Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Jirimias

O Legado - Clough vs. Revie

Recommended Posts

LC

Esse jeito marrento do Clough é sensacional.kkk. Lembra até um certo treinador Basco que eu conheço.kkkkk. Influência de Brian Howard Clough?kkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Jirimias
5 horas atrás, senna889091 disse:

Quero te felicitar pela boa temporada logo de cara no H'pool. Melhor cartão de visitas não há. 

Verdade, tem que ser Clough tb nos resultados rs

4 horas atrás, Ricardo Bernardo disse:

Muito boa a abordagem esta um Clough de verdade.

Esta indo tranquilamente para subir de divisão.

Vamos tentando aprimorar. Tá bem encaminhado. vlw,brother

4 horas atrás, LC disse:

Esse jeito marrento do Clough é sensacional.kkk. Lembra até um certo treinador Basco que eu conheço.kkkkk. Influência de Brian Howard Clough?kkkk

Verdade, é um personagem bacana de fazer e ver acontecer. Tem um pouco sim kkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Zaramelo

Prezado, após tantos anos, mais uma grande história!

Clough, o original, é um de meus nomes favoritos no esporte, e por sua conta jogo sempre com o Nottingham - seja no FIFA seja no querido FM - um dos gênios!

Aguardando, ansiosamente, pelo novo e com certeza ótimo post.

Abraços!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Jirimias
1 hora atrás, Zaramelo disse:

Prezado, após tantos anos, mais uma grande história!

Clough, o original, é um de meus nomes favoritos no esporte, e por sua conta jogo sempre com o Nottingham - seja no FIFA seja no querido FM - um dos gênios!

Aguardando, ansiosamente, pelo novo e com certeza ótimo post.

Abraços!

Faala, meu caro!

De fato ele era um gênio, e tb gosto do Nottm por conta de tudo que o clube conseguiu com seu comandante mais célebre. 

Estou preparando o próximo post, hj tem. ABraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Jirimias

BAN2.png

7

1NOT.png

Enquanto isso, o pai de Brian, Will Clough, está prestes a ser preso por desacato. Seu dedo indicador está apenas a alguns centímetros do rosto do delegado, que pacientemente escuta os protestos do ex-treinador.

DELEGADO: - Já acabou, Sr. Clough? Admiro muito o senhor e sua família, mas vou ser obrigado a prendê-lo se o senhor insistir em dar ataque de pelancas aqui dentro. Por favor, se contenha!

WILL: - Eu deveria ser mais respeitado por tudo que eu e e minha família representamos para esta cidade. Contribuímos e levamos o nome de Nottingham para o mundo, demos orgulho aos cidadãos, coisa que esta polícia nunca fez.

DELEGADO: - Olha, o senhor está indo longe demais. Acha mesmo que vou deslocar meus homens para ficar investigando um crime contra estátua, enquanto a cidade está em polvorosa com esta nova droga que chegou.

WILL:  - Droga?

DELEGADO: - Sim, um tal de funk. Está deixando nossos jovens descontrolados. Garotos pintam o cabelo de amarelo, meninas usam shortinho e fazem uma espécie de dança de acasalamento, eles ouvem esta porcaria sem fone de ouvido, andam balançando os braços para trás como se tivessem possuídos por uma entidade, aglomeram, levantam a porta traseira de seus carros e obrigam todos a ouvirem aquele maldito som. Mudam de nome, passam a ser chamar MC, DJ e falam dialetos estranhos. Especialistas garantem que perdem mais neurônios do que com qualquer outra droga. recentemente, perdemos até um de nossos soldados por culpa desta epidemia. O Cabo Mcdemort, homem sério, íntegro, ouviu uma vez por descuido uma destas músicas e seu corpo nunca mais parou de mexer, até que um dia perdeu o equilíbrio e caiu de uma ponte. Trágico! Deixou uma linda viúva, a qual estamos prestando assistência com todo carinho.

WILL: - Por favor, me poupe. Pelo jeito não adianta insistir. Acho que vou ter que fazer justiça com as próprias mãos.

DELEGADO: - O senhor quem sabe, mas lembre-se que se fizer besteira, não serei tão paciente como fui hoje.

Will Clough deixou a delegacia determinado a buscar o tal vândalo, mas sabia que não era algo possível de ser feito sozinho. Um detetive, sim, era isso que ele precisava.

