Jump to content
Sign in to follow this  
Henrique M.

Como utilizar eficientemente o goleiro líbero no FM?

Recommended Posts

Henrique M.

Y7X3wKp.jpg

Uma das melhorias mais importantes do Football Manager 2018 foi a melhoria nos goleiros. Mais especificamente na função de Goleiro Líbero e na forma que ela atua dentro do próprio jogo. Antigamente eu ficava entre a função tradicional de Goleiro e talvez Goleiro Líbero - Apoiar, mas realisticamente quase não havia diferenças. Especialmente quando eu dava instruções ao meu goleiro para tocar a bola para os zagueiros. Eu raramente via o tipo de futebol que espera-se de um goleiro líbero, mas graças as modificações dessa nova edição, ela se tornou primordial para meu sistema de jogo no Bournemouth. Portanto, nesse guia você vai entender como usar eficientemente o goleiro líbero no FM, por que ele é tão importante e os exemplos de como ele adiciona positivamente ao estilo de jogo da minha equipe.

Primeiramente, vou apresentar o jogador que utilizo na função: Timo Horn. Com uma clausula de rescisão de apenas 17,5 milhões de euros, você pega um dos melhores goleiros do jogo por um preço absurdamente baixo. Uma olhada rápida em seu perfil e já dar para perceber que ele tem a maioria dos atributos necessários para um bom goleiro líbero. Ele é muito bom no Um para Um, algo que certamente pode ocorrer num esquema mais agressivo, excelentes atributos de distribuição de bola (e com bastante espaço para melhorar seu atributo de Passe). Além disso, com excelente Frieza Antecipação ele se torna adequado demais para fazer a função.

1409192354_TimoHorn_GeralPerfil.thumb.png.6d2f4527ed055659cdc2c206aff9ec77.png
Um dos melhores goleiros líberos do jogo e por apenas 17,5 milhões de euros

No passado, quando eu escolhia por usar um Goleiro Líbero, a função seria Apoiar. Entretanto, eu queria tirar testar e tirar o máximo possível da capacidade de Timo Horn com a bola e usá-lo efetivamente na nossa construção de jogo a partir da defesa. Tendo isso em vista, passei a usar o Goleiro Líbero - Atacar

Apesar de a descrição oficial da função falar dos goleiros fazer realmente a função de Líbero defensivamente, saindo para cortar bolas na intermediária ou na lateral, como em algumas ocasiões já vimos Neuer fazendo, o jogo realmente não aplica isso adequadamente. Portanto, é algo que pode estar vindo nas próximas edições, caso continuem seguindo na melhoria dessa função. Afinal de contas, essa é a principal característica que associamos com um Goleiro Líbero, e foi isso que marcou os grandes nomes da função como Grosics, Jongbloed, Gatti, Valdes e Neuer. É o próximo passo na replicação na definição natural da função dentro do jogo. E esse é um comportamento que já tinha sido descrito por Kenneth Wolstenholme em 1954 como:

Quote

Heterodoxo, mas efetivo

Essa citação refere-se ao uso de Gyula Grosics (você pode conhecê-lo melhor nesse artigo em inglês da These Football Times) na seleção húngara de 1954 e exaltava a importância do arqueiro para o estilo de jogo do time. Essa geração de jogadores da Hungria ficou conhecida como Aranycsapat ou Time de Ouro. Da mesma maneira que Grosics era vital para a Húngria, e Honved, Timo Horn tornou-se para o meu Bournemouth.

No começo, enquanto treino o passe do goleiro, resolvi ser mais cauteloso, pedindo passes mais curtos, mas assim que o atributo começar a progredir, removerei a instrução. Além dessa instrução, também peço para que ele distribua para os zagueiros. Naturalmente a função já conta com as instruções Driblar mais e Mais passes de risco. Essas instruções fazem com que ele seja mais ativo na reposição curta de jogo, ajudando na construção do jogo, ao passar a bola para seus companheiros de zaga.

