Jump to content

A história de Olímpio Celeste


Tsuru
 Share

Recommended Posts

spacer.png

 

Muito ajuda quem não atrapalha
01/06/2015

Depois de um bom início de campeonato, o Albion ocupava a vice-liderança da Segunda Amateur, acima das expectativas gerais - meio de tabela - e na briga por uma vaga na divisão superior. Mas, para se postular como candidato real à subida, era necessário derrotar o Oriental e o Basañez, dois adversários diretos nessa disputa, e contra os quais a equipe jogaria na sequência.

Um obstáculo que se colocava no caminho do Decano eram os vestiários agitados, com vários jogadores reclamando uma vaga no time principal. 

 

spacer.png

 

Achei, de verdade, que as reclamações por espaço na equipe iriam se limitar a alguns atletas. Mas o motim se alastrou e, ao longo dos três meses seguintes, nada menos que dez jogadores chiaram. E já sabem o que acontece quando isso ocorre no Albion...

 

spacer.png

 

Não foi apenas a reclamação - eram em sua maioria reservas, e quando jogavam, rendiam pouco. Achei que não faria diferença e de fato não fez.

 

spacer.png

Peralta | Heiha


A principal contratação para mim é Chavasco. Vindo do Oriental, sua contratação enfraqueceu o rival e nos fortaleceu - além da boa qualidade que ele tem, já demonstrada em campo.

 

spacer.png

 

Trouxemos também mais um zagueiro, o Peralta, e apostamos no veterano camaronense Heiha, que a princípio vem para ser banco de Leandro Fernandez. Espero que Heiha não reclame tanto como os ex-colegas.

 

spacer.png

 

Nosso primeiro adversário dessa sequência era o Alto Peru, mais uma equipe que entra em campo jogando de propósito para não perder. Durante boa parte do jogo tentamos furar a retranca deles - o 4-2-2-2 com dois volantes e dois meias laterais - sem sucesso. Basicamente eles se fechavam na defesa, apertavam a marcação e, quando recuperavam a bola, ficavam gastando o tempo e tocando de lado.

Não dava para empatar outro jogo contra um time bem mais fraco e que joga dessa forma. Subi a mentalidade para Controlar e ativei as instruções “Manter a Posse de Bola” e “Pressionar Muito Mais”, para que o Albion recuperasse a pelota mais rápido, a usasse melhor e fosse mais agressivo no último terço.

O efeito foi quase instantâneo e começamos a atacar de forma mais perigosa. O gol foi ficando mais próximo e veio no segundo tempo, quando Benítez sofreu pênalti e Parlacino bateu para abrir o placar. Mantive a forma de jogo e fomos premiados com mais um gol, agora de Benítez, que chutou rasteiro dentro da área e fechou o placar de uma vitória construída na estratégia.

 

spacer.png

 

Me empolguei com o resultado e decidi manter a estratégia “guardiolista” para enfrentarmos o Oriental. Não deu lá muito certo e, ainda que tenhamos feito um jogo razoável, o Albion estava estranho em campo, como se alguma coisa não encaixasse. Melhor para o adversário, que abriu o placar logo aos 12 minutos do primeiro tempo, num chute rasteiro dentro da área, e fez mais dois na segunda etapa, usando as costas da nossa linha defensiva e se aproveitando da expulsão de Alfonso.

Como diz o ditado: muito ajuda quem não atrapalha. Principalmente quando quem atrapalha é o técnico.

 

spacer.png

 

De volta ao Enrique Falco, recebemos o líder Basañez, com o guardiolismo devidamente deixado de lado. O resultado foi uma partida extremamente equilibrada, em oportunidades criadas, em posse de bola e em chutes a gol. Normalmente, nesses casos, a vitória vem nos detalhes - quem melhor aproveita as chances que cria. E, nessa tarde, não fomos nós.

 

spacer.png

 

As derrotas nos derrubaram na tabela, mas ainda estávamos na briga pela vaga na liguilla. E com esse espírito entramos em campo para enfrentar o Artigas.

Levamos um susto e saímos perdendo logo após o apito inicial, mas em 17 minutos Leandro Fernandez e Parlacino viraram o jogo para nós. O zagueiro Fernando Rimolli ampliou ainda no primeiro tempo e o meia Pareja fez o quarto, no que parecia ser mais uma vitória tranquila.

Porém, o Artigas veio para cima e conseguiu marcar mais duas vezes. Para nossa sorte, não havia muito mais tempo de jogo.

 

spacer.png

 

E então veio a última rodada do campeonato regular, contra o Platense. Precisávamos vencer e torcer contra o Montevideo para assegurarmos a vaga na liguilla.

O time correspondeu em termos de volume de jogo, mas outra vez a pontaria deixou muito a desejar. O tempo ia passando e, faltando pouco para o fim, decidi subir a mentalidade para tentarmos a vitória. Porém, deu tudo errado: quem marcou foi o Platense, e não tivemos mais tempo de buscar o empate.

 

spacer.png

 

Enquanto isso, o Montevideo derrotou o Mar de Fondo sem dificuldades (4 a 1) e nos empurrou para fora da zona da liguilla. A nós, nos restava cumprir tabela até o final do campeonato (são os jogos a partir de 15 de março, que iniciaram com outro confronto contra o Platense).

 

spacer.png

 

Graças aos critérios de desempate, o Basañez acabou campeão e conquistou a subida de divisão. Foi por pouco, porque fizeram uma liguilla bem ruim e foram amassados pelo Oriental. No fim, valeu a regularidade que tiveram ao longo de toda a competição.

 

spacer.png

 

Confesso que fiquei um pouco decepcionado, mas a Segunda Amateur é assim mesmo, equilibrada ao extremo e onde um tropeço custa muito caro. Precisaremos de mais regularidade se quisermos, de fato, ir além do meio da tabela.

 

spacer.png

 

Analisando as estatísticas do time, podemos observar algumas coisas bastante interessantes.

 

spacer.png

 

Leandro Fernandez, com oito gols, Parlacino, com seis, e Benítez, com quatro, foram os principais responsáveis por balançar as redes adversárias. Juntos, marcaram 18 dos 31 tentos do Albion no campeonato, ou pouco mais da metade. Isso talvez ajude a explicar a falta de pontaria - somos um time extremamente dependente deles para decidirmos as partidas a nosso favor. Se por algum motivo não jogarem bem ou não estiverem em campo, provavelmente teremos dificuldades.

Analisando as assistências, o principal “garçom” é novamente Leandro Fernandez, com seis passes para gol. Apesar de nesse campo ser mais bem dividido, com outros atletas tendo dado três passes chave - Benítez, Novo e Pareja - novamente é possível observar a importância de Fernandez.

Considerando que ele é o principal garçom e goleador, o Albion sofreu de uma espécie de “Fernandependência”. É preciso tentar aumentar um pouco o nível do elenco para evitarmos que o time precise tanto de apenas um atleta.

Reparem também que há alguns jogadores no elenco que não estavam no início do campeonato, e não constam de nenhuma contratação feita. Isso é porque são originários das nossas categorias de base.

 

spacer.png

 

Para mim, a cantera da base é o futuro do Albion. Somos um time amador, sem perspectiva financeira nenhuma, e que não consegue nem mesmo atrair os melhores jogadores da divisão atual, pois preferem continuar em seus clubes. Sendo assim, a melhor alternativa acaba sendo mesmo investir nos garotos.

 

spacer.png

 

Fiz um filtro pelos atributos mentais e ofereci contratos a vários deles (são os que tem “pro” do lado do nome). Na próxima temporada acredito que ainda não conseguirei aproveitá-los nem no banco, pois têm apenas 15 anos e não quero queimá-los. Mas daqui a duas épocas já veremos os moleques como alternativa e entrando durante os jogos.

 

spacer.png

 

Link to comment
Share on other sites

Muito interessante esse save. Gostei demais da introdução no que diz repeito às "curiosidades" sobre o futebol uruguaio. A escolha pela terceira divisão é realmente um grande desafio, mas os primeiros jogos mostrou que está bem na gestão da equipe. Na sequência eu vi a contratação do jovem de 23 anos que nos FMs mais recentes dificilmente jogaria uma terceira divisão (ou estou errado/?), pois seus atributos são muito bons para essa divisão. Na segunda parte da temporada o time parece que perdeu um pouco o fôlego.
Acompanharei com certeza essa saga e a curiosidade sobre o FM 15 é grande, pois comecei a jogar a partir do 16 e já nem lembro muito mais como era, rs. 

Link to comment
Share on other sites

El Tanque Sisley ganhando a final do uruguaio é surpreendente, isso seria o primeiro título do clube. Parabéns para eles!

Realmente entendo sua dor com relação a jogadores perebas nas divisões inferiores. Vai ter que apelar para a cantera, e espero que ela apele para você também, trazendo bons jogadores.

No mais, campanha interessante. Meio morna, meio quente. É o que dava pra se esperar.

E gostei da sua definição no comentário da atualização anterior: Divisões de acesso são o local onde vemos jogadas dignas de Messi, e outras dignas de Rockgol. hahahaha

Boa sorte pra próxima temporada!

Link to comment
Share on other sites

Em 12/12/2019 em 23:42, Vannces disse:

Muito interessante esse save. Gostei demais da introdução no que diz repeito às "curiosidades" sobre o futebol uruguaio. A escolha pela terceira divisão é realmente um grande desafio, mas os primeiros jogos mostrou que está bem na gestão da equipe. Na sequência eu vi a contratação do jovem de 23 anos que nos FMs mais recentes dificilmente jogaria uma terceira divisão (ou estou errado/?), pois seus atributos são muito bons para essa divisão. Na segunda parte da temporada o time parece que perdeu um pouco o fôlego.
Acompanharei com certeza essa saga e a curiosidade sobre o FM 15 é grande, pois comecei a jogar a partir do 16 e já nem lembro muito mais como era, rs. 

