Jump to content

Cesarrock9

Recommended Posts

Com data certa para estrear na grade de programação da rede norte-americana CBS, a série Under the Dome, inspirada no romance homônimo de Stephen King, teve seu primeiro trailer completo divulgado.

Under_the_Dome.jpg

A história acompanha uma pequena cidade dos EUA, Chester’s Mill, que misteriosamente é cercada por um domo invisível e que a mantém separada do resto do mundo. A série já garantiu treze episódios para a primeira temporada e tem roteiro assinado por Brian K. Vaughan (LOST), além do episódio piloto ser dirigido por Neils Arden Oplev, responsável pelo filme original Os Homens Que Não Amavam As Mulheres.

O elenco é composto por Mike Vogel (Bates Motel), Dean Norris (Breaking Bad), Aisha Hinds (True Blood), Rachelle Lefevre (Off The Map), Jolene Purdy (10 Things I Hate About You), Jeff Fahey (LOST), Nicholas Strong (Nashville), Natalie Martinez (Detroit 1-8-7), Colin Ford, Alexander Koch e Britt Robertson (The Secret Circle). Assista abaixo o trailer completo:

Fonte: Ligada em Série

Link to comment
Share on other sites

  • 3 months later...

Impressionante como não tem nenhum nome FODA no elenco. Mas tô pra ver essa série faz tempo...

Link to comment
Share on other sites

Estou acompanhando. Série que lembra o filme dos simpsons. hehehhehhhe Assistivel. Espero que não estraguem essa série. Tem esse de conhecido:

100312deannorris1.jpg

Link to comment
Share on other sites

Depois comentem sobre. Sei que a série surpreendeu a ponto de ser renovada (a idéia era ser só tampão) e parece que o Stephen King vai escrever o roteiro do primeiro episódio da segunda temporada.

Link to comment
Share on other sites

Tem potencial. Mas tenho medo que fique aquele tipo de série que vai se arrastando, tipo revolution.

Link to comment
Share on other sites

  • 4 months later...

Tô indo pro oitavo episódio. A série tem alguns furos quando o assunto são recursos e tal, mas o resto é bem tranquilo. Do caralho, não consigo parar de ver essa porra, hahaha.

Joe e Norrie <3. Big Jim é outro monstro, pqp.

Tô impressionado como eles colocaram um cara com os dentes todos errados pra fazer uma série, deixou o papel de fazendeiro do Ollie muito mais real

Link to comment
Share on other sites

Não curti a série. Final bem tosco. Não que o livro seja lá essas coisas, mas... o final do livro é bem mais legal.

Tu se empolga e tal com o começo, quer ver mais e mais. Mas chega no último EP tu pensa: "Só isso?"

Link to comment
Share on other sites

Foi renovada, mano. Era pra ter fim?

Acho que sim. Ainda estou faltando uns 30% pra acabar o livro, mas quando terminei de ver a série eu pesquisei pra ver algumas reviews e acabei descobrindo o livro e o final dele. Na época nem tinha intenção de ler o livro.

Talvez introduzam o final do livro.

Link to comment
Share on other sites

Bikas, vai tomar no cu.

O final é foda, pqp. Vi os três últimos EP's seguidos, emocionante demais.

Vem 2ª temporada.

Link to comment
Share on other sites

Bikas, vai tomar no cu.

O final é foda, pqp. Vi os três últimos EP's seguidos, emocionante demais.

Vem 2ª temporada.

Final do livro >

E tu sabe como é, gosto é igual braço. Uns tem,outros não. :yao:

Te falar que não achei a série lá essas coisas todas, é "assistível" mas nada demais. Fui na esperança de que o livro era sempre melhor, ele até é, mas não é um puta livro.