1072423870_1.FCKln_VistaGeral.thumb.png.7ebcbe8fd02d1c9787a5404a7305c7f0.png,

Quando analisamos algo no Football Manager, ou no futebol em geral, você não pode olhar apenas para um ponto de vista isolado. Você tem que analisar como os jogadores ou as funções encaixam em todo o sistema. Eu poderia criar a função perfeita para um camisa 10, mas se ele não encaixar com o restante do time, ele torna-se inútil. É a mesma coisa no caso do Goleiro Líbero. Na minha tático com o Bournemouth, Horn fica atrás da linha de quatro defensores, com um Defesa com Bola - Defender e um Defesa Central - Defender e dois Ala - Apoiar. Eu mostrarei posteriormente a forma que a equipe sai jogando em breve, mas isso acaba gerando o ambiente perfeito para Horn ter a bola e fazer os passes adequados para a bola progredir cuidadosamente pelo campo. Ter um Construtor de Jogo Recuado - Defender também é extremamente importante, como verão posteriormente.

Você deve até estar pensando que eu uso a instrução Jogar A Partir da Defesa para tirar o máximo de Horn, mas eu não tenho necessidade dela. É possível enxergar constantemente meu time fazendo isso sem a instrução, já que peço Passes Mais Curtos nas Instruções à Equipa. Isso significa que todo o meu time irá procurar o jogador que estiver mais próximo dele na hora de passar, o que logicamente faz com que a defesa já tenha que sair jogando sem rifar a bola. Com uma mentalidade Controlar e com um maior Liberdade Criativa, o time também tem a oportunidade de fazer passes mais longos caso seja necessário, e meu goleiro líbero tira vantagens disso.

Previamente eu disse que era importante envolver qualquer função no FM com um esquema de funções adequados para os outros jogadores. Como você pode ver, o Goleiro Líbero não é diferente. Nesse exemplo o goleiro tem que sair para recolher um cruzamento e movimentar até a entrada da área para inciar um ataque. Afinal de contas, goleiros líberos são os primeiros atacantes. Perceba que ele tem diversas opções disponíveis e graças a sua alta mentalidade, ele decide tocar para o lateral (linha de passe amarela), demonstrando que nem sempre ele irá sair jogando com os zagueiros. Note também que ele tinha o Defesa Central disponível (linha de passe laranja) e o Construtor de Jogo Recuado (linha vermelha) recuando para dar outra opção. Com tudo isso disponível, o adversário com a camisa 17 não pode cobrir todas as opções, e Horn pode usar sua mentalidade alta, além de bons atributos de Frieza e Decisões, para escolher o passe correto. Isso parece óbvio, mas essa abordagem é aplicável em qualquer outra função do jogo, apenas faça com que eles tenham opção para tocar a bola. Isso não é muito diferente do que um goleiro numa função tradicional faria, mas é importante para começar a construção do jogo a partir do goleiro. Na continuação desse lance, o ala tocou para o Atacante Sombra da esquerda e imediatamente estávamos no campo de ataque.

playing-out-2.png?w=489&h=264
SK-A: Goleiro Líbero Atacar, CD-D: Defesa Central Defender, DLP-D: Construtor de Jogo Recuado Defender, BPD-D: Defesa com Bola Defender, WB-S: Ala Apoiar, CAR-S: Carrilero Apoiar, MEZ-S: Mezzalla Apoiar, SS-A: Atacante Sombra Atacar e AM-A: Meia-Atacante Atacar

Você quer um exemplo melhor do que eu disse a respeito das opções e funções à volta de um jogador? A bola foi passada para nosso Defesa Central e ele começou a ser pressionado pelo número 17 do adversário. Entretanto, o zagueiro tem diversas opções disponíveis através de nosso Ala, CarrileroConstrutor de Jogo Recuado e Atacante Sombra. Dessa forma, criamos um losango (Goleiro Líbero, Defesa Central, Defesa com Bola e Construtor de Jogo Recuado) para construir a jogada pelo meio, enquanto tínhamos dois Alas para dar largura em caso de pressão adversário e opções mais abertas de passe.

