Jump to content

Fifa enfrenta europeus e aprova Mundial de Clubes com 24 times a cada quatro anos a partir de 2021


nosredna
 Share

Recommended Posts

Citar

Fifa enfrenta europeus e aprova Mundial de Clubes com 24 times a cada quatro anos a partir de 2021

Por Felipe Lobo
15 de março de 2019 às 15:05

Gianni-infantino-1260x710.jpg

A Fifa conseguiu o que queria e aprovou um novo formato para o Mundial de Clubes. A partir de 2021, o torneio será realizado em junho e julho, com 24 times e a cada quatro anos. A ECA, Associação de Clubes Europeus, emitiu nota dizendo que seus membros irão boicotar o torneio. A ameaça não impediu a Fifa, que conseguiu levar a proposta adiante.

O Mundial de Clubes passa a ocupar o espaço que era da Copa das Confederações, que deixa de existir. O torneio contará com oito clubes da Europa, seis da América do Sul e as demais vagas divididas entre as demais confederações. Cada confederação definirá como escolherá seus representantes.

“Houve muitas discussões construtivas, com o presidente da Uefa. Estamos avançando nesse assunto. Temos a responsabilidade de tomar decisões, e tomamos a decisão, e nas próximas semanas essas discussões vão dar frutos. Hoje há clubes que representam mais do que uma cidade, um país. Há clubes que são internacionais, têm fãs por todos os lados. Será importante para eles tentar ser campeões mundiais”, disse o presidente da Fifa, Gianni Infantino, na coletiva de imprensa, segundo informa o Globoesporte.com.

A Fifa bateu no peito para enfrentar os europeus. Aposta em um torneio que pode ser lucrativo, se conseguir convencer os europeus a cederem. “Quando a Champios League foi criada, decretaram que seria a morte dos campeonatos nacionais. Hoje todo mundo considera a UCL uma grande ideia. Respeito as ideias contrárias, mas estou otimista”, afirmou ainda Infantino.

A Uefa também é contrária à ideia do novo Mundial de Clubes. Infantino, aparentemente, apoia na própria capacidade de negociação para entrar um acordo. Inclusive com uma proposta robusta financeira para convencer pelos possíveis lucros. Enquanto isso, o Mundial de Clubes no atual formato seguirá sendo disputado em 2019 e 2020. A partir de 2021 o formato passa a ser o aprovado pela Fifa nesta sexta-feira.

A ideia da Fifa é que o Mundial de Clubes tenha a mesma sede da Copa do Mundo do ano seguinte, assim como acontecia com a Copa das Confederações. Porém, a edição de 2021 não seguirá esse padrão, porque a Copa do Mundo será no Catar e o país é quente demais nos meses de junho e julho. A sede do Mundial de 2021 ainda será definida posteriormente.

Copa 2022 com 48 times será definida em junho

A Fifa mantém a ideia de uma Copa do Mundo com 48 seleções já em 2022. Conseguiu a aprovação no Conselho da Fifa em Miami, o que fará com que a proposta vá para votação no Congresso da Fifa, em junho, e que conta com todos os 211 filiados que votarão. É um passo decisivo para que a expansão seja aprovada e, a esta altura, parece difícil que não aconteça.

O grande nó aqui é que os contratos da Copa 2022 estão assinados e, em tese, são de direito do Catar. Segundo a Fifa, para aprovar a expansão da Copa já em 2022 será preciso ao menos mais um país para compartilhar o evento. Considerando que o Catar sofre um bloqueio dos vizinhos, a solução será bastante complicada. O Comitê Organizado do Catar é firmemente contrário à ideia de ter 48 seleções na Copa de 2022, mas esperará pelo Congresso da Fifa em junho para manifestar-se a respeito. Há uma confiança que o país precisará concordar para que a mudança seja efetivada.

https://trivela.com.br/fifa-enfrenta-europeus-e-aprova-mundial-de-clubes-com-24-times-a-cada-quatro-anos-a-partir-de-2021/

Meu, que bosta. Mataram uma das competições mais legais que existia que era o Mundial (na verdade o modelo antigo era mais legal ainda) pra colocar esse negócio sem pé nem cabeça no lugar.

Link to comment
Share on other sites

Cara, vou falar que acho a ideia legalzinha. Só acho que além da péssima distribuição de vagas, faltou combinar melhor com os europeus. Se os caras boicotarem/jogarem sem vontade, a competição perde a graça toda. 

Link to comment
Share on other sites

9 minutos atrás, pedrobello disse:

Cara, vou falar que acho a ideia legalzinha. Só acho que além da péssima distribuição de vagas, faltou combinar melhor com os europeus. Se os caras boicotarem/jogarem sem vontade, a competição perde a graça toda. 

Os caras jogam sem vontade todo santo ano e são campeões. Não vai acontecer nada de diferente, na real.

-

Essa competição tem uma coisa boa e uma coisa ruim, apenas.

A coisa boa é que as premiações vão chegar a algo em torno de US$700kk (jornalista aqui do sul que falou com o Infantino disse)

A coisa ruim é que nunca mais um brasileiro/sul-americano vai ganhar o mundial. Acabou, essa chance foi obliterada.