  Untitled-2.png

2NOTT_1.png

Rick Holmes este era o nome do sujeito estranho que trajava sobretudo azul e uma cartola. Avesso à moda e às tecnologias, o brasileiro naturalizado inglês havia construído uma fama dedo duro de mão cheia, já que suas principais especialidades era flagrar maridos e esposas adúlteras e jogadores baladeiros. Com grande poder de arrumar inimigos, era impossível que ele tivesse uma vida tranquila, por isso o detetive mais requisitado de Nottingham tinha seu segurança pessoal. Capone é um mulato de dois metros, troncos largos e mestre em arremesso de facas, habilidade que aperfeiçoou no seu tempo de circo em Garulhos. Além de ser o guarda costa era também parceiro de Holmes, apesar desta função ser limitada por seu raciocínio lento.

Algo que Holmes considerava um privilégio, pois lhe dava acesso a lugares onde normalmente encontraria seus alvos. O escritório de Holmes ficava no coração de Notthinham: um sobrado antigo que abrigava bêbados, prostitutas, advogados de porta de cadeia e toda sorte de miseráveis. Tinha o aluguel mais barato e propiciava a convivência com pessoas que viviam o avesso da vida regrada da cidade,

Quando Will Clough chegou naquele lugar era como presenciar uma peça de um jogo de sete erros, tamanha era a estranheza dos habitantes daquele antro ao ver um homem de tamanha reputação ali. Foi recebido com um aperto de mão de Capone. O conhecido aperto de mão que demorava em torno de 15 segundos. Holmes interviu:

HOLMES: - Por favor, Capone, solte a mão do nosso cliente.

CAPONE: - Eu não gostei dele.

WILL: - Curioso jeito de receber os clientes, Sr. Holmes.

HOLMES: - Perdoe os maus hábitos do meu ajudante. Sente-se por favor. O que podemos ser úteis ao senhor?

Sob  o olhar desconfiado de Capone, Clough contava ao detetive sobre os atos de vandalismo recentes que vinham perturbando os Cloughs. Holmes havia ficado sabendo pelos noticiários, mas confessou não ter dado muita importância, pois achou que era coisa de algum desocupado. Diante da possibilidade de arrancar algum dinheiro do seu cliente famoso, tratou logo de ressaltar que era importante descobrir o responsável antes que ele fizesse coisa pior.

WILL: - O que ele poderia fazer de pior?

HOLMES: - Matar toda sua família, por exemplo. Não sabemos que tipo de gente estamos lidando. Creio que não terei dificuldades de localizar este meliante, lógico, se você quiser.

Tudo acertado, agora Clough poderia dormir mais tranquilo sabendo que em breve iria conhecer a face do desgraçado quebrador de estátuas.

  Untitled-2.png

3nott_3.png

Mesmo líder, o Hartlepool continuava se reforçando. O empréstimo de Oates, a lesão de Fallon, o desgaste de Gjokaj com Clough cujo conflito terminou no empréstimo do zagueiro, a demanda por peças que o esquema com três atacantes exigia e a temporada intensa era uma das desculpas que Clough utilizou para trazer quatro novos jogadores.
 
RTANSF.png
 
Entre eles estava Ngoy , apontado por muitos, inclusive por Peter Taylor, como um jogador de grande futuro, podendo tornar-se um dos melhores pontas da Premier League daqui alguns anos. Ainda que por empréstimo, Clough apostava nesta aproximação com o rapaz para quem sabe garantir no futuro um jogador com o qual pudesse contar. Tanto ele como Ngoy não planejavam seguir carreira do Hartlepool, para ambos os Pools era somente um trampolim, e isto fez com que eles se tornassem de alguma forma cúmplices de um crime premeditado. 
 
Julien Ngoy aprendeu com Clough que o futuro se constrói no agora, o único tempo que existe de fato. De alguma forma isso influenciou para que o rapaz tímido buscasse seu espaço na nova equipe. Logo no primeiro jogo, Nogy marcou dois gols e fez uma assistência. Foi um jogo memorável contra o Wycombe, vitória por 7-1, a segunda maior vitória da história do H'Pools. Ngoy a partir dali passou a fazer parte do onze inicial ao lado do artilheiro Oyenuga e de Rittemberg, outro que reforçou o time no meio da temporada.
 
