Jump to content

[FM'10] Forest, a lenda.


Jirimias
 Share

Recommended Posts

legend-1.jpg

dados-do-save.gif

Como falei no tópico "Dejá vù", a ação de criar um novo tópico era necessária pelas mudanças na estrutura do save, que eu precisaria adequar ao meu tempo para jogar o jogo.Então pensei em fazer um save nos moldes que eu trabalhei no save do Monopoli.Será um save contado na visão de um manager, contado em primeira pessoa.Outras informações do save abaixo:

Estilo:
Jogo e texto, ficção apenas acerca da apresentação do treinador.

Versão do jogo:
FM2010 - Patch 10.2 sem updates

Ligas carregadas:
Inglaterra( Blue Square North/South e acima),Alemanha,Itália,Irlanda,Irlando do Norte,Escócia, Espanha,País de Gales,Argentina e Brasil( todas apenas 1º divisão )

Base de dados:
Grande

Início do jogo:
07/07/2009

Nome do treinador:
Jay Clough

Reputação:
Automático

obj.gif

34009402.gif
Promoção á Premier League

34009402.gif
Título da Premier League

34009402.gif
Título da Copa da Liga

34009402.gif
Bicampeonato da Copa da Liga

34009402.gif
Título da FA Cup

34009402.gif
Título da Europa League

34009402.gif
Título da Supercopa Európéia

34009402.gif
Título da Liga dos Campeões da Europa

34009402.gif
Bicampeonato da Liga dos Campeões da Europa
34009402.gif
Título Mundial de Clubes
34009402.gif
Treinar Seleção Inglesa

34009402.gif
Ter o time como base da Seleção Inglesa

historia.gif

Nottingham Forest Football Club

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Este espaço será utilizado para atualizar o histórico do save: títulos e a história do clube.

1
-Fundação

Nottingham Forest Football Club
é um clube de futebol profissional da Inglaterra, seu estádio – City Ground se localiza em West Bridgford, no subúrbio da cidade de Nottingham. Atualmente o Nottingham Forest competi a Coca-Cola Championship, segunda divisão inglesa. Seu técnico, Billy Davies está no cargo desde o início do ano de 2009.

Fundado em 1865, o Forest se tornou membro fundador da Aliança de Futebol em 1888 e seu primeiro grande sucesso veio quando
venceu a Copa da Inglaterra em 1898
. Eles passaram boa parte da primeira metade do século XX jogando a segunda divisão inglesa e o seu próximo título veio em 1959, quando
ganharam novamente a Copa da Inglaterra
. O período de maior sucesso do clube foi sobre o comando de Brian Clough, entre 1975 e 1993, período em que eles ganharam o
Campeonato Inglês
,
duas Copas da Europa consecutivas
e
quatro Copas da Liga
. Eles jogaram a primeira temporada da recém formada Premier League em 1992 e posteriormente sofreram uma série de promoções e rebaixamentos entre as três principais divisões do futebol Inglês.

2
-O estádio

O Forest manda seus jogos no
City Ground
desde 1898 e sua capacidade é de 30.602 torcedores. O estádio foi utilizado para a Euro 96 e também acolheu a FA Women's Cup final de 2007 e 2008.

3
-Origens

Ao contrário da crença popular o nome Forest não vem de
Floresta de Sherwood
, mas sim do
Forest Recreation Ground
ao norte de Nottingham, que é onde o clube jogou pela primera vez com sua formação original em 1865 (embora o nome do Lazer Forest Ground vem de uma época em que a terra era parte da floresta de Sherwood). O clube é frequentemente referido simplesmente como Forest, o nome que o escudo do time carrega. Eles também são chamados de “reds”, devido a cor de sua “alma”. O maior rival da equipe é o
Derby County
, no entanto seu vizinho mais próximo é o Notts County.

