Jump to content

Clube Tático


Perissé
 Share

Recommended Posts

Tópico que desde o FM13 rende bastante discussão sadia, troca de experiências e ajuda à todos. Nada mais natural do que colocá-lo em evidência desde o lançamento da nova versão.

Link to comment
Share on other sites

  • Perissé pinned this topic
Em 19/10/2016 at 16:42, Gabriel Duarte disse:

Acho que o primeiro teste tático que tem de ser feito é abusar dos cruzamentos e ver se a característica dos últimos ainda se repete....

Eu tenho jogado pelas alas e forçado o uso de cruzamentos, aqui ta normal, nem apelativo nem paia de mais. 

Link to comment
Share on other sites

Queria ajuda com a minha tática. Identifiquei os seguintes problemas, até o momento: laterais levando bolas nas costas (penso em tentar mudar a função deles para "Defender", mas eles desempenham um papel muito importante na organização ofensiva); equipe tocando a bola sem conseguir achar espaços e abusando dos chutes de fora da área. Abaixo um print da minha tática e das instruções (alguns jogadores estão lesionados): 

LZeQ5Ec.jpg

Z9sineX.jpg

Link to comment
Share on other sites

@hbsssj, acho que seria melhor um papel que conciliasse mais um papel importante na frente, mas que contribua também atrás.

Uso laterais atacando e a quantidade de bolas nas costas é pequena dada pela linha defensiva alta, deixando os adversários em impedimento. Além disso, busquei jogadores rápidos e que sejam bons em posicionamento para não estragarem jogos por isso.

Link to comment
Share on other sites

15 minutos atrás, Yan Perisse disse:

@hbsssj, acho que seria melhor um papel que conciliasse mais um papel importante na frente, mas que contribua também atrás.

Uso laterais atacando e a quantidade de bolas nas costas é pequena dada pela linha defensiva alta, deixando os adversários em impedimento. Além disso, busquei jogadores rápidos e que sejam bons em posicionamento para não estragarem jogos por isso.

Minha preocupação também está nas instruções à equipa. Estou receoso de algumas estejam em conflito, já que o time sofre "apagões" em certas partidas e pouco produz, sem conseguir criar oportunidades. Ou ainda o problema esteja nas instruções individuais...

Edited by hbsssj
Link to comment
Share on other sites

9 horas atrás, hbsssj disse:

Minha preocupação também está nas instruções à equipa. Estou receoso de algumas estejam em conflito, já que o time sofre "apagões" em certas partidas e pouco produz, sem conseguir criar oportunidades. Ou ainda o problema esteja nas instruções individuais...

Eu mudaria a pressão e a localização da construção do jogo. Na pressão, seria bom ela ser no mínimo "Igual a equipe" (Não sei como está no FM17), por causa da linha defensiva alta. Já na localização da construção do jogo, jogar de maneira pausada pelas laterais é menos produtivo, visto que as alas é um local de rapidez. Se quiser jogar com menos ritmo, eu recomendaria jogar pelo meio.

Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Yan Perisse disse:

Eu mudaria a pressão e a localização da construção do jogo. Na pressão, seria bom ela ser no mínimo "Igual a equipe" (Não sei como está no FM17), por causa da linha defensiva alta. Já na localização da construção do jogo, jogar de maneira pausada pelas laterais é menos produtivo, visto que as alas é um local de rapidez. Se quiser jogar com menos ritmo, eu recomendaria jogar pelo meio.

Vou testar isso. Também estou cogitando colocar o meu Construtor de Jogo Recuado com a opção "Defender" para que a equipe fique mais protegida quando os laterais subirem. Outra mudança é colocar o atacante com a função de Ponta de Lança para que caia pelos flancos e se movimente mais

Edited by hbsssj
Link to comment
Share on other sites

10 minutos atrás, hbsssj disse:

Vou testar isso. Também estou cogitando colocar o meu Construtor de Jogo Recuado com a opção "Defender" para que a equipe fique mais protegida quando os laterais subirem. Outra mudança é colocar o atacante com a função de Ponta de Lança para que caia pelos flancos e se movimente mais

Mas se colocar o CJ Recuado de Defender, seria bom colocar o outro meia ou o meia-atacante como Construtor de Jogo, para ter uma ligação defesa-ataque.

