Jump to content
Sign in to follow this  
VitorSouza

Chase That Dream

Recommended Posts

VitorSouza
Em 03/11/2018 at 00:29, marciof89 disse:

A demissão já era esperada, agora foi parar num time tradicional de Portugal. Se fosse na vida real, duvido que isso acontecesse hahaha

Mas vamos ver. Acho que dá pra fazer um campeonato tranquilo sim.

Boa sorte!

Também acho que dá, é um time que acabou de ser rebaixado, tem um elenco qualificado pra disputa da competição.

16 horas atrás, Henrique M. disse:

Achei meio irreal essa mudança, mas não é sua culpa. Foi o que o jogou te ofereceu.

Infelizmente é outra coisa que ocorre no Brasfoot. Os times da Série D pra baixo acabam "esquecidos" e fica até difícil de assumir algum deles no decorrer de um save.


a37DYqy.png

 

Infelizmente a montagem da tabela não nos favoreceu e iremos estrear fora de casa. Vou testar uma formação nova, abandonando aquele 4-2-2-2 que eu usei por toda minha passagem no Goytacaz: um volante, dois meias mais abertos e um "camisa 10" no meio, um 4-1-2-1-2. Em caso de desvantagem até dá pra trocar um dos alas por outro atacante, vamos ver o que o jogo irá nos reservar.

Começamos a peleja em desvantagem, o Oliveirense mantinha mais a bola no pé e chegou ao primeiro gol através de Sérgio Ribeiro, em uma troca de passes bastante rápida que envolveu nossa equipe. Não jogávamos bem, então tentei dar uma de Professor Pardal e botei o Nadjack, lateral de ofício, como ponta direita. Não rendeu, o ataque ficou ainda mais escasso. Boukassi Mehdi ampliou para eles aos 83', de cabeça, após uma cobrança de falta. Até havia tentado algumas trocas antes, como a do centro-avante. Gelson Dala, que entrou, marcou o nosso desconto nos acréscimos da segunda etapa após uma cobrança de escanteio. Derrota amarga para uma estreia.

XslIwNW.png

2ª partida: a estreia em casa foi contra o União de Leiria, clube que já frequentou a Primeira Liga nos anos 2000 e alçou José Mourinho ao Porto. Promovi a troca do volante titular a fim de dar um equilíbrio maior nos ataques da nossa equipe. O Rio Ave começou bem, pressionou mais, no início do segundo tempo até marcou um gol. Mas eu mexi mal demais, tentei tornar o Nadjack ponta novamente, depois que levamos o empate a coisa descambou e a virada veio para o Leiria. Novamente, um placar amargo que só.

 

3ª partida: fora de casa, busquei uma formação mais defensiva, um 4-5-1 com dois volantes e Diego Lopes sozinho lá na frente. Não vingou. Tivemos mais posse, uma bola vadia levou ao gol deles no início da segunda etapa. Até troquei algumas peças tentando mudar o placar e botando o time pra frente, mas não rolou. Nova derrota, agora pelo placar mínimo.

 

4ª partida: em casa, decidi ir pra cima. Abandonei Nadjack, que não vinha rendendo como o esperado, e coloquei somente um volante no meio, formando um 4-1-3-2. Deu muito certo no primeiro tempo, saímos para o intervalo com um 3x0 no placar. Uma bobeada da defesa levou ao desconto do Varzim, mas na sequência Chico Geraldes ampliou. Mexi tentando dar rodagem no elenco, bobeamos e tivemos um final sufocante, quase levando o empate. O que importa é que conseguimos os três pontos.

iHNKJwH.png

5ª partida: primeira das três complicadas viagens que teremos encarar para a Ilha da Madeira. O União da Madeira (ou União Funchal, como alguns moradores locais chamam) não apresentou muito perigo para o nosso elenco, que abriu 4x1 sem muitas dificuldades. Depois, testei um esquema de três zagueiros que não rendeu muito (e nem teria muita aplicabilidade, pela falta de reservas), levamos mais um gol e o placar fechou em 4x2.

 

6ª partida: nova vitória sem muitos sustos sobre a frágil equipe do Farense, dois golaços de chutes de fora da área. Essa sequência está nos dando um impulso bom para a sequência da liga. Independente disso, o que importa é a vitória.

 

7ª partida: um confronto difícil no acanhado campo do Vizela. Saímos na frente, mas o time adversário tinha bastante força física e se impôs no segundo tempo. Apesar do Rio Ave ter aberto o placar, fiquei satisfeito com o empate, mantivemos um desempenho constante. Além disso, a troca de goleiro que houve antes da partida contra o União está surtindo efeito, a defesa passou a ter mais cautela.

AG0c6LM.png

aET74Bo.png

Depois do início desastroso de campeonato, finalmente embalamos em uma boa sequência. Ainda não estamos muito distantes do Z4, mas tentaremos chegar cada vez mais perto do grupo de cima.

 

Elenco

CvYiPgK.png

 Uma parte do grupo tá começando a botar as asinhas de fora e a mostrar bom futebol. Vamos ver o que será possível tirar do elenco na sequência da liga.

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC

Estreou com derrota, mas aos poucos se recuperou. Vamos ver se consegue manter essa recuperação e consiga se aproximar do segundo colocado. Engraçado que neste momento está a 4 pontos para o paraíso(subida) e também a 4 do Inferno(Descida).

Share this post


Link to post
Share on other sites
VitorSouza
Em 04/11/2018 at 13:38, LC disse:

Estreou com derrota, mas aos poucos se recuperou. Vamos ver se consegue manter essa recuperação e consiga se aproximar do segundo colocado. Engraçado que neste momento está a 4 pontos para o paraíso(subida) e também a 4 do Inferno(Descida).

Pois é, LC, até agora temos um campeonato bastante equilibrado. Tá no início ainda, dá pra correr atrás do G2.


a37DYqy.png

Depois de uma rateada no início da Liga de Honra, era hora de dar sequência ao campeonato. Os últimos resultados indicam uma melhora do elenco. Resta saber se ele irá corresponder dentro do esperado ou não. São só duas vagas de acesso e cada ponto perdido pode fazer falta lá no final do ano.

 

8ª rodada: historicamente, a Académica de Coimbra é um participante recorrente da Primeira Liga portuguesa. Entretanto, desde a queda em 2016, a Briosa não conseguiu o acesso, e vem sendo mais uma camisa pesada a disputar a segundona. Mesmo jogando em casa, sofremos. Lionn foi expulso ainda no primeiro tempo e tive que botar Nadjack para fazer a função dele na lateral. Deu certo, conseguimos um empate que saiu bem salgado, tanto pela expulsão como por nosso domínio da partida.

 

9ª rodada: jogar na Vila Nova de Famalicão é outro desafio para qualquer equipe portuguesa. O time local tem um estádio pequeno, mas que quase sempre está lotado (caso dessa partida), onde a torcida apoia incansavelmente. Eles até diminuíram um pouco a cantoria quando Chico Geraldes fez 2x0 em um espaço de seis minutos, mas voltaram a mil com o gol de Deni Hocko. O 2x1 foi um bom resultado, não dominamos o jogo, mas conseguimos controlar a outra equipe.

Ua4tBhj.png

10ª rodada: outra vitória, e essa com muitos méritos. Amassamos o Gil Vicente em nossa própria casa, o placar de 2x1 saiu barato. Faltou pontaria nossa, e méritos ao goleiro do Galo de Barcelos, que segurou muita coisa. Num chutão a nossa defesa se embananou e deixou que o gol de honra viesse. A equipe realmente vem bem: logo depois do jogo, Pelé veio me falar que pessoas em nome do Leeds United vieram em busca da sua contratação, que foi prontamente recusada pelo próprio.

 

11ª rodada: um jogo complicado. Foi o que deu pra definir, afinal, o Marítimo tem a seu favor a viagem que as equipes tem que fazer até a Ilha da Madeira, e para completar estavam na liderança da LigaPro. A nossa exibição foi suficiente, saímos na frente com um gol contra, levamos um empate e no segundo tempo Hélder Guedes fez o gol de uma nova vitória por 2x1.

 

12ª rodada: havia imaginado: "bendita a tabela que nos permitiu enfrentar o lanterna logo depois do líder". Me equivoquei quando vi o Vilafranquense abrindo 2x0 na primeira etapa e deixando nossa equipe sem reação. Aquele esporro básico no vestiário, duas trocas e o empate veio rapidamente. Em um pênalti contestável, coube a Chico Geraldes virar o placar e assegurar mais uma vitória para o Rio Ave.

8BTgtFx.png

13ª rodada: novamente um time sem muitas forças nos enfrentava. A péssima partida do Olhanense nos permitiu fazer um placar elástico, mas a pontaria não estava em dia. Novamente, levamos um gol bobo no final, mas nada que abalasse o 3x1 obtido no Estádio dos Arcos. Aos poucos, já está sendo possível monitorar alguns pontos a melhorar: a defesa precisa de reforços, e o ataque precisa de um jogador mais certeiro.

