Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Perissé

Associação Atlética Portuguesa: Comunicado (29/12) (Aguardando Avaliação)

Recommended Posts

Herr Jones

Acho que montou um bom elenco e isso se refletiu no estadual. Creio que mesmo os times reservas dos grandes cariocas devam ser bastante superiores à Lusa, mas mesmo assim conseguiu bater de frente com eles e até chegar na final da Taça Rio. 

Sendo uma campanha excelente como a que fez, o time chega animado na Serie D e, na minha opinião, deve brigar pela primeira vaga mesmo. Acho que dá pra ir longe nessa temporada!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
São Marcos

Grande resultado no estadual. Terminar a fase de grupos da Taça Rio na frente dos dois favoritos só mostra que o planejamento está indo no caminho certo. No próximo ano, com o time melhor estruturado, um resultado melhor que esse não será tanta surpresa, hein!?

Já na Série D, com o apresentado no estadual, prevejo uma classificação sem sustos.

Parabéns e boa sorte na continuação.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Perissé
14 horas atrás, Herr Jones disse:

Acho que montou um bom elenco e isso se refletiu no estadual. Creio que mesmo os times reservas dos grandes cariocas devam ser bastante superiores à Lusa, mas mesmo assim conseguiu bater de frente com eles e até chegar na final da Taça Rio. 

Sendo uma campanha excelente como a que fez, o time chega animado na Serie D e, na minha opinião, deve brigar pela primeira vaga mesmo. Acho que dá pra ir longe nessa temporada!

Sim, os times reservas são bastante superiores ao nosso, algo perto do nível da Série B.

Acredito que essa campanha na Taça Rio trouxe uma confiança maior à equipe e brigaremos até o final contra o J. Malucelli. Sobre o restante da Série D, prefiro jogar cada partida antes de falar que dá para ir longe. O sorteio pode vir muito difícil, mas pode vir muito fácil também.

8 horas atrás, São Marcos disse:

Grande resultado no estadual. Terminar a fase de grupos da Taça Rio na frente dos dois favoritos só mostra que o planejamento está indo no caminho certo. No próximo ano, com o time melhor estruturado, um resultado melhor que esse não será tanta surpresa, hein!?

Já na Série D, com o apresentado no estadual, prevejo uma classificação sem sustos.

Parabéns e boa sorte na continuação.

Na próxima temporada, as expectativas no Carioca vão depender bastante do nosso resultado na Série D. Uma promoção para a Série C nos traria uma qualidade maior no elenco, enquanto que mais uma temporada na Série D quase não aumentaria a qualidade do elenco.

Se nada de errado acontecer, acredito que uma segunda vaga é algo certo, no mínimo. Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bigode.

Falei que passaria por aqui e tardei, mas não falhei.

Antes de mais nada: muito obrigado pela citação ali no post inicial. Porra, fico feliz demais de saber que, de alguma forma, te ajudei. Estamos aí pra isso!

A campanha no Carioca foi muito boa! Fico imaginando o que pode fazer na próxima temporada, após uma possível promoção e um elenco mais qualificado. No mais, só posso desejar boa sorte na Série D!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
vinny_dp

Qualificou o elenco a tempo de melhorar ainda mais o desempenho no campeonato Carioca e conquistar uma inédita vaga na final. Nela, a cota de surpresas já havia se esgotado e deu Flamengo, mas a campanha é um ótimo indicativo do que a equipe pode fazer no futuro.

Acho que pelo que apresentou até aqui o time tem plenas condições de passar a segunda fase na série D, mesmo com o J.Malucelli tendo feito um ótimo estadual.

Boa sorte.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Danut

Bela campanha no segundo turno do estadual. Uma pena que não deu para jogar 90 minutos com onze em campo, ter que enfrentar os grandes com um a menos é sacanagem. Mas pode sair de cabeça erguida da competição.

Na série D eu acho que o time é favorito a conquistar a vaga, mesmo com o J. Malucelli podendo incomodar. Talvez não fique com o primeiro lugar, mas a vaga de segundo não vejo escapar da Portuguesa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Perissé
11 horas atrás, Bigode. disse:

Falei que passaria por aqui e tardei, mas não falhei.

Antes de mais nada: muito obrigado pela citação ali no post inicial. Porra, fico feliz demais de saber que, de alguma forma, te ajudei. Estamos aí pra isso!

A campanha no Carioca foi muito boa! Fico imaginando o que pode fazer na próxima temporada, após uma possível promoção e um elenco mais qualificado. No mais, só posso desejar boa sorte na Série D!

Opa, eu que agradeço! Acabou que o seu drama com o save de Israel virou incentivo para iniciar um save com a Portuguesa.

Sobre as campanhas, eu não quero imaginar ainda, apesar da expectativa aumentar a cada temporada que o elenco for melhorado. Sem cheirinho. Valeu, Gabriel!

7 horas atrás, vinny_dp disse:

Qualificou o elenco a tempo de melhorar ainda mais o desempenho no campeonato Carioca e conquistar uma inédita vaga na final. Nela, a cota de surpresas já havia se esgotado e deu Flamengo, mas a campanha é um ótimo indicativo do que a equipe pode fazer no futuro.