playing-out-3.png?w=554
SK-A: Goleiro Líbero Atacar, CD-D: Defesa Central Defender, DLP-D: Construtor de Jogo Recuado Defender, BPD-D: Defesa com Bola Defender, WB-S: Ala Apoiar, CAR-S: Carrilero Apoiar, MEZ-S: Mezzalla Apoiar, SS-A: Atacante Sombra Atacar e AM-A: Meia-Atacante Atacar

E algumas vezes, o goleiro líbero pode adotar uma posicionamento mais ousado, apesar de não ser tão frequente quanto eu gostaria. Nesse exemplo, você pode ver que o adversário está recuado e Horn sentiu-se confortável o suficiente para avançar com a bola nos pés, ultrapassando até o Defesa com Bola. Isso gera diversas opções à sua frente e é muito bacana de ver acontecer dentro do jogo. Apesar de Horn ter lidado muito mal com a bola nesse exemplo, você pode enxergar o potencial que existe (principalmente se você conseguir alguém melhor ainda com a posse da bola) para o Defesa com Bola ou Ala estarem livres para receber a bola a medida que o número 17 ou 9 quebram a linha defensiva para pressionar o goleiro.

positioning.png?w=564&h=277

Temos outros exemplos também em partidas que fomos pressionados mais agressivamente, tentando apertar o Defesa Central. Entretanto, somos capazes de lidar com esse tipo de pressão tranquilamente, já que Horn vai até a zona roxa para dar a opção de passe, e o zagueiro faz a opção correta ao recuar para ele. Então, Timo Horn passa a bola para nosso Defesa com Bola e rapidamente nos livramos da pressão alta do adversário. A jogada progride com o zagueiro passando para o lateral na esquerda, e rapidamente chega aos nossos jogadores mais avançados, nos colocando em posição para agredir o terço final do campo. Novamente, isso é simplório, mas mostra como a função adiciona muito ao nosso estilo de jogo por fornecer um passador (de vontade própria) extra na construção do jogo. A capacidade dele receber a bola e mudar a direção do jogo faz dele uma peça importante no nosso losango central de armação. Por isso, em jogos que nosso adversário tenta pressionar agressivamente nossa equipe, a presença do Goleiro Líbero é indispensável. Nós mantemos a bola e movimentamos-a agilmente, com a função do guarda-redes nos permitindo fazer isso sem que nosso Defesa Central tome uma decisão errada ou arriscada com seu passe.

switching-play.png?w=545&h=268

Nas condições adequadas, o Goleiro Líbero vai transformar a defesa em ataque. Nesse exemplo, o oponente bateu um lateral bem próximo a nossa área, e nosso Construtor de Jogo Recuado passou para nosso Defesa com Bola. De maneira corajosa, ele viu Timo Horn posicionando-se para receber o passe e tocou para ele (linha vermelha). Em seu processo de decisão e com muita frieza, Horn decide dar um passe para nosso Meia-Atacante (linha amarela) e claramente dá para perceber que foi uma decisão pensada. É importante ressaltar que ele não afastou a bola e ela magicamente foi para nosso Meia-Atacante. Ele fez esse passe de forma deliberada e pensada. Isso nos ajudou a evitar a pressão do adversário novamente, e nosso trio de frente combinou para marcar um gol. Enquanto o goleiro não irá receber a assistência, esse gol foi claramente criado por ele. Esse é um exemplo claro de quando um Goleiro Líbero fará algo que um goleiro tradicional não vai, e essa jogada originou um gol.

defence-to-attack.png?w=535&h=280

Dessa forma, fica claros o potencial de utilizar um Goleiro Líbero no FM para melhorar seu estilo de jogo (se você estiver jogando com foco na posse de bola) e ajudar na construção do jogo e retenção da posse de bola. Provavelmente com um goleiro que tenha maiores capacidades de passe que Timo Horn, você pode melhorar e muito essa abordagem dentro do jogo e usá-la ao seu favor.