WYCOMBE.png
 
Ngoy pode orgulhar-se de ter sido o primeiro jogador a fazer parte da Lista de Clough, uma lista criada pelo treinador com jogadores que ele gostou ou gostaria de trabalhar algum dia. Clough tinha uma segunda lista, a dos Odiados, que eram clubes que rejeitaram seu trabalho. Dizia ele: "Um dia eles vão querer vender suas mulheres, suas casas, suas filhas, tudo para me contratar, e o que eu vou dizer: vão se ferrar, bando de malditos!"

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
RTORRES27

O Ngoy já se mostrou uma ótima contratação e o time ganhou fácil.

Ia ser otimo se esses times da Championship tivessem aceitado, o Clough ia estar no mesmo nível do Reevie. Acho que na terceirona seria mais realista para os atributos de Clough.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
vinny_dp
Citar

Sim, um tal de funk. Está deixando nossos jovens descontrolados. Garotos pintam o cabelo de amarelo, meninas usam shortinho e fazem uma espécie de dança de acasalamento, eles ouvem esta porcaria sem fone de ouvido, andam balançando os braços para trás como se tivessem possuídos por uma entidade, aglomeram, levantam a porta traseira de seus carros e obrigam todos a ouvirem aquele maldito som. Mudam de nome, passam a ser chamar MC, DJ e falam dialetos estranhos. Especialistas garantem que perdem mais neurônios do que com qualquer outra droga. recentemente, perdemos até um de nossos soldados por culpa desta epidemia. O Cabo Mcdemort, homem sério, íntegro, ouviu uma vez por descuido uma destas músicas e seu corpo nunca mais parou de mexer, até que um dia perdeu o equilíbrio e caiu de uma ponte. Trágico! Deixou uma linda viúva, a qual estamos prestando assistência com todo carinho.

Ri muito aqui hahahaha

Sobre o save: gostei bastante das contratações, sem dúvidas podem trazer um grande acréscimo de qualidade ao time. E pelo menos ao N'gou vontade não falta, o garoto já deixou um belo cartão de visitas.

Uma curiosidade: quando você se candidatou aos cargos, qual era seu nível de expectativa de conseguir vaga em um deles? 

Boa sorte.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
DiogoHernandes

A Lista dos Odiados foi algo sensacional, confesso que não esperava por algo desse tipo.

Ricky Holmes como detetive, o cara deve ser bom. Imagina como olheiro. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Jirimias
2 horas atrás, RTORRES27 disse:

O Ngoy já se mostrou uma ótima contratação e o time ganhou fácil.

Ia ser otimo se esses times da Championship tivessem aceitado, o Clough ia estar no mesmo nível do Reevie. Acho que na terceirona seria mais realista para os atributos de Clough.

Joga fácil o moleque ali, quero ver se ele vai ser isso tudo no futuro.

Acho que iria queimar etapas, mas para o save ficaria bem interessante. Agora na terceira vamos ver se o CLough é bom mesmo rs

1 hora atrás, vinny_dp disse:

Ri muito aqui hahahaha

Sobre o save: gostei bastante das contratações, sem dúvidas podem trazer um grande acréscimo de qualidade ao time. E pelo menos ao N'gou vontade não falta, o garoto já deixou um belo cartão de visitas.

Uma curiosidade: quando você se candidatou aos cargos, qual era seu nível de expectativa de conseguir vaga em um deles? 

Boa sorte.

kkkk coitado dos ingleses com esta droga.

Tentei repor perdas que já estava tendo e que terei no restante da temporada, mesmo folgadinho na tabela não quero dar mole. O "Nego" não é fácil não, desequilibra.

A expectativa era a pior possível, mas queria testar a reputação do treinador, fiquei satisfeito.

26 minutos atrás, Jio Freed disse:

A Lista dos Odiados foi algo sensacional, confesso que não esperava por algo desse tipo.

Ricky Holmes como detetive, o cara deve ser bom. Imagina como olheiro. 

O pior que nesta foi o Derby, que foi onde o bisavô dele apareceu antes do Nottm Forest. Eu sempre quis guardar os clubes que me recusassem rs sabor de vingança.

Deixa o Holmes só como detetive, dentro do futebol, o máximo ele pode ser é um fofoqueiro de algum jornal kkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
bruno introvertido

7x1 foi pouco, esse delegado e safado em, não perdoa nem uma viúva.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ricardo Bernardo

Vixe o Funk invadiu a Inglaterra ai ferrou kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ngoy chegou chegando no time aposto que ele sera um jogador que vai ser contratado aonde o Clough for

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Johann Duwe

Sou muito mais Poirot do que Holmes, muito mais Agatha Christie do que Arthur Conan Doyle, mas gostei desse personagem apenas pela natureza dele.