Se tu curte conspirações, mistérios sem resposta e nego só te enrolando, vê Lost. Brinks, uma série que é a mesma pegada de Under the Dome é Utopia. 6 eps só.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...
Revelada a data de estreia para a 2ª temporada

O canal CBS confirmou que a 2ª temporada de Under the Dome estreia dia 30 de junho. Dome foi a série mais bem sucedida do verão americano no ano passado e agora o canal espera que a onda de sucesso continue.

Outra grande aposta da CBS para o verão desse ano é Extant, a nova série produzida por Steven Spielberg e estrelada por Halle Berry, que também já teve sua data de estreia confirmada para o dia 2 de julho.

Fonte: Série Maníacos

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Tô no quinto episódio aqui e tô achando bem boa. Essa parada de comparar livro com adaptação é foda, melhor deixar pra ler o livro depois se puder.

Acho que o único que gostei mais da adaptação foi O Iluminado (S. King não sabe fazer desfecho pqp, que final lixo do livro) e talvez, se forçar, Preciosa. Game of Thrones dá pra ver os dois de boa também.

Link to comment
Share on other sites

  • 4 months later...
  • 3 weeks later...

Assisti o primeiro da segunda temporada.

EP já começa mítico com a mina indo salvar a outra a nado quando acabou de sair do barco HAHAHAHAHAHAHA

Cheio de mistério essa porra, quase nada pra tirar desse EP

Britt-robertson-secret-cirlce-casting-2.

MV5BMTcxNDQyMDQyMl5BMl5BanBnXkFtZTcwNzY2

:wub: :wub: :wub: :wub:

Link to comment
Share on other sites

RAPAZ, esse EP foi mais foda que o primeiro.



Foda que eu tô pondo fé no BIG JIM virando humanitário e geral não. E no fim das contas ele vai comer a professora ainda hahahahaha.

Aquela garotinha misteriosa é gata demais, porra. E não duvido que o tal do Sam tenha assassinado a Angie, maluco mó fechado.

Link to comment
Share on other sites

7,2 no IMDb e 3,9 no filmow, não vale à pena. Tà só um pouco acima de Revolution, que é a pior série que já vi.

Link to comment
Share on other sites

7,2 no IMDb e 3,9 no filmow, não vale à pena. Tà só um pouco acima de Revolution, que é a pior série que já vi.

Cara revolution é muito ruim,assisti 1 ep e meio e PAREI.

Nem verei começou a passar na Globo.

Link to comment
Share on other sites

  • 4 weeks later...

CARALHO! Agora essa parada ficou foda.



Tô completamente confuso entre Lyle e Sam, quem matou quem nessa porra. Sam parece que matou a Angie, mas o Lyle tá tramando algo também, só sei que me perdi na história desses dois.

Melanie e Joe > Norrie e Joe. Melhor casa disparado.

Tomara que Big Jim se foda muito, puta cara escroto.

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

S02E08 (não é o último que saiu, mas f*da-se, tinha que comentar)

Tava tão legal a explicação "espiritual"/"alienígena" pra redoma na primeira temporada e início dessa, mas parece que tá indo cada vez mais pro lado da "conspiração" da Aktaion e do exército. :(

Só eu achei trouxa DEMAIS a mãe do Junior ter desenhado tudo aquilo sobre a redoma, saber que ela ia vir e tudo mais, mas não saber o que os desenhos significavam mesmo assim? Sem sentido demais.

Ah, sobre a morte da Melanie (infelizmente, não se focaram muito nisso nessa metade da 2ª temporada, mas ok). Acho que foi o Sam mesmo, não só pelas marcas no ombro, mas pela simbologia da série. O que aconteceu em 1988 se repetiu em 2013/14.

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

O SF teve umas das melhores cenas da temporada (com o Big Jim), e acabou sendo um dos melhores episódios. Mas faltou muita coisa...

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

A Série acabou de ser renovada!