Acho que pelo que apresentou até aqui o time tem plenas condições de passar a segunda fase na série D, mesmo com o J.Malucelli tendo feito um ótimo estadual.

Boa sorte.

O objetivo era melhorar o elenco visando a Série D, porém, como o planejamento foi concluído rapidamente, serviu para a Taça Rio também. E, como você disse, dá para imaginar um bom futuro na competição com esse elenco ou até melhor.

Acredito que os leitores me convenceram da fragilidade do Ceilândia, passo a concordar que o J. Malucelli é o nosso único foco. Valeu, Vinny!

4 horas atrás, Danut disse:

Bela campanha no segundo turno do estadual. Uma pena que não deu para jogar 90 minutos com onze em campo, ter que enfrentar os grandes com um a menos é sacanagem. Mas pode sair de cabeça erguida da competição.

Na série D eu acho que o time é favorito a conquistar a vaga, mesmo com o J. Malucelli podendo incomodar. Talvez não fique com o primeiro lugar, mas a vaga de segundo não vejo escapar da Portuguesa.

Se as equipes reservas dos clubes grandes já possuem um nível técnico ligeiramente melhor que o nosso, imagina com um a mais? Fica desleal mesmo. No entanto, já entramos na final da Taça Rio com a mentalidade de dever mais que cumprido, o que acontecesse a favor da Portuguesa era lucro.

Acredito que o foco passa a ser o primeiro lugar ou no mínimo uma vaga em segundo lugar com uma boa campanha, ou seja, sem precisar das eliminatórias entre os piores segundos colocados.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Perissé

 

image.png.c689dc70e5519882d26244aec9bf27b4.png

image.png.1889a4b9ec4c850badaba18ec28832ac.png

  • Campeonato Brasileiro Série D:

A estreia na competição aconteceu com goleada de 3 a 0 sobre o Espírito Santo em seus mandos. Apesar da goleada, abrimos o placar apenas na segunda etapa e ampliamos somente nos minutos finais, aproveitando o “abafa” dos capixabas com o 4-4-2. Em seguida, recebemos o Ceilândia e aplicamos uma sonora goleada de 3 a 0, sendo que dois gols vieram da pressão alta e o terceiro veio da superioridade causada nas laterais. Por fim, fechamos o turno perdendo para o J. Malucelli, que havia perdido as duas primeiras partidas da competição, em uma partida que criamos boas chances, porém os paranaenses definiram a partida em dois lances atípicos.

No entanto, a derrota para os paranaenses não nos abalou e voltamos ao caminho das vitórias na goleada de 4 a 1 sobre o Espírito Santo. Tal goleada nos deixou em situação tranquila para o resto da fase, necessitando apenas de um empate para nos classificar. No entanto, humilhamos novamente o suposto adversário direto Ceilândia em uma goleada de 5 gols, em que três deles saíram após os candangos irem para o “abafa” com o 4-3-3, e não só nos classificamos como garantimos a liderança. Por fim, fechamos nossa campanha na fase de grupos devolvendo a derrota ao J. Malucelli após alguns titulares entrarem na segunda etapa, chegando a incríveis 15 pontos.

image.png.3cf2eb9e0921810872e99a5b2a1ea528.png

A classificação para as oitavas de final veio com uma campanha bastante além do esperado com cinco vitórias em seis partidas (aproveitamento de 83%) e também com os adversários contribuindo com campanhas aquém do esperado, principalmente o J.Malucelli, que possuía o melhor elenco do grupo e terminou em segundo colocado, posteriormente sendo eliminado na eliminatória dos piores segundos colocados.

No lado tático, a última mudança tática do ano será a retirada da instrução de desarmar de forma mais agressiva pelas estatísticas mostrarem que temos uma média de 2,5 cartões amarelos por jogo, tendo consequências nas suspensões por acúmulo de cartões, algo péssimo para um elenco curto como o nosso.

image.png.682ce8106bfcf70289bb5a2b6fccc85b.png

image.png.551fc936558b29af9f6091aae88dbf47.png

No sorteio realizado logo após o término da fase de grupos, ficou definido o São José como o nosso primeiro adversário no mata-mata. Os gaúchos atuam sob as bases do 4-2-3-1 sem pontas e possuem um elenco com qualidade um pouco abaixo da nossa. Para efeito de comparação, o Zequinha terminou a fase de grupos na segunda colocação em um grupo com Altos (PI), Sousa e Santos (AP).

Na ida, em Porto Alegre, a marcação alta com os meia-atacantes e o congestionamento do meio-campo adversário dificultou a prática do nosso estilo de jogo e abriu caminho para o adversário marcar nas costas de nossa alta linha defensiva.