Oi Vannces. Seja bem vindo e espero que se divirta tanto quanto eu 🙂

Fiz uma introdução bem ao meu gosto, com a parte histórica do futebol em foco. Eu cheguei a pensar em inserir, ao fim de cada temporada, um post com um pouco da história do futebol uruguaio, mas ainda não sei se farei isso. Talvez não com a história, mas com alguma curiosidade e tal. Ainda estou amadurecendo a ideia.

Curiosa essa observação que você fez, de fato parece que nos FMs seguintes o Chavasco seria jogador para divisões mais acima. Talvez o jogo tenha ficado mais rigoroso nesse sentido, o que não sei se é bom ou ruim. Ao mesmo tempo que tem o lado do realismo, se as divisões mais baixas ficam muito fracas, se tornam ainda mais complicadas, e conseguir contratar um jogador fora de série acaba destacando demais o time em relação aos outros.

O FM 15 vale a pena, para mim continua sendo a melhor versão desde que foi lançado. Larguei o 17, que jogava já há três anos, e não tenho a menor vontade de voltar. E nenhuma vontade de testar os mais recentes.

Obrigado pelo comentário!

7 horas atrás, marciof89 disse:

El Tanque Sisley ganhando a final do uruguaio é surpreendente, isso seria o primeiro título do clube. Parabéns para eles!

Realmente entendo sua dor com relação a jogadores perebas nas divisões inferiores. Vai ter que apelar para a cantera, e espero que ela apele para você também, trazendo bons jogadores.

No mais, campanha interessante. Meio morna, meio quente. É o que dava pra se esperar.

E gostei da sua definição no comentário da atualização anterior: Divisões de acesso são o local onde vemos jogadas dignas de Messi, e outras dignas de Rockgol. hahahaha

Boa sorte pra próxima temporada!

Pois é, nesse mundo paralelo onde vive Olímpio Celeste, o Nacional e o Peñarol não têm brigado por títulos nem no Uruguai. A disputa tem sido mais entre o Tanque e o River - nesse caso, deu Tanque com sobras. Também fiquei bem surpreso.

Vamos ter trabalho mesmo usando a cantera, porque dificilmente haverá verba para melhorar as condições, contratar profissionais mais qualificados e formar jogadores com mais potencial/capacidade. Teremos que misturar a sorte com bastante trabalho, colocando os niños para jogar e desenvolver em campo mesmo, ver se algum deles "vira".

É aquilo que eu disse, tá bom mas tá ruim. Não fizemos uma má campanha, mas na divisão atual você tem que ser perfeito, ou quase perfeito, se quiser subir. Acredito que vai demorar um pouco até conseguirmos, porque encontrei o Albion num estado de penúria completa - diria eu, à beira da extinção - e precisaremos reestruturar o clube pouco a pouco para termos condições de chegar lá. E torcer para que os jogadores sejam mais Messi do que Cleston hahahaha

Obrigado Marcio!

Link to comment
Share on other sites

spacer.png

 

Inspiração inglesa
07/09/2015

O Albion é um clube historicamente ligado à Inglaterra - seja pelos fundadores (que estudavam em escolas inglesas), seja pelo nome (homenagem à Grã-Bretanha) e mesmo pelas cores, o azul e o vermelho, que são as mesmas da bandeira do Reino Unido. 

E, na segunda temporada à frente do clube, fiz jus a esse histórico ao adotar uma formação/tática inspirada num time britânico.

 

spacer.png

 

Como sabem, decidi preparar os carajitos (“garotos”, em alguns países latino-americanos) da base para formarem nosso banco de reservas a partir da temporada que vem. Em nível amador, um elenco muito grande fica difícil de gerir, com os jogadores reservas reclamando por chances o tempo todo. Fora que a qualidade dos suplentes é tão questionável que muitas vezes nem valem a pena.

Ao olhar para a base, observei que haviam surgido três jovens capazes de atuar como meia direita e/ou meia esquerda, e dois como meias ofensivos. Ora, isso encaixa muito mais em um 4-4-1-1 do que em um 4-1-2-3, o que imediatamente me lembrou do “4-4-1-1 York” de um certo Druida. E a inspiração inglesa, nesse sentido, veio bem a calhar, porque também se adequou certinho ao elenco atual.

 

spacer.png

 

A ideia é que o meia direita seja sempre um canhoto que jogue cortando para dentro, abrindo o corredor para a passagem de um lateral mais ofensivo (usando, para esse movimento, as instruções individuais de jogador). A dupla de ataque ainda me gera dúvidas: um centroavante mais tradicional tende a ficar mais isolado, e usar um meia atacante como goleador pode exigir tempo (em termos de transição de jogo) para a sobreposição. Mas aos poucos vamos testando - com critério - a fim de encontrar o melhor encaixe.

Importante destacar ainda que essa formação/tática foi testada com sucesso nas rodadas finais da Segunda Amateur no fim da temporada passada, aproveitando os jogos que eram só para cumprir tabela. Funcionou bem e decidi que manteria para a época atual.

 

spacer.png

 

A primeira boa notícia é que renovamos os empréstimos do meia Marcio Benítez junto ao Nacional (mais duas temporadas) e do goleiro Thiago Cardozo, do Peñarol (mais uma temporada).

Outra notícia importante no campo das contratações é que, assim como o @Danut, decidi deixar a equipe técnica trabalhar um pouco na busca e ofertas de contrato a jogadores, comigo tendo a palavra final. Dada a realidade do Albion, que tem um corpo de funcionários pequeno, quem tem ido atrás dos atletas é o próprio presidente do clube.

 

spacer.png

Christian Armada | Juan Pedro da Silva | Fabian Moraes | Matias Miniarreta | Gonzalo Lemos
 

Dos nove contratados, oito ficaram - dispensei Fabio Irigoyen antes mesmo do início do campeonato, pois ficou sobrando com a chegada de Latorre.

Entre os que permaneceram, um dos destaques é o jovem Joaquin Reiris, emprestado pelo Fênix com a promessa de ser titular e se desenvolver por aqui.

 

spacer.png

 

Outro reforço importante para a zaga é Maximiliano Acuña, que vem para ser titular e fazer dupla com Reiris. Ele destaca por alguns bons atributos físicos e técnicos, e por sua liderança natural.

 

spacer.png

 

Fechando os destaques, temos Christian Latorre. Líder nato, no auge da carreira e com bons atributos para a terceira divisão, ele chega para reforçar o meio campo, um setor bastante carente da nossa equipe. Um acerto do presidente do Albion, que foi quem encontrou o jogador e conduziu a negociação - em cima do laço, no último minuto do último dia de fechamento da janela.
 

spacer.png

 

Também tivemos algumas saídas, nem todas a se lamentar.

 

spacer.png

 

O Rocha FC veio com tudo para levar Leonardo Novo, e não tive o que fazer. Pena, porque é um bom atacante, ainda novo (sem trocadilho) e contava com ele para disputar posição com Leandro Fernández.

Os outros quatro foram dispensados porque ou estavam reclamando espaço sem merecer, ou simplesmente ficariam encostados e dariam margem a mais reclamações.

 

spacer.png

 

Fechamos o elenco com 20 jogadores, um número bastante bom para a terceira divisão, tendo suplentes para as principais posições e podendo servir também como alternativas de jogo.
 

spacer.png


Considero que é um elenco mais qualificado que o da temporada passada e, como tal, tenho expectativa de terminar um pouco mais acima na tabela. Vai depender, é claro, de encaixe e entrosamento.

 

spacer.png

 

A situação financeira do Albion é bastante boa - e parecida com a que o @marciof89 está passando no save dele.

 

spacer.png

 

Analisando a temporada passada, vemos que as receitas são superiores às (poucas) despesas da equipe, resultando no mencionado superávit de cerca de 500 mil pesos uruguaios (que equivalem a mais ou menos 50 mil reais, basta dividir por dez). 
 

spacer.png

 

Com o lucro e as projeções positivas, a diretoria sentou na zona de conforto, e não quer nem ouvir falar em profissionalização. Eu até entendo que em termos de finanças a situação atual pode ser cômoda, mas se queremos crescer como clube, precisamos nos arriscar. Um risco calculado, estratégico, mas necessário. Senão, ficaremos eternamente nos porões do futebol charrua.

Na verdade, acho que o presida não está nem aí. Já andaram pipocando notícias de que ele está de saco cheio e quer vender o Albion, o que explicaria a aparente má vontade em profissionalizar e modernizar a gestão. 

 

spacer.png

 

Fizemos uma pré-temporada bem tranquila, enfrentando apenas equipes pequenas para dar ritmo e entrosar os novos contratados.

 

spacer.png

 

Como comentei, quero uma vaga na liguilla, enquanto a diretoria e a imprensa acham que ficaremos no meio da tabela. Vamos ver nos jogos a valer quem está mais próximo da realidade.

Link to comment
Share on other sites

Comecei a acompanhar agora

A primeira temporada deixou um gosto de que dava para ser melhor, mas na realidade é que o time não estava pronto brigar forte pela subida. 

Agora com o elenco mais forte, talvez seja o suficiente. Vamos aguardar 

Link to comment
Share on other sites

19 horas atrás, arecibo8 disse:

Comecei a acompanhar agora

A primeira temporada deixou um gosto de que dava para ser melhor, mas na realidade é que o time não estava pronto brigar forte pela subida. 