Link to comment
Share on other sites

Rapaz, to com um 4231 (3mac) e to trocando +600 por jogo. A tática é focada em posse de bola, mas mete gol pra caralho. Por enquanto to no estadual e copa nordeste, quero ver como vai funcionar na serie B e quem sabe na A. Teve duas partidas que troquei +700 passes, sendo que uma foi 800.
 

 

http://prntscr.com/d1gzio

http://prntscr.com/d1gzu0
http://prntscr.com/d1h0b9
 

Não sei postar imagem por aqui, por isso o link. Posso melhorar algo? Tem algo que acham que esteja "errado"?

Link to comment
Share on other sites

Continuo tendo problemas com a defesa. Levo muitos gols de bola nas costas e cruzamentos. Já tentei baixar a linha defensiva, colocar os zagueiros para não pressionarem, jogar com um deles cobrindo e não adiantou. Sempre entra um jogador adversário nas costas dos meus defensores. Alguém sabe como resolver?

Link to comment
Share on other sites

15 horas atrás, hbsssj disse:

Continuo tendo problemas com a defesa. Levo muitos gols de bola nas costas e cruzamentos. Já tentei baixar a linha defensiva, colocar os zagueiros para não pressionarem, jogar com um deles cobrindo e não adiantou. Sempre entra um jogador adversário nas costas dos meus defensores. Alguém sabe como resolver?

Tenta testar uma tática que o seu melhor zagueiro marque individualmente o centroavante adversário, algumas vezes faço isso.

Link to comment
Share on other sites

16 horas atrás, hbsssj disse:

Continuo tendo problemas com a defesa. Levo muitos gols de bola nas costas e cruzamentos. Já tentei baixar a linha defensiva, colocar os zagueiros para não pressionarem, jogar com um deles cobrindo e não adiantou. Sempre entra um jogador adversário nas costas dos meus defensores. Alguém sabe como resolver?

Gosto de pedir para marcar com pressão maior dos meus laterais quando o adversário explora os cruzamentos, e também peço para jogar equilibrado ou razoavelmente largo, para sempre estarem próximos e não darem muito espaço-tempo para os pontas/laterais adversários

Link to comment
Share on other sites

Em 31/10/2016 at 21:34, Vitor Rodrigues disse:

Rapaz, to com um 4231 (3mac) e to trocando +600 por jogo. A tática é focada em posse de bola, mas mete gol pra caralho. Por enquanto to no estadual e copa nordeste, quero ver como vai funcionar na serie B e quem sabe na A. Teve duas partidas que troquei +700 passes, sendo que uma foi 800.
 

 

http://prntscr.com/d1gzio

http://prntscr.com/d1gzu0
http://prntscr.com/d1h0b9
 

Não sei postar imagem por aqui, por isso o link. Posso melhorar algo? Tem algo que acham que esteja "errado"?

Rapaz, minha tática no Arsenal fez com que em um jogo Xhaka desse 120 toques na bola e Ramsey SOBRENATURAIS 178. Mais tiki-taka do que isso, impossível. Detalhe, meu time tem 92% de acertos de passe no campeonato na sexta rodada. O segundo melhor tem 78%.

O que eu percebi nesse FM é que a quantidade de passes chave caiu demais.

Link to comment
Share on other sites

Eu, particularmente, achei muito legal o teu Adjunto te dar dicas basicamente a cada partida, fazendo com que o estilo de jogo seja quase pensado a partida por partida.

( digo quando ele te sugere por mais ou menos ações de criação de jogadas ou opções defensivas / ofensivas assim como mudanças na filosofia e estrutura )

isso deixou o jogo mais simples.

