos muito trabalho duro, treinamos muito pra dar um padrão pro time, lutamos contra críticas, fomos menosprezados contra o Altos no estadual e contra todos os clubes com os quais jogamos na Copa do Nordeste, éramos o saco de pancadas do grupo, mas contrariamos todas as previsões e chegamos a esse momento maravilhoso, que não se deve só a mim. A gente não pode esquecer da diretoria, que me deu o respaldo necessário e a liberdade pra impor o meu estilo nos treinamentos e nas táticas. Não podemos esquecer dos jogadores que batalham e dão o sangue por esse clube, que estão longe da família e trabalham duro pra conseguir os objetivos. Um grupo humilde, unido e talentoso como esse pode chegar em qualquer lugar."
REPÓRTER: "Parabéns, Lucas! Bacelar, esse sobrenome histórico no futebol piauiense, sobrenome do maior ídolo do River e do futebol piauiense, entra de novo na história. Pra quem não sabe o Lucas Bacelar é filho de Sima, grande atacante dos anos 70 e 80, jogou e foi ídolo em vários times no Piauí. Lucas, qual é a sensação de entrar para a história em um clube no qual o seu pai é ídolo? Nem preciso dizer de onde vem essa veia de artilheiro, já são 18 gols em 24 partidas nessa temporada."
LUCAS BACELAR: "Pra mim é uma honra enorme representar o nome do meu pai e representar o River, ainda mais honroso é ser comparado com ele, mas isso além da genética, é fruto de muito trabalho, fruto da confiança do professor, ele me dá liberdade no campo pra que junto com o Tiuí a gente possa trabalhar em campo e marcar o máximo de gols possível. Passa muita coisa na cabeça, até pouco tempo atrás eu não tinha nem contrato profissional e agora sou campeão da Copa do Nordeste, estou vivendo um sonho."
REPÓRTER: "Parabéns pela conquista, Rodrigo! Você jogou em grandes times como Fluminense, Santos, Sporting(POR) e Atlético-PR, já conquistou títulos importantes como a Copa do Brasil, Taça e Supertaça de Portugal, nos explique a diferença de ser campeão dessas competições e ganhar e levantar o título da Copa do Nordeste!"
RODRIGO TIUÍ: "Estávamos sendo menosprezados pela imprensa, eu cheguei do Japão como se fosse um jogador acabado e conquistar esse título é muito especial para mim, é o título mais especial da minha carreira. O grupo se uniu, abraçou o treinador, a atmosfera é maravilhosa, apesar dos problemas financeiros, estamos fechados e vamos buscar mais coisas esse ano."

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
vinny_dp

Desafio interessante.

Na apresentação dos objetivos, fiquei com uma dúvida:

- Como você pretende aumentar a soberania no Estado? Vencendo mais estaduais? Batendo os maiores rivais? 

Começou bem o trabalho, já levando o Estadual, que pelo time é meio que obrigação e na Copa do Brasil tem condições de avançar a próxima fase, uma vez que o Gama é um adversário acessível. Na Copa do Nordeste aprontou e já levou o título logo de cara, o que é um grande feito, considerando que existem clubes com maior capacidade técnica e financeira, parabéns.

Por fim, deixo algumas dicas para a continuação: 

Dê uma lida na Central de Informações. Lá você vai encontrar alguns tutoriais sobre como editar imagens, textos e outras coisas que são úteis para que está começando. Outra coisa, dá uma editada nos textos para que eles não fiquem em um bloco só, isso torna cansativa a leitura. 

E por último, no último texto, senti falta de prints sobre a trajetória nos campeonatos, seja com o calendário ou com os prints das partidas mais importantes no período. 

Seja bem-vindo e boa sorte com o save.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
PedroJr14
10 horas atrás, vinny_dp disse:

Desafio interessante.

Na apresentação dos objetivos, fiquei com uma dúvida:

- Como você pretende aumentar a soberania no Estado? Vencendo mais estaduais? Batendo os maiores rivais? 

Começou bem o trabalho, já levando o Estadual, que pelo time é meio que obrigação e na Copa do Brasil tem condições de avançar a próxima fase, uma vez que o Gama é um adversário acessível. Na Copa do Nordeste aprontou e já levou o título logo de cara, o que é um grande feito, considerando que existem clubes com maior capacidade técnica e financeira, parabéns.

Por fim, deixo algumas dicas para a continuação: 

Dê uma lida na Central de Informações. Lá você vai encontrar alguns tutoriais sobre como editar imagens, textos e outras coisas que são úteis para que está começando. Outra coisa, dá uma editada nos textos para que eles não fiquem em um bloco só, isso torna cansativa a leitura. 

E por último, no último texto, senti falta de prints sobre a trajetória nos campeonatos, seja com o calendário ou com os prints das partidas mais importantes no período. 

Seja bem-vindo e boa sorte com o save.

Pretendia voar no estadual, ser campeão invicto e por muitas temporadas em sequência, mas esse desafio está parecendo mais fácil do que o imaginado, vou adicionar algum resultado específico que eu queira alcançar sobre os rivais, por exemplo: "Vencer o Flamengo-PI por 4 gols ou mais de diferença".

