Jump to content
Sign in to follow this  
Gourcuff

Ligue 1 e divisões inferiores

Recommended Posts

SERGI
2 horas atrás, Bigode. disse:

Pô, cara, esse aumento de 4 "volumes" em meia temporada eu acho que é muito bom sim, hein? Claro que provavelmente quando o valor é mais baixo (2, como nesse exemplo) a tendência é aumentar mais rápido do que valores mais altos (12, por exemplo), mas mesmo assim, acho que é um crescimento bem decente sim.

É que de 2 para 6 é menos impressionante do que fosse de 12 para 16...que claro não vai acontecer.

Porém mais um mês e mais um aumento de dois pontos, curioso para saber até onde vai. O tutor tem a personalidade de razoavelmente determinado e 15 em determinação.

jDDSSux.png

Edited by SERGI

Share this post


Link to post
Share on other sites
SERGI

Duas notícias legais pra fechar a temporada.

FIoBHix.png

Campeões! Tivemos um fim de temporada muito ruim, perdemos quatro jogos nos últimos onze jogos contra duas nos primeiros vinte e sete jogos...mas vencemos os jogos em casa aos trancos e barrancos e garantimos o título!

d8EKSVL.png

E o primeiro reforço para a próxima temporada é o veterano Phillipe Mexès! Todo mundo odeia tiozinhos, mas Mexès é cria da base do Auxerre e estou feliz em trazê-lo de volta depois de 13 anos. Ele chegou ao clube aos 15 anos em 1997 e ficou até 2004 quando trocou o clube pela Roma. Seus atributos ainda são bons e acho que ele tem o que dar ainda.

Utilizei 16 jogadores da base na temporada, vai ser difícil na Ligue 1 mas espero continuar dando chances.

Te cuida Guy Roux que eu to chegando.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gourcuff

Depois mostro todos os jovens que já surgiram e que foram contratados até então. Estou no início da terceira temporada e Umit Kilic é, de longe, meu melhor newgen.

Umit Kilic_ Geral Perfil.png

Umit Kilic_ Geral Perfil.png

Ele se encaixa em qualquer posição que uso no meio do 4-3-3 ou do 4-4-2 losango, mas acho que vou desperdiçar suas qualidades como armador, por causa de Decisões e Visão de Jogo, se utilizá-lo em uma função mais defensiva ou mais limitada. Já tenho a reposição de Grenier.

Share this post


Link to post
Share on other sites
SERGI

QVJ9Zmi.png

Meu elenco para a temporada, sem muito dinheiro e querendo apostar na base acabei movimentando pouco.

No gol trouxe Jan Mucha para ser o "goleiro reserva experiente" para jogar nas Copas e tudo mais. Boucher é o titular absoluto e Kanouté deverá ser o goleiro titular dos reservas na CFA.

Na defesa trouxe o já citado Mexès e também Adama Soumaoro do Lille. Soumaoro não era meu primeiro nome mas deverá completar o trio de zaga com Mexès e Digol. Além de Digol, Cossou e Fonrose representam a base apesar de não serem ÓTIMOS prospectos. Temos problemas na ala esquerda, mas Traoré foi bem o bastante na última temporada. Na direita Samba e Aguilar revesarão e Michelet terá chances mas deve jogar mais pelos reservas por enquanto.

No meio-campo emprestei Goujon e trouxe Sissako de volta de empréstimo após uma temporada jogando pelo Valenciennes.

Ataque trouxe apenas Lys Mousset emprestado e decidi manter os outros, ia trazer mais um e vender Touzghar mas vou deixa-lo para ajudar na formação dos outros jovens.

E pra falar do meu primeiro youth intake, destaco dois jogadores:

fya4k1T.png

Único problema é onde usa-lo...é um jogador bastante versátil.

k9dJscy.png

Ainda tem que melhorar bastante, mas já tem ótima força e equilíbrio para a idade, além de alguns bons traços mentais.

Share this post


Link to post
Share on other sites
P.S.Y.

Começando um save com o FC Lorient na esperança de desbancar o Christian Gourcuff do quadro de lendas da equipe. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Perissé

@SERGI, o Itoua é uma baita promessa mesmo, acho que deve utilizá-lo numa posição que seja carente, mas que mantenha a ótima qualidade dele.

Share this post


Link to post
Share on other sites
SERGI

Comecei a temporada com problemas, sobretudo defensivos...são quatro jogos e ainda não vimos a vitória. Começamos com um 2x2 fora de casa com o Nice, levando dois gols de cabeça, e depois empatamos em 1x1 com o Caen, levando um gol de cabeça. Preocupante, decidi dar uma mudada na zaga, melhorou mas não adiantou muito. Vieram duas derrotas por 1x0, sendo uma para o Monaco com um gol de pênalti e outra em um gol bobo de cruzamento.

Nosso ataque vem perdendo muitos gols, especialmente Mousset, mas ele também é o único que consegue criar ou receber oportunidades...então tem isso também. Apenas Vincent e Ayé fizeram gols, dos atacantes.

Apesar dos resultados negativos, o time vem jogando de igual pra igual, incluindo contra o Monaco, o que me deixa confiante para a melhora...eu creio que é questão de acertar as instruções táticas e dos atacantes começarem a fazer gols para o time ganhar um pouco de forma. 

No mercado contratei mais um zagueiro, Dayot Upamecano, jovem e promissor. Não tem os melhores atributos mentais, mas tem apenas 18 anos. Trouxe por empréstimo com cláusula de compra. Adorei o nome também, mas juro que não foi o a razão principal de contrata-lo!