Agora com o elenco mais forte, talvez seja o suficiente. Vamos aguardar 

OI arecibo. Seja bem vindo!

Concordo plenamente, a falta de qualidade técnica é um problema. Confira aí embaixo como nos saímos na segunda temporada.

Obrigado pelo comentário!

Link to comment
Share on other sites

bannerolimpio2387926126f8438de.png
 

Fez que foi, não foi, e acabou Fondo
01/03/2016

Depois de terminar no meio da tabela na primeira temporada sob o comando de Olímpio Celeste, o Albion se reforçou, mudou a formação para um esquema mais simples e foi a campo em busca da sonhada vaga na liguilla, o playoff da terceira divisão que decide quem será o campeão e subirá para a Segunda Profesional. 

 

amateurea249cc3cd412c23.png

 

A partir desta atualização, vou mudar um pouco a forma como relato os jogos. A Segunda Amateur tem poucas partidas - 12, para ser mais exato - e, se um time se classifica para a liguilla, joga mais seis vezes. Mas, normalmente, com dez partidas já é possível saber se a classificação virá ou não. Portanto, faz mais sentido para mim narrar todo o período até a liguilla, e caso haja classificação, faço mais uma postagem só com ela. 

Abrimos a temporada recebendo o chato time do Potencia. A partida era equilibrada e, quando comçávamos a nos soltar, sofremos o primeiro gol. O Albion sentiu e, quando começava a se recuperar e ameaçar o adversário, levamos mais um. Estreia com derrota e um passo mais longe da liguilla.

 

jogo---potenciacf107a641a2c24ed.png

 

Na rodada seguinte, visitamos o fraco Artigas. O Albion entrou com fome de bola e Parlacino abriu o placar em uma bela cobrança de falta, logo aos 7 minutos. Seguimos dominando a partida e Leandro Fernandez ampliou ainda no primeiro tempo. Após o intervalo, o Artigas teve um jogador expulso e abriu a porteira de vez: Armada, novamente Parlacino, e depois Chavasco fecharam a goleada.

 

jogo---artigasd2db266033c54728.png

 

De volta ao Enrique Falco, recebemos o Colon - que normalmente não briga para subir, mas sempre faz com a gente um jogo duríssimo. Leandro Fernandez abriu o placar aos 17, em um chute certeiro de longe, e recuamos para um 4-5-1 com cinco meias para segurar a vantagem. Sofremos um pouco, mas vencemos e levamos os três pontos.

 

jogo---colond47e7c4ec87171ca.png

 

Na sequência, contra o Salus, começamos melhor e Leandro Fernandez, novamente de longe, fez 1 a 0. Mas Acuña cometeu pênalti e o Salus converteu para empatar o jogo. Seguimos melhor e, na volta do intervalo, Parlacino - desta vez, com a bola rolando - mandou uma bomba de longe para fazer o segundo.

Não deu nem para comemorar muito, porque o Salus aproveitou cobrança de escanteio e empatou de novo. Faltando quatro minutos para o fim do jogo, quando o empate já parecia certo, Heiha - que havia substituído Fernandez - aproveitou contra-ataque rápido e bateu rasteiro para fazer o terceiro. Vitória suada, dramática e emocionante.

 

jogo---salusa43e21b6784152d6.png

 

Até então, Parlacino e Fernandez vinham fazendo a diferença - e continuaram assim contra o Alto Peru. O ponta marcou o primeiro em nova cobrança de falta certeira, e o atacante fez o segundo com um chute rasteiro. A derrota para o Potencia parecia mesmo ter sido um fato isolado.

 

jogo---perue08f4aff6cde0c1e.png

 

Só que não era. A impressão que tenho, desde a temporada passada, é que o Albion é um time forte para os “pequenos” da terceirona mas ainda incapaz de enfrentar as equipes mais fortes, porque nos falta qualidade técnica capaz de fazer a diferença.

E esse “detalhe” ficou bem visível nas três rodadas seguintes, quando perdemos para Montevideo (2 a 0), Progreso (1 a 0) e Platense (2 a 0). Em comum, três partidas muito equilibradas, onde uma combinação de erros da nossa zaga e brilho individual dos adversários garantiu os gols a eles.

Assim, nossa situação ficou difícil e a vaga para a liguilla era cada vez mais distante. Precisávamos vencer os dois jogos seguintes e torcer por uma combinação de resultados que nos desse a classificação.

O primeiro passo foi dado ao derrotarmos o Oriental (3 a 0) num jogo muito violento, onde soubemos aproveitar melhor as chances que criamos. Agora era necessário passar pelo fraco Mar de Fondo e ver o que acontecia depois.

O problema é que Cristian Latorre resolveu esquecer o futebol e deu um carrinho criminoso em um adversário, sendo expulso aos 21 do primeiro tempo. Com um a menos, cansamos na segunda etapa e o Fondo marcou num contragolpe. Aí eles se fecharam e não tivemos mais forças para buscar nem o empate.

Basicamente, o Albion fez que foi, não foi, e acabou FONDO.

 

jogo---fondo67c8f2ef4a7483e6.png

 

Estávamos fora da liguilla, e o restante das partidas da temporada foi apenas para cumprir tabela até as férias dos atletas.

 

jogos82b993aaa4876ff9.png

 

Terminamos a longe, bem longe de sequer brigar por uma vaga na divisão superior. O que mais me chateou é que sei que o elenco era melhor que o da temporada passada e que o esquema era mais estável, mas em campo o rendimento foi pior - como resultado, a posição final foi a mesma. Enquanto isso, o Progreso conquistou o título e retorna, sem muitos problemas, à divisão superior.
 

classificacao917a8256ef9c702b.png

 

E o que me deixa mais preocupado para o futuro é que o clima nos vestiários está beirando o insuportável. Depois que a vaga na liguilla não se confirmou, decidi tirar férias e deixei o adjunto comandando o time nos jogos para cumprir tabela; aí Acuña se aproveitou da ausência de comando e faltou a um treino, não existindo obviamente ninguém para multá-lo por isso.

A situação deixou Fernandez revoltado, e com razão - basicamente o time estava largado enquanto o treinador tirava umas férias nas Bahamas. A insatisfação dele contaminou o restante do elenco e até a diretoria, que me considerava “Intocável” e agora diz que meu cargo está “Estável”. Eu diria que estive a ponto de ser demitido, tamanha era a insatisfação dos dirigentes com a harmonia do plantel.

De volta das férias, encontrei o vestiário uma bagunça...e cadê o Chavasco? Basicamente ele tinha ido para o Liverpool (o uruguaio), ou seja, perdemos assim nosso melhor jogador. Aproveitei e dispensei também outros atletas que estavam fora dos planos.

 

saidasef38869a0e602051.png

 

Acuña ainda não foi, pelo simples motivo que o considero um ótimo zagueiro para o nível da terceirona, e gostaria de resolver as coisas sem mandá-lo embora. Mas confesso que não sei se será possível. O mesmo acontece com Fernandez, outro dos nossos melhores jogadores, que está sendo sondado por times maiores e continua muito irritado com tudo o que aconteceu.

 

entradas045208964c9eb6e9.png

 

Observem que houve um jogador que já chegou e já foi - Diego Bonilla. A diretoria fechou com ele, mas não era necessário e já estava reclamando de falta de espaço. Vamos ver se os outros dois contratados - o atacante De Lazzari e o meia Peralta - ao menos conseguem permanecer algum tempo no clube. Na próxima postagem trago o perfil dos dois, junto com os contratados da temporada que vem.

E que na próxima época Albion consiga, enfim, ao menos brigar por uma vaga na divisão superior. Eu já decidi que não peço demissão, só saio se me mandarem embora ou se surgir alguma proposta muito boa de outro clube, o que significa que o trabalho vai continuar, firme e forte.

 

noticiasuruguay8502e7615206b2ac.png

 

Link to comment
Share on other sites

Atualizando...

Primeiramente, feliz que perdeu todos os jogos para o Platense 🤣. Bem ganhou uma, mas naquela já não importava mais.

Segundo, estou bem surpreso com o nível de alguns dos jogadores que você mostrou. Nem de longe tive jogadores com atributos tão bons, considerando que é a 3ª divisão. Mas acho que a força do Uruguai caiu muito nas versões futuras, no 18 o Uruguai só tá na frente da Bolívia!

Terceiro, esses problemas de vestiário eu também tive quando joguei no Uruguai. E a culpa é do calendário. Dei uma olhada no seu e foi praticamente idêntico ao meu, com vários períodos de 14 dias ou até mais entre jogos, e como são poucos jogos, cada ponto é importantíssimo, e como as partidas são espaçadas, não faz sentido poupar titulares, o que acarreta esses problemas. Acho que na segundona também não vai mudar muito... o negócio é fazer um elenco com uns 18 atletas mesmo se não é revolta aberta mesmo.

Quarto, curioso que o seu time não empatou nenhum jogo haha era 8 ou 80. O time tem um bom ataque e uma das melhores defesas, mas pelo visto é apenas compensando em uma partida o que tomou e não fez em outra...

Boa sorte!

Link to comment
Share on other sites

Eitcha, um parceiro de FM2015!

Simpatizei com o Albion, mas sigo torcendo pelo Colon, e especialmente pelo Potencia, uma necessidade maior quanto mais o tempo passa!

Um dos dois ai tem que rodar, eu cortaria a cabeça do que faltou no treino

Boa sorte!

 

ps - a citação original foi "fiz que ia, não fui, mas acabei fondo". Foi o Nunes?