Valeu pelas dicas, eu até tirei os prints do calendário e de algumas partidas importantes, como o momento do apito final do jogo contra o Sport, mas achei melhor usar a imagem real para ilustrar o fim do jogo. Acabeie esquecendo de adicionar o print do calendário, mas na próxima postagem eu vou colocar com calendário. Tamo junto!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Marlon Dantas

Desse jeito vai longe, logo no primeiro ano comandando a equipe já foi Campeão do Estadual e do Regional. 
Com a conquista da Copa do Nordeste o River-PI conseguiu a vaga na SUL-AMERICANA? 
Não sei se passou despercebido, mas não vi as táticas que você está usando, se puder, depois posta aqui!
Boa sorte e abç, vou acompanhar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
PedroJr14
Em 28/11/2017 at 11:57, Marlon Dantas disse:

Desse jeito vai longe, logo no primeiro ano comandando a equipe já foi Campeão do Estadual e do Regional. 
Com a conquista da Copa do Nordeste o River-PI conseguiu a vaga na SUL-AMERICANA? 
Não sei se passou despercebido, mas não vi as táticas que você está usando, se puder, depois posta aqui!
Boa sorte e abç, vou acompanhar.

Valeu, cara. Era um time desacreditado, mas contratamos alguns jovens que queriam mostrar seviço e deram 110% pra chegar e até ultrapassar os nossos objetivos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
PedroJr14

[I TEMPORADA - CAPÍTULO 3]

Era hora de começar a Série C, sabiámos que poderia ser complicado, mas também sabíamos do nosso potencial, a imprensa novamente nos menosprezava, colocando a nossa equipe como uma das fortes candidatas ao rebaixamento, logo trataríamos de lhes calar a boca. Nosso adversário na Copa do Brasil seria o Gama, era de se esperar um jogo complicado, como todos são, mas tenho que admitir que frente a eles, eu sentia que a nossa equipe era favorita.

hqdefault.jpg

COPA DO BRASIL
No Distrito Federal, um jogo com um segundo tempo emocionante, no início da segunda etapa, o meia Humberto abriu o placar para a nossa equipe(62'), Paulinho empatou logo em seguida(68'). Everton César virou para os donos da casa(78'), mas há dois minutos do fim Rodrigo Tiuí empatou tudo e nos deixou a um empate com menos de dois gols da classificação.

Com o time reserva, recebemos o Gama no Albertão para a segunda partida e logo no primeiro minuto Diego Eli(1') abriu o placar para os visitantes. O gama só não contava com a inspiração do atacante Negueba, que marcou duas vezes ainda no primeiro tempo(14', 23'), nos dando a classificação. O Gama ainda teve duas oportunidades claras, mas parou no nosso goleiro. Classificados, enfrentaremos o Santos e sem se importar com a sapatada que eu vou levar, colocarei o time reserva, para não prejudicar o nosso desempenho na Série C.

HSFZ9F.png

SÉRIE C

Iniciamos a série C com poucas expectativas, e a sequencia dos 3 primeiros jogos(1e-1v-1d), com 4 gols marcados e 5 sofridos, fazia os jornalistas acreditarem que estavam corretos em suas previsões. Conseguimos a contratação de Vinicius Tanque e fechamos o elenco pelo menos até o meio da temporada.
Destaque para dois jogos. A penúltima e a última rodada do primeiro turno da série C nos rendeu dois jogos emocionantes, pena que neste último jogo a defesa não estava nada inspirada e ao ceder o empate, não podemos terminar como líderes do grupo.

8ª Rodada Botafogo-PB 1x3 River-PI
Há quatro jogos sem perder, chegamos a João Pessoa para enfrentar o Botafogo que não pôde lidar com a atuação magistral de Vinícius Tanque, que enfim dispontou com a camisa da nossa equipe. Vinícius marcou os dois primeiros gols da partida, aos 10 e aos 45 do primeiro tempo. Pingo ainda diminuiu para o Botafogo na segunda etapa, mas Vinícius Tanque estava mesmo inspirado e marcou de novo, para loucura do nosso banco de reservas.

jTfTpu.png

9ª Rodada River-PI 3x3 América-RN
Em mais uma atuação espetacular e num jogão de bola, Vinícius Tanque(47', 58', 61') dividiu com Dija Baiano(31', 51', 75') o protagonismo do jogo. O resultado e a atuação coletiva poderiam ser melhores, mas não era o dia da nossa defesa.

0kAwdg.png

- ESCALAÇÃO E ESTRATÉGIA DE JOGO -

KpxswJ.png

Jogamos baseados numa formação de 4-2-2-2(sem pontas), variando pra 4-2-1-1-2(sem pontas), buscando sempre manter a posse de bola e procurando alguns cruzamentos a área em momentos oportunos, dependendo da necessidade pode haver mudanças para alguma variação do 3-5-2.

- CALENDÁRIO -

6kHLnd.png

No calendário acima, temos os jogos que foram realizados nessa última atualização e os 3 jogos finais do Nordestão, além da nossa sequencia de jogos. Abaixo a nossa situação na Série C, junto com alguns dos destaques individuais da mesma. Lembrando que Vinícius Tanque disputou apenas 6 partidas pelo clube e já soma 7 gols.

cbm7SA.png

 

 

Esse foi o 3º capítulo da nossa Saga, espero que tenham gostado. Estou a espera de mais dicas para melhorar ainda mais a interação com vocês. Tamo junto e AVANTE, GALO CARIJÓ!

