Jump to content
Sign in to follow this  
Banton

Uma Nova Carreira: CSA

Recommended Posts

Banton

Centro Sportivo Alagoano :: Estatísticas :: Títulos :: Palmarés ...

Centro Sportivo Alagoano, também conhecido pela sigla CSA, é uma agremiação esportiva brasileira de futebol, da cidade de Maceió, em Alagoas. Fundado em 7 de setembro de 1913 por um grupo de desportistas, o clube nasceu como Centro Sportivo Sete de Setembro, depois foi rebatizado para Centro Sportivo Floriano Peixoto e em 1918, ganhou seu nome atual.

É o único clube do Nordeste a disputar uma decisão internacional, ficando com o vice campeonato da Copa Conmebol de 1999.[4] além de ser o único clube alagoano a conquistar um título de expressão nacional, a Série C de 2017. Conseguiu a façanha histórica de conquistar três acessos consecutivos no Campeonato Brasileiro de Futebol, deixando a Série D do futebol nacional para disputa da divisão de elite entre 2016 e 2019. Foi vice-campeão da Série B em 1980, 82, 83 e 2018, além de conquistar o vice campeonato da Série D de 2016.

Com 39 títulos estaduais, é o maior vencedor do Campeonato Alagoano. Localmente, o CSA possui uma rivalidade histórica com o CRB na qual disputa o Clássico das Multidões. Há, também, uma rivalidade com o ASA, equipe do interior do estado.

FILOSOFIA & CURIOSIDADES: 

Jogadores livres e empréstimos. É assim que o Azulão costuma montar seus elencos. A equipe aposta bastante mas há muito tempo não revela um grande jogador. Porém, a base do CSA é recheada de história e grandes títulos. Por exemplo: você sabia que a lenda do Flamengo, o jogador Dida foi revelado no clube? Torcedores do Internacional e Palmeiras devem conhecer Adriano Gabiru e Cleiton Xavier, jogadores que também foram formados nas categorias de base do time alagoano.

O CSA também revelou alguns nomes fora dos gramados:

  • Você sabia que Fernando Henrique Collor o presidente mais jovem da história do Brasil (foi eleito com 40 anos) e o primeiro a sofrer um impeachment, foi o mandatário do CSA entre 1973 até 1974? Quando se licenciou do cargo para entrar de vez na política. Então com 24 anos, o agora senador, inclusive, foi o responsável pela homenagem à Garrincha - que chegou a jogar pelo clube.
  • Felipão passou por Maceió e estreou como técnico no estádio do Rei Pelé! Poucos sabem, mas o comandante do quinto título mundial da seleção brasileira começou a carreira como treinador no clube alagoano. A oportunidade surgiu em 1982, quando tinha acabado de se aposentar como jogador com o título do Campeonato Alagoano - único troféu que obteve como atleta profissional - e recebeu o convite para treinar os ex-companheiros.
  • Djavan, um dos maiores nomes da história da MPB foi um exímio meia que jogou pelo CSA nas categorias de base mas preferiu aventurar-se no meio musical.

LEITURA:

UMA NOVA CARREIRA:

Curtiu a dica? Procurando por mais desafios? Clique aqui e conheça a história de outros clubes espalhados pelo mundo.

Edited by Banton

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • adriano roberto
      By adriano roberto
      É com muita satisfação que trago um projeto pessoal para o FM21: o Brasil Update.   Foram criadas diversas competições que não vem na dB oficial, como Estaduais, copas Estaduais e divisões nacionais; criadas fontes de imprensa e jornalistas; criadas premiações para as competições; jogadores e Staff's que não vem na dB oficial; arquivo de movimento de mercado de transferências mais realista; criado as ligas que altamente recomendo para utilizar com o arquivo, como as da América do Sul e a Liga do Japão com seus respectivos jogadores. Além, é claro, das transferências mais recentes, incluindo de clubes menores, todos retirados do BID da CBF.   Esse arquivo você pode baixar aqui:      E a pedidos, criei também uma versão alternativa do projeto: Brasil sem Estaduais! Apenas divisões nacionais e copas nacionais. Para quem curte esse tipo de desafio, essa versão está bem hard.   Você pode baixá-lo aqui:      Duas notas: 1) Siga rigorosamente as instruções de instalação para não ter nenhum erro. Antes que me perguntem: pode jogar o update com os EUA ativado sem problemas.   2) Todos os arquivos contidos nesse update, com exceção da dB japonesa que foi postada no fórum da SI mas traduzida por mim, o arquivo de cores criado pelo Rodrigo Fec (com alguns ajustes feitos por mim) e também as faixas de torcida dos outros países, são de minha criação. Todos criados e idealizados por mim. Caso você pretenda postar em seu canal ou fórum, não esqueça de dar os devidos créditos.   Caso queira apoiar meus projetos, segue abaixo os links:                                                                                             
    • renskay
      By renskay
      Uma atualização do meu post anterior.
      Refiz a nação do Sul do Brasil no Football Manager 2021.
      O Sul do Brasil tem um patrimônio e uma cultura únicos, então achei que deveria fazer uma nova nação representá-lo no Football Manager.