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

  • Similar Content

    • Nei of
      By Nei of
      Introdução
       
      Bem amigos do Football Ménage Brasil, foi dada a largada de mais uma grande história com a marca Nei produções®, com a benção de padim Cano, fazendo o L para não sofrer dano.
      Com o ímpeto campeão do Botafogo e a volúpia de Gérson marcando, trago o inimaginável: ficção e FM com títulos. Repito, com títulos!
      Pensei muito para construir essa história, que poderia ser lançada no FM20, mas quis o destino (um amigo) conceder a oportunidade de trilhar no FM23 a jornada que proponho. Ou seja, menos desatualizado.
      Comecei o jogo já e estou gostando demais dessa versão. Experimento algo que não sentia desde o FM17 - melhor de todos -, que é o entendimento do jogo. Curiosamente, a minha inabilidade nata não é obstáculo quando tratamos das divisões mais baixas, e costumo ter mais sucesso (o Coritiba habita em mim).
      Pensei em começar sempre na segunda divisão de cada país, mas sendo ruim, era capaz de passar o save inteiro sem acesso, nem título (isso ainda é possível).
      Sendo isso, a proposta é a seguinte: passar por todas os países que compunham a antiga URSS, vencendo os campeonatos nacionais.
      Consegui quase todas as ligas desses países, com exceção do TADIQUISTÃO, que será carinhosamente substituído pelo grande país Mongólia - por motivos afetivos, ficcionais e curiosidade.
      A saga da treinadora, Larysa Glodan, ucraniana radicada nas estepes mongóis, seguirá uma escada partindo do país menos ranqueada pela FIFA (considere seleção, não liga), até chegar na Rússia (veja, a Ucrânia, hoje, é a com melhor ranking, mas eu quero terminar na Rússia e o jogo meu e eu faço o que eu quero. Hunf).
      Dei uma melhorada no youth intake. 
      Pois então, seguirei o seguinte caminho:
       
       Mongólia
       Moldávia
       Turcomenistão
       Lituânia
       Letônia    
       Azerbaijão
       Estônia    
       Bielorrússia
       Cazaquistão
       Quirguistão
       Armênia
       Geórgia
       Uzbequistão
       Ucrânia
       Rússia
       
      As atualizações sairão da seguinte forma:
       
      Protocolo: Larysa
      Trabalha a história pessoal da treinadora e os eventos que perpassam o campo de jogo. A parte ficcional está profundamente relacionada com o desempenho no campo, considerando-o como dados de um RPG.
       
      O Mapa
      Contextualiza o leitor sobre os eventos relacionados à ficção, ao país e/ou ao clube/seleção.
       
      O Campo
      Atualiza trimestralmente o desempenho de Larysa na direção técnica dos clubes que passar.
       
      Valhei-me Santo AlexVivas nessa caminhada.
       
    • ZMB
      By ZMB
      Minha opinião, por ora: Em que pese não tenha jogado os games, sei que existe uma hype enorme em cima da história (tanto é que virou série, afinal).
      Tenho achado o ritmo bom/diferente. Mais acelerado e com o potencial de não virar um TWD, que não sabe aonde quer chegar, e fica esgotando os personagens e história até enjoar.
      No mais, tanto a fotografia quanto a maquiagem estão dignas de louvor. Os zumbis são MUITO massa.
      Por fim, tenho gostado bastante dos personagens. Essa série maldita me deixa triste toda fucking vez, haha.
       
      E aí, mais alguém está acompanhando a nova série da HBO, que é baseada nos jogos de PlayStation? Em caso positivo, o que estão achando?
    • Leho.
      By Leho.
      Caralho, pagaram U$250Mi só pelos direitos? Hahahahah é mt dinheiro, puta que pariu.   O potencial do universo Tolkiano é mt foda, mas não sei se conseguem superar GoT. O que vocês acham? De qualquer maneira, já fico ansioso pra caralho hahahaha, como bom amante do gênero.
    • Leho.
      By Leho.
      (“O Conto da Aia”, em PT-BR)
      Enredo:
       
