Jump to content

O Céu é o Limite


MitoMitológico
 Share

Recommended Posts

SDHWgYt.png

 

GeSpmyH.png

E aí pessoal!

Finalmente, depois de muito tempo, encontrei tempo e motivação para postar um save aqui na área. Estava lendo algumas histórias ultimamente, mas dei uma parada pra trabalhar nesse novo projeto.

No Fórum, o Profissão: Manager sempre foi a área que mais gostava de comentar e por isso, a que eu mais atuava. Por causa dela que me cadastrei no fórum, principalmente após ler o save “A Base do Sucesso”, feito pelo nosso amigo @baltazar. Gostava também da seção do Futebol, mas infelizmente, devido ao clubismo de muitos usuários de lá, que não respeitam a opinião alheia, resolvi não me envolver muito por lá.

Enfim, estou aqui desde 2015, e passei por muitas coisas. Teve épocas que fui muito ativo e outras épocas que nem tanto. Tive dois saves aqui: um com o Grêmio Barueri, na Série D e o outro com o Cosmos, de San marino, em 2015 e 2016, respectivamente. Infelizmente não consegui emplacar nenhum deles, mas o primeiro chegou a receber o voto de terceiro melhor save do mês de alguns usuários. Porém, sei que a reputação de alguém que não termina suas histórias não é uma das melhores(como é no meu caso), mas tentarei o possível e o impossível para seguir adiante até o máximo que eu puder, então desejo conquistar a confiança de vocês e fazer uma grande história com a ajuda de todos.

Pretendo criar uma jornada considerada um tanto que “comum”, porém mais agradável e prazerosa de jogar, começando desempregado, com a pior reputação possível e numa divisão mais baixa, com o grande objetivo de se tornar um dos maiores treinadores da história. Será uma jornada com objetivo concreto no jogo em si e na carreira de um treinador, até porque não tenho muito tempo para inventar uma história fictícia e além do mais creio que o estilo que pretendo utilizar seja mais agradável aos olhos de vocês.

Agradeço aos Amigos @LC, @vinny_dp e @ggpofm pelas dicas e sugestões dadas para eu tomar essa iniciativa.

 

MC7yyDM.png

Objetivo Principal

  • Se tornar um dos 20 maiores treinadores da história no Quadro de Honra, se juntando á nomes como Sir Ferguson, Guardiola, Mourinho e Ancelotti no Top 20

Objetivos Secundários

  • Jogar na maior Liga do mundo, a Premier League.
  • Jogar um mata-mata de Champions League.
  • Conseguir o acesso para a Elite de um Campeonato Nacional.
  • Disputar uma Copa do Mundo

 

UYOyzLg.png

WcZQHty.png

Opções Avançadas: Nenhuma marcada

Escolhi os países mais conhecidos no mundo do futebol, porém selecionei até a Liga mais baixa. Não estou utilizando nenhum Update adicional, usando somente a database original do jogo, a versão 17.3.1

Talvez, com o tempo, eu adicione novas ligas, como a Liga Russa, Mexicana, Turca, Belga e até a Chinesa.

 

Sala de Troféus

Ponte Preta.

B5varbl.png

 

8TtUq8B.png

ponte.png

 

Temporada 2017/18 - Real Sociedad B

Segunda División B2: 10º Lugar

Copa Federación de Espanha: Eliminado na Segunda Fase

Índice:

 

Temporada 2019 - Le Havre AC

Ligue 2: 16º Lugar

Índice:

 

Temporada 2019/20 - Le Havre AC

Ligue 2: 5º Lugar

Coupe de la Ligue: Eliminado na Primeira Fase

Coupe de France: Eliminado na Oitava Fase

Índice:

 

Temporada 2020/21 - Le Havre AC

Ligue 2: 5º Lugar

Coupe de la Ligue: Eliminado na Primeira Fase

Coupe de France: Eliminado na Oitava Fase

Índice:

 

Temporada 2021/22 - Le Havre AC

Ligue 2: Á disputar

Coupe de la Ligue: Eliminado na Terceira Fase

Coupe de France: Á disputar

Índice:

Link to comment
Share on other sites

  • Vice-President

Boa sorte.

Só discordo que a Premier League seja a maior liga do mundo.

Link to comment
Share on other sites

Boa sorte MM.kkkk

x6uS64U.gif

 

kkkkkk. Não resisti a piada.

Link to comment
Share on other sites

Boa sorte! O treinador vai ter nacionalidade europeia? Até ver o screenshot das ligas, achei que fosse começar no Brasil.

Link to comment
Share on other sites

Boa sorte!

Eu também achei que começaria do Brasil, mas na Europa é legal também para fazer esse tipo de carreira.

Link to comment
Share on other sites

19 horas atrás, Henrique M. disse:

Boa sorte.

Só discordo que a Premier League seja a maior liga do mundo.

Obrigado, Henrique. Vou precisar.

Mas qual seria a maior Liga pra você, a Série A? Creio que a Premier League é a maior pela competitividade dos clubes, quantidade de times aptos para ganhar o título, altas manobras no mercado de transferências, marketing e grandes médias de público. Em História e Tradição, não é a maior, mas atualmente, é a maior sim. Mas cada um com sua opinião :)

 

19 horas atrás, ggpofm disse:

Boa sorte, MM.

Força para o que virá pela frente.

Valeu, gg. Obrigado pelo apoio!

 

18 horas atrás, LC disse:

Boa sorte MM.kkkk

x6uS64U.gif

 

kkkkkk. Não resisti a piada.

Grande LC! Obrigado pela força!

kkkkkkkk a piada foi boa, mas nunca imaginei que iriam utilizar ela aqui.

 

17 horas atrás, marciof89 disse:

Boa sorte, acompanhando

Valeu, Márcio, Obrigado pelo apoio!

 

17 horas atrás, Leonardo Moreno disse:

Boa sorte! O treinador vai ter nacionalidade europeia? Até ver o screenshot das ligas, achei que fosse começar no Brasil.

Obrigado, Leo. Sim, o treinador terá nacionalidade Europeia, e será trilíngue, para ter á facilidade de trabalhar em qualquer país. Eu até penso em fazer um save começando no Brasil, é a próxima saga que pretendo fazer. (spoiler kk)

 

11 horas atrás, Herr Jones disse:

Boa sorte!

Eu também achei que começaria do Brasil, mas na Europa é legal também para fazer esse tipo de carreira.

Grande Herr! Valeu pela força!

É, eu pensei em fazer no Brasil, mas optei pela Europa pra começar nas Ligas Menores de lá. Se começasse no Brasil, provavelmente eu só conseguiria no mínimo um lugar num time pequeno de uma Primeira Divisão. Creio que talvez na próxima saga eu faça lá, com o objetivo de ser maior treinador BR no quadro de honra.