Sinto falta de uma tela de classificação....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LikeaBoss

HAhaahah boa sacada com a droga Funk!

Gostei da lista de odiados do Clough, clubes onde nunca irá mesmo que tenha oportunidade, isso dará uma história legal. Além da lista de jogadores de futuro!

Dentro de campo parece que segue tudo bem, sem maiores sustos deverá subir de divisão, bom ver que voce ainda é um contratador compulsivo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Jirimias
21 horas atrás, bruno introvertido disse:

7x1 foi pouco, esse delegado e safado em, não perdoa nem uma viúva.

Poderia ter sido mais mesmo, bater, por exemplo, o recorde do clube que é 10x1. Delegado sinistro...

13 horas atrás, Ricardo Bernardo disse:

Vixe o Funk invadiu a Inglaterra ai ferrou kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ngoy chegou chegando no time aposto que ele sera um jogador que vai ser contratado aonde o Clough for

Já era kkk

É um bom jogador para acompanhar mesmo, tb tenho a impressão que será o xodó do Clough.

8 horas atrás, Johann Duwe disse:

Sou muito mais Poirot do que Holmes, muito mais Agatha Christie do que Arthur Conan Doyle, mas gostei desse personagem apenas pela natureza dele.

Sinto falta de uma tela de classificação....

haha legal que tenha gostado do NIck, tb gosto mais da Agatha, mas gosto mais do Holmes.

POis é, a tela foi pro saco pq eu dei uma adiantada no save, e ela foi esquecida. Foi mal...

6 horas atrás, LikeaBoss disse:

HAhaahah boa sacada com a droga Funk!

Gostei da lista de odiados do Clough, clubes onde nunca irá mesmo que tenha oportunidade, isso dará uma história legal. Além da lista de jogadores de futuro!

Dentro de campo parece que segue tudo bem, sem maiores sustos deverá subir de divisão, bom ver que voce ainda é um contratador compulsivo.

kkk eu sempre achei uma droga mesmo, imagino isso entrando em outro país kk.

Fora este lance de não ir para um clube destes, que pode até ir mas para provar que estavam errados, ela também pode ser usada como um ingrediente para rivalidades.

Estamos seguindo no rumo, vamos ver se vai ser sem susto até o fim. Continuo o mesmo kkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Jirimias

BAN2.png

8

O relógio já marcava duas da manhã, mas o sono não vinha. Estava perdido nos seus pensamentos: o que deveria ter sido feito e não fez, o que as pessoas estariam pensando dele e por fim a imagem de seu irmão rindo de sua desgraça.  "Era só uma maldita invencibilidade, coisa que se dá tanto valor até que alguém lhe tira, depois não faz mais falta. É como uma corrente que se quebra e você descobre que agora está livre" - disse-lhe Taylor minutos antes por telefone.

derrotaluton.png

O telefone voltou a ligar, não conhecia o número, mas a voz que puxou assunto era íntima e odiada.

REVIE: - Boa noite, assassino!

Passasse o tempo que passasse, Revie fazia questão de lembrar da morte da mãe no parto do irmão.

CLOUGH: - O que foi, bastardo?

REVIE: - Só liguei para ouvir sua voz de choro. Perdeu a invencibilidade, agora está sem sono e aposto que vai encher a cara, igual aquele fraco do seu pai, que aliás aprendeu a ser alcoólatra com aquele imbecil do seu bisavô. Espero ansiosamente pelo dia que você cruzar o meu caminho, vou te humilhar, destruir e exterminar. Fracassado!

Antes que Clough pudesse responder alguma coisa, Revie desligou. Passou até pela cabeça ligar para falar umas poucas e boas, mas não estava em um bom dia para discutir. Caminhou até a geladeira e pegou uma garrafa de whisky que tinha comprado exatamente para aquela ocasião. Já estava em seus planos após aquele fatídico jogo contra o Luton matar afogado os pensamentos. Foi seu primeiro porre da vida, o primeiro de muitos.

calenda1_1.png

barra.jpg

2MESES.png

"Na alegria e na tristeza". Cantarolava Brian Clough segurando uma taça de whisky enquanto festejava com seus jogadores a felicidade do título antecipado. 

titulojogo.png

CLOUGH: - Estou aqui hoje diante do melhor time da League Two. Vocês se lembram quem eram antes de entrar em campo pela primeira vez? Não lembram, pois não eram nada. Eu criei vocês, gerei vocês do barro, fiz de vocês minha imagem e semelhança."