Fui ler o final do Druida, mas tenho a impressão que ele foi escondido ontem,... 😫

Edited by Andreh68
Link to comment
Share on other sites

Particularmente tenho dificuldades para acompanhar saves em versões anteriores do FM, ainda mais depois das mudanças ocorridas no Criador de Táticas no FM19. Me sinto quando o FM abandonou os sliders e lançou o Criador de Táticas. Contudo, sempre existem alguns saves que nos chamam a atenção, pela temática e/ou narrrativa. Esse é o caso do save do @Andreh68 e vai ser o caso do seu, com o querido Albion e um save no pequeno e bravo Uruguai.

Gostei dos objetivos traçados e principalmente o fato de ter ativado todas as ligas sul-americanas e o México, determinante para a competitividade de um save na América do Sul, ainda mais quando pensamos em competições continentais. Falando de objetivos, quando você diz "Vencer três vezes a Libertadores da América comandando clubes uruguaios", que dizer que tentará por mais de um clube, né? Gostei muito dos demais objetivos, ainda mais que vários deles podem não ser alcançados, algo que torna um save ainda mais cativante na minha opinião. Vendo seus objetivos não pude deixar de lembrar de um save quem tem tudo a ver com o seu e na minha opinião é um dos melhores realizados aqui na área na América do Sul, o save do @guigasparotto, "El Gaucho del Pantanoso", um save que fez muito do que você almeja fazer, mas com apenas um clube, o Progreso, e ainda com a vantagem de ter sido jogado no FM14, uma versão próxima da sua.

Já estou gostando de não ter conseguido subir rapidamente com o Albion. Por duas vezes ficou fora da Liguilla e tem enfrentado problemas de relacionamento com o elenco. Questão espinhosa, mas legal para dar uma apimentada no save. Achei legal você ter constituído um elenco com 30 jogadores na temporada de estreia e depois ter começado a sofrer com reclamações. Tem gente que não gosta das reclamações, mas quem enfrenta esse tipo de problema só pode melhorar como treinador. Além do mais é sempre interessante ver como os treinadores se adaptam aos problemas que surgem. Aprendemos com os outros. Acabou precisando esvaziar o elenco e passou a adotar uma proposta mais formadora a partir do surgimento da primeira fornada. 

Jogar na Terceirona com um time amador tem suas peculiaridades. Saídas de jogadores por um prato de comida são comuns e não há muito o que fazer. Quem não pode melhorar em uma situação com essa. Aprendemos até quando não queremos, não é mesmo? Tirou férias e foi penalizado com um vestiário ainda mais bagunçado. Será que vai ser demitido? Com tamanha instabilidade e mudanças constantes de elenco, como formar uma equipe vencedora. Tá aí um grande desafio.

Como já é possível esperar, vou torcer para que você tenha dificuldades, mas também pelo seu sucesso e logicamente, as cornetadas virão, mas nunca de forma aleatória. Não é do meu estilo.

Boa sorte.

Link to comment
Share on other sites

Fez duas temporadas boas, mas ainda te falta um algo a mais pra buscar o acesso. Acho que está no caminho certo e talvez o Albion precise de um tempo de maturação maior para subir.

Link to comment
Share on other sites

Primeiro, achei o volante Latorre MUITO BOM. Facilmente teria vaga em time até de Série B do Brasil.

Segundo, realmente foi uma temporada regular. Não acho que tenha sido exatamente ruim. Mas precisa de fato dar algum toque a mais para poder buscar pelo menos competitividade para o acesso. Será que você vai ter que tomar 100% as rédeas das contratações?

A ideia da tática é legal, mas será que ela funciona numa liga inferior? As vezes opto por um esquema mais ofensivo, justamente pelos zagueiros adversários serem ruins. Como você tem zagueiros razoáveis, acredito que você não fique desguarnecido nos avanços ao ataque. Algo a considerar.

Deixar time de divisão interior nas mãos de adjunto sempre dá merda. Já perdi cada jogador promissor por causa disso... hahuahuahua

 

Em 24/12/2019 em 14:46, Andreh68 disse:

Fui ler o final do Druida, mas tenho a impressão que ele foi escondido ontem,... 

Apagado, ele foi encerrado e o Tsuru não quis arquivar. 😛 espero que ninguém me mate por isso

No mais, boa sorte para a próxima temporada/tentativa!

Link to comment
Share on other sites

9 minutos atrás, marciof89 disse:

Apagado, ele foi encerrado e o Tsuru não quis arquivar. 😛 espero que ninguém me mate por isso

😮

Link to comment
Share on other sites

Em 23/12/2019 em 01:15, Lanko disse:

Atualizando...

Primeiramente, feliz que perdeu todos os jogos para o Platense 🤣. Bem ganhou uma, mas naquela já não importava mais.

Segundo, estou bem surpreso com o nível de alguns dos jogadores que você mostrou. Nem de longe tive jogadores com atributos tão bons, considerando que é a 3ª divisão. Mas acho que a força do Uruguai caiu muito nas versões futuras, no 18 o Uruguai só tá na frente da Bolívia!

Terceiro, esses problemas de vestiário eu também tive quando joguei no Uruguai. E a culpa é do calendário. Dei uma olhada no seu e foi praticamente idêntico ao meu, com vários períodos de 14 dias ou até mais entre jogos, e como são poucos jogos, cada ponto é importantíssimo, e como as partidas são espaçadas, não faz sentido poupar titulares, o que acarreta esses problemas. Acho que na segundona também não vai mudar muito... o negócio é fazer um elenco com uns 18 atletas mesmo se não é revolta aberta mesmo.

Quarto, curioso que o seu time não empatou nenhum jogo haha era 8 ou 80. O time tem um bom ataque e uma das melhores defesas, mas pelo visto é apenas compensando em uma partida o que tomou e não fez em outra...

Boa sorte!

Rapaz...Platense, Potencia e Colon são pedras no sapato do Albion. Às vezes o Oriental também, mas depende da temporada hehe.

Concordo que o nível no Uruguai caiu mesmo. Eu cheguei a fazer alguns testes no FM 17, na segunda divisão, e hoje no Albion tem alguns caras melhores do que os da versão posterior. 

Eu nunca tinha passado por tantos problemas de vestiário, é tipo epidemia mesmo. Os jogadores querem todos estar em campo e o elenco não aceita nenhum argumento, basicamente como se eu pudesse escalar mais de 11 atletas. Daí a ideia de formar o banco usando a base, algo que tem ajudado bastante.

O time é ruim demais, faz umas partidas 80 ou 8 mesmo. Tem horas que são o Messi e outras que incorporam o Cleston, a regularidade é um problema. Ao mesmo tempo, a regularidade é o segredo da terceira divisão uruguaia - normalmente o campeão é o time que menos perde. Vamos ver se na próxima temporada conseguimos corrigir isso.

Obrigado Lanko!

Em 24/12/2019 em 17:46, Andreh68 disse:

Eitcha, um parceiro de FM2015!

Simpatizei com o Albion, mas sigo torcendo pelo Colon, e especialmente pelo Potencia, uma necessidade maior quanto mais o tempo passa!

Um dos dois ai tem que rodar, eu cortaria a cabeça do que faltou no treino

Boa sorte!

ps - a citação original foi "fiz que ia, não fui, mas acabei fondo". Foi o Nunes?

Fui ler o final do Druida, mas tenho a impressão que ele foi escondido ontem,... 😫

Melhor FM dos últimos tempos, sem dúvida. Eu não troco nenhuma das novidades das versões posteriores pela match engine do 15, que é excelente. Ainda me pergunto como é que a SI conseguiu, a partir do 16, estragar o que estava funcionando.

Como disse ao Lanko, o Colon e o Potencia são pedras nos nossos sapatos. Não só em campo, mas não consigo tirar nenhum bom jogador deles. E se fizerem ofertas pelos nossos, normalmente não consigo convencê-los a ficar.

Sobre os indisciplinados, é bem capaz dos dois saírem. O Leandro Fernandez está na mira de alguns clubes e quer ir embora, e provavelmente não manterei o Acuña depois do que aconteceu.

Sobre a citação, costuma ser atribuído ao Nunes, sim. Em outras versões teria sido o Jairzinho, o Jardel, e há até quem diga que foi o Paulo Nunes. Eu tô achando que é mais folclore do que realidade hahaha

Sobre o Druida - apesar de ter sido comentado mais abaixo - eu decidi não manter. Achei que o save foi por um caminho que não era o desejado, e não cumpri os objetivos. Ainda não sei se será recuperado, devido á questão do SdM, mas se quiser ler as últimas atualizações, ainda tenho os textos salvos, me manda uma MP.

Obrigado Andre!

Em 25/12/2019 em 14:43, ggpofm disse:

Particularmente tenho dificuldades para acompanhar saves em versões anteriores do FM, ainda mais depois das mudanças ocorridas no Criador de Táticas no FM19. Me sinto quando o FM abandonou os sliders e lançou o Criador de Táticas. Contudo, sempre existem alguns saves que nos chamam a atenção, pela temática e/ou narrrativa. Esse é o caso do save do @Andreh68 e vai ser o caso do seu, com o querido Albion e um save no pequeno e bravo Uruguai.

Gostei dos objetivos traçados e principalmente o fato de ter ativado todas as ligas sul-americanas e o México, determinante para a competitividade de um save na América do Sul, ainda mais quando pensamos em competições continentais. Falando de objetivos, quando você diz "Vencer três vezes a Libertadores da América comandando clubes uruguaios", que dizer que tentará por mais de um clube, né? Gostei muito dos demais objetivos, ainda mais que vários deles podem não ser alcançados, algo que torna um save ainda mais cativante na minha opinião. Vendo seus objetivos não pude deixar de lembrar de um save quem tem tudo a ver com o seu e na minha opinião é um dos melhores realizados aqui na área na América do Sul, o save do @guigasparotto, "El Gaucho del Pantanoso", um save que fez muito do que você almeja fazer, mas com apenas um clube, o Progreso, e ainda com a vantagem de ter sido jogado no FM14, uma versão próxima da sua.