 

10 horas atrás, 2sakakibara disse:

Boa sorte!

Valeu, Saka! Obrigado pelo Comentário!

 

9 horas atrás, Joao Guilhermeqp disse:

Boa sorte!

Obrigado, João. Vou precisar kkkk

Link to comment
Share on other sites

WjBqFP5.png

Apresentação do Treinador

Antes de prosseguir, vou falar um pouco do treinador.

Gary McNeill é um Inglês, nascido em 1985. Sempre foi um apaixonado por futebol, e por táticas. Como jogador, foi um mal jogador, só jogando 3 anos no amador. Torcia para o Bristol City, mas sua paixão não era pelo clube em si, mas pelo futebol. Tanto que já não se considera um torcedor do Clube.

Sempre teve o desejo de ser treinador, pois sabia que tinha que trabalhar com futebol de alguma forma. Amante dos livros, e estudioso, estudou Educação Física em Bristol, Inglaterra, sua cidade natal. Outra paixão sua era aprender novas Línguas. Estudou Espanhol e Francês, além de conseguir saber um pouco de Italiano, além da língua nativa Inglesa.

A ambição de Gary é tão grande, que o mesmo almeja chegar ao topo. Por isso, foi com afinco, em busca de um clube para começar sua carreira, e entrar no mundo do futebol, mesmo sem nenhuma licença. E com 31 anos, ele está pronto para isso.

 

6kGhGVT.png

Copa do Mundo de 2022 se transfere para o Marrocos

 

Citar

Observação: Devido ao meu fm ser um pouco "ultrapassado" em relação á data, eu entrei de férias durante um ano e voltei somente em junho de 2017, quando o save realmente irá começar.

 

Edited by MitoMitológico
Link to comment
Share on other sites

Em 10/03/2018 at 12:55, lakers20 disse:

Boa sorte na carreira!

Valeu, Obrigado por Acompanhar!

Link to comment
Share on other sites

uHVyrpv.png

O Início

Me candidatei ao cargo de treinador em vários clubes. Me convidaram para várias entrevistas, e tentei ao máximo convencer os dirigentes a me contratar. A vida de um Treinador Iniciante e sem experiência é bastante difícil.

Mas quando pensei que ia ser ridicularizado e rejeitado em todas, várias propostas chegaram, mas como estava precisando estabilizar minha vida, queria escolher o time que me dava a melhor quantia financeira. Uma das minhas últimas entrevistas foi com o Real Sociedad B. Fiquei umas três horas conversando sobre táticas e convencendo os Diretores e o Treinador do Time Principal, Eusébio, que já foi Auxiliar Técnico de Rijkaard no Barcelona.

E no meio de julho recebi e aceitei uma proposta do próprio Real Sociedad B, com um salário de INCRÍVEIS 8 Mil Euros por mês com contrato de DOIS anos(até Junho de 2019). Não acreditei, pois é difícil um treinador iniciante receber uma oferta tão boa financeiramente, e de um time tão grande como o La Real, mesmo que seja o time B. Como era a maior de todas as propostas, resolvi aceitar o desafio. Desculpe @LC, kkkk.

DE6eGBj.png

 

o1LA0N1.png

154px-Real_Sociedad_logo.svg.png

A Real Sociedad de Fútbol, mais conhecida como Real Sociedad ou La Real , é um clube de futebol espanhol da cidade de São Sebastián, País Basco, fundado em 7 de setembro de 1909. Ele joga suas partidas em casa no estádio Anoeta de 32 mil pessoas. A Real Sociedad venceu o título da Liga em 1980-81 e 1981-82 , e terminou em segundo lugar em 2002-03. O clube também ganhou a Copa del Rey duas vezes, em 1909 e 1987. Joga o derby basco contra os rivais do Athletic Bilbao.

O clube competiu na UEFA Champions League duas vezes. Na temporada 2003-04, o clube avançou para a rodada de 16 antes de perder para o Lyon .

Por muitos anos, a Real Sociedad seguiu a prática de seus rivais bascos Athletic Bilbao de assinar apenas com jogadores bascos. Abandonou a política em 1989 quando assinou com o irlandês John Aldridge, do Liverpool. Aldridge marcou 16 gols em sua primeira temporada para ser o melhor artilheiro do clube, e o quarto melhor artilheiro de toda a liga, já que La Real terminou em quinto lugar. 1990 foi a temporada final de Aldridge no La Real, e ele voltou para a Inglaterra para jogar nas ligas inferiores no Tranmere Rovers.

Títulos

  • La Liga (2): 1980-81 , 1981-82
  • Copa del Rey (2): 1909 , 1986-87
  • Supercopa de España (1): 1982
  • Segunda División (3): 1948-49 , 1966-67 , 2009-2010
  • Campeonato de Gipuzkoa (6): 1918-19, 1922-23, 1924-25, 1926-27, 1928-29, 1932-33
  • E mais 14 títulos nacionais e regionais

Real Sociedad B

A Real Sociedad de Futebol B (também conhecida como Sanse) é uma equipe de futebol espanhola com sede em San Sebastián, na comunidade autônoma do País Basco. Fundada em 1951, é a equipe reserva da Real Sociedad e joga na Segunda División B, com os jogos em casa no Campo José Luis Orbegozo.

Ao contrário da Inglaterra, as equipes reservas na Espanha jogam na mesma pirâmide de futebol com sua equipe sênior em vez de uma liga separada. No entanto, as equipes reservas não podem jogar na mesma divisão do que a equipe sênior. Portanto, a equipe não é elegível para a promoção para a Liga, a divisão em que o time principal joga. As equipes reservas também não podem entrar na Copa del Rey.

Fundado como San Sebastián Club de Fútbol, a equipe B da Real Sociedad alcançou pela primeira vez a segunda divisão nove anos depois. Na campanha de 1961-62, conseguiu sua melhor classificação na categoria depois de terminar em quinto lugar; No entanto, como o time principal foi rebaixado na Liga, não era elegível para promoção, sendo rebaixado em vez disso.

Em 1980, a Real Sociedad B foi promovida para a Segunda División B recém-criada, permanecendo nessa categoria por 17 temporadas consecutivas. Posteriormente, flutuou entre as divisões 3 e 4, atingindo as eliminatórias de promoção da antiga divisão em 1991 e 2006, mas subsequentemente ficando aquém.

