Jump to content

Árbitro chora após episódio de racismo no Rio Grande do Sul


Guest João Gilberto

Recommended Posts

Guest João Gilberto

Árbitro chora após episódio de racismo no RS: "Pensei no meu filho"

Márcio Chagas da Silva encontrou bananas no seu carro

As feridas abertas pelo ataque racista a Márcio Chagas da Silva vão demorar a fechar. Depois de encontrar bananas no seu carro após apitar o jogo entre Esportivo e Veranópolis, na Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, ele se emocionou ao relembrar o episódio. Em sua casa, em Porto Alegre, o árbitro lamentou o ato, ocorrido após a vitória dos donos da casa por 3 a 2 (assista ao vídeo com a entrevista do árbitro).
- Quando me deparei com meu veículo com as portas amassadas e bananas por cima… banana no cano de descarga, eu fiquei muito decepcionado por ser tratado dessa forma, já que vivemos numa cidade relativamente educada e evoluída. Eu pensei no meu filho. Pensei: "Eu vou dar um beijo no meu filho" e dizer "cara, para ti isso não vai acontecer porque isso é muito ruim, é muito ruim" - disse, chorando.
bananas.jpg
Segundo ele, desde a entrada no gramado na Montanha dos Vinhedos, ouviu ofensas. E, ao ir embora, encontrou as bananas em seu carro, no estacionamento. A direção do Esportivo, clube mandante da partida, está reunida e se manifestará oficialmente até o fim da tarde.
- Eu me senti muito mal, bem decepcionado, porque a gente sai de casa sempre para fazer o melhor trabalho possível. Lógico que os erros da arbitragem vão acontecer, e não foi motivo para que tivesse acontecido tudo isso dessa forma negativa, porque, se forem buscar as imagens e até as análises da partida, não há lances contestáveis pra que pudesse acontecer uma manifestação tão negativa como foi dessa forma. E até meu questionamento aos meus colegas no término da partida foi... isso porque a equipe do Esportivo venceu a partida, imagine se fosse ao contrário. De repente colocariam fogo no meu carro? Invadiriam o vestiário? - questionou.

marciochagas.jpg.png

O árbitro garantiu que vai fazer boletim de ocorrência e que aguarda um posicionamento da Federação Gaúcha de Futebol:
- Eu preenchi a súmula, eu vou fazer o boletim de ocorrência ainda, porque não consegui fazer ontem (quarta-feira). Fiquei bem abalado emocionalmente e não consegui fazer naquele momento, queria voltar o mais rápido possível para minha residência. Vou entrar em contato com o sindicato dos árbitros, para ver qual procedimento adotar. E esperar o julgamento da Federação Gaúcha de Futebol a esse fato lamentável - disse.
Márcio Chagas diz não ter dúvidas de que os insultos saíram do local onde estavam os torcedores da equipe da casa, já que a divisão na arquibancada, segundo ele, fica bem clara. Além de relatar o incidente na súmula do jogo, ele aguarda um posicionamento do sindicato dos árbitros sobre o assunto. Diz que ouviu xingamentos como “macaco”, “teu lugar é na selva” e “volta para o circo”, entre outros. As ofensas foram percebidas também no intervalo da partida.
Link to comment
Share on other sites

Não gosto nada desse sujeito, já aprontou demais por aqui, mas isso não se faz a ninguém, o caso ocorreu na cidade vizinha, já fui pra lá algumas vezes, realmente tem uns tiozão metido a Italianão e que eu já vi falando frases racistas, mas nunca achei que chegaria a tanto, lamentável demais.

Link to comment
Share on other sites

Não costumo ficar emotivo por causa dessas coisas, mas ver a imagem desse cara chorando me parte o coração. Sei lá o motivo. Dá vontade de chorar também, maluco.

Não se faz esse tipo de coisa com ser humano algum. Parece que ele sentiu forte o baque mesmo.

Link to comment
Share on other sites

Não acho que seja para tanto, todo árbitro é xingado pra caralho e o cara aparentemente foi xingado em razão da atividade que exerce. O componente racial no xingamento não é mais grave que componentes homofóbicos, que denigrem a imagem de um terceiro (o popular "filho da puta") ou relativos a origem do indivíduo. Como quase sempre há a confusão de chamar injúria qualificada de racismo.

