Jump to content
Sign in to follow this  
Henrique M.

Como escolher/montar um PC para jogar FM?

Recommended Posts

Henrique M.

IdIkQEp.png

O Football Manager é um jogo completamente diferente dos outros quando se trata dos requerimentos necessários para rodar o jogo. Normalmente, os requisitos mínimos de um jogo pesam bastante no lado da placa gráfica e do processador. Entretanto, com um 3D mais simples, e com uma necessidade maior de processamento entre os dias de jogo, os requisitos mínimos do FM são diferentes. Dessa forma, para quem sempre tem dúvida do que focar quando escolher ou montar um PC para jogar FM, trazemos esse guia para lhe falar o que realmente você deve priorizar se seu único objetivo é jogar FM.

Para começar, o jogo é capaz de rodar em computadores mais simples que os outros jogos de futebol e simulação que existem no mercado. Contudo, com uma engine de jogo que toma duas decisões por segundo, o FM pode se dar o luxo de abrir mão do poderio de uma placa de vídeo como a NVIDIA 2080 Titan RTX. Dessa forma, a placa de vídeo, que é um dos componentes que mais encarecem o valor final de um computador ou notebook, é a primeira coisa a ser analisada. Depois, analisaremos dois outros componentes vitais e discutiremos se o SSD irá impactar o jogo de uma maneira significativa.

Placa de vídeo

As placas de vídeos mínimas para se jogar o FM 2020 são:

  • Intel GMA X4500, NVIDIA GeForce 9600M GT ou AMD/ATI Mobility Radeon HD 3650 – 256MB VRAM;

A Intel GMA X4500 é uma placa onboard, enquanto as outras são placas de vídeo dedicadas de notebook. E o mínimo, de 256MB de dedicação, demonstram que aqui é o lugar certo para não se importar. O jogo de simulação/estratégia Total War Saga: Troy, lançado recentemente, exige pelo menos 1GB de placa de vídeo como requerimentos mínimos para rodar o jogo. Portanto, se seu plano é só jogar FM, e com a filosofia da desenvolvedora em não trazer um 3D mais realista em termos gráficos no longo prazo, vale a pena economizar aqui para gastar nos outros dois requisitos mais importantes.

Processador

Depois de economizar com a placa de vídeo, é hora de olhar para os requisitos mínimos do jogo:

  • Intel Pentium 4, Intel Core ou AMD Athlon – 2.2 GHz +;

Ou seja, um Pentium 4 ainda é capaz de rodar o jogo no mínimo, e o Pentium 4 foi lançado em 2002. Entretanto, como o jogo processa muitas informações, seja, durante o jogo ou no dia-a-dia, que é onde o jogo vai passar mais tempo utilizando a potência do seu processador. Logo, quanto maior seu investimento aqui, maior será a velocidade da sua jogatina. Logo, não caia na bobeira de porque o jogo é capaz de rodar em processadores mais fracos, que é um desperdício.

Contudo, se você está apertado em grana, talvez, pegar um processador de uma geração mais antiga, irá lhe gerar uma boa economia e mesmo assim você conseguirá ter um bom rendimento no seu jogo. E vale sempre lembrar, o FM não é um jogo feito para ser jogado com todas as ligas e toda a database utilizada, portanto, mesmo um PC da NASA teria problemas no processamento do jogo em uma situação assim. O ideal é achar o equilíbrio entre o que você considera necessário e o que seu computador consegue processar durante o jogo.

Memória RAM

O FM 2020 necessita de apenas 2GB de RAM para rodar o jogo. Hoje em dia, a maioria dos jogos de grande porte necessitam, no mínimo, do triplo disso, com 8GB sendo muito frequente como configuração mínima em alguns jogos de maior orçamento. A maioria dos notebooks não dão muita liberdade de escolha, mas, hoje, 4GB de RAM é a configuração de entrada mais comum em notebooks mais baratos.