Na volta, já sabendo como jogava o adversário, especialmente para essa partida, alterei a formação da equipe para o 4-4-2 com um losango formado no meio e, precisando abrir uma vantagem de dois gols, lancei a equipe no ataque. A decisão neutralizou o meio de campo adversário e abriu caminho para os dois tentos marcados por Fabiano Oliveira em um intervalo de dois minutos. No entanto, o adversário nos deu um banho de água fria e diminuiu o placar cinco minutos depois, obrigando a equipe se lançar no ataque novamente. Felizmente, alcançamos o terceiro gol em um contragolpe bem executado na segunda etapa e avançamos de forma suada para a próxima fase.

image.png.5379a0711322851eae1a3899f3cc6ec4.png

image.png.cfe4214959075a8a6e3bbfca00b09c49.png

Após a classificação alcançada contra o São José, o novo sorteio definiu o Luziânia como o nosso segundo adversário no mata-mata. Os goianos atuam sob o tradicional 4-2-3-1 e possuem um elenco com qualidade bastante abaixo da nossa. Para efeito de comparação, a equipe goiana terminou a fase de grupos na segunda colocação em um grupo com Sete de Dourados, Águia de Marabá e Maranhão e passou pelo Novo Hamburgo no mata-mata antes de nos enfrentar.

Na ida, em Luziânia, pressionamos desde o início o entrelinhas do 4-2-3-1, deixando o nosso tridente ofensivo sozinho contra a linha defensiva, o que resultou nos dois primeiros gols e inúmeras chances perdidas.

Na volta, por estarmos com uma mão na classificação, lancei uma equipe mista em campo, visando o descanso da equipe titular pelos três jogos por semana no período de mata-mata. Tal decisão pouco prejudicou nossa atuação, mas faltou uma boa concretização das oportunidades para vencer os goianos, que marcaram seu único gol em um escanteio.

image.png.87eebf7ee903bda2f6e1d38973cbfaad.png

image.png.e8129dedb5438afe63ea328dc7d589a3.png

Na última etapa do sonho de promoção à Série C, fugimos de Campinense e Grêmio Osasco Audax e fomos sorteados para enfrentar o Villa Nova (MG). Os mineiros atuam sob o 4-4-2 em losango e possuem um elenco com qualidade um pouco abaixo da nossa. Para efeito de comparação, o Leão do Bonfim terminou na liderança em um grupo com Fluminense de Feira, Linense e Sinop e passou por Globo e Altos no mata-mata antes de nos enfrentar.

Na ida, em Nova Lima (MG), concentramos a maioria das nossas jogadas nas laterais pela superioridade numérica no setor, o que explica a quantidade elevada de cruzamentos. Assim, os dois tentos saíram de duas bolas paradas oriundas desse tipo de jogada, sem contar com o pênalti perdido por Fabiano Oliveira no final da partida, e nos deixou em situação de extrema vantagem para a próxima partida.

Na volta, usamos a mesma estratégia, porém aliada aos contragolpes, já que o adversário se lançou ao ataque, para marcar em dois dos três tentos. O adversário ensaiou uma arrancada, mas já era tarde para alcançar cinco gols e a promoção, que ficou com a Portuguesa. Vem, Série C!

image.png.c78db10388d1a9e065efe040f44075fa.png

  • Análise do Elenco:

Uma boa parte do sucesso que a Portuguesa conseguiu nesta temporada pode ser atribuído à periculosidade dos atacantes, destacando principalmente Ramón, Matías Sosa, Emiliano Trovento e Fabiano Oliveira, que acabou como o artilheiro da equipe em 2017 pelos seus tentos nas partidas mais fáceis do Campeonato Carioca. Em comum entre os quatro, podemos destacar a grande participação no processo ofensivo, sendo responsáveis não só pelos gols, mas também pelas assistências.

Além dos atacantes, podemos destacar no time-base da Portuguesa a participação ofensiva dos laterais, responsáveis por boa parte dos passes completos em cada partida pelo seu posicionamento vertical próximo aos meias, o que gera uma rodagem horizontal maior da bola. No entanto, algo que eu esperava na montagem da tática era uma grande participação dos meias nos gols da equipe, mas suas estatísticas de gols e assistências não reproduzem isso.

Por fim, devo informar que dois (o volante Marcinho e o zagueiro Marcão) dos 19 jogadores presentes no elenco não aparecem na imagem abaixo por serem vendidos logo após o final da Série D.

image.png.08720aaa151c2fc19c884faa1ff4b42f.png

Nas estatísticas de cada equipe na Série D, podemos destacar a influência da pressão e do desarme agressivo nas estatísticas de desarmes com êxito e de faltas concedidas. Por ser uma faca de dois gumes, aumentando o número de desarmes, porém o número de faltas também, optei por retirar a instrução de desarmar de forma mais agressiva, como foi explicado no início da atualização. Para a próxima temporada, pensarei em outro recurso para manter o número de desarmes alto.

Por último, é importante destacar a eficiência do ataque, com uma média próxima de 2,4 gols por partida, que ficou na liderança isolada da Série D, com três gols à frente do Campinense.

image.png.4351bde8381415fc30593cdd4e17b84d.png

  • Finanças:

Após começarmos a temporada com as finanças negativas, as campanhas no Campeonato Carioca e Série D nos renderam algumas premiações interessantes, as quais eu não esperava, o que acabou deixando as nossas finanças positivas na reta final do ano de 2017. Além disso, a boa campanha no Campeonato Carioca rendeu uma qualificação para participar da Copa do Brasil na próxima temporada, conhecida por pagar boas premiações na participação de cada fase.

