Jump to content

Teto salarial e multa podem ser punições para Manchester City e PSG no FFP


Henrique M.

Recommended Posts

  • Vice-President

Teto salarial e multa podem ser punições a Man City e PSG no Fair Play Financeiro

O Fair Play Financeiro começa a ter punições na próxima temporada. Manchester City e Paris Saint-Germain estão entre os nove clubes que estão negociando acordo com a Uefa para pagarem multas e terem restrições na inscrição de jogadores no seu elenco na Liga dos Campeões. O Manchester City tem até o fim desta semana para aceitar o acordo, segundo noticiado pelo Guardian.

As restrições seriam um teto salarial máximo para o número de jogadores inscritos e uma multa pesada. Pode parecer pouco, mas não é. O Manchester City tem a média de salário mais alta do mundo, com US$ 8,1 milhões por jogador/ano, em média. Só para ter uma noção, o Chelsea, que é considerado um gastão do futebol europeu, gasta US$ 6 milhões por jogador/ano, em média. Mas esses são os gastadores. O Napoli, por exemplo, que jogou a Liga dos Campeões, paga US$ 2,6 milhões por jogador anualmente. O Celtic, um dos que está entre os que menos gasta, paga US$ 1,7 milhão por jogador anualmente.

Tudo isso significa o seguinte: o tamanho da punição ao Manchester City dependerá do valor do teto estipulado pela Uefa. Uma medida que parece justa seria estabelecer um teto salarial de acordo com a média das equipes que chegam à fase de grupos da Liga dos Campeões. Digamos que este teto seja, então, US$ 100 milhões por ano de folha salarial (daria uma média de US$ 4 milhões por ano por jogador, que é a folha salarial, por exemplo, do Tottenham). Se esse for o teto, significa que o City poderia gastar 53% mais que o Napoli, por exemplo, e ainda assim teria que cortar metade do seu elenco para não infringir o teto. Seria uma punição dura, mas adequada a quem quer gastar os tubos.

Podemos discutir se o Fair Play Financeiro é de fato justo há bons argumentos que vão na direção oposta. A questão é que se a Uefa quer que essa não seja uma regra só nominal, que seja efetiva, terá que fazer punições. Essa restrição parece ser uma forma de fazer isso sem expulsar o time da competição. Seria como dizer: Olha, você passou do limite, então terá que ficar com a sua folha na média dos outros se quiser jogar. É justo especialmente com quem cumpriu a regra. Afinal, se quem não cumpre não é punido adequadamente, então é um incentivo ao não cumprimento.

Segundo o Guardian, o City tem tentado negociar com a Uefa para diminuir as punições, que ainda não se sabe qual será, efetivamente. Ainda segundo o jornal inglês, a negociação está complicada e, caso o time não consiga um acordo com a Uefa, a punição seja ainda maior. O Manchester City apresentou no seu balanço um patrocínio de US$ 48 milhões anuais com a Etihad Airways, que é contestado como não tendo o valor de mercado. Vale o mesmo para os US$ 277 milhões de patrocínio anual do PSG da Qatar Tourist Authority, também obviamente contestado.

A Uefa tem a faca e o queijo na mão para fazer valer a sua autoridade e mostrar que o Fair Play Financeiro não é só uma ideia que não sairá do papel. A bola está com você, Michel Platini.

Fonte: http://trivela.uol.com.br/teto-salarial-e-multa-podem-ser-punicoes-man-city-e-psg-fair-play-financeiro/

Vi pela imprensa britânica que os rumores são de multa £50M pro City e £60M pro PSG. E eles terão restrições quanto aos jogadores inscritos, mas não especularam quais.

Link to comment
Share on other sites

Essas restrições sempre me soaram como um medo da ameaça que os novos ricos representam aos status quo futebolístico.

Link to comment
Share on other sites

Essas restrições sempre me soaram como um medo da ameaça que os novos ricos representam aos status quo futebolístico.

É pra manter a competitividade. Porém, esse tipo de restrição foi pra evitar que um sheik qualquer gastasse tudo no time, e saísse deixando o time em um vermelho enorme (vide Málaga).

Link to comment
Share on other sites

Problema do time.

Se a UEFA tem medo disso, que haja como a Alemanha.

