Jump to content

[FM08] Ano da França no Brasil


Guest gerlin

Recommended Posts

banner2bq.jpg

Olá pessoal do fórum!

Decidi começar uma carreira aqui, criei uma há um tempo atrás, mas desanimei. Espero neste estar sempre motivado e conto com a ajuda dos leitores desta seção do fmanager. Bom, farei um save em homenagem ao ano da França no Brasil. Postarei no estilo Jet pois náo sou muito bom de inventar histórias. Apenas inventarei um personagem, pois meu nome (Vicente Gerlin Neto) já está nos quadros de honra pelos tantos jogos que já fiz aqui. Me apresentarei abaixo.

Quem sou eu:

Meu nome é Jair Trésor da Silva, nasci no dia 19/03/1976 na cidade de Campo Grande/MS e tenho uma história de vida interessante. Minha mãe, Arlete da Silva, nasceu no Rio de Janeiro e era vizinha do grande Jairzinho, um jogadorzinho da seleção brasileira de 1970 apelidado de Furacão da Copa hehehe, e, em 1974 quando Jairzinho veio passar férias no Brasil apresentou minha mãe ao meu pai, um jogador francês de nome Marius Trésor, esta história, que deu início à minha vida, fez com que minha mãe fosse morar na cidade de Campo Grande na casa de minha avó. Fui criado até os 7 anos em Campo Grande e, levado pelo meu avô, acompanhei aos 3 anos de idade o incrível terceiro lugar na série A do Brasileiro do Operário, time da cidade. Também acompanhei o tricampeonato Matogrossense de 1976/1978 e logo depois da divisão do Estado do Mato Grosso em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, mais um tricampeonato, de 1979-1981 do campeonato Sulmatogrossense. Até hoje o Operário é a única equipe a vencer dois campeonatos estaduais em diferentes estados. No ano de 1981, minha mãe se mudou para a cidade de BOurdeaux na França comigo, onde morei com ela até os 17 anos sendo sempre mantido em segredo pelo meu pai, quando ele decidiu que eu iria seguir os passos dele, mas não tinha o talento dele, então decidi que iria estudar para ser técnico de futebol e, em 2002 aos 26 nos tirei meu certificado de técnico de futebol pela Federação Francesa de Futebol. Era treinador das categorias de base do Bordeaux quando a notícia da morte de minha mãe no Brasil me fez voltar ao país em 2007. Cheguei em abril aqui ao Brasil e agora decidi que aqui ficarei e farei minha carreira com treinador no Brasil, e quem sabe levar o Operário ou o futebol do Mato Grosso do Sul à dias melhores.

Dados do Jogo:

Jogo : Football Manager 2008 (meu pc é lentinho galera, malz ae!!!)

Patch : 8.0.2

Ligas Carregadas : Brasil (Terceira Divisão e Acima) e França (CFA e acima)

Base de Dados : Grande

Carregar Todos os jogadores de : nenhum

Data do Inicio do Jogo : Julho de 2007

Esconder Atributos de Jogadores : Não

Permitir orçamento de transferências nesse 1º período : Sim

Objetivos:

- Treinar um time da série C do Brasileiro e levá-la o mais longe possível FEITO

- Levar o operário de volta à Série A do Brasileiro FEITO

- Treinar o Ajaccio (clube em que Trésor começou a carreira, o Olympique de Marselha (Clube em que Trésor jogou de 1972-1980) ou o Bordeaux (Clube em que Trésor ganhou seu único título francês em 84)

- Treinar as seleções brasileira e francesa

- Levar uma equipe francesa à vitória na Champions League

É, são objetivos grandes, mas pretendo cumpri-los e posso mudar alguns. Mas desde já, criarei alguns desafios para mim, não treinarei equipes do Sudeste e do Sul do Brasil(com exceção do Espírito Santo) e pretendo chegar à França em algum clube das divisões inferiores.