A diretoria, por sua vez, aumentou consideravelmente o orçamento para salários e transferências devido à promoção para a Série C, o que me permite elevar a qualidade do elenco.

image.png.5de60fece2388f2d24e184ec9ecf2258.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Como eu disse, anteriormente, sua avaliação sobre o grupo era equivocada e as partidas mostraram que eu não estava errado. O que eu não esperava era um desempenho tão ruim dos paranaenses.

Quartas-de-final complicada, mas com Fabiano Oliveira mostrando que ainda faz das suas no FM. Fiquei supreso com o Luziânia, que disputa o campeonato do DF, indo tão longe, mas acabou mostrando na ida que eles não fariam frente à Lusa. E na final foi melhor em todos os sentidos, só sofrendo gols quando já estava com o troféu nas mãos.

Teve uma temporada muito boa (para minha tristeza) e conseguiu a promoção com título. Como no início do save você disse que pretendia manter os jogadores nas Série D e C, você acha que eles estão preparados para os novos desafios?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Leonardo Moreno

Excelente desempenho! Tá bem bom de acompanhar. Quero só ver até onde esse time pode ir.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gabriel Kanaan

Ótimas campanhas, tanto no campeonato estadual quanto no nacional. Parabéns pela promoção!

No aguardo da montagem do elenco para a série C e os novos desafios. Acredita ser possível fazer campanha semelhante no estadual ou dependerá de os grandes pouparem jogadores em função das competições continentais?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ademare

Fala Yan. Adoro saves brasileiros iniciados na série D. tomara que não bug! Parabéns pelo título e acesso, acompanhando!

Fechar série D no azul é digno de troféu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Perissé
Em 09/01/2018 at 18:12, ggpofm disse:

Como eu disse, anteriormente, sua avaliação sobre o grupo era equivocada e as partidas mostraram que eu não estava errado. O que eu não esperava era um desempenho tão ruim dos paranaenses.

Quartas-de-final complicada, mas com Fabiano Oliveira mostrando que ainda faz das suas no FM. Fiquei supreso com o Luziânia, que disputa o campeonato do DF, indo tão longe, mas acabou mostrando na ida que eles não fariam frente à Lusa. E na final foi melhor em todos os sentidos, só sofrendo gols quando já estava com o troféu nas mãos.

Teve uma temporada muito boa (para minha tristeza) e conseguiu a promoção com título. Como no início do save você disse que pretendia manter os jogadores nas Série D e C, você acha que eles estão preparados para os novos desafios?

Não acredito que a avaliação estava equivocada, apenas quanto ao Ceilândia, mas concordei com os leitores após os comentários. Mas o J. Malucelli decepcionou bastante, não se espera que o melhor elenco do grupo vá tão mal assim em um grupo tranquilo de pontuar.

O Fabiano Oliveira desaparecia bastante nesta temporada até a segunda partida contra o São José, participando bem apenas nas partidas mais fáceis do Carioca. Acredito que decidiu a partida mais complicada da Série D, em que deveríamos ganhar por mais de um gol de diferença e perdíamos para o gol fora de casa do São José até a metade da segunda etapa. Fora esse adversário, admito que encaramos um caminho fácil a final.

O elenco será pouco alterado, sim. Acredito que apenas o meio e a defesa, pelas saídas do volante Marcinho e do zagueiro Marcão, serão reforçados.

Não foi desta vez, Gilson. Mas com a promoção, iremos lutar pela manutenção e eu torço para que você continue triste.

Em 10/01/2018 at 19:07, Leonardo Moreno disse:

Excelente desempenho! Tá bem bom de acompanhar. Quero só ver até onde esse time pode ir.

Valeu, Leonardo. Torço para que a Portuguesa vá longe, mas pensando sempre no presente.

2 horas atrás, Gabriel Kanaan disse:

Ótimas campanhas, tanto no campeonato estadual quanto no nacional. Parabéns pela promoção!

No aguardo da montagem do elenco para a série C e os novos desafios. Acredita ser possível fazer campanha semelhante no estadual ou dependerá de os grandes pouparem jogadores em função das competições continentais?

Valeu, Gabriel.

Dependerá disso e também do sorteio dos grupos. Deixar um clube grande que não participa da Libertadores em cada grupo pode prejudicar a nossa campanha, já que apenas uma equipe se classifica.

1 hora atrás, Ademare disse:

Fala Yan. Adoro saves brasileiros iniciados na série D. tomara que não bug! Parabéns pelo título e acesso, acompanhando!

Fechar série D no azul é digno de troféu!

A Série D já foi retirada rapidamente das ligas do save, o que tira a possibilidade do calendário bugar pelo uso da liga alternativa.

Agradeço o elogio quanto às finanças, mas não acho que fechar a Série D no azul seja tão difícil. Recebemos boas premiações no Carioca e na Série D que foram responsáveis pelo azul das finanças. Valeu, Ademare.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Henrique M.

Foi bem no estadual, foi bem na Série D, como disse o Gilson, nada que justificasse todo o pessimismo inicial.

Parabéns pelas conquistas, agora é ver se a equipe consegue repetir o bom estadual e se dar bem na Série C.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
vinny_dp

Com o que o time mostrou no estadual, uma boa campanha na Série D era esperada e se concretizou. O time produziu bastante ofensivamente e isso foi importante para que a Portuguesa revertesse eliminatórias.