Share this post


Link to post
Share on other sites
SERGI

Tinha desanimado após o começo sem vitórias, estava sentindo a PRESSÃO de Guy Roux no meu cangote e o próximo jogo era justo com o rico e saudável Marselha. Fui para o jogo e enquanto ouvia George Michael cantar Freedom 90! vi meu time fazer uma atuação de gala e conseguir a sensação de liberdade da primeira vitória na Ligue 1. Eles começaram no 4-1-4-1 e quando estavam perdendo por 2x0 foram para um estranho 4-4-2 com dois volantes e foi aí que me senti como um MOURINHO ao ver meu time tomar conta do meio-campo com a falha tática adversária...ganhamos todas as ligações diretas que tentavam com os dois volantes para os dois atacantes e saímos com os três pontos sem levar sustos...tirando um pênalti maroto do Mexes. E finalmente Mousset conseguiu marcar um gol!

GMhBVd0.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
SERGI

Terminei o primeiro turno que foi bem estranho e bizarro. Começamos com quatro resultados negativos, respondemos com quatro vitórias e então vieram incríveis onze jogos sem ver a cor da vitória! ONZE! Nossa zaga é uma peneira, ninguém joga bem regularmente, infelizmente. Depois do empate contra o Guingamp decidi mudar a tática para o 4-1-2-3 e o time melhorou no rendimento um pouco...mesmo faltando wingers de qualidade. Em fato, nosso time teve vários bons jogos nessa sequencia terrível...mas faltam atacantes. O rendimento é fraco: 

Lys Mousset - 17j 4g // Alexandre Vincent - 15j 4g // Gaetan Courtet - 13j 2g // Florian Ayé - 17j 4g // Yoann Touzghar - 6j 1g

Em janeiro vou em busca de um atacante de maior qualidade, quase fechei com o Barrios, livre, mas acabei desistindo e vou esperar janeiro para ver com mais calma e não comprar no desespero. Também tentei YAYA TOURÉ, também livre, mas ele quis mais de 300 mil euros mensais...não rolou. E eu ia usar o Yaya de centroavante mesmo!

Enfim, finalmente voltamos a ganhar um jogo no fim do turno com uma ótima partida do Vincent que fez dois gols e só não fez hat-trick pois deram um gol dele como gol contra. Lembrando que somos cotados para ser o 19º e estamos acima disso, mas espero ganhar mais que cinco jogos no segundo turno e de preferência sem ficar onze jogos sem ganhar.

WgRGYZi.pngKWSNAtN.png

Individualmente gostaria de destacar quatro jogadores. Primeiro a nossa dupla de meias Samed Kiliç e Lamine Fomba. Kiliç vem evoluindo muito bem como um criador de jogo e Lamine Fomba é basicamente um Kid Yaya no momento, forte, rápido, habilidoso, bom passe, visão, marca...que homem! Precisa melhorar a finalização e a compostura, mas vem sendo um grande jogador no nosso meio-campo. O menino vai longe!

YDT866U.pngHobRc6T.png

E também gostaria de destacar Fabien Fonrose e Yannick Itoua. Fabien, que como podem ver, tem uma classificação média horrível mas ele saiu de determinação 2 para hoje 11 e ele não para de evoluir. Ainda é fraco, mas é um dos jogadores que mais evolui no time. Itoua já vem conseguindo espaço no time principal, maioria como ala esquerdo...agora com a tática nova deve jogar como volante mesmo...ainda está crú, mas vem respondendo bem as expectativas.

r12Cark.png

ewo9zd0.png

Edited by SERGI

Share this post


Link to post
Share on other sites
SERGI

uxrUlMI.png

Meu menino Itoua começou a ser muito assediado e ficou me enchendo o saco janeiro todo pra sair. No fim acabei cedendo mesmo contra vontade. Vendi por Arsenal por €7.25m + 50% da próxima transferência. Time também está com situação financeira bem ruim, então vai ajudar bastante nisso também. Tomara que jogue bem no Arsenal e vá para o PSG por €50m em alguns anos :P

Share this post


Link to post
Share on other sites
SERGI

Ninguém posta, eu posto! Minhas emoções, sofrimentos e dores com este video-game chamado Football Manager chegaram ao limite ante-ontem, questionei minhas escolhas de vida, quase até liguei para o programa do Amaury Jr. em busca de conselhos mas cheguei na conclusão que precisava de umas férias, o time não funcionava e não ganhava, o time funcionava e não ganhava, o rebaixamento já me abraçava carinhosamente me pedindo de volta para mais um ano de romance. Decidi em tirar uma semana sem ver FM na frente.

Dez horas depois eu estava chegando para meu horário de almoço em casa e abrindo o FM. Eu precisava de uma resolução! Em anos anteriores eu teria dado rage quit e nunca mais me importado com o save, estaria de boa jogando o pitoresco hack 'n' slash Marlow Briggs sem preocupações, mas hoje eu me importo demais com essa realidade alternativa composta por algorítimos que não entendo. Fui para minha terceira formação tática no ano, o famoso 4-2-3-1, e fui recompensado com um empate em 0 a 0 e uma derrota por 2 a 0. Sentávamos em 18º, na boca da zona. Voltei ao trabalho mas minha cabeça estava no jogo, marquei comigo mesmo para salvar o AUXERRE a partir das 18 horas. Quatro jogos, quatro decisões. O grande jogo era contra o Lille em casa, o nosso único jogo em casa nas últimas quatro rodadas. Vitória! 2 a 1 suado. Abrimos três pontos do 18º com dois jogos por jogar. Angers na penúltima rodada era o jogo da escapa. Escapamos! Já vou até parar com a DRAMATIZAÇÃO pois já estou tranquilo agora, inclusive eu nem faço ideia do que acontece no programa do Amaury Jr., nem sei se ele está no ar ainda. Uma vitória enganosa por 3 a 0 com dois gols no fim nos garantiu na elite para 2018-2019.

w4Y2ZFK.png

A decepção da competição foi o Bordeaux do menino Malcom, que foi rebaixado. Não vou reclamar, pois mesmo em meio a todo o caos da temporada conseguimos vencer o Bordeaux nos dois encontros.

dGPCISL.png

Na Copa vencemos o Brest na semi e tivemos a honra de enfrentar o PSG na final. O milagre não aconteceu, mas fizemos uma partida honrada e saímos com apenas uma derrota por 1 a 0, com um gol de Icardi num escanteio.