Já estou gostando de não ter conseguido subir rapidamente com o Albion. Por duas vezes ficou fora da Liguilla e tem enfrentado problemas de relacionamento com o elenco. Questão espinhosa, mas legal para dar uma apimentada no save. Achei legal você ter constituído um elenco com 30 jogadores na temporada de estreia e depois ter começado a sofrer com reclamações. Tem gente que não gosta das reclamações, mas quem enfrenta esse tipo de problema só pode melhorar como treinador. Além do mais é sempre interessante ver como os treinadores se adaptam aos problemas que surgem. Aprendemos com os outros. Acabou precisando esvaziar o elenco e passou a adotar uma proposta mais formadora a partir do surgimento da primeira fornada. 

Jogar na Terceirona com um time amador tem suas peculiaridades. Saídas de jogadores por um prato de comida são comuns e não há muito o que fazer. Quem não pode melhorar em uma situação com essa. Aprendemos até quando não queremos, não é mesmo? Tirou férias e foi penalizado com um vestiário ainda mais bagunçado. Será que vai ser demitido? Com tamanha instabilidade e mudanças constantes de elenco, como formar uma equipe vencedora. Tá aí um grande desafio.

Como já é possível esperar, vou torcer para que você tenha dificuldades, mas também pelo seu sucesso e logicamente, as cornetadas virão, mas nunca de forma aleatória. Não é do meu estilo.

Boa sorte.

OI Gilson, seja bem vindo. 

Sou fã do futebol uruguaio e já tem um tempinho que queria jogar no país. Acabou que a liga uruguaia no 17 tem o problema do calendário, com jogos só na metade do ano, e achei que a temática/narrativa merecia um save; daí fui experimentar o 15, sempre muito elogiado, com a ajuda e as dicas do @CCSantos; gostei e agora não pretendo sair até que surja algo melhor. Sou extremamente crítico da SI pelas "novidades" das versões posteriores, que basicamente misturaram perfumaria desnecessária com estragar a match engine - estragar mesmo, porque no 17 os jogadores têm comportamentos absolutamente idiotas, mesmo em nível mais alto, cometendo erros que amadores do 15 conseguem evitar. E sou crítico também do criador de táticas, não pelo criador em si, mas porque acho que é muito cômodo botar um sistema que faz tudo para o jogador, em vez de criar uma maneira de ajudar o jogador a construir suas próprias táticas, ou de mostrar, de forma mais clara, o que cada mentalidade, função/tarefa e instrução faz. 

Eu já tinha ouvido falar do save do Gaucho del Pantanoso, mas confesso que não cheguei a ler. Qualquer dia vou dar uma olhada, você já é a segunda pessoa que comenta que é parecido com esse aqui. 

O Albion será um grande desafio - para não dizer enorme. O clube estava á beira da extinção, não tinha mais estrutura nenhuma, e tive que começar basicamente do zero. Eu também nunca tinha atuado em um nível tão baixo - a Liga Galesa parece muito melhor - e com um time com tão pouca reputação, a ponto dos jogadores preferirem rivais da mesma divisão do que a gente, nos trocando por eles na primeira oportunidade. Então acaba que aquilo que você sempre comenta - o jogador humano começar a se tornar imbatível usando contratações para elevar o nível  - simplesmente não acontece. Nesse sentido, está bem parecido com um save só com a base, onde você tem que ter paciência e insistir bastante até os resultados aparecerem.

Sobre o objetivo da Libertadores, sim, pode ser tentado com clubes diferentes. Assim eu fico bem livre, podendo cumpri-los com o Albion ou, se sair do clube em algum momento, continuar buscando os títulos com outra equipe. 

Vamos ter dificuldades, sim, e sinceramente, acho que vai demorar para conseguir subir de divisão. Eu espero que, quando aconteça, o Albion já esteja mais estruturado e que a veia formadora já nos traga algum resultado.

Obrigado pelo comentário!

Em 25/12/2019 em 23:55, DiogoHernandes disse:

Fez duas temporadas boas, mas ainda te falta um algo a mais pra buscar o acesso. Acho que está no caminho certo e talvez o Albion precise de um tempo de maturação maior para subir.

Sim, vamos precisar sim. Como disse ao Gilson, acho que vai demorar, porque simplesmente não há como elevar a qualidade técnica de forma natural - só com alguma sorte - e precisaremos de paciência e calma para chegarmos lá.

Obrigado Diogo!

3 horas atrás, marciof89 disse:

Primeiro, achei o volante Latorre MUITO BOM. Facilmente teria vaga em time até de Série B do Brasil.

Segundo, realmente foi uma temporada regular. Não acho que tenha sido exatamente ruim. Mas precisa de fato dar algum toque a mais para poder buscar pelo menos competitividade para o acesso. Será que você vai ter que tomar 100% as rédeas das contratações?

A ideia da tática é legal, mas será que ela funciona numa liga inferior? As vezes opto por um esquema mais ofensivo, justamente pelos zagueiros adversários serem ruins. Como você tem zagueiros razoáveis, acredito que você não fique desguarnecido nos avanços ao ataque. Algo a considerar.

Deixar time de divisão interior nas mãos de adjunto sempre dá merda. Já perdi cada jogador promissor por causa disso... hahuahuahua

Apagado, ele foi encerrado e o Tsuru não quis arquivar. 😛 espero que ninguém me mate por isso

No mais, boa sorte para a próxima temporada/tentativa!

E não é? Eu não sei onde o presidente foi buscar o cara, mas fez um bom trabalho. A princípio continuo deixando eles procurarem e fazerem ofertas, e só aprovo a contratação no fim. Não tenho perdido nada com isso, na verdade eles apenas encontram jogadores que eu não consigo, então tá tudo bem.

Eu ainda não sei, exatamente, o que seria esse toque a mais, embora concorde que está faltando. A tática até funciona, mas acho que a qualidade técnica atrapalha na hora de enfrentar adversários mais fortes: a gente ganha dos pequenos mas sofre contra os grandes. A solução óbvia seria ter dois sistemas, um para cada tipo de jogo - mas se os jogadores têm dificuldade de render de uma forma específica, imagina de duas?! É complicado.

Nem fala, nunca mais eu tiro férias por tanto tempo hahahaha. Quase provoquei um motim e a demissão, a partir de agora eu vou estar sempre por perto.

Obrigado Marcio!

Link to comment
Share on other sites

Curti mas não comentei. Portanto, em relação ao tópico O mais antigo do Uruguai, eu vi que tua formação é bem usada nos FMs atuais. Ela foi lançada com sucesso no 15 será? Pelo reflexo da Costa Rica 2014...
Rola a bola no Uruguai e você me empata um jogo em que o outro time não deu um chute a gol... Parece FM. Caramba, apesar dos problemas nos jogos em casa, vai indo muito bem. Vamos ver o que deu errado hahaha
Pregunta: você ter contratado meio mundo não ferrou os salários?
Vamos ver se Muito ajuda quem não atrapalha. Já conhecido como El Ditador, mandou geral embora. Eu não entendi porque você ficou em 6º e não em quarto.
Vai ser dificil assumir esse Uruguai aí.
Entendi a Inspiração inglesa. Montou um baita time. E continuo sem entender o posicionamento.

 

Link to comment
Share on other sites

12 minutos atrás, Neynaocai disse:

Curti mas não comentei. Portanto, em relação ao tópico O mais antigo do Uruguai, eu vi que tua formação é bem usada nos FMs atuais. Ela foi lançada com sucesso no 15 será? Pelo reflexo da Costa Rica 2014...
Rola a bola no Uruguai e você me empata um jogo em que o outro time não deu um chute a gol... Parece FM. Caramba, apesar dos problemas nos jogos em casa, vai indo muito bem. Vamos ver o que deu errado hahaha
Pregunta: você ter contratado meio mundo não ferrou os salários?
Vamos ver se Muito ajuda quem não atrapalha. Já conhecido como El Ditador, mandou geral embora. Eu não entendi porque você ficou em 6º e não em quarto.
Vai ser dificil assumir esse Uruguai aí.
Entendi a Inspiração inglesa. Montou um baita time. E continuo sem entender o posicionamento.

Oi Ney!

A qual formação você se refere, o 4-1-2-3? Eu acho que na verdade ele surgiu com o Barcelona do Guardiola e o Messi jogando de Falso Nove, não tenho certeza.

Sobre os salários, na verdade é tudo amador por aqui. Ninguém recebe um centavo - nem a equipe técnica, nem o treinador, nem os jogadores. Zero mesmo, todo mundo joga por amor à camisa. E por isso acaba sendo tão fácil contratar e dispensar, porque é tudo de grátis. O lado ruim é que os adversários te roubam os jogadores e você não pode fazer nada...a não ser roubar deles também. Ou tentar, que seja.

Sobre a posição na tabela, é que depois dos 12 primeiros jogos o campeonato se divide em duas partes. Os quatro primeiros jogam apenas entre si - numa liguilla - para decidir quem é o campeão e sobe. É um quadrangular final, entende? Mas em vez de ser em formato mata-mata, é um quadrangular em pontos corridos, que usa a pontuação da fase anterior como base. 