Parece que vão ser chaves de três clubes, (um brasileiro, um europeu e um whatever), o que significa que os brasileiros nem fodendo vão chegar no primeiro lugar e serão eliminados. Se der alguma zica e algum passar pras quartas, vai ser eliminado ali.

O sul-americano talvez possa ganhar UM jogo de um Europeu, mas não vários consecutivos. O mundial vai servir pra ganhar dinheiro, não pra Glória. O bom era antes dos anos 2000 onde tu tinha clubes daqui que rivalizavam com os de lá. Hoje tu vai pra levar pau mesmo. A verdadeira GLÓRIA (A DEUX) é ganhar uma Libertadores que é um campeonato difícil pra porra.

Link to comment
Share on other sites

Na real eu acho esse modelo bem melhor do que o atual (especialmente por que jogam la pqp e o estádios ficam mais vazio que estadual), o foda é que os elencos brasileiros tendem a mudar demais ao longo de 4 anos mas pode ser contornado com uma boa gestão.

Quando ao desequilibrio de força, infelizmente é algo que não da pra mudar, os europeus tem grana, não tem limitação para contratar jogadores estrangerios e tem os treinadores mais fortes la. Fora que sul-americano tem se peidado pra ganhar de time africano e asiatico, tem que entender que o futebol mudou (infelizmente) e não estamos mais no topo.

Link to comment
Share on other sites

22 minutos atrás, Rico Orestes disse:

Na real eu acho esse modelo bem melhor do que o atual (especialmente por que jogam la pqp e o estádios ficam mais vazio que estadual), o foda é que os elencos brasileiros tendem a mudar demais ao longo de 4 anos mas pode ser contornado com uma boa gestão.

Quando ao desequilibrio de força, infelizmente é algo que não da pra mudar, os europeus tem grana, não tem limitação para contratar jogadores estrangerios e tem os treinadores mais fortes la. Fora que sul-americano tem se peidado pra ganhar de time africano e asiatico, tem que entender que o futebol mudou (infelizmente) e não estamos mais no topo.

Isso é verdade, é difícil projetar como algum clube brasileiro vai estar daqui 4 anos...as coisas são muito rotativas por aqui. Nesse novo formato são abaixo de mínimas as chances de zebras e se restarem só Europeus nos mata-matas vira uma competição amistosa como as que eles costumam fazer na pré-temporada.

Link to comment
Share on other sites

Que merda de regulamento, de competição... vamos ver se a ECA vai boicotar esse torneio.

Link to comment
Share on other sites

2 horas atrás, SilveiraGOD. disse:

Os caras jogam sem vontade todo santo ano e são campeões. Não vai acontecer nada de diferente, na real.

-

Essa competição tem uma coisa boa e uma coisa ruim, apenas.

A coisa boa é que as premiações vão chegar a algo em torno de US$700kk (jornalista aqui do sul que falou com o Infantino disse)

A coisa ruim é que nunca mais um brasileiro/sul-americano vai ganhar o mundial. Acabou, essa chance foi obliterada.

Parece que vão ser chaves de três clubes, (um brasileiro, um europeu e um whatever), o que significa que os brasileiros nem fodendo vão chegar no primeiro lugar e serão eliminados. Se der alguma zica e algum passar pras quartas, vai ser eliminado ali.

O sul-americano talvez possa ganhar UM jogo de um Europeu, mas não vários consecutivos. O mundial vai servir pra ganhar dinheiro, não pra Glória. O bom era antes dos anos 2000 onde tu tinha clubes daqui que rivalizavam com os de lá. Hoje tu vai pra levar pau mesmo. A verdadeira GLÓRIA (A DEUX) é ganhar uma Libertadores que é um campeonato difícil pra porra.

Concordo quanto ao grupo de 3 mas discordo do resto. Clubes sulamericanos podem não ter jogadores da mesma qualidade mas não é a regra ser passeio como foi com o Santos.

Ganhar o Mundial sempre foi difícil mesmo, tanto na época da ida-e-volta quanto depois. A época do jogo único que dava uma equilibrada a mais, e mesmo assim ainda dependia mais do emprenho do adversário europeu que da qualidade do sulamericano.

Link to comment
Share on other sites

Eu acho que pode ocorrer um fenómeno dos times sulamericanos se reforçarem muito no ano do torneio. Afinal, não são só 2 jogos e vai ter uma visibilidade global.

Quem não joga nos times tops da Europa pode ser tentando a vir jogar em algum time sulamericanos para ter visibilidade.

E quando comer a surra da Europa, vamos ver se a CONMEBOL se mexe. Libertadores tá melhorando, só que ainda é cheio de várzea e mutreta. Ficamos 20 anos atrasado com aqueles merdas lá escondendo contrato de TVs vergonhosos.

Link to comment
Share on other sites

6 horas atrás, pedrobello disse:

Cara, vou falar que acho a ideia legalzinha. Só acho que além da péssima distribuição de vagas, faltou combinar melhor com os europeus. Se os caras boicotarem/jogarem sem vontade, a competição perde a graça toda. 