TAYLOR: - Pronto agora acha que é um deus. - reclamou Peter taylor, enquanto os jogadores se divertiam com o discurso do professor.

CLOUGH: - Cala a boca, Taylor! Hoje vocês me encheram de orgulho, sei que sou mais novo do que alguns de vocês, mas me sinto um pai, um pai orgulhoso de ver que seus filhos foram determinados. Agora peço que continuem se esforçando, mesmo que pareça que não há nada mais que nos motive, é sempre bom mostrar que nós não somos apenas o primeiro, mas o melhor. Vamos passar dos 100 pontos! Vamos fazer história!

As palavras do comandante causaram um frenesi nos jogadores, que no meio de urros de "Vida longa a Clough!" levantavam o treinador;


tituloantecipado.png

Os dias seguintes ao título foram de trabalho, ainda que o acesso e o troféu continuasse sendo os assunto mais falados na mídia local. Brian Clough havia conquistado o primeiro título da história do clube, mais do que isso: ele estava dando ao torcedor dos Pools o direito a sonhar. Contudo, o gênio de Clough fazia com que ele não fosse uma unanimidade no clube, principalmente com suas reivindicações para renovar o contrato.

repercute2.png
 

barra.jpg

1SALA.png

A renovação do contrato com o Hartlepool caminhava para uma verdadeira novela. As bases salariais estavam acertadas, mas a exigência de Clough  na melhoria nas condições de treinos começavam a incomodar. O contrato já estava perto do fim e nenhuma das duas partes cediam. O presidente alegava a falta de fundos para obra das melhorias das condições de treino, Clough já pensava que a diretoria não nutria da mesma ambição que ele.

O título conquistado por antecedência, que valeu o acesso para a League One e o apoio da torcida que via em Clough um salvador, forçava a diretoria a ter cuidado, e ao mesmo tempo a pressão feita pelo treinador colocava Bennet em uma posição delicada diante dos conselheiros do clube.

CONSELHEIRO: - Bennet, você está conduzindo muito mal este caso do Clough. Não podemos admitir que um treinador venha dizer o que devemos ou não devemos fazer. Este conselho pede que dispense imediatamente o Brian. Nosso clube não deve ser refém de um rapaz que nasceu ontem.

BENNET: - Eu admito que eu deveria ser mais enérgico com ele, mas temos ali um treinador brilhante e que é adorado pelos torcedores. Além disso, temos que admitir que nosso clube está anos luz atrás dos outros mesmo em relação a estruturas, por isso estou pensando em colocar em votação a aprovação de um empréstimo que viabilize a reforma do CT. O que acham?

CONSELHEIRO:  - Nós não assinaremos nada.

Bennet estava mesmo numa encruzilhada quando uma mensagem no "zap" salva sua tarde.

"- Eu aceito a renovação. Abro mão das minhas exigências, por enquanto." - dizia a mensagem enviar por Clough.

Bennet encerrou a reunião feliz pela renovação do treinador, mas sabendo que estava em meio a uma guerra fria com seus conselheiros. A verdade é que a renovação de Clough estava diretamente ligada à outra renovação: a de Duckworth. Sem seu principal jogador na temporada, Clough dificilmente permaneceria. A renovação não era vontade do jogador, mas o fato é que existia uma cláusula no contrato do jogador que dava ao Hartlepool o direito a estender o vínculo por mais um ano, e assim foi feito. Bendita cláusula!

contrato.png

barra.jpg

De contrato renovado, Clough voltou à ativa contra o Wimbledom. Após um novo triunfo, o treinador do Hartlepool foi perguntado sobre a permanência no cargo, e não se eximiu de polemizar:

cloughrenova.png

Foram nove jogos até o fim do campeonato. Para não dizer que não havia nada em jogo para os Pool's, havia o desejo do grupo em bater o recorde de pontos da Liga, pertencente ao Oxford, 104 pontos. Em situação cômoda, Clough aproveitou para testar alguns jogadores afim de definir os que continuariam na próxima temporada. Com Rittemberg, Ngoy próximos de retornar ao clube, Brian apressou a entrada de Chris Fagan, jogador contratado para ser titular na próxima temporada.