O planejamento para 2018-2019 já foi adiantado e praticamente já fechei o elenco. A grande perda foi Phillippe Mexés, que decidiu se aposentar mesmo com mais um ano de contrato. O nosso querido zagueiro fashion continuara no clube na função de treinador adjunto dos juniores. Nas chegadas apostei em jogadores mais experientes e em duas antigas revelações do clube.

Younes Kaboul - José Fonte - Elderson

Kaboul volta ao clube em que deixou há doze anos com o maior salário do elenco. Está relutante em pagar isso tudo, mas após Mexés declarar a aposentadoria pensei em quantos jogadores revelados no Auxerre eu teria oportunidade de repatriar e voltei atrás. José Fonte vem para trazer toda sua liderança e tutoriar os jovens. Elderson vem para a LE onde tivemos vários problemas na temporada passada.

Abou Diaby - Rony Lopes - Claudio Beauvue

Meus fisioterapeutas e médicos já estão pedindo aumento salarial e melhores condições de trabalho para aceitarem trabalhar com Abou Diaby! Com contrato de um ano, e renovação automática num mínimo de jogos, Diaby vem como um teste, mas espero que ajude o time quando tiver saudável. Rony Lopes é o grande reforço para temporada e adiciona um meia que faltava na última temporada, além da juventude e oportunidade de gerar dinheiro no futuro após custar apenas 2.2m. Beauvue vem para ser a principal opção ofensiva do time para a temporada e ajudar Ayé a evoluir ainda mais.

De resto vou continuar a apostar na base. No elenco principal são quinze jogadores formados no clube se não me engano.

Rumo a mais uma escapa!

Share this post


Link to post
Share on other sites
francezinho

Eu comecei um save com o Stade Bordelais no grupo H da CFA 2 (quinta divisão). Tive um arranque razoável e aproveitei do mercato de inverno pra equilibrar o elenco e os resultados estão parecendo melhorar, o time esta mais competitivo. Ja estou pensando em subir de divisão.

Share this post


Link to post
Share on other sites
francezinho

Terminei minha primeira temporada com 19 jogos sem derrota. A segunda parte do campeonato foi bem melhor, consegui ter mais regularidade no nível do time apostando nos jogadores mais determinados e mais físicos. Pra segunda temporada, vou poder formar um grupo apostando com essas qualidades.

mini_939762CLASSMENT.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
raffaelararipe

Tô achando esse FM 17 muito dificil! Tô em 5º no PSG!

Share this post


Link to post
Share on other sites
francezinho

Estou chegando na metade da minha segunda temporada. Consigo  manter uma defesa solida com meu 3-5-2, mas o time perde muito pontos em finais de jogos. Tenho que melhorar a gestão de esses momentos. Ofensivamente, estamos um pouco fracos, vou ter que trabalhar para fazer mais gols. 

Faltam doze jogos e estamos a 7 pontos do ascenso, ja que os times reserva não podem subir no National (terceira divisão).

mini_277155CLASSDEC.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
francezinho

Terminei a segunda temporada e dos 7 pontos que me separavam do aceso, consegui cortar 5. Insuficiente para poder subir no National (terceira divisão). Quase consegui. Meu time empatou os dois ultimos jogos, começando ganhando mas recebendo gols nos finais das partidas. Pelo menos, o time ja ta pronto pra proxima temporada.

mini_318470CLASSEMENTFINAL.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
francezinho

Terceira temporada com o Stade Bordelais no grupo D do National 2 (quarta divisão).

Não consegui mudar muito o time porque a reputação do clube não me permite atrair muitos jogadores. Apostei na estabilidade. O time defendia bem, tinha uma boa posse de bola. Só faltava fazer mais gols. Nesse campeonato, estamos fazendo mais gols e logicamente os resultados melhoram. Estamos colocados segunda na tabela, atras da reserva do Monaco que não pode subir de divisão. Nosso rival pelo aceso, o Martigues ja ta longe e nos faltam 11 jogos pra acabar a temporada. O National (terceira divisão) nos espera.

549943CLASSEMENTDECE.png

 

Edited by francezinho

Share this post


Link to post
Share on other sites
francezinho

Final da terceira temporada.

Me faltavam onze jogos para segurar uma ventagens de 15 pontos sobre o time de Martigues. Foi simples, não tive que forçar. O nivel de jogo do meu equipe baixou um pouco mas no final, a gente conseguiu fazer um grande campeonato e subir pelo National (terceira divisão). Dos quatro grupos do National D, nenhum time semi-profissional saiu campeão. Todos os grupos foram vencidos por times reserva. O meu time, o Stade Bordelais conseguiu a melhor pontuação dos clubes não profissionais.

Agora, vou ter que trabalhar para seguir crescendo.

156401CLASSEMENT.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
francezinho

Quarta temporada no National (terceira divisão).

Nunca pensava que ia ser tão simples até agora. O time tem a segunda melhor defesa e o melhor ataque do campeonato, seguindo no ritmo do ano passado. O elenco ta um pouco justo e terminei o ano com três jogos sem conhecer a vitoria. Meu artilheiro (16 gols em 19 jogos) esta com dificuldade para balançar as redes e isso influença os resultados.