Entretanto, o Football Manager é um dos jogos que mais irão se favorecer do uso de memória RAM para melhorar a qualidade do jogo. Ou seja, ao invés de gastar um dinheirinho extra na placa de vídeo ou pegando um processador de última geração, talvez valha olhar carinhosamente para a quantidade de memória RAM na hora de escolher ou montar o seu PC para jogar FM. Ou seja, haverá uma diferença maior com 8GB de RAM do que com uma placa de vídeo top de linha.

HD x SDD

Hoje em dia, é comum os PCs com foco em jogos virem com SDDs ao invés de HDs como configuração básica de armazenamento de dados. Jogos com muitos recursos, bastante telas de carregamento e que renderiza muitos cenários se beneficiam de um SDD, entretanto, FM não é um jogo que exige muitos recursos, conforme os requisitos mínimos, não tem muitas telas de carregamento e apenas renderiza as partidas, e isso se você joga no 3D.

Dessa forma, gastar mais dinheiro com um SDD não irá lhe trazer muitos benefícios. Você poderá carregar o jogo mais rápido, mas o custo x benefício é inexistente. E vale lembrar, essa avaliação é somente sobre a ótica do FM, se você pretende ter um SSD para agilizar o carregamento do seu sistema operacional, ou para outras funções, desconsidere isso.

Análise de algumas opções do mercado atual

Para clarificar ainda mais, irei avaliar algumas opções do mercado atual e ver se o preço com relação a função de usar para tarefas diárias e jogar FM fará com que o notebook seja um bom investimento. Selecionei quatro modelos de 4GB, que são os modelos de entrada e dois com 8GB de RAM, que considero, pessoalmente, o mínimo ideal para jogar um save de longo prazo de FM.

Opções de 4GB

O mais barato que encontrei foi o Samsung Flash F30, na faixa dos 2.400 reais. Com um processador Intel Celeron e com placa de vídeo on-board, ele seria o mínimo do mínimo para rodar o FM. O jogo rodaria, mas, para quem gosta de jogar com muitas ligas, é uma opção que não deveria ser considerado.

Na sequência, o Lenovo IdeaPad S145 81XM0002BR, na faixa dos 2.850 reais. Ele também conta com uma placa de vídeo on-board, mas já conta com um processador mais robusto, um i3 de 8ª geração. É um salto considerável de qualidade, entretanto, ainda temos mais duas opções para explorar.

Temos também um Dell Inspiron 3000, marca tradicional e bem vista por muitos. Na faixa dos 2.950 reais, também conta com a placa de vídeo on-board, e vem com um i3 de 7ª geração. Fica no mesmo patamar da Lenovo, entretanto, o fato de ser Dell, lhe dá um processar de uma geração mais antiga por um preço um pouquinho maior.

Retornamos à Samsung para finalizar as opções de 4GB, dessa vez com o Samsung Book E30, na faixa dos 3000 reais. Ele já conta com um i3 de 10ª geração, o que já justifica o preço um pouquinho maior, mas, ainda assim, a placa de vídeo é on-board. No fim, de todas essas opções, eu acabaria optando pelo Lenovo, por ser mais barato, já que a diferença seria irrisória em termos de jogabilidade no FM.

Por esses preços, eu não recomendaria nenhum desses notebooks para alguém que quisesse jogar FM sem sofrimentos com velocidade.

Opções de 8GB

Agora, avaliando o que já considero o mínimo ideal na hora de escolher um PC para jogar  FM, notebooks que já vem com 8GB de memória RAM. Optei pelas duas opções mais baratas que encontrei, um Lenovo e um ASUS. Ambos apresentam um belo salto, em termos de preço, com relação às opções mais baratas de 4GB.

O Lenovo IdeaPad S145 81s90005br vem com um processador Intel I5 de 8ª geração e também vem com placa de vídeo on-board. Ele é obviamente um grande upgrade com relação às opções de 4GB e a diferença de preço nem é tão grande. Na faixa dos 3.300 reais, custa cerca de 500 reais mais que a versão inferior da mesma linha de produtos da Lenovo, no fim, você está pagando 500 reais para levar 4GB de RAM. Obviamente que tem outros por menores, mas para a nossa avaliação, é o que importa.

