Jump to content

Tem coisas que só acontecem com o Botafogo


Guest Ivo Junior

Recommended Posts

Com um gol nos acréscimos da partida, marcado por Falcao, o River Plate derrotou o Botafogo por 4 a 2, nesta quinta-feira, na Argentina, se classificando de forma heróica para as quartas-de-final da Copa Sul-Americana e eliminando o time brasileiro da competição continental.

Agora, os comandados de Daniel Passarella aguardam a definição do confronto entre Defensor, do Uruguai, e El Nacional, do Equador, para conhecer seu rival nas quartas. O time uruguaio venceu a partida de ida por 3 a 0.

Com o apoio da torcida, o River iniciou o jogo pressionando o Botafogo, que se segurou e ainda abriu o placar da partida aos 10min, quando Túlio cruzou para a área, a zaga adversária não afastou e Lucio Flavio marcou.

O River Plate, porém, balançou a rede do Botafogo aos 31min. Após cruzamento da direita na primeira trave, Falcao se antecipou a Renato Silva e, de cabeça, deixou o jogo novamente empatado, sem dar chances a Max.

Para piorar a situação do Botafogo, Zé Roberto deu um carrinho perigoso e levou um amarelo. No minuto seguinte, o meia entrou forte em Ahumada e foi expulso de campo, deixando o time alvinegro com um a menos.

Em vantagem numérica, o River virou um assíduo freqüentador do campo de ataque e só não virou o marcador no primeiro tempo graças a Max, que, com boas defesas, salvou o Botafogo de levar seu segundo gol na partida.

Na etapa final, Lussenhoff foi expulso de campo aos 10min e deixou o jogo em igualdade numérica, para satisfação do Botafogo, que ainda viu Dodô marcar o segundo gol do Botafogo aos 20min, aproveitando passe de Joílson.

O time da casa ainda teve outro jogador expulso aos 27min, quando Ahumada acertou o tornozelo de Dodô e foi expulso de campo. Irritada com a atuação da sua equipe, a torcida do River Plate aplaudiu a decisão do juiz.

Mesmo abatido, o River Plate empatou o jogo aos 28min, quando Falcao chutou e Max falhou no lance. Na base do sufoco, o time argentino virou o placar aos 34min, com Rios, aproveitando cruzamento da direita.

Depois que até o goleiro Carizzo foi para a área, Ortega cruzou na área do Botafogo, aos 46min, a defesa do time carioca parou na jogada e Falcao, de cabeça, decretou a vitória e a classificação do River Plate.

===============================

PQP

Tinha o jogo na mão...

Zé Roberto mula..

Tava 1x0,depois 2x1...

:no:

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 201
  • Created
  • Last Reply

27/09/2007 - 22h19

Em duelo dramático, River Plate elimina Bota da Sul-Americana

Da Redação

No Rio de Janeiro

Revertendo uma situação que se tornou ainda mais improvável de ser mudada a partir dos 11 minutos do primeiro tempo, o River Plate, com um a menos em campo, derrotou o Botafogo, em Buenos Aires, nesta quinta-feira, por 4 a 2 e se classificou para as quartas-de-final da Copa Sul-Americana.

O resultado trouxe alívio para o técnico Daniel Passarella no comando do clube portenho. Já bastante criticado pelo desempenho da equipe alvirrubra na temporada, ele estava ameaçado de demissão. Eliminado na fase de grupos da Copa Libertadores no primeiro semestre os argentinos estão apenas em sétimo lugar no Torneio Apertura.

Por sua vez, os botafoguenses perdem a chance de conquistar um título em 2007 e entram em crise. O resultado ainda equilibrou o duelo entre os times brasileiros e os da Argentina por esta fase da competição: em quatro confrontos, dois triunfos nacionais (São Paulo e Vasco, sobre Boca e Lanús, respectivamente) e dois dos rivais (Arsenal e River, sobre Goiás e Botafogo).

O primeiro tempo, como era esperado, começou com o River Plate mais presente no campo adversário, mas sem contundência. Aos 11 minutos, o Botafogo conseguiu, com Lúcio Flávio, o tão desejado gol fora de casa, o que impediria a partida de ir para os pênaltis e obrigaria o oponente a ter que fazer, no mínimo, três gols, para eliminar o clube brasileiro do torneio internacional.

Entretanto, o time argentino, aproveitando o recuo dos atletas cariocas, conseguiu o empate vinte minutos depois, com Falcao. Além disso, aos 34min, o meio-campista Zé Roberto recebeu o segundo cartão amarelo após ter sido punido pela primeira vez um minuto antes e deixou o alvinegro com um jogador a menos. A partir daí, o clube portenho aumentou a pressão e dominou o adversário.