Link to comment
Share on other sites

Galera, tenho uma duvida desde o FM16 e continua no 17. Quando começo um save, meu time demora muito tempo para assimilar a tatica, o que acaba que nas primeiras 6 ou 7 rodadas tenho um desempenho ruim e acaba por comprometer a temporada. Qual a forma que vcs fazem para o time entender a tatica de forma mais rapida no inicio do save?

Link to comment
Share on other sites

Agora, Ranieri2525 disse:

Galera, tenho uma duvida desde o FM16 e continua no 17. Quando começo um save, meu time demora muito tempo para assimilar a tatica, o que acaba que nas primeiras 6 ou 7 rodadas tenho um desempenho ruim e acaba por comprometer a temporada. Qual a forma que vcs fazem para o time entender a tatica de forma mais rapida no inicio do save?

Treinar tática o mais Alto possível, tanto na semana quanto antes Dos jogos e se possível não mexer muito

Link to comment
Share on other sites

4 horas atrás, lucacamu disse:

O que eu percebi nesse FM é que a quantidade de passes chave caiu demais.

Mas isso você diz na Liga em geral ou só observou o seu time. É normal que equipes que tenham uma posse de bola altíssima tenham uma quantidade menor de passes chaves, já que irão atacar mais de forma horizontal do que vertical.

Link to comment
Share on other sites

Fiz uma ttc que meu time ta dando +800 passes por jogo, tem partida que chega a +1k, mas tem algumas falhas na defesa. O time é eficiente, não fica so trocando passes, mas a zaga ta desorganizada

Edited by Vitor Rodrigues
Link to comment
Share on other sites

Galera estou com uma dúvida que não verdade não é tática mas sinceramente não sei aonde postar.

Bom basicamente, se eu emprestar um jogador para uma divisão que não carreguei no jogo ele terá mais competividade que jogar pelos juniores?

Digo isso porque nunca carrego Portugal e sempre recebo propostas de times portugueses mas quase nunca empréstimo meus jovens para eles nao irem à uma divisão não jogável.

Link to comment
Share on other sites

9 horas atrás, Jio Freed disse:

Galera estou com uma dúvida que não verdade não é tática mas sinceramente não sei aonde postar.

Bom basicamente, se eu emprestar um jogador para uma divisão que não carreguei no jogo ele terá mais competividade que jogar pelos juniores?

Digo isso porque nunca carrego Portugal e sempre recebo propostas de times portugueses mas quase nunca empréstimo meus jovens para eles nao irem à uma divisão não jogável.

Se não me engano, se você emprestar o seu jovem pra uma equipe de uma divisão que não foi selecionada, ele não irá jogar. Então, seria melhor deixá-lo no Juniores ou emprestar pra um clube de uma divisão selecionada.

Link to comment
Share on other sites

10 horas atrás, Jio Freed disse:

Galera estou com uma dúvida que não verdade não é tática mas sinceramente não sei aonde postar.

Bom basicamente, se eu emprestar um jogador para uma divisão que não carreguei no jogo ele terá mais competividade que jogar pelos juniores?

Digo isso porque nunca carrego Portugal e sempre recebo propostas de times portugueses mas quase nunca empréstimo meus jovens para eles nao irem à uma divisão não jogável.

Compara os calendários, companheiros de equipe, projeção do clube na liga e qual o status do jogador para esse clube no empréstimo. Às vezes é melhor deixar treinando no seu time e jogando nos reservas e às vezes entrando nos seus jogos

Link to comment
Share on other sites

Em 07/11/2016 at 12:52, Yan Perisse disse:

Mas isso você diz na Liga em geral ou só observou o seu time. É normal que equipes que tenham uma posse de bola altíssima tenham uma quantidade menor de passes chaves, já que irão atacar mais de forma horizontal do que vertical.

Na liga! Um jogador meu é o líder da Liga! hahaha

Link to comment
Share on other sites

Normalmente quais treinos e cargas de treino vocês utilizam pra tática de vocês ficarem 100% fluida e em quanto tempo isso ocorre?