 

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
vinny_dp

O time fez sua parte contra o Gama e agora vai de franco atirador contra o Santos. O foco principal é a Série C e nela, apesar dos tropeços do início, vai muito bem e deve garantir a ida para a segunda fase sem muitos problemas.

Vinícius Tanque já chegou mostrando suas credenciais, espero que siga ajudando o galo carijó. 

Boa sorte na sequência.

P.s.: Gostei das alterações que você fez na apresentação do save.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
henriqueGR

Parabens pelo ótimo inicio.

 

As mudanças ficaram bem boas no save. Ficou melhor para ler e acompanhar.

 

Abraços!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Messias Götze

Essa primeira temporada tem tudo pra ser perfeita e para isso basta conseguir o acesso. Não diria que o clube está encaminhado para a fase seguinte porque sei da dificuldade da serie C e ainda restam 9 rodadas, mas o time está fazendo uma campanha muito acima do que eu esperava nessa primeira temporada e acredito que conseguirá o acesso sem grandes dificuldades. Boa Sorte na Continuação

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
PedroJr14
Em 30/11/2017 at 07:04, vinny_dp disse:

O time fez sua parte contra o Gama e agora vai de franco atirador contra o Santos. O foco principal é a Série C e nela, apesar dos tropeços do início, vai muito bem e deve garantir a ida para a segunda fase sem muitos problemas.

Vinícius Tanque já chegou mostrando suas credenciais, espero que siga ajudando o galo carijó. 

Boa sorte na sequência.

P.s.: Gostei das alterações que você fez na apresentação do save.

Estamos melhorando aos poucos na apresentação, vou soltar agora a próxima parte do save. Tamo junto!

Em 30/11/2017 at 07:31, henriqueGR disse:

Parabens pelo ótimo inicio.

 

As mudanças ficaram bem boas no save. Ficou melhor para ler e acompanhar.

 

Abraços!

Valeu, conto com vocês pra me dar uns toques de como melhorar ainda mais a minha apresentação.

Em 30/11/2017 at 18:49, Messias Götze disse:

Essa primeira temporada tem tudo pra ser perfeita e para isso basta conseguir o acesso. Não diria que o clube está encaminhado para a fase seguinte porque sei da dificuldade da serie C e ainda restam 9 rodadas, mas o time está fazendo uma campanha muito acima do que eu esperava nessa primeira temporada e acredito que conseguirá o acesso sem grandes dificuldades. Boa Sorte na Continuação

Acho que o desafio vai começar mesmo na próxima temporada, caso a gente suba para a Série B. A distância entre o nosso time e os times de lá é enorme, praticamente teremos que montar um novo time na próxima temporada e aí sim ver no que vai dar. Tmj!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
PedroJr14

[I TEMPORADA - CAPÍTULO 4]

A luta pelo acesso estava acirrada e ainda tinhamos o Santos pela frente na Copa do Brasil. Decidimos colocar os reservas na CdB para poder focar na busca pela classificação para a segunda fase da Série C. Com a dissiparidade entre as forças da equipe do Santos e da nossa equipe, era certo que seríamos humilhados diante do gigante praiano, será que foi como o previsto? Ou a nossa equipe surpreendeu? Vejamos agora a continuação, mostrando a sequência da Copa do Brasil e o segundo turno da Série C.

Galo+-+caricatura.jpg

COPA DO BRASIL
O nosso adversário era o Santos, mesmo sabendo que a equipe santista viria para o jogo com um time alternativo, era esperado um passeio da equipe praiana, que realmente dominou o jogo, mas só conseguiu marcar duas vezes com Ricardo Oliveira(30', 55' pen). Ainda tivemos a expulsão do meia Welton, que complicou ainda mais as coisas, mas apesar disso o peixe não conseguiu ampliar o resultado.

Mais uma vez com a casinha fechada, fomos a Santos, dessa vez com o time principal e conseguimos nos defender muito bem. O Santos, que estava com o time misto, só conseguiu um gol. Jonathan Copete marcou aos 30 minutos, após boa jogada individual o atacante tocou na saída do nosso goleiro, que nada pode fazer. Leandro Silva ainda fez boas defesas e evitou uma vitória mais elástica do Santos. Conseguimos evitar uma humilhação contra o Peixe, que após conseguir a classificação contra a nossa equipe, ainda eliminou o Internacional nas quartas-de-final, antes de cair frente ao Corinthians.

tVNtHT.png

A Copa do Brasil agora está na sua semifinal, que terá os confrontos de Corinthians x São Paulo e Sport x CSA. Isso mesmo, o CSA de Alagoas está nas semifinais da Copa do Brasil!!!! A equipe alagoana eliminou Boa, Salgueiro, Vila Nova(MG), Atlético-MG e Londrina E TEM CHANCES CONTRA O SPORT.

SÉRIE D
Vencemos o Fortaleza na abertura do sugundo turno, mas após a eliminação frente ao Santos na Copa do Brasil emplacamos duas derrotas consecutivas contra Remo e ABC, mas após aquele bom e velho "chacoalhão" o time acordou e venceu 5 das últimas 6 partidas finais da primeira fase. O destaque fica por conta de Vinícius Tanque que marcou 7 gols nessas últimas 9 partidas e Rodrigo Tiuí que marcou 5 vezes.