Em 1992, uma mudança nas regras forçou a equipe a mudar seu nome, e ela foi renomeada Real Sociedad de Fútbol B. As regras da Liga de Futebol Profissional proíbem os clubes B de ter nomes diferentes do seu clube-mãe, com exceção do Real Madrid Castilla e do Sevilla Atlético.

Uma mudança na estrutura do clube a partir de 2016 significou que a maioria dos jogadores da Sanse seria promovida de uma nova subsidiária, a Real Sociedad C (anteriormente conhecida como Berio), que jogará na Tercera División. A equipe da Real Sociedad C deve jogar pelo menos uma divisão abaixo do Time B.

Títulos

  • Tercera División (5): 1959-60, 1979-80, 1998-99, 1999-2000 e 2009-10.

Passaram pelo Real Sociedad B inúmeros grandes jogadores, como Xabi Alonso, Antoine Griezmann, Joseba Etxeberria, Iñígo Martínez, Julen Lopetegui, Giovanni Sio e Asier Illarramendi.

AyldyjH.png

O Real Sociedade B joga na Segunda División B2, que é do terceiro escalão da Espanha. Na Temporada 2016/17, o time terminou em 7º Lugar no Campeonato, chegando perto do Playoff de Acesso. A equipe disputa somente essa competição, não jogando a Copa do Rei.

Treinar um Time B no FM é muito estranho e complicado. Como muitos sabem, não posso jogar a mesma divisão que o Clube-Mãe, então provavelmente só posso chegar até a La Liga 1|2|3, a segunda divisão do Espanhol(o Sevilla Atlético, time B do Sevilla, está lá por exemplo). Sem falar que o Time Principal pode pegar quando quiser os jogadores do Time B, aumentando a chance de Desfalques durante a disputa do Campeonato. Mas em compensação, o Time B, por exemplo, pode pegar quando quiser jogadores do Time C e do Sub-19.

 

PrC3Xmc.png

Tivemos aquele trabalho básico no primeiro dia e o relatório mostrou algumas coisas. O gol, a lateral direita e o meio-campo são fortes, com inúmeras opções; tem jogadores muito técnicos e fortes, tem bons tomadores de decisão; e além disso, o time começa jogando muito bem;

Porém a equipe tem suas fraquezas também; toma muitos passes para gol do meio de campo; as pontas são fracas; o orçamento salarial é muito curto; o trabalho em equipe não é dos melhores; tem baixos níveis de agressão e comprometimento; e tem uma comissão técnica fraca. O jeito é trabalhar para melhorar nesses aspectos e ainda aproveitar os pontos fortes.

QqbQtC8.png

Achei o Elenco muito forte para uma terceira Divisão. Pelo visto só terei problemas com promoções para o time principal ou com jogadores emprestados e/ou vendidos. O Time tem apenas um jogador não-Sub-23, o que prova a juventude do elenco, que tem um bom potencial e dão a perspectiva de um bom futuro para a equipe mais “democrática” do País Basco. E uma curiosidade: de 23 jogadores, 21 deles são Ibéricos, com 19 espanhóis e 2 portugueses, além de 1 senegalês e um francês. Vendo isso, o elenco é praticamente nacional, tendo praticamente só jogadores do país.

Odriozola e Ujía são bons laterais direitos, titular e reserva. Rodrigues é outro destaque, e pode jogar tanto na ponta quanto na lateral, ambos no lado esquerdo, porém ele não é bom na marcação e no desarme, o que torna difícil colocar ele jogando como lateral, mas Arrieta não tem futebol suficiente para ser titular na minha opinião, então Rodrigues terá de quebrar um galho na defesa. Talvez um volante marcador ajude a consertar essa carência defensiva dele. Bardají é o meu melhor goleiro, uma posição que não me traz preocupações por enquanto, pois tenho Tena para fazer sombra para ele. Já a zaga, por enquanto não mudarei quase nada, mas Urgarte é a minha única certeza, pois Le Normand, um dos poucos estrangeiros, ainda precisa atingir todo o seu potencial.

O meio-campo não me preocupa, pois tem bons nomes também. Zubeldia, Guridi, mais recuados, e Capilla, mais avançado, que me impressiona pela qualidade técnica, estão entre os melhores do time, apesar de serem franzinos. Ainda temos Sangalli como opção. Já os atacantes eu considero-os meio ‘crus’, porém, é pra isso que serve um Time B, dar casca aos mais novos para eles chegarem estabilizados no Profissional. O espanhol Garmendia, cria do clube, e o Português Faia, ambos new-gens, tem bons atributos, e tem muito a evoluir, mas não considero “certezas” e espero que esses meninos se desenvolvam bem e Jauregi consiga lutar pela posição usando como triunfo sua experiência, apesar de ter apenas 21 anos.

Sinto apenas uma carência de 1 zagueiro e 1 ponta pelo lado direito, ambos para a reserva, mas sinto que posso subir algum jogador do Time C ou do Time Sub-19. As pontas me preocupam muito, talvez eu pense em jogar sem eles. Calvillo e Thior não me empolgam muito, porém Merquelanz me faz repensar se posso utilizar pontas de vez em quando. O único lugar que sinto que devemos reforçar de verdade, é a posição de volante, pois Rementeria é a único jogador de origem da posição e é jovem demais. Procurarei um jogador bom, mas que não irá vir para ser titular absoluto, mas com o Status de Revezamento.

Sobre o estilo de elenco, eu pretendo priorizar talentos espanhóis e contratar jovens(Sub-23) para deixar um legado pro Time Principal.

(Foto do Elenco no Spoiler abaixo.)

Spoiler

vpeSBZw.png

h8Gcvfs.png

Com 24 jogadores, o Time C tem quantidade, mas não tem qualidade. Algo de se esperar para um time da Quarta Divisão. Para se ter ideia, somente um jogador do elenco tem mais de 2 estrelas de capacidade: o atacante Saénz. O Francês Blasco, o melhor zagueiro do Time C, foi promovido imediatamente, para ser a quarta e última opção na zaga. Pensei em promover Alkain, mas devido aos seus baixos atributos técnicos , resolvi não subi-lo ainda.

(Foto do Elenco no Spoiler abaixo.)

Spoiler

jJcOmUt.png

6hVP2f5.png

O time Sub-19, porém, só tem 10 jogadores, além de inúmeros jogadores cinzas. Por enquanto, resolvi só promover Gabilondo. Talvez uma experiência com jogadores um pouco mais experientes ajude ele a se desenvolver mais do que apenas 1 estrela de capacidade, e promovi ele também porque Etxaniz, que parece ter mais potencial, tem contrato de formação ainda e quero esperar ele assinar um contrato profissional.