Texto traduzido por Henrique M. para o FManager Brasil e Engenharia do Futebol
Fonte: https://thetacticalannals.wordpress.com/2018/03/03/how-to-utilise-the-sweeper-keeper-effectively-on-football-manager/
Banner: @_Matheus_

 

Share this post


Link to post
Queiroz14

Boa!!! Sempre uso e treino meus goleiros para serem líberos mas sem um parâmetro a ser seguido, vou tentar usar algo diferente com essas informações que vc passou, tirou onda!!!!!!

Share this post


Link to post
Perissé

Excelente guia, @Henrique M..

Uma questão que eu queria entender era a diferença entre as instruções de bater livres curtos e estender. Na definição do FM, a primeira fala que o goleiro largará a bola no chão e tocará com o pé. A segunda, portanto, ele lançaria com as mãos?

Share this post


Link to post
Lucas.Duarte

A utilização do goleiro líbero implica numa linha de defesa mais alta que o normal?

Share this post


Link to post
EduFernandes
2 horas atrás, Perissé disse:

A segunda, portanto, ele lançaria com as mãos?

Sempre interpretei isso como aquele "chutão" de goleiro, solta a  bola no ar e manda a bica. 

Share this post


Link to post
Lucas.Duarte
11 minutos atrás, EduFernandes disse:

Sempre interpretei isso como aquele "chutão" de goleiro, solta a  bola no ar e manda a bica. 

Também interpretei dessa forma.

Share this post


Link to post
Perissé
56 minutos atrás, EduFernandes disse:

Sempre interpretei isso como aquele "chutão" de goleiro, solta a  bola no ar e manda a bica. 

Mas na definição do FM fala que pede-se ao goleiro que "alongue para um jogador próximo".

Share this post


Link to post
Henrique M.
3 horas atrás, Lucas.Duarte disse:

A utilização do goleiro líbero implica numa linha de defesa mais alta que o normal?

Não necessariamente, mas se você quiser utilizar o potencial ofensivo da função, provavelmente.

46 minutos atrás, Perissé disse:

Mas na definição do FM fala que pede-se ao goleiro que "alongue para um jogador próximo".

Eu olhei aqui e a definição em inglês é "Roll it Out", ou seja, ele vai rolar a bola com as mãos para quem estiver mais perto.

Share this post


Link to post
CapitaoTsubasa

muito bom, como eu tenho o Editor e tem pouc goleiro Libero eu As vezes tento lembrar como era o Rogerio Ceni e outros goleiros que repunham a bola com as maos bem. Eu coloque eles com opçao funçao de ataque, ainda boto corrrer com a bola, é interessante porque ele da a saida do jogo e vai ate os volantes quase pra chutar rsrs .

Share this post


Link to post
senna889091

Outro artigo de qualidade e interesante pra mim que sempre procurei usar Goleiros-Liberos. Melhorou um pouco a atuação deles, mas poderiam ser mais agressivos até mesmo defendendo e isso estendo ao goleiro tradicional. 

Share this post


Link to post

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  
  • Similar Content

    • Henrique M.
      By Henrique M.
      Toda pessoa que joga FM sonha em descobrir uma pérola (o famoso "wonderkid" ou miúdo maravilho) de um país longínquo. Uma jovem promessa que seja capaz de elevar o patamar do time por anos a fio. Durante meus vários anos jogando FM, eu sempre apreciei a liga brasileira. Os truques que ensinarei para ajudar na busca por wonderkids são simples e não demandam muito trabalho. Entretanto, algumas pessoas podem acabar considerando que isso seria como roubar. A decisão é toda sua.
      Vá na Tela de Olheiros, selecione a opção Visão Geral, um menu irá abrir, daí é só escolher a opção Personalizado > Configurar Vista Actual..., ao fazer isso, um menu como o da imagem abaixo irá abrir: 