PS: Este save é para minha diversão, portanto, pedirei a opinião de quem estiver lendo sempre.

PS2: Sou péssimo com grafismos, então, peço ajuda a quem puder para fazer banners e kits, obrigado, espero contar com a ajuda de vocês, abraço!!!

Próximo Post:

Perfil do Treinador e situação do futebol brasileiro em julho de 2007

HISTÓRICO DE JAIR TRÉSOR

1/07/2007 à ... - Operário/MS

2007: 3° Lugar Série C (Promovido para a Série B)

2008: Campeão Sul-Matogrossense e 3° Lugar na Série B (Promovido à Série A)

2009: Bicampeão Sul-Matogrossense, Quartas-de-Final da Copa do Brasil e 15° lugar na Série A

2010: Em andamento

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 219
  • Created
  • Last Reply

boa sorte gerlin!!

éça um banner no topico fixo da area 'Pedidos Graficos'

e bem-vindo a area!! :D

Link to comment
Share on other sites

Boa meu bruxo!

Boa Sorte cara, com certeza, a morte da mãe de Jair afetou seus planos na França, mas agora no BRasil, será diferente!

Tomara que tu consiga levar o Operário para LONGE!!!!!

VAMO LÁ!!!

Link to comment
Share on other sites

Interessante a história. Vamos ver como o Operário vai se sair. Sucesso!

Link to comment
Share on other sites

boa sorte gerlin!!

éça um banner no topico fixo da area 'Pedidos Graficos'

e bem-vindo a area!! :D

valeu, já pedi lá, mas deixo aberta a ajuda a quem quiser :P

Boa meu bruxo!

Boa Sorte cara, com certeza, a morte da mãe de Jair afetou seus planos na França, mas agora no BRasil, será diferente!

Tomara que tu consiga levar o Operário para LONGE!!!!!

VAMO LÁ!!!

Pois é, mas temos uma mudança, o Operário infelizmente não está disponível, no próximo post explico direitinho

Interessante a história. Vamos ver como o Operário vai se sair. Sucesso!

Valeu

Boa Sorte.

Desafio interessante.

Obrigado!

Link to comment
Share on other sites

banner2bq.jpg

Quem foi Marius Trésor:

Marius Trésor (Saint-Anne, Guadalupe, 15 de janeiro de 1950) é um ex-jogador de futebol da França.

O defensor começou a carreira em 1969 no Ajaccio, da Córsega. Em três anos, estava no Olympique Marselha, onde jogaria com Jairzinho e Paulo Cézar Caju. Jogou no clube até 1980 e jogaria os quatro anos seguintes no Bordeaux, encerrando a carreira na temporada em que conquistou seu único título no campeonato francês.

Pela França, Trésor marcou quatro gols em 65 jogos, participando das Copas do Mundo de 1978 (onde foi o capitão da equipe) e 1982. Nos anos 90, teve uma espécie de "sucessor" entre Les Bleus: Lilian Thuram, outro defensor vindo da colônia caribenha de Guadalupe.

Informações pessoais:

O começo no Operário:

Bem, passado meu período de readaptação à Campo Grande e seu calor, fui até a sede do Operário e requisitei uma reunião com o presidente do clube. Por ser conhecido de alguns conselheiros do clube amigos de meu avô pude entrar na sala dele. Ao me ver, meio espantado logo me perguntou porque estava ainda no Brasil e não tinha voltado para a França, respondi-lhe que tinha um desafio pessoal de agora ser grande no Brasil. Com isso, já lhe indaguei sobre uma posição de treinador do clube. O presidente logo riu da minha cara, dizendo ser um absurdo meu pedido, admitir um treinador no começo do campeonato brasileiro da série c, um desconhecido para substituir um treinador já conhecido no estado, e mais algumas palavras que não posso colocar neste fórum. Disse apenas a ele que lesse meu curriculo e que depois me ligasse com a resposta. Não tive tempo de sair da sala, o presidente logo me segurou e enlouquecido disse que estava contratado. Mais uma vez meu sobrenome me dava um upgrade em minha vida. Saindo do clube, pensei em meu primeiro dia de trabalho e na pressão que sofreria quando soubessem quem era meu pai e quando meu tio Jair soubesse da notícia. No dia seguinte, liguei para meu tio Jair para lhe contar a novidade, ele assim me atendeu:

- Alô?