Além de que não há como levar esse argumento da competitividade a sério.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...
  • General Director

MANCHESTER CITY

City é multado em R$ 181,7 mi pela Uefa e terá elenco da Champions reduzido

por ESPN.com.br

Reuters

622_1c20488b-f74c-3474-9321-4b24f1fad322

Kompany lamenta expulsão no Manchester City

O Manchester City foi multado em R$ 181,7 milhões pela Uefa e ainda terá seu elenco reduzido em 21 jogadores para a próxima Champions League. As punições foram feitas pela quebra do Fair Play Financeiro estabelecido pela Fifa.

O clube comandado pelo Sheik Mansour gastou R$ 3,7 bilhões a mais que o teto estabelecido pelas regras de Fair Play Financeiro, o que resultou na maior multa já imposta pela entidade europeia a um clube esportivo.

O clube concordou também em reduzir significativamente seus gastos no mercado de transferências nas temporadas 2014/15 e 2015/16. Na próxima janela, o time poderá gastar R$ 60 milhões, valor que, segundo o Manchester City, não comprometerá a próxima temporada da equipe. Ainda como forma de punição, a folha salarial do time terá que ser a mesma da atual.

Segundo o Manchester City, o clube inscreveu 23 jogadores na atual Champions League, mas usou somente 21 deles, exatamente o número de atletas que o time poderá incluir na competição.

Link to comment
Share on other sites

Ahhh mano eu acho ridiculo isso, só acho que deveria punir em casos como o do próprio Barça que usa de meios "obscuros" para fazer seus esquemas com jovens e tal...

Agora... um sheik cheio da grana gastando aos tubos o DINHEIRO DELE.... qual o problema? Os outros times que corram atrás de um "mecenas" pra sí também.

Link to comment
Share on other sites

AEHAUEHAUEHAUEA Se foderam, grande mesmo na cidade de Manchester só o United!

Link to comment
Share on other sites

AEHAUEHAUEHAUEA Se foderam, grande mesmo na cidade de Manchester só o United!

O que uma coisa tem a ver com a outra? E quem é o campeão nacional?

Link to comment
Share on other sites

Sério que essa é a punição? Essa multa ele paga rindo, é um tapa no pulso.

Link to comment
Share on other sites

Sério que essa é a punição? Essa multa ele paga rindo, é um tapa no pulso.

Mas a idéia é controlar os gastos, não sair punindo todo mundo. Vão ter o elenco inscrito reduzido, se comprometem a gastar menos com transferências e manter o nível de gastos com salários. Se não cumprirem vai ser outra história mas na teoria a meta será atingida. Tapa no pulso são as punições da Conmebol..

Link to comment
Share on other sites

Mas a idéia é controlar os gastos, não sair punindo todo mundo. Vão ter o elenco inscrito reduzido, se comprometem a gastar menos com transferências e manter o nível de gastos com salários. Se não cumprirem vai ser outra história mas na teoria a meta será atingida. Tapa no pulso são as punições da Conmebol.

Pode até parecer bonitinho assim, mas tá fadado ao fracasso. Nunca que os caras vão querer controlar o nível de gastos e nunca que a UEFA vai excluir o City do torneio dela.

Podia simplesmente fazer que nem na NBA e fazer um sistema de luxury tax mesmo. Pega o dinheiro pago e redistribui a quem não paga.

Link to comment
Share on other sites

City não tem tradição, a UEFA tá pouco se fodendo pra eles, e tão fazendo certo de punirem esses times de sheiks aí... Tenho nojo dessa parada.

Link to comment
Share on other sites

Pode até parecer bonitinho assim, mas tá fadado ao fracasso. Nunca que os caras vão querer controlar o nível de gastos e nunca que a UEFA vai excluir o City do torneio dela.

Mas aí você tá assumindo que vão continuar sem respeitar a punição.

E mesmo que City e PSG possam até não respeitar, a UEFA não vai engolir essa pra sempre. Se tem uma federação que realmente chegaria a punir um clube com exclusão é ela.

Link to comment
Share on other sites

O poder desse esquema todo tá nas mãos da UEFA. Quem joga o torneio dela é o clube, portanto, deve se sujeitar às regras que a mesma impõe. De repente até pode sair da esfera esportiva e ir pra comum, mas não acho que mude muito a coisa.