      A partir daí, é só selecionar na coluna do lado esquerdo a opção Descrição da Imprensa, clicar em Adicionar e OK. Isso irá adicionar uma coluna na sua vista atual que informará qual a descrição que a imprensa dá aos atletas. Wonderkid ou miúdo maravilha é uma delas, dependendo do idioma. Sendo assim, é só selecionar para filtrar a nova coluna por ordem alfabética e procurar os jogadores que são descritos dessa forma.
      Provavelmente, quando você começar seu save, você terá o conhecimento mínimo de jogadores no mundo, dessa forma, a sua listagem será impactada. Como seu olheiro não conhece bem os jogadores, ele não sabe como a imprensa trata o jogador. Logo, é preciso colocar seus olheiros para trabalhar. Quanto mais informações eles obterem, mais proveito você tirará desse truque para encontrar wonderkids no FM. Além disso, é normal que os jogadores venham com descrições de imprensa pré-definidas no editor e por isso, não apareçam para jogadores que vem com o jogo, entretanto, a medida que o jogo progride e os newgens surge, esse truque trará mais frutos.
      Por isso, gostaria de deixar claro, o truque só funciona se você observar jogadores. Logo, coloque seus olheiros para trabalhar. Se tem dificuldades para encontrar jogadores, talvez os guias "O mapa das promessas jovens no FM" e "Como encontrar as melhores promessas no FM" possam lhe fornecer ferramentas para tirar o máximo proveito para encontrar wonderkids no FM.
      A atual definição de Wonderkid no FM
      Nós tendemos a associar a expressão Wonderkid ou Miúdo Maravilha para qualquer jovem jogador que tenha uma boa capacidade atual e imenso potencial em idades muito baixas. Entretanto, nos FMs mais recentes, para tentar dificultar a vida dos jogadores na hora de buscar um atleta, eles mudaram o conceito de Wonderkid no FM.
      Antigamente, um jogador para ser considerado Wonderkid precisava ter mais de 130 de Capacidade Atual e mais de 170 de Capacidade Potencial. Portanto, não é surpreendente que o termo Wonderkid ou Miúdo Maravilha tenha ficado marcado da maneira descrita anteriormente no imaginário popular. Mas, para as versões mais recentes, a Sports Interactive realizou uma mudança no conceito. Atualmente, qualquer jogador que tenha Capacidade Atual superior a 125 e seja muito jovem, já pode ser descrito pela imprensa como um wonderkid no FM.
      Dessa forma, você eventualmente encontrará jovens jogadores com a descrição de imprensa de Wonderkid, mas que já está próximo da sua Capacidade Potencial e não virará o novo Messi. Mas isso não significa que esses jogadores não sejam úteis a curto e longo prazo. A maioria, mesmo se for um Wonderkid de CA e PA 125, poderá ser extremamente útil e rentável financeiramente nos times certos. Além disso, mesmo que ele tenha a descrição mas não tenha um PA de outro mundo, ele certamente poderá ser titular em grandes times. Dessa forma, não menospreze um Wonderkid no FM só porque ele tem sua Capacidade Atual próxima a Capacidade Potencial.
      Todos eles podem ser úteis de uma certa forma, já que para atingir uma CA tão elevada muito jovem, é necessário bons atributos psicológicos. E bons atributos psicológicos costumam gerar personalidades positivas. Ou seja, nem todo Miúdo Maravilha será o melhor jogador do universo, mas certamente o próximo Messi estará entre eles.
      Um filtro personalizado para download
      Para aqueles mais preguiçosos, ou que só procuravam um filtro de transferências, criei um filtro personalizado onde eu adicionei todas as informações a respeito de clausulas de rescisão que o jogo fornece, além do truque mencionado no guia. Ele é personalizável, e você pode fazer as alterações que quiser.
      Para instalar, basta extrair o arquivo e colocá-lo na pasta Meus Documentos/Sports Interactive/Football Manager 2020/views. Ir no jogo, escolher o mesmo caminho que escolheu para personalizar a vista, mas ao invés de clicar em Configurar Vista Actual..., é só escolher, Importar Vista... e escolher o filtro.
      Para fazer o download, é só clicar aqui.
      Aplicações em outros FMs