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

  • Similar Content

    • fabioaraujo89
      By fabioaraujo89
      Fala, pessoal!
      sou novo aqui e no FM. Nunca tinha jogado o jogo, aí vi que liberaram no Xbox pelo Game Pass e viciei! (até tentei passar para a versão normal, mas não rodou bem no meu PC). 
      Hoje estou jogando bastante (em quantidade rs), mas já vi (e confirmei lendo aqui) que o jogo pode ser bem frustrante, especialmente para os iniciantes como eu, que não entendem ainda o que estão fazendo no game. 
      Assim, eu queria uma ajuda com a parte tática. Nesse meu sabe específico, eu comecei no Campeonato de Portugal com a Estrela da Amadora, mas depois de uma curta passagem pelo QPR eu estou há algumas temporadas no Watford, da Inglaterra. 
      Peguei o time na Championship, consegui subir (não foi exatamente “fácil” pra mim, mas eles tinham acabado de cair e tinham um dos elencos mais fortes da divisão) e me estabilizei bem na PL. 
      Eu uso desde sempre um 4-2-3-1 com extremos, tiki-taka personalizado. Era a tática que já era da Estrela lá no começo, eu não mexi muito e fui usando. Já tentei outras, mas essa foi a que mais me serviu ao longo do tempo. 

      Meu time tem um desempenho sempre aceitável. Eu sempre estou ali brigando por uma vaga nas competições continentais, normalmente pego o Camp. Europeu ou o Camp. Europeu II. Teve uma que fui pra Champions.
      Como estou há tempos no clube, eu consegui montar um time bom. Tem vários jogadores muito interessantes, que volta e meia recebem propostas altas de clubes bem maiores e o elenco é equilibrado e com opções. 
      O problema? O time sempre se dava mal no confronto com os grandes ingleses (seja nas taças ou na liga) e perdia uns jogos bobos, que faziam o desempenho cair.
      Aí eu descobri o Rate My Tatic...fiz os ajustes para a tática ficar 5 estrelas (que envolviam alguns ajustes de funções e principalmente remover várias instruções que eu nem sabia que estavam e conflitos. Fiz uma ou outra contratação para fechar.
      E deu bem certo. O time melhorou, diminuiu muito os pontos perdidos em jogos fáceis, fez bons jogos com os grandes, cheguei a sonhar com o título... mas ficou em segundo lugar, a 4 pts do campeão (Chelsea). E ainda perdeu a final da FA Cup pro Arsenal. Foi positivo, mas frustrante demais. 
      Eu sinto que falta só um “ajuste fino” pro time ir mais longe, levantar canecos. Que modificações vocês sugerem? 
      (Não estou conseguindo subir imagem, mas a tática é assim):
      4-2-3-1 com extremos 
      2 Defesas laterais com função de apoio
      2 defesas centrais função defender
      2 Médios centros com função de apoio
      1 médio ofensivo com função apoio
      2 extremos invertidos com função apoio 
      1 atacante completo com função atacar 

      as instruções de equipe 
      com posse:
      passar para espaço 
      jogar a partir da defesa 
      levar bola até a área 
      ritmo muito mais alto (estou pensando em tirar, meu time termina morto todas as partidas e tem quedas de desempenho ao longo da temporada) 
      em transição (não tinha no Rate):
      Pressionar
      contra atacar
      Sem posse
      linhas normais 
      Marcação apertada
      pressao muito mais urgente (o Rate mandou tirar e acho que vou fazer pra próxima temporada porque acho que está tirando meus zagueiros da posição e permitindo infiltrações demais). 
       