4
-História de títulos e fracassos

O Forest conquistou
seu primeiro grande título em 1898
, quando foi campeão da Copa da Inglaterra batendo o Derby County por 3-1, no Crystal Palace. No entanto o time passou grande parte da
primeira metade do século XX disputando a segunda divisão
, e teve de buscar uma nova autorização após ter
falido
. Em 1949 o clube foi rebaixado para a Terceira Divisão, mas se recuperou dois anos mais tarde sendo campeões da Segunda Divisão. Um breve período de glória ocorreu no fim da década de 50, quando se recuperou e ganhou novamente a Copa da Inglaterra em 1959, apesar de ter perdido
Roy Dwight, tio do ícone pop Elton John
, por causa de uma perna quebrada.
Assim, o Forest se tornou a maior equipe de Nottingham, ultrapassando o Notts County
. Mas depois de se tornar vice-campeão Inglês e semi-finalista da Copa da liga, o Forest foi rebaixado para Segunda Divisão em 1972.

O Forest passou a ser considerado um time mediano ao padrão inglês até meados de 1970, quando Brian Clough e seu assistente Peter Taylor assumiram o comando do clube.
Clough tornou-se o treinador de maior sucesso na história do Nottingham Forest
. Ele havia conquistado o título da liga com os vizinhos Derby County em 1972, e foi para o Forest em 6 de janeiro de 1975, após uma derrota em casa por 0-2 Notts County, no Boxing Day. O primeiro jogo sobre comando de Clough foi pela terceira fase da Copa da Inglaterra contra o Tottenham Hotspur em um jogo de volta, graças a um gol do meio campo, Neil Martin, o Forest venceu o confronto por 1-0.

O Forest retornou à Primeira Divisão no fim da temporada de 1976-77, após terminar em terceiro na Segunda Divisão, mas ninguém poderia prever que o sucesso da equipe de Clough seria nas próximas três temporadas. O
Nottingham Forest se tornou um dos poucos times a conquistar o Campeonato Inglês da Primeira Divisão um ano depois de ganhar a promoção
. Em 1978-79 o Forest
ganhou a Liga dos Campeões
ao vencer o Malmö FF por 1-0, no Estádio Olímpico de Munique, e manteve o troféu em 1979-80, batendo o Hamburger SV 1-0, em Madri, graças a um excelente
desempenho do goleiro Peter Shilton
. O Forest também conquistou a Supercopa Europeia e duas Copas da Liga Inglesa. Ao lado de Shilton, a equipe possuía o lateral-direito Viv Anderson (o primeiro jogador negro a defender a seleção da Inglaterra), o meia Martin O’Neill, o atacante Trevor Francis e um trio de escoceses: John Robertson, o meia Archie Gemmill e o zagueiro Kenny Burns.

O clube chegou a segunda fase da Taça UEFA em 1983-84, mas foi eliminado pelo Anderlecht em
circunstância de um erro da arbitragem
. O Anderlecht converte um pênalti que nunca deveria ter sido marcado. Logo se verificou que na segunda etapa,
o clube belga havia subornado o árbitro
, mas
o árbitro em questão já tinha morrido
em um acidente de carro e não foi, portanto, capaz de ser responsabilizado.

O
próximo título do Forest foi em 1989
, quando ganhou o Luton Town por 3-1 na final da
Copa da Liga Inglesa
. Durante a maior parte da temporada eles tinham esperança de ganhar três campeonatos na mesma temporada, o que seria a primeira vez para uma equipe inglesa, porém, o Forest foi batido pelo Arsenal e o Liverpool no campeonato nacional, e terminou o campeonato em terceiro lugar, e perdeu para o Liverpool na partida decisiva da semifinal da Copa da Inglaterra, realizada inicialmente em Hillsborough, onde 96 torcedores do Liverpool morreram esmagados em terraços, o jogo foi abandonado após 6 minutos. No jogo de volta, o Forest doi eliminado pelo Liverpool. Ainda em 1989, o Forest levantou a taça da Full Members Cup, após derrotar o Everton por 4 a 3. Em 1990, mais uma conquista de Clough, novamente o Nottingham Forest leva a Copa da Liga Inglesa, derrotando dessa vez o Oldham Athletic. Em 1991, quando alcançou a final da Copa da Inglaterra e largou na frente no encontro contra o Tottenham, mas acabou perdendo por 2-1 na prorrogação, após um gol contra de Des Walker.