      O texto original é do FM 2018, portanto, funciona em todos os que vieram depois. E também funcionará em qualquer versão do jogo que lhe permita editar essas vistas da forma ensinada. Entretanto, o filtro só irá funcionar no FM 2020.
      Fonte: https://strikerless.com/2019/01/03/finding-wonderkids-the-easy-way/
      Texto traduzido e adaptado por Henrique M. para o FManager Brasil e Engenharia do Futebol
      Filtro criado por Henrique M. baseado no conteúdo original
      Banner: @_Matheus_
    • Lanko
      By Lanko
      Esse é um experimento pra uma ideia de estilo de save. Ele também tinha outro nome, "It's Coming Home" que meio que inspirei no slogan inglês, porque a proposta do save é a seguinte:
      Escolher (ou sortear) uma nacionalidade pro treinador. Começar então em um país de um continente diferente dessa nacionalidade (escolha livre ou aleatória). Trazer o treinador de volta pro seu país de origem. Você só pode se transferir para clubes de países que façam fronteira com o país onde você está treinando atualmente (sem poder retornar a um país onde já treinou). Parece simples, mas na verdade é preciso mais algumas considerações que talvez não dê pra pensar antes de iniciar, como por exemplo, alguns países não tem fronteiras terrestres com outros, e apenas marítimas, e obviamente, alguns não tem qualquer tipo de conexão com outro continente. A minha inspiração pra resolver isso veio dos antigos jogos de tabuleiro de War, onde você ia conquistando territórios, e alguns países específicos davam passagem pra outro continente, como Portugal para o Brasil, Austrália para o Chile (e vice-versa), e assim pro diante.
      Então usaremos em certa medida algo parecido, mas sem exatamente uma regra fixa. Mas há também um "mecanismo de prevenção" se necessário, pra evitar ficar "preso" também:
      Se o treinador ganhar títulos em 5 países diferentes do mesmo continente, ele pode ir diretamente para outro continente, até mesmo o continente do país alvo (contanto que não vá exatamente para o país final, no meu caso, irei sortear caso use esse mecanismo). Se o treinador treinar em 7-8 países diferentes do mesmo continente, mesmo que não ganhe títulos, ele também pode avançar um continente. Isso é pra prevenir casos que poderiam ser muito extremos e longos, por exemplo, o destino final ser a Rússia mas você começar na África do Sul. Esses números foram simplesmente inventados, não sei se é pouco ou muito. Como esse desafio acaba de ser inventado, então ninguém tem como saber 🤣 e poderia ser facilmente alterado de acordo com a vontade do jogador, se necessário.
      Também não é necessário "trazer o treinador pra casa", eu que coloquei esse desafio extra pra mim. Acredito que a proposta seja facilmente jogável num estilo "Journeyman", apenas limitando o treinador a clubes de países com fronteiras com o país onde ele está treinando, e ir jogando e ver no que dá sem nenhum tipo de tempo limite ou objetivo específico.
      Um adendo: estou usando o megapack de ligas do Claassen, que criou ligas de futebol pra quase todos países do mundo (221, acho). Como não é possível adicionar ligas extras depois que a base de dados é carregada, então é necessário ativar todas elas na base de dados antes de começar o jogo. Se não, por exemplo, caso você vá para a África, se não adicionou anteriormente ligas africanas, só poderia jogar na África do Sul. Mesmo na América do Sul não tem metade dos países na database original. Então adicionei todas as ligas extras na database antes de começar.
      Então começando: Usei um randomizador de países para escolher primeiro o país de origem do treinador e onde ele começará. Lembrando que tem que ser continentes diferentes. E também tem vários países super minúsculos que não tem ligas criadas, então esses devem ser desconsiderados também. Você pode escolher livremente ou sortear até achar algo interessante.
      Eu peguei os dois primeiros ontem e acho que dei sorte, e as escolhas também são interessantes e na teoria simples pra um save de teste da proposta:
      O país de origem do treinador será a França, e o Uruguai é onde ele começará a carreira de treinador. Do Uruguai, então, teremos que chegar até a França para termos sucesso com o objetivo principal.
           