A etapa final se iniciou com o River Plate em busca do segundo gol, diante de um Botafogo cauteloso. Porém, dois fatores reduziram o ímpeto portenho: a atuação segura do goleiro Max e, aos 12 minutos, a expulsão do zagueiro da equipe argentina Lussenhoff, o que igualou o número de jogadores em campo e, por outro lado, tornou o duelo mais aberto, pois o campo ficou 'maior'.

E quem se aproveitou inicialmente deste espaço foram os brasileiros. Explorando os contra-ataques, o time carioca chegou ao segundo gol aos 20 minutos, com Dodô. A partida ficou ainda mais nervosa, a equipe alvirrubra perdeu outro atleta expulso aos 28min, mas, no minuto seguinte, chegou novamente ao empate, outra vez com Falcão. E, aos 34 min, Ríos fez o terceiro, pondo fogo no jogo.

Os argentinos pressionaram ainda mais e aproveitando-se do recuou e da insegurança da equipe brasileira, chegaram ao heróico quarto gol com Falcão, destaque do confronto (com três tentos), aos 47 minutos do segundo tempo.

Nas quartas-de-final da Sul-Americana, o River Plate enfrenta o classificado do confronto entre Defensor-URU e Nacional-EQU. No primeiro duelo entre ambos, na capital uruguaia, os mandantes venceram o oponente por 3 a 0. A partida de volta será realizada no dia 4 de outubro, às 18h, em Quito. Em uma das semifinais da competição, o ganhador desta chave enfrentará o vencedor do duelo entre São Paulo e América-MEX ou Pachuca-MEX.

Pelos respectivos campeonatos nacionais, as equipes voltam a campo no próximo domingo. O clube portenho, sétimo colocado, recebe, ás 14h30 (horário local), o Rosário Central, que ocupa o penúltimo lugar - será a 11ª rodada do Torneio Apertura. Já o time carioca, também na sétima posição, mas do Brasileiro, às 16h, joga, no Maracanã, contra o Goiás, na 12ª, pela 28ª jornada do certame.

RIVER PLATE

Carrizo; Ferrari, Sánchez, Lussenhoff e Villagra (Abelaires); Fernández (Domingo), Ahumada, Belluschi e Ortega; Ríos e Falcao

Técnico: Daniel Passarella

BOTAFOGO

Max; Renato Silva, Juninho, Alex; Joilson (Alessandro), Leandro Guerreiro, Túlio, Lúcio Flávio (Luciano Almeida) e Zé Roberto; Jorge Henrique e Dodô (Reinaldo)

Técnico: Cuca

Local: estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, na Argentina

Árbitro: Carlos Amarilla (PAR)

Assistentes: Carlos Galeano (PAR) e Amelio Andino (PAR)

Cartões amarelos: Alex (B), Lussenhoff ®, Zé Roberto (B), Renato Silva (B), Villagra ®, Fernández ®, Max (B)

Cartões vermelhos: Zé Roberto (B), Lussenhoff ®, Ahumada ®

Gols: Lúcio Flávio, aos 11 minutos, Falcao, aos 31 minutos do primeiro tempo, Dodô, aos 20 minutos, Falcão, aos 29 minutos, Ríos, aos 34 minutos do segundo tempo, e Falcão, aos 47 minutos do segundo tempo.

PRINCIPAIS LANCES

PRIMEIRO TEMPO

4min - Villagra recebe passe de Belluschi pela esquerda do ataque do River, invade a área do Botafogo e cruza rasteiro para trás. Ortega bate de primeira e a bola sai por cima do gol de Max.

11min - GOOOLLL DO BOTAFOGO!!! Em boa jogada pela direita do ataque brasileiro, Joilson toca para Túlio na área. O volante cruza rasteiro para trás e Lúcio Flávio chuta de esquerda, cruzado, abrindo o marcador.

31min - GOOOLLL DO RIVER PLATE!!! Após cruzamento de Ferrari pela direita do ataque argentino, Falcão, na primeira trave, antecipa-se a Renato Silva e desvia de cabeça para a rede.

40min - Quase gol do River Plate. O atacante Falcao recebe passe na pequena área brasileira e chuta, mas o goleiro Max sai de forma corajosa e evita o gol.

45min - Ortega tabela com Belluschi no ataque do River e aparece na frente de Max. No entanto, o meia chuta por cima do travessão alvinegro e desperdiça boa chance.

SEGUNDO TEMPO

10min - Fernández dá bom toque para Falcao, que entra sozinho na área e chuta forte, mas Max salva o Botafogo com grande defesa.

20min - GOOOLLL DO BOTAFOGO!!! Em ótimo contra-ataque, Joilson tabela com Dodô e entra na área pela direita. O ala rola para o meio e Dodô entra sozinho e bate no alto de Carrizo.

