Jump to content

Enemy Mine


Guest João Gilberto

Recommended Posts

Guest João Gilberto

Enemy Mine

EnemyMine_onesheet_teaser_USA-4.jpg

SINOPSE

Nesta excelente aventura da ficção científica, dois guerreiros envolvidos em uma selvagem guerra futurística entre a Terra e o planeta Dracon são abatidos e fazem aterrissagens forçadas em um planeta desolado e inóspito. A princípio, o humano (Dennis Quaid) e seu inimigo, um réptil alienígena (Louis Gosset, Jr.) estão determinados a destruirem-se mutuamente. Mas após terem que enfrentar as forças da natureza e um ao outro, os dois pilotos perdidos gradualmente percebem que a única maneira de manterem-se vivos é superando o ódio mortal.

FICHA TÉCNICA

Título no Brasil: Inimigo Meu

País de Origem: EUA

Gênero: Ficção

Classificação etária: 14 anos

Tempo de Duração: 108 minutos

Ano de Lançamento: 1985

Estúdio/Distrib.: Fox Home Entertainment

Direção: Wolfgang Petersen

Elenco

Dennis Quaid - Willis Davidge

Louis Gossett Jr. - Jeriba ‘Jerry’ Shigan

Brion James - Stubbs

Richard Marcus - Arnold

CRÍTICAS

Por Marcos Petrucelli

Um dos melhores filmes de ficção científica já feitos, em que o roteiro ficou em primeiro lugar. Com Wolfgang Petersen (''Mar em Fúria'') na direção, tem Dennis Quaid e Louis Gosset Jr. no elenco. Gosset, aliás, está em seu melhor papel, mesmo com o rosto repleto de maquiagem.

No século 21, planetas diferentes travam guerra por direitos de exploração de minérios no espaço. As principais facções são os terráqueos e os Drak, aliens com aparência reptílica.

Numa batalha, um piloto humano e um drak caem num planeta inóspito e são obrigados a trabalharem juntos para sobreviverem. Com os anos se pasando, vão aprendendo sobre as culturas diferentes um do outro - e respeitando-as - e também que naquela guerra absurda, nenhum lado estava certo (como quase sempre).

Por Rubens Ewald Filho

Uma decepção este novo filme do talentoso diretor Petersen (de O Barco, Inferno no Mar e História sem Fim). A verdade é que este não é um projeto pessoal. Ele só assumiu a direção numa emergência depois de duas semanas de rodagem. Mas foi impossível salvar esta superprodução de 33 milhões de dólares. O problema já estava na história original de Barry Longyear, que é uma imitação de vários outros filmes, principalmente Inferno no Pacífico. A situação aqui é a mesma, só que transportada para o espaço no século XXI. Depois de uma perseguição, um piloto jovem e um Drac (os humanos estão em guerra contra os Dracs, pelo domínio do espaço), caem num planeta desconhecido e inexplorado. Primeiro, inimigos, eles são forçados a se ajudarem contra o inimigo comum (a chuva de meteoros), a aprenderem as respectivas línguas e costumes. Cheio de clichês, a diferença está na caracterização do alienígena, como uma espécie de lagarto escamoso (o que faz com que o negro Louis Gosset, que em melhores tempos ganhou o Oscar® de coadjuvante por A Força do Destino, fica o tempo todo recoberto por uma maquiagem complicadíssima que só deixar ver seus lábios). A curiosidade maior é que o Drac é hermafrodita e dá a luz a um bebê. O diretor faz o que pode em termos visuais (muitas pinturas de fundo), mas a fita vai se tornando inverossímil e a mensagem de boa vontade de paz Universal (e interestelar) fica difícil de engolir. O que as pessoas vão lembrar mesmo é o homem lagarto e seu bebezinho, dois bons resultados de maquiagem e efeitos.

TRAILER

http://youtu.be/HvBxDJ-MjVo

IMDb
Link to comment
Share on other sites

  • General Director

Se tem um estilo de filme que eu menos gosto no cinema, esse estilo é o de "Ficção Científica". :despise:

Acho viagem demais, umas paradas mt nonsense e etc, etc, mas até pra quebrar esse preconceito meu, vou me esforçar e assistir a esse daí, que parece que tem um enredo mais interessante do que os efeitos especiais. Foda é se segurar pra não rir com os efeitos especiais da época, ouaiheuioahoe!

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

  • Similar Content

    • grollinho
      By grollinho
      Finalmente está saindo a sequência do grande filme do James Cameron (o original também demorou mil anos).
      O lançamento é dia 15/12.
       