 

14ª rodada: achava que seria um jogo tranquilo, mas me enganei. O Caldas não se entregou, saiu na frente, levou a virada e empatou em uma bomba do lateral Juvenal. Não gostei do jogo que o Rio Ave fez, errou muito e o 2x2 foi difícil de ser digerido. Méritos do Caldas, que nos segurou e dá continuidade a uma campanha aceitável na LigaPro.

 

15ª rodada: uma das melhores atuações do Rio Ave em todo o campeonato. Vitória maiúscula sobre o Lusitano FCV, que sequer viu a cor da bola. 4x0 com 4 jogadores diferentes marcando, e finalmente um clean sheet do Rio Ave, o primeiro desde a sexta rodada. Não dá pra tirar muita coisa pelo Lusitano ser um time bem fraco, mas é um resultado excelente, que nos botou pela primeira vez no G2 desde o início do campeonato.

 

16ª rodada: a cansativa viagem pra Ilha da Madeira, a última para lá no campeonato (ainda bem) e um confronto contra o time encardido do Nacional trouxe a derrota de volta. Um 2x0 para eles sem muita inspiração nossa. Reconheço que arrisquei ao deixar Walter López no banco, é um jogador que vinha dando conta do recado, tentei ir pra cima colocando Nadjack em seu lugar e não deu muito certo. A pausa para a Copa América e a janela de transferências vai nos dar um tempo para arrumar a casa.

N2Rdf2C.png

W2VHtz9.png

XgrXJWS.png

Uma melhora muito grande na comparação com as primeiras sete rodadas, 20 pontos de 27 possíveis conquistados e estamos na cola do G2. Falta somente um acerto fino pra meta da temporada aparecer. O ataque está em dia, já a zaga é o principal problema até agora.

 

Elenco

fEq14N5.png

Chico Geraldes e Diego Lopes vem me surpreendendo positivamente. Dois jogadores que vem mostrando faro de gol e mostram bom conhecimento do jogo. Óscar Barreto também vinha nesse pique, mas teve um declínio em suas atuações e, apesar de não ter a titularidade ameaçada, precisa abrir o olho.

 

Notícias

- Enquanto Argentina e México caíam na primeira fase, o Brasil pavimentava sua estrada para ganhar a Copa América em casa. E o fez, com um 4x1 na final sobre os Estados Unidos e uma campanha impecável com seis vitórias em seis jogos (3x2 na Jamaica, 3x0 na Costa Rica, 1x0 na Colômbia, 3x0 na Venezuela, 3x2 no Uruguai e 4x1 nos EUA). A Jamaica ficou no terceiro lugar, superando o Uruguai nos pênaltis na disputa de 3º

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Está a um passo de conseguir o sonhado acesso. Será que ele vem? Tem que ter foco e melhorar a defesa um pouco, mas isso é normal. Estamos torcendo!

Share this post


Link to post
Share on other sites
VitorSouza
Em 08/11/2018 at 10:33, marciof89 disse:

Está a um passo de conseguir o sonhado acesso. Será que ele vem? Tem que ter foco e melhorar a defesa um pouco, mas isso é normal. Estamos torcendo!

Mesmo com a LigaPRO tendo uma média de gols alta, sinto que a defesa vem nos comprometendo. É necessário mudar esse quadro.


a37DYqy.png

 

Passada a Copa América, era a hora de mexer no caixa do Rio Ave e ir as compras! Algumas posições realmente precisavam de reforços, então vamos apresentar as nossas transações.

X1sy7bZ.png

Miiko Albornoz foi uma grata surpresa. O selecionável chileno que já foi campeão da Copa América e disputou a Copa do Mundo de 2014 estava no banco do Hannover 96 após a contratação de Ben Davies por parte dos alemães. Vem pra agregar, já que seu concorrente direto, Walter López, não aguenta um ritmo tão puxado de jogos.

Yeferson Quintana veio do San Jose Earthquakes, um uruguaio promissor que foi revelado pelo Peñarol e andava meio encostado na sua última equipe.

Filipe Francisco e Calú Lindo vieram da base, a ideia é emprestar o primeiro somente.

 

Pedro Moreira não vinha sendo muito utilizado, seu contrato estava perto do fim e assim decidimos liberá-lo para os italianos do Bologna.

 

17ª rodada: mesmo com essas mudanças, o estilo de jogo da equipe não mudou. E assim fomos para o jogo contra o Sporting Covilhã, recorrente frequentador do meio de tabela, conseguiu um 4º lugar na última temporada, que acabou sendo uma exceção. Foram um adversário perigoso, nos fez suar a camisa, e o 1x0 com gol solitário de Gelson Dala foi satisfatório.

 

18ª rodada: debaixo de muita chuva, um jogo complicado contra um concorrente direto, o Académico de Viseu. Dominamos as ações, fiz trocas pra tentar fazer brotar alguém que resolvesse a parada como o Gelson fez na última partida, mas não saiu do empate sem gols. Méritos também ao goleiro adversário Rodolfo, que salvou a pele dos Viriatos por algumas vezes. Minha sorte foi que o Marítimo perdeu, mas esses dois resultados foram a deixa para que outras equipes se aproximassem do G2.

Logo na semana após esse jogo, o meia Jeffrey foi emprestado ao Bristol City para o restante da temporada.

 

19ª rodada: na última rodada do turno, não conseguimos o terceiro clean sheet seguido, mas vencemos categoricamente o Cova da Piedade em nossos domínios. Abrimos uma vantagem logo de cara, até levamos um desconto depois, mas a partir daí foi jogar pra manter a vantagem. Até que foi uma boa partida, do meio pra frente o time se comportou muito bem.

ZjA3XpX.png

20ª rodada: os reencontros da LigaPRO começavam com o Oliveirense no Estádio dos Arcos. Nélson Monte vem sendo o jogador mais indisciplinado do elenco e quase pôs tudo a perder com a sua expulsão ainda no primeiro tempo. Felizmente não nos afetou muito, Quintana fez uma partida sólida em sua função e vencemos por 3x1 novamente. O tropeço do Marítimo em casa nos colocava de volta no G2.

 

21ª rodada: um jogo louco em Leiria. A torcida se fez presente, mas nada ajudou o time da casa. Tivemos um início avassalador, eles descontaram, nós fizemos mais um, novo desconto e o primeiro tempo acabou 3x2. A expulsão de Filipe Brigues na UDL ajudou um pouco as coisas para a gente: mais dois gols saíram na segunda etapa. Com o jogo tranquilo e o 5x2 garantido, promovi a estreia de Calú Lindo. Vitória maiúscula, com o "apesar" da defesa.

 

22ª rodada: nada mais, nada menos que um confronto direto contra o Penafiel, líder do campeonato. Muita pressão por parte deles, que mostraram ter um elenco qualificado e um treinador que sabe ler o jogo. Saíram na frente, um gol inesperado de Marcelo empatou, eles novamente fizeram um gol após um pênalti e, no apagar das luzes, Chico Geraldes contou com o desvio da barreira para empatar em definitivo. Divertido para quem assistiu, infartante para quem estava lá dentro de campo.

H5ODtHX.png

23ª rodada: uma certa rotação no elenco para visitar o lanterna Varzim. Imaginei que seria um jogo tranquilo, mas acabou não sendo. Ronan nos assustou logo de cara com dois gols. Mexi, descontamos, mas não adiantou e ainda levamos o terceiro. Fica a lição que não devemos subestimar adversário nenhum, saímos da Póvoa de Varzim com um 3x1 dolorido na bagagem.

 

HhrKgN0.png

b8pGuqz.png

Uma sequência boa até uma oscilação que levou a derrota. Esse tipo de coisa não pode acontecer normalmente, nossa sorte é que os nossos concorrentes próximos também tropeçaram. As 15 rodadas finais serão quentíssimas.

 

Elenco

z0iPXTp.png

 

Notícias

- A Libertadores teve uma zebra derrotando outra na final: o Sport foi campeão continental em cima do San Martín de San Juan, e com isso passa a ser mais uma equipe brasileira com o troféu do torneio

- Com um gol solitário de Harry Kane, o Tottenham foi campeão da Champions League em cima do Barcelona. É mais uma zebra no continente;

- Outros campeões: Orlando City (CONCACAF), Zamalek (África), Changchun Yatai (Ásia) e Lae City Dwellers (Oceania)

Share this post


Link to post
Share on other sites
baltazar

Depois de uma campanha pífia no Brasil, acabou parando em Portugal, e parece que lá conseguiu se encontrar, pois até o momento vem fazendo uma boa campanha, tendo grandes possibilidades de promoção.

Espero que mantenha esse desempenho.

Boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
VitorSouza
Em 11/11/2018 at 18:09, baltazar disse:

Depois de uma campanha pífia no Brasil, acabou parando em Portugal, e parece que lá conseguiu se encontrar, pois até o momento vem fazendo uma boa campanha, tendo grandes possibilidades de promoção.