O mesmo acontece com os outros oito times, que jogam uma espécie de octgonal final. Mas nesse caso não serve para nada, é só para cumprir tabela. Por algum motivo que desconheço, o jogo não separa o quadrangular e o octogonal, colocando as duas tabelas juntas. Então fica esse negócio esquisito de pontuação, com o sexto podendo somar mais que o quarto colocado.

Não faz muito sentido, mas...é a vida no Uruguai.

Obrigado pelo comentário!

Link to comment
Share on other sites

bannerolimpio2387926126f8438de.png
 

Nos braços do povo
Temporada 2, parte 1
 

Na última atualização, acabei esquecendo de falar sobre: as estatísticas do Albion ao fim da temporada e a nova fornada de jovens. Portanto, vou mencionar aqui, rapidamente, antes de seguirmos para o início do meu terceiro ano a frente do clube.

Observando os números da equipe, é possível perceber que o grande destaque foi o ponta Franco Parlacino, com sete gols, cinco assistências, quatro vezes melhor em campo e média de 7.39, que é excelente para a divisão atual. E o outro grande jogador foi o também ponta Marcio Benítez, que nas últimas partidas jogou como meia ofensivo - sua função natural - e fechou com cinco gols, quatro assistências, quatro vezes melhor em campo e média de 7.36.

 

elenco14153da7c6ab347c.png

 

Isto, e mais a fornada muito fraca - todos os jogadores, sem exceção, tinham meia estrela de capacidade e meia estrela de potencial - me fizeram mudar um pouco a estratégia de contratação. O sucesso de Benítez me levou a decidir explorar ao máximo o limite de cinco jogadores emprestados, trazendo promessas dos grandes clubes uruguaios como forma de qualificar o elenco. Achei que valia mais a pena do que apostar em 99% de atletas livres, porque a maioria deles - á exceção de Parlacino - rendeu muito pouco.

Isso não muda o uso dos jogadores da base para compôr o banco - é apenas que eles devem ser isso mesmo, só para formarem elenco e entrarem eventualmente. Tanto que contratei a fornada inteira.

Enquanto isso, os bastidores do Albion ferviam. O presidente Fernando Chainica tentou vender a equipe três vezes, sendo que nas duas primeiras o negócio não foi para a frente. Pouco depois, começaram a surgir boatos de que os próprios torcedores queriam assumir o controle do clube.

 

torcidaquer5772a1607414421a.png

 

Eu já não aguentava mais os embargos e só torcia para que a situação se definisse logo. Menos mal que não demorou: os torcedores resolveram a situação e colocaram o Albion nos braços do povo.

 

torcidacompra6b308420e1480f36.png

 

Aproveitando o moral alto com o novo presidente, pedi três coisas a ele: status profissional, mais preparadores e mais olheiros. Os dois últimos pedidos foram aceitos, embora o primeiro tenha sido negado. No fim, o saldo foi positivo e acredito que estamos num bom caminho para continuar crescendo.

 

transferenciase072d45cee0cdb83.png

 

Vamos começar pelas saídas, que misturam jogadores encostados, outros que não deram certo e algumas perdas bastante sentidas.

 

saidase6e4de3f9fe416ae.png

 

Heiha, Lazzari e Peralta deixam o clube sem ter tido muitas chances - e sem aproveitar as que tiveram. Já Armada e Alfonso receberam propostas de clubes maiores e não pensaram duas vezes.

O mesmo aconteceu com o ótimo Leandro Fernández, que andava insatisfeito desde a confusão com Acuña. Ele deixa o Albion e vai para o Montevideo formar uma linha de frente mortal com Santiago Lanterna, um dos melhores atacantes da terceira divisão. 

Por fim, Geovanny Valencia me pegou de surpresa: era meu titular no meio campo e eu estava tranquilo, já no último dia da janela, quando o Villa Española ofereceu um contrato a ele. A chance de jogar em um clube de uma divisão superior foi irrecusável, e ele naturalmente se mandou.

 

entradas04b8175e533cc55e.png

 

Fabricio Rojas vem para testarmos uma pequena variação no 4-4-1-1: em vez do meia direita ser um canhoto, será que ele pode ser um destro? A princípio ficará no banco junto com Guenzatti, e vamos ver como as coisas correm.

Contratado como opção a Valencia, Diego Rodriguez acabou promovido a titular ao lado de Latorre. Bazzano substituirá Alfonso na lateral direita e Guillermo Fernández, um dos destaques da janela, assume o posto de titular da zaga ao lado de Reiris.

 

jogador---fernandez96726ed5af20d008.png

 

Para o ataque, temos três reforços: Nahuel Benítez, contratado pelo ex-presidente Chainica, que vem para ser titular como meia ofensivo; Eduardo Mendoza, a princípio chegando para ser titular no comando do ataque...

 

jogador---orlandoace6258323ee8c57.png

 

..e o último reforço, o jovem da imagem acima: Emanuele Orlando foi emprestado pelo Peñarol e aposto muito nele. Se Mendoza não se cuidar, vai perder a titularidade rapidamente.

 

equipo4e016876a62fefad.png

 

Fechamos o nosso elenco com 27 jogadores, um número um pouco superior ao da última temporada.

 

elenco1b310cb57f38d08a.png

 

É bem verdade que, considerando os contratos amadores, é possível que haja insatisfeitos. Nesse caso nem vou tentar negociar, quem reclamar e não estiver rendendo será naturalmente dispensado. Não vale a pena arriscarmos um elenco curto e sem opções, tendo a possibilidade de enxugá-lo aos poucos.

 

tacticas03cd9ad39ff10fa2.png

 

Como comentei, mudou pouco em relação à temporada anterior, embora alguns testes estejam sendo feitos - de forma natural, claro.

 

tatica7300586f7e28d7e8.png

 

(A imagem saiu cortada, desculpem - a função de Cardozo é "Goleiro Líbero - Defender").

A combinação Jogador Alvo-Atacante Sombra tende a funcionar muito bem, assim como o ponta direita que corta para dentro e abre o corredor para passagem do lateral. Com isso, garantimos alguma movimentação no sentido de desmontar as defesas adversárias.

É bem verdade que é uma “faca de dois legumes”: um sistema como esse, com sobreposições, ultrapassagens e overlapping, tende a ser mais complexo de executar do que um mais básico, que usa por exemplo os dois laterais apoiando e os dois pontas atacando. Fora que o uso do lateral atacando costuma deixar a defesa mais desprotegida.

Por outro lado, o sistema mais básico pode enfrentar dificuldades contra defesas muito fechadas, porque simplesmente não há movimentação capaz de abrir espaços, e nos faltaria qualidade técnica para garantir que eles aparecessem. Aí, nesse caso, o problema é sofrermos gols de contra-ataque: o adversário se fecha todo, não encontramos uma forma de atacar, eles nos roubam a bola, fazem um lançamento longo e é gol.

Há que se fazer uma escolha e eu escolhi o sistema mais complexo, a fim de garantir a eficiência no último terço. Até porque na terceira divisão mesmo os times mais fortes jogam marcando no próprio campo, de forma muito compacta.

Cheguei a fazer alguns testes com o 4-4-2 diamante e o 4-4-2 inglês na pré-temporada, ambos com configurações bem simples, mas os resultados foram bem piores do que com o 4-4-1-1. Portanto, ele permanece.

Pode soar estranho também que, apesar de ter usado Marcio Benítez como meia ofensivo no fim da temporada passada, eu o tenha deslocado novamente para a meia direita. É que nem Rojas nem Guenzatti me convenceram ainda, e  acho que Marcio ainda está um pouco verde para assumir uma função tão importante nesse esquema. É questão de tempo, apenas; mas não quero queimar o garoto, por isso vamos devagar.

 

amistosos249973fd464d3acd.png

 

Os tradicionais amistosos não tiveram resultados lá muito bons, mas enfim, sabemos que, fora este que vos fala, ninguém leva pré-temporada muito a sério - principalmente os jogadores.

 

amistososda487002fe7d5f0a.png

 

A diretoria tem a expectativa de terminarmos no meio da tabela, e a imprensa acha que vamos ficar em sétimo lugar. Já eu espero, sinceramente, conseguir finalmente ir para a liguilla e brigar por uma vaga na divisão superior.

Link to comment
Share on other sites

Os objetivos da diretoria são modestos, mas você tem que sonhar alto mesmo. Quem sabe o seu ânimo contagie os jogadores e as coisas possam até sair melhores do que o planejado.

Link to comment
Share on other sites

Elenco de clube amador é essa gangorra. Achei q talvez os  novos diretores fossem mais aventureiros.

Isso da torcida administrar o  clube e bem poético, mas na prática, vendo nossos coleguinhas  nas redes sociais da até arrepio.

Coincidencia, justo as formações q estava usando para simplificar as coisas,  os 2 442.

Esse negócio de goleiro líbero me ferrou algumas vezes. O gl sai correndo, chega na bola e começa a recuar até o atacante marcar. Várias vezes. Fica de olho.

Boa sorte

Link to comment
Share on other sites

É realmente surpreendente que esse presidente não queira a evolução do clube. Mas como diz o ditado, faça o que eu digo, não o que eu faço.

De qualquer forma, diante de tudo que representa pra história, a aquisição pelos torcedores é um ponto interessante.

Achei que o time está bom e a subida vem.

E esse esquema tá a cara de Alex Ferguson.

 

Link to comment
Share on other sites

Que presidente mala.

Espero que dê certo a torcida administrar o clube. Temos alguns exemplos de dificuldade quando isso acontece.  United of Manchester e AFC Wimbledon.

Boa sorte na sequência.