O
reinado de 18 anos de Brian Clough terminou em 1993
, quando foi rebaixado após 16 anos ilustres com um futebol superior,
tendo conquistado um título nacional, duas Taças Européias e quatro Copas da liga
.

Frank Clark que tinha sido um lateral-esquerdo na equipe Campeã Européia do Forest em 1979, retornou ao clube em maio de 1993 para substituir Brian Clough. Sua última gestão em um clube de futebol foi no Leyton Orient, onde conseguiu a promoção para a Terceira Divisão. Tendo herdado a maioria dos jogadores da era Clough, Clark era capaz de retornar imediatamente para a Premier League, quando o clube terminou a Division One como Vice-campeão no final da temporada de 1993-94. No seu retorno à Premier League o Forest terminou em terceiro colocado e classificado para a Taça UEFA. O clube, nomeadamente alcançou as quartas-de-final. A temporada de 1996-97 tornou-se uma batalha de rebaixamento e Clark foi demitido em dezembro. O jogador de 34 anos, Stuart Pearce foi colocado como jogador-treinador, numa base temporária e que foi a salvação para o time não ser rebaixado naquele ano. Ele era cotado para se tornar gerente em uma base permanente, mas os diretores do Forest queriam alguém mais experiente. Em março de 1997, Dave Bassett foi nomeado o mais novo técnico da equipe. O Forest foi incapaz de evitar o rebaixamento. Eles ganharam a promoção de volta à Premier League na primeira tentativa, sendo campeões de 1997-98.

Bassett foi demitido em janeiro de 1999, com Ron Atkinson o substituindo. No entanto, ele não foi capaz de impedir o Forest de ser rebaixado e voltou a cair com uma sucessão de maus resultados, mais notadamente a derrota por 8-1 o Manchester United.

David Platt conseguiu Atkinson e gastou cerca de £ 12m em jogadores, incluindo os veteranos italiano Moreno Mannini, Salvatore Matrecano e Gianluca Petrachi. Mas Platt foi embora e deixou o clube em dificuldades financeiras.

Paul Hart tornou-se novo chefe dos Reds, apenas duas horas depois da partida de Platt e sofreu difíceis dois anos e meio como gerente do Forest. Eles terminaram em 16º em sua primeira temporada, com uma equipe muito jovem na época do colapso da ITV Digital, que saiu do Forest com um nível considerável de dívida. No entanto, na temporada 2002-03, o Forest terminou em sexto lugar e no play-off (perdeu para o Sheffield United). O Forest fez a temporada de 2003-04 sem muitos fundos, teve que liberar jogadores-chaves e isso levou a demissão de Hart em fevereiro de 2004 a fim de evitar um novo rebaixamento.

Joe Kinnear foi posteriormente nomeado e foi capaz de trazer o melhor do seu lado herdado, levando o clube ao 14 º lugar na tabela classificativa final. A temporada de 2004-05 o Forest se viu na zona de rebaixamento mais uma vez, levando à demissão de Kinnear, em Dezembro de 2004. Gary Megson assumiu o comando do Forest em janeiro de 2005, mas não conseguiu evitar a descida de divisão e o clube terminou a segunda temporada em 23 º lugar, tornando-se o único campeão europeu a cair para a terceira divisão de seu país.

Na primeira temporada do Forest na Terceira Divisão após 54 anos, uma derrota por 3-0 em Oldham Athletic em fevereiro de 2006 provocou a saída de Megson por "consentimento mútuo", deixando o clube apenas quatro pontos acima da zona de rebaixamento. Frank Barlow e Ian McParland tomaram conta temporária para o restante da temporada 2005-06, conquistou seis vitórias consecutivas e permanecendo invicto em dez jogos, o resultado mais notável de uma vitória por 7-1 Swindon Town. O Forest conquistou 28 pontos em 39 possíveis no âmbito dos dois, por pouco conseguiu ir para os play-offs, já que terminou em 7 º lugar.