Espero que mantenha esse desempenho.

Boa sorte.

Vamos ver. Estamos em uma fase perigosa do campeonato, segundo turno começou e o cansaço pode pesar na sequência dos jogos.


a37DYqy.png

Estamos chegando na reta final do campeonato. As próximas rodadas serão de suma importância para que os jogos finais do Rio Ave sejam ou não mais tranquilos.

 

24ª rodada: jogo em casa contra o União da Madeira, que ronda o meio da tabela. Um primeiro tempo extremamente inoperante para a nossa equipe, que não mandou uma bola no alvo. Algumas mudanças no decorrer do segundo tempo e os unionistas foram completamente dominados. Um placar categórico pelo desempenho que o nosso time mostrou na segunda etapa. E que, aliado às derrotas das equipes que nos seguiam, nos deixa com uma rodada de vantagem para o 3º colocado.

l0dfkWy.png

25ª rodada: novamente os adversários nos ajudaram com resultados adversos, mas não fizemos a nossa parte. O Farense usou o fator casa a seu favor, e nosso ataque foi bem inoperante na partida. As trocas normais da segunda etapa nos levaram somente ao empate. Temos ainda uma gordura para o 3º lugar, mas não podemos dar bobeadas como nesse 1x1.

 

26ª rodada: está se tornando um roteiro corriqueiro para o Rio Ave, tomar pressão de times inferiores e conseguir virar. Apesar das ausências de Pelé e João Novais pelo terceiro cartão amarelo, conseguimos nos impor e fazer 3x1 diante de um Estádio dos Arcos lotado. A fragilidade do Vizela ficou evidente no segundo tempo com o pênalti infantil cometido em cima de Gelson Dala e convertido por Nadjack - que mostra um talento legal para bater pênaltis.

 

27ª rodada: um confronto complicado contra a Académica fora de casa. Sempre foi uma equipe tradicional demais para a Ledman LigaPRO, haviam feito um jogo duro no primeiro turno em nosso campo, mas aparentemente eles perderam muito do ritmo na sequência do torneio. Não ameaçaram muito nossa equipe na primeira etapa, e conseguimos uma excelente vitória em Coimbra. Gelson Dala está sendo uma grata surpresa, o 12º jogador, sempre incendeia a partida quanto entra na segunda etapa. Injeção de ânimo e confiança para as rodadas restantes.

sDiVEsO.png

28ª rodada: recebemos o Famalicão, vimos a equipe adversária abrir o placar e viramos na segunda etapa. Esse roteiro vem sendo recorrente nas últimas rodadas, o grupo vem mostrando poder de reação, mas não podemos esquecer que a base rebaixada da Primeira Liga foi, de certa forma, mantida. Ou seja, é mais fácil o elenco ter essa vontade de reverter o placar. De toda forma, o que importa são os três pontos que vieram do 2x1. O resultado nos botou na liderança, pois o Penafiel foi derrotado por 3x1 pelo Académico de Viseu.

 

29ª rodada: dessa vez não houve substituição nem tática que desse jeito. Visitamos o Gil Vicente em Barcelos, jogamos mal, perdemos de 2x0. Eles foram bem melhores, reconheço, neutralizaram nosso meio de campo, e para completar a nossa situação ainda tivemos a contusão de um dos homens-gol, o atacante brasileiro Diego Lopes. Felizmente não foi nada de grave, só um susto. O Penafiel também perdeu, mas outras equipes vem se aproximando...

 

30ª rodada: ... e uma delas é o Marítimo, que era nosso adversário da rodada seguinte. Jogo tenso, muito truncado. Debaixo de muita chuva, é verdade, não a toa os atacantes de ambas as equipes não pareciam interessados em dar trabalho aos goleiros. Após muito tempo, conseguimos um clean sheet nesse empate amargo. Não era o resultado que esperávamos, mas tínhamos ciência de que era um oponente complicado de ser encarado.

StdByAz.png

31ª rodada: em casa, contra o Vilafranquense, uma das equipes mais frágeis da Segunda Liga. Um mistão foi a campo e, apesar da falta de ritmo, não comprometeu. Vencemos por 3x1, um jogo que foi mais pra ganhar um certo conforto na ponta da tabela e dar ritmo a alguns jogadores. Muitos deles não jogavam há muitas semanas, então foi até certo ponto um "reencontro" com o gramado dos Arcos e com a torcida.

LKpZRxD.png

JBEgMJ9.png

Vendo essa confusão que está a briga pelo segundo lugar, só há um pensamento dentro do elenco: precisamos somar pontos o mais rápido possível para garantir o acesso, e logo depois, caso ele venha, o título. Não podemos dar mole, a concorrência vem forte.

 

Elenco

xb0osqV.png

A última sequência de jogos serviu para dar ritmo a alguns jogadores que haviam entrado pouco em campo. Até mesmo Cássio e Filipe Francisco, goleiros que nem costumam sem relacionados, ganharam suas chances nas últimas partidas. Os últimos sete jogos serão decisivos para a possível entrada de algum nome rioavista na seleção da LigaPRO.

 

Notícias

- O Unión La Calera foi campeão da Copa Sul-Americana em cima do Santos após uma vitória por 2x1 na ida, disputada no Brasil, e um empate sem gols na volta

- Mais um título continental para a terrinha: o Porto foi campeão da Liga Europa ao vencer o Atlético Madrid por 3x2 na final

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

O Penafiel tá logo ali, doidinho pra roubar sua vaga no acesso. Não pode relaxar, todo cuidado é pouco. Faltam 7 partidas, muita coisa ainda pode acontecer. Boa sorte!

Share this post


Link to post
Share on other sites
VitorSouza
Em 16/11/2018 at 01:03, marciof89 disse:

O Penafiel tá logo ali, doidinho pra roubar sua vaga no acesso. Não pode relaxar, todo cuidado é pouco. Faltam 7 partidas, muita coisa ainda pode acontecer. Boa sorte!

Pois é, apesar do Penafiel estar sem vencer há quatro jogos, eles tem uma sequência final de nível semelhante ao nosso. Valeu por acompanhar.

Atendendo a um pedido antigo do @LC, o print do Serrano, atual campeão da terceirona do Carioca: Serrano


a37DYqy.png

 

Chegamos na etapa final do campeonato. Temos cinco pontos de vantagem para o 3º lugar, o primeiro fora do acesso, faltando sete rodadas para o final da LigaPro. Hora do tudo ou nada, de suar a camisa para voltar a Primeira Liga, de onde o clube não deveria ter saído. Na semana do jogo contra o Olhanense, uma coletiva envolvia o nosso goleiro Cássio: ele vai se aposentar ao final da temporada. A nossa ideia é fazer um amistoso de despedida contra o Vasco da Gama, clube no qual ele fez mais sucesso em seu país natal, e outro jogo contra alguma equipe brasileira, ainda a ser definida, ambos no Brasil.

 

32ª rodada: partida contra o lanterna da LigaPro, que precisa tirar 9 pontos em 27 disputados para escapar da degola. Foi um jogo duro em Olhão, muitas faltas de ambos os lados e tivemos nosso artilheiro expulso. Abrimos o placar aos 43 minutos do segundo tempo, e minutos depois levamos o empate. O placar de 1x1 mostrou de forma ideal a partida de nível técnico ruim que aconteceu. Nossa diferença para o 3º colocado continua em 5 pontos após a derrota do Penafiel e a vitória do Cova da Piedade, que vem em franca ascensão.

 

33ª rodada: recebemos o Caldas em nossos domínios e, com uma equipe quase 100% titular, suamos muito a camisa. Como essas equipes da rabeira da tabela complicam o jogo! Se fecharam muito bem, e em uma investida nossa o lateral-direito acabou se contundindo. Acabamos caindo um pouco na pilha, fizemos um gol no primeiro tempo... e só. No segundo tempo não houve praticamente nada, foi só a equipe adversária se defendendo. Agora temos seis pontos de margem dentro do G2.

uwaXYB8.png

34ª rodada: a sequência da tabela nos ajudou, definitivamente. Enfrentamos o primeiro rebaixado da LigaPro, o Lusitano de Vildemoinhos, fora de casa. Mesmo nessa situação eles não se entregaram e chegaram a virar o jogo. Parece que nossa equipe desaprendeu a jogar nesses confrontos teoricamente mais tranquilos. Novamente, um empate (dessa vez por 2x2) justo pelo que o Rio Ave mostrou em campo. Foi a última partida nessa sequência contra as equipes da parte de baixo, agora é só pedreira até o final. E a diferença para o 3º caiu para 4 pontos.

 

35ª rodada: tanto desaprendemos de jogar que levamos 3x0 do Nacional, que não briga por mais nada, dentro do Estádio dos Arcos. Ridícula a atuação, jogamos quase de igual pra igual mas demos muitos espaços a equipe da Madeira, que fez o placar. Nossa diferença para o 3º segue em 4 pontos, mas agora o Marítimo nos passou e é o líder da LigaPro.

