Jump to content

Camisas 'cópias' de europeus da Nike enfurecem clubes


Guest João Gilberto

Recommended Posts

Guest João Gilberto

Camisas 'cópias' de europeus da Nike enfurecem clubes

622_5f697978-5411-3ee5-83c1-2c93621cdbe6

Qual a relação entre Bahia, Freiburg e FC Zürich? A princípio, nenhuma. Coritiba e Celtic, então? Nada. O mesmo se repete também com Inter e Mainz 05. Eles estão, ainda assim, mais interligados do que se imagina em uma controvérsia que estremece a relação dos brasileiros com a Nike e pode fazer com que a poderosa marca americana tenha um de seus contratos de fornecimento de material esportivo rescindido em ano de Copa.
LEIA MAIS
O conflito todo tem a ver com o desgaste provocado pela estratégia da empresa de basear os seus uniformes em equipes europeias (veja abaixo).
Até pouco tempo atrás, a discussão em torno do tratamento e da falta de um design exclusivo se restringia aos torcedores. Mais recentemente, no entanto, ela chegou também aos times como fruto da insatisfação que vem de outros problemas de logística.
"É o estilão deles", resume um dirigente do Coritiba ao ESPN.com.br.
Ele não está sozinho. Somente no fim do ano passado, representantes da Nike tiveram mais de cinco reuniões presenciais ou não com membros da nova diretoria do Bahia para tentar aparar as arestas. Em uma delas, chegou a ser proposto o fim do contrato que vai até dezembro de 2015, mas a diretoria tricolor recuou naquele momento após a exigência do pagamento da multa de R$ 2 milhões.
A alternativa voltou a ser considerada.
Um novo encontro entre as partes deve acontecer até a semana que vem para selar de vez a situação. Em caso de nova discordância em torno de pontos que passam pelo modelo de camisas copiado dos europeus, a distribuição falha e a promessa não cumprida da construção de uma loja física, o acordo poderá ser encerrado.
Com uma proposta da Adidas na mesa, a direção do clube se encontra agora em situação confortável para barganhar - dois funcionários da companhia chegaram a ser mandados embora depois do vazamento de um dos uniformes.
356a7a0a-1df8-3216-8d29-50e107014187.jpg
A possível perda para a sua principal concorrente frustraria os planos desenhados pela Nike ainda em 2011 e concretizados em dezembro daquele ano com o anúncio de Coritiba, Inter, Bahia e Santos como novos patrocinados. A marca assegurava uma posição estratégica nas sedes da Copa do Mundo e ‘roubava' para si um pouco do espaço de sua rival alemã. Essa não é a primeira vez que ela se vê ameaçada no mercado.
No fim do ano passado, a Adidas chegou a negociar também com o Santos, porém, uma conversa com o novo departamento de marketing alvinegro garantiu a manutenção do vínculo. Desde então, o diálogo entre os dois lados é semanal, afirmam.
"Temos que tentar melhorar antes de romper. Foi bom para todos. É uma relação que depende de ambos os lados. Eles estão num negócio porque é bom para eles. Não podemos ser ingênuos e acreditar que eles estão aqui porque amam o clube. É claro que a gente tem que observar o aspecto da grife, mas não adianta fechar com um fornecedor que o torcedor não goste", afirma o gerente de marketing santista Fernando Montanha.
Por contrato, a Nike é responsável pelas operações de Corinthians e Inter enquanto Santos, Coritiba e Bahia ficam a cargo da Netshoes, que encaminha os produtos e gerencia as vendas com os pontos comerciais. Nem mesmo essa divisão livrou o clube colorado de enfrentar o mesmo problema das demais equipes, entretanto.
"Fechamos contrato com eles e sabíamos que teríamos essas dificuldades normais vindo do fim de uma parceria de mais de seis anos. Talvez com os outros tenha pesado também esse fator (de serem da Netshoes), mas não tenho o que falar a respeito do serviço", diz o diretor executivo de marketing do Inter, Jorge Avancini.
Nos bastidores, cartolas acusam a Nike de ter dado 'um passo maior que a perna' e fazer ‘reserva de mercado' com os acordos. A falta de interesse dos torcedores em um uniforme criado a partir de outra equipe, prosseguem, também é sentida financeiramente na perda dos royaltes de participação nas vendas.
Procurada pela reportagem do ESPN.com.br, a Nike respondeu através de sua assessoria de imprensa que não se pronunciaria sobre o assunto.
Link to comment
Share on other sites

Não é nada surpreendente isso.

Ambas as marcas NUNCA demonstraram um real interesse em fornecer materiais para os times daqui. O fizeram apenas por causa da Copa.

A Nike só da um tratamento diferente ao Corinthians, embora ainda fique devendo.

A Adidas até tenta dar uma originalidade à camisa.

É por essas e outras que prefiro uma marca "pequena" fornecendo o material, mas que dê atenção ao clube. Esse até foi um dos fatores que fizeram o Paraná ser o primeiro clube brasileiro a fechar contrato com a italiana Erreà.