Fecha no azul e ainda terá um bom orçamento para reforçar o elenco em 2018. Dá para sonhar com um bom desempenho no ano.

Boa sorte. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Perissé
Em 12/01/2018 at 21:36, Henrique M. disse:

Foi bem no estadual, foi bem na Série D, como disse o Gilson, nada que justificasse todo o pessimismo inicial.

Parabéns pelas conquistas, agora é ver se a equipe consegue repetir o bom estadual e se dar bem na Série C.

Quanto ao Ceilândia, foi um equívoco mesmo e cheguei a concordar nas respostas dos leitores. Mas o J. Malucelli decepcionou bastante sem chegar nas oitavas com um elenco melhor que todos do grupo. Valeu, Henrique.

9 horas atrás, vinny_dp disse:

Com o que o time mostrou no estadual, uma boa campanha na Série D era esperada e se concretizou. O time produziu bastante ofensivamente e isso foi importante para que a Portuguesa revertesse eliminatórias.

Fecha no azul e ainda terá um bom orçamento para reforçar o elenco em 2018. Dá para sonhar com um bom desempenho no ano.

Boa sorte. 

Acredito que o 4-1-2-3 foi bastante útil no ataque e protagonizou 29 gols em 12 partidas, sem contar as inúmeras oportunidades produzidas. Assim, as equipes adversário não seguravam a força do nosso ataque e não possuíam bons ataques para retribuir.

Como disse ao Ademare, as premiações foram bastante generosas e, se não podemos contar com bons patrocínios ainda, precisamos nos sustentar nelas. Valeu, Vinny.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
PedroJr14

Grande campanha na Série D. Parabéns pela conquista!!

Espero que na temporada que vem a equipe siga evoluindo e vá em busca do acesso também. Apesar de você não precisar ter pressa para subir, acho que a qualidade dos jogadores da Série C para a D não tem uma diferença muito grande, só alguns times que destoam dos demais e que a essa altura já devem ter conseguido o acesso para a Série B.

Se puder, na resposta, deixa uma foto das equipes que estarão na Série C. tmj!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Perissé
10 horas atrás, PedroJr14 disse:

Grande campanha na Série D. Parabéns pela conquista!!

Espero que na temporada que vem a equipe siga evoluindo e vá em busca do acesso também. Apesar de você não precisar ter pressa para subir, acho que a qualidade dos jogadores da Série C para a D não tem uma diferença muito grande, só alguns times que destoam dos demais e que a essa altura já devem ter conseguido o acesso para a Série B.

Se puder, na resposta, deixa uma foto das equipes que estarão na Série C. tmj!

Não cheguei a observar os adversário que enfrentaremos na Série C, mas o nível não deve ser muito diferente do que vimos no São José, que foi o adversário mais cascudo que enfrentamos. Valeu, Pedro.

E sobre as equipes que estarão na Série C, falarei delas na atualização anterior ao começo das partidas da Série C no mesmo esquema que fiz antes da Série D.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Perissé

image.png.67677cc1286abebb5e592e1ba87cd09c.png

image.png.b2f12ef884447ef8f4a600106312ecd5.png

Somos acostumados a ver o Real Madrid no topo do futebol mundial junto com algumas equipes, como Barcelona e Bayern de Munique, por exemplo. Mas será que sempre foi assim? Sim, a equipe madridista sempre foi referência no esporte. No entanto, no ano de 1969, logo após se consagrarem campeões nacionais em um jogo que era apenas para a entrega das faixas no Santiago Bernabéu, a Associação Atlética Portuguesa roubou os holofotes.

A equipe brasileira passava por uma excursão na Europa, como era normal na época que não existia competições oficiais além dos estaduais. Inclusive, a Portuguesa já era conhecida por algumas surpresas nos amistosos internacionais pelos empates contra Dínamo de Kiev e Barcelona em 1956 e a vitória contra o Besiktas no ano anterior. Assim, a equipe lusitana viajava à Espanha para um amistoso contra o Sevilla. Entretanto, a partida foi cancelada por um motivo curioso. O Real Madrid, que havia conquistado o Campeonato Espanhol, procurava um adversário para um jogo festivo de entrega de faixas e venceu a concorrência do Sevilla oferecendo um "bicho" maior.

image.png.586b5d866fbced0be735c96ef946c56a.png

Elenco da Associação Atlética Portuguesa posando para foto na década de 60

Em uma partida que era apenas para entrega das faixas, a Portuguesa não tomou conhecimento do adversário com seu elenco titular e dos 50 mil torcedores no Santiago Bernabéu, abrindo o placar aos sete minutos com o atacante Miguel. Não contente, Miguel ampliou no final da primeira etapa para os lusitanos. Já na segunda etapa, a equipe madridista foi com tudo para cima dos brasileiros, mas resultou em apenas um gol, que não foi suficiente para evitar a vitória da Portuguesa e o maior feito da história do clube.

image.png.4da27890a206517838a5fa38f6f8f5e5.png

Jornal espanhol da época critica a atuação dos merengues contra a Portuguesa

Como bicho pela vitória na partida, os jogadores da Lusa receberam cinco vezes mais do que foi combinado antes: cada um ganhou 50 dólares. O zagueiro Zeca admite terem comemorado do único modo possível nas ruas de Madrid: “Ficamos malucos. Foi só alegria, samba, pagode e felicidade.”