 

36ª rodada: visita a Covilhã para enfrentar o Sporting. Um ano muito mal deles, estão na briga contra a queda mas não tem elenco para estarem na parte de baixo. Mostraram garra e venceram por 2x0. A água está subindo e nosso elenco... não coloco a culpa inteira neles porque nos últimos jogos eu fiz uso de algumas "pardalzices" para manter os jogadores descansados. Precisamos urgentemente vencer as últimas duas partidas para conseguir o acesso.

Antes das duas últimas partidas, fizemos um acordo para uma "excursão" no Brasil. Iremos enfrentar o Vasco da Gama (na despedida de Cássio) e São Bento, no Rio de Janeiro e em Sorocaba respectivamente.

 

37ª rodada: foi um início muito bom, abrimos o placar cedo contra um concorrente direto, o Académico. Tivemos certo domínio na primeira etapa, mal voltamos do intervalo e o empate acabou ocorrendo em uma falha de nossa zaga. Mexi, mas não mudou muito. Novo empate, 1x1 nos Arcos, o Penafiel venceu e nos passou: não dependemos mais de nós mesmos. Uma sequência ruim no final do campeonato (e três derrotas nas primeiras rodadas, não podemos esquecer) que vai jogando fora um campeonato muito bom. O título já é do Marítimo.

 

38ª rodada: o Cova da Piedade fez uma campanha acima do esperado, nunca esteve com muita expectativa. Chegou a estar perto do G2 no decorrer do campeonato, mas não brigavam por mais nada. Com os 11 titulares... danutamos. Um empate sem gols, um Rio Ave que acabou sendo dominado e contou com uma atuação muito boa de Rui Vieira, nosso goleiro. O Penafiel venceu e subiu. Nós ficaremos por mais uma temporada na LigaPro, depois de uma sequência final terrível, uma vitória nos últimos sete jogos.

aJX4MEV.png

oyhcB38.png

w7xWalW.png

 

Elenco

hLXxQxq.png

Dentro desse elenco, vejo claramente três nomes a serem destacados: Chico Geraldes, por ter fôlego, ter jogado todas as partidas e ter sido o melhor jogador da equipe; Diego Lopes, por ser o artilheiro da equipe, teve uma sequência muito boa durante a temporada; e Rui Vieira, que assumiu a meta no decorrer da temporada e fez por onde. Essas três peças terão foco máximo na continuidade para o ano de 2020.

Algumas decepções, como Makaridze e Leandrinho, não devem seguir. Na inter-temporada iremos avaliar isso com toda a calma. Temos a aposentadoria de Cássio, alguns nomes que devem vir do sub-20, Jeffrey voltando de empréstimo... o elenco será mexido. Precisamos reforçar a linha defensiva para evitar a repetição da marca de 48 gols sofridos.

 

Notícias

- O Belenenses garantiu o bicampeonato da Primeira Liga (1946 e 2019) com uma rodada de antecedência, e irá para a Liga dos Campeões com o Vitória de Guimarães e o Porto. Sporting Braga e Boavista garantiram a vaga na Liga Europa, Santa Clara e Vitória de Setúbal caíram;

- Outros campeões pelo mundo: Schalke 04 (Alemanha), Racing (Argentina), Bahia (Brasil), Hebei China Fortune (China), Barcelona (Espanha), Lyon (França), AZ (Holanda), Manchester United (Inglaterra), Roma (Itália) e Atlas (México)

- River Plate e Benfica ganharam as Recopas continentais

- O Tottenham foi campeão do Mundial de Clubes ao superar o Zamalek por 1x0

- Diego Lopes e Chico Geraldes entraram na seleção da LigaPro

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Escapou pelos dedos o acesso, que tristeza... mas a temporada não foi ruim, só faltou o toque final. Faz parte.

Bahia campeão brasileiro, Belenenses campeão português... Por isso eu amo o Brasfoot hahahha

Boa sorte na próxima temporada!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

Achei que o acesso viria com título e chega a última atualização e nem ele veio. Para a próxima temporada, tem que entender o que se passou nessas rodadas finais.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Neynaocai
Em 19/11/2018 at 00:21, marciof89 disse:

Escapou pelos dedos o acesso, que tristeza... mas a temporada não foi ruim, só faltou o toque final. Faz parte.

Bahia campeão brasileiro, Belenenses campeão português... Por isso eu amo o Brasfoot hahahha

Boa sorte na próxima temporada!

Nada se compara hahah

Share this post


Link to post
Share on other sites
VitorSouza
Em 19/11/2018 at 00:21, marciof89 disse:

Escapou pelos dedos o acesso, que tristeza... mas a temporada não foi ruim, só faltou o toque final. Faz parte.

Bahia campeão brasileiro, Belenenses campeão português... Por isso eu amo o Brasfoot hahahha

Boa sorte na próxima temporada!

O pior é que, parando para observar, nós demos mole em alguns períodos do torneio. Perdemos os três primeiros jogos, a péssima sequência no final... em 2020 não podemos dar esse tipo de oportunidade para que outras equipes consigam pontos.

Em 19/11/2018 at 02:03, Henrique M. disse:

Achei que o acesso viria com título e chega a última atualização e nem ele veio. Para a próxima temporada, tem que entender o que se passou nessas rodadas finais.

Essa sequência final nos ferrou. Pegamos times que pareciam vendidos por estarem na parte de baixo e nos complicamos com eles.

Em 21/11/2018 at 10:56, Neynaocai disse:

Nada se compara hahah

Valeu pelo apoio. Gostei do seu nick.


a37DYqy.png

 

E finalmente chegou 2020. Entretanto, não estamos em Vila do Conde... o Rio de Janeiro é nossa estadia temporária. Não só passamos a virada de ano por aqui fazendo a pré-temporada (e isso acabou me permitindo uma visita na minha cidade natal), como estamos de olho em jogadores brasileiros, negociando de um lado, observando do outro, e já fazendo uma preparação para o primeiro jogo da temporada, um amistoso contra o Vasco da Gama em São Januário.

 

TRANSFERÊNCIAS

 

Antes da primeira partida, que será a despedida de Cássio, goleiro nosso por muitos anos (e por causa dele iremos aposentar a camisa 1 na temporada), fomos no mercado com a finalidade de mexer em algumas peças do elenco visando uma temporada mais calma.

 

Saindo

Giorgi Makaridze - o goleiro georgiano pouco convenceu na última temporada e foi vendido ao Nîmes. Não tinha atuações convincentes, era quase um "chama gol".

Leandrinho - ele vinha insatisfeito dentro do grupo pois não tinha muitas chances. De fato... mas isso porque ele não provou a que veio. O Feyenoord acabou o contratando.

Walter López - o lateral uruguaio já via a saída como algo natural e foi jogar no Lens. Mais um que foi pra França.

Lionn - outro que foi pra França, este para jogar no Nice. Até como forma de dar uma margem maior de segurança para as finanças e permitir que o jovem Calú Lindo ganhe oportunidades... o cearense de Fortaleza foi bastante indisciplinado na última temporada, não compensava muito mantê-lo.

 

Chegando

Renan - desde que chegou no Paysandu, Renan Gorne abandonou seu sobrenome e vinha sendo um nome importante da equipe paraense. Não será titular logo de cara, mas terá suas chances.

Walter Bogado - jogador polivalente, que pode atuar tanto na armação de jogadas como no ataque. Paraguaio de somente 21 anos, bastante promissor.

Rômulo - aquele mesmo, ex-Vasco, Flamengo e Spartak Moskva. Uma negociação muito complicada, o Flamengo não liberou o jogador tão facilmente. Mas conseguimos trazer, será importante no plantel a presença de um jogador mais experiente.

Kévin Rodrigues - português repatriado do Heracles Almelo, não pretendo colocá-lo jogando junto com Nadjack por terem características bem semelhantes. Pode fazer a ala direita com tranquilidade.

Chen Li - um dos melhores goleiros da última Super Liga chinesa. Veremos uma disputa boa pela titularidade entre ele e Rui Vieira.

 

1wOH5U5.png

 

 

 

AMISTOSOS

 

1º jogo: deu pena de ver o Vasco da Gama nessa situação. Uma equipe que tenta jogar mas não consegue nem dentro de seus próprios domínios. Fica devendo bastante na pontaria. E olha que o elenco vascaíno não mudou muito se comparado ao de 2018, o único nome bem diferente que eu vejo nele é o de Gum, zagueiro ex-Fluminense. É um plantel bastante entrosado. Fábio Carille conduziu a equipe de volta a Série A na última temporada.