UksDZbn.png

 

8QcMEOx.png

Quando cheguei ao clube, encontrei o Staff vazio, e precisaria planejar quais seriam meus encarregados. No time B, era apenas eu, a direção e Miguel Pastor, chefe do DM. Pretendo preencher todas as vagas, pois gosto de um Staff bastante numeroso. E pra falar a verdade, eu me sinto um estranho no meio de tanto Espanhol, apesar de saber a língua.

8Bs2tRe.png

 

cAwhUlo.png

A situação financeira do clube é bastante instável; ainda bem que o Time A é rico e provavelmente vai nos dar uma injeção financeira quando puder. O Orçamento é nulo, e além de estarmos 18 mil Euros acima do limite salarial, temos absolutamente 0 Euros para contratações, que ainda deve aumentar com as contratações pro Staff.

Últimas Observações

A diretoria é um pouco pessimista: o objetivo é evitar a despromoção automática na Liga, sendo que o time tem potencial para terminar na metade de cima da tabela, e com alguma sorte conseguir uma vaga nos playoffs.

E por fim, achei curioso o abismo financeiro no futebol espanhol.. Nosso Time Mãe é o 8°, mas o abismo de Real-Barça para o Athletic, nosso rival, é de mais de 700 MILHÕES de EUROS. 

E como informação boa nunca é demais, confiram o Elenco do Time Principal: 

(Foto do Elenco no Spoiler abaixo.)

Spoiler

dTXzRLm.png

uCNTv8j.png

(Obs: Espero que não se incomodem com o "Ativar o Windows" em baixo das Imagens. XD)

(e abra esse spoiler e seja feliz)

Spoiler
Citar

Após postar essa última atualização, eu me esqueci de postar um esboço, e estou editando para colocar aqui. Na verdade, eu queria postar ele já no primeiro post.

Não sei vocês tem curiosidade sobre o nome da saga, mas eu queria destrinchar o significado dele para vocês.

"O Céu é o Limite"

Expressão popular que diz que nada é impossível quando se quer muito alcançar determinado objectivo. É uma frase normalmente utilizada por pessoas optimistas, lutadoras, persistentes e sonhadoras, que tentam realizar os seus maiores sonhos. Para estas pessoas tudo é possível e nada as poderá afastar dos seus objectivos.
 
Isso uma forma de acreditar que nada é impossível quando se quer muito alcançar determinado objectivo; sendo “o céu o limite”, todo o resto é alcançável.

Nós podemos alcançar tudo! Temos o direito de ter sucesso, amor, saúde, realização... desde que invistamos nisso e nunca desistamos dos seus sonhos! O céu é o limite! Não há limites para o ser humano... ele pode tudo desde que tenha fé, só que muitos não percebem e passam pela vida... sem lutar... sem sonhar...sem buscar! 

E é isso que expressa todo o sentimento e os adjetivos de Gary. 

 

Edited by MitoMitológico
Link to comment
Share on other sites

  • Vice-President

Conseguiu um bom emprego, em termos de nomes, mas um lugar chato para se trabalhar, já que pode não ter tanta liberdade para trabalhar e seguir um estilo, já que é um clube B.

Link to comment
Share on other sites

Desafio muito interessante começar com um time B, vai ter certa estabilidade, porém vai ficar restrito a certas condições. Enfim, muito curioso para ver o desenrolar disso, é um desafio novo aqui.

Link to comment
Share on other sites

Achei massa o lance de treinar um time B. Nesse caso não é como os times B que a gente tá acostumado aqui no Brasil. Vai ser bacana pra ver como funciona. Boa sorte!

Link to comment
Share on other sites

Boa sorte, mito! Estarei acompanhando.

Link to comment
Share on other sites

Boa sorte nessa sua saga, gostei muito da escolha do time, time bom pra 3°divisão, certeza que acompanharei !

Link to comment
Share on other sites

Boa sorte MM.
Ótimo início, dá para mostrar bastante serviço com esse time.
Vai ser interessante acompanhar como é treinador um time "B".

Acompanharei. 
Abraço!

Link to comment
Share on other sites

Em 11/03/2018 at 18:14, Henrique M. disse:

Conseguiu um bom emprego, em termos de nomes, mas um lugar chato para se trabalhar, já que pode não ter tanta liberdade para trabalhar e seguir um estilo, já que é um clube B.

Sim, foi um emprego muito bom para esse início, mas o trabalho não será fácil, provavelmente irei perder muitos jogadores, pois a maioria dos jogadores estão listados, porém, poderei repor a altura, pois tenho liberdade para escolher jogadores, mas ainda assim terei que passar pela confirmação do Eusébio(treinador do Time A). Talvez eu fique até o final do contrato(até junho de 2019), mas nada além disso.

Obrigado pelo comentário.

 

Em 11/03/2018 at 22:32, marciof89 disse:

Desafio muito interessante começar com um time B, vai ter certa estabilidade, porém vai ficar restrito a certas condições. Enfim, muito curioso para ver o desenrolar disso, é um desafio novo aqui.

Sim, achei bem interessante essa idéia de desenvolver jogadores para o Real Sociedade no futuro, e terei estabilidade devido á expectativa baixa da diretoria e dos status de jovem promessa ou de reserva dos meus jogadores, evitando reclamação de jogadores pela titularidade. Porém essas condições não são nada fáceis, pois se um jogador receber proposta de empréstimo ou transferência, eu nada posso fazer.

É realmente um desafio novo, vi pouquíssimas vezes alguém jogando com um Time B por aqui. Aguarde que ainda tem muita coisa pra rolar. Valeu pelo comentário!

 

Em 12/03/2018 at 00:42, Leonardo Moreno disse:

Achei massa o lance de treinar um time B. Nesse caso não é como os times B que a gente tá acostumado aqui no Brasil. Vai ser bacana pra ver como funciona. Boa sorte!

É massa as vezes, outras nem tanto. Realmente é um pouco diferente dos Times B Brasileiros. Obrigado e volte sempre! Tmj

 

Em 12/03/2018 at 01:33, PedroJr14 disse:

Boa sorte, mito! Estarei acompanhando.

Valeu, Pedro! Obrigado por acompanhar!

 

Em 12/03/2018 at 11:18, Camelo_xxt disse:

Boa sorte nessa sua saga, gostei muito da escolha do time, time bom pra 3°divisão, certeza que acompanharei !

Obrigado, Camelo. Realmente é um time bom para jogar, tem suas limitações, mas tenho certeza que fiz a melhor escolha. Grande abraço!

 

Em 12/03/2018 at 11:25, EduardoSofiate disse:

Boa sorte MM.
Ótimo início, dá para mostrar bastante serviço com esse time.
Vai ser interessante acompanhar como é treinador um time "B".