      O que vocês acham? Ajudem o novato, pfvr! Abraços!
    • schacoffee
      By schacoffee
      Boa noite, pessoal, tranquilidade?
      Há um tempo eu venho acompanhando no yt o canal "Táticas de Futebol", assistindo a carreira que fizeram por lá e pegando inspiração das táticas da vida real que replicam no FIFA, só por curiosidade mesmo, afinal nem jogo FIFA. Esse ano iniciaram uma carreira fictícia com o Fábio Carille treinando o 1860 Munich, que está bem legal diga-se, e estou curtindo.
      Eu estou um pouco inspirado e inclinado a fazer algo parecido, jogando defensivamente, e obviamente com outra história e outro clube, só que como um adepto do futebol a la Cruyff e holandeses e de tudo que dali saiu, sempre preferi usar sistemas ofensivos e que valorizassem posse, intensidade, pressão etc, no FM. Andei vendo uns jogos de times defensivos ou que fossem menos ousados no ataque para tentar tirar uma inspiração (entra na conta Mourinho e Simeone, logicamente), porém ainda está difícil de imaginar como quero que meu time jogue. É uma linguagem diferente da que eu venho me acostumando.
      Eis que venho pedir umas dicas de vocês. Modelos de táticas do FM que posso buscar e tirar como base, materiais para eu estudar, vídeos legais para assistir sobre FM, blogs, etc, o que puderem me dispor eu agradeceria.
      Se você que está lendo curte futebol mais cauteloso, diga como que arma seu time e monta sua tática para ajudar o mano aqui.
      *** Eu não gosto de usar tática pronta, geralmente crio a tática personalizada, do zero. Vídeos de tática seriam para me ajudar na tomada de decisão, não download. ***
    • Mtvianna
      By Mtvianna
      Primeiramente, já de ante mão queria pedir desculpas pelo formato do post, embora seja um membro velho, sempre fui mais de ler do que escrever, então não aprendi muito bem como fazer o upload das imagens hehehe Gostaria de compartilhar com vocês uma experiência que tenho tido com uma tática que desenvolvi desde o FM20
      Sempre parti pras táticas nacionais demais e nunca variava, ou seja, sempre usei um 4-2-3-1 com extremos. Como colorado, fiquei extremamente feliz quando Coudet foi ventilado como possível treinador em 2020, então comecei a olhar com mais carinho pra formações com mais meias e centroavantes, sem extremos. Então desenvolvi minha própria tática sem procurar em nenhum fórum. E por incrível que pareça desde o FM20 ela vem dando muito certo. Gostaria de compartilhar ela com vocês para ver o que vocês acham e até tentar aprimorar ela.
      Posições
      Com posse
      Transição
      Sem posse
      Não sei muito bem como dizer isso, mas eu uso um esquema baseado na posse misturado com o Gegenpress, passes curtos focados no meio e ritmo mais elevado. Com a utilização de 3 meias centrais, sendo o central um construtor de jogo recuado e dois mezzalas (dependendo da características do elenco também pode ser um area a area, como o Patrick), também dou preferência por laterais com características de apoiar. O meia ofensivo quase sempre é como meia ofensivo atacar ou atacante sombra. Já os dois atacantes do time normalmente são um ponta de lança e um atacante recuado (ou dois pontas de lanças). Os três jogadores de frente tem instruções individuais para marcar apertado, rematar mais e correr mais riscos. Claro que dentro jogo acabo fazendo algumas variações, como explorar mais um lado diferente do campo, recuar um pouco as linhas caso eu esteja tomando mais bolas nas costas dos zagueiros, ou então diminuir o ritmo, rematar sempre que puder ou algo assim, dependendo das circunstâncias do jogo.
      Resultados
      Títulos
      Aqui algumas estatísticas dos meus principais atacantes. Além disso, meus laterais costumam dar várias assistências. Heitor teve 15 na temporada.
      Yuri Alberto
      Galhardo
      Abel Hernandez
      Confesso que sofro um pouco defensivamente pela minha defesa ficar tão exposta, mas compenso com muitos gols, principalmente dos atacantes. Não é uma formação muito equilibrada, mas tenho conseguido resultados, inclusive na Europa. Uma das coisas que talvez contribuam muito para ela funcionar bem é ter uma comissão técnica muito boa e focar muito em jovens jogadores, para treiná-los e fazer a adaptação deles desde a base. Gosto muito de fazer o save comprando só jovens jogadores para revender no futuro (quando possível) hahaha
      O que vocês acham? Alguma dica para que eu possa aprimorar mais? Esses prints são do primeiro save que fiz no FM21, no meu save atual joguei 3 temporadas com o juventude, saindo da Série C e chegando até a Libertadores. Depois assumi o River e ganhei o argentino e a libertadores. No meu atual time ainda não tenho resultados porque não começou a temporada, mas assim que encaminhar os primeiros meses com o Racing na segunda Argentina posto mais resultados dela.
       