Tivemos um pouco de dificuldade mas vencemos com um gol de Diego Lopes no final do jogo. E assim Cássio despedia-se do futebol. Alguns problemas de negociação não permitiram que ele jogasse 45 minutos pelo Vasco, nem que marcássemos um amistoso com o Olaria, primeiro time profissional dele.

bzO0Qq2.png

 

 

 

2º jogo: arrisquei contra o São Bento, fui com uma equipe quase toda reserva para dar ritmo aos jogadores. Ganhamos com um placar de 3x2, até razoável, mas o meio de campo não convenceu muito. E é praticamente o mesmo quarteto da última temporada... espero que logo eles recuperem o ritmo. Não compromete por enquanto.

 

ELENCO E BASE

 

j4x2eO2.png

 

kHDspsf.png

 

 

 

Ainda é bem cedo pra tomar decisões quanto ao elenco principal. Tivemos só dois amistosos no Brasil, não dá pra tirar uma conclusão de todos os jogadores. Jeffrey voltou do empréstimo para o Bristol City no intervalo entre os amistosos e o início da LigaPro. Me assusta a quantidade de jogadores que jogam pelo lado esquerdo presentes na base.

 

NOTÍCIAS

 

- Os times portugueses já conhecem seus grupos nas competições da UEFA.

 

O Boavista passou por Aberdeen e Jagiellonia na fase preliminar da Liga dos Campeões, e agora está no grupo 2 com Roma, Olympique Marseille e Standard Liège.

O Vitória de Guimarães está no grupo 5 da UCL, junto a Bayern München, Schalke 04 e Leicester City.

O Belenenses está no 6, junto de Manchester City, Lokomotiv Moskva e Shkëndija.

O Porto passou por CSKA Moskva e Rapid Wien nas preliminares e foi sorteado no grupo 8, que tem Manchester United, Fenerbahçe e Dinamo Tbilisi.

O Sporting Braga está no grupo 5 da Liga Europa, com Internazionale, Brann e Torpedo Kutaisi.

O Tondela está no grupo 7 da UEL, com Eintracht Frankfurt, Rangers e Viitorul Constanta.

 

- O Rio Ave já conhece a tabela da LigaPro. Irá estrear em casa contra o Real e fecha o campeonato na Vila do Conde contra o Freamunde.

- Também conhece o chaveamento da Taça de Portugal, enfrentará o Vitória de Guimarães na fase de 16-avos, e se avançar encara Sporting ou Vizela.

- Campeões estaduais pelo Brasil: Bahia (BA), Ceará (CE), América (MG), Náutico (PE), Atlético (PR), Flamengo (RJ), Grêmio (RS), Chapecoense (SC) e Corinthians (SP)

Share this post


Link to post
Share on other sites
VitorSouza

a37DYqy.png

 

Agora, 2020 começa pra valer. A LigaPro é obrigação para a torcida, que não está acostumada a passar anos consecutivos na segunda divisão. Teremos a volta da taça ao nosso calendário e um elenco reforçado para aguentar o ano.

 

1ª rodada: os times recém-promovidos do Campeonato de Portugal parecem ter um nível bastante duvidoso. O Real esteve na Liga de Honra em 2018, caiu e já voltou, mas parece ter se "contaminado" após o descenso. Abrimos 3x0 com menos de 25 minutos e cozinhamos o time de Queluz em fogo brando. Substituições de praxe, até para manter o ritmo dos jogadores, e saiu mais um golzinho no segundo tempo para fechar a conta.

 

VStRaYU.png

 

 

 

2ª rodada: um reencontro com o Académico de Viseu, um rival ferrenho na temporada passada. Jogando novamente no Estádio dos Arcos, pressionamos bastante no primeiro tempo, mas eles resistiram bem. Chegou no segundo tempo e abrimos 2x0 com extrema facilidade; a partir daí, tivemos muitos toques pro lado. A expulsão de Jung-Heong Park só complicou a vida dos alvinegros, que levaram outro gol e perderam de 3x0.

 

3ª rodada: partida complicada contra a Académica (quem montou a tabela merece um prêmio por colocar duas equipes de nomes tão semelhantes em sequência) em Coimbra. A torcida local compareceu em peso e viu uma boa pressão da Briosa, que parou nas mãos de nosso goleiro Rui Vieira. Diferentemente do último ano, nossa defesa parece ter se acertado. Quem continuou no mesmo ritmo foi Diego Lopes: nosso artilheiro fez o gol da vitória de falta, no último lance do jogo. Triunfo pelo placar mínimo.

 

4ª rodada: nosso setor de criação não estava muito inspirado. A defesa seguiu bastante afinado contra o Famalicão, mas do meio pra frente foi um sufoco. Felizmente, Óscar Barreto achou um gol ainda no primeiro tempo e os Fama Boys não tiveram um bom dia. O time mais acostumado a jogar com 3 zagueiros dentro da história recente do futebol português não fez pressão e saiu do Estádio dos Arcos com uma derrota de 1x0.

 

5ª rodada: preparei um mistão para enfrentar o Cova da Piedade fora de casa. A nossa próxima partida (estreia da Taça de Portugal) exige isso, como irei explicar mais pra frente. Nossos reservas se comportaram bem: Renan Gorne fez gol (e de resto fez número, mas ajudou na construção do placar), Kévin Rodrigues me surpreendeu positivamente e Rômulo teve uma partida sólida. A defesa tomou seus primeiros gols, mas foi uma vitória tranquila por 4x2.

 

Taça de Portugal, 16-avos - ida: é uma competição bastante importante para a sequência do ano. Lá na frente, o campeão se assegura ao menos na Liga Europa (e caso ele vá pra Champions, a vaga da UEL pode ir pro vice), e tem também o bônus financeiro. Nosso clube não vai muito bem de caixa, está se sustentando como pode. Para montar o elenco, precisamos tirar o escorpião do bolso, apostando em um retorno futuro. Tivemos mais posse, mas nada efetivo e saímos com um 0x0. Até foi um bom resultado, um empate com gols nos garante na próxima fase.

 

6ª rodada: novamente fomos com um time misto. De início jogamos bem, mas o Oliveirense surpreendeu. Os alas adversários pegaram nossas laterais meio desprotegidas e criaram uma avenida ali. Um jogo que não foi muito bom tecnicamente, não criamos muito, a pontaria ficou devendo... e levamos a virada. 2x1 para o Oliveirense em nossos domínios.

 

Taça de Portugal, 16-avos - volta: que jogo complicado da porra! Muito pegado, bolas rifadas... jogamos de igual pra igual com o Vitória no Dom Afonso Henriques. Um primeiro tempo morno e o segundo com a guerra tática. Mexi botando a equipe pra frente ao focar diretamente nas características individuais. Nesse meio tempo, uma bola vadia permitiu que Fábio Sturgeon, uma aposta de TREINADOR para a partida, mandasse a bola pras redes. Um gol nosso e estaríamos prontos para enfrentar o Sporting na próxima fase. Não deu. Caímos, mas de pé.

 

1JOPhs4.png

 

 

T0mVS9L.png

 

 

7mJR40u.png

 

 

 

Apesar das derrotas nas duas últimas partidas da sequência, ela foi proveitosa. O time se portou bem na maioria dos jogos, sabia jogar com e sem a bola, posicionamento bem treinado... o negócio que falta é um toque a mais de entrosamento.

 

ELENCO

 

JsDmQWZ.png

 

 

 

Sequências excelentes de João Novais e Rui Vieira, honrando a camisa do Rio Ave. Na zaga, percebi que Marcelo não acompanha mais o ritmo de Nélson Monte e passei a testar Marcão como dupla de zaga do português. Nos primeiros jogos se mostraram bem interligados dentro das quatro linhas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC

Vem realizando um bom campeonaato e não está deixando o Nacional abrir vantagens. Boa sorte na sequência.

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Boa campanha, com contornos de acesso (e quem sabe até título). Porém os 3 jogos sem vitória podem influenciar na sequência. Boa sorte!

Share this post


Link to post
Share on other sites
VitorSouza
Em 06/12/2018 at 10:12, marciof89 disse:

Boa campanha, com contornos de acesso (e quem sabe até título). Porém os 3 jogos sem vitória podem influenciar na sequência. Boa sorte!

Essa sequência foi desastrosa... vejo que o elenco ainda não está de todo preparado para jogar contra equipes da Primeira Liga, mas essa habilidade vem com o tempo.

Em 04/12/2018 at 12:57, LC disse:

Vem realizando um bom campeonaato e não está deixando o Nacional abrir vantagens. Boa sorte na sequência.

Agradeço o apoio. O Nacional é outra equipe que está doida para voltar à Primeira Liga, não devem amolecer na disputa.


a37DYqy.png

 

Passada a ressaca da eliminação na Taça de Portugal, precisávamos voltar rapidamente as atenções para a Ledman LigaPro. Tivemos um bom início, mas não podemos dar moleza: Oliveirense, União da Madeira e Vitória de Setúbal tiveram um início satisfatório e estão na cola. Além de Santa Clara e Académica, que tem um elenco qualificado para o torneio mas ainda não engrenaram.