    • Douglas.
      By Douglas.
      Putz, vi muito poucos dos concorrentes. Ozark, Killing Eve, Lovecraft Country, Mrs America, Perry Mason, Schitt's Creek, Ted Lasso e The Flight Attendant (WTF??? Não chega a ser uma série ruim mas é de longe a indicada mais fraca que já vi, não é possível que estavam raspando o fundo da panela assim).
      Pior que indicada fraca foi terem esnobado o elenco de Lovecraft Country, justamente a parte mais forte da série. The Boys também poderia entrar fácil como indicada em comédia no lugar de The Flight Attendant.
       
      Lista do Omelete de surpresas e esnobados: https://www.omelete.com.br/globo-de-ouro/globo-de-ouro-2021-indicados-esnobados-surpresas
       
      Lista dos indicados na IMDB: https://www.imdb.com/event/ev0000292/2021/1/?ref_=ev_eh
    • Leho.
      By Leho.
      ---
      Trouxe a opinião do PH Santos que é um vlogger que eu sigo e acho maneiro, mas sintam-se à vontade pra trazerem outros vídeos de análises e comentários sobre o tema.
      Aliás, falando em comentário... o que vocês acham disso tudo? Qual o caminho que tomará o cinema? E o streaming, caminha pra ser a grande revolução midiática dentro do entretenimento que tá parecendo ou não?
    • ZMB
      By ZMB
      Ator lutava contra câncer de cólon desde 2016 e morreu em sua casa, nos Estados Unidos.
      O ator Chadwick Boseman morreu aos 43 anos. Conhecido por interpretar o Pantera Negra no filme da Marvel, além de personagens importantes da história americana, ele enfrentou um câncer de cólon diagnosticado em 2016.
      "É com imensurável pesar que confirmamos a morte de Chadwick Boseman. Chadwick foi diagnosticado com câncer de cólon de estágio 3 em 2016, e lutou contra ele nestes últimos quatro anos conforme progrediu para estágio 4", afirmou a família do ator em seu perfil no Twitter.
      "Um verdadeiro lutador, Chadwick perserverou por tudo, e trouxe a vocês muitos dos filmes que tanto amam. De 'Marshall: Igualdade e Justiça' a 'Destacamento Blood', 'Ma Rainey's Black Bottom' de August Wilson e muitos mais, todos foram gravados durante e entre incontáveis cirurgias e quimioterapia. Foi a honra de sua carreira trazer à vida o rei T'Challa em 'Pantera Negra'."
      De acordo com a nota, ele morreu em sua casa, acompanhado da mulher e da família. Ele nunca tinha falado sobre a doença publicamente.
      Nascido na Carolina do Sul, o americano Chadwick Aaron Boseman começou a carreira na televisão, com um pequeno papel na série "Parceiros da Vida".
      Depois de participações em séries como "Lei & Ordem" e "Plantão médico", ele ganhou seu primeiro papel regular em "Lincoln Heights", em 2009.
      Seu primeiro personagem de destaque no cinema veio como o protagonista de "42: A História de uma Lenda" (2013).
      No filme baseado em fatos, interpretou o jogador de beisebol Jackie Robinson, que em 1947 se tornou o primeiro negro a entrar para um time da principal competição dos Estados Unidos, a Major League Baseball.
      O papel marcaria uma carreira repleta de personagens importantes da cultura negra americana, como o cantor James Brown, em "Get on Up: A História de James Brown" (2014), e o juiz Thurgood Marshall, primeiro membro negro da Suprema Corte americana, em "Marshall: Igualdade e Justiça" (2016).
      Ainda em 2016, ele estreou no papel pelo qual seria mais lembrado. Em "Capitão América: Guerra Civil", Boseman apareceu pela primeira vez como T'Challa. Criado pela Marvel em 1966, o Pantera Negra foi o primeiro super-herói negro dos quadrinhos americanos.
      Dois anos depois, estrelou seu próprio filme, "Pantera Negra". Sucesso com crítica e com o público, a história do herói de um reino africano fictício e avançado bateu a marca do US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais, ganhou três Oscar e foi indicado a outros quatro — entre eles, o de melhor filme.
      Como o herói, ele ainda participou de "Vingadores: Guerra Infinita" (2018) e de "Vingadores: Ultimato (2019), e tinha presença confirmada em um novo "Pantera Negra", previsto para 2022.
      Seu trabalho mais recente já lançado foi "Destacamento Blood", dirigido por Spike Lee, que estrou em junho. Ele ainda esteve em "Ma Rainey's Black Bottom", com Viola Davis, que tinha estreia prevista em 2020.
      Fonte: G1.com
       
       
    • Leho.
×
×
  • Create New...