Acho que eles não vão boicotar  a competição pelo motivo da premiação($$$$$) ser mais elevada que a da champions league

Link to comment
Share on other sites

4 minutos atrás, GKFaNG disse:

Acho que eles não vão boicotar  a competição pelo motivo da premiação($$$$$) ser mais elevada que a da champions league

Não sei.. A UEFA e o futebol europeu como um todo tem tido uma posição cada vez mais isolacionista. Nations League, desprezo por competições internacionais de clubes... 

Realisticamente, acho que teria mais graça (e até apelo comercial) um torneio nessa lógica desse mundial proposto pela FIFA sem participação de times europeus. Como movimento político mesmo. Acho que clubes asiáticos tem tido um avanço futebolístico e os sul americanos têm que saber que já não possuem o mesmo peso que antes. 

Seria uma competição equilibrada e mostraria pra Europa que dá pra fazer uma boa competição global sem eles. 

 

Link to comment
Share on other sites

A gente fica luto pq nunca mais vai ter chances de ganhar ... Mas o projeto ao meu ver é bom sim, é como uma Copa do Mundo dos Clubes. 

8 Europeus, 6 Sulamericanos, 3 CONCACAFs, 3 africanos e 3 asiáticos e 1 Oceania... Acho que é isso. Se for, a distribuição de vagas está Ok perante a representatividade geral do futebol. E pode até acabar com o tempo, criando rivalidades intercontinentais, visto que a chance de repetirem os participantes é enorme.

Link to comment
Share on other sites

  • General Director

A ideia é até legal, o problema é o tamanho do ciclo. Clube não tem a mesma dinâmica das seleções, logo, 4 anos é um ciclo mt longo a meu ver. Os principais torneios continentais (UCL, CONCACAF League e Liberta) estão presentes em toda santa temporada, logo, ficará um hiato grande demais aí de uma Copa de Clubes pra outra.

Sem contar que vai mexer AINDA mais com o calendário dos clubes, e dessa vez os europeus estarão envolvidos também.

 

Ou seja, a ideia é boa, mas faltou dar um acabamento melhor. Da forma como tá posto aí, eu não vejo vantagens.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

  • Similar Content

    • David R.
      By David R.
      Eurocopa 2020/21
      Grupos:

       
      Data de Início: 11/06/2021
      Data da Final: 11/07/2021
       
      Por conta da pandemia, a competição de Seleções mais importante do continente Europeu foi adiada para 2021. Nesse ano, serão 12 sedes em 12 países diferentes:
      Grupo A - Roma (Itália) e Baku (Azerbaijão)
      Grupo B - São Petersburgo (Rússia) e Copenhague (Dinamarca)
      Grupo C - Amesterdã (Países Baixos) e Bucareste (Roménia)
      Grupo D - Londres (Inglaterra) e Glasgow (Escócia)
      Grupo E - Sevilla (Espanha), Londres (Inglaterra) e São Petesburgo (Rússia)
      Grupo F - Munique (Alemanha) e Budapeste (Hungria)
       
      Transmissão: Globo terá cinco jogos em TV aberta e fará SporTV ser "casa da Eurocopa"
    • Zicogalinho
      By Zicogalinho
      Vou criar aqui porque não vi outro tópico. Caso já tenha sido feito, Moderador pode apenas adicionar minha mensagem. Vendo o Bayern jogar você fica impressionado. Jogadores não ficam parados e nem guardam posição, movimentação intensa. Jogadas de escanteio ensaiadas e variadas. Ceni podia ver para aprender algo ao invés de só colocar Arrasca e FL para bater. Tigres está fazendo marcação um com um muito interessante. Estou torcendo pro Tigres, mas acho que é questão de tempo.
    • Cadete213
      By Cadete213
      Olá pessoal. Seguindo o exemplo da Euroleague no Basket, onde as 18 melhores equipas jogam uma liga entre si, a duas voltas, e ainda participam nas ligas nacionais, eu sou a favor de criar uma competição semelhante no futebol.
      No basket, a Euroleague criou mais competitividade e passou a ser uma montra para as equipas da NBA, que estão sempre atentas e contratam jogadores. 
      No futebol, criaria também mais competitividade e teríamos grandes jogos todas as semanas. Reduziam as equipas nas ligas nacionais para 16 ou 18 e removiam a Taça da Liga (nos países que as têm). 
      Teria 18 equipas, com os 8 primeiros a se apurarem para uma espécie de final-eight, como fizeram na época passada. Durante uma semana, disputava-se 1/4 de final, semis e final, na mesma cidade.
      Os 2 últimos, eram removidos na época seguinte e substituídos pelos 2 finalistas da Liga Europa. Isto tornaria também a Liga Europa mais competitiva e interessante, com mais e melhores equipas. 
      Quais as 18 equipas que gostariam de ver se esta competição existisse?
    • Lowko é Powko
    • Lanko
×
×
  • Create New...