      Os países que o Uruguai faz fronteira são apenas o Brasil e a Argentina, mas como disse anteriormente, darei uma opção para seguir para outro continente também. Então nesse caso, poderemos ir também para a África do Sul e nos aventurar pelo continente africano.
      Eu deixarei carregado até as últimas divisões disponíveis dessas 3 ligas então (se alguém quiser dar mais sugestões, fiquem à vontade) pra elas se desenvolverem razoavelmente antes de eu ter que escolher o novo destino (irei deixar a escolha nas mãos de vocês, leitores!). Depois que me mudar apenas carregarei as ligas de países que fazem fronteira com o novo país, e assim por diante.
      Além disso, tem outra coisa que é preciso esclarecer: quando decidir que poderemos avançar de país? A resposta mais simples é ganhar a liga nacional, mas não parece tão simples. Se começarmos na 4ª divisão espanhola por exemplo, poderia virar quase um save de clube até ganhar a La Liga, por exemplo. Pra isso temos a regra de que se 5 anos passarem pode-se mudar de país se desejar. Mas eu queria colocar um sistema de penalização (apenas para eu mesmo) e isso meio que entrou em conflito. Discuti um pouco no Boteco sobre isso, e pra esse teste, decidi o seguinte:
      Qualquer troféu conquistado, exceto torneios estilo Supertaça, contará para o treinador poder seguir adiante. O que importa é ter um "souvenir" dos lugares por onde passou. Mas apenas até as credenciais do treinador melhorarem. Depois de conquistar digamos, a Licença Continental, só o nível máximo contará. Haverá então um prazo de 3 anos pra subir de divisões, caso comece de baixo, que resetará com promoções até o nível máximo, onde os 5 anos começam a contar. Se isso ficar muito fácil ou difícil, poderei fazer alterações durante o jogo. O importante primeiramente é testar a proposta. Títulos continentais permitem pular de continente, do contrário, pelo menos um título de 5 países diferentes do mesmo continente, ou pelo menos passar por uns 8 países diferentes. Copas nacionais contam. Adicionarei uma possibilidade de "Game Over" criando um sistema de "pontos de vida" para o treinador. Onde ele poderá avançar de país após 5 anos, mas se o prazo passar sem ganhar títulos, perderá 1 ponto de vida. Ele terá 3 pontos, e se isso acontecer 3x, será portanto, Game Over e fim de save. Apenas pra dar uma certa tensão.
      O estilo do save será JET, já que primeiramente o foco é compartilhar o experimento e ver se é possível finalizá-lo, se divertir e refinar regras/objetivos/etc. Então as atualizações serão bem simples e mais diretas, cobrindo uma temporada inteira, bem diferente do que faço no meu outro save. Isso também ajudará a manter dois saves ativos, acredito. 
      Não colocarei nesse primeiro momento obstáculos extras como "Deixar contratações pra o diretor", "Expectativas sempre no máximo", "Sem filosofias", "Atributos 100% ocultos" e etc.
      Embora pretenda ter um save no futuro com tudo isso e mais algumas limitações extras ativas ao mesmo tempo, por enquanto acredito que é melhor focar pra ver como a proposta se sai, e também, como tenho mais de 200 ligas alternativas (fora suas divisões extras) carregadas na database, evitar ter que penar com tantas limitações apenas pro jogo em algum ponto resolver dar pau. Acredito que o mecanismo de "pontos de vida" e possibilidade de um Game Over possam cobrir isso no momento.
      Dúvidas e sugestões são muito bem vindas.
    • Ari Cesar
      By Ari Cesar
      Olá a todos.