O ASUS M509DA-BR324T está na faixa dos 3.400 reais e tem como grande diferença o processador Ryzen 5 da AMD, um xodozinho da internet no ano que passou. Também vem com placa de vídeo integrada e é bem parecido com a opção da Lenovo.

Em termos de preço e olhando para essas seis opções, fiquei bastante surpreso com o preço dos notebooks e o que eles oferecem. Estão caros e oferecem pouco. Não à toa, muita gente sofre em tentar achar um bom notebook ou PC de entrada para jogar FM.

Lembrete

Lembrem-se, esse não é um guia para você que quer montar um PC para jogar os melhores e últimos jogos que são lançados. Esse guia é dedicado para quem utiliza o PC para tarefas mais simples e que além do FM, não joga quase nada. Portanto, para os mais ávidos gamers, esse guia não serve de nada. Só serve mesmo para auxiliar aqueles que querem ou já tem um PC que a única coisa que ele pretende jogar. ou priorizar jogar, é o FM. Ou seja, é realmente um guia exclusivo para quem quer escolher ou montar um PC para FM.

Conteúdo original produzido por Henrique M. para o Engenharia do Futebol e FManager Brasil
Banner: @_Matheus_

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
senna889091

Muito bom texto, sempre vem a galera com duvidas se o proprio pc roda o jogo ou recomendação de configuração e esse guia vai dar um direcionamento 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Tyler Körn

Legal, vou investir bastante no processador, os dias passam devagar demais comigo...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • Ibarra
      By Ibarra
      Boa tarde Galera,
      Então, estou trazendo para a Comunidade do FManager Br um projeto novo para o FM20 chamado FManager Brasil Ultimate Update (by Ibarra). Sim, comprei o FM20 com 33% de desconto na promoção e vou seguir com este maravilhoso projeto e compartilhar junto com vocês.
      Lembrando que este projeto é totalmente da minha autoria e totalmente gratuito.
      Então vamos ao conteúdo do update:
      Brasileirão Séries A, B, C, D e Divisão Inferior totalmente atualizadas e regionalizadas; 9 Ligas Adicionais Jogáveis e compatíveis com as divisões do Brasil (são elas Arábia Saudita, Japão, Qatar, Emirados Árabes,Tailândia, Bolívia, Paraguai, Equador e Venezuela), o que deixa mais realista o modo de transferências de jogadores e nas partidas da Libertadores e Sul-americana; Transferências Nacionais e Internacionais 100% atualizadas no Brasil e em toda a parte do Mundo. Se o save estiver travando e demorar a prosseguir por favor não se assustem pois ou é do numero excessivo de jogadores jogáveis na carreira ou máximo de ligas tb selecionadas, mas n se assustem tá funcionando perfeitamente. Podem jogar de boa com a Liga dos Estados Unidos junto com as Ligas do Brasil. Jogadores e Staff Criados. Agentes Criados. Wonderkids Novos. Acessos e Rebaixamentos de Campeonatos Nacionais e Internacionais. Na Database do Japão estava nas ligas do Próprio País alguns jogadores repetidos que foram todos removidos, Bueno que estava ainda no Kashima Antlers está agora no up no Atlético Mineiro. Muitas outras novas mudanças. Configuração dos Campeonatos Brasileiros atualizados junto com a Liga de Seychelles (Podem começar a jogar no Brasil quando quiserem e bem lhe apetecer desde arquivos que vão de 2018 a 2029 lembrando que só podem escolher um calendario para jogar quando forem começar um save se escolher todos não vai dar).  
      🔰Estrutura completa do update!

      O Update é compatível somente com a versão 20.4, e não funciona no FMTouch nem em FM Pirata.
       