 

7ª rodada: quis a tabela que o primeiro jogo logo depois da queda na competição eliminatória fosse na Ilha da Madeira, contra o líder Nacional. Tomamos uma pressão muito forte no primeiro tempo, quase 70% de posse para a equipe local. Fiz duas mudanças, e logo após uma jogada de velocidade que contou com um vacilo de Nuno Campos, João Novais saiu do banco para abrir o placar. Fiz mais uma troca, mas a pressão do Nacional seguia forte e eles empataram com o moçambicano Witi. O 1x1 soou satisfatório por nossa atuação, mas a tabela não demonstrou isso: o União goleou o Praiense e assumiu nosso lugar no G2.

 

2mMTkTl.png

 

 

 

8ª rodada: recebemos o União de Leiria no Estádio dos Arcos. Vimos duas equipes aguerridas, seja o Rio Ave com um jogo visivelmente mais físico ou o União congestionando o meio de campo. Saímos do primeiro tempo com vantagem, a guerra tática dos treinadores... e quando saiu o nosso terceiro gol, no minuto seguinte tivemos Nélson Monte expulso. Perdemos um pouco de nossa força ofensiva, mas saímos com o triunfo por 3x1.

 

9ª rodada: nova viagem para a Ilha da Madeira, agora para encarar o União. Jogo fraco tecnicamente, muita ligação direta e pouca bola no chão. Rui Vieira fez uma partida espetacular e foi um dos pilares da equipe. Gelson Dala saiu do banco e novamente deu o gol da vitória por 2x0. Não acabaram as viagens cansativas para fora do território continental pois o Praiense e o Santa Clara são dos Açores, mas metade desse sacrifício está concluída.

 

10ª rodada: jogo extremamente sofrido contra o Farense. Pressionamos muito, inúmeros chutes ao gol, duas bolas na trave, Danny van der Meirac segurou como pôde para os leões. Mas no segundo tempo, depois de mais pressão nossa e retranca alvinegra, a porteira abriu. Eles ainda conseguiram fazer um com Irobiso, que valeu como gol de honra de um 4x1 construído inteiramente na segunda etapa, com quatro jogadores diferentes marcando.

 

IAoUv3n.png

 

 

 

11ª rodada: na medida em que a corda das finanças ia apertando, viajamos para Covilhã com essa questão das renovações na cabeça. Tive que abrir o jogo para o grupo, afinal, eles precisariam reduzir salários a longo prazo e a maioria parece ter entendido. Dentro de campo, Efraim Azevedo foi o nome da partida, fazendo um gol contra de cabeça e um golaço de falta. O 1x1 representou bem a partida, bastante truncada no meio de campo e sem muitas chances claras de ambos os lados.

 

12ª rodada: as duas equipes que vem destoando bem do resto dos participantes são o Gil Vicente e o Vilaverdense, que tem, após 11 partidas, 5 e 1 pontos somados, respectivamente. Recebemos o Galo de Barcelos em nosso campo e pecamos muito nas finalizações. O conforto prevaleceu depois de um 2x0 no placar com 6 minutos de jogo. Não foi uma exibição de gala, mas... tá de bom tamanho um 3x1.

 

13ª rodada: fomos até Vizela para enfrentar a equipe local, uma das surpresas da LigaPro. Um clube sem muitos investimentos e que está com uma campanha boa, se aproximando do G2. Arrancamos um empate suado em outro jogo difícil de se ver, a atuação nossa foi bastante questionável. Diego Lopes nos salvou com um gol no final da segunda etapa, assegurando o 1x1.

 

14ª rodada: salários debitados no meio do mês e as dívidas aumentando... diante desse cenário, recebemos o nosso rival Varzim. A torcida, desconfiada pelas notícias que saíram na imprensa local, segue presente, mas a claque não está tão atuante nas arquibancadas. Passamos um sofrimento desnecessário na partida; apesar da vitória por 2x1, não acho que tivemos uma boa atuação. O gol de desempate saiu em uma bola rifada e os poveiros acuaram a nossa equipe no campo de defesa no final do jogo.

 

15ª rodada: primeira vez na carreira que enfrento o Vitória de Setúbal, recém-rebaixado da Primeira Liga. Não vem mostrando um futebol competitivo, e pareceu mais interessado em bater do que jogar contra a gente. Um expulso para cada lado ainda na primeira etapa e divididas fortes, mas o juiz conseguiu controlar a situação. Bola que é bom só tivemos uma na rede, a de Óscar Barreto, que garantiu mais uma vitória nossa.

 

VVEyfUl.png

 

 

 

16ª rodada: jogo nos Arcos contra o Santa Clara. Saímos atrás após um gol do iraquiano Rashid, mas em um esforço excepcional de nosso onze, viramos o placar da partida, para a alegria de quem estava no estádio. Partidaça do volante Rômulo, que mandou no jogo na segunda etapa; de toda forma, estão todos de parabéns por estarem se doando 110%, mesmo com todos os problemas financeiros que assolam a equipe. O 2x1 é inteiramente de quem entrou em campo.

 

hgtp6ll.png

 

sSnVWa9.png

 

 

Não imaginava que, a essa altura do campeonato, fôssemos estar tão distantes do terceiro colocado. 11 pontos de vantagem é uma senhora distância, mas não podemos dar chance pros rivais e garantir a volta o quanto antes. A torcida aguarda ansiosamente.

 

ELENCO

 

Eeow8qR.png

 

 

 

A boa notícia é que conseguimos estancar a sangria financeira pela qual o Rio Ave se encontra. A má é que, apesar disso, precisaremos vender e emprestar alguns nomes do elenco. Olhando a planilha, alguns nem tiveram chances de se mostrarem na equipe, outros não a agarraram como o esperado. Ainda teremos um pessoal da base a ser promovido... mudanças virão.

 

NOTÍCIAS

- Após uma final emocionante com uma virada nos minutos finais, a Itália garantiu a Eurocopa após vencer a Tchéquia por 2x1; a Polônia ficou em terceiro lugar

Edited by VitorSouza

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Vai subir com folga, com direito a título. Já tá no papo hahahaha

Share this post


Link to post
Share on other sites
VitorSouza
Em 14/12/2018 at 21:39, marciof89 disse:

Vai subir com folga, com direito a título. Já tá no papo hahahaha

A campanha está nos credenciando mas prefiro manter a calma. A última temporada foi traumatizante para a torcida e não quero dar essa tristeza para a malta novamente.


 

a37DYqy.png

 

Como eu vinha comentando anteriormente, o time está muito bem dentro de campo, mas fora deles estamos com alguns problemas financeiros que não nos impedem de honrar com os compromissos, mas compromete um pouco a moral dentro do grupo e perante a torcida. Por isso, iremos mexer no meio da temporada para aliviar esse ponto.

 

C3PtCwr.png

 

Temos dois nomes recém-promovidos da base, Rúben Grilo e Fábio Alves. Ambos bem novos, 19 anos de idade, com um período de base no Rio Ave. Os promovi mais para compor elenco, mas eles estão cientes de que poderão ser chamados em momentos mais avançados da temporada.

E dá pra dizer o mesmo do Xavi, zagueiro português que veio do Felgueiras. Temos peças novas que vem para fechar o grupo e substituir quem saiu.

 

Marcelo, zagueiro brasileiro que honrou muito a nossa camisa. Não vinha sendo tão utilizado (Marcão assumiu seu posto de titular) e foi negociado com a Real Sociedad.

Já o meia paraguaio Walter Bogado teve seus ataques de estrelismo. Não fez por onde dentro de campo, recusou uma renovação de contrato na qual seu salário diminuía... e mesmo assim foi pro Sevilla. Não entendi como ele conseguiu essa nova equipe, já que não teve boas atuações aqui.

 

Precisamos reduzir o salário de boa parte do elenco para ter mais segurança financeira. Aceitaram, mas nem todos satisfeitos.

 

17ª rodada: o Vilaverdense tem uma pecha muito grande de rebaixado. Somou cinco pontos em 16 partidas, um público baixíssimo em seu campo e um time que vive na retranca. Apesar disso, nosso ataque estava muito ruim de mira e o gol da vitória por 2x1 saiu aos 50 minutos da segunda etapa, dos pés de nosso artilheiro Diego Lopes. Jogo sofrido, mas que vale o título simbólico de campeão do primeiro turno, já que o Sporting Covilhã perdeu para o Nacional em um confronto direto.

 

18ª rodada: nosso ataque segue descalibrado e, recebendo o Praiense, clube dos Açores, tivemos muitas chances e poucas efetivas. Conseguimos sair atrás, mas o volante Pelé fez o gol que selou o placar em 1x1. Infelizmente essa sequência me traz a lembrança da última temporada, foi assim que perdemos o acesso: no final de turno, contra equipes de meio de tabela pra baixo, perdemos pontos preciosos na briga pelo acesso.