A era Calderwood acabou por ser uma era de reconstrução. Em sua primeira temporada ele levou o clube para o play-off , depois de ter desperdiçado 7 pontos de vantagem no topo da League Football One, que tinha sido acumulado até novembro de 2006. O Forest sucumbiu a uma derrota de 5-4 no conjunto das semi-finais contra o Yeovil Town. Colin Calderwood alcançou uma promoção automática em seu segundo ano no clube, após uma corrida impressionante que viu o Forest vencer seis dos seus últimos sete jogos de estação do ano, culminando em uma dramática final que ganhou porr 3-2 Yeovil, no City Ground. Os Reds manteve um registro de 24 gols em 46 jogos, provando ser a base para o seu regresso a segunda divisão do futebol Inglês. Calderwood teve dificuldades para se adaptar à vida no Campeonato, na campanha de 2008-09, após as contratações de Robert Earnshaw, Paul Anderson, Moussi Guy Garner e Joe para substituir os gostos de Grant Holt, Sammy Clingan, Junior Agogo, Lockwood Matt e Kris Commons, que assinou com o Derby County deixando o Forest. Depois de ter sido incapaz de evitar que o Forest ficasse fora da zona de rebaixamento,
Calderwood foi demitido na sequência de uma Boxing Day 4-2 derrotado pelo Doncaster
, que também estava na parte inferior da tabela.

5
-A Era Jay Clough

- 2009/2010 - Promoção à Premiership.

- 2010/2011 - 12º lugar na Premiership.

- 2011/2012 - 5º lugar na Premiership.

- 2012/2013 - Campeão Inglês - Campeão da Liga Europa

.

- 2013/2014 - Campeão Inglês - Campeão da Liga dos Campeões - Campeão da Carling Cup - Campeão da Supercopa Européia - Campeão da Supercopa Inglesa.

.

- 2014/2015 - Vice-campeão Inglês - Campeão da Liga dos Campeões - Vice- Campeão da Carling Cup - Campeão da Supercopa Européia - Campeão da Supercopa Inglesa.

.

6
-Títulos

Liga dos Campeões da UEFA

Campeão 1979, 1980,
2014, 2015

UEFA Cup

Campeão em 2013

Semi-Finalista 1984

Quarta-de-final 1996

Supercopa Européia

Campeão 1979,
2013

Vice-Campeão 1980

Premier League equivalente a Primeira Divisão Inglesa

Campeão 1978,
2013, 2014

Vice-Campeão 1967, 1979,
2015

3º colocado 1984, 1988, 1989, 1995

Football League Championship equivalente a Segunda Divisão Inglesa

Campeão 1907, 1922, 1998, 2009

Vice-Campeão 1957, 1994

League One equivalente a Terceira Divisão Inglesa

Campeão 1951

Vice-Campeão, 2008

FA Cup

Campeão 1898, 1959

Vice-Campeão 1991

Copa da Liga

Campeão, 1978, 1979, 1989, 1990,
2014

Vice-Campeão 1980, 1992,
2015

FA Charity Shield

Campeão 1978,
2013

Vice-Campeão 1959

Full Members Cup

Campeão 1989, 1992

treinador.gif

Sobrinho de
, treinador que levou o Nottm às grandes glórias de seu passado, Jay Clough assinou em 07 de Julho de 2009 um contrato de dois anos com o Notthingham Forest.Jay Clough nunca teve antes uma experiência como treinador de futebol, suas funções anteriores limitavam apenas em observar jogadores e auxiliar treinadores.Sua esolha pelo cargo de treinador do Forest veio do sucesso do tio no passado.Seria Jay Clough capaz de corresponder às expectativas?

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 374
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

  • Jirimias

    119

  • FAM1978

    28

  • Gourcuff

    31

  • Roman

    28

Top Posters In This Topic

Sorte na nova velha empreitada :lol:

:thumbsup:

Valeu!

Sorte Jiri, tarefa fácil não será! Mas se tudo der certo, ah...

Vamos ver!

Veremos, fácil não é.

Força...com o Nottingham eu acompanharei.

Opa,valeu,gg!

Link to comment
Share on other sites

boa sorte Jiri.

* Ter o time como base da Seleção Inglesa

Esse com certeza eh o objetivo mais complicado que vais ter, hehehehe!

Save pra durar 20 temporadas hein?