13ª RODADA ASA-AL X RIVER-PI
Depois de duas derrotas em sequência a nossa equipe acabou deixando a zona de classificação para a segunda fase e era obrigação vencer o ASA, fora de casa. Começamos bem no jogo e logo aos 9 minutos Vinícius tanque aproveitando boa jogada de Rodrigo Tiuí. O nosso time continuou em cima e a vitória que parecia fácil transformou-se num drama. O ASA voltou melhor para a segunda etapa, assustou e ainda contou com a expulsão do lateral João Felipe. Mudamos para uma formação com 3 zagueiros e fechamos a casinha para garantir o resultado que seria o início da nossa arrancada.

FGWelJ.png

16ª RODADA CONFIANÇA-SE X RIVER-PI
Chegamos na segunda colocação do grupo e em vias de garantir a classificação para a próxima fase. Fizemos um primeiro tempo muito seguro, sem erros e marcamos duas vezes com Rodrigo Tiuí(4', 26'). Voltamos para o segunto tempo com força total e continuamos em cima da equipe da casa que se armou em contra-ataque e em duas oportunidades marcou, deixando tudo empatado no final. O resultado foi péssimo, a nossa finalização foi péssima, mas estávamos classificados para a próxima fase do campeonato. Voltamos para o Piauí em festa e ainda venceríamos Botafogo-PB e América-RN, este último foi rebaixado após a derrota.

Myx7gX.png

O nosso adversário na próxima fase será o Juventude, quem passar estará na Série B no ano que vem. O Juventude é, na minha opinião, uma das equipes mais fortes da Série C, ficou invicto até a 15ª rodada e perdeu apenas dois jogos na primeira fase, a metade das nossas derrotas. A equipe do RS sofre muito com os empates e por conta destes foi que se classificou na quarta posição do grupo B, apesar de ser a equipe com menos derrotas na competição.

- CALENDÁRIO -

TYWKAg.png

Espero que a nossa equipe possa manter o nível, temos totais chances de subir, mas não podemos nos deixar levar pela ansiedade, temos que trabalhar na humildade pra quem sabe conquistar o acesso. Gostaram desse capítulo? Qualquer pergunta ou qualquer sugestão é só deixar o post que eu farei o possível para melhorar ainda mais a nossa jornada. TMJ!

Editado por PedroJr14
  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Danut

Fez bons jogos contra o Santos. Evitou a goleada, e é isso que dava para querer dos jogadores mesmo. 

Na série C foi bastante bem, e agora tem uma decisão pela frente. O Juventude pode te complicar a vida, mas eu acho que tu passa. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Messias Götze

Está a dois jogos de um possível acesso. Tenho pra mim que o Juventude é grande favorito para essa disputa, a equipe gaúcha tem bons jogadores, mas o River está em uma grande temporada e tem tudo para sair com o acesso. No próximo post vc poderia falar ou simplesmente trazer a imagem da tatica que está utilizando? Boa Sorte

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Marlon Dantas

Depois de um ano excelente desse, não pode deixar escapar o acesso, que ao meu ver é objetivo principal. Teoricamente essa equipe segurou o Santos com o time titular, com certeza vai conseguir segurar o Juventude que somará 4 derrotas ao final da série C rsrs. 

Acompanhando
 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
PedroJr14
22 horas atrás, Danut disse:

Fez bons jogos contra o Santos. Evitou a goleada, e é isso que dava para querer dos jogadores mesmo. 

Na série C foi bastante bem, e agora tem uma decisão pela frente. O Juventude pode te complicar a vida, mas eu acho que tu passa. 

Analizando a equipe deles, vi que é defensivamente muito forte, mas o ataque deixa muito a desejar. É nisso que vamos nos apoiar para tentar vencer o confronto.

14 horas atrás, Messias Götze disse:

Está a dois jogos de um possível acesso. Tenho pra mim que o Juventude é grande favorito para essa disputa, a equipe gaúcha tem bons jogadores, mas o River está em uma grande temporada e tem tudo para sair com o acesso. No próximo post vc poderia falar ou simplesmente trazer a imagem da tatica que está utilizando? Boa Sorte

Estamos numa crescente, 6 jogos sem perder e vamos fazer de tudo para manter isso. Falei um pouco da escalação no capítulo 3, mas no post dos confrontos contra o Juventude, prometo que vou postar.

9 horas atrás, Marlon Dantas disse:

Depois de um ano excelente desse, não pode deixar escapar o acesso, que ao meu ver é objetivo principal. Teoricamente essa equipe segurou o Santos com o time titular, com certeza vai conseguir segurar o Juventude que somará 4 derrotas ao final da série C rsrs. 

Acompanhando
 

Esperamos que sim kkk Vamos com tudo, Galo Carijó!!!

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


  • Conteúdo Similar

    • Tsuru
      Por Tsuru



      Quando retornei à área no início deste ano, pretendia fazer um save no CM 01/02, que descobri que ainda recebe updates. Mas a instalação de tudo que não era o jogo original causou tantos problemas no computador que perdi quase duas semanas tentando arrumar. Além disso, nenhuma ideia de save se encaixava com o jogo. Então desisti e voltei para o FM, decisão da qual não me arrependo.