 

268277CLASSEMENTDECEMBRE.png

mini_268277CLASSEMENTDECEMBRE.png

Edited by francezinho

Share this post


Link to post
Share on other sites
francezinho

Quarta temporada, National (terceira divisão)

Apos 18 jogos, o time o time estava segundo na tabela, em posição de subir para a Ligue 2. Nos 16 jogos restante, meus jogadores não perderam nem uma vez. Tivemos uma baixa no rendimento, talvez por culpa do cansaço e fiquei com medo porque se aproximava o final do campeonato e naquele momento pensei que os jogadores não aguentavam a pressão. Mas com jogos a cada 15 dias, meus caras deram um banho de bola durante as partidas mais importantes do ano. No final das contas, a gente levou o titulo e o clube vai poder passar profissional. Vai ter bastante mudanças. Ja registrei as chegadas de dois numeros 10, Maxi Rodriguez e Maxime Lopez, revelação da Ligue 1 IRL.

419973CLASSEMENTFINAL.png

Edited by francezinho

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bigode.

Boa, @francezinho! Parabéns pelo título e consequente promoção.

O Maxi, imagino, é AQUELE, né? Pode mandar print desse outro reforço, que você disse ter sido revelação?

Share this post


Link to post
Share on other sites
francezinho
15 minutos atrás, Bigode. disse:

Boa, @francezinho! Parabéns pelo título e consequente promoção.

O Maxi, imagino, é AQUELE, né? Pode mandar print desse outro reforço, que você disse ter sido revelação?

Maxi, é o uruguaio, não o argentino. Ele é fraco fisicamente então vou ter que colocar ele de Enganche. Maxime Lopez é a boa sorpresa da Ligue1 nessa temporada, a primeira dele. No meu save, ele passou um ano sem jogar mas ele é novo ainda, tenho esperança de melhorar o mental dele. Não é o crack que esperava mas pra meu time serve.

Amanha coloco o sprint.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bigode.
1 hora atrás, francezinho disse:

Maxi, é o uruguaio, não o argentino. Ele é fraco fisicamente então vou ter que colocar ele de Enganche. Maxime Lopez é a boa sorpresa da Ligue1 nessa temporada, a primeira dele. No meu save, ele passou um ano sem jogar mas ele é novo ainda, tenho esperança de melhorar o mental dele. Não é o crack que esperava mas pra meu time serve.

Amanha coloco o sprint.

O Maxi que jogou/jogava no Grêmio, não? Eu tava pensando nele mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
francezinho
9 horas atrás, Bigode. disse:

O Maxi que jogou/jogava no Grêmio, não? Eu tava pensando nele mesmo.

Ele. Ele se destacou no Wanderes e depois disso, não confirmou. Aqui os prints dos dois caras, Maxi primeiro e o jovem frances depois. (ta em portugues do Portugal)

723222maxi.png

408205LOPEZ.png

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
SERGI

Depois de ter problemas no PC, fiquei mais de um mês sem jogar...ai desanimei pra voltar, ai então voltei, fiz a pré-temporada...joguei dois jogos...e deu crash dumps sem ter salvo nada desde que voltei a jogar.

:(

Beauvue tinha feito quatro gols nos dois jogos, estava animado novamente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • Lanko
      By Lanko
      Esse é um experimento pra uma ideia de estilo de save. Ele também tinha outro nome, "It's Coming Home" que meio que inspirei no slogan inglês, porque a proposta do save é a seguinte:
      Escolher (ou sortear) uma nacionalidade pro treinador. Começar então em um país de um continente diferente dessa nacionalidade (escolha livre ou aleatória). Trazer o treinador de volta pro seu país de origem. Você só pode se transferir para clubes de países que façam fronteira com o país onde você está treinando atualmente (sem poder retornar a um país onde já treinou). Parece simples, mas na verdade é preciso mais algumas considerações que talvez não dê pra pensar antes de iniciar, como por exemplo, alguns países não tem fronteiras terrestres com outros, e apenas marítimas, e obviamente, alguns não tem qualquer tipo de conexão com outro continente. A minha inspiração pra resolver isso veio dos antigos jogos de tabuleiro de War, onde você ia conquistando territórios, e alguns países específicos davam passagem pra outro continente, como Portugal para o Brasil, Austrália para o Chile (e vice-versa), e assim pro diante.
      Então usaremos em certa medida algo parecido, mas sem exatamente uma regra fixa. Mas há também um "mecanismo de prevenção" se necessário, pra evitar ficar "preso" também:
      Se o treinador ganhar títulos em 5 países diferentes do mesmo continente, ele pode ir diretamente para outro continente, até mesmo o continente do país alvo (contanto que não vá exatamente para o país final, no meu caso, irei sortear caso use esse mecanismo). Se o treinador treinar em 7-8 países diferentes do mesmo continente, mesmo que não ganhe títulos, ele também pode avançar um continente. Isso é pra prevenir casos que poderiam ser muito extremos e longos, por exemplo, o destino final ser a Rússia mas você começar na África do Sul. Esses números foram simplesmente inventados, não sei se é pouco ou muito. Como esse desafio acaba de ser inventado, então ninguém tem como saber 🤣 e poderia ser facilmente alterado de acordo com a vontade do jogador, se necessário.
      Também não é necessário "trazer o treinador pra casa", eu que coloquei esse desafio extra pra mim. Acredito que a proposta seja facilmente jogável num estilo "Journeyman", apenas limitando o treinador a clubes de países com fronteiras com o país onde ele está treinando, e ir jogando e ver no que dá sem nenhum tipo de tempo limite ou objetivo específico.
      Um adendo: estou usando o megapack de ligas do Claassen, que criou ligas de futebol pra quase todos países do mundo (221, acho). Como não é possível adicionar ligas extras depois que a base de dados é carregada, então é necessário ativar todas elas na base de dados antes de começar o jogo. Se não, por exemplo, caso você vá para a África, se não adicionou anteriormente ligas africanas, só poderia jogar na África do Sul. Mesmo na América do Sul não tem metade dos países na database original. Então adicionei todas as ligas extras na database antes de começar.
      Então começando: Usei um randomizador de países para escolher primeiro o país de origem do treinador e onde ele começará. Lembrando que tem que ser continentes diferentes. E também tem vários países super minúsculos que não tem ligas criadas, então esses devem ser desconsiderados também. Você pode escolher livremente ou sortear até achar algo interessante.
      Eu peguei os dois primeiros ontem e acho que dei sorte, e as escolhas também são interessantes e na teoria simples pra um save de teste da proposta:
      O país de origem do treinador será a França, e o Uruguai é onde ele começará a carreira de treinador. Do Uruguai, então, teremos que chegar até a França para termos sucesso com o objetivo principal.
           