      Recursos
      Nova nação chamada "Sul do Brasil" Todas as cidades do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina estão agora no sul do Brasil Todas as equipes do sul do Brasil agora têm o sul do Brasil como sua "base nacional" Alemão, italiano, alemão hunsrik, alemão da Pomerânia oriental e veneziano brasileiro adicionados às línguas nacionais do sul do Brasil Hunsrik. Jogadores nascidos no Sul do Brasil mudaram de nacionalidade para "sul-brasileiro", a menos que já tenham uma seleção internacional de outro país. Novas regiões no Sul do Brasil criadas para cada estado (Paraná, Rio Grande do Sul). Jogadores da Newgen da Alemanha, Itália, Polônia e Ucrânia agora vão aparecer em times do Sul do Brasil Os jogadores da diáspora que têm sobrenomes alemão e italiano receberam uma segunda nacionalidade correspondente ao seu sobrenome Jogadores alemães e austríacos tratados como não estrangeiros no sul do Brasil Maior chance de obter clubes europeus afiliados As preferências de transferência nacional no sul do Brasil incluem Alemanha, Áustria e Itália Novas bandeiras feitas para a nação do Sul do Brasil  
      isto substitui a nação de volta superior (Upper Volta)
      DOWNLOAD
      Se você encontrar algum erro, por favor me informe. @renskay
       
       
       
       
    • renskay
      By renskay
      Eu sou da Irlanda, mas tenho aprendido português e aprendido sobre o Brasil e suas diferentes regiões culturais.
      Eu vi uma foto de Gramado no sul do Brasil e fiquei fascinado com as semelhanças desta região com a Alemanha porque achei legal como algo tão alemão poderia ser encontrado em um lugar que eu nunca soube que tinha influência alemã remotamente.

      Atualmente estou em processo de criação de uma nova nação para a região Sul do Brasil (Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul) e gostaria de perguntar se alguém tem ideias ou sugestões a acrescentar para torná-la mais realista.
      Gráficos que fiz para o país

       
       
      Até agora eu fiz:
      Nova nação chamada "Sul do Brasil" Todas as cidades do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina estão agora no Sul do Brasil Todas os times do Sul do Brasil agora têm o Sul do Brasil como suas "Nação Baseada" Alemão, italiano, alemão hunsrik,alemão pomerânia oriental e veneziano brasileiro adicionados aos idiomas nacionais do sul do Brasil Hunsrik - definido como idioma oficial nas regiões listadas. Antônio Carlos Santa Maria do Herval São João do Oeste Jogadores nascidos no sul do Brasil mudaram de nacionalidade para "sul-brasileiro", a menos que já tenham uma seleção internacional de outro país Jogadores da diáspora que têm sobrenomes alemão e italiano receberam uma segunda nacionalidade correspondente ao seu sobrenome Jogadores alemães e austríacos tratados como não estrangeiros no Sul do Brasil Sul-brasileiros tratados como UE na Alemanha e Áustria
       

    • pesquisaKULeuven
      By pesquisaKULeuven
      Olá,
      Sou uma pesquisadora brasileira da Universidade Católica de Leuven (KU Leuven), na Bélgica, e estou conduzindo um estudo sobre a opinião dos torcedores relacionadas a presença de jogadores de futebol homossexual em times de futebol masculino.
      Recentemente, o mundo do futebol tem presenciado atletas assumindo sua homossexualidade, bem como diversas intituições tem organizando campanhas no mundo todo para combater a homofobia no esporte, como foi o caso da revista de futebol alemã 11Freunde (11 Amigos), que reuniu centenas de jogadores de futebol em apoio a colegas LGBTQ+ e se posicionar contra a homofobia no esporte.
      Link para a notícia: https://p.dw.com/p/3pYDX (publicado em 18 de Fevereiro de 2021)
      No entanto, muitos jogadores não se sentem a vontade ainda para revelar sua orientação sexual publicamente, por temerem uma pressão de sua torcida, colegas e da imprensa. Algumas pessoas afirmam que o futebol brasileiro não está pronto para abraçar esta causa. Gostaria de avaliar como os torcedores de futebol no Brasil se sentem em relação a este tópico. Caso tenha interesse, por gentileza deixe seu comentário abaixo. Agradeço desde já pelo seu tempo e informação disponibilizados.
    • tpabloc
      By tpabloc
      Olá, pessoal!
      O último FM que joguei foi o 2016 , mas o último FM que eu realmente gastei um generoso tempo foi o 2013, portanto estou bem desatualizado dos últimos jogos da série. No entanto ultimamente venho tido vontade de voltar a jogar e pensei em adquirir o FM20 ou, caso o preço do 21 permitir, pegaria o mais novo da série mesmo. A questão é que meu interesse em jogar FM seria somente pra começar de baixo em algum clube brasileiro, mas bem debaixo mesmo. Queria começar no máximo como treinador de um clube da quarta divisão, e sei que pra isso existem uns bancos de dados que são criados pra dar mais detalhes ao futebol brasileiro, criando clubes, ligas, copas, e tudo mais. Isso por si só já torna possível jogar com clubes bem pequenos, no entanto eu sei que os clubes muitas vezes não possuem jogadores suficientes e os clubes pequenos do Brasil na maior parte dos casos não tem saúde financeira pra fazer contratações. 
      Então minha pergunta é, existe alguma atualização de banco de dados que insere jogadores nos times pequenos para que sejam jogáveis (times com ao menos 18 jogadores)? Existe alguma forma de fazer isso? Já pesquisei um pouco a respeito e sei que nas ligas europeias isso não é lá um grande problema,  mas nas brasileiras isso sempre foi uma dificuldade desde FMs mais antigos. 
      Alguém aqui tem alguma experiência nesse sentido, jogando uma carreira começando desempregado e sem qualificações, pegando um time muito pequeno no Brasil e tendo uma quantidade de jogadores razoável?
×
×
  • Create New...