Jump to content

Andrés Sanchez: "Vou ser presidente do Corinthians em 2018 e e vou quebrar todo esse sistema da CBF"


roger silva

Recommended Posts

Um dos jornais mais tradicionais da Europa, o suíço Neue Zürcher Zeitung (NZZ) realizou entrevista exclusiva com o ex-presidente corintiano Andrés Sanchez. A conversa foi cedida na íntegra para o Terra pelo jornalista Martin Helg* e traz uma revelação importante de Andrés, já sem esperanças de assumir o poder da CBF com Francisco Noveletto. Ele diz categoricamente que volta a presidir o Corinthians em 2018.

Aos jornalistas suíços, com quem falou na Arena Corinthians, Andrés confirmou sua estratégia para tentar o poder no futebol brasileiro a partir do poder corintiano. A constatação foi feita depois dele visitar uma série de presidentes de federações estaduais e verificar que a eleição de Marco Polo Del Nero para suceder José Maria Marin na CBF já está praticamente sacramentada.

Na entrevista cujos melhores trechos são reproduzidos abaixo, Andrés ainda faz críticas à administração de Mário Gobbi no Corinthians, a quem classifica como conservador. O ex-presidente também se intitula 'pai, filho, neto e avô' do estádio que será inaugurado em Itaquera no mês de abril.

"Estamos com os acabamentos finais do estádio. O mais demorado é a tecnologia de informação: o Corinthians tem o (sistema) dele já feito, mas a Fifa exige outro tipo de cabo. Isso está um pouquinho demorado."

O dono do estádio

"Bonito é o Corinthians ter um estádio que há 103 anos era um sonho e ninguém conseguiu realizar. Sou o vô, o pai, o filho e o neto desse estádio. Aqui eu mando em tudo. O estádio está na minha responsabilidade. No clube sou um simples conselheiro e ex-presidente. É o Gobbi presidente.

Sob meu comando, o Corinthians não ganhou só títulos, mas projeção mundial. Saiu de 2008, de um faturamento de US$ 22 milhões, e entreguei para US$ 152 milhões. A marca Corinthians valia US$ 150 milhões de dólares. Entreguei valendo quase US$ 1 bilhão. Em cinco ou seis anos, o Corinthians estará entre os três clubes mais ricos do mundo. Tem o Corinthians antes de mim e depois de mim. Tem o Corinthians antes do Ronaldo e depois dele. E depois tem o Corinthians antes do estádio e depois do estádio.

Falta comando. Falta uma pessoa forte. Time de futebol perde e ganha a vida toda. Mas a imagem e a administração não podem perder, e perdemos um pouco no último ano. É fácil recuperar. Gobbi delegou muito. Ele tem o pensamento mais conservador e o futebol do Corinthians precisa de risco. Tem que arriscar bastante para crescer.

O futebol brasileiro é muito arcaico. Muito atrasado. Para ser candidato à CBF, você depende muito de federações. Quem comanda são as federações. Por ter vindo de clube, tenho uma rejeição grande e muitos problemas. Os clubes deveriam mandar no futebol.

Se os clubes ficam fortes, quebra o sistema. As federações sabem que vou romper com isso. Eu quebrei o Clube dos 13 e por isso saiu de R$ 20 milhões para R$ 100 milhões de tevê. Eu posso ser o presidente do Corinthians em 2018. Vou ser e vou quebrar todo esse sistema da CBF. Vou! Em 2018! Daqui quatro anos. Gobbi sai no fim do ano, entra outro e depois venho eu. Se eu entrasse hoje na CBF, faria composição para federações e clubes trabalharem juntos, mas não quiseram. Então vai ser na marra! Os clubes vão se revoltar, serão independentes e criarão uma liga."

Preço de ingressos

"Foi pensado de 40% do estádio para preços populares, de R$ 40 para baixo. O mercado vai decidir o preço dos outros 60%. Vamos começar com alguns limites e, se tiver muita procura, aumenta. Se tiver menos, você abaixa. Depois da Copa, são 32 mil pessoas na arquibancada e 20 mil pessoas em VIPS e camarotes. Essas 20 mil precisam subsidiar o resto. A diferença estará nos serviços, mas o padrão do banheiro, do piso, é tudo igual.

Nós do Corinthians fomos na Europa ver os grandes estádios. Na Europa, nos Estados Unidos, e adaptamos o mais moderno ao Brasil. É um shopping center com um campo no meio. Foi tudo pensado em como vender (ingressos) e como ganhar dinheiro. São 60 lojas, algumas abertas sempre, e todas durante os jogos.

O povo brasileiro tem que se acostumar a andar de transporte público. De metrô do centro até Itaquera são 17 minutos. O Morumbi não tem metrô e nem trem. Aqui tem metrô a 100 metros e trem a 300 metros."

70 mil lugares na Arena Corinthians?

"Pode aumentar de novo o estádio até 70 mil. Depois da Copa, serão 50 mil lugares, mas a estrutura está toda pronta para fazer até 70 mil. Conforme nosso (programa) sócio torcedor for crescendo, você constrói (os novos lugares) fixos."

* Os áudios da entrevista foram cedidos pelo jornalista do diário suíço Neue Zürcher Zeitung (NZZ).