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gabriel Kanaan

Bacana a história, especialmente para mim que nunca simpatizei com o Real Madri pela ligação com o franquismo e ainda lambo as feridas da abertura da barreira na final do mundial.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Muito legal o post histórico, ainda mais com uma vitória da Lusa Carioca contra os Merengues. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Herr Jones

A temporada foi simplesmente espetacular. O time se portou muito bem e conseguiu o título... Na minha opinião, era até esperado face a grande campanha no estadual que mostrou um apurado nível da equipe. Porém, o que mais me surpreendeu foi fechar o ano no azul e com um saldo muito bom para os padrões das divisões inferiores brasileiras. Acho que tem tudo para montar uma equipe mais competitiva para a Série C.

E bem legal essa história da Lusa carioca contra o Real!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Perissé
5 horas atrás, Gabriel Kanaan disse:

Bacana a história, especialmente para mim que nunca simpatizei com o Real Madri pela ligação com o franquismo e ainda lambo as feridas da abertura da barreira na final do mundial.

Compartilho do mesmo pensamento. Nunca simpatizei com o Real Madrid e ver que um dos meus times de coração já o venceu é bacana mesmo.

5 horas atrás, ggpofm disse:

Muito legal o post histórico, ainda mais com uma vitória da Lusa Carioca contra os Merengues. 

Espero que venha mais posts históricos ao longo do save, conforme eu for pesquisando a fundo a história da Portuguesa, que por ser um clube pequeno, se torna mais difícil.

4 horas atrás, Herr Jones disse:

A temporada foi simplesmente espetacular. O time se portou muito bem e conseguiu o título... Na minha opinião, era até esperado face a grande campanha no estadual que mostrou um apurado nível da equipe. Porém, o que mais me surpreendeu foi fechar o ano no azul e com um saldo muito bom para os padrões das divisões inferiores brasileiras. Acho que tem tudo para montar uma equipe mais competitiva para a Série C.

E bem legal essa história da Lusa carioca contra o Real!

Eu só não estava tão confiante pelo sorteio do mata-mata da Série D criar uma final antes do tempo, o que nos deixaria de fora. Mas deu tudo certo e o único adversário forte que enfrentamos foi o São José, de resto mostramos que merecemos estar entre as equipes da Série C.

E sobre as finanças, compreendo que os leitores se surpreendam com um saldo azul tratando-se de uma equipe da Série D. No entanto, o FM não simula tão bem assim as finanças dos clubes brasileiros, então não é difícil crescer financeiramente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
VitorSouza

Junto ao jogo no Bernabéu, acho que teve também uma investida dos merengues pelo Escurinho, só que declinaram assim que viram a idade dele: 39 anos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
DiogoHernandes

Teve uma temporada muito boa, fiquei bastante surpreso com a ida do time para a final da Taça Rio. No geral acho que o time está jogando bem acima do que era esperado e nisso o mérito é todo do treinador. Parabéns!

No geral como o time tem se comportado taticamente? Está jogando aquilo que você imaginava ou teve que fazer mais ajustes além de retirar a instrução "levar a bola até a área"?

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • math6667
      Por math6667
      Eae galera,queria saber se tem alguma atualização de elencos atual para o Football manager 2017 de 2018,pq meu pc só roda ele e tá ficando chato com os mesmos elencos???
    • Tsuru
      Por Tsuru
      APRESENTAÇÃO

      E cá estou eu de volta. As coisas se acalmaram aqui em Portugal, fiquei com mais tempo para jogar e decidi começar a retornar ao FM aos poucos; quando vi, já estava mais que viciado no jogo e empolgadíssimo com um novo desafio. Como jogar sem postar não tem a menor graça, inicio assim uma nova jornada aqui na área - o tempo longe do Projeto Nacional me fez perder o gás e, quando voltei a jogar FM, estava sem vontade nenhuma de continuá-lo.
      A ideia desse save surgiu há mais ou menos um ano, quando li o livro “Futbol Total” em que Arrigo Sacchi narra suas memórias. Desde então estava com vontade de fazer um tributo a ele. 
      Apesar de ser um tributo, farei um save de clube, que hoje é um formato que me agrada mais, podendo assumir uma seleção (ver objetivos abaixo). As atualizações serão semanais, e a ideia é que cada uma consiga cobrir um bimestre inteiro.
      Até pensei em iniciar no Pro Piacenza, que é uma equipe rossoneri como o Milan e fica na mesma região onde Sacchi nasceu (Emília-Romanha). Mas como no save não terei obrigação de seguir os mesmos passos do técnico, preferi ir para o Sul da Itália, onde há muitas equipes interessantes - e uma em especial com a qual tenho vontade de jogar há bastante tempo. 
      O nome do treinador será Alfredo Beletti, um personagem fictício que tem o mesmo nome de um dos mentores e melhores amigos de Arrigo Sacchi.
       