      Entre as muitas ideias e até possíveis usos de ligas alternativas - das quais desisti após um problema na passagem de tempo - decidi qual caminho iria seguir.
      O maior objetivo dessa aventura, contada no estilo JET (jogo e texto), será transformar um pequeno clube português em uma grande equipe nacional. Um daqueles times que forma grandes jogadores, que é uma pedra no sapato dos grandes campeões, invencível em casa e temido fora dela. E que não só conquista títulos, como cria condições para que eles se sustentem a longo prazo.
        Será um save de clube, portanto se eu for demitido o save acaba.
      Vou incluir também alguns postos relacionados à história do clube e de seus rivais, como gg e Danut fazem em alguns de seus saves. Não era minha ideia a princípio, mas a pesquisa revelou uma história muito rica e interessante que merece ser compartilhada.   Por fim, para tornar o save um pouco mais desafiador, haverá uma cota máxima de quatro jogadores brasileiros no elenco principal.   Curiosamente, essa ideia de save que estou começando funcionaria no CM 01/02.     Conquistar duas vezes o Campeonato Português (Liga NOS) em um período de três anos;
        Ao longo do save, conquistar o bicampeonato da Taça da Liga e da Taça de Portugal;
        Estabelecer um recorde de pelo menos cinco vitórias seguidas sobre cada um dos três maiores times portugueses (Porto, Benfica e Sporting) no Campeonato Português;
        Estabelecer um recorde de dez jogos sem perder para os maiores rivais, somando todas as competições oficiais disputadas;
        Estabelecer um recorde de dez jogos sem perder em casa em jogos oficiais, independente do adversário, sendo pelo menos seis vitórias;
        Ter pelo menos três jogadores formados na base convocados para a Seleção Portuguesa;
        Transformar pelo menos um jogador formado na base em lenda do clube;
        Ter instalações e categorias de base de primeiro mundo.   Outras sugestões de objetivos e de regras, ou mesmo alterações nos que estabeleci, são sempre muito bem-vindos.   Não coloquei objetivos específicos sobre competições europeias porque acredito que a distância dos portugueses para clubes de outros países é muito grande, e levaria muito tempo para chegar nesse patamar. Mas, dependendo do andamento do save, conquistas continentais podem sim fazer parte do projeto.   E que role a bola em terras lusitanas!  

      Temporada 1: 2016-2017
        A chegada ao Funchal Entre altos e baixos, o meio Não existe jogo fácil nas taças Brilha a estrela de Tiago Rodrigues A mosca na teia Podia ser melhor Um dia histórico A hora da verdade Temporada 2: 2017-2018
      A barca que vai, a barca que vem Uma pré-temporada bem movimentada O início da segunda temporada Goleada de um lado, Batistuta do outro Ajustando as engrenagens Altos, baixos, lesões e Bonilla Retrancas no caminho da Liga Europa A sorte virou? Sabor de derrota, sabor de vitória Em busca da vaga no continente Temporada 3: 2018-2019
      Mercado movimentado na Madeira Rola a bola na pré-temporada Um início surpreendente Nacional oscila, mas segue no G4 Aos trancos e barrancos A opção pelo 4-1-2-3 Invertendo o teorema de Billardo Trocando o pneu com o carro andando Mudando para melhor Cinco passos para a Europa Temporada 4: 2019-2020
      Mestres e Alunos O retorno à Liga Europa Pegando o elevador Dilemas de dezembro Um time que (quase) só empata O fim da empatite Quem não faz, leva Temporada 5: 2020-2021
      As três surpresas da pré-temporada Finanças, táticas e amistosos Posts históricos
      Viagem à Ilha da Madeira O nascimento do futebol português Uma ilha, três paixões Anos 20: O maior das ilhas As revoltas madeirenses Tempos sombrios: as primeiras taças As muitas glórias de Otto Um jovem chamado Eusébio O Benfica no topo da Europa A maldição do Feiticeiro Húngaro Rumo à Copa do Mundo Da euforia à decepção A maldição em ação O dia em que Eusébio quase foi parar no Vasco O futebol e a Revolução dos Cravos O fim de uma era O Dia da Madeira O Dragão se apresenta à Europa O estádio que virou a casa do maior rival O Esquadrão Imortal
    • Johann Duwe
      Por Johann Duwe

       
      Meus amigos voltei, eu tava ficando louco.
      Então, no FM passado eu fiz esse save, comecei com a Libertadores e terminei com a UEFA Champions League. Irei fazer o mesmo agora, mas com algumas diferenças:
      - Como estamos na temporada 2017/2018, irei simular o jogo até 25/06/2017.
      - Não irei carregar a liga inglesa, na verdade será somente como "ver apenas", ficou claro que é a mais fácil para se vencer a UCL, mesmo pegando uma equipe mediana.
      - Começarei na África ou na Ásia.
      - Não irei carregar todas as ligas que quero agora, mas sim ao menos uma de cada continente, assim que vencer uma competição continental, adiciono outros países dos outros continentes.
       
      Naturalmente será um treinador desempregado, opto novamente por uma liga não existente como sendo seu país de origem no jogo para dificultar ainda mais. Agora porque o FM 2017? Eu acredito que o FM passa a valer a pena somente após Março, quando é lançado o tradicional patch que na teoria, serve para corrigir os bugs e deixar ele lisinho. Até lá eu espero ter terminado o save e quem sabe já comprado o FM 2018.
       