- TIo Jair?

- Opa, Jairrê meu filho tudo bem? (ele me chama assim porque acha que os franceses falam assim, ele é meio gagá já, não liguem)

- Tudo tranquilo tio, tenho uma novidade para você.

- É mesmo? Vai se casar finalmente e realizar o sonho de sua finada mãe?

- Que isso tio, to falando sério. Decidi que não volto pra França mais tão cedo, vou virar técnico aqui no Brasil!

- O que??? Você tá louco rapaz, técnico no Brasil é trabalho ingrato, você deve voltar pra França, lá tem mais chances, sem contar que teu pai ter ajuda...

- Mas já decidi tio, já falei com ele, ele teve uma reação diferente, desligou na minha cara o telefone.

- Essa era minha vontade, vou falar pra ele, você num pode fazer isso, e outra, vai treinar quem? O Operário do teu avô? Aqui time grande não vai te aceitar assim do nada.

- O Operário mesmo, como já sabia? Assinei contrato hoje, até o fim de 2008.

- Meu Deus, você é maluco garoto, mas boa sorte vai, seu pai já te abandonou agora, pois depois de uma dessas...

- Eu sei, mas conto com teu apoio, meu pai vai voltar a me respeitar assim que ganhar meus primeiros títulos

- Minha nossa, não sei não ein! Mas boa sorte meu filho, quer que o tio te ajude em algo?

- Não, prefiro que mantenha em segredo inclusive meu parentesco e minha relação com o senhor, vai ser melhor assim.

- Tudo bem, um abraço meu filho

- Obrigado tio, outro pro senhor.

E assim começava minha nova vida, sem falar com meu pai que enlouqueceu, mas com a benção de meu tio, o Furacão das Copas, quem estará certo? Meu pai ou meu tio?

O Clube:

Nome Operário Futebol Clube

Alcunhas Galo

Torcedor Operariano

Mascote Galo

Fundação 21 de agosto de 1938 (71 anos)

Estádio Pedro Pedrossian (Morenão)

Capacidade 45.000

Presidente Róbson Martins

Treinador Jair Trésor da Silva

O Operário Futebol Clube é um tradicional clube brasileiro de futebol do estado do Mato Grosso do Sul. O Galo, como é conhecido, é o maior campeão sul-mato-grossense, com dez conquistas, além de em quatro oportunidades ter vencido o Campeonato Mato-Grossense, antes da separação estadual. Sua sede fica na cidade de Campo Grande.

História

Fundação

Fundado em 21 de agosto de 1938 por operários da construção civil liderados pelo pintor Plínio Bittencourt, o clube se profissionalizou apenas na década de 70. No fim dos anos 70 e início dos anos 80, o Operário fez boas campanhas no Campeonato Brasileiro.

Auge

Tricampeão mato-grossense (1976/1977/1978), o clube seguiu com sua hegemonia estadual quando Mato Grosso do Sul foi criado. No Campeonato Brasileiro de 1977, dirigido por Castilho, realizou uma das melhores campanhas de um clube do centro-oeste na história do Campeonato Brasileiro: terceiro lugar na classificação final. Com o goleiro Manga, o time despachou no caminho equipes como o Fluminense. Nas semifinais, enfrentou o São Paulo. O jogo de ida aconteceu em São Paulo, onde foi derrotado pelo tricolor paulista, quando 103.092 pessoas lotaram o Morumbi, batendo o recorde de público em jogos do São Paulo em campeonatos brasileiros, que persiste até hoje. Segurou o 0 x 0 até os 32 minutos do segundo tempo, quando Serginho Chulapa abriu o placar.