      💾 Instalação // Extrair e instalar os 10 arquivos jogáveis na seguinte pasta:
      C:\Meus documentos\Sports Interactive\Football Manager 2020\Editor data

       ⬇️ Download // http://www.mediafire.com/file/1g0oi8dsmrksssl/FM20_Brasil_Ultimate_Update_%28by_Ibarra%29.rar/file
       
       
       
      Bom divertimento!
    • ggpofm
      By ggpofm
      (Re)começo

      De volta ao Brasil
      Sem contar a última tentativa realizada alguns meses atrás, já são mais de dois anos e oito meses desde o término do meu último save aqui na área.
      Se faz tempo que não compartilho um save aqui, faz mais tempo ainda que não jogo na liga brasileira. Minha última vez foi em 2009, com o save “Profissão: Treinador”, jogado no FM 09. Para esse retorno ao Brasil, utilizarei o FM 20 e o Brasil Mundi UP (21/04), as ligas adicionais recomendadas por eles e também o mod de melhoria da inteligência artificial (02/05) do Lohan. Ao todo serão 26 países de três continentes (América do Sul, Europa e Ásia) e um total de 31 divisões jogáveis. Também selecionei outras opções importantes para o save que podem ser vistas aqui.

      Save de clube ou de carreira?
      A proposta do save é aproximar-se do que ocorre na carreira de um técnico no Brasil, ou seja, trabalhos curtos, principalmente quando os resultados positivos (títulos, promoções, classificações relevantes) não forem conquistados rapidamente.
      Infelizmente, sabemos que o FM não simula a realidade brasileira, mas a europeia, onde os técnicos conseguem mais tempo para desenvolver um trabalho. Sendo assim, não sei bem ao certo como a minha proposta funcionará na prática. O que desejo, por exemplo, é que ao término de 10 temporadas, eu não tenha apenas dois ou três clubes no currículo, algo raríssimo na carreira de qualquer técnico brasileiro. 
      Por isso, caso acompanhe o save, acostume-se com as trocas de clubes, mas elas não serão automáticas, cada situação será avaliada individualmente para dar conta de sua especificidade no que se refere ao técnico, clube e também ao contexto no qual eles estão inseridos.

      Técnico ou manager?
      O título, “Profissão: Técnico”, não foi escolhido ao acaso. Poderia ter optado por “Profissão: Manager” como fez o @rafinha . ou repetir o título o “Profissão: Treinador”, mas preferi o título “Profissão: Técnico” por dois motivos: caracterizar melhor o save como uma história de um profissional brasileiro e reforçar que o meu trabalho será, preferencialmente, como técnico e não como manager, ou seja, utilizarei em larga escala as atribuições da comissão técnica e diretoria, deixando o meu personagem cuidando, principalmente, do campo e bola. 
      Contudo, manterei a possibilidade de modificar minha carreira à medida que adquirir novas licenças e aumentar a reputação do meu personagem. Nesse caso, se eu quiser, dependendo do contexto, poderei incorporar algumas responsabilidades, ampliando o meu lado “manager” no save.

      O técnico
      O save não será ficcional, mas assumirei outra identidade. O técnico será Sebastião Oliveira ou Tião como é mais conhecido entre familiares e amigos. Tião nasceu no Recife em 3 de julho de 1998, dia da vitória do Brasil sobre a Dinamarca por 3 a 2 na Copa do Mundo da França. Com apenas 21 anos, decidiu correr atrás dos seus sonhos e transformá-los em realidade. 
      O começo da trajetória dele será como eu prefiro jogar FM, com a qualificação mais baixa possível, ou seja, um técnico com passado de futebolista amador e sem qualquer licença.