      Ligas Carregadas para este começo:
      América do Sul: Brasil (Ver Apenas).
      América do Norte: México e USA.
      Europa: Inglaterra (Ver Apenas).
      África: África do Sul
      Ásia: Austrália, China, Coreia do Sul, Hong Kong, Índia, Indonésia, Malásia e Singapura.
       
      A ordem será essa: Ásia ou África, América do Norte, América do Sul e Europa.
    • Raone10
      Por Raone10
      Ola, primeira vez q posto no fórum, n sei se estou no lugar correto, caso esteja errado me avisem q tiro.
       
      contratei o Ramsey na minha 4 temporada da internazionale, eis q n consigo inscreve-lo por ser Jogador extracomunitário.
       
      O problema é q a regra fala q posso ter até 1 contratação de Jogador extracomunitário por temporada, e eu só contratei ele nesta regra. 
       
      print: http://prntscr.com/ihknhu
       
      alguém pode me ajudar nisso? vou ter q empresta-lo? é um bug ou oq?
    • Henrique M.
      Por Henrique M.

      Reflexões, ponderações e filosofias
      Antes de falar do save em si, queria aproveitar o espaço para fazer um desabafo. Parece que a cada novo FM que surge eu vou perdendo cada vez mais o contato que eu tinha com o jogo no passado, mas vejo alguns exemplos de pessoas na mesma faixa de idade, mesma faixa de afazeres ou até em faixa maiores, jogando e tendo a boa e velha conexão com o jogo. Não sei se posso culpar o jogo em si ou culpar o jogo com relação a mim. Poderia ser pessoal, mas recentemente venho me divertindo no Football Manager 2008 e poderia facilmente migrar para o Football Manager Touch, que foi minha grande empolgação com um save, tirando os playoffs de promoção com o Santarcangelo. Então acredito que o problema não é do jogo, nem da minha relação com o jogo. É do que eu quero ver acontecendo no jogo.
      Infelizmente eu escolhi um desafio que o jogo não estava disposto a aceitar nas minhas condições, era possível, mas eu precisava aceitar as condições que o jogo impunha e isso não era o suficiente, eu precisava de mais e não aguentava ver o resultado do que eu queria dentro de campo. Não ligo para derrotas, para os percalços, desde que eles ocorram com meu time atuando da maneira pela qual ele foi desenhado para atuar. Se eu me comprometo com a retranca, tenho que estar ciente do que ela causa, se eu me comprometo com o jogo ofensivo, tenho que estar ciente do que ele causa e assim por diante. A questão é que eu me comprometi com uma coisa diferente, que era o líbero, não era uma questão de tática, não era uma questão de estilo de jogo. Era uma questão de trazer uma função morta para o FM e fazê-la funcionar tanto defensivamente quanto ofensivamente, mas isso limitava meu estilo de jogo a ser puramente defensivo ou contra-ofensivo. E as equipes que tiveram grandes líberos ofensivos não jogavam exclusivamente assim e muitas poderiam ser descritas como equipes fluidas e ofensivas.
      Eu passei do estágio de querer ver um desafio impossível sendo feito por mim, passei do estágio de querer acumular títulos e fazer grandes saves em termos de troféus e vitórias. Tive um dos maiores prazeres no FM 2015 com uma equipe que ganhou 3 italianos em umas 15 temporadas, perdeu 2 vezes a Champions e até hoje sinto saudades desses momentos, pois ali eu não estava construindo a minha dinastia, ali eu estava construindo uma história em conjunto com um clube. Tinha aquele apego, tinha aquela paixão de transformar o mundo do futebol. E esse é um problema grande, não consigo fazer igual a maioria das pessoas e escolher um save simples, seguro e que seja factível de se encerrar. Eu quero o desafio de modificar a história, criar momentos que só o FM proporciona e isso acredito que vem dificultando o processo de jogar FM.
      Desafabo feito, hora de seguir adiante e tentar mais uma vez. Se falharmos, levantamos, sacudimos a poeira e tentamos de novo.
      Introdução
      No Football Manager 2014 eu tentei aquele desafio impossível, meu grande feito até hoje foi conquistar a Champions League com o Rangers da Escócia no FM 2012. Por isso, decidi apimentar as coisas e buscar o título da Champions League com outro clube britânico, só que dessa vez advindo da Irlanda. Foram lindas 12 temporadas com 10 títulos nacionais, 9 deles consecutivos e incontáveis títulos nas copas domésticas, transformando o Shamrock Rovers no maior vencedor de todas as competições irlandesas. Em nível continental, realizamos o feito que o Dundalk realizou nessa temporada, ao se tornar o primeiro clube irlandês a participar de uma fase de grupos de uma competição europeia e fomos além, chegamos até as oitavas-de-final da Champions em uma ocasião e participamos por 3 ou 4 vezes do mata-mata da Liga Europa. Porém, apesar de nunca sequer estar perto de alcançar o único objetivo do save, transformei o Shamrock Rovers, mas isso não foi o suficiente para alavancar o futebol irlandês e sem a alavancagem do futebol irlandês seria impossível chegar até o objetivo do save. Eu me frustrei com isso, encerrei o save, depois me arrependi, mas a decisão já estava feita. Contudo, nesse save desenvolvi jogadores, criei ícones e lendas do clube, inclusive consegui segurar uma gigante promessa irlandesa por mais de 10 temporadas na equipe, fazendo com que um jogador da base se tornasse um importante jogador da história da equipe. E eram essas pequenas coisas que seguravam o save, mas infelizmente, ele estaria fadado a nunca dar certo da maneira que eu gostaria.