Depois, nos minutos finais, tomou mais dois gols. Chegou a vencer o São Paulo no jogo de volta, em Campo Grande, por 1 x 0, mas foi eliminado da competição no saldo de gols. O gol foi marcado por Tadeu Santos. Em 1979 e em 1981, foi, respectivamente, o quinto e sétimo colocado no Brasileirão. Em 1981, sagrou-se tricampeão sul-mato-grossense. O primeiro título internacional veio em 1982, quando o Operário venceu o Bayern de Munique na President Cup, disputada na Coreia do Sul. É o título mais importante da história do clube.

Decadência

A partir de 1987, com a criação do Clube dos 13, equipes de porte médio, como o Operário, ficaram de fora da elite do futebol nacional. Começou aí a decadência do Galo e o esvaziamento do Morenão. Por ser uma equipe de massa, o Operário sofreu mais diretamente com esta mudança. Com trocas sucessivas de diretorias, o clube chegou ao ponto de ser explorado por antigos dirigentes, que deixavam de cumprir com compromissos básicos do clube e nem mesmo compareciam às audiências trabalhistas, permitindo, assim, que ações fossem julgadas à revelia.

Desde 29 de novembro de 1999, o Operário optou por se tornar clube-empresa, tornando-se Operário Futebol Clube S/A. Mas a má atuação da empresa ocasionou a perda da sede administrativa da Avenida Bandeirantes devido a dívidas. O Operário Futebol Clube volta como antes, encerrando a empresa. O time não disputou a Copa do Brasil 2007 por ter ficado em quinto lugar no Campeonato Sul-Matogrossense em 2006. Em 2008 a esperança volta para a torcida operariana. Com jogadores como Macedo (ex-São Paulo) e Anderson Lima (seleção brasileira), além de ser patrocinado por uma fornecedora de material esportivo de nível nacional, parecia que o time faria uma boa campanha na Série C do Campeonato Brasileiro. Mas o time não passou da primeira fase.

O fundo do poço ainda chegaria em 2009. Sofrendo com uma administração terrível, o time fez uma péssima campanha na primeira fase do campeonato sul-mato-grossense e foi rebaixado para a segunda divisão - um acontecimento inédito em toda a história do clube. Agora, tenta no Tribunal de Justiça Desportiva anular pontos ganhos de outras equipes para permanecer na série A do estadual.

Façanhas

* Sua melhor classificação em um Campeonato Brasileiro da 1ª divisão foi o terceiro lugar em 1977. Além disso, foi quinto colocado em 1979 e sétimo em 1981.

* O goleiro Manga ganhou a Bola de Prata da Revista Placar em 1977, jogando pelo Operário.

* Ao lado do Londrina, o Operário foi o primeiro time do interior do Brasil a afrontar os grandes do eixo Rio-SP. Até 1977, nenhum time de cidade pequena (Campo Grande tinha 150 mil habitantes) e que não fosse de Capital, havia chegado às semifinais do Brasileirão.

Títulos

Nacionais

Campeonato Brasileiro - Série B: 1987*.

*Módulo Branco

Estaduais

* Campeonato Sul-Mato-Grossense: 10 vezes (1979, 1980, 1981, 1983, 1986, 1988, 1989, 1991, 1996 e 1997).

* Campeonato Mato-Grossense: 4 vezes (1974, 1976, 1977 e 1978).

Outros

Internacionais

* Taça Seleção URSS: 1973.

* President Cup (Coréia do Sul): 1982.

Nacionais

* Troféu Dr. Giullite Coutinho: 1983.

Estaduais

* Liga Esp. Municipal Campo Grande: 3 vezes (1942, 1945 e 1966).

* Troféu Governador Dr. Pedro Pedrosian: 1981.

* 2º turno do Estadual: 2007.

* Copa Campo Grande: 2007.

* Copa Héllio's Vídeo: 2007.