       
    • Henrique M.
      By Henrique M.
      Os lances acima ocorreram no jogo entre Ipswich e Burton pelo equivalente à terceira divisão inglesa. O atleta é o mesmo, e ele é um zagueiro de 19 anos que está emprestado pelo Arsenal.
      Eu lancei uma pergunta num grupo de WhatsApp e gostei das respostas e achei bacana trazer o debate para cá. Lá eu fiz apenas uma pergunta, com viés mais do lado do treinador. Aqui, vou fazer mais perguntas, para que possamos iniciar um debate e realmente possamos pensar um pouquinho sobre aquilo que nos agrada, seja em termos de estilo de jogo, seja em termos do que os atletas em campo e debater futebol com um pouco mais de qualidade e nos forçar a ir além do simples. Isto posto, vamos as perguntas:
      1) Se você fosse o treinador, como vocês lidariam com esse tipo de comportamento do zagueiro durante o jogo? (Aqui o objetivo é vocês pensarem no que acreditam como que o futebol do seu time deve ser jogado, analisar mais friamente a situação, se é um comportamento que vocês gostam ou não num atleta dessa posição, por exemplo)
      2) Como torcedor, quão confortável você se sentiria ao ver seu zagueiro fazendo isso durante um jogo? (Aqui é para você botar seu coração de torcedor na linha, talvez avaliar as opções que seu time tenha para a zaga, se eles inspiram confiança jogando com os pés e qualquer coisinha mais).
      3) Se você fosse o treinador, que aspectos avaliaria para decidir se esse é um comportamento útil ou não para seu time? (O atleta é titular do seu time, já são 11 jogos com uma média de 86 minutos jogados. Ou seja, aqui é para excluir o que você pensa sobre o comportamento e se colocar no lugar do treinador do Ipswich e pensar o que você utilizaria para decidir se o comportamento é útil).
    • Leonardo Castello
      By Leonardo Castello
      Hoje vamos realizar um experimento para ver se estilos táticos agressivos e passivos podem ser aplicados no mesmo time, a ideia é passar o necessário para tirar o melhor proveito de ambas as opções.
      PASSIVO 4-1-4-1

       
      Mentalidade equilibrada - A intenção é ser sólido, porém equilibrado, nem excessivamente defensivo nem ofensivo. Às vezes você pode ser excessivamente defensivo e convidar o time adversário pro seu campo e problemas para você. Portanto, na maioria das vezes eu recomendo uma mentalidade equilibrada e só opto por uma defensiva quando enfrentar uma oposição muito mais forte.
      Passe para o espaço - Temos um 'Quarteto' de ataque na equipe que podem fazer uso de passes para o espaço: o atacante completo obviamente tentará ir além das linhas de oposição, mas os pontas e MAA também estarão procurando avançar ainda mais pra quebrar a linha defensiva do adversário.
      Jogue por bolas paradas - Uma instrução opcional aqui, mas eu gostaria que minha equipe jogasse com bola parada ... para que possamos nos reagrupar, mas também usar nossa habilidade em situações de bola parada caso tenhamos poucas oportunidades com a bola rolando.
      Distribua para os laterais - Você verá que todas as minhas instruções 'em transição' foram projetadas para serem mais passivas. Dizer ao nosso goleiro para distribuir para os laterais, algo que eu adicionei durante a pré-temporada quando notei que manter a posse um pouco nos deixaria mais seguros, principalmente por não se livrar das bolas tantas vezes na saída.
      Contra-atacar - A ideia aqui é você pegar o adversário de surpresa e completamente desorganizado defensivamente após tentativas de furar nossa sólida defesa.
      Reagrupar - Eu não quero que meu jogador se comprometa demais com a posse de bola perdida, eu preferiria que ele voltasse à posição e tornasse mais difícil a oposição nos derrubar.
      Defender compacto - Decidi defender o mais estreito para ser mais forte no centro e incentivar cruzamentos de áreas mais amplas (visto que tenho fé na capacidade aérea dos meus zagueiros).
      Linha defensiva mais baixa -  Uma linha mais baixa a fim de tornar nossa equipe mais compacta. Nossa equipe ainda pressionará a metade da oposição, mas não de uma maneira que nos exponha a contra-ataques frequentes.
      Evitar carrinhos - Outro opcional aqui, mas a natureza passiva do nosso lado é demonstrada a não dar carrinhos. É provável que você faça menos faltas usando esta instrução da equipe e, ao fazê-lo, diminui as chances de sofrer com as bolas paradas perigosas contra você em zonas perigosas.
      Usar armadilha de impedimento - Como tenho ambos os zagueiros na mesma função e dever, decidi usar uma armadilha de impedimento para impedir que a oposição ficasse para trás. Obviamente, há um risco de que isso possa falhar, mas estou disposto a confiar nos meus jogadores defensivos e, esperançosamente, com o tempo, eles construirão uma sólida parceria para isso.
       