Link to comment
Share on other sites

  • General Director

[...]

Esse até foi um dos fatores que fizeram o Paraná ser o primeiro clube brasileiro a fechar contrato com a italiana Erreà.

E vocês estão satisfeitos com os italianos até o momento?

Gosto da Penalty, uma por ser uma empresa nacional e outra por sempre tratar com atenção os interesses do SPFC. Além claro de ter bons designers, que estão sempre inovando mas nunca deixando de fazer uniformes bonitos e elegantes.

Link to comment
Share on other sites

Santa chegou a negociar com a Nike esse ano por causa do acerto do Sport com a Adidas mas eles querem pagar uma miséria, o contrato com a Penalty é muito mais vantajoso financeiramente ao clube... devemos ficar com a Penalty até o fim do contrato (Dez/2014).

Link to comment
Share on other sites

Penalty é uma merda, material horrível, modelos horríveis também. Ainda bem que a diretoria do Náutico mandou embora esses ridículos, espero que fechem com a Umbro ou no máximo a Puma.

Link to comment
Share on other sites

E vocês estão satisfeitos com os italianos até o momento?

Gosto da Penalty, uma por ser uma empresa nacional e outra por sempre tratar com atenção os interesses do SPFC. Além claro de ter bons designers, que estão sempre inovando mas nunca deixando de fazer uniformes bonitos e elegantes.

O acordo foi oficializado semana retrasada, logo, as camisas ainda não foram produzidas.

Porém, pelo destaque que a Erreà deu a essa parceria em seus meios oficiais de comunicação nos dá a esperança que será de muito sucesso. Ainda mais pelo fato de a "fábrica" deles ser aqui em Curitiba mesmo, o que dá ganho na questão de logística.

Link to comment
Share on other sites

  • General Director

Penalty é uma merda, material horrível, modelos horríveis também. Ainda bem que a diretoria do Náutico mandou embora esses ridículos, espero que fechem com a Umbro ou no máximo a Puma.

Sobre o material eu não posso afirmar, mas falar que os modelos da Penalty são horríveis é de cair o cu da bunda, amigão.

Sempre fizeram camisas bonitas, uma ou outra que eles erram a mão.

Link to comment
Share on other sites

Material da penalty (pelo menos no SP da temporada passada) é horrível sim. Qualidade péssima.

Espero q tenham melhorado o tecido pra esse ano.

Os modelos ate aqui foram bonitos sim.

Link to comment
Share on other sites

  • General Director

Material da Penalty (pelo menos no SP da temporada passada) é horrível sim. Qualidade péssima.

Foda isso, Netão.

E o pior de tudo é cobrarem 200 reais na camisa com uma qualidade porca dessas, segundo você mesmo disse. Porra, eu pagaria tranquilamente metade desse valor, mas 200 dilmas não dá, não... sinceramente.

Link to comment
Share on other sites

Foda isso, Netão.

E o pior de tudo é cobrarem 200 reais na camisa com uma qualidade porca dessas, segundo você mesmo disse. Porra, eu pagaria tranquilamente metade desse valor, mas 200 dilmas não dá, não... sinceramente.

Ano passado comprei as duas. Mas fica fio desfiando em toda a camisa é foda. Me arrependi. Esse ano só comprarei se o tecido foi mais resistente, tipo nike e adidas. Em beleza ficaram lindas. Vamos ver a qualidade.

Link to comment
Share on other sites

Ano passado comprei as duas. Mas fica fio desfiando em toda a camisa é foda. Me arrependi. Esse ano só comprarei se o tecido foi mais resistente, tipo nike e adidas. Em beleza ficaram lindas. Vamos ver a qualidade.

Foi a mesma coisa com a Lupo e o Galo ano passado, pro cê ter ideia tive que comprar a camisa só pra garantir ela pq TODAS, isso mesmo, TODAS estavam com defeito quando fui comprar, espero que com a Puma seja diferente, e a qualidade seja no mínimo razoável pq a Lupo era nojenta.

Link to comment
Share on other sites

Sobre o material eu não posso afirmar, mas falar que os modelos da Penalty são horríveis é de cair o cu da bunda, amigão.

Sempre fizeram camisas bonitas, uma ou outra que eles erram a mão.

Concordo que os do São Paulo são bonitos, mas meu post n foi em relação a eles.

Quanto ao material TODAS as minhas camisa da Penalty caíam qualquer parte emborrachada como números e patrocínio e tbm desfiaram.

Link to comment
Share on other sites

Puta que pariu, vai toma no cu, Nike. Ai nego me bota preço a R$150, 200 e nós, torcedores burros, vamos lá e compramos. Tem que dar os parabéns mesmo.

Link to comment
Share on other sites

A camisa da Ponte é feita pela Pulse, que até pouco tempo atrás era uma subsidiária da Adidas, não sei se ainda é.