Ídolos

* Manga (Goleiro que atuou na Seleção Brasileira, no Botafogo e no Internacional de Porto Alegre)

* Arturzinho (jogou no Corinthians e Vitória)

* Luís Carlos (atuou no Flamengo e Seleção Brasileira)

* Carlos Castilho (técnico, que quando jogador foi o que mais atuou na história do Fluminense e, para muitos, o maior ídolo da história deste clube)

* Marião

* Adir

* Baianinho

* Paulinho

* Escurinho

* Biluca

* Edison

* Silveira

* Tadeu

* Everaldo

* Peri

* Roberto César

* Lima (jogou depois no Internacional e na Europa)

* Roberto Machado - Roberto Bombinha (atuou no Caiçara EC ao lado de Márcio M. - Atche)

* Luís Souza(CHCA)

* Arnold Swazeneger

Curiosidades

* A primeira reunião de fundação do Operário Futebol Clube aconteceu na sede do Sindicato dos Operários da Construção Civil, localizada à rua Maracajú . Lá estavam "Seu Vitor", o anfitrião, Miguel Turco, Carandá, Magno, os irmãos Levindo, Gregório e Paulo Ferreira. A intenção era apenas criar uma alternativa para reunir os trabalhadores, mas a idéia ganhou a simpatia de outras classes, entre elas o fazendeiro Melanio Barbosa, que fazia questão de chegar cedo ao estádio campo-grandense.

* O Operário também é o detentor da maior goleada dos campeonatos estaduais do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul. Em 1978 (ainda pelo matogrossense), venceu o Barra do Garças por 13 a 0 e, em 1980, pelo sulmatogrossense, a vítima foi o Taveirópolis - 11x0.

* O mascote do Operário é o "Galo", que até hoje é levado aos estádios por torcedores apaixonados.

* A equipe, em 1974, foi o time brasileiro que realizou a excursão mais longa por gramados europeus e asiáticos[carece de fontes?]: ficou 90 dias fora do Brasil. Nessa excursão, jogou contra a seleção de Portugal, empatando por 0 x 0 em jogo que contou com a presença do então presidente brasileiro Emílio Garrastazu Médici, e contra a seleção da Coréia do Sul, em Seul, empatando por 1 x 1.

* Em 2007, pelo campeonato estadual, o centroavante Sérgio Ferraz (Serginho Matador), marcou 22 gols em 21 jogos, estabelecendo o novo recorde de gols em campeonatos estaduais, antes pertencente a Lima (Operário FC) na década de 1980, com 20 gols.

Ranking da CBF

* Posição: 37º

* Pontuação: 531 pontos

No jogo:

clube1.jpg

financas1.jpg

staff1.jpg

elenco1j.jpg

A primeira imagem do clube me deixou assustado, sem dinheiro e sem jogadores (todos os inelegíveis são do time sub-20 que subi pois o time tinha apenas 4 jogadores no time principal). Será um campeonato dificílimo, estréio frente ao Londrina fora de casa já pensando em contratações.

Próximo post:

Início de trabalhos, objetivos da direção e situação dos campeonatos pelo Brasil

Link to comment
Share on other sites

Realmente, tens muito trabalho pela frente, MUITO MESMO!

Sabia que era o Operário, qual time mais seria ? Teu pai não te deu o apoio que merecia, mas teu tio te acolheu, espero que tudo dê certo para o menino Trésor....

Avante Galo!

Link to comment
Share on other sites

Realmente, tens muito trabalho pela frente, MUITO MESMO!

Sabia que era o Operário, qual time mais seria ? Teu pai não te deu o apoio que merecia, mas teu tio te acolheu, espero que tudo dê certo para o menino Trésor....

Avante Galo!

Pois é, MUITO TRABALHO, mas já comecei, vou postar em breve, o primeiro jogo foi dificílimo, mas acho q o restante do mês de julho nos reserva algo bom. Próximo post vem a minha estréia frente o Londrina, as transferências e como ficou o elenco.