O que eu acho que passou do que normalmente ocorre foi irem no carro do cara e amassar, não é racismo, mas dano ao patrimônio de outro é crime também.

Link to comment
Share on other sites

Vejo muita diferença entre racismo e ser chamado de fdp.

Mais uma vez: não é racismo. É injúria qualificada. Alguém pode alegar que "filho da puta" não é injúria qualificada, mas não vem ao caso. De qualquer forma "juiz viado" é inquestionavelmente injúria qualificada (ou a mesma coisa, como preferir).

Racismo seria, por exemplo, o Esportivo se recusar a entrar em campo por ser um árbitro negro.

Racismo é o que aconteceu, por exemplo, com a australiana que se recusou a ser atendida por uma manicure porque ela era negra (segundo relatado). Isso é racismo, isso é discriminação. Usar componente racial para xingar alguém que seria xingado de qualquer forma por sua profissão (árbitro) não é racismo, é injúria qualificada.

Link to comment
Share on other sites

Mais uma vez: não é racismo. É injúria qualificada. Alguém pode alegar que "filho da puta" não é injúria qualificada, mas não vem ao caso. De qualquer forma "juiz viado" é inquestionavelmente injúria qualificada (ou a mesma coisa, como preferir).

Racismo seria, por exemplo, o Esportivo se recusar a entrar em campo por ser um árbitro negro.

Racismo é o que aconteceu, por exemplo, com a australiana que se recusou a ser atendida por uma manicure porque ela era negra (segundo relatado). Isso é racismo, isso é discriminação. Usar componente racial para xingar alguém que seria xingado de qualquer forma por sua profissão (árbitro) não é racismo, é injúria qualificada.

Racismo por parte da torcida Salvaro, ou acha que as bananas foram coincidência por ele ser negro?

Link to comment
Share on other sites

Racismo por parte da torcida Salvaro, ou acha que as bananas foram coincidência por ele ser negro?

As bananas foram o componente racial de uma ofensa a ele. O que eu estou tentando explicar é que o xingamento (a injúria) existiria de qualquer forma por ele ser árbitro e não por ser negro. O componente racial é justamente o que faz com que a injúria vire injúria qualificada.

Link to comment
Share on other sites

As bananas foram o componente racial de uma ofensa a ele. O que eu estou tentando explicar é que o xingamento (a injúria) existiria de qualquer forma por ele ser árbitro e não por ser negro. O componente racial é justamente o que faz com que a injúria vire injúria qualificada.

Concordo contigo, mas acho que estás apelando pra um termo técnico desnecessário. Sim, é injúria qualificada, não racismo. Mas a notícia falou em racismo em sentido amplo, popular, sem diferenciar entre injúria ou não. E ser vítima de injúria qualificada pela questão racial, pra mim, é diferente (eu diria até pior) de ser chamado de filho da puta, até porque, 90% das vezes, tu não quer xingar a mãe do cara, mas o cara. No racismo ("injúria qualificada", a coisa já muda, se quer mesmo atingir o cara pela "raça" dele. São coisas diferentes.

Link to comment
Share on other sites

Concordo contigo, mas acho que estás apelando pra um termo técnico desnecessário. Sim, é injúria qualificada, não racismo. Mas a notícia falou em racismo em sentido amplo, popular, sem diferenciar entre injúria ou não. E ser vítima de injúria qualificada pela questão racial, pra mim, é diferente (eu diria até pior) de ser chamado de filho da puta, até porque, 90% das vezes, tu não quer xingar a mãe do cara, mas o cara. No racismo ("injúria qualificada", a coisa já muda, se quer mesmo atingir o cara pela "raça" dele. São coisas diferentes.

Como eu disse, vocês estão se prendendo a um caso que dá para questionar se é injúria qualificada ou apenas injúria (o filho da puta), no caso da homofobia ou origem que eu citei (que seria o "juiz viado" ou o "japonês de olho fechado que não viu a porra do lance") cairia sem qualquer discussão.