      REGRAS
      Se for demitido, o save acaba;
        Em homenagem ao grande Milan de Arrigo Sacchi, só poderei contratar jogadores italianos e holandeses;
        Poderei utilizar todos os jogadores surgidos na base do clube, independente da nacionalidade;
        A partir do primeiro ano na Série A, os contratos de jogadores que não forem italianos, holandeses ou criados na base do clube não poderão mais ser renovados, podendo o jogador ser vendido ou sair de graça. Esta regra não muda em caso de rebaixamentos para a Série B.
        OBJETIVOS
      Ser bicampeão da Série A e da Supercopa Italiana, superando Arrigo Sacchi;
        Ser bicampeão da Liga dos Campeões e do Mundial de Clubes, se igualando a Arrigo Sacchi;
        Depois de atingir todos os objetivos com o clube, deixar a equipe, assumir uma seleção e ganhar a Copa do Mundo, superando Arrigo Sacchi (pode ser com qualquer seleção e pode ser tentado mais de uma vez)
        O PROFETA
      Arrigo Sacchi nasceu em Fusignano, Itália, e é considerado por muitos um dos maiores treinadores italianos de todos os tempos. Ele ficou especialmente conhecido pelo Milan que comandou entre 1987 e 1991, que era inspirado na Holanda de Rinus Michels mas tinha uma identidade própria bastante forte.
      Contando com a força econômica de Silvio Berlusconi e a confiança do diretor de futebol Adriano Galliani, Sacchi montou uma verdadeira seleção, que incluía nomes como Carlo Ancelotti, Franco Baresi, Alessandro Costacurta, Paolo Maldini e os holandeses Ruud Gullit, Frank Rijkaard e Marco Van Basten. O treinador exigia uma intensidade enorme de seus jogadores, tanto na defesa quanto no ataque, e propunha um futebol ofensivo, vibrante e que fosse para divertir as pessoas. Para sorte dele, o grupo que foi montado à época compreendeu bem sua filosofia de jogo e conseguiu executá-la com perfeição.
      Unido dentro e fora de campo, o Milan venceu a Série A uma vez (desbancando o Napoli de Maradona e Careca) e foi bicampeão da Liga dos Campeões, da Supercopa Italiana, Supercopa da Europa e do Mundial de Clubes. O sucesso e o estilo arrojado levaram a equipe a ser eleita pela revista World Soccer como a quarta melhor da história do futebol, atrás apenas das seleções da Hungria (1954), Brasil (1970) e Holanda (1974).
      Depois do Milan, Arrigo Sacchi assumiu o comando da seleção da Itália que foi à Copa do Mundo de 1994, mas não teve o mesmo sucesso. Os jogadores da seleção não compreenderam bem seus conceitos e a Itália foi avançando na base da sorte, aos trancos e barrancos, conforme relata o próprio treinador. Ainda assim, a Azzurra chegou até a final com o Brasil de Bebeto e Romário e foi derrotada após o famoso pênalti perdido por Roberto Baggio, o Codino Divino.
      O modo revolucionário de Sacchi ver o futebol italiano - que até então era refém de esquemas com um líbero - deu origem ao apelido “Profeta de Fusignano”. Ironia do destino ou não, muitos dos conceitos utilizados por Sacchi nos anos 80 pareciam mesmo "futuristas" e se tornaram bastante comuns no futebol anos mais tarde, inspirando por exemplo Pep Guardiola e Jupp Heynckes. 

      HISTÓRICO
      Temporada 16/17 - Série C, Girone C - CAMPEÃO (promovido à Série B) Temporada 17/18 - Série B - 12º lugar Temporada 18/19 - Série B - 6º lugar / Classificado para os playoffs e eliminado pelo Verona (2 a 1) Temporada 19/20 - Série B - 5º lugar / Classificado para os playoffs e eliminado pelo Carpi na semifinal (5 a 2 no agregado) Temporada 20/21 - Série B - CAMPEÃO (promovido à Série A)
        SALA DE TROFÉUS
      🏆 Série C, Girone C - 16/17
      🏆 Série B - 20/21
    • marciof89
      Por marciof89
      Eis que, enfim, criei coragem para postar uma história aqui no Profissão Manager. Frequento o fórum a muitos anos mas sou um completo bicho do mato, portanto interajo muito pouco, motivo pelo qual demorei a adentrar aqui. Agradeço desde já quem tiver interesse em seguir, e ouvirei todas as dicas que quiserem sugerir, sejam sobre organização, táticas, etc. Li as regras e as recomendações antes de começar, mas deslizes podem acontecer. Os gráficos foi eu mesmo quem fiz, não reparem! hahaha
      Sem mais delongas, vamos ao que interessa.
      Eu tenho um carinho muito grande pelo Tupi, apesar de não ser mineiro. A torcida do Tupi, apesar de pequena como de praxe entre os times pequenos, é muito apaixonada. Não são muitos os times brasileiros sem muita relevância no cenário nacional que mantenham uma torcida apaixonada assim. E como sou da época do Elifoot 2 e 98, então sempre achei graça em pegar um time lá das divisões de baixo e levar até a glória.
       