Link to comment
Share on other sites

banner2bq.jpg

Início dos Trabalhos:

Chegando ao Morenão, recebi as boas vindas do presidente e a atual situação do clube:

msgpres.jpg

relatorio1.jpg

financas1.jpg

seriecw.jpg

Uma situação nada animadora, mas estou decidido a mudar isso. As finanças já eram esperadas, mas a falta de jogadores preocupa e muito. Depois destas informações, decidi minhas primeiras ações no clube:

capitao.jpg

procuras1.jpg

Também, como podem perceber, uma classificação mediana, tendo perdido fora de casa para o Bragantino e vencido em casa o Paranavaí. Logo em meu dia de chegada enfrentaríamos o Londrina, com um elenco sem jogadores, fomos obrigados a procurar jovens da cidade para jogar, em geral universitários e nosso motorista, Oliveira, que por coincidencia marcou o primeiro gol do jogo, mas foi expulso logo depois por uma cotovelada em um adversário.

jogo1t.jpg

Jogo dificil, talvez se tivessemos ficado os 90 minutos com onze em campo seria diferente mas, pude perceber que contratando o time deslancharia.

Então, fui à caça de jogadores e, em meio a esta caça, uma mensagem do presidente que me animou, estava decidido nosso clube-mãe:

clubemae.jpg

Com isso, fechamos também as nossas contratações do ano:

entradas.jpg

saidas.jpg

E o elenco principal e reserva fechado:

elenco2.jpg

Apenas estão faltando os dois empréstimos do fluminense aqui, desculpem, me esqueci da foto.

Reservas:

elencoreserva.jpg

E o provável time principal:

titulares.jpg

E o trabalho começava, espero que muito bem.

Próximo Post: Mês de Julho completo e a Primeira Fase da Sèrie C.

Link to comment
Share on other sites

Boa, vicente, finalmente veremos um save seu. Bem-vindo. :specool:

Pois é gg, decidi me motivar, desta vez, espero que dure.

Outra coisa, Em alguns minutos posto o primeiro turno da primeira fase da Série C, pois acho mais fácil dividir as postagens por turno na Série C.

Link to comment
Share on other sites

Começo não tão bom, apesar do motorista ter mostrado bom futebol, até perder a cabeça

Reginaldo Vital joga muito, ótimas compras, irá subir para a B com certeza!

Avante Operário!

Link to comment
Share on other sites

Começo não tão bom, apesar do motorista ter mostrado bom futebol, até perder a cabeça

Reginaldo Vital joga muito, ótimas compras, irá subir para a B com certeza!

Avante Operário!

Pois é, o primeiro jogo foi péssimo, mas agora, com uma legião de contratados (que me renderam algumas horas de pesquisa no fm) creio que temos um elenco forte, mas a subida ainda é um sonho...

banner2bq.jpg

Brasileiro Série C

Primeira Fase - Primeiro Turno:

fase1turno1.jpg

Depois do difícil jogo frente ao Londrina, uma derrota já esperada, tivemos uma excelente série de 4 jogos sem perder. Destaque a goleada no derby de Campo Grande contra o novo CENE que não suportou nossa pressão. É verdade que fora de casa não jogamos muito bem, mas conseguimos vencer um jogo disputadíssimo frente ao Galo ADAP, começamos na frente 1-0 de Deyves mas logo tivemos um expulso, o zagueiro Aderaldo, e terminamos o primeiro tempo perdendo de 1-2, mas a estrela de Deyves e marcou dois gols nos 15 minutos finais e deu a vitória na Briga de Galos. O time está jogando muito bem, gosto do futebol que estamos jogando, priorizando a posse de bola e atacando apenas em lances de certeza de perigo, o problema é a defesa que é lenta, mas isso se fizermos mais gols que tomarmos, nos daremos bem :P .