29min - GOOOLLL DO RIVER PLATE!!! Falcao chuta da intermediária, Max demora a pular e aceita o chute do argentino.

34min - GOOOLLL DO RIVER PLATE!!! A zaga do Botafogo vacila e deixa Ríos sozinho na área. O atacante completa de primeira o cruzamento na área e vira o marcador.

47min - GOOOLLLL DO RIVER PLATE!!! Falcao sobe de cabeça na grande área e cabeceia no canto de Max.

Link to comment
Share on other sites

Falcao mostrando que é bom na vida real também!

Dalhe River!

Link to comment
Share on other sites

Que vacilo.

Tava torcendo para o Botafogo !!

FALCÃO É REI !!!

Mostrou que não é so no FM !

PPPPUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUTA QUE PARIUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!

Que comentario Produtivo heim ! <_<

Link to comment
Share on other sites

HAUHAHUAHAHUUAHA

PIPOCA DEMAIS...

COM 1 A MENOS, RIVER METE 3 GOLS COM GOL NO ÚLTIMO MINUTO.

HAUHAHAHUAHAUHUHAUHAUHAUHAU

PIPOCAAAAAA

GOL DO ACOSTA.

Link to comment
Share on other sites

Que vacilo.

Tava torcendo para o Botafogo !!

FALCÃO É REI !!!

Mostrou que não é so no FM !

É "Falcao", sem o "~".

Eu queria ter visto este jogo, crl!!!

Ainda tentei ver se estava passando na TV aberta, sem chance!!

Link to comment
Share on other sites

Oq falar depois disso ?

apenas isso...

TIME SEM VERGONHAAAAAAAAAAAAAAAAA :thumbsdownsmileyanim: :thumbsdownsmileyanim: :thumbsdownsmileyanim:

Link to comment
Share on other sites

Po tava querendo que o Botafogo ganhasse. Vacilou demais o time.

É "Falcao", sem o "~".

Eu queria ter visto este jogo, crl!!!

Ainda tentei ver se estava passando na TV aberta, sem chance!!

Sim. Se pronuncia Falcáo.

Link to comment
Share on other sites

O Botafogo pareceu que ia longe no Brasileiro,

Que ia passar pelo River,

Pareceu que venceria a Copa do Brasil,

E no Carioca todos apostavam nele...

Agora a torcida tem um bom motivo para chorar!

Link to comment
Share on other sites

ENQUANTO ESSE TECNICO DE MERDA CHAMADO CUCA NAUM FOR DEMITIDO, EU NAUM ACOMPANHO MAIS O BOTAFOGO.

TROCAR LUCIO FLAVIO POR LUCIANO ALMEIDA EH RIDICULO.

SE O ZE ROBERTO NAUM FOR MULTADO PELA EXPULSÃO, ESSA DIRETORIA EH UM BANDO DE VIADINHO.

VERGONHA...

Link to comment
Share on other sites

Botafogo, o verdadeiro cavalo paraguaio, deu um novo sentido a expressão, tem que mudar pra cavalo botafoguense agora

ahahahahahha meu deus não acredito nisso

o time do botafogo é bem melhor e ainda estava com um a mais

Link to comment
Share on other sites

Os torcedores do River que saíram do estádio quando o Botafogo fez 2-1 não vão acreditar no que aconteceu. :D

Mas é uma pena que o Botafogo foi eliminado, acho que a falta de experiência internacional de muitos jogadores do elenco pesou também.

Link to comment
Share on other sites

Pelo menos conheceu a Argentina, depois de um bom tempo.

HAHAHAHAHHAHAHAHAHAHA !!!

Link to comment
Share on other sites

Caralho estou sem palavras to com mo carão de choro so não chorei pq sou a pessoa mais fria que conheço...NÃO aguento mais PQPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPDESISTO ESSE ANO JÁ ERAPERDER PRO RIVER É NORMAL MAS NÃO NAS CIRCUNSTANCIAS TNC CARA VSF PQPAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAZé BUTECO FDP CUCA VIADO ALESSANDRO FDPo LANCE DO 3 GOL n vi quem errou mas vai se fuder também porra entregaram a bola pro lateral pra sair o gol desisto carato muito chateado minha vontade é CHORAR POR DIAS

Pelo menos conheceu a Argentina, depois de um bom tempo.HAHAHAHAHHAHAHAHAHAHA !!!
Coisa que seu time vai ficar sem conhecer por um bom tempo
Link to comment
Share on other sites

Jorge henrique me perde 2 gols cara a cara com o goleiro. Se ele naum aprender a chutar, eh bom mudar de esporte, ir pro atletismo. Aproveita a pista do Engenhão pra treinar...

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...