Só que a confusão feita não é essa. É entre a ofensa e a discriminação. Ou entre a injúria qualificada e o racismo. São crimes diferentes e geralmente são confundidos pela grande mídia e o segundo é muito mais grave que o primeiro.

Não que eu não ache esse caso grave. Se tiveram acesso ao carro e danificaram o patrimônio do cara é sinal de quem poderiam ter também ameaçado a integridade física dele caso chegasse ao local. E isso é muito grave.

Link to comment
Share on other sites

3 pontos por ter cometido racismo??

Ai o Passo Fundo escala um jogador irregular e perde 8.

Link to comment
Share on other sites

Eu não concordo em nada com o fato de um time perder pontos por culpa das merdas que a torcida faz.

O presidente de um time pequeno vai lá, faz toda uma programação, com escassos investimentos, recursos limitadíssimos, briga pra jogar o campeonato e aí perde pontos por culpa de meia dúzia de filhos da puta que não tem educação?

O remédio pra esses casos nojentos de racismo é identificar e meter na CADEIA, fim de papo.

Link to comment
Share on other sites

Eu não concordo em nada com o fato de um time perder pontos por culpa das merdas que a torcida faz.

O presidente de um time pequeno vai lá, faz toda uma programação, com escassos investimentos, recursos limitadíssimos, briga pra jogar o campeonato e aí perde pontos por culpa de meia dúzia de filhos da puta que não tem educação?

O remédio pra esses casos nojentos de racismo é identificar e meter na CADEIA, fim de papo.

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro: Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa.

§ 1º - O juiz pode deixar de aplicar a pena: I - quando o ofendido, de forma reprovável, provocou diretamente a injúria; II - no caso de retorsão imediata, que consista em outra injúria.

§ 2º - Se a injúria consiste em violência ou vias de fato, que, por sua natureza ou pelo meio empregado, se considerem aviltantes: Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa, além da pena correspondente à violência.

§ 3º - Se a injúria consiste na utilização de elementos referentes a raça, cor, etnia, religião, origem ou a condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência: Pena - reclusão de um a três anos e multa.

Se com roubo e tráfico já tem muita gente que escapa da cadeia, você acredita mesmo que alguém ficará preso no Brasil por injúria qualificada com a pena de um a três anos?

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

  • Similar Content

    • EduFernandes
    • bstrelow
      By bstrelow
      Tópico destinado aos jogos e acontecimentos na competição.
       
       
      Regulamento: O regulamento se mantém em relação à última edição, com a inversão do mando de campo dos jogos na fase classificatória. Os 12 clubes jogam entre si em turno único. Os quatro melhores avançam para a semifinal em jogos de ida e volta, assim como na final - desta vez, sem o critério do gol qualificado. Após o término da fase classificatória, os dois últimos colocados serão rebaixados para a Série A2.
       
      Clubes: 
       
      Calendário: Link com data dos jogos
       
      Transmissão: A RBS TV transmitirá jogos aos sábados e quartas-feiras. SporTV e Premiere exibirão partidas da dupla Gre-Nal e do Juventude. Já o ge.globo/RS disponibilizará transmissões ao vivo com narração, comentários e reportagem da equipe de Esporte do Grupo RBS.
       
    • Respeita Meu Manto
      By Respeita Meu Manto
      Gente como não tem tópico de estaduais aqui no fórum, criei especificamente esse pra falar sobre a covardia desse jogador do São Paulo-RS, as imagens falam por si só:
      O jogador saiu do estadio numa viatura direto pra delegacia.
    • bstrelow
      By bstrelow
      NFORMAÇÕES DA PARTIDA
      Data de início:  23 de mai. de 2021 16:00  Local:  Porto Alegre  Estádio:  Arena do Grêmio   ---   Ambas equipes vem de vitória no meio de semana, Grêmio anunciou DC, Inter pressionado. Ainda assim é grenal, não consigo confiar 100% no Grêmio nunca.
    • GKFaNG
      By GKFaNG
      Oremos.

×
×
  • Create New...