Link to comment
Share on other sites

Apesar do elenco numeroso, qualidade mesmo tem pouca, da pra formar um time titular e olhe lá. Acho que você está se exigindo demais em relação a subir, seus jogadores mais bem avaliados têm qual status de Avaliação de Capacidade Atual nos relatórios do auxiliar técnico? (Exemplo: Este jogador é Líder na 3ª Divisão)

Sobre os amistosos, apesar de uma sequência sem vitórias não acho que isso vá determinar seu rendimento na liga.

 

Link to comment
Share on other sites

Em 30/12/2019 em 16:37, PedroJr14 disse:

Os objetivos da diretoria são modestos, mas você tem que sonhar alto mesmo. Quem sabe o seu ânimo contagie os jogadores e as coisas possam até sair melhores do que o planejado.

Oi Pedro. 

Pois é...eu sou daquela linha que acredita que você tem que estabelecer uma meta alta, porque na prática sempre vai ficar um pouco abaixo. Se a gente projetar um meio de tabela, vai conseguir no máximo isso. Se projetarmos uma liguilla/briga pela subida e trabalharmos duro, dá sim para chegar lá - e se ficarmos um pouco abaixo, ainda estaremos dentro daquilo que a diretoria espera. Tomara que os jogadores também comprem esse barulho.

Obrigado pelo comentário!

Em 30/12/2019 em 17:05, Andreh68 disse:

Elenco de clube amador é essa gangorra. Achei q talvez os  novos diretores fossem mais aventureiros.

Isso da torcida administrar o  clube e bem poético, mas na prática, vendo nossos coleguinhas  nas redes sociais da até arrepio.

Coincidencia, justo as formações q estava usando para simplificar as coisas,  os 2 442.

Esse negócio de goleiro líbero me ferrou algumas vezes. O gl sai correndo, chega na bola e começa a recuar até o atacante marcar. Várias vezes. Fica de olho.

Boa sorte

Oi Andre.

Então, é uma confusão mesmo. E num clube como o Albion, que tem uma reputação baixa mesmo para a terceira divisão, fica ainda mais difícil, porque é normal os rivais nos roubarem os melhores jogadores.

Eu esperava que, por serem torcedores, eles tivessem outra visão sobre o clube, mas na prática mudou pouca coisa. Ao menos aceitaram melhorar a equipe técnica, o que pode ser essencial se a gente conseguir subir. Estrutura no Uruguai é muitas vezes tão deficiente que acaba sendo um diferencial.

Sobre o GL Líbero, nunca senti grande diferença, então pelo sim pelo não, acabo deixando. Vai que ele se anima e sai pra cortar uma bola que passa pela defesa...hehehe

Obrigado pelo comentário!

Em 31/12/2019 em 17:59, Neynaocai disse:

É realmente surpreendente que esse presidente não queira a evolução do clube. Mas como diz o ditado, faça o que eu digo, não o que eu faço.

De qualquer forma, diante de tudo que representa pra história, a aquisição pelos torcedores é um ponto interessante.

Achei que o time está bom e a subida vem.

E esse esquema tá a cara de Alex Ferguson.

Oi Ney.

Tô achando que esse presidente usou a torcida pra assumir o poder, porque na prática mudou pouca coisa. Ao menos ele topou investir em mais funcionários. O que é uma pena, porque um clube centenário e com a importância do Albion só pode ser compreendido, de fato, por seus (poucos) torcedores. 

Vamos ver, se chegarmos na liguilla e disputarmos a vaga já estou satisfeito.

Pro Ferguson ainda falta um bocado...hahahaha

Obrigado pelo comentário!

Em 31/12/2019 em 19:50, LC disse:

Que presidente mala.

Espero que dê certo a torcida administrar o clube. Temos alguns exemplos de dificuldade quando isso acontece.  United of Manchester e AFC Wimbledon.

Boa sorte na sequência.

Oi LC.

Como eu disse ao Ney, estou desconfiado que ele usou a torcida para tomar o poder, porque na prática mudou pouca coisa. Mas vamos ver se ao longo das próximas temporadas essa mudança é mais sentida, mais até do que nos exemplos ingleses.

Obrigado pelo comentário!

Em 31/12/2019 em 21:19, DiogoHernandes disse:

Apesar do elenco numeroso, qualidade mesmo tem pouca, da pra formar um time titular e olhe lá. Acho que você está se exigindo demais em relação a subir, seus jogadores mais bem avaliados têm qual status de Avaliação de Capacidade Atual nos relatórios do auxiliar técnico? (Exemplo: Este jogador é Líder na 3ª Divisão)

Sobre os amistosos, apesar de uma sequência sem vitórias não acho que isso vá determinar seu rendimento na liga.

Oi Diogo.

Na verdade a meta é brigar pela subida - ou seja, quero chegar na liguilla e disputar um segundo ou terceiro lugar. Com alguma sorte acho que até daria para subir, mas dependeríamos de bastante sorte mesmo, porque ainda vejo os elencos do Montevideo, Potencia, Platense e Huracán, por exemplo, a nossa frente. Ao mesmo tempo, acho que alcançar o quadrangular final é importante, porque dá confiança aos jogadores e à diretoria, e coloca o trabalho um passo a frente, depois de duas temporadas no meio da tabela.

Nossos melhores jogadores são Marcio Benitez, que é considerado "jogador estrela"l; Brandon Sosa, considerado líder na maioria das equipes da divisão; e abaixo deles vêm o Agustin Gabus, que é considerado "bom para a maioria das equipes da divisão".

A pré-temporada não deve influenciar mesmo, mas é que me incomoda ver o time perder pra equipes tão fracas. Enfim, acho que os jogadores é que não ligam muito mesmo.

Obrigado pelo comentário!

Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Tsuru disse:

esse presidente usou a torcida pra assumir o poder

Quero ressaltar a piada para não passar despercebida.

Presidente Darwin, evolução do clube hahaha

Link to comment
Share on other sites

  • marciof89 changed the title to A história de Olímpio Celeste
  • marciof89 featured this topic
  • marciof89 unfeatured this topic
  • marciof89 locked this topic
Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

  • Similar Content

    • rafagaucho
      By rafagaucho
      Boa Tarde!
      Peço desculpas por criar um tópico novo para realizar o questionamento, mas pesquisei e não encontrei resposta.
      As últimas atualizações são compatíveis para o FM15?
      Caso negativo, onde posso encontrar as últimas atualizações compatíveis?
      Obrigado!
    • Shoto
      By Shoto
      Eae, então, vou ser rapido

                                               ALGUEM AINDA JOGA FM 2015

      MANDA MENSAGEM AI EMBAIXO
    • Leho.
      By Leho.
      ⏰ 21h
      📺 Fox Sports e Facebook
      🏟️ Morumbi
      📋 Prováveis escalações:
         
      =--=--=
      Eu gosto MUITO, MUITO mesmo do futebol do Luan, mas hoje eu iria de Liziero e Nestor nessa dupla de volantes, pra dar um pouco mais de agressividade e qualidade no passe, principalmente em se tratando das viradas de jogo (passe longo).
      No mais, é jogo pra testar a capacidade desse time de enfrentar retranca. Perigoso sim, mas a obrigação da vitória é nossa.
    • Andreh68
      By Andreh68
      Apresentação pessoal
      Desafio lapidando vencedores desafio-lapidando-vencedores , lapidando-vencedores-um-incentivo-a-mais      Já há algum tempo tenho me dedicado mais a saves tipo LLM(com alguma flexibilidade, algumas regras ao meu ver são um pouco exageradas), sempre privilegiando as categorias de base. Esse desafio no fórum me incentiva a ser ainda mais "ousado".
      O ressurgimento do Uralan - Na virada do século, eu brincava muito num site tipo manager online chamado www.soccersim.com, onde os jogadores eram todos "regen". Eu tinha assumido o Uralan, time do qual nunca havia ouvido falar. Nele havia um atacante de nome Afanasy Stiatchkov. Com o tempo minha memória pode estar exagerando um pouco, mas o cara era monstro. Foi artilheiro da Europa umas 4 vezes, artilheiro russo praticamente todas temporadas. Fui campeão russo umas 5 vezes em 7 anos, e campeão chegamos em fases avançadas da champions umas 2 vezes. Mesmo velho e com seus atributos caindo, o cara mantinha a performance. Depois que comecei a jogar FM mais a sério, comecei a procurar pelo time, mas nunca tive a oportunidade de dirigi-lo, já que o time faliu e foi extinto DUAS vezes! Agora no 2015 vou ter a chance pela primeira vez. Além do time ter sido recriado do zero novamente, ainda em situação amadora, foi publicada uma extensão da liga Russa contendo a quarta divisão. Soccersim - figuras grandes
      Nações escolhidas - Rússia / jogável até a 3a div B(equivalente a 4a divisão) Início - Rússia 2014 Opções avançadas - adicionar jogadores a equipes jogáveis demais não marcadas por default - config inicial Database - grande, com todos os jogadores russos e baseados na Rússia, todos os jogadores de seleções e de reputação continental, jogadores dos principais clubes da Europa e América do Sul - 57.000 jogadores - database Expansão da liga Russa disponível na Steam Workshop, mais edição dos uniformes e estádio; Clube escolhido - Uralan. Não fiz como sugerido no desafio mas não fugi ao espírito dele. O Uralan não existia no campeonato passado, foi criado do nada, é como se tivesse sido promovido. Além disso é time com pior reputação e pior previsão de colocação pela mídia. Criei um treinador para ocupar o cargo de treinador e imediatamente o aposentei. Depois criei meu treinador como desempregado e me inscrevi para entrevista de emprego.
      Técnico sem qualificação, jogador de futebol amador   Ser campeão russo Vencer a Champions League Seguir as orientações do desafio lapidando vencedores, não contratar jogadores, somente utilizar a base. Ter um jogador artilheiro da Europa Se for demitido o save acaba Ser treinador do Barcelona após ser pelo menos campeão russo
       