      Comprei o FM 18 e resolvi iniciar um save no Brasil de formação e base. Já estava realizando em off no FM 17 com o Milan RS e ai com a nova versão resolvi jogar da mesma forma e compartilhar. A ideia é bem similar aos demais saves de base: levar o clube a glória usando apenas a base.
      Escolha do clube
      Para escolher o clube resolvi pesquisar na base do brasil up qual seria o clube profissional com menor estádio no Brasil. Inicialmente havia encontrado um clube do RS com um estádio de 200 lugares, mas procurando um pouco mais encontrei o SC Jaraguá que possui um estádio com apenas 100 lugares. Após isso resolvi pesquisar um pouco da história e descobri que SC Jaraguá foi criado graças ao desenvolvimento da base. Dessa forma resolvi escolher o Leão do Vale para iniciar minha empreitada.
      Objetivos do save
      Resolvi colocar algumas metas que em sua maioria serão atingidos a longo prazo. Coloquei asterisco naqueles que acho ser quase impossíveis mas que gosta de ver como o FM se comporta.
      Equipe
      Utilizar a base Aplicar o modelo de jogo ofensivo visando a posse de bola e passes rápidos.  Reter o máximo de jogadores na equipe impedindo que saiam para a Europa. * Ter eleito o melhor jogador jovem do mundo. * Ter eleito o melhor jogador do mundo. *  
      Clube
      Possuir a melhor estrutura de Santa Catarina Possuir a melhor estrutura do Brasil Possuir a melhor estrutura de clube Sul Americano Se tornar o principal clube formador de Santa Catarina Se tornar o principal clube formador do Brasileiros Se tornar o principal clube formador Sul Americano Se tornar o principal clube Catarinense Se tornar o principal clube Brasileiro Se tornar o principal clube da América do Sul Ficar entre os 5 melhores clubes do mundo * Seleção
      Treinar a seleção Brasileira e conquistas todos os títulos possíveis. (adicionado 3/12/2019) Treinar alguma seleção européia e conquistar todos os títulos possíveis (adicionado 3/12/2019) Títulos
      Ganhar a campeonato catarinense [ 2040, 2041] Ganhar o Brasileiro série A Ganhar a copa do Brasil Ganhar a Sul Americana [2041] Ganhar a libertadores Ganhar o mundial de clubes Técnico
      Me tornar o melhor técnico brasileiro de todos os tempos História do clube
      O Sport Club Jaraguá nasceu inicialmente com o nome de: Associação Catarinense de Futebol Arte, quando foi fundado em 15 de abril de 2008, e no dia 25 de março de 2011, passou a ser chamado pelo nome atual. O clube iniciou suas atividades com o intuito de trabalhar com atletas da região, com idade de categorias de base. Com o passar do tempo a base foi se estruturando, parcerias foram sendo firmadas com outros clubes e empresários e, no ano de 2011, um novo clube de futebol profissional foi lançado no futebol catarinense.
      O Sport Club Jaraguá possui as cores preto, vermelho e amarelo, devido a forte imigração alemã da região.Sua estreia em competições oficiais, ocorreu na disputa da Divisão de acesso do Campeonato Catarinense de 2011 quando terminou a competição como vice-campeão.
       
      Historia do manager
      Lucas Castro é morador de Jaraguá e em sua infância/adolescência atuou na Associação Catarinense de Futebol Arte. No período de transição dos nomes Lucas abandonou a equipe por perceber que não possuía qualidade suficiente para atuar como jogador. Apesar de sua paixão pelo clube e pelo futebol Lucas decidiu cursar Educação física para no futuro ajudar a equipe fora das 4 linhas. Agora chegou esse dia e Lucas foi escolhido como técnico do Sport Clube Jaraguá. Ele não possui licença e seu passado esta como futebol amador.
       
      Em breve coloco informações sobre a equipe, formação, competições e início da aplicação da filosofia na equipe.
       
×
×
  • Create New...