Acompanharei. 
Abraço!

É um time bom para mostrar alguma coisa. O Futebol Espanhol é bastante técnico, o que tem de meio-campista lá não é brincadeira! Espero que acompanhe, pois a vida num Time B tem seu lado bom, mas também é complicado...Valeu Edu!

Edited by MitoMitológico
Link to comment
Share on other sites

Eu iria comentar, mas quando vi qual era o clube desisti. Espero que seja rebaixado, demitido e assuma outro clube.

Link to comment
Share on other sites

2 horas atrás, LC disse:

Eu iria comentar, mas quando vi qual era o clube desisti. Espero que seja rebaixado, demitido e assuma outro clube.

Poxa, LC, eu tive que ser profissional, haha!

 

Galera, Amanhã eu solto a atualização, vai mostrar toda a minha pré-temporada e preparativos para antes da nossa estreia na Liga.

Edited by MitoMitológico
Link to comment
Share on other sites

Começou pegando um time legal, mas que pode colocar bastante dificuldades nesses primeiros passos quando começar a subir os jogadores que possam se destacar no seu comando. Boa sorte!

Link to comment
Share on other sites

13 horas atrás, Herr Jones disse:

Começou pegando um time legal, mas que pode colocar bastante dificuldades nesses primeiros passos quando começar a subir os jogadores que possam se destacar no seu comando. Boa sorte!

É um time legal para começar, sim. Além dessa dificuldades com os jogadores destacados serem promovidos, existem também os empréstimos e vendas, pois vários jogadores meus estão listados e não posso retirar isso.

Mas é um desafio e tanto e espero estar a altura. Valeu, Herr!

Link to comment
Share on other sites

  • Danut changed the title to O Céu é o Limite
  • Fujarra locked this topic
  • #Vini unlocked this topic
Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

  • Similar Content

    • Tsonny
      By Tsonny
      Valores: 
      FM 20 e 21 - R$15 reais cada
      Fm 18 - R$9 reais
      Fm 16 e 17 - R$7 reais cada
      Fm 13 - R$5 reais cada
      Chamar no Whatsapp: 31 9 87901885 - Thiago
    • AllMight
      By AllMight
      A REENCARNAÇÃO DO HERÓI
      Olá, aqui estou de volta, já faz algum tempo que estava planejando este save mas nos últimos meses não tinha motivação para jogar FM novamente, isso tudo voltou quando estava com um PC velho e resolvi baixar o FM13 para passar um tempo, foi baixar o game e vontade de jogar veio com tudo pra cima de mim. Isso já faz um tempo, fui me segurando para não começar o save sem um formato estabelecido e conversando com um pessoal daqui da área e especialmente o @Tsuru fui estabelecendo as diretrizes do save.
      O save será totalmente dentro da Dinamarca, embora eu tenha carregado mais algumas ligas elas estão como "ver apenas", e terá como objetivo principal treinar a Seleção Dinamarquesa e superar a melhor campanha da seleção em Copas do Mundo, mas para isso preciso percorrer um longo caminho, meu treinador começará sua jornada com 20 anos e sem qualificações anteriores e com um passado somente no futebol amador. O nome dele será Holger Dasnke, o mesmo nome do herói que segundo a lenda quando a Dinamarca passar por um perigo iminente ele levantará do seu trono e libertará a nação.

       
      DIRETRIZES DO SAVE
      Não sair dos clubes pedindo demissão ou se candidatando a outros clubes, só sair em fim de contrato ou sendo demitido. Não assumir clubes de divisões superiores ao meu antigo clube. Na primeira divisão até ganhar um título nacional, só assumir clubes que acabaram de subir ou da segunda divisão. Não assumir a seleção principal da Dinamarca sem antes ganhar um título nacional de primeira divisão. Não usar a barra de pesquisas para contratação de jogadores/staff, usar somente a base de dados fornecidas pelos olheiros do clube e pelos agentes.  
      OBJETIVOS DO SAVE
      Ganhar o Campeonato Dinamarquês Ganhar a Eurocopa Ganhar as Olimpíadas Chegar em uma Semi-Final de Copa do Mundo  
      ÍNDICE
      Temporada 1
      O primeiro emprego
      Os heróis improváveis
      Uma contratação mágica: Ibra chega ao Kolding!
      Um pistoleiro sem balas
      Temporada 2
      Seguindo os passos do mestre Fernando
      Um segundo turno complicado
      Um pouco de esperança
      Temporada 3
      Início muito promissor
      Consistência
      A primeira conquista do herói
      Temporada 4
      Novo lar
      Os verdes
      Trapalhões
      O azarado
      Temporada 5
      Começo decepcionante
      Um leve progresso
      A maldição da décima colocação
      Temporada 6
      O herói ainda resiste...
      Temporada 7
      De volta ao lar
      Os primeiros jogos
      O fim da batalha
      Temporada 8
      Lutando contra leões
      Choque de realidade
      De volta ao jogo
      Relações estremecidas
      Correnteza alviceleste
      Temporada 9
      Olá, Superliga!
      Recorde negativo
      Saco de pancadas
      Temporada para esquecer
      Temporada 10
      Convite inusitado
      Mudanças à vista
      A volta das férias
      A decisão
      Temporada 11
      O perigo amarelo
      Caos financeiro
      Engenharia financeira
      Empatadão
       
      RETROSPECTIVAS
      Retrospectiva 2018-2023
      Retrospectiva 2023-2028
       
      HISTÓRICO DE CLUBES
      Kolding BK (2019 - 2022)
      (2019/20) 15º na 2. Division / Eliminado nas oitavas de final da DBU Pokalen
      (2020/21) 7º na 2. Division / Eliminado na Segunda Eliminatória da DBU Pokalen
      (2021/22) 1º na 2. Division 🏆 / Eliminado na Segunda Eliminatória da DBU Pokalen
      Viborg FF (2022 - 2024)
      (2022/23) 3º na NordicBet Liga 🥉 / Eliminado nas oitavas de final da DBU Pokalen
      (2023/24) 5º na NordicBet Liga / Eliminado na semi final da DBU Pokalen 🥉
      Hobro IK (2024 - 2025)
      (2024/25) 6º na NordicBet Liga / Eliminado na semi final da DBU Pokalen 🥉 Assumiu na semi-final
      FC Helsingør (2026 - 2029)
      (2025/26) 3º na NordicBet Liga 🥉 Assumiu em 5º / Eliminado nas oitavas de final da DBU Pokalen Assumiu com o clube já eliminado 
      (2026/27) 1º na NordicBet Liga 🏆 / Eliminado nas quartas de final da DBU Pokalen
      (2027/28) 12º na Superliga / Eliminado na segunda eliminatória da DBU Pokalen
      (2028/29) 4º na NordicBet Liga / Eliminado na semi final da DBU Pokalen
      AC Horsens (2029 - ?)
      (2029/30) 3º na NordicBet Liga 🥉 (Assumiu em 3º) / Eliminado na terceira eliminatória da DBU Pokalen (Assumiu na 2ª eliminatória)
       