      Pensei bastante se Tião Oliveira deveria adotar uma filosofia específica de jogo que caracterizasse o trabalho dele durante o save, mas decidi deixá-lo livre para experimentar os mais diversos modelos de jogo diante dos desafios que o FM apresentar. 
      Como também não poderia deixar de ser, Tião também tem um time do coração, mas diferentemente da maioria da população recifense que torce para um dos clubes do Trio de Ferro (Sport, Santa Cruz e Náutico), ele é torcedor do América (PE). 
      Apaixonado por seu time de infância e seu estado natal, Sebastião Oliveira sonha em trabalhar em Pernambuco e quem sabe, dirigir o América algum dia, mas sabe que o futebol reserva muitas surpresas, algumas totalmente inesperadas. 
    • Khroiskantis
      By Khroiskantis
      Consegui adquirir o FM 2020 através da promoção da Epic Games e resolvi trazer novamente o Las Palmas para contar. A experiência de jogar com a equipe canária no FM 2016 foi bem legal e acabei adquirindo simpatia pela equipe. Cheguei a acompanhar as redes sociais e alguns jogos dos amarillos após a retomada do futebol e, vez ou outra, pinga alguma notícia deles.
      Durante o save anterior, senti falta de algumas coisas, como os Derbis das Canarias contra o Tenerife (o mais próximo de acontecer foi na Copa do Rei na primeira temporada, mas o Tenerife caiu para o Valladolid), e a possibilidade de trabalhar melhor o Las Palmas Atletico (time B, que não conseguia subir para a Segunda Division). Agora no FM 2020 vou ter essas possibilidades e estou bastante curioso.
      A última temporada, na vida real, do Las Palmas foi de instabilidade. Desde 2018-19 na Segunda División, os canários começaram frequentando a zona de rebaixamento e, à exceção de duas rodadas onde entraram na zona de playoffs, oscilaram entre as posições do meio da tabela. Com o resultado da rodada final, terminaram em nono lugar. Ao menos nos comentários que eu vi, o resultado final não agradou a torcida, criticando as escolhas do treinador Pepe Mel e a pouca eficiência do ataque.
      E neste momento da temporada atual o Las Palmas ocupa a 15ª colocação na tabela, com um empate e uma derrota. Imagina a alegria da torcida...
      Essa é apenas a ponta do iceberg. Com o tempo vou contando mais coisas.


      Resolvi adotar a ideia de carregar todas as ligas apenas da liga com o qual vou jogar e deixar apenas a primeira divisão de outras ligas. O objetivo é uma base de dados mais leve para dar algum respiro para minha máquina e abrir espaço para carregar ligas periféricas, se assim achar necessário
      Treinador
      Mais um Molowny em Las Palmas. Dessa vez o personagem criado é Tanausú Molowny, nascido em 1980. Esses são os atributos dele:
       

      Dividi os objetivos de três maneiras:
      Clube
      Retornar à LaLiga e se manter competitivo na divisão;
      Conquistar LaLiga e a Copa do Rei;
      Conquistar torneios continentais – UEFA Conference League, UEFA Europa League e UEFA Champions League;
      Tornar o clube saudável financeiramente;
      Ampliar a rede de afiliados do Las Palmas;
      Subir o Las Palmas Atletico para a Segunda Division.
      Jogadores
      Colocar jogadores nas seleções espanholas principal e de base;
      Colocar jogadores em outras seleções principais da Europa e América do Sul;
      Ter vencedores dos Trofeus Pichichi (Artilheiro de La Liga), Zarra (Artilheiro Espanhol) e Zamora (Melhor Goleiro);
      Repatriar ex-jogadores do clube, como Vitolo, Roque Mesa, David Simon e Vicente.
      Guanartemes versus Menceys
      Guanartemes e Menceys são os nomes pelos quais os chefes das tribos aborígines das duas principais ilhas do arquipélago das Canarias (Tenerife e Gran Canaria) eram chamados. Guanartemes eram os chefes da Ilha de Gran Canaria, e Mencey, os chefes da ilha de Tenerife. Ou seja, estamos falando dos derbis entre Las Palmas x Tenerife.
      Geral: 22 vitórias do Las Palmas x 24 empates x 15 vitórias do Tenerife
      La Liga: 1 vitória do Las Palmas x 1 vitória do Tenerife
      Segunda División: 9 Vitórias do Las Palmas x 18 empates x 11 vitórias do Tenerife
      Copa do Rei: 10 vitórias do Las Palmas x 6 empates x 3 vitórias do Tenerife
      Manter o retrospecto geral contra o Tenerife;
      Terminar acima do Tenerife nas classificações gerais.
       