Terminado o Primeiro Turno, a classificação está assim:

clas1turnofase1.jpg

A terceira posição é ótima para a equipe e sonhamos com a classificação, quem sabe. Os jogos do segundo turno serão:

jogsegtur.jpg

Destaque do Galo:

O Destaque do turno foi o artilheiro Deyves que fez 5 gols em 5 jogos pelo Galo de Campo Grande

destaqueprimtur.jpg

Obrigado a quem lê/comenta, até o próximo post com o segundo turno!!

Link to comment
Share on other sites

4 jogos sem perder!

É tirar a vantagem contra o Bragantino e contra o Adap, e correr para a 2ª fase!

Deyves jogando fácil!

Goleou o Cene, bom jogo!

AVANTE Jair!

Link to comment
Share on other sites

4 jogos sem perder!

É tirar a vantagem contra o Bragantino e contra o Adap, e correr para a 2ª fase!

Deyves jogando fácil!

Goleou o Cene, bom jogo!

AVANTE Jair!

É, uma grande série, veremos agora se conseguimos tirar a diferença:

banner2bq.jpg

Série C

Primeira Fase - Segundo Turno:

fase1turno2.jpg

A segunda fase foi ótima para o Galo, com um desempenho de 5 vitórias, 1 empate e 1 derrota, mas mesmo assim a classificação veio e estamos garantidos na segunda fase, o grupo conheceremos abaixo. Pena o jogo contra o Galo ADAP, pois estávamos jogando muito bem, mas com 2 jogadas de contra ataque do time deles e de um atacante Boltístico, sofremos gols relampago em 10 minutos e perdemos a invencibilidade em casa, uma pena. Destaque para mais uma goleada contra um adversário do MS, 4-1 frente ao Águia Negra que foi rebaixado.

A classificação geral ficou assim definida:

clas2turnofase1.jpg

O sorteio da Segunda Fase nos ditou um grupo difícil com dois dos melhores ataques da Série C, Guarani e Noroeste.

class1.jpg

Os jogos serão:

jogos1.jpg

Destaque do Galo no Segundo Turno da Primeira Fase:

Novamente ele, o artilheiro da Série C com 12 gols

destaqueprimtur.jpg

Próximo Post:

Segunda Fase completa!

Link to comment
Share on other sites

Segunda fase com Guarani, não será nada fácil, mas pelo jeito, todos confiam na capacidade de Trésor, quero vêr o filho esfregar isso na cara do pai!

:P

Vamo OperáriO!

Link to comment
Share on other sites

Passou muito bem de fase..

Agora o bicho vai pegar. E fechou com o melhor clube - mãe do mundo! Meu Flu :bleh:

Só tenta colocar bordas nas imgs, fica melhor.

Link to comment
Share on other sites

Segunda fase com Guarani, não será nada fácil, mas pelo jeito, todos confiam na capacidade de Trésor, quero vêr o filho esfregar isso na cara do pai!

:P

Vamo OperáriO!

E não foi, postarei logo logo, mas o Guarani até que nem foi o pior dos problemas...

Passou muito bem de fase..

Agora o bicho vai pegar. E fechou com o melhor clube - mãe do mundo! Meu Flu :bleh:

Só tenta colocar bordas nas imgs, fica melhor.

É, o bicho vai pegar mesmo, mas os dois emprestados pelo flu estão deixando um pouco a desejar...

Foi muito bem nesse começo de campeonato. Tomara que surpreenda mais ainda!!

Eu também espero, mas infelizmente, pela geografia, sempre pegaremos o grupo mais difícil até a fase final, sempre clubes de SP, RJ e PR.

E obrigado pelo banner, gostei!!