      Os países que o Uruguai faz fronteira são apenas o Brasil e a Argentina, mas como disse anteriormente, darei uma opção para seguir para outro continente também. Então nesse caso, poderemos ir também para a África do Sul e nos aventurar pelo continente africano.
      Eu deixarei carregado até as últimas divisões disponíveis dessas 3 ligas então (se alguém quiser dar mais sugestões, fiquem à vontade) pra elas se desenvolverem razoavelmente antes de eu ter que escolher o novo destino (irei deixar a escolha nas mãos de vocês, leitores!). Depois que me mudar apenas carregarei as ligas de países que fazem fronteira com o novo país, e assim por diante.
      Além disso, tem outra coisa que é preciso esclarecer: quando decidir que poderemos avançar de país? A resposta mais simples é ganhar a liga nacional, mas não parece tão simples. Se começarmos na 4ª divisão espanhola por exemplo, poderia virar quase um save de clube até ganhar a La Liga, por exemplo. Pra isso temos a regra de que se 5 anos passarem pode-se mudar de país se desejar. Mas eu queria colocar um sistema de penalização (apenas para eu mesmo) e isso meio que entrou em conflito. Discuti um pouco no Boteco sobre isso, e pra esse teste, decidi o seguinte:
      Qualquer troféu conquistado, exceto torneios estilo Supertaça, contará para o treinador poder seguir adiante. O que importa é ter um "souvenir" dos lugares por onde passou. Mas apenas até as credenciais do treinador melhorarem. Depois de conquistar digamos, a Licença Continental, só o nível máximo contará. Haverá então um prazo de 3 anos pra subir de divisões, caso comece de baixo, que resetará com promoções até o nível máximo, onde os 5 anos começam a contar. Se isso ficar muito fácil ou difícil, poderei fazer alterações durante o jogo. O importante primeiramente é testar a proposta. Títulos continentais permitem pular de continente, do contrário, pelo menos um título de 5 países diferentes do mesmo continente, ou pelo menos passar por uns 8 países diferentes. Copas nacionais contam. Adicionarei uma possibilidade de "Game Over" criando um sistema de "pontos de vida" para o treinador. Onde ele poderá avançar de país após 5 anos, mas se o prazo passar sem ganhar títulos, perderá 1 ponto de vida. Ele terá 3 pontos, e se isso acontecer 3x, será portanto, Game Over e fim de save. Apenas pra dar uma certa tensão.
      O estilo do save será JET, já que primeiramente o foco é compartilhar o experimento e ver se é possível finalizá-lo, se divertir e refinar regras/objetivos/etc. Então as atualizações serão bem simples e mais diretas, cobrindo uma temporada inteira, bem diferente do que faço no meu outro save. Isso também ajudará a manter dois saves ativos, acredito. 
      Não colocarei nesse primeiro momento obstáculos extras como "Deixar contratações pra o diretor", "Expectativas sempre no máximo", "Sem filosofias", "Atributos 100% ocultos" e etc.
      Embora pretenda ter um save no futuro com tudo isso e mais algumas limitações extras ativas ao mesmo tempo, por enquanto acredito que é melhor focar pra ver como a proposta se sai, e também, como tenho mais de 200 ligas alternativas (fora suas divisões extras) carregadas na database, evitar ter que penar com tantas limitações apenas pro jogo em algum ponto resolver dar pau. Acredito que o mecanismo de "pontos de vida" e possibilidade de um Game Over possam cobrir isso no momento.
      Dúvidas e sugestões são muito bem vindas.
    • LuizH
      By LuizH
      [*Texto de minha autoria que gostaria de compartilhar com vocês junto a um projeto que resolvi criar no instagram. Para quem se interessar, siga  o @confrariafootballmanager no instagram.]
      O futuro do Football Manager como um esporte eletrônico
      A Sports Interactive parece estar atenta ao crescimento do mercado dos jogos online no cenário mundial e o Football Manager poderá caminhar nesta direção em um futuro próximo, caso assim “decidam” seus fãs.
      -
      Football Manager é um aclamado jogo de gestão esportiva da empresa inglesa Sports Interactive onde o jogador recebe em suas mãos a possibilidade de gerir quase que integralmente a estrutura de um clube de futebol na figura de Manager. Com uma base de dados invejável, o jogo ganha cada vez mais fãs e serve, inclusive, como base de informações para diversos clubes ao redor do mundo, haja vista a capacidade de reproduzir, com relativa fidelidade, acontecimentos futebolísticos futuros. Não são raros os casos em que o jogo conseguiu “prever” o surgimento jóias do futebol mundial, como o atual melhor jogador do mundo, Lionel Messi, “descoberto” quando o então jovem tinha apenas 16 anos de idade.
      Desde o Championship Manager até chegarmos ao título hoje conhecido, o jogo esteve sempre à frente dos demais pares de mercado, baseando-se sempre em um estilo de jogo singleplayer, repleto de complexidade e apostando sempre no detalhismo que só o Football Manager é capaz de entregar.
      Se por um lado o jogo pode orgulhar-se de ter conquistado e mantido sua base de fãs apostando sempre no modo de jogo singleplayer, por outro, as estruturas de jogos online oferecidas pelo mercado podem surgir como um desafio a ser encarado pela empresa nos próximos anos, caso pretenda seguir conquistando novos jogadores ao redor do mundo.
      Neste sentido, a estrutura complexa de detalhes e a já consolidada estrutura de jogo, bem como a falta de uma plataforma dinâmica que permita a integração dos jogadores podem ser considerados os principais entraves ao desenvolvimento do Football Manager como uma modalidade de esporte eletrônico.
      Os primeiros passos, no entanto, parecem demonstrar que a empresa inglesa já captou o “gap” de crescimento deste setor e passa, mesmo que lentamente, a dar demonstrações de que está atenta a esta mudança e aberta ao seu desenvolvimento.  A criação do modo de jogo “fantasy draft” aparenta ser a solução encontrada pela empresa para fundar as estruturas que, em um futuro próximo, podem balizar o crescimento do jogo neste aspecto.
      O fantasy draft é a primeira tacada da Sports Interactive dentro de uma visão de jogos multiplayer e a aposta parece ter fôlego suficiente para engrenar, apesar das limitações ainda existentes. Hoje, o modelo ainda aparenta ser voltado a um pequeno grupo de jogadores, como o seu grupo de amigos da faculdade, que resolve juntar-se para uma jogatina de Football Manager sem grandes compromissos.
      O modo fantasy traz ao jogo um conceito que parece bastante inteligente por parte da Sports Interactive quando analisamos a questão em uma visão de longo prazo. Há, sem sombra de dúvidas, uma grande atração do público por jogos ligados ao conceito de fantasy game. No Brasil, o mais conhecido deles é o Cartola FC do GloboEsporte.com, que a cada ano reúne um numero ainda maior de aficionados pelo game. Modelos de Fantasy games também são extramemente famosos nos Estados Unidos, onde um estudo prévio realizado pela FSTA, em 2013, mostrou que havia, aproximadamente, 33,5 milhões de jogadores.
      A semelhança, porém, fica restrita apenas ao conceito central dos modelos de games fantasy.  A liberadade de montagem de elencos com base em orçamentos previamente estabelecidos; a criação de emblemas, nomes, cores e a dinâmica totalmente diversa dos padrões convencionais adotados nos demais modelos de jogo fazem crer que a Sports Interactive escolheu um bom caminho para seguir.
      O crescimento e a possível expansão para grupos maiores em uma rede global, como acontece no título FIFA, onde o servidor da EA SPORTS é responsável por conectar os jogadores, ainda é uma possibilidade bastante distante do que a Sports Interactive oferece neste primerio momento. Aliás, parece mais sensato que a empresa siga focando seus esforços em aprimorar questões elementares na mecânica do jogo e que atendem aos anseios da grande maioria dos jogadores neste momento.
      Miles Jacobson, diretor de estúdio da Sports Interactive, declarou em recente entrevista que a empresa demonstra grande expectativa com o já notado crescimento do novo modo de jogo, acreditando ser uma área com potencial de crescimento no futuro. Apesar disto, tudo dependerá da resposta obtida dos jogadores da série, afinal, são eles que decidirão se o Football Manager um dia poderá, ou não, se tornar um esporte eletrônico.
      Enquanto a Sports Interactive não avoca para si a tentativa de expandir a modalidade, alguns movimentos não oficiais começam a ganhar espaço e usufruir do modo de jogo fantasy para criação de torneios online. O embrião foi a FM CUP 2017 organizada pela empresa de apostas BetBright que premiou com 5 mil libras o campeão da competição que reunia os 4 campeões regionais de algumas cidades britânicas. Em 2018, um torneio de maior proporção premiou o inglês Dan "Fryman7" Fry com 15 mil libras ao vencer o primeiro campeonato mundial de Football Manager. O torneio mundial, que se utilizou do modelo draft criado pela Sports Interactive, permitiu que 64 jogadores disputassem o considerável prêmio, incluindo dois brasileiros.  
      Em um mercado que cresce cada vez mais – estima-se que 1,7 milhões de pessoas assistiram pelo Twitch a final do campeonato mundial de League Of Legends – a capacidade de expansão e desenvolvimento nesta área pode ser um fator preponderante para manutenção das capacidades competitivas da empresa londrina e do jogo em si dentro do cenário mundial nos próximos anos.  Se por um lado a empresa pode se orgulhar de ter conquistado os antigos fãs, que se manterão fiéis ao estilo de jogo offline, por outro a capacidade de captar novos fãs pode estar condicionada a capacidade do jogo se integrar às novas plataformas e exigências do público.
      --
      by Luiz H - @confrariafootballmanager
    • Lanko
      By Lanko
      Próxima>>>                 
       