calendariofinal.png

Com três derrotas, cinco vitórias e um empate, o Hartlepool alcançou os históricos 110 pontos. O Hartlepool também conseguiu a maior série invencível da história da League Two, 31 vitórias, e Michael Duckworth bateu outros dois recordes para os Pool's: maior número de assistências e de premiação como melhor em campo.  (ver recordes  aqui)

2LE.png

classfinal.png

EST1.png

estaliga.png

2ESTA.png

estatequipe.png

barra.jpg

fatos.png

Além da resposta afiada a respeito da renovação do seu contrato, Clough teve outras daquelas aparições memoráveis em coletivas. Em uma delas foi perguntado sobre o descontentamento de alguns jogadores com sua abordagem durante e após as partidas (assertivo ou agressivo).

lideranca.png

Clough também não poupava a organização da League Two que autorizava verdadeiros pastos para disputa de jogos. Em um destes embates, Brian não poupou o estádio do Barnet e recebeu a simpática réplica do treinador adversário, que acusou Clough de estar tentando arrumar desculpas para uma possível derrota. Após golear o Barnet por 4-0, Clough afirmou que o gramado não influenciou muito, concordando com o treinador adversário, que surpreendeu ao colocar a culpa no gramado pelo fiasco de sua equipe. O desaparte de David Connolly logicamente rendeu muitas gozações nas mídias sociais.

declaratreina..png

 

lin.png
nota.png
 
O post iria ficar muito longo, por isso guardei algumas coisas como premiações, resumo da temporada do Leeds de Revie e outras coisinhas para o próximo post.
 
lin.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Andreh68

vc acha que a extensão de contrato quando o jogador não tem interesse de renovar pode fazer com que ele jogue mal?

Performance dominante na temporada, deve manter uma boa toada na próxima também.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
bruno introvertido

Pai cachaceiro, esse Revie tem muito ódio no coraçãozinho dele, o Hartlepool sobrou na League 2, nem deu chances para os outros brincarem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Jirimias
1 hora atrás, Andreh68 disse:

vc acha que a extensão de contrato quando o jogador não tem interesse de renovar pode fazer com que ele jogue mal?

Performance dominante na temporada, deve manter uma boa toada na próxima também.

Não sei ao certo, mas as atuações dele pioraram um pouco, só que foi de todo o time, então não sei até que ponto era culpa de uma renovação contra a vontade, ou o time que se acomodou no final. Acho que na próxima a coisa deve complicar um pouco, mas vou tentar manter uma base, apostar no entrosamento como diferencial. Como o time sobrou na quarta divisão, é provável que esteja no nível de disputar a terceira sem perigo de cair, aí é ajustar algumas posições para tentar algo mais.

48 minutos atrás, bruno introvertido disse:

Pai cachaceiro, esse Revie tem muito ódio no coraçãozinho dele, o Hartlepool sobrou na League 2, nem deu chances para os outros brincarem.

Tem sim rs

Hartlepool foi superior o tempo todo, foi uma disputa bem tranquila, mas não espero o mesmo na temporada que vem por aí, por isso vamos ter que reforçar algumas posições.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
vinny_dp

Um final de temporada semelhante a todo resto, excelente! Os números ofensivos e defensivos da equipe são a prova de como a equipe sobrou em todo o campeonato.

Duckworth, Bingham, Oyenuga tiveram uma temporada excelente. Que bom que irão continuar para a League One.

Rittenberg teve uma ótima passagem pelo clube e é uma pena que não continue. Ao menos seu substituto parece que vai manter o mesmo ritmo do antecessor. 

Parabéns pelo acesso e boa sorte para a próxima temporada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Jirimias
1 hora atrás, vinny_dp disse:

Um final de temporada semelhante a todo resto, excelente! Os números ofensivos e defensivos da equipe são a prova de como a equipe sobrou em todo o campeonato.

Duckworth, Bingham, Oyenuga tiveram uma temporada excelente. Que bom que irão continuar para a League One.

Rittenberg teve uma ótima passagem pelo clube e é uma pena que não continue. Ao menos seu substituto parece que vai manter o mesmo ritmo do antecessor. 

Parabéns pelo acesso e boa sorte para a próxima temporada.

Verdade,vinny! Foi uma temporada estupenda.