 

19ª rodada: mais um jogo com péssima pontaria. Visitamos o franco-atirador Freamunde e tivemos um aproveitamento horrível das finalizações, tendo acertado na direção do gol um quarto dos chutes. O time local teve boas chances mas não as aproveitou até o último instante, em um pênalti convertido por Reis Silva eles saíram com a vitória. Sigo insatisfeito com o desempenho, que nem lembra aquele time avassalador das primeiras partidas.

 

M5z332G.png

 

 

 

20ª rodada: não foi uma partida boa da nossa parte. Contamos muito com a ótima atuação de Rui Vieira e o gol de Gelson Dala. Seguramos o Real na medida do possível e saímos de campo com a vitória por 1x0. Aos poucos vamos redefinindo o entrosamento e fazendo um novo acerto na equipe titular.

 

21ª rodada: depois de partidas amarradas, tivemos um jogo interessante contra o Académico de Viseu. As duas equipes buscando muito o ataque, tanto que os gols saíram todos na primeira etapa. Algumas falhas de marcação de ambos os lados (e muita velocidade) que permitiram que a bola morresse no fundo da rede. Apesar de não ter sido o resultado ideal, fico satisfeito com a atuação do Rio Ave nesse 2x2. Temos que melhorar a pontaria, de fato.

 

22ª rodada: agora tivemos uma atuação bem abaixo contra a Académica e nada nos salvou. Atuação muito boa de Kaká, camisa 10 da Briosa, que fez um gol de falta e outro de cabeça. Não conseguimos criar muita coisa, mesmo com um a mais no final do jogo. Perdemos de 2x0 com uma atuação que justifica bem o resultado.

 

23ª rodada: como sempre, uma partida difícil na Vila Nova de Famalicão. Fui com um time misto (era a primeira partida no meio de semana) e sofremos novamente com a falta de pontaria. Muitos chutes fora da direção do gol, dando pouco trabalho ao goleiro Gabriel. Nos últimos minutos, as mudanças começaram a surtir efeito, e nos acréscimos João Novais (que veio do banco) selou a vitória por 1x0, que nos deixa um pouco mais tranquilos.

 

24ª rodada: recebemos o Cova da Piedade e tivemos uma atuação de gala. Os visitantes pouco ameaçaram, estavam com a pontaria muito fora de forma (Rui Vieira só precisou espalmar uma única vez a bola), e fizemos a festa. Todos jogaram muito bem, sobretudo João Novais e Diego Lopes, que tiveram ótimas atuações e marcaram dois gols cada um. Muito feliz com a forma em que a partida se desenrolou.

 

rHgSIbZ.png

 

 

 

25ª rodada: partida complicada contra a UD Oliveirense e uma vitória que saiu no segundo tempo, modéstia a parte, por causa das mexidas do treinador. A última mudança trouxe Renan Gorne ao campo, e o 4-4-2 ofensivo virou um 4-3-3 com dois pontas (Renan e Fábio Alves, ambos substitutos). Em uma jogada de velocidade no final da segunda etapa, saiu o gol da vitória por 1x0, que veio dos pés do próprio Renan.

 

26ª rodada: um confronto direto nos Arcos contra o Nacional. O clube da Ilha da Madeira sempre foi uma pedra no sapato quando eu o enfrentei na temporada passada e no primeiro turno da LigaPro. Eles saíram na frente, mas conseguimos virar o placar com tranquilidade. O Nacional se desesperou após o empate e levou outros dois gols. No segundo tempo, Renan Gorne fechou o placar em 4x1.

 

 

lnX6qZ0.png

 

QZwxk9h.png

 

 

 

Não imaginava que a sequência fosse tão contrastante. Tivemos más atuações no início dela, mas as quatro últimas partidas foram excelentes. Temos uma vantagem razoável, mas sempre prefiro pensar que o acesso só vem na matemática.

 

ELENCO

 

Nzqx6IU.png

 

 

 

O revezamento está rendendo frutos: Renan vem se mostrando um atacante bem presente, Rômulo é um reserva a altura de Pelé, Xavi merece mais apostas... a ideia é rodar totalmente o elenco a partir de um acesso antecipado, caso ele venha. Novos jogadores da base devem ser promovidos até o final do ano.

 

 

NOTÍCIAS

 

- Com gols de Fazio e Manolas, a Roma garantiu o título da Liga dos Campeões da Europa ao vencer o Bayern München por 2x1;

- Quem também festejou foi o Bahia, campeão da Libertadores após passar pelo Godoy Cruz por 3x2 no agregado;

- Outros campeões continentais: Orlando City (CONCACAF), Mazembe (África), Kawasaki Frontale (Ásia) e Erakor Golden Star (Oceania);

- O Peñarol foi campeão da Sul-Americana e o Sporting Braga foi campeão da Liga Europa;

- O Mirassol garantiu o título da Série C após vencer o Avaí na final; será a primeira vez que o leão irá jogar a Série B

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Tá mantendo a previsão que eu fiz, continuo achando que vai subir com propriedade, apesar de ter feito jogos meio estranhos nessa sequência.

Vejo que o Brasfoot continua com esse problema de finanças. Todo time que se preza nesse jogo, fica sem grana cedo ou tarde na temporada hahhaha

Boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC

Vem numa sequência muito boa, com 4 vitórias seguidas e se manter essa performance nos próximos doze jogos...Vai subir direto. Boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
VitorSouza
Em 20/12/2018 at 14:54, marciof89 disse:

Tá mantendo a previsão que eu fiz, continuo achando que vai subir com propriedade, apesar de ter feito jogos meio estranhos nessa sequência.

Vejo que o Brasfoot continua com esse problema de finanças. Todo time que se preza nesse jogo, fica sem grana cedo ou tarde na temporada hahhaha

Boa sorte.

Tivemos partidas bem ruins, mas o final da sequência foi bom, com vitórias justas em times de nível próximo. Vem sendo um sufoco equilibrar as finanças, mas dá certo. Infelizmente desde que o Brasfoot passou pro Java em 2016 isso vem sendo um problema.

Em 22/12/2018 at 12:12, LC disse:

Vem numa sequência muito boa, com 4 vitórias seguidas e se manter essa performance nos próximos doze jogos...Vai subir direto. Boa sorte.

A ideia é manter a cautela até o acesso matemático para evitar um fim de temporada igual ao da última. Valeu por acompanhar, LC.


 

a37DYqy.png

 

Finalmente chegamos ao terço final. Temos atualmente oito pontos de vantagem para o vice-líder Sporting Covilhã, e dez para o terceiro colocado Nacional. O prognóstico é bastante animador por nossa campanha até aqui, mas o final de 2019 foi muito ruim e aquilo acabou nos custando o acesso. Estou sendo repetitivo, mas não podemos dar chance para o azar.

 

27ª rodada: a sequência começou mal. Tivemos um jogo difícil contra o União de Leiria, parecia até que o espírito de José Mourinho havia baixado neles. Jogaram bem, seguraram nossa equipe o suficiente. Abriram 2x0, a nossa pontaria estava muito ruim, ainda assim conseguimos empatar. De nada adiantou, pois três minutos depois Rosado fechou o placar em 3x2. Continuamos com uma vantagem confortável para o terceiro lugar, 9 pontos, mas de qualquer forma não podemos dar esse mole.

 

V7LnHFS.png

 

 

 

28ª rodada: suamos um pouco para chegar ao ataque contra o União da Madeira nos Arcos, mas quando chegamos abrimos 2x0 no período antes e após o intervalo. A partir daí foi segurar a vantagem, até levamos o gol de honra mas Nélson Monte fez, de cabeça, o tento que definiu o placar em 3x1. Agora sim, um placar e atuação dignos de parabéns, fizemos a alegria da torcida, bem desconfiada após a partida anterior. Agora temos 12 pontos de vantagem para o primeiro fora do G2.

 

29ª rodada: visita à cidade do Faro para enfrentar o Farense. Não jogamos mal, só batemos de frente com uma retranca muito bem armada. A equipe local chutava pouco, armava pouco, até tinha a posse mas ficava tocando na parte defensiva do campo... pareciam satisfeitos com o empate. Num contra-ataque confuso, coube a João Novais a distribuição da jogada. Um toque na esquerda, um cruzamento mal feito que sobrou para ele, que mandou no fundo do gol. Vitória pelo placar mínimo. Seguimos com 12 pontos a mais que o Nacional e sete para o vice-líder Sporting Covilhã.

 

30ª rodada: quis a montagem da tabela que o próximo jogo fosse justamente contra o vice-líder. Os torcedores mais fervorosos diziam que era uma final antecipada, um jogo de seis pontos, tudo ou nada para ambas as equipes. Ainda tínhamos uma vantagem confortável a nosso favor mesmo em caso de derrota (quatro pontos). Um jogo dessa envergadura exigia titulares e reservas como a teoria pede, sem chances para jovens da base. E assim fomos.

