Jump to content

Alguém aqui faz alguma arte marcial?


_Biofa

Recommended Posts

Porra, rapaziada... estava pra criar esse tópico desde semana passada.

Sábado agora eu competi no 'Aberto de Verão 2014' da FJJ. Competição de Jiu Jitsu.

Porra, eu acredito que nesse mundo não exista sensação melhor que você entrar pra lutar, com o ginásio cheio, te olhando e você ali de frente pro teu oponente.

Sem saber quem é, como ele luta e quanto tempo ele luta... como é a formação dele e ainda assim você tem 5 min para finalizar ou ser finalizado.

Puta que pariu, caras.

Alguém aqui já teve esse prazer? Seja no jiu jitsu ou no boxe/Muay Thai.

Se nunca tiveram, o que estão esperando para ver isso?

Eu que já era viciado nessa porra, estou mais viciado ainda. Treinando todos os dias, 2h por dia, me preparando para o próximo campeonato dia 04/05 de Abril.

Link to comment
Share on other sites

Porra, quero muito fazer algo, mas não acho nada aqui. Vou ver se acho algo em Nova Iguaçu ou até mesmo no Méier.

Link to comment
Share on other sites

E como tu se saiu Biofa?

Eu curto pra caralho e talz... mas nunca fui atrás de aprender alguma arte, só joguei futebol mesmo minha vida inteira...

Link to comment
Share on other sites

Se eu não tivesse mudado de cidade, a essa hora eu já era faixa-preta de tae-kwon-do.

Quero ver se volto a lutar algo. Depois que eu entrar de férias vou ver algo. Meus horários tão todos certinhos, vou ver o que encaixa.

Link to comment
Share on other sites

Conheço bem essa sensação, participei de 2 Brasileiros e duas seletivas para Sulamericano, é um sentimento muito foda, durante a semana tu se doa todo para chegar na competição e fazer bonito, isso é muito bom.

Mas não sou de JJ/Muay, eu treino Karate a um bom tempo. Final desse ano vou prestar exame a faixa preta.

Link to comment
Share on other sites

E como tu se saiu Biofa?

Eu curto pra caralho e talz... mas nunca fui atrás de aprender alguma arte, só joguei futebol mesmo minha vida inteira...

Então, eu perdi na primeira luta. Tentei aplicar uma seoi-nage, quase levei mas o maluco defendeu bem e me quedou. Cai na meia-guarda e não deu tempo de esgrimir para trazer para minha guarda fechada ou ir para as costas dele. Na meia-guarda, se vc falha de fazer isso rápido, eh quase fatal.

Fui finalizado na ezequiel. Mas já era esperado porque eu to muito recente ainda.

Abril tem mais.

Link to comment
Share on other sites

E como tu se saiu Biofa?

Eu curto pra caralho e talz... mas nunca fui atrás de aprender alguma arte, só joguei futebol mesmo minha vida inteira...

Ganhou, entrou com uma mascara e quando tirou o cara caiu duro pra trás... Fábio wins

:coldado: :coldado: :coldado: :coldado: :coldado: :coldado: :coldado: :coldado: :coldado:

Link to comment
Share on other sites

Ponta Preta de TaeKwonDo, mas parado a 8 anos.
Campeonato é animal; ganhei catarinense e classifiquei pro brasileiro na época, mas minha mãe encheu o saco pq ia ter que ficar viajando muito fora a questão do $.

Link to comment
Share on other sites

Nunca fiz, mas recentemente pensei em fazer karatê ou tae-kwon-do. Vamos ver se animo de verdade.

Link to comment
Share on other sites

Treinei Kickboxing na FightCenter em Caxias do Sul.

http://www.fightcenter.com.br/

Competi só uma vez...

Eu moro num prédio e a academia é embaixo do prédio desde que eu nasci tem a academia ali, seria muito vadio se eu nunca nem entrasse na academia.