      2019-20:
      LaLiga Smartbank -
      Copa de Su Majestad El Rey -
      Cap.1 - O que mudou entre 2015-16 e 2019-20?
    • Valismaalane
      By Valismaalane
      O nosso primeiro clube na carreira será o:
        Paide Linnameeskond
       
      Paide Linnameeskond é um clube estoniano de futebol, fundado em 1990 e refundado em 2004, com sede em Paide e manda seus jogos no Paide Linnastaadion. O Paide iniciou como um clube filial do FC Flora (O maior time da Estonia), e no ano de 2005, conseguiu 4 acessos consecutivos, uma coisa inédita no campeonato Estoniano, sendo o primeiro a fazer isso e o único, por enquanto. O Paide é um time com um grande projeto, sendo o time que busca todo seu sucesso baseado em se sustentar na elite do campeonato estoniano. Neste sentido, rapidamente o Paide se tornou a quarta força do país conseguindo um Vice-campeonato da copa em 2015, ainda não foi campeão de nada, mas o seu desenvolvimento chama atenção, principalmente pela contratração de jogadores estrangeiros e repatriação de jogadores estonianos que já estiveram na seleção. O Paide ainda não venceu nada na Estonia, mas vamos mudar isso!
      Site oficial do clube: https://www.paidelinnameeskond.ee/ 
      Técnico: O Técnico sera Ragnar Dragunov, um antigo jogador da seleção estoniana e revelado pelo próprio Paide. Embora não tenha sido um jogador de sucesso, é um jogador relativamente conhecido entre os torcedores estonianos. Ragnar foi contratado com apenas 19 anos como uma das maiores promessas do país pelo Schalke 04, mas não conseguiu espaço no clube e rodou por diversos países como Japão, Uzbequistão, Cazaquistão, Russia e armênia, retornou a Estonia e encerrou sua carreira no Valga Warriors de Valga na segunda divisão estoniana. (Experiência passada no clube // História ficticia)
       
      Metas do Save:
       
       - Me tornar um dos maiores técnicos da Estonia
       - Classificar um clube estoniano para fase de grupos da EURO
      - Classificar um clube estoniano para fase de grupos da Champions
      Revelar jogadores estonianos com nível para seleção (Zarikov - Cap. 30)
      - Ver ou Classificar a Estonia para uma copa do mundo inédita
      - Ver ou Classificar a Estonia para uma Eurocopa Inédita
      Objetivos do save:
      - Permitido trocar de clube durante o save
      - Se assumir a seleção tenho que estar sem clube ou trocar o clube pela seleção (não comandar os dois simultaneamente)
      - O save é voltado para o técnico e não para a liga estoniana (embora seja uma das minhas vontades crescer o futebol estoniano)
      - Se for necessário, posso mudar os objetivos do save durante a temporada.
      - Me divertir
      Início da Carreira:
       Temporada 01/2019

       Paide Linnameeskond -
       Campeonato Estoniano (Campeão)
       Copa da Estônia (Campeão)
       Temporada 02/2020

       Paide Linnameeskond -
       Campeonato Estoniano (Campeão)
       Copa da Estônia (Campeão)
       - Primeira fase Mata-Mata
       Temporada 03/2021
       Paide Linnameeskond -
       Campeonato Estoniano (Campeão)
       Copa da Estônia (Campeão)
       - Fase de Grupos
       Temporada 04/2022
       Paide Linnameeskond -
       Campeonato Estoniano (Vice-Campeão)
      Copa da Estonia (Eliminado pelo Kalju nas Quartas-Final)
       - Não classificado para nenhuma competição Continental
       Temporada 05/2023
       Paide Linnameeskond -
       Campeonato Estoniano (Campeão)
       Copa da Estônia (Campeão)
       - Classificado para a fase mata-mata (a atualizar enquanto a competição passar)
       