É um santo remédio esse esquema de fair-play.

Link to comment
Share on other sites

Simples, faça o planejamento em cima disso, monte um elenco de gabarito com esse número, tenha uma staff de ponta para que não aconteça merda e na Premier tenha jogadores de níveis próximos para não fazer feio.

Link to comment
Share on other sites

Colocar regra de no máximo 5 jogadores sem a cidadania da federação do clube, ai sim ia aumentar a competitividade.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Colocar regra de no máximo 5 jogadores sem a cidadania da federação do clube, ai sim ia aumentar a competitividade.

Aí choveriam processos na côrte européia (nem sei se precisa chegar a tanto, talvez o processo no país já resolva já que todos são obrigados a mudar a legislação local antes de ingressarem na UE) por impedimento do exercício da profissão e o regulamento teria que ser mudado.

Eles podem fazer é o inverso e exigir um mínimo de jogadores na escalação ou por súmula. A idéia do 6+5 é boa mas acharam muito radical. A dos jogadores formados no clube e no país também é boa mas seria bom aumentarem o número (de 4/8 pra 5/10, depois de uns anos um pouco mais...)

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

  • Similar Content

    • EduFernandes
      By EduFernandes
      GRUPOS DA CHAMPIONS LEAGUE:

       
      GRUPOS DA EUROPA LEAGUE:

       
      GRUPOS DA CONFERENCE LEAGUE:

    • JGDuarte
      By JGDuarte
      A Ligue 1 de 2023–24, também conhecida por Ligue 1 Uber Eats por motivos de patrocínio, será a 86ª edição do Campeonato Francês de Futebol. Começará em 12 de agosto de 2023 e está prevista para terminar em 18 de maio de 2024. Notável novidade da atual temporada é a diminuição da quantidade de clubes no torneio, passando de 20 para 18.
       
      REGULAMENTO
       
      ATUAL CAMPEÃO
       
      ÚLTIMOS VENCEDORES
       
      REBAIXADOS E PROMOVIDOS
       
      EQUIPES
       
    • bstrelow
      By bstrelow
      Ligue 1 22/23
      A Ligue 1 de 2022–23, também conhecida por Ligue 1 Uber Eats por motivos de patrocínio, será a 85ª edição do Campeonato Francês de Futebol. Começará em 6 de agosto de 2022 e terminará em 04 de junho de 2023.
       
      REGULAMENTO
       
      ATUAL CAMPEÃO
       
      ÚLTIMOS VENCEDORES
       
      REBAIXADOS E PROMOVIDOS
       
    • JGDuarte
      By JGDuarte
      A Primeira Divisão do Campeonato Inglês de Futebol da temporada 2022–2023 será a 121ª edição da principal divisão do futebol inglês (31ª como Premier League).
      A partir da temporada 2022-23, os clubes poderão fazer cinco substituições em vez de três em três ocasiões durante o tempo de jogo e no intervalo, em linha com o restante das seis principais ligas europeias (Bundesliga, Ligue 1, Eredivisie, La Liga e Serie A). Também haverá uma pausa no meio da temporada para a Copa do Mundo FIFA de 2022 no Catar, com a última partida disputada no fim de semana de 12 a 13 de novembro de 2022 e a primeira partida após a Copa do Mundo disputada em 26 de dezembro de 2022, após o Mundial Final da Copa em 18 de dezembro.
       
      Regulamento:
       
      Atual campeão:
       
      Últimos campeões:
       
      Promovidos e rebaixados:
       
      Equipes:
       
    • JGDuarte
      By JGDuarte
      A Primeira Divisão do Campeonato Inglês de Futebol da temporada 2023–2024 será a 122ª edição da principal divisão do futebol inglês (32ª como Premier League). Abrirá o campeonato a partida disputada por Burnley e Manchester City, em Burnley, na sexta-feira (11 de agosto de 2023), equipes atuais campeãs da Championship e da Premier League, respectivamente. 
       
      Regulamento:
       
      Atual campeão:
       
      Últimos campeões:
       
      Promovidos e rebaixados:
       
      Equipes:
       
×
×
  • Create New...