      TÍTULOS DO TREINADOR
      2. Division
      (2021/22) Kolding BK
      NordicBet Liga
      (2026/27) FC Helsingør 
       

    • div
      By div
      Olá! Tudo bem com vocês? Espero que sim. 
      Sou novo aqui, pelo menos em relação a uma participação mais ativa. Acesso o fórum há algum tempo, costumava ler sobre dicas táticas ou contratações para me atualizar no FM (tive um hiato bem longo entre edições do jogo). De um tempo pra cá, passei também a frequentar esta zona do fórum e foi aqui que mais gastei meu tempo, li diversas histórias e resolvi criar a minha própria.
      Como o próprio nome da história já fala, este save tem foco na carreira de um treinador, não em um clube específico. Assim, não terei compromisso com nenhum clube caso surja proposta que represente um avanço na carreira do treinador. Tudo dependerá da proposta e do que for mais adequado para a história. Comecei o jogo desempregado, com a menor reputação e experiência possíveis e tentarei subir na carreira de técnico, até chegar ao topo (considero que os principais objetivos seriam: Chegar num clube da Série A, ganhar a Libertadores, treinar na Europa, ganhar a Champions, treinar uma seleção e ganhar a Copa do Mundo. Muita coisa? Talvez, mas por que não?).
      Como verão abaixo, carreguei Brasil, Argentina, Uruguai e as principais ligas europeias apenas. Confesso que tentei carregar mais divisões inferiores e mais ligas sul-americanas, mas o jogo ficou com um processamento muito lento e tive que refazer o save pra retirar algumas ligas e divisões (notebook do milhão é complicado). Como a ideia é começar no Brasil, além do nosso país só carreguei a Argentina e o Uruguai, pra ver se a Libertadores não ficava uma Copa do Brasil 2.0, e as principais ligas europeias, que são uns dos objetivos finais do save.
      De antemão já peço desculpas em razão da longuíssima introdução que fiz antes de adentrar no save (vocês verão nos próximos posts), mas sinto que era necessário para que pudesse estabelecer algumas bases para a história.
      Pra terminar essa apresentação, queria dizer que espero que gostem de acompanhar essa história, e que críticas e sugestões são sempre bem-vindas.
       

      Versão do Jogo: Fm 2019
      Update: Brasil MundiUp, atualizado até novembro de 2019, com algumas transferências atualizadas por mim nos times da Série A do brasileiro (já joguei outro save com esta db e não tive problemas de crash ou erro no jogo).
      Ligas: Brasil (Divisão Inferior e acima), Inglaterra (Sky Bet Championship e acima), Argentina, Uruguai, Portugal, Itália, Holanda, Alemanha, Espanha e França (somente a primeira divisão nacional).
       

      Temporada 1 - 2019
      Prólogo (07/08/2020)
      Capítulo 1 (08/08/2020)
      Capítulo 2 (08/08/2020)
      Capítulo 3 (10/08/2020)
      Capítulo 4 (16/08/2020)
      Capítulo 5 (19/08/2020)
      Capítulo 6 (22/08/2020)
       
      Temporada 2 - 2020
      Capítulo 7 (25/08/2020)
      Capítulo 8 (28/08/2020)
      Capítulo 9 (31/08/2020)
      Capítulo 10 (04/09/2020)
      Capítulo 11 (06/09/2020)
       
      Temporada 3 - 2021
      Capítulo 12 (08/09/2020)
      Capítulo 13 (11/09/2020)
      Capítulo 14 (14/09/2020)
       
      Temporada 4 - 2022
      Capítulo 15 (17/09/2020)
      Capítulo 16 (21/09/2020)
       
      Temporada 5 - 2023
      Capítulo 17 (24/09/2020)
      Capítulo 18 (27/09/2020)
      Capítulo 19 (30/09/2020)
      Capítulo 20 (03/10/2020)
       
      Temporada 6 - 2024
      Capítulo 21 (06/10/2020)
      Capítulo 22 (09/10/2020)
      Capítulo 23 (12/10/2020)
      Capítulo 24 (15/10/2020)
       
      Temporada 7 - 2025
      Capítulo 25 (18/10/2020)
      Capítulo 26 (21/10/2020)
      Capítulo 27 (24/10/2020)
      Capítulo 28 (26/10/2020)
       
      Temporada 8 - 2026
      Capítulo 29 (05/11/2020)
      Capítulo 30 (10/11/2020)
      Capítulo 31 (16/11/2020)
      Capítulo 32 (21/11/2020)
       
      Temporada 9 - 2027
      Capítulo 33 (24/11/2020)
      Capítulo 34 (28/11/2020)
      Capítulo 35 (07/12/2020)
      Capítulo 36 (12/12/2020)
      Capítulo 37 (17/12/2020)
      Capítulo 38 (22/12/2020)
       
      Temporada 10 - 2028
      Capítulo 39 (26/12/2020)
      Capítulo 40 (28/12/2020)
      Capítulo 41 (31/12/2020)
      Capítulo 42 (04/01/2021)
      Capítulo 43 (06/01/2021)
       
      Temporada 11 - 2029
      Capítulo 44 (12/01/2021)
       
      Temporada 12 - 2030-31
      Capítulo 45 (14/01/2021)
      Capítulo 46 (17/01/2021)
      Capítulo 47 (23/01/2021)
      Capítulo 48 (28/01/2021)
      Capítulo 49 (02/02/2021)
       
      Temporada 13 - 2031-32
      Capítulo 50 (04/02/2020)
      Capítulo 51 (06/02/2021)
      Capítulo 52 (09/02/2021)
      Capítulo 53 (11/02/2021)
       
      Temporada 14 - 2032-33
      Capítulo 54 (14/02/2021)
      Capítulo 55 (17/02/2021)
      Capítulo 56 (20/02/2021)
      Capítulo 57 (23/02/2021)
       
      Temporada 15 - 2033-34
      Capítulo 58 (25/02/2021)
      Capítulo 59 (28/02/2021)
      Capítulo 60 (02/03/2021)
      Capítulo 61 (05/03/2021)
       