       Temporada 06/2022
       Paide Linnameeskond -
      Base do Jogo:
      *Foram adicionados no ano de 2021 o Brasil e a Italia
      Notas do Jogador:
      Espero me divertir e que todos os leitores se divirtam. Criticas construtivas sempre serão bem recebidas, e espero uma boa interação com todos! Obrigado e "NAUTIGE"!
      Obs: Kogemus Jalgpall significa algo como: "Sinta o futebol", "experiencie o futebol" (não tem um significado literal para português, mas é utilizado para vivenciar algo)
       
      Gostaria de deixar aqui um agradecimento especial ao @ggpofm pelas varias dicas e conselhos e por ter feito o Banner da saga! Também gostaria de agradecer a todos que estão dando seus respectivos feedback e acompanhando, interagindo com a saga! Obrigado!
    • Bruno Trink
      By Bruno Trink
      INFO   EQUIPE   ACADEMIA   1.FCK II  JOGOS   CLASSIFICAÇÃO   TRANSFERÊNCIAS   FINANÇAS
       
      Grüße, rote Teufel!
       
      Sejam bem-vindos à minha nova casa. Começo hoje a escrever meu blog, que alguns de vocês já devem conhecer, aqui na prestigiosa kicker Sportmagazin.
       

      E é mera coincidência que isso aconteça bem na semana em que Miroslav Klose foi anunciado como novo treinador da equipe principal do Kaiserslautern. Miro, que jogou no clube de 1999 a 2004, primeiro no sub-23 e depois no time de cima, estava trabalhando como treinador do sub-17 do Bayern München. A notícia caiu como uma surpresa entre os torcedores, em grande parte pela pouca bagagem dele comandando uma equipe de futebol. 
      Como jogador, lógico, não há nada a contestar. Da base do SG Blaubach-Diedelkopf, começou sua carreira no FC 08 Homburg antes de vir para cá. Daqui, passou três anos no Werder Bremen, quatro no Bayern e cinco na Lazio, da Itália, onde se aposentou em 2016 com 37 anos. Foi campeão mundial com a seleção em 2014 e é o recordista de gols marcados em Copas do Mundo. É, também, o maior artilheiro da seleção em todos os tempos, com 71 gols. No final do ano de 2016, ele foi contratado para fazer parte da equipe de treinadores de Die Mannschaft, tirou os certificados e, em 2018 começou a trabalhar no Bayern.
      Na coletiva de apresentação, Miro foi bastante tradicional, sempre com aquela conversa de recolocar o Kaiserslautern onde ele merece estar, que é no topo do futebol alemão. Disse que pretende ficar muitos anos no clube, construir uma dinastia. No entanto, um trecho me chamou bastante a atenção:

      Klose foi bem enfático ao afirmar que trabalhará com as categorias de base. Não haverá, nesse primeiro momento, uma limpa do elenco. Deixou claro que as contratações que, por ventura, venham a ser feitas, agora e para a frente, necessariamente precisarão ter experiência de, ao menos, dois anos no time de baixo. Podem até, eventualmente, ser usados na equipe principal mas não serão contratados com esse propósito.
      Viel Glück, Miro!
       

      Retornar à 2. Bundesliga ✅ Retornar à Bundesliga ✅ Voltar a conquistar a Bundesliga ✅ Voltar a conquistar a DFB Pokal ✅ Vencer uma competição continental ✅  
       

      Contratar apenas jogadores com menos de 18 anos que devem atuar pelo menos dois anos nas categorias de base  
×
×
  • Create New...