      ATUALIZAÇÃO MAIS RECENTE!
      ÍNDICE
       
      E aê galera, tudo bom? Descobri o fórum recentemente há uns dias atrás, especificamente a área de histórias. Li algumas e adorei o formato e o fato que a galera resolveu postar suas jornadas e challenges interessantíssimos. 
      Enquanto jogava o FM18 fiquei pensando nas várias coisas que aconteceram e que dificilmente conseguiria guardar pra lembrar depois, especialmente as coisas memoráveis.
      Deixei quieto e segui em frente, mas como disse, encontrei essa área aqui e me arrependo de não ter pesquisado e encontrado antes. Mas antes tarde do que nunca, né! O save não tem tanto tempo e muitas dos principais eventos estão frescas na memória.
      Esse save não tem objetivos específicos a serem alcançados, simplesmente criei um perfil de treinador (sem escolher clube, comecei desempregado) e saí pro mundo pra ver no que vai dar. 
      PERFIL DO TREINADOR:
       
      Lanko Askarian sempre teve interesse por futebol, principalmente na parte tática, já que jogando ele é um grande perna de pau. Decidiu ir adiante com esse pensamento e resolveu estudar para ser técnico e dirigir uma equipe.
      Diante dos vários fracassos do Brasil na área, decidiu, corretamente ou não, ir estudar e fazer cursos na Europa. Escolheu a Inglaterra já que sabia inglês e nada dos outros idiomas. Depois de algum tempo, adquiriu profundo conhecimento tático, de treinamentos, de filosofias de jogo.
        