Link to comment
Share on other sites

Treinei quatro anos de Tae-Kwon-Do STF e dois anos do WTF.

Agora, tô desde novembro treinando Boxe e Muay Thai. Daora demais.

Link to comment
Share on other sites

Mesmo não sendo arte marcial, tenho curiosidade em conhecer Krav Magá.

O padrasto de um amigo meu, na época que o Uruguai vivia uma ditadura, treinou por 2 anos em Israel...

Certa vez ele tava em POA e um cara foi assaltar ele...Ele surrou o assaltante ea policia chegou pra salvar bandido, hehe

Eu fiz muay thai um tempo, mas mais pra treinar msmo, nunca tive vontade de entrar em campeonatos...

E Fábio, acho que essa idéia de ter um oponente do outro lado e tu conhecer pouca ciosa dele, com todo mundo te olhando é um sentimento que a gnt sente em qualquer esporte..

Link to comment
Share on other sites

O padrasto de um amigo meu, na época que o Uruguai vivia uma ditadura, treinou por 2 anos em Israel...

Certa vez ele tava em POA e um cara foi assaltar ele...Ele surrou o assaltante ea policia chegou pra salvar bandido, hehe

Eu fiz muay thai um tempo, mas mais pra treinar msmo, nunca tive vontade de entrar em campeonatos...

E Fábio, acho que essa idéia de ter um oponente do outro lado e tu conhecer pouca ciosa dele, com todo mundo te olhando é um sentimento que a gnt sente em qualquer esporte..

Pode ser que sim.

Já fiz isso no futebol e não senti 1/10 do que senti no Jiu Jitsu.

Falar é complicado... a pessoa tem que pisar lá e viver aquilo. É sensacional.

Link to comment
Share on other sites

Acho que não tem comparação não. A partir do momento que tu entra ali é tu e tu mesmo. Futebol é uma raça e tu pode fazer merda o jogo todo que pode sair vencedor.

Link to comment
Share on other sites

To fazendo Muay Thai e Boxe Chinês. Ainda to conseguindo conciliar os dois, mas acho que uma hora terei de escolher por apenas um, já que são parecidos, mas os detalhes podem me fazer confundir um com o outro.

Link to comment
Share on other sites

Sempre fiz artes marciais. Comecei pelo judo quando criança, fiz uns 5 ou 6 anos e foi a única que competi. É bem bacana, muito técnico, ótimo para crianças/adolescentes por não ser muito violento. Rompi os ligamentos cruzados do joelho e fiquei de molho um bom tempo.

Depois fiz mais ou menos um ano de Karaté e larguei. Não gostava tanto assim, bastante enrolação, 10 minutos de reflexões e 50 min de aula (com o aquecimento). Entrei na faculdade e como já trabalhava de dia, parei com tudo por uns anos.

Depois da faculdade, fiz 4 ou 5 anos de Muay. É, para mim, a melhor arte que existe. É a que vc cansa mais, é a mais eficiente em pé. Não tem enrolação como coisas como "ki", é só porrada mesmo. Aí a vida apertou de novo e eu parei.

Quando aliviou, resolvi fazer Krav Magá com um amigo. Meu deus, que arrependimento. Fiz 2 anos dessa enrolação do caralho. É uma bosta, é algo feito pra mulheres e homens que são/foram bulinados na infância, muito leve. Aparentemente, vc até aprende a brigar MAIS OU MENOS, mas demora uns 4 pra vc começar a fazer algum tipo de sparring com alguém, e mesmo assim não pode bater na cara (mesmo de luvas). Em 6 meses de Muay vc aprende a trocar melhor do que em 5 anos de Krav Maga. A vantagem do Krav Maga é que se alguém quiser te estuprar, vc vai saber tirar a mão da pessoa da sua garganta, huahuahua.

Enfim, uma "arte" completamente comercial. E olha que meu mestre era o Benny, primeiro faixa-preta fora do RJ e o cara mandava muito bem.