Link to comment
Share on other sites

O título é "A Legenda" mesmo? Não é "A Lenda" não?

Se estiver certo, explica aí pq eu não entendi o "A Legenda".

-

Boa sorte.

Link to comment
Share on other sites

Ahhh adios Mike Anch! :(

rsrsrsrs desta vez Anch morreu realmente.

boa sorte Jiri.

* Ter o time como base da Seleção Inglesa

Esse com certeza eh o objetivo mais complicado que vais ter, hehehehe!

Save pra durar 20 temporadas hein?

hsuahsuhau isso é bem verdade.Sobre a duração este promete, tomara que tenha vontade de jogar com o Nottm durante tantas temporadas.

Vou acompanhar ADoro seus saves já esta nos favoritos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Obrigado! :thumbsup:

O título é "A Legenda" mesmo? Não é "A Lenda" não?

Se estiver certo, explica aí pq eu não entendi o "A Legenda".

-

Boa sorte.

Você está certo, eu ia usar o termo The Legend ou outro que tinha lido em um jornal antigo sobre o Nottm: "Forest is do it", mas não me acostume com a idéia de ter um título em inglês, acabou que não querendo usar o inglês, eu fiquei com esse negócio de legend na cabeça e com pressa deu nisso hsuahsuha, valeu mesmo, já corrigi.

me empolguei em acomanhar. Gosto muito do clube e parece que a historia será bem direta e dinamica.

BS!

Direta e dinãmica é isto que quero tentar fazer com este save.Valeu por acompanhar.

Boa sorte Jiri! :thumbsup:

Obrigado,joão!

Agora será muito mais fácil no começo. Tu já conheçe o Notts e o futebol inglês...

Nem precisa de sorte, só de tempo!

É verdade! Mas é estranho começar um save novo, é difícil conseguir repetir contratações que deram certo no outro save, e fico na dúvida se será como foi o outro, mas vamos ver. :thumbsup:

Link to comment
Share on other sites

O título é "A Legenda" mesmo? Não é "A Lenda" não?

Se estiver certo, explica aí pq eu não entendi o "A Legenda".

-

Boa sorte.

Na verdade as duas podem ser usadas, apesar de "A Lenda" ser mais comum. :thumbsup:

Lenda:

n substantivo feminino

1 narrativa de caráter maravilhoso em que um fato histórico se amplifica e transforma sob o efeito da evocação poética ou da imaginação popular; legenda

2 m.q. mito ('relato fantástico')

Ex.: a l. da cobra-d'água

3 Derivação: por extensão de sentido.

tradição popular

Ex.: uma cultura com raízes na l. e não na ciência

4 Derivação: sentido figurado.

atitude enganadora, falsa; engodo, fraude, mentira

Ex.: as curas apregoadas pelo charlatão eram pura l.

5 Derivação: sentido figurado.

narrativa fastidiosa; ladainha, lenga-lenga

Legenda:

substantivo feminino

1 Rubrica: liturgia.

relato da vida ou do martírio de um santo, orign. destinado a leitura pública em mosteiros e igrejas

2 Derivação: por metonímia. Rubrica: liturgia.

obra que contém a coletânea desses relatos; legendário

3 m.q. lenda ('narrativa de caráter maravilhoso')

4 Derivação: por extensão de sentido.

inscrição em medalha, moeda, emblema, escudo ou monumento; letreiro, rótulo, dístico

5 Derivação: por extensão de sentido. Rubrica: artes gráficas.

lista explicativa das convenções gráficas adotadas em planta, mapa, que permite a sua compreensão e utilização

6 Rubrica: artes gráficas.

em jornais, livros e impressos em geral, texto que acompanha uma gravura como explicação, título ou comentário

7 Rubrica: cinema, televisão, vídeo.

letreiro sobreposto à imagem de filmes, ger. estrangeiros, que fornece a tradução da fala dos personagens

Link to comment
Share on other sites

Na verdade as duas podem ser usadas, apesar de "A Lenda" ser mais comum. :thumbsup:

Obrigado,professor!