       
      Agora só faltava botar tudo isso em prática, e é aí que morava o problema. Lanko entrou determinado a começar 2018 como técnico, mas passou o primeiro semestre desempregado. Nem clubes brasileiros da 3a divisão quiseram sequer conceder uma entrevista.
      No fim da temporada europeia, Lanko voltou a Inglaterra, disposto a aceitar propostas da 5a ou 6a divisão inglesas só pra começar a trabalhar, mas mesmo dessa vez conseguindo entrevistas, não foi o escolhido em nenhum dos oito clubes em que bateu a porta.
       

       
      Jovem (30 anos, muito menos que muitos jogadores em atividade), sem ter comandado vestiário antes e ainda por cima estrangeiro, esses foram os principais motivos das recusas.
      Até que viu um anúncio de um clube de Portugal (o único), a Mondinense, da terceira divisão portuguesa, e decidiu entrar em contato com eles.
      O presidente foi surpreendido pelo contato. Ele acabou gostando do perfil. Avisou que o clube era pequeno, mas gostaria de ver o clube crescer e talvez tentar algo inusitado seria o primeiro passo ideal. O presidente convidou Lanko para a cidade de Mondim de Basto para assinarem o contrato.
       

       
      Lanko aceitou, muito feliz. Portugal não estava nos planos iniciais, mas quem sabe, caindo do céu, seria o melhor lugar para começar a carreira. O idioma não seria problema e Portugal era um bom país, além de ter certa história no futebol e um cenário respeitável.

      Ele sabia que o começo ia ser difícil, mas até chegar em Portugal e ver a sede da Mondinense de perto, ele não fazia ideia do quão difícil…
       
      Próxima>>>
    • _Matheus_
      By _Matheus_
      Apertando as teclas Crtl + F, digite o número da versão (ex.: 19) para ver todo material construído para a versão desejada. A maior parte dos guias presentes aqui servirá também para as versões mais novas do FM.
       
      ***
      Conteúdos da FManager TV estão neste post.
      ***
        ★ Requisitos do Sistema e Dúvidas Gerais  ★
      FM 2019 
      FM  2018 · FM 2017 · FM 2016
      ***
       