      AGRESSIVO 4-2-3-1

       
      Mentalidade positiva - A intenção dessa tática é pressionar alto e ditar o jogo, uma mentalidade positiva consegue isso. Você não precisa atacar para conseguir isso, mas os papéis dos jogadores e outras instruções da equipe implementam esse estilo.
      Jogada a partir da Defesa - Queremos pressionar com a bola e também sem a bola, para manter a posse de bola é uma prioridade, escolher jogar a partir da defesa, os defensores não vão dar bicudas aleatórias pra frente e vão iniciar as jogadas com mais paciência e inteligência.
      Ritmo mais alto - Precisamos de um ritmo(intensidade) alto para ajudar a desestabilizar o adversário, não queremos que a oposição tenha tempo para se organizar, esta instrução ajuda nossa equipe a mover a bola mais rapidamente.
      Bater livres curtos - Esta instrução ajuda a reter a posse, conforme mencionado no jogar a partir da defesa. Aqui podemos distribuir pra qualquer defensor.
      Contra-atacar - Quando recuperamos a bola, queremos contra-atacar imediatamente, pegando o adversário fora de posição e eliminando quaisquer lacunas em sua defesa, assim como no passivo.
      Contra-pressão - Quando perdemos a bola, queremos recuperá-la o mais rápido possível, esta instrução nos ajuda a ganhar o campo adversário, se ganharmos a bola rapidamente e no alto do campo, estaremos mais perto do gol para criar chances de perigo.
      Linha defensiva mais alta - Mover a linha defensiva mais alto empurra a equipe para criar uma área menor de jogo.
      Linha de pressão mais alta - Esta instrução ajuda os nossos jogadores a pressionar alto e a se envolver com a segunda linha mais acima no campo.
      Extremamente urgente - Se um jogador adversário rompe a linha de pressão, nossos jogadores são instruídos a pressionar o jogador com extrema urgência. Mais uma vez, isso ajuda a manter o campo pequeno e, esperançosamente mais perto do gol.
      Evitar distribuição curta do GR - Mais uma maneira de evitar que o adversário tenha tempo de pensar e organizar jogadas.
      Evitar carrinhos - A ideia é atacar agressivamente mas não fazer faltas desnecessárias tornando o jogo lento e passivo para o adversário. A pressão consciente continua sendo mais importante que a pressão desorganizada.
       
      OBS:Esse foi um pequeno tutorial ALTERADO do texto original. A ideia foi juntar informações mescladas que eu testei em meu save com dos criadores originais.
      Fonte: https://www.footballmanager.com/the-byline/building-tactic-passive-vs-aggressive-wednesday-wisdom
       
       
×
×
  • Create New...