Mas lenda acaba soando melhor mesmo. :thumbsup:

Link to comment
Share on other sites

legend-1.jpg

Untitled-1-5.png

Conhecendo melhor o Nott'm.

Plantel inicial e destaques.

Olá, meu nome é Jay Clough.O sobrenome traz uma pressão extra para o cargo que acabo de assumir.Em outros tempos, meu tio, Brian Clough, tinha em mãos uma máquina, um time capaz de façanhas tão incríveis, que parece impossível acreditar que elas poderão se repetir outa vez.A diretoria do
acredita que sim, e me convidou a ser manager desta equipe que lhes apresento nas linhas a seguir.

Os primeiros dias como treinador foram destinados a conhecer melhor o time que vinha da temporada 2008/2009.Um time que havia lutado contra o rebaixamento com unhas e dentes, e que conseguiu um modesto 19º lugar na tabela da Championship.

Um dos primeiros a me cumprimentar na chegada foi o treinador adjunto,
, ex-jogador que após a aposentadoria se tornou preparador físico, e só então posteriormente assumindo as funções de auxiliar técnico.

Para Kelly, temos um time capaz de conseguir ficar na metade da tabela, mas isso não me parece soar bem, melhor dizendo, meu tio se reviraria no túmulo só de imaginar que seu clube, treinado pelo seu sobrinho, tornasse um conformado time de meio de tabela

relatorio-adjunto-geral.jpg

Este é o plantel atual, onde destaco como peças chaves:
Earnshaw,Majewski, Paul McKenna e Chris Cohen
.Curiosamente os três últimos atuam no meio-campo, setor criticado por Kelly.Ao meu ver a defesa, incluindo os laterais, são o ponto fraco desta equipe.Além disso um bom goleiro que me faça lembrar
também seria uma boa idéia, mas nem um pouco fácil de se colocar em prática.

plantel-1.jpg

E finalmente Kelly confirmou e afirmou McKenna como o nome do time:

mckena.jpg

A conversa a seguir com Kelly seria sobre quem sairia do time, mas este assunto fica para o próximo encontro.

O que esperam de nós?

Expectativas.

As expectativas em torno do desempenho do Nottm são pequenas quanto à Championship (metade da tabela), como pequenas também são as expectativas da imprensa que esperam que o 19º lugar do ano passado se repita.

expectativas-epoca.jpg

Já quanto as outras competições, as expectativas preocupam, já que a má sorte em um cruzamento nas eliminatórias poderá estragar os planos da diretoria.

Para alcançar as expectativas, a diretoria disponibilizou €1M em transferências e €600m para salários.No próximo encontro falaremos em pré-temporada e transferências.

expectatdireca.jpg

Link to comment
Share on other sites

O adjunto não é tão ruim... Dá pra confiar.

McKenna deve jogar muito bem como construtor de jogo...

Vamos ver como se sairá!

Sim, ele é bonzinho.Cara, nunca tinha tentado o McKenna na construção do jogo, tem outros jogadores com qualidade para isto, mas eu vou tentar isso.

McKenna tem um belo passe.

À espera do começo ;)

Sim, ele é um bom jogador.Vamos lá!

Link to comment
Share on other sites

legend-1.jpg

Untitled-1-5.png

Experiência e juventude.

Apresentando o presente e garantindo o futuro.

Uma conversa com os jogadores e um treino de 40 minutos foi o suficiente para definir quem fará ou não parte dos planos do clube nesta temporada.Foram listados para transferência os seguintes jogadores:

Paul Smith (goleiro) - James Perch (zagueiro) - Joel Lynch (zagueiro) - Wes Morgan (zagueiro) - Matt Thornhill (meia central) - Paul Anderson ( meia atacante D/E) - Garaty McCleary ( meia atacante D/E ) - Lewis McGugan (meia atacante central) - Dele Adebola ( atacante ) - Nathan Tyson (atacante)

A venda de Adebola talvez seja a mais urgente devido ao seu alto salário (€23m / mensais), mas o fato dele ser uma aquisição recente do clube, feita pelo antigo treinador, está difícil alguém se interessar por ele, e sua rescisão chega aos €525m.Com excessão a Adebola e Paul Smith, os demais jogadores estão listados apenas para empréstimo.