      Por isso, no ano passado, o ggpofm traduziu e adaptou um texto sobre como tornar uma liga competitiva e eu decidi que era hora de tentar realizar o impossível novamente, porém eu incuti no erro de começar o jogo no FM 2014 e comparar as duas histórias e é óbvio que isso deu errado, pois eu me frustrava com o que ocorria e olhava e comparava com o que havia sido feito e me perguntava o que estava acontecendo e o que estava sendo feito de errado, até o ponto em que eu comecei a tentar emular as decisões do passado. Isso ruiu a tentativa.
      É hora de aprender com o passado e recomeçar um desafio diferente que é transformar uma liga com um desafio do passado, a busca do impossível. Sinceramente, espero que seja esse o combustível necessário, pois o fato de querer continuar participando ativamente da área me fez retornar rapidamente com uma história. Quando não estou contando um save, a atenção que dou a área é totalmente diferente e sinceramente, como é uma área que pulsa numa vibração interessante e revigorante, acho injusto comigo mesmo não estar aqui, mesmo que o preço seja mais uma história inacabada.
      Objetivo
      Conquistar a Champions League com o Shamrock Rovers Regras do save
      Se o jogador não serve mais para o Shamrock Rovers, a prioridade é repassá-lo para uma equipe irlandesa, mesmo que isso signifique aceitar uma oferta menor ou perder o jogador de graça. Não contratar destaques de outras equipes irlandesas. Buscar repatriar jogadores irlandeses de ligas estrangeiras. Buscar contratar jovens promessas de equipes irlandesas, com o propósito de acelerar a evolução do mesmo. Buscar antecipar a concorrência externa pelos principais jogadores da liga, evitando que jogadores de bom nível ou alto potencial saiam do país. (A única condição que permite contratar um jogador adversário que seja importante para o clube) Caso alguma nova necessidade vá surgindo, irei informar num post e adicionar aqui Histórico
      2017 - 1º lugar na Airtricity Premier League, eliminado na 1ª rodada qualificatória da Europa League
      2018 - 1º lugar na Airtricity Premier League, eliminado no Playoff dos campeões da Champions League, 4º lugar no Grupo K da Europa League
      2019 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da Leinster Cup, 4º colocado no Grupo C da Champions League
      2020 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, eliminado na 3ª Qualificatória da Champions League e nos Playoffs da Europa League
      2021 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da EA Sports Cup e 4º colocado no Grupo C da Champions League
      2022 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Leinster Senior Cup e 4º colocado no Grupo H da Champions League
      2023 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da Leinster Senior Cup e 2º colocado no Grupo J da Europa League
      2024 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da EA Sports Cup, eliminado nos 32-avos-de-final da Europa League e 3º colocado no grupo G da Champions League
      2025 - 2º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, eliminado nos 32-avos-de-final da Europa League e 4º colocado no grupo B da Champions League
      2026 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da Leinster Senior Cup e 4º colocado no Grupo L da Europa League
      2027 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da EA Sports Cup, Campeão da Leinster Senior Cup e 3º colocado no Grupo H da Champions League
      2028 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da EA Sports Cup e eliminado nas oitavas-de-final da Europa League e 3º colocado no Grupo E da Champions League
      Histórico de posts
      Shamrock Rovers e Irlanda A primeira pré-temporada Algumas surpresas na tabela Liderança na Irlanda, decepção na Europa Vantagem é sempre importante A baciada fica para o meio do ano Uma temporada mais competitiva Irlanda x Escócia Celtic Park, Olympiyskyi, Vélodrome e King Power Stadium 3 contratações, 32 despedidas Enfim mediremos força com o Dundalk? Onde os outros perdem, nós vencemos Um empate que vale por duas temporadas e meia Em time que está ganhando não se mexe? Mais um voo solo? Dois patetas, as traves e um muro espanhol Em terra de irlandês, quem é Shamrock, é rei! As primeiras cifras em reforços Um começo de temporada inédito 166 convocações no elenco Os desafios financeiros da Irlanda Um estádio para chamar de nosso Alguém parará o Shamrock Rovers? Muita movimentação no Tallaght Uma Irlanda que dá trabalho O retorno do atacante solitário Falta embalar Uma chance inesperada Deem um pouco mais de crédito para a Liga Irlandesa Vendas milionárias Sentimos sua falta, O’Brien! Gribbinaldinho Fenômeno! A 5ª maior instituição da Irlanda Remodelagem tática A melhor campanha da história do primeiro turno Na perseguição do Cork City Verde é a cor da Irlanda Um vacilo milionário A melhor campanha da história do primeiro turno – Parte 2 Mais Irlanda na Europa Forde, por que faz isso comigo? Batemos a marca de 2 milhões Um carrossel verde e branco Simplesmente avassalador! Um péssimo ano para ser Bohemian Um mercado prolífico Um novo concorrente no horizonte? Eurocopa 2028 A solução que veio e que foi Chora, Allegri! Reaprendendo a jogar Tudo conforme o script
    • Yan Perisse
      Por Yan Perisse