      Temporada 16 - 2034-35
      Capítulo 62 (07/03/2021)
      Capítulo 63 (10/03/2021)
      Capítulo 64 (13/03/2021)
      Capítulo 65 (16/03/2021)
       
      Temporada 17 - 2035-36
      Capítulo 66 (17/03/2021)
      Capítulo 67 (20/03/2021)
      Capítulo 68 (23/03/2021)
      Capítulo 69 (26/03/2021)
       
      Temporada 18 - 2036-37
      Capítulo 70 (29/03/2021)
      Capítulo 71 (31/03/2021)
      Capítulo 72 (03/04/2021)
      Capítulo Final (06/04/2021)
       
      Bônus
      Capítulo Bônus (29/10/2020)
       

       
    • #Vini
      By #Vini
      INTRODUÇÃO E CONSIDERAÇÕES INICIAIS Olá, eu me chamo Thomas Lawrence. Se você conhece o Oriente Médio como ele é hoje, mais precisamente o que era território do antigo Império Otomano, isso tem a ver com meu homônimo.
      O meu nome veio por pura coincidência, mas o desejo de liberdade e o gosto pelo desconhecido pode-se dizer que é bem parecido com o dele. Já que falamos um pouco sobre o Lawrence da Arábia, agora falemos sobre o Lawrence de Alexandria, no caso eu. Meu bisavô, trabalhou em atividades no protetorado inglês no Egito e gostou tanto que acabou fixando residência, algo repetido pelo meu avô e pelo meu pai.
      Eu vim ao mundo em setembro de 1987, quando o mundo já era completamente diferente e a Inglaterra estava bem longe do que era no começo do século XX. Ainda assim, ouvi bastante histórias sobre os dias gloriosos do império onde o sol nunca se punha, ficando fascinado com tantos locais diferentes: Índia, Afeganistão, Chipre e Grécia, só para ficar em alguns exemplos.
      O que me chamava realmente a atenção eram as histórias sobre o Mar Mediterrâneo, com a quantidade de países que ele abrigava e a beleza de suas paisagens. Esse fascínio sempre me trouxe a vontade de ler mais sobre o assunto, sem contar que a minha viagem após terminar os estudos básicos começou em Malta, passando por outros países banhados pelo famoso Mar.
      O que tudo isso tem a ver comigo? Bem, além de ser uma paixão pessoal, começou a se ligar quando eu comecei a estudar Educação Física e o sonho de trabalhar com o futebol foi ficando cada vez mais forte. Desse modo, quando concluí os estudos, resolvi que iria me aventurar pelo mundo, trabalhando com a minha paixão.
      Primeiro comecei com alguns trabalhos como preparador e assistente no futebol local, inclusive participando da comissão técnica do meu time do coração, o Zamalek. Assim, quando cheguei próximo aos meus trinta anos, com alguma experiência acumulada, resolvi cair no mundo, agora buscando a vaga de técnico.
      Distribuí currículos entre vários lugares, até que fui chamado para trabalhar em um país próximo. Porém deixemos essa história para depois.
      O SAVE Bom, como alguns notaram, na entrevista do Cleyton falou-se de um membro que teve o notebook furtado no bar. Então, a história foi comigo.
      Para ajudar, o idiota aqui não salvou nada na nuvem e acabou sem o save do Ajaccio e o na América do Sul. Depois do coração partido e mais despesas para recuperar o que eu perdi naquele dia, faltava voltar ao FManager. Qual foi a minha surpresa ao perceber que eu não lembrava a senha?
      Bem, passado todo esse caminho, comecei a me decidir sobre o que faria na sequência. Indo na contramão de alguns amigos que não estão com pique para o FM, eu estou voltando com a certeza que quero ir longe. E nada melhor do que conquistar a revanche com uma história que não foi para frente no FM 16, sobre o Mar Mediterrâneo.
      Só que até aí faltava me decidir sobre os caminhos do save, ponto esse em que o homem das 1000 ideias, @Tsuru, me deu uma baita ajuda.
      Consultei quais eram os países banhados pelo Mediterrâneo e verifiquei que eram 22. Deles eu tirei de cara Malta, Mônaco, Gibraltar, Síria e Palestina; por motivos que variam de uma liga que eu não julgava ser interessante, até pelo momento dos países na vida real. Nas listas que verifiquei, inicialmente não localizei o Chipre, mas decidi coloca-los por conta própria e assim fiquei com 18 ligas jogáveis.
      Dividi essas 18 ligas em potes, a saber:
      Pote 3
      Argélia, Egito, Líbano, Líbia, Tunísia e Marrocos
      Pote 2
      Albânia, Bósnia-Herzegovina, Chipre, Eslovênia, Montenegro e Israel
      Pote 1
      Croácia, Espanha, França, Grécia, Itália e Turquia
      Com essa divisão estabeleci que só passaria para os países do próximo pote assim que vencesse um título nacional em cada um dos locais do pote. Assim, só irei ativar as ligas do pote 2 assim que estiver no último país do pote 3.
      Dito isso, meus objetivos são os seguintes:
      Vencer títulos nacionais em todos os países do desafio Conquistar três Liga dos Campeões com clubes de países de continentes diferentes (alterado pela conquista com um clube libanês, que abriu frentes para a conquista do continente africano e europeu) Mudar de time apenas via convite, nunca me candidatando a outros cargos   (retirado pela dificuldade em surgirem convites, treinador passou a se candidatar, escolhendo opções viáveis dentro do plano de carreira)  
      HISTÓRICO  
       
      SALA DE TROFÉUS  
       
      O CLUBE Como disse, comecei desempregado o save, com experiência local e licença nacional A. Recebi alguns convites e acabei aceitando a proposta do ES Hamman-Sousse da Tunísia, que calhou de ser uma cidade na costa do Mediterrâneo. O time, que nunca foi muito além de campanhas medianas na Tunisian Ligue 1, já vai para sua quinta temporada na Tunisian Ligue 2.
      Vale lembrar que estou com o FM 17, o que quer dizer que o jogo irá iniciar na temporada 2016/17.
      Basicamente estou indo treinar um asilo. Fiquei impressionado com a quantidade de jogadores já beirando os 40 anos e devo pensar em qual estilo adotar com tantos veteranos, uma vez que uma reformulação completa não deve acontecer agora.
      Mandamos nossos jogos no estádio municipal Bou Ali-Lahouar, com capacidade para 6500 pessoas. Já pensando em um estilo que não canse tanto a equipe, solicitei ao responsável pelo gramado que deixe o tapete com as menores condições possíveis, no caso 90x70m.
      O time é cotado para a promoção à Ligue 1 e só me resta cumprir esse objetivo ou se não deverei sofrer minha primeira demissão.