Link to comment
Share on other sites

banner2bq.jpg

Segunda Fase

A segunda fase já terminou para o Operário, apesar de pegarmos o grupo da morte conseguimos excelentes resultados:

jogosfinal.jpg

classfinal.jpg

Começamos com o pé direito derrotando o Guarani em um jogo muitíssimo disputado, o Guarani era para mim a equipe mais forte do grupo e ficamos felizes mas veio então o jogo contra o moleque travesso e ele aprontou para nosso lado, em um jogo que jogamos melhor, três erros de marcação e três gols sofridos acabaram com a equipe. Contra o Noroeste em casa, dominamos e vencemos. Na volta, contra o Guarani um inspirado Fábio Pinto fez três gols e nos deixou com a segunda derrota em 4 jogos. No penúltimo jogo, contra o Juventus, um gol aos 93 minutos acabou com a equipe e pela primeira vez no ano ficamos com duas derrotas seguidas. O último jogo contra o Noroeste em Bauru foi o jogo chave do grupo e explicarei porque abaixo.

Jogo chave da Fase

jogochave.jpg

Este jogo começou extremamente truncado, coloquei a equipe para jogar no contra ataque porque no grupo estávamos com 6 pontos em segundo lugar porque o Guarani e o Noroeste estavam com os mesmos 6 pontos. Enquanto isso, um empate na Móoca nos dava a classificação, mas aos 11 minutos, em um belo contra ataque, flávio passou para Anderson Potty que substitui Deyves que estava lesionado sozinho tocar na saída do goleiro do Noroeste. Então o jogo ficou uma loucura, com o Noroeste tentando a todo momento marcar um gol, mas a estrela do Goleiro Zenga brilhou mais forte e o jogo terminou 1-0 para o Galo e estávamos na Terceira Fase da Série C!!!

Os grupos estavam assim definidos:

class1x.jpg

Nossos jogos:

jogos1n.jpg

Pegamos um grupo difícil mais uma vez, mas confio em nossa equipe até porque Deyves está recuperado e louco para voltar às redes!! Sem contar que o último jogo do grupo será em casa, uma vantagem se estivermos na mesma situação da Segunda Fase.

Destaque do Galo:

O destaque do Galo na segunda fase foi Anderson Potty que substituiu Deyves nos 4 últimos jogos da fase e marcou 3 gols, inclusive o gol que levou o Galo à Terceira Fase da Série C

destaquek.jpg

Link to comment
Share on other sites

Passou bem, e agora dá pra passar bem de novo!

Esse Potty tem bons atributos, parece que é muito bom!

pois é, o grupo parece ser menos complicado que na segunda fase. Quanto ao potty, os atributos são bons, mas ele se tornou muito instável depois...

banner2bq.jpg

Terceira Fase - Série C

jogosfinal.jpg

Na terceira fase, uma tranquilidade em relação à segunda fase, onde necessitamos d última rodada para definirmos a classificação. O jogo de estréia foi o jogo chave da fase, pois começamos o primeiro tempo de maneira incrível, com o goleador Anderson Potty fazendo dois, no segundo tempo em uma falta cobrada da entrada da área, Patricio Lima fez mais um e fechou a conta, Paulo Sérgio ainda fez para o Voltaço, mas o agora Voltinha já era e o grupo saiu com muita moral da partida e ficou invicto até o fim da terceira fase.

O fim da terceira fase e as respectivas equipes da Fase Final:

classfinal.jpg

Equipes muito boas, até porque, agora não tem mais jogo fácil, todos os jogos tem que ser encarados como uma decisão, segue abaixo os jogos do Galo na fase final.

jogos1d.jpg

Destaque do Galo:

destaquen.jpg

O destaque da terceira fase foi o goleirão Zenga, que sofreu apenas 2 gols em 6 jogos, um paredão no gol do Galo

Mais tarde a fase final da Série C, irá o Galo comemorar a subida? Aguardem...

Link to comment
Share on other sites

Passou bem, sem nenhuma derrota!

Só times fodas nessa última fase, mas acredito no teu potencial :bleh:

Passamos muito bom, até estranhei :heh: mas agora o buraco é mais embaixo, já joguei os jogos de ida, a coisa tá difícil!!!

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...