O contrato do Rittenberg termina e ele vai ficar a abordar, vamos ver se dá para fechar em definitivo, mas como vc bem analisou, o Fagan tem tudo para manter o nível. Vlw!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Jirimias

BAN2.png

 

RETROCLOUGH.png

Treinador do Ano: 01 

 Títulos: 01 |  Jogos disputados: 52

 Vitórias: 36| Derrotas: 7 | Empates: 9

 Gols marcados: 106 | Gols sofridos: 38  |Aproveitamento: 69%

magazinehart.png

Camera-icon.pngJogador do Ano & Artilheiro- League 2 || Clough treinador do Ano - League 2

barra.jpg  

RETROTHOMAS.png

Treinador do Ano: 00  

 Títulos: 00 |  Jogos disputados: 51

 Vitórias: 20 | Derrotas: 20 | Empates: 11

 Gols marcados: 66 | Gols sofridos: 65  |Aproveitamento: 39%

magazineleeds.png

Camera-icon.pngClassificação Final - Championship

barra.jpg

ENGLIS.png

Treinador: Roy Hogson, desde 2012

Vitórias: 11 | Derrotas: 5 | Empates: 2

 Gols marcados: 36 | Gols sofridos: 14  |Aproveitamento: 61%

1qual.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
VitorSouza

Ano sensacional, né? Nem tem muito o que dizer.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
bruno introvertido

O Revie caiu do Leeds? ou só esta balançando.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Jirimias
45 minutos atrás, VitorSouza disse:

Ano sensacional, né? Nem tem muito o que dizer.

Foi mesmo um grande ano. Vlw!

30 minutos atrás, bruno introvertido disse:

O Revie caiu do Leeds? ou só esta balançando.

Nem balançando, a ele superou a previsão inicial que era da equipe terminasse entre 14º a 19º. Tá seguro. Só que na descrição dele diz que a diretoria não tem a mesma ambição que ele.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Andreh68

A BBC foi bem simpática com o desempenho do Leeds. Pode até ter fiado acima da previsão inicial, mas olhando a temporada foi um pouco decepcionante

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • DiegoCosta7
      Por DiegoCosta7
      Introdução e propostas 
       
       
      Então galera, depois de um longo inverno longe daqui, decidi voltar a escrever aqui na área, com uma aventura nos rochedos do estreito de Gibraltar onde estou montando simultâneamente dois trabalhos, desenvolvendo o Morrocan United, que no jogo milita na quarta divisão local, paralelamente estarei desenvolvendo a seleção local com o objetivo de coloca-la entre as principais seleções mundiais, como podem perceber, será um save de longo prazo, e espero estar me divertindo, e claro, proporcionar a galera uma experiência maravilhosa aqui na área, então vamos aos objetivos do Save:
      Clube: Subir para a primeira divisão Se consolidar entre os melhores times do país se tornar campeão da primeira divisão e da copa nacional desenvolver as infraestruturas do time ao nível máximo Disputar a Champions League Conquistar a Champions League Ser o clube gibraltino mais bem reputado  Ter uma categoria de base sólida que abasteça o time principal com jovens talentos (outros objetivos serão adicionados posteriormente, conforme a evolução do time)
       
      Seleção: Classificar a seleção para a Eurocopa Classificar a seleção para uma Copa do Mundo Chegar ao Top5 do ranking da FIFA Ganhar a Eurocopa Ganhar a Copa do Mundo Ter mais vitórias que Espanha, Inglaterra, Portugal e Marrocos nos confrontos diretos (Também como nos objetivos do Clube, serão adicionados novos objetivos posteriormente, conforme a evolução da Seleção)
       
      Próxima Atualização: Perfil do treinador, Elenco, Staff, Táticas e Pré temporada.
       
       
       
       
    • daniloxw36
      Por daniloxw36
      eae galera e que estou jogando fm 2016 jogo original notei que em algumas equipes de divisão inferiores na hora de escalar o time não mostra se o jogar esta apto para fazer aquela função não aparece o grafico indicando se o jogador se adaptar a fazer aquela função ou não,Sera que tenho que contratar alguém para que possa mostra isso ?
    • Danut
      Por Danut
      Olá pessoal,
      bem, como aqueles que acompanharam a história já sabem, meu save com o Union Berlin não teve um final feliz. Mas é claro que eu não conseguiria ficar afastado aqui da área. Então apresento a vocês minha nova história. E dessa vez, com uma grande novidade: não jogarei na Alemanha!
      O clube escolhido para essa nova aventura é o FC United of Manchester. Não pretendo ficar descrevendo a história do clube por aqui, pois acho que a maioria já deve ter ouvido falar dele. Para os que não sabem nada, um brevíssimo resumo: o United of Manchester foi criado em 2005 por torcedores do Manchester United que não concordaram com a venda do clube para um investidor estadosunidense. Assim, surgiu o clube, gerido pelos próprios torcedores. Os primeiros anos do clube foram de muito sucesso, incluindo três promoções seguidas. No sétimo nível do futebol inglês, contudo, a equipe encontrou mais dificuldades, e foram precisos sete temporadas para conseguir a promoção. Desde a temporada 2015/16, o United of Manchester se encontra no sexto nível do futebol inglês.