Dai voltei pro Muay Thai. Paro e começo de novo, paro e começo de novo... Não pretendo fazer qualquer outra coisa, talvez só o judo quando a idade apertar.

Link to comment
Share on other sites

O medo que eu tenho de jiu-jitsu e Judô é justamente meus joelhos. Já não são muito bons e eu tenho mais de um amigo que estourou ligamento, um estourou 2 vezes, uma seguida da outra.

Link to comment
Share on other sites

Quando o esporte é individual a adrenalina é bem maior, porque todo mundo te olha tu cria expectativa, etc.. Mas até hoje a adrenalina de entrar num campo com geral contra você, ou a favor, pra mim ainda é foda. E faz muito tempo que não sei o que é isso, mas a sensação é inesquecível.

Link to comment
Share on other sites

No jiu jitsu você se machuca com uma frequência. É natural.

Meu cotovelo direito dói um pouco devido a tanto armlock que levei quando comecei. uahuahuahuhaua

Meus dedos do pé quase quebraram algumas vezes, de prender no tatame, meus dedos das mãos estão todos tortos e extremamente calejados e as articulações deles doem pra caralho... meu ombro direito tá um pouco dolorido e a lombar também.

Mas isso é natural do esporte.

Já fiz muay thai e nunca tive a satisfação que tive desde a primeira aula no JJ. É absurdo.

Essa porra devia ser estudada cientificamente. Você sai exausto, com os joelhos queimando, com os dedos em carne viva, todo dolorido, mas tu sai com um grau de felicidade absurdo. É macabro pra caralho!

Sem falar que nego fala de muay thai, mas o JJ te prepara para a rua e para o tatame. Em dois passos é possível tu levar qualquer lutador de muay thai pro chão e quando for pro chão, parceiro... coitado do braço e do pescoço do cara. uahuhauhauhaua

Link to comment
Share on other sites

Trinquei a costela de um colega de treino na segunda, excesso de força no chute, pqp. Com razão eu levei bronca, na rua e competição pode e deve bater forte, mas no treino não é bem assim, mas não consegui separar isso na segunda.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

  • Similar Content

    • Respeita Meu Manto
      By Respeita Meu Manto
      Se tiver algum tópico no fórum onde estejam discutindo o assunto, por favor unam esse tópico ao já existente, mas acho essa discussão interessante e quis trazer pra cá, hoje vi uma postagem que um amigo compartilhou da Folha de SP sobre o padrão do descobrimento que é um dos principais pontos turísticos de Lisboa e ontem foi pichado em inglês com a seguinte frase "velejando cegamente por dinheiro, a humanidade está se afogando em um mar escarlate", recentemente tivemos aqui no Brasil a estátua do Borba Gato sendo incendiada, tanto um caso como o outro, a justificativa é a mesma "reescrever a história", a pergunta que deixo é, qual a sua opinião? Esse pessoal tem razão ou não passam de vândalos? 
    • _Biofa
      By _Biofa
      Fala rapaziada, tem alguém aqui(provavelmente tem) que trabalhe com programação aqui?
       
      Estou começando a estudar a vera, nãoe stou trabalhando somente para estudar e me reinserir no mercado de trabalho. Estou aprendendo React, já tenho um conhecimento basico de JS e vou começar um bootcamp em Agosto agora sobre React/Backend com Node, etc. 
       