      Trailer (1a temporada):
      .-.-.
      Porra, eu podia jurar que já havia um tópico destacado pra ela, hahahah... fui procurar e não achei. Cá estou.
      Senhores, que série lindíssima. Esteticamente falando. Tudo é minimamente orquestrado e organizado: enquadramento, posição dos móveis, figurino, combinação de cores, diálogos, puta que me pariu. Pra quem tem TOC essa série é um prato cheio eu diria, hahahaha! Não tem nada fora do lugar, e as tomadas de câmera de cima (frequentes nos episódios) mostram bem isso.
      O enredo também não fica atrás. Apesar de um tema já saturado como é a distopia futurística, o mais foda aqui é como a subjugação feminina é elevada ao quadrado. Como o @Douglas. já comentou no outro tópico, essa série é pra quem tem estômago. Porque é uma porrada atrás da outra, e não tem refresco, não. Um ou outro episódio "pra encher linguiça" só, porque na maioria deles é a June (protagonista) sendo abusada fortemente (entre outras subtramas interessantes também).
      Por fim e pra não me estender, o enredo em si ótimo mas é carregado mt também pela atuação já premiada da Elizabeth Moss, como June (ou Offred). A série é mt pica TAMBÉM pela atuação dela, impecável. Papel extremamente difícil, que ela dá conta inteiramente.
      Acho que o @SilveiraGOD. iniciou ela há pouco, fica aqui meu veredito então pra ajudar na sua escolha de maratona aí hahah.
    • Fujarra
      By Fujarra
      Já tinha um tempo que eu havia feito a minha pós em futebol e futsal, mas eu não estava com muito saco de sair de casa. Sou filho brasileiro de dois ingleses que vieram pro Brasil a passeio, mas que decidiram ficar por aqui mesmo. Minha família tem vida boa, não tenho do que reclamar, saca? Eles me incentivaram a fazer algo relacionado a esporte e até custearam tudo, já que meu sonho era ser jogador de futebol (porém a total ausência de habilidade com a redonda me fez desistir cedo da ideia e partir pra outro foco). Só que agora depois de formado, eu só penso em desisti dessa ideia maluca de trabalhar...
      (o celular toca, era número desconhecido)

      - Alô?
      - Fala "Mac", como ce tá irmão?
      - Quem tá falando? Eu não to reconhecendo a voz não
      - Que absurdo, não tá lembrado de mim não po? Calmaí, vou te fazer lembrar: Lembra do trote na UFF? Lembra do cara que riu da sua cara por causa do seu nome ridículo, e por isso te pintou de hambúrguer do McDonald's?
      - FAAAAAALA DIGÃO. Era pra eu ter reconhecido essa sua voz de retardado.
      - Primeiramente, vai se f****, beleza? Segundamente, eu tenho uma surpresa pra tu.
      - Lá vem merda.
      - Não, fica calmo, a parada é boa. Tá afim de um trabalho diferenciado?
      - Só de falar em trabalho eu chego a me coçar...
      - Mas tu é um vagabundo mesmo, ein? Todo mundo sabe da tua paixão e do seu sonho de treinar um time de futebol. Tu não fez pós pra dar aula em colégio, né?
      - Ah Rodrigo, a real é que...
      - Real nada meu irmão. A parada é o seguinte: Meu pai é presidente de um clube e tá querendo um técnico pra treinar o time. Não paga muito bem não, mas pô, tu vai poder participar da montagem do elenco, implementar sua filosofia, vai poder fazer o que quiser. Tu vai curtir. Melhor do que essa vida de Football Manager aí que tu vive.
      - Pô... sei não.
      - Confia no Digão que a parada é boa. Não vou aceitar um não como resposta, tu ainda me deve por causa daquela parada lá que rolou em Búzios
      - Tá, não vamos falar de Búzios não. Marca uma reunião com o teu pai e eu prometo que compareço.
      A ideia era promissora mesmo, montar uma equipe do zero, implementar meu estilo de jogo, participar de forma ativa no ambiente de um clube... acho que é o sonho de qualquer técnico, mesmo que seja num time de divisão inferior. Ele só esqueceu de avisar que o time é lá de Rondônia. E eu aqui, crente crente que seria no Rio de Janeiro. Pior: depois que fiz a entrevista com o pai dele, fiquei sem graça de negar. Aonde eu fui amarrar o meu burro?
       