      Considerações iniciais: Bom, faz tempo que desejo iniciar um save baseado no desenvolvimento de um clube e não na carreira de um treinador, mas sempre adiei essa ideia por achar que não conseguiria comandar o mesmo clube por muitos anos. No entanto, desta vez, apostei neste tipo de save e para isso, acredito que um save com um clube que eu tenha mais identificação, conheça a história e acompanhe as partidas deve render muito mais. Assim, esse foi o principal fator que me fez escolher a Associação Atlética Portuguesa neste save.
      O save não será ficcional, como é de praxe nas minhas histórias, pois demanda muito tempo de dedicação e poderia me perder facilmente dentro da história por não ser algo que manejo bem. Deste modo, o save será contado na visão do treinador com atualizações em torno de dez partidas e ainda abrirei um espaço para contar alguns marcos na história do clube ao final de cada temporada.
      Por fim, agradeço especialmente ao @Bigode. pela inspiração no save nas nossas conversas e ao @mfeitosa pela bela capa feita.
      Sobre o clube: A Associação Atlética Portuguesa, fundada em 17 de dezembro de 1924 (exatos 93 anos atrás¹), carrega o nome lusitano em simpatia com a antiga Portuguesa Santista, após os cariocas realizarem um amistoso em Santos com colegas de profissão e também torcedores da Portuguesa de Santos. O amistoso serviu de incentivo para os cariocas fundarem a Portuguesa, nascendo no mesmo ano na extinta Rua Visconde de Itaúna, no Centro do Rio.
      No auge de sua história, o clube era conhecido por algumas façanhas em território europeu. Nas excursões mais marcantes temos o empate em 1956 com o Dínamo de Moscou, liderado por Lev Yashin, e a vitória em 1969 sobre o poderoso Real Madrid, detentor do título espanhol na época, em pleno Santiago Bernabéu, considerada o maior feito da história do clube. Além desses, há outras partidas marcantes que serão contadas ao longo do save.
      No entanto, o histórico recente do clube lusitano está longe de tais façanhas, tendo disputado a Série C em 2003 e 2004, quando a competição possuía uma enorme quantidade de participantes. A partir disso, o clube disputou várias vezes a segunda divisão do Campeonato Carioca até a sua volta à uma competição nacional apenas em 2016 na Série D.
      Apesar da identificação com a Ilha do Governador e da relação com o bairro da Portuguesa, o clube apenas se apropriou do estádio Luso-Brasileiro em 1964, quando o comprou do Jockey Club da Guanabara. Sua estrutura foi mantida até hoje e com a reforma do Flamengo o estádio possui espaço para comportar quase 20 mil torcedores. Diferente de outros clubes, antes da compra de seu estádio, a Portuguesa vagava por pequenos estádios da cidade como os extintos Morais e Silva (Tijuca) e Andaraí (Andaraí) e, principalmente, o Serafim Sofia (Cosmos).

      INFRAESTRUTURAS DO CLUBE
      Dados do save: O save será realizado no Football Manager 2017 com uma base de dados personalizada na América do Sul, adicionando apenas a Série D em forma de liga alternativa. A escolha da liga alternativa se deu pela melhor representação da realidade na competição, haja visto que nos updates a quantidade de clubes estava diferente e as atividades de transferências e o regulamento da competição não simulavam a realidade.
      Quanto às ligas, ativei todas da América do Sul, isso inclui as da Argentina, Chile, Colômbia, Peru e Uruguai, possibilitando uma quantidade maior de jogadores dentro do âmbito de observação, além de movimentar mais o mercado de transferências sul-americano.
      Perfil do treinador: O treinador criado foi com o nome do ex-jogador da Portuguesa Digão, que atuou entre 2009 e 2012 no clube e virou um dos poucos ídolos que o clube possui. Além da Portuguesa, o meia atuou no Macaé e Duque de Caxias, ambos quando estavam na Série C, porém estava sem clube após a saída do clube praiano.
      Aos 32 anos, o estilo do treinador será focado no desenvolvimento de jovens jogadores para o futuro da Portuguesa, visto que planejo uma carreira longa no clube e precisará muitas vezes da força das categorias de base e da contratação de jovens jogadores. No entanto, essa filosofia funcionará melhor nas melhores divisões do futebol brasileiro, onde não terá muita mudança na qualidade do elenco. Já nas divisões inferiores, há uma mudança constante do elenco pelas promoções e rebaixamentos. Assim, jovens descobertos na Série D não serão úteis na Série B, por exemplo.
      Já a montagem do elenco, em uma ocasião de estarmos na elite do futebol brasileiro, respeitará a formação de um elenco em volta de quatro a cinco jogadores jovens (até 24 anos), com o resto do elenco sendo mais móvel. Tal filosofia de trabalho a longo prazo é melhor explica neste guia. Quanto aos jogadores contratados, em qualquer divisão deverão possuir no máximo 27 anos. A ideia é utilizá-los em dois níveis seguidos (Ex: Série D e Série C, Série B e Série A ou patamares dentro de uma mesma divisão), para isso precisarão de um certo tempo em seu mais alto nível.

       
      ¹A criação do tópico estava marcada para ontem, dia 17 de dezembro, mas por problemas no fórum, a criação foi remarcada para hoje, dia 18 de dezembro.
×