Fonte: http://esportes.terra.com.br/corinthians/andres-jura-volta-ao-corinthians-em-2018-para-quebrar-cbf,bfe991c378a64410VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html

Link to comment
Share on other sites

Em que mundo tu chega do centro até itaquera em 17 minutos? ahuahuahauha

NUNCA parceiro. Aliás, quero ver em jogo as 22 horas nego indo de metro pra itaquera e não tendo como voltar porque o metro fecha, ou saindo antes do jogo acabar.

No mais, o cara é um safado, bandido de marca maior, mas tirou o corinthians da merda.

Link to comment
Share on other sites

Só de saber que o Andres tem interesse em voltar a ser Presidente, já me deixa entusiasmado e quais serão essas mudanças que poderá acabar com a CBF (digo no modo como é hoje, não acabar com ela e sim passar por uma transformação que vá melhor o futebol brasileiro).

Link to comment
Share on other sites

CBF x Andres Sanchez. Independente de quem ganhar, tamo fudido.

Link to comment
Share on other sites

Acredito que o Andres é menos pior que os atuais da CBF, talvez daí nasça um embrião de uma liga de clubes. Entretanto falta muito tempo e tudo pode acontecer.

Link to comment
Share on other sites

  • General Director

O Andrés é um grandessíssimo babaca filho-da-puta como pessoa, mas como dirigente e homem de negócios não dá pra negar: o safado tem uma veia empreendedora mt forte, e isso pode servir mt bem numa CBF da vida por exemplo. Conseguiu transformar o Corinthians (que tinha um potencial mercantil mt mal explorado vale dizer) numa máquina de arrecadar dinheiro; trouxe enfim o tão sonhado título da Libertadores, e ainda de lambuja "mexeu seus pauzinhos" e garantiu o estádio pro clube nessa Copa de 2014.

Falta gente interessada nesse lado do negócio dentro do futebol, e não somente esses coronéis arcaicos de federações longínquas que mal fomentam o esporte e se contentam com migalhas jogadas pelo presidente da CBF a cada ano de eleição. Falta um cara pra bater na mesa, reorganizar federações e botar os caras pra trabalhar; falta chamar os clubes e colocarem-nos com mais poder pra gerir o principal campeonato do país, enfim, acho que deu pra entender o que falta hahahaha!

Link to comment
Share on other sites

Ricardo Teixeira era um cara de negócios (nunca foi muito chegado em futebol, parou na presidência da CBF porque era genro do JH). Não tem nada demais.

Sanchez é um cara parcial, fanático e desequilibrado. Só aumentaria a concentração de poder que já existe no futebol brasileiro.

Link to comment
Share on other sites

[...]

O maior trunfo do Andres foi ter profissionalizado o futebol e o marketing do Corinthians. Fora isso, o sucesso dele se deve a politicagem, nada mais que um Marin da vida.

Link to comment
Share on other sites

Em que mundo tu chega do centro até itaquera em 17 minutos? ahuahuahauha

Tem a linha expressa que liga da Luz a zona Leste e ate outras cidades, incluindo a estacao itaquera

Link to comment
Share on other sites

Desde que não deixe o Gobbi como sucessor, pode voltar.

Link to comment
Share on other sites

Tem a linha expressa que liga da Luz a zona Leste e ate outras cidades, incluindo a estacao itaquera

Nesse caso é o trem, não o metro. Metrozão velho de guerra não tem como fazer em 17 minutos, não.

Link to comment
Share on other sites

Nesse caso é o trem, não o metro. Metrozão velho de guerra não tem como fazer em 17 minutos, não.

Ronaldo e Valcke levaram 17 minutos de metro e ele não é velho não.

1653642_664067150296231_169031360_n.jpg

Link da noticia: http://esportes.terra.com.br/futebol/copa-2014/com-tumulto-e-bronca-de-ronaldo-valcke-vai-a-itaquera-de-trem,660b2ec07864b310VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html

Link to comment
Share on other sites

Nego muito louco para achar que se faz do centro a Itaquera em 17 minutos,em horário fora de pico levo cerca de 35 a 40 minutos do Anhangabaú a Itaquera,imagina como será em dia de jogo¬¬

Link to comment
Share on other sites

Quando disse velho de guerra, foi mais um neologismo do que literal. De qualquer forma, nem todas as composições são novas como a que levou essa comitiva. fikdik

Quanto ao tempo, o metro fica de 20 a 30 segundos com as portas abertas e leva, em média, 2 minutos entre partir de uma estação e parar na outra. São 12 estações da Sé até Itaquera, só fazer as contas. E, mesmo estando em MG, presumo que você já tenha andado nessa linha, certo?

Edit:

Só destacando a notícia:

"Nesta quarta-feira, uma comissão com integrantes de Fifa e Comitê Organizador Local (COL) realizou o trajeto entre as estações Luz e Corinthians/Itaquera por meio do Expresso da Copa, trem que faz a viagem à zona leste de forma direta."

Novamente, pelo metro não tem como ser nesse tempo mesmo.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

sou são-paulino, mas falem o que falar, esse cara é competente. Por mim seria o presidente da CBF no lugar desse mal-caráter assassino terrorista e um dos responsáveis pela ditadura.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Que bom pro Corinthians, que péssimo pro futebol brasileiro HAHA Já basta tanto Coringão quando Urubuzada ganhar mais de 100% a mais que o meu time, agora tem que voltar o manipulador mestre haha Chega, vou me mudar pra europa de uma vez.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...