      Perguntas Frequentes
      Como comprar o FM 2019?  Como corrigir os times brasileiros no FM 2019?  Corrigindo o nome de times e ligas não-licenciadas no FM 2019  Desbloqueando as seleções alemã e japonesa  Erros comuns do FM 2018 e como corrigi-los       Onde instalar logos, kits, facepacks, skins e outros gráficos?  Primeiras Impressões & Reviews
      Novidades [FM 2019] FM 2018 FM 2017 Primeiras Impressões [FM 2019] FM 2018 FM 2017 FM 2016 Discussão Geral [FM 2018] Review: FM 2019 Tour pelo FM 2019 Tour pelo FM 2018 FM 2017  FM 2015 Review Touch: FM Touch 2019 Informações sobre Patches
      FM 2019 19.3 FM 2018 18.0.1 [Beta] 18.1 | 18.1.2 | 18.1.3 18.2  FM 2017 17.1.0 | 17.0.2 [Beta] 17.2.0 | 17.2.1 17.3.0 FM 2016 16.3.2 Guias Gerais
      10 coisas que você aprende sendo demitido no FM [FM 2018] Adaptando o Moneyball para o FM [FM 2017] A MLS no FM [FM 2018] Botando os pingos no IS: Ações com Bola [FM 2015]  Botando os pingos nos IS: Passe [FM 2015]  Como jogar FM: um guia de 12 passos [FM 2014] Como melhorar no FM 2017? Dicas de Miles Jacobson [FM 2017] Como melhorar no FM 2017? Uma entrevista com o Analista de Futebol da SI [FM 2017] Como não se desmotivar com seu save? [FM 2016] Como superar a má fase? [FM 2018] Como ter saves de longa duração? [FM 2016] Como treinar equipes em divisões inferiores [FM 2017] Como usar o estádio a seu favor [FM 2015] Como usar um teto salarial? [FM 2017] Como utilizar os gritos à beira do gramado [FM 2015]  Construindo uma Liga Competitiva [FM 2016] Criando um legado: Um desenvolvimento a longo prazo [FM 2014] Dicas básicas de um novato para um novato [FM 2015] Dicas para dominar o jogo [FM 2018] Guia de Palestras [FM 2014] Guia financeiro para times pequenos [FM 2018] Guia para o Lower League Management (LLM) [FM 2016] O guia do FM 2018: 16 dicas essenciais [FM 2018] O que é LLM? (Lower League Management) [FM 2016] Sobrevivendo a sua primeira temporada em 12 passos [FM 2018] Uma Pré-Temporada Básica [FM 2016]  Treino individual, equipe e tático [FM 2016]  Guias Táticos
      A arte do contra-ataque [FM 2016] A arte de Mourinho: retrancando o seu time [FM 2018] Avaliando sua defesa [FM 2018] Como montar um esquema de gegenpressing no FM [FM 2016] Como se defender de escanteios? [FM 2018] Criando uma tática em poucos minutos [FM 2017] Entendendo e analisando a atuação do seu time no FM [FM 2018] Escanteios: Como podem te ajudar a explorar o jogo [FM 2018] Estilo de Jogo: a importância dos atributos [FM 2017] Football Manager: a evolução tática do jogo [FM 2018] Guia Tático do FM 2015: Como criar uma tática [FM 2015] Guia teórico e prático sobre o Football Manager [FM 2014]  Jogadas de Bola Parada [FM 2016] Lidando com cartões vermelhos [FM 2017] Montagem de elenco através de atributos elementares [FM 2016][FManager TV] Montando uma tática através do elenco [FM 2016]  O manual das instruções ao adversário [FM 2018] O "Princípio 323": Como distribuir tarefas por um time [FM 2016]  O time da virada! 5 dicas para reverter um placar adverso [FM 2018] Parcerias de Ataque [FM 2014]  Pressionando de 3 maneiras diferentes [FM 2017] Tactical Central & Insight: The New Era [FM 2016] Uma análise da assimetria tática [FM 2019] Guias de Jogadores/Staff
      7 dicas para não perder nenhum craque [FM 2018] A arte do retreinamento [FM 2018] A importância de apostar em jogadores locais em ligas menores [FM 2017] Analista de Dados: como usá-lo no FM [FM 2018] A pré-temporada como ferramenta de desenvolvimento de jovens [FM 2018] A progressão da mentoria no FM 2019 [FM 2019] Aproveitando o máximo de suas substituições [FM 2017] Atributos-chave para cada função e tarefa [FM 2015] Atributos de Jogador por "Guide to Football Manager.com" em PT-BR  [FM 2015] Categorias de base: planejando o futuro [FM 2014] Como funciona o sistema de treinos no FM 2019? [FM 2019] Como encontrar as melhores promessas no FM? [FM 2018] Como lidar com agentes? [FM 2017] Como manter seu elenco livre de lesões? [FM 2017] Como montar um time raçudo? [FM 2017] Como utilizar eficientemente um goleiro-líbero no FM? [FM 2018] Descobrindo suas fraquezas e construindo um time [FM 2018] Engenharia de Base: CA e PA no desenvolvimento de jogadores [FM 2017] Engenharia de Base: Como Lapidar Diamantes? [FM 2015] Engenharia de Base: Como Gerar Mais Craques? [FM 2015] Engenharia de Base: Determinação realmente importa? [FM 2016] Gerenciando os treinamentos [FM 2017]  Guia - Goleiros [FM 2016] Guia: Movimentos Preferidos do Jogador [FM 2018] Lidando com as Personalidades [FM 2014] Montagem do elenco através de atributos elementares [FM 2016] O aumento da importância da comissão técnica no FM [FM 2018] O mapa das jovens promessas no FM [FM 2018] O que faz um goleador? [FM 2016] O staff perfeito [FM 2014] O status contratual e a harmonia do elenco [FM 2016] Prodígios: Ciência exata? [FM 2018] Psicologia: Como elevar e manter a moral do seu elenco? [FM 2017] Psicologia: Transformando jogadores inconsistentes em jogadores decisivos [FM 2015] Rotação do elenco através de estatísticas [FM 2018] Treinamento no FM: um guia completo [FM 2018] Tutorial: parcerias de ataque [FM 2015] Guias Gráficos
      Guia de personalização do jogo [FM 2014] Tutorial: criando kits [FM 2017] Tópicos Sugeridos
      7 dicas para aproveitar o máximo de FM quando você está sem tempo [FM 2017] Calendário das Fornadas de Jovens [FM 2017] Clube Tático Como instalar o FM em outra partição Como Usar Tal Jogador? FManager Simula: Campeonato Brasileiro 2017 - Série A, B e C [FM 2016] Manager em Tempo Real [FM 2016] Não delete seu save de FM! [FM 2018] Qual é o seu Elenco? Requisitos do Sistema [FM 2018] We are the Managers [VÍDEO] Facepacks
      Cut Out 9.0 [FM 2019] Panini Portrait 15 [FM 2018] FMSite Hexagon [FM 2019] Exclusive '10 [FM 2016] Scope [FM 2019] DF 11 [FM 2019] Carlo's Action [FM 2018] Logos
      Standard [FM 2019] TCM'18 [FM 2018] Blister'18 [FM 2018] Steel 18 [FM 2018] Metallic [FM 2019] Wizard's [FM 2017] Smooth'17 [FM 2017] ESS [FM 2017] TCM19 [FM 2019] Esalogos'19 [FM 2019] Kristal'19 [FM 2019] Kits
      CPv' Kits [FM 2018] FB' Kits [FM 2018] SS' Kits [FM 2019] FC'12 Kits [FM 2019] Skins
      Neub Skin [FM 2019] Flut Skin Dark [FM 2019] Rensie Skin [FM 2019] Andromeda Skin [FM 2019] Outras Utilidades
      Estádios e Faixas de Torcidas 3D [FM 2017] Estádios e Faixas de Torcidas [FM 2019] FMSite Stadiumpack Brasil [FM 2017] Recomendação de Jogadores
      Goleiros - Zagueiros e Laterais - Meias - Atacantes - Newgens  - Quem Devo Contratar?
      Listas Preferenciais
      Filtro para Staff [FM 2016] 50 Wonderkids para comprar no FM 2017 [FM 2017] Bons Jogadores para Times Brasileiros [FM 2016] Melhores Jogadores Livres [FM 2016] Jovens promessas - América do Sul [FM 2018]  
      Tópicos de FM's passados são válidos para versões posteriores.
      Aos moderadores da área, pedimos que mantenham o tópico atualizado. Aos membros, pedimos que reportem materiais que podem ser adicionados ao índice geral em virtude de sua relevância para que possamos avaliar a situação.
       
      Obrigado.

       
       
    • Aleef
      By Aleef
      Inicio: 09/08
      Término: 23/05/2020
      Site Oficial: https://www.ligue1.com/
      Ultimos campeões:  PSG campeão 6x nos ultimos 7 anos sendo A.S Mônaco campeão na temporada 2016-2017
       
×
×
  • Create New...