      Queria trocar ideia sobre assuntos do mercado e de aprendizado. tem alguem ai?
    • Leho.
      By Leho.
      ---
      Trouxe a opinião do PH Santos que é um vlogger que eu sigo e acho maneiro, mas sintam-se à vontade pra trazerem outros vídeos de análises e comentários sobre o tema.
      Aliás, falando em comentário... o que vocês acham disso tudo? Qual o caminho que tomará o cinema? E o streaming, caminha pra ser a grande revolução midiática dentro do entretenimento que tá parecendo ou não?
    • Bikas
      By Bikas
      Bom, o título é péssimo, eu sei, mas foi exatamente o que pensei quando lembrei do fórum. Muito, muito tempo que não entro aqui. Entrei no meu perfil antigo e o último acesso é de 2017, mas mesmo nessa época lembro que já entrava bem pouco por causa da faculdade. Nem lembro a senha.
      Instalei um SSD no notebook ontem e lembrei do FM, tô baixando e decidir dar uma olhada em como estava o fórum. Perdi o contato com todo mundo, as vezes ainda falo com  o Jonera pelo Twitter e falei com o Emerson Araújo no ano passado.
      Pelo que vi ainda tem uma galera boa aqui. Henrique, Bernardo, Lowko é Powko, Léo Reis, ggpofm e Bruno Trink. Não vi Ariel, Ne0 (lembrei dele esses dias por causa da Covid em Manaus, espero que esteja tudo bem) e nem o Matheus. Jogamos muito Dota 2 e eu era ruim demais. Eles ainda participam? Bernardo aparentemente virou cientista político (pode virar fonte!). Lembro que ele não parava de falar do Chomsky e por alguma razão eu achava que era um pensador ucraniano... 
      Acho que aqui foi por um bom tempo o espaço que pude exercitar minha vontade de escrever na adolescência: contava saves no Profissão: Manager (cheios de erro de português, mas tá valendo!), participei de um projeto Redação Fmanager, acho que tocado pelo Henrique, em que escrevíamos alguns textos sobre futebol. Lembro que algumas pessoas como o Emerson e o Jonera estavam fazendo Faculdade de Comunicação (acho que tinha mais gente, como o Renato e o rafinha13) e foi bem legal.
      Eu acho engraçado como são as coisas porque já havia vários sinais que eu gostava de escrever e de alguma forma viraria jornalista, mas nunca me toquei. Inclusive, quase fiz outras faculdades. Me formei no meio do ano passado em Jornalismo na UFJF, fiquei uns dois meses procurando emprego e acabei conseguindo uma vaga como repórter de política em um jornal de Belo Horizonte. Hoje cubro principalmente o governo Zema e a Assembleia Legislativa de Minas Gerais.
      Vou tentar acessar mais o fórum (tô de folga até segunda, amém) e me inteirar das novidades. Vi que tá rolando umas entrevistas com os membros. Achei muito legal.
      Enfim, tô curioso para saber como está a vida de vocês, onde estão morando, se houve mudanças grandes etc. Galera teve filhos? Casaram? Foram morar no exterior?
      Abraços!
       
    • Luiz A. Borel
      By Luiz A. Borel
      Lembro-me que tinha um tópico sobre isso, mas não encontrei na busca e criei outro pra falarmos de tattoo. 
      Tenho três, mas duas são maiores (e ainda tenho que terminá-las). 
      Na perna esquerda, tenho um urso. Foi a primeira que fiz. Pretendo fazer uma cobertura nela, para encaixar no estilo das outras que tenho.
      No braço esquerdo, tenho uma maori, que estende até o meio do peito, onde começa a parte biomecânica com o coração em homenagem ao Boca (que muitos duvidam, mas é o time que torço), que vai até o punho do braço direito (vou procurar a foto da parte do antebraço e edito aqui). Essa é a que pretendo terminar de fechar quando passar a pandemia. 
      Na perna-esquerda, também tenho no estilo biomecânico, ocupando toda a perna e cobrindo uma cicatriz cirúrgica.
      Tenho em mente, além da cobertura que citei, algo para as costas. Já me ofereceram ser tela em uma exposição e fechá-la com outro maori, mas não é o que busco.
      Quem mais gosta das tattoos? Postem aí, heheh. 
      Pra moderação, caso esteja na área errada ou com tag errada, peço que ajeitem. 🙂 
×
×
  • Create New...