      O Tupi Futebol Clube é um clube da cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais, e foi fundado no dia 26 de maio de 1912 por moradores ilustres da cidade. Durante os primeiros anos, era chamado de Tupy, já que muitos de seus fundadores eram dissidentes do Tupynambás (atualmente seu maior rival). É o maior clube da cidade, e tem como maior glória a conquista da Série D em 2011. A equipe manda seus jogos no estádio Radialista Mário Heleno (estádio da cidade), com capacidade para mais de 30 mil pessoas.
      Seu maior rival, como dito anteriormente, é o Tupynambás, time também de Juiz de Fora, com quem faz o clássico Tu-Tu. Durante um curto período de tempo na década de 90, ele se fundiu com o Tupynambás e o Sport (outro time da cidade) e formaram a Cooperativa Manchester de Futebol, inspirados no sucesso da fusão do Paraná Clube. Porém, resultados pífios e crises de ego fizeram com que a fusão não aguentasse, tendo disputado apenas 3 estaduais com o novo nome.
      O time carece de ídolos, e não revelou grandes jogadores para o futebol mundial. Apesar disso, dois nomes notáveis passaram pela equipe. Muller, campeão mundial pelo São Paulo, e Romário, que apesar de ter sido proibido pela FIFA de atuar pelo time por ter jogado por 2 equipes num período de um ano, chegou a treinar com o elenco e atraiu a atenção da mídia para o time.
      O mascote do time é o Galo-Carijó, em homenagem ao principal fundador da equipe, que tinha o apelido de carijó, e que inspira o nome da história.

      Estádio Municipal Radialista Mário Helênio
       

      Vou jogar esse save com o Brasil Mundi Up, pois apesar de muita gente falar que ele pode dar uns crashs, eu sempre usei ele (com uma quantidade bacana de ligas ativadas) sem ter problema algum, inclusive passando de 2030. Gosto da organização dele, além do acréscimo de outros níveis do brasileirão e disputas de taças que costumam ajudar até mesmo no teste de táticas e jogadores.
      • Início: 18/12/17
      • Ligas adicionais ativadas: Todas as sulamericanas, China, Alemanha, EUA, Espanha, Inglaterra, Itália, Portugal, Rússia e Ucrânia. (todas elas apenas as primeiras divisões, apenas para deixar a Libertadores mais realística e as transferências também).
       

      O save vai se basear no meu nome pessoal, mas com uma idade mais elevada que a minha, até para condizer com uma experiência razoável futebolística pré-vida de treinador.
       

      Escolhi sugestões baseadas no nível do Tupi, pra não ficar roubado nem absurdamente difícil também pois não sou o Mourinho do FM haha.
      Gosto de fazer técnicos que são mais voltados para o conhecimento do elenco em si, deixando o grosso do desenvolvimento e contratação de jovens jogadores a cargo do auxiliar e diretor desportivo. Claro que estou sempre acompanhando e impedindo algumas burradas que eles costumam cometer, mas meu foco, ao menos inicial, é me dedicar ao elenco principal.
      E aqui um panorama inicial do time:

       

      • Subir a Série B
      • Subir a Série A
      • Ganhar a Copa do Brasil
      • Ganhar o Campeonato Brasileiro
      • Ganhar a Copa Libertadores da América
      • Ser o time do interior de Minas Gerais com o maior número de títulos do Campeonato Mineiro (Villa Nova detém 5 títulos)
      • Desenvolver a infraestrutura de treinos do time para, ao menos, 4 estrelas
      • Ser um dos times mais bem reputados do Brasil (Top 5)
      • Melhorar as finanças do clube
      Objetivos complementares:
      • Ganhar o Mundial de Clubes
       
       

       
    • Neynaocai
      Por Neynaocai
      PRA QUEM CHEGOU AGORA, RECOMENDO DAR APENAS UMA OLHADA POR CIMA NA PRIMEIRA TEMPORADA E IR LOGO AO QUE INTERESSA, QUE A PARTIR DE HOJE (07/12/2018) SERÁ INDICADO ABAIXO:
       
      CLUBE
      Uma nova jornada. Capítulo 1: La voix du peuple est la voix de Dieu.
      Uma nova jornada. Capítulo 2: Entre grandes expectativas e a realidade!
      Uma nova jornada. Capítulo 3: A segunda temporada.
      Uma nova jornada. Capítulo 4: X-saladas, caldo-de-canas, bolachas, refrigerantes e gols.
      Uma nova jornada. Capítulo 5: Tem que ter pojeto?
      Uma nova jornada. Capítulo 6: Tutorial de como ser campeão em menos de duas temporadas.
      Uma nova jornada. Capítulo 7: Em segundo, se virares a mesa.
       
      SELEÇÃO
      You are fake news. Um desabafo contra a imprensa.
      Copa do Mundo Sub-20 2017.
      Copa Ouro 2019 - Campeonato Mundial Sub-20 2019.
      Pré-olímpico 23:
       
      ESPECIAIS
      Copa do Mundo 2018
       
       
    • LucaSilva32
      Por LucaSilva32
      Bom, eu usava normalmente o FM 17 com as faces que eu tenho (85.000 faces ao total), funcionava perfeitamente. Hoje quando fui entrar no meu save, vi que quase todas as faces do jogo sumiram.
      Pensei que fosse o fato de eu tentar colocar a face do meu treinador, mas exclui a foto do meu treinador na facepack e tirei o id do meu treinador do config.xml localizado na facepack, ao recarregar a skin dentro do jogo continuou o mesmo problema.
      Desde já agradeço a quem tentar me ajudar.
×