Época boa foi a da Lotto, fazia camisas boas e de muita qualidade, dizem que a Diadora também era muito boa.

Link to comment
Share on other sites

A Topper no Grêmio pra mim está sendo excelente.

Respeita a história do grêmio, não segue tendências escrotas mundiais, paga a mesma merda, e sempre faz ações de marketing. Comparada com a Puma então.

Link to comment
Share on other sites

A Topper no Grêmio pra mim está sendo excelente.

Respeita a história do grêmio, não segue tendências escrotas mundiais, paga a mesma merda, e sempre faz ações de marketing. Comparada com a Puma então.

Topper sempre mitou nos uniformes do SP. Curtia muito.

Link to comment
Share on other sites

A última camisa com material de qualidade no Galo que eu me lembro foi a Lotto. Boas mesmo eram as camisas da Umbro, material e design excelentes! #sddsumbro

Link to comment
Share on other sites

Sim a Umbro, dizem que fazia os melhores fardamentos, o fato de ser Inglesa contribuía muito.

Link to comment
Share on other sites

Nossa cara, eu tenho uma da Umbro aqui e ela da um pau nas últimas camisas, eu até tenho uma de treino da Topper, a qualidade dela é bem boa também.

Link to comment
Share on other sites

  • General Director

Concordo que os do São Paulo são bonitos, mas meu post n foi em relação a eles. Quanto ao material TODAS as minhas camisa da Penalty caíam qualquer parte emborrachada como números e patrocínio e tbm desfiaram.

Os modelos da Penalty pra mim, num geral, são mt bonitos. Inclusive os do Náutico... mas eles acabam "errando a mão" sim de vez em quando, não dá pra acertar sempre e com todo mundo. Já o material pelo visto e pelos comentários é porco mesmo, precisam rever isso aí urgentemente.

Topper sempre mitou nos uniformes do SP. Curtia muito.

Eu curtia mt também, tenho um de 2002 acho até hoje.

Sim a Umbro, dizem que fazia os melhores fardamentos, o fato de ser Inglesa contribuía muito.

A Umbro sempre foi mt top, tanto na qualidade do material quanto na beleza dos modelos. Na época da Umbro no Guarani, os uniformes eram belíssimos.

Link to comment
Share on other sites

De todas camisas que tenho do Corinthians, mais ou menos 19, a pior de todas em questão de material foi da Topper. É uma prata de 2002, sempre ficou guardada, e tá meio zuado em uma ou outra parte. Foda.

Vocês aí falando que as camisas dos clubes estão 200 conto, é preço de camisa dessa temporada? O Corinthians tá vendendo por 230 a amarela lançada recentemente, e esse deve ser o preço das duas principais que logo logo devem sair.

Fora a questão de patrocinadores na camisa.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

  • Similar Content

    • Nismo
      By Nismo
      Tópico para postagem das novas camisas dos clubes nacionais e internacionais ao longo das temporadas.
    • Leho.
      By Leho.
      Um tempo atrás o Mercado Livre anunciou que havia expandido seus galpões afim de otimizar ainda mais suas entregas, vi no Twitter inclusive. Agora a Amazon, que já entrega uma experiência de compra fenomenal pra gente desde que chegou aqui (quem já comprou com eles sabe o que eu tô falando) também anuncia um novo incremento à sua rede logística.
      Quem ganha somos nós, que cada vez menos ficamos dependentes da merda que é os Correios. Vale lembrar que o grupo Magazine Luiza e o da Americanas também estão melhorando bastante seus serviços de venda e entrega, puxados principalmente pela rivalidade com a Amazon.
       
      É aquela história: quando alguém sobe o sarrafo no mercado, as outras são obrigadas a se mexer também hahahah.
    • Lewiks
      By Lewiks
      Link completo da matéria em: https://globoesporte.globo.com/programas/esporte-espetacular/noticia/sonho-desmorona-contratado-para-trabalhar-com-jogador-brasileiro-esta-preso-na-russia.ghtml
       
      =-=-=
       
      Reportagem passada hoje no Esporte Espetacular... Fernando, volante ex-Grêmio, a mulher dele e a família da mulher enganaram um casal oferecendo emprego pra usá-los como mula pra levar remédios para o pai da mulher. O homem enganado foi preso por tráfico de drogas na Rússia e o jogador e a mulher saíram fora do país. A reportagem é longa mas revoltante.
    • Leho.
      By Leho.
      Rapaz... é assim que começa a loucura, hahahaha.
      30 Seconds To Mars era uma PUTA banda, lá no comecinho dos caras, mas que tá cada vez mais se perdendo. E pelo visto a gente tá vendo quem é o responsável por essa "queda" aí. Triste.
    • Leho.
      By Leho.
      Nem sou tão fã assim de Nirvana, mas é impressionante o tamanho que essa banda teve pra história do Rock. A cada ano que passa, alguém solta uma declaração em reverência, impressionante.
       
       
×
×
  • Create New...