      Eu falei que ia esperar até junho pra começar um novo save aqui na área, mas a real é que eu já tava me coçando pra voltar, ainda mais que eu comprei o FM19. Joguei 2 temporadas com o Vasco e já me habituei com o game. Sendo assim, cá estou eu de volta. Será um save ficcional de carreira, totalmente focado no Brasil, com a intenção de vencer todos os estaduais do Brasil. A ideia surgiu de repente, eu estava lendo uma matéria no Lance e lá falaram do Givanildo de Oliveira, treinador mais raiz desse país. O cara tem 18 estaduais. Daí eu pensei: Hm, e se eu vencesse todos os estaduais do país? Acho que isso me tornaria o rei dos estaduais.
       

      O nome do personagem é Elliot McNamara. Elliot por que eu gosto de um cantor chamado Elliott Smith (mas acho mais fácil escrever só com um T) e McNamara, sobrenome do "pai" da guerra no Vietnã. E por quê um cara também com nacionalidade inglesa? Bom, por que eu acho legal homenagear os caras que trouxeram o esporte que se tornou paixão no nosso país. Ele terá 26 anos e é recém-formado. Sendo assim, status e reputação no mínimo de tudo, basicamente.
       

       
       

      - Conquistar todos os 27 estaduais espalhados pelo Brasil.
      O objetivo é esse, e só esse. Claro que se pintar a possibilidade de vencer outros torneios, eu vou tentar. Mas o foco vai ser sempre esse: Venci um estadual, parto pro próximo estado, contanto claro que isso faça sentido. Pensei em delimitar uma regra de só assumir clubes que nunca foram campeões estaduais, mas isso tornaria o save enorme e completamente irreal já que eu levaria muitos anos pra completar, e a intenção é que o técnico se aposente tal como qualquer técnico de futebol faria na vida real.
      Sendo assim, estabeleci uma pirâmide, que deve ser respeitada para que eu possa sair de um clube para outro. Enquanto eu não terminar os meus objetivos nos estados do 5º nível, eu não posso assumir clubes do 4º nível. A intenção com isso é dar um pouco mais de realidade para as escolhas do técnico. Afinal de contas, não quero pular do Ceilândia para o Flamengo. E claro, só aceitar empregos em times sem técnico ou convites de clubes que sejam do mesmo nível da pirâmide que eu me encontrar, isso claro, se eu já tiver vencido o estadual no clube atual. Decidi começar em Rondônia pois é um dos únicos estaduais do país que não tem segunda divisão no jogo.
      5º nível: Roraima - Amapá - Rondônia - Espírito Santo - Tocantins
      4º nível: Mato Grosso do Sul - Amazonas - Brasília - Piauí - Acre - Sergipe - Paraíba - Maranhão
      3º nível: Rio Grande do Norte - Mato Grosso - Pará - Alagoas - Ceará - Goiás - Bahia - Pernambuco - Paraná
      2º nível: Santa Catarina - Rio Grande do Sul - Minas Gerais
      1º nível: Rio de Janeiro - São Paulo
       

      - Versão do jogo: 2019
      - Database MRT90 Brasil, pois é o que traz a Série D mais realística possível.
      - Ligas sulamericanas ativadas, pra poder dar mais opções nas contratações.
      - Editor desativado, calendário real iniciado em 27/12/2017, sem inclusão de equipe técnica, sem inclusão de jogadores nos clubes. Primeira janela de transferências ativa normalmente
×
×
  • Create New...