Jump to content

Nas contas de Andrés, ingresso em Itaquera precisa subir quase 50%


Leho.

Recommended Posts

  • General Director

Nas contas de Andrés, ingresso em Itaquera precisa subir quase 50%

por Camila Mattoso, do ESPN.com.br

Gazeta Press

622_29569709-211c-3302-a1e7-309c5543bbef

Andrés Sanchez durante a inauguração da Arena Corinthians com ídolos

Os corintianos ainda não sabem quanto vão ter de pagar para ir ao próximo jogo na casa nova, evento-teste da Fifa, contra o Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro. Na inauguração, contra o Figueirense, o preço das entradas gerou insatisfação a muitos torcedores, que protestaram nas redes sociais e logo ao final da partida. Se o ex-presidente Andrés Sanchez seguir com seu plano em frente, o valor médio dos ingressos pode subir ainda mais.

Na estreia, com bilhetes entre R$ 50 e R$ 400, a partida contou com cerca de 36 mil pessoas e chamou a atenção por ter batido o recorde do preço médio mais caro de toda a competição nacional, em R$ 83. Na despedida do Pacaembu, contra o Flamego, a média foi de R$ 42.

Em março deste ano, o dirigente e responsável pelo estádio entrou em contato com o Blog do Juca Kfouri, do portal UOL, para mostrar com contas que pagará com tranquilidade toda a construção do palco de abertura da Copa do Mundo - o custo até agora é de R$ 1,2 bilhão. Segundo os cálculos, o Corinthians terá a cada jogo as mesmas 36 mil pessoas do jogo contra o Figueirense, resultando em uma renda bruta de R$ 4,26 milhões. Se você dividir um pelo outro, vai chegar ao valor de R$ 119, como média.

Vale lembrar que, como destacado pelo blogueiro, Andrés não leva em consideração para chegar a esse número os custos com despesas que existem para a partida acontecer e considera essa como uma lotação mínima.

Se por um lado o preço médio passará de R$ 83 para R$ 119, a boa notícia é que haverá à disposição dos torcedores ingresos mais baratos do que os colocados à venda no evento contra o Figueirense: cerca de 20 mil assentos custarão R$ 30 cada, se o ex-presidente seguir em frente com a ideia.

Veja trecho do post de Juca Kfouri com as contas de Andrés Sanchez:

São dele (Andrés Sanchez) os cálculos:

"O estádio pode chegar a custar um bi e 50 milhões de reais, coisa que demonstrarei em junho ou julho para quem quiser ver. Vamos manter as estruturas provisórias por 18 meses e vou mencionar aqui apenas a renda com jogos de futebol, além de calcular por baixo, com apenas 50% de ocupação do estádio.

Nas estruturas provisórias cabem 20 mil torcedores. Vamos vender 10 mil ingressos por jogo a 30 reais.

Embaixo delas, cabem 9 mil pessoas de cada lado. Venderemos a metade a 40 reais.

No prédio leste embaixo são 10 mil lugares. Admitamos que venderemos 5 mil a 150 reais.

Em cima dele, mais 9 mil lugares. Fiquemos com 5 mil ingressos vendidos a 80 reais.

Aí, ainda tem os lugares dos vips, 14 mil lugares. Que sigamos calculando a metade, 7 mil ingressos a 350 reais.

Muito bem. O Corinthians joga, como mandante, em média, de 38 a 40 jogos. Reduzamos para 35.

Faça as contas. Não leve em consideração a venda dos direitos do nome do estádio, nem a publicidade estática, nem as dos telōes, o aluguel de camarotes, cativas, a renda de bares e restaurantes e do estacionamento, nem muito menos de festas, casamentos e shows".

Bem salgado esse ingresso médio aí, não? Vão deixar pro corintiano pagar essa conta, é isso?

Link to comment
Share on other sites

Tem que pagar o Estadio, ou querem que fique sem pagar... Essa Imprensa não se decide.

Uma informação importante:
Se por um lado o preço médio passará de R$ 83 para R$ 119, a boa notícia é que haverá à disposição dos torcedores ingressos mais baratos do que os colocados à venda no evento contra o Figueirense: cerca de 20 mil assentos custarão R$ 30 cada, se o ex-presidente seguir em frente com a ideia.

Quase metade do estadio a preço popular.

No caso do primeiro jogo, se vendeu todos ingressos a media de publico continuara alta mesmo pagando um pouco mais caro do que era antes.

Link to comment
Share on other sites

Vive em outra realidade. Quem vai acreditar que o Corinthians ou qualquer outro clube vai fazer 35 jogos por ano com 4 milhões de renda? 4 milhões de pesos, de ienes... de reais? Nunca!

Eu duvido que consigam 10 jogos por ano com essa renda. Na real, não acho que façam 5.

Veremos.

Link to comment
Share on other sites

Fui dar uma olhada nos borderôs no site da CBF.

Em 2013, o Corinthians fez 14 jogos pelo Brasileirão no Pacaembu. 5 deles tiveram receita maior que 1 milhão. A maior foi contra o Flamengo: 1 milhão 389 mil.

Em 2012, foram 19 jogos no Pacaembu. 3 com renda acima de 1 milhão. A maior contra o Santos: 1 milhão 157 mil.

Vai fazer 35 jogos por ano tirando 4 milhões. Vai, sim.

Link to comment
Share on other sites

Fui dar uma olhada nos borderôs no site da CBF.

Em 2013, o Corinthians fez 14 jogos pelo Brasileirão no Pacaembu. 5 deles tiveram receita maior que 1 milhão. A maior foi contra o Flamengo: 1 milhão 389 mil.

Em 2012, foram 19 jogos no Pacaembu. 3 com renda acima de 1 milhão. A maior contra o Santos: 1 milhão 157 mil.

Vai fazer 35 jogos por ano tirando 4 milhões. Vai, sim.

Onde se viu falando que a media sera de 4 Milhões ?

Também não da para comparar o Pacaembu com a nova Arena.

No Pacaembu, os preços populares era praticamente para 20 a 25 Mil pagantes e apenas uns 3 a 5 mil pagavam mais caro, ai não tem jeito de chegar a uma renda tão alta comparado as novas Arenas do Brasil.

Agora na arena Corinthians, vamos pegar a media de publica do Corinthians esse ano no Brasileirão (28.554 mil) e colocar com o preço médio que foi utilizado contra o Figueirense de 83 reais, teremos uma renda media de 2.369.982,00 (2,3Milhões) por jogo, o que já supera todos times no Brasil em renda media e provavelmente a media de publico do Corinthians tende a aumentar com um estadio que tem mais capacidade de publico que o Pacaembu e Canindé onde fizemos alguns jogos.

Provavelmente nos clássicos e nos jogos contra outros grandes e ate na Copa do Brasil a renda provavelmente ira chegar a 4 Milhões e ate Superar com o estadio estando ainda com as cadeiras provisorias (ainda neste ano) o publico esse ano poderá ser de 65 a 68 mil nesses jogos.

Ainda esta sendo visto a possibilidade de se manter as provisorias ate o fim de 2015, o que ira colaborar ainda mais com a media de publico e renda.

Link to comment
Share on other sites

Só de provisórias + atrás dos gols que são setores que provalvelmente viverão cheios por serem de menor custo e tendo uma perda por conta do visitante já dá grana demaaaaaaais.

20mil * R$30 + 18mil * R$40

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...