Enquanto alguns jogadores recebiam a notícia que seriam negociados,
durante esses últimos dias e fecharam assim o elenco desta temporada.É lógico que no decorrer da temporada poderá ser necessário recorrer ao mercado, mas só mesmo em caso de urgência.

BANNERTRANSFERE.jpg

Na hora de reforçar a equipe, optei por mesclar a experiência e a juventude.Alguns destes reforços são até bem jovens, que são parte de um planejamento futuro do clube.As caras novas são:

bandalovski.jpg

barazite.jpg

begovic.jpg

campbell.jpg

canas.jpg

chster.jpg

darren-williamson.jpg

evans.jpg

garoar-johannsson.jpg

joppen.jpg

king-1.jpg

soley.jpg

toti-1.jpg

walker.jpg

wiltord.jpg

Untitled-1.png

aya.jpg

fraughan-1.jpg

halls.jpg

PLANTEL.jpg

O elenco do Nottm agora está pronto para a pré-temporada.

Goleiros

Iam Walker
corre na frente pela camisa 1, sua experiência poderá fazer toda a diferença debaixo do gol do Nottm.
Begovic
é um bom reserva, me preocupa apenas o fato dele ser bem excêntrico, e
Lee Camp
, perdeu a braçadeira de capitão, que agora foi passada ao Campbell e amargará a segunda opção na ausência de Walker...

goleiros.jpg

Defesa

Campbell encabeça a lista dos defensores, capitão e líder nato, terá a tarefa de comandar os garotos do time e de organizar a defesa.
Bandalovski,Gunter e Bennet
formam as opções para as laterais, em uma tática que exigirá pouco avanço dos laterais, o que espero deles é aplicação na marcação, apesar de notar as limitações deles para esta função.Vale observar que Gunter já começa a treinar para jogar pela esquerda, e
Kevin Wilson
também passou a treinar para jogar na direita, dando opções na escalação do time.Fecham a defesa
Guss Joppen
,
Luke Chambers
e
James Chester
.

defesa.jpg

Meio-campo

Seyfo Soley
e
Corry Evans
também atuam como zagueiros, mas no meio campo atuam como um defensor a frente da defesa.
Guy Moussi
é o típico cão de guarda.
McKenna
e o jovem
Cañas
, farão o papel de volantes na construção de jogo.Com jogadores podendo atuar na mesma posição e possuindo características diferente,defensivas e de armação, poderá ser um trunfo da nossa equipe.

Responsáveis pela armação das jogadas ofensivas sejuntam aos jogadores de meio-campo: os talentosos
Chris Cohen
e
Majewski
;
Barazite
e
Arron Davies
que atuam pelas pelos lados, encostando no ataque: o veterano
Wiltord
e o habilidoso
Toti
.

meiocampo.jpg

Ataque

Robbie Earnshaw é o nome deste ataque, é um jogador que quer provar que não é só um excelente jogador da Championship, e para isso quer muito que o Nottm chegue na elite do futebol inglês.Joe Garner é um dedicado atacante, possível parceiro de Earnshaw, mas a briga no ataque não vai ser fácil.
Marlon King
chegou e causou polêmica, ao ter sua contratação criticada pelos dirigente do Nottm, mas o jogador sabe que tem minha confiança, e isso basta.
Blackstock
e
McGoldrick
correm por fora pela vaga no ataque, e o grandalhão islandês
Jóhannsson
é a arma secreta para defesas baixas e jogos difíceis de se resolver com bola no chão.

atacantes.jpg

Este é o Nottm Forest, espero que tenham gostado dos reforços.No próximo post abordarei os jogos da pré-temporada, tática e o time que começará a Championship contra o Reading.Até lá!

Link to comment
Share on other sites

Tem uma excelente equipe em mãos, gosto particularmente do Nacer Barazite, usei ele no FM09 com o Estrela Vermelha, foi muito bem na minha equipe..

No mais Campbell e Wiltord já são figurinhas carimbadas hein.. haha ;]

Link to comment
Share on other sites

Belas contratações as do Barazite e do Campbell. Jogam muito!

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...