 

Pra ser bem sincero, não foi lá uma partida muito bonita de se ver. Bastante brigada, muitas faltas bobas com o intuito de deixar a partida mais lenta... uma delas que causou nosso primeiro gol. Na quina da área, Gelson Dala recebeu um passe, tirou de Gerson Júnior e mandou, o goleiro ainda espalmou mas entrou. Aberto o placar. No segundo tempo, um erro de reposição do Covilhã deu a chance a Pelé de ampliar, e ele não desperdiçou. No final, mais relaxados, ainda sofremos o gol de honra, mas assim terminou, 2x1. O Sporting se segura como pode, é uma equipe batalhadora. Se subirem vai ser merecido, sem muitos destaques estão fazendo uma grande campanha.

 

Or3zs8R.png

 

 

 

 

31ª rodada: com o calendário apertando, botamos um time misto para encarar o Gil Vicente em Barcelos. Corremos um risco desnecessário, apesar de serem o penúltimo colocado fizeram um jogo duríssimo. Renan e Rômulo tiveram boas atuações e provaram que merecem mais chances no time titular, cada um fez um gol. Diego Lopes fez o outro da nossa equipe, mas não foi brilhante. A defesa vacilou e tivemos um "placar bailarino": 3x3. Agora temos 10 pontos de vantagem tanto para o vice-líder Nacional como para o terceiro colocado Covilhã.

 

32ª rodada: mais sofrimento nos Arcos contra o Vizela. Mesmo sem brigar por nada, eles abriram o placar no começo do segundo tempo. Algumas mudanças e conseguimos virar o placar. A briga pela camisa 10 entre Chico Geraldes e João Novais é muito boa. Ambos jogam muito, conseguem armar as jogadas, hora ou outra fazem uma função de ala e ainda fazem os gols, justamente o caso de hoje, com os gols da virada e que fecharam o placar em 2x1.

 

Com 18 pontos por disputar, temos 12 de vantagem para o vice-líder Rio Ave e 13 para o Sporting Covilhã, terceiro lugar. Não imaginei que diria isso tão cedo, mas estamos bem tranquilos. Para alguns, o campeonato já acabou: o Vilaverdense é o primeiro rebaixado. Foi um completo turista na LigaPro.

 

33ª rodada: uma atuação muito abaixo do esperado contra o Varzim. Perdemos de 2x0, sofremos os dois gols na primeira etapa de jogo. O time não teve poder de reação. Alguns jogadores subiram no salto depois da vantagem que se abriu. A boa notícia é que, com 15 pontos em jogo, o Nacional está 11 atrás de nós e o Sporting Covilhã, 12. Uma vitória recoloca o Rio Ave na Primeira Liga.

 

34ª rodada: recebemos o Vitória de Setúbal nos Arcos. A torcida, extremamente empolgada, fez a festa nas bancadas. O time também teve uma boa atuação em campo. Só faltou uma coisa importantíssima: saiu o gol. Mandamos bem na solidez defensiva, mas o ataque ficou devendo... e o jogo terminou empatado em 0x0. Nove pontos à frente do Nacional e 10 à frente do Sporting Covilhã. O Gil Vicente foi rebaixado nessa rodada.

 

35ª rodada: viajamos até os Açores para enfrentar o Santa Clara no que poderia ser o jogo do acesso. Com um time bem misto, mostramos mais vontade de jogo e Gelson Dala abriu o placar aos 14 minutos. O zagueiro Xavi foi expulso aos 23', mas nada que atrapalhasse nossos planos. No final do primeiro tempo vencíamos, o Nacional vencia e o Sporting também. Os resultados nos davam o acesso, enquanto o título ficava para o próximo jogo.

 

Na volta pro segundo tempo, Hélder Guedes ampliou. Os cerca de 150 torcedores que viajaram de Vila do Conde até Ponta Delgada entraram em êxtase, pois só um desastre nos tiraria a subida. E a situação melhorou mais ainda quando André Afonso, do Farense, empatou a partida contra o Nacional. O Covilhã também tinha levado a virada. Conseguiríamos título e acesso em uma só tacada! Pineda, contra, ampliou o placar para Santa Clara 0x3 Rio Ave. Os Açoreanos descontaram com Vítor Alves, mas de nada adiantou: o juiz apitou e o RIO AVE É CAMPEÃO DA LEDMAN LIGAPRO!

 

b2TVeZj.png

 

 

 

Uma festa contida no gramado após o apito final. Todo o elenco, mesmo os não-relacionados, viajou para os Açores na expectativa do acesso, e de brinde conseguiram o título. Um momento muito emocionante não só meu, que via a volta por cima após fiascar em Campos dos Goytacazes e ver o acesso escorrer no ano anterior pelo mesmo Rio Ave, mas também de todo o grupo. Jogadores da base, nomes contratados na atual temporada, ídolos da torcida... todos vendo a história acontecer na frente de seus olhos. A festa, de verdade, ficaria para o próximo jogo. O recebimento da taça e a comemoração diante da torcida.

 

36ª rodada: novamente, tivemos um elenco bem mesclado para o jogo contra o Vilaverdense no Estádio dos Arcos. Nélson Monte, Xavi e Chico Geraldes estavam suspensos, mas seriam desfalques sem tanta importância nesta partida. Agora iríamos só cumprir tabela. Jogo memorável para Diego Lopes, que teve a oportunidade de fazer hat-trick de falta, pênalti e cabeça. Óscar Barreto também deixou o dele. Atuação de gala, mesmo com o gol sofrido, marcado pelo malaio Syamer Kutty. 4x1 com muito respeito... e a entrega da taça para deixar toda a torcida bem feliz. Estamos voltando!

 

37ª rodada: nova viagem aos Açores, mas agora enfrentaremos o Praiense, que está em uma situação desesperadora: precisa vencer as duas partidas restantes e torcer por duas derrotas de Farense e Freamunde. O nervosismo bateu forte e eles cometeram dois pênaltis, um desperdiçado por Diego Lopes e outro convertido por Renan. Vencemos pelo placar mínimo, resultado que rebaixou a equipe local.

 

38ª rodada: a despedida da temporada foi em casa, contra o Freamunde. Outra equipe desesperada para não cair, que passou o jogo todo na defesa, ainda assim conseguiu achar um gol, mas perdeu por 2x1. Só não caíram pois o Farense também perdeu e foi rebaixado com os mesmos 42 pontos, mas caiu por ter duas vitórias a menos.

 

u3QNwXq.png

 

 

P9W2FS2.png

 

 

Com o perdão do palavreado, mas que campanha foda! Sabia que tinha um grupo muito bom, mas fiquei impressionado o lugar em que chegamos. Campanha impecável, perdemos algumas partidas por descuido, poucos empates... o elenco está de parabéns. O Nacional nos acompanha de volta a Primeira Liga.

 

ELENCO

 

iEjOv3q.png

 

 

Um dos pontos que eu gostei da temporada foi que todos tiveram a chance de mostrar seu futebol por ao menos 90 minutos. Somente Diego Lopes jogou todas as partidas do ano, mas pudera, o cara é sensacional, corre, dribla, chuta, faz gol e ainda tem fôlego pra jogar o ano todo. Centroavante nato.

 

No decorrer da temporada também surgiram algumas boas surpresas. Renan Gorne demorou para engrenar e mostrou faro de gol, Xavi fez partidas consistentes na zaga, Marcão assumiu a titularidade com responsabilidade... vai ser difícil pensar em mudanças. De qualquer forma, agora não é hora para isso. Já marcamos uma nova sequência de amistosos, agora na Espanha, contra Celta de Vigo e Cádiz.

 

 

NOTÍCIAS

 

- O Sporting foi campeão da Primeira Liga e irá para a Liga dos Campeões junto do Benfica e do Sporting Braga. Porto e Portimonense estarão na Liga Europa, Desportivo Aves e Penafiel caíram;

- Outros campeões pelo mundo: Bayern München (Alemanha), Boca Juniors (Argentina), Grêmio (Brasil), Shanghai SIPG (China), Atlético Madrid (Espanha), PSG (França), Utrecht (Holanda), Manchester United (Inglaterra), Roma (Itália), Chivas Guadalajara (México) e Peñarol (Uruguai)

- Sport e Porto ganharam as Recopas continentais

- A Roma foi campeã do Mundial de Clubes ao derrotar o Mazembe por 2x1 na final; Orlando City foi terceiro e Bahia foi quarto

- Nélson Monte, Pelé e João Novais entraram na seleção da Ledman LigaPro

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut

Parabéns pelo título e pela promoção! Agora vamos ver como se sai na divisão superior. Não sei quão difícil é esse salto no brasfoot...

Aliás, não sei se tu chegou a falar disso em algum lugar, mas pretende continuar na equipe ou se receber proposta melhor abandona o barco?

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Parabéns pelo acesso, com direito a título! Tem um bom time, acha que vai ter que mexer muito pra aguentar a Primeirona?

Share this post


Link to post
Share on other sites
baltazar

Parabéns pelas conquistas, agora é se preparar para a nova temporada que promete bastante.

Boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...