      Prefácio 
      Ivan Afanasyevitch  13/02
      Afanasy Stiatchkov pt1 14/02
      Afanasy Stiatchkov pt2 15/02

      Capítulo 1 - 2015
      O renascimento 15/02
      A estreia 20/02
      Ultras! 22/02     
      E o pau comeu 26/02
      Primeiro turno 01/03
      Intertemporada 03/03
      Segundo turno 05/03  
      O primeiro vôo 07/03    
      Ode à torcida 08/03

      Capítulo 2 - 2016
      Tempestade a vista 12/03
      Bonança  19/03
      Bom anfitrião 26/03
      Déjà vu 28/03
      Olhar para trás 29/03

      Capítulo 3 - 2017 
      Rapadura é doce... 03/04
      Bungee jumping 11/04
      O elástico rompeu...14/04
      Adeus segundona? 16/04
      Xeque! 18/04
      Xeque-mate! 20/04

      Capítulo 4 - 2018
      On the wings of a dream 26/04
      Asas de cera 02/05
      Fracassos... não está fácil para ninguém 11/05

      Capítulo 5 - 2019
      De volta para a casa 14/05
      Um bom começo, mas foi só isso? 25/05
      Um sonho que passou... 26/05
      Ser ou não ser? 01/06
      Flying high again16/06

      Capítulo 6 - 2020
      No quartel de Abrantes  21/06
      Tudo como dantes! 23/06
      Foi quase! Quase??? 02/07

      Capítulo 7 - 2021
      Recomeço 30/07
      Parece, mas não é 31/07
      A vida não é um passeio no bosque 10/08

      Capítulo 8 - 2022
      Você pode vergar um pinheiro se tentar aos poucos 11/08
      Nem tudo que brilha é ouro  29/08
      Seu cotovelo está próximo, mas nem por isso você consegue mordê-lo 05/09
      #Pep no Linha 07/09
      Primeiras fornadas, o que aconteceu?   09/09

      Capítulo9 - 2023
      Adeus também foi feito para se dizer 19/09
      Se forçares um tolo a rezar, ele tanto machucará sua testa quanto os dedos dos pés de outros 28/09
      A testa abriu 13/10

      Capítulo 10 - 2024
      Começar de novo! 17/10
      Vassoura nova varre diferente 19/10
      São somente flores, os frutos virão depois 22/10
      Acredite, mas se certifique! 24/10
      Via Crúcis em 12 estações tempos AKA desastres acontecem 26/10
      Via Crúcis em 12 estações tempos - 2a parte 28/10
      Um pássaro é reconhecido pelo seu vôo 03/11

      Capítulo 11 - 2025
      O mais difícil é começar, depois fica fácil 07/11
      A língua solta é um tesouro para o espião 24/11
      Um turno em silêncio. (A língua solta é um tesouro para o espião) 28/11
      O medo tem olhos grandes 30/11
      Sem esforço não se tira um peixe de um lago raso 04/12
      Sem esforço não se tira um peixe de um lago raso pt.2 05/12

      Capítulo 12 - 2026
      Ovos não ensinam a galinha 10/12
      Bravo frente a um cordeiro, um cordeiro frente a um bravo pt1 11/12
      Bravo frente a um cordeiro, um cordeiro frente a um bravo pt2 15/12
      Bravo frente a um cordeiro, um cordeiro frente a um bravo pt3 17/12
      Outubro Vermelho 18/12
      Um turno para trás 21/12
      Long and winding road 07/01
      8 jogos, 7 pontos! 11/01
      Acima da linha d´água 12/01

      Capítulo 13 - 2027
      Fundação 14/01
      Em marcha 21/01
      Uma locomotiva chamada Bonatini 24/01
      Da água para a Vodka 25/01
      A marvada castiga 30/01
      Feliz aniversário! 12/02

      Capítulo 14 - 2028
      Antes tarde do que nunca 02/10
      Não só as arvores têm raízes 04/10
      Vamos voltar às nossas ovelhas 07/10
      O que é bom para um russo, é a morte para um alemão 21/10
      O inverno passou... 04/11
      ...mas o frio ficou 07/11
      ...mas o frio ficou, parte II 09/11

      Capítulo 15 - 2029
      A volta do filho pródigo 11/11
      Um bom começo é metade da batalha 13/11
      Um velho amigo é melhor que dois novos 16/11
      Do que os ricos e os felizes 18/11
      Capítulo 16 - 2030
      Da Champions! 19/11
      A primeira panqueca sempre tem caroços. 21/11
      Moer água em um pilão 23/11
      Dominnnngo, eu vou ao Maracanãããã.... 25/11
      As galinhas são contadas no outono 28/11
      Tudo está bem, quando acaba bem 03/12

      Capítulo 17 - 2031
      Father, father... I look up to you! 17/01
      Acima de tua cabeça não consegues pular 28/01
      Não se trocam cavalos na travessia 18/02
      O que aconteceu, já foi. 20/02
      Hoje não, hoje não! Hoje sim? Hoje SIM!!?? 23/02
      Cicatrizará antes de seu casamento 26/02

      Capítulo 18 - 2032
      Juntando as forças 10/03
      Quando um lagostim subir a montanha e assoviar 12/03
      Aconteceu, eu vi. A cabra comeu o lobo. 28/03
      Nem peixe nem carne(n. do a. - medíocre). 01/04
      Um bom trabalho fala por si. 05/04
      Quem se queimou com leite quente sopra a água gelada. 07/04
      Vai ter festa la na rua! 19/04

      Capítulo 19 - 2033
      Quanto mais tens, mais queres. 26/04
      A igreja está perto, mas a estrada está sob a neve, o bar está longe, mas vou com cuidado. 27/04
      Foi pegar lã mas voltou tosqueado. 21/07
      Forje o ferro enquanto ainda está quente. 24/07
      Tudo a seu tempo. 28/07 
      De uma ovelha magra pelo menos um punhado de lã. 29/12
      Capítulo 20 - 2034
      O trabalho nâo é um lobo. Ele não correrá para a floresta. 02/01
      Nem tudo que brilha é ouro. 05/01
      Um cão preto não fica branco se você lavar bastante. 10/01
      Sem sofrimento não há aprendizado. 18/01
      Não culpe o espelho pela sua cara feia. 21/01
      Mãe Rússia 24/01
      Capítulo 21 - 2035
      Vá devagar e irá mais distante. 26/01
      Parece mas não é. Episódio II. 30/01
      Uma esposa ruim leva a casa a falência, uma sela ruim machuca o cavalo. 31/01
      Não há heróis que não tenham experimentado tristeza. 08/02
      Não pergunte ao Mal, pois ele responderá. 09/02
      Para os espertos, a sorte acontece uma vez, para os habilidosos, duas vezes. 12/02
      Se a mão trabalha, a boca também. 22/02

      Capítulo 22 - 2036
      Não importa a distância, siga pela estrada; não importa quantos anos tenha - leve a garota. 27/02
      Melhor que ser o rabo do elefante, é ser a cabeça do camelo. 05/03
      Aquele que joga contra si mesmo nunca perde. 12/03

      Capítulo 23 - 2037
      O cobre de qualidade não enferruja; filhos e parentes da mãe não se esquecem.14/03
      Aquele que ama a terra natal derrota o inimigo mais facilmente. 16/03
      Não se pode confiar no inverno. 18/03
      Aquele que não tem desejo, não tem força também. 22/03
      O sol sempre brilha, e aprender é mais doce que o mel e açúcar. 24/03
      A arrogância estraga uma pessoa, o muito branco rapidamente se suja. 17/04 
      Meça sete vezes, corte uma. 03/05 

      Capítulo 24 - 2038
      Com as barbas de molho. 10/05  
      Um(?) Torpedo vindo em nossa direção! 14/05 
      Até o último minuto! 17/05 
      A árvore que cresce na borda da floresta é resiliente. 23/05 
      Uma palavra é suficiente para o homem certo. Um chicote é suficiente para um bom cavalo. 26/05  
      Capítulo 25 - 2039
      E agora Josef? 31/05 
      E agora? A Sibéria ora. 16/07 
      Tem coelho nessa cartola?  27/07 
      Capítulo 26 - 2040
      A água corta a pedra. 02/08 
      Um texugo corajoso é melhor do que um touro atrasado. 15/08 
      Genghis Khan. 07/10  
      Os pensamentos no trono, a bunda na lama. 13/10 
      Capítulo 27 - 2041
      Siddhartha 26/12 
      Se tornar um mestre ou um homem morto (ou vai ou racha). 01/01
      Você não pode escapar do seu destino. 09/01
      Panqueca! Fuck! Blin! 17/01
      Deus ama a trindade. 28/01
      Nada é eterno sob a lua (O sol da manhã não dura o dia inteiro). 06/02
      Não importa o quanto o sapo pule, tudo está em sua própria poça. 08/02
      Onde nem Makar levaria suas vacas.  11/02  
      A morte é melhor para o homem que a vergonha. /  Quando um peixe morre, os ossos permanecem; quando um homem morre, a honra permanece. 12/02 
      Epílogo
      Somente quem nada faz não comete erros. 26/02

      Classificação nos torneios disputados
    • Gourcuff
      By Gourcuff
      Tópico destinado aos comentários dos campeonatos nacionais de toda a América: desde os sul-americanos até a MLS.
×
×
  • Create New...