      "Conheça os donos" - os torcedores tem orgulho em mostrar quem é que manda no clube
       
      No manifesto de constituição do clube existem sete princípios básicos que devem guiar o FC United:
      A diretoria será eleita democraticamente por seus sócios; As decisões tomadas pelos sócios serão decididas seguindo a sistemática "uma cabeça, um voto"; O clube irá desenvolver ligações com a comunidade local, e procurará se manter acessível a todos, sem discriminar ninguém; O clube irá se empenhar em manter os preços de ingressos tão acessíveis quanto possíveis; O clube irá encorajar a participação da juventude local – seja jogando ou torcendo – sempre que possível; A diretoria irá se empenhar, sempre que possível, em evitar a comercialização excessiva; O clube irá se manter uma organização sem fins lucrativos.  
      Bem, quem já acompanhou minhas opiniões sobre certos clubes aqui pelo Fórum pode bem imaginar que a ideia do United of Manchester me encanta bastante. Por isso a escolha de clube. Mas além de achar legal os princípios colocados, ler eles me deu a ideia de como tornar o save um pouco mais interessante do que um mero save com uma equipe de divisão inferior na Inglaterra. Sendo um clube que valoriza a participação da juventude, o FC United me parece o clube perfeito para minha primeira tentativa de jogar só com a base. Ou seja: durante o save todo, não pretendo realizar a contratação de nenhum jogador, apenas desenvolver os talentos que surjam através de nossas categorias de base.
       
      Em termos de objetivos, esse save será um pouco diferente do normal. Não tenho a pretensão de conquistar nenhum título específico – embora, claro, ficarei feliz se isso vier a ocorrer. A pretensão do clube é outra, talvez muito mais ambiciosa: queremos ser, por uma temporada, a melhor equipe de Manchester.
      Para tanto, defini alguns critérios que precisarão ser cumpridos durante a temporada para considerar o objetivo completado:
      Terminar à frente de Manchester United e Manchester City em todas as competições disputadas; Não perder nenhuma partida contra os rivais locais diante dos próprios torcedores; Obter um resultado favorável na soma dos confrontos contra cada um dos rivais (vencer mais do que perder); Não ser humilhado em nenhuma partida contra os rivais (não perder de goleada em nenhuma partida).  
      Obviamente, esse objetivo é algo de longo prazo. Não sei nem mesmo se será possível chegar ao nível necessário para completá-lo. Mas será isso o que eu buscarei durante o save. Caso fique óbvio que o clube não tem mais condições de evolução, posso acabar decidindo por encerrar o save antes disso.
       
      Em relação ao save, carreguei a liga inglesa apenas, com todas suas divisões, e uma base de dados grande. Foram escolhidas as opções "Não adicionar comissão técnica" e "Impedir uso do editor do jogo". A data de início é a pré-temporada da temporada 2015/16.
       
      PS: Acho que está claro já, mas só pra ninguém ter dúvidas: não será um save voltado para histórias, e sim ao FM mesmo.
      PS²: Obrigado ao @vinny_dp e ao @ggpofm pelas conversas construtivas e que me encorajaram a tentar o save.
    • DiegoCosta7
      Por DiegoCosta7
      Como modificar a Champions e as regras dela e de outros campeonatos ?
    • DiegoCosta7
      Por DiegoCosta7
      Prezados, Boa Noite.
      Alguém aí sabe como modificar as competições de copa, em Particular a Champions e a UEL, e criar uma estrutura da liga sérvia, com mais times na primeira divisão, no caso das competições européias de clubes, quero colocar mais clubes nas mesmas e abolir regras como o limite de jogadores inscritos nelas, se possível, como posso estar modificando, pois pretendo fazer alguns testes.
×