      INFRAESTRUTURAS | LIGAS CARREGADAS
      A LIGA A Ligue 2 é um campeonato dividido em dois grupos de 10 equipes, que jogam em turno e returno, totalizando 18 jogos na primeira fase. Após essa fase, os três primeiros de cada grupo jogam o playoff de promoção, que é disputado também em turno e returno.
      Depois dos 10 jogos, os dois primeiros garantem acesso direto à Ligue 1, enquanto o terceiro disputa um playoff contra o antepenúltimo da divisão principal. O penúltimo da L2 disputa um playoff contra o vice da terceira divisão e o último colocado é rebaixado automaticamente.
       

      TEMPORADA 2016-2017 - Ligue 2 - Um Asilo na Tunísia
      Mercado de Transferências
      Nossa janela buscou reduzir a alta média de idade do elenco. Arouri veio para a reserva na lateral-esquerda, Onana veio (e já foi, devido às regras de estrangeiros no país), Adjeman-Pamboe é um inglês e atua nas duas pontas; Khenissi, Chikoto e Barrani vieram no final da janela, mas já para entrar no time titular, no comando do ataque, zaga e meio-campo, respectivamente.
      Em janeiro perdemos Momble (PE) e Khemiri (LE). Trouxemos Bani (LE) e Kacem (PE) como reposição destes, além de Kchok para reforçar a zaga.

      ELENCO INICIAL | ELENCO PÓS-JANELA
       
      Ligue 2 e Copa da Tunísia
      Abrimos esta fase contra um dos piores times do campeonato, - o Stade Africain – e fizemos a nossa parte goleando, com uma baita partida de Khenissi, que marcou 4 dos 5 gols do ESHS. Nosso domínio foi tão evidente que até trouxe uma empolgação para as partidas seguintes, na qual vencemos o Korba (4-1) e Ben Arcus (1-0).

      Essa empolgação foi por terra quando encaramos os times mais fortes do nosso grupo. Contra o Monastir, abrimos o placar e até pensamos que poderíamos tirar algo de bom da partida mas o adversário virou em 7 minutos no segundo tempo e sacramentou nossa primeira derrota na competição. O Gafsa, outra equipe cotada para brigar pelo acesso à L1, foi o time que enfrentamos na rodada seguinte e também nos derrotou.

      Nos recuperamos vencendo o Hammamet com um gol já nos minutos finais da partida e fomos para o jogo contra o Gafsa, dessa vez pela Copa da Tunísia, e perdemos novamente, saindo precocemente da competição.
      Um empate contra o Siliana e uma vitória contra o Kef colocaram nosso time nos eixos, prontos para jogar contra o Kasserine, nosso principal adversário pelo acesso. E o duelo foi bastante disputado e nos detalhes a derrota foi selada, com um gol próximo do final do primeiro tempo.

       
      Ligue 2 – Returno
      Nesse segundo turno eu já sabia o que seria preciso para conquistar a promoção, então a meta era vencer todos os três primeiros jogos, roubar pontos contra Monastir e Gafsa, para depois perder o mínimo de pontos possíveis nos três jogos antes de decidir a vaga contra o Kasserine.
      Bem, parte desse roteiro aconteceu conforme eu esperava: vitórias contra Stade Africain (5-0), Korba (1-0) e Ben Arcus (2-1); a derrota para o Monastir (0-2) quebrou um pouco minha expectativa, mas o empate contra o Gafsa (2-2) recuperou meu ânimo.
      Contra o Hammamet só a vitória interessava para nos manter firmes na briga pelo acesso. Bem, aí é que vimos do que esse time é feito.
      Ben Frej abriu o placar aos 6’, mas sofremos a virada em cinco minutos. Aos 31’ pênalti para o Hammamet e o goleirão pegou. Essa defesa deu o gás necessário para buscarmos o resultado e logo aos 35’ empatamos com Barrani. Aos 57’ mais drama no jogo: Ben Abid comete falta estúpida e leva o segundo amarelo, comprometendo seriamente nossas chances no duelo. Fomos nos segurando como dava até os 10 minutos finais, quando fomos para o pau e aí Barrani, o nome do jogo, marcou o 3 a 2 aos 87’. Jogaço.

      Essa partida deu o ritmo para a equipe nos três últimos compromissos e vencemos Siliana (3-0), Kef (2-0) e Kasserine (3-1). Neste último duelo, tínhamos dois pontos de vantagem para o quarto colocado e precisávamos da vitória para garantir a vaga.
      O jogo foi bastante duro. Labroussi abriu o placar aos 28’ e nos colocou nas cordas, fazendo com o que o primeiro tempo fosse um suplício. No segundo tempo, eu coloquei a instrução sobrecarregar, mesma tática que usei nas últimas cinco partidas, e logo aos 57’ empatamos. Continuei com a instrução, ainda que o empate já nos garantisse na próxima fase. Aos 80’, a recompensa: gol de Aouichaoui e o desespero trocava de lado; no final, jogamos a última pá de cal nas esperanças do Kasserine com Bachouche.

       
      Calendário

       
      Classificação - Ligue 2 - Primeira Fase

       
      Ligue 2 – Grupo de Promoção
      Na segunda fase, os três primeiros dos dois grupos jogaram entre si em turno e returno, totalizando 10 jogos. E o meu cálculo foi que eu teria que ganhar seis pontos contra o terceiro da outra chave, no caso o Jendouba Sport e vencer os outros times em casa, para roubar pontos fora. Vamos aos jogos.
      A abertura foi justamente contra o Jendouba e terminamos com um empate frustrante por 1 a 1. Empates foram os resultados finais contra Djerba e Monastir (ambos por 0 a 0), este último uma evolução.
      O duelo pela quarta rodada marcou a virada na briga pelo acesso. Enfrentando o líder do outro grupo na primeira fase, o Stade Tunisien, fomos mais efetivos em um jogo muito complicado e saímos com a vitória por 2 a 0. Vale destacar que desde o final da primeira fase tenho entrado com a proposta de atacar desde o início, alterando para sobrecarregar se preciso do resultado e controlar para segurar vantagem.

      Mais um empate, desta vez contra o Gafsa e assim já somávamos quatro empates e uma vitória em cinco jogos, uma marca bem ruim. No returno, batemos o Jendouba Sport e ficamos firmes na briga pelo acesso.
      Estávamos invictos, apesar do maior número de empates e fomos encarar o Djerba, duelo em que flertamos bastante com o perigo e só conseguimos o empate (mais um!) no final dos 90 minutos. Outro empate foi o resultado contra o Monastir e assim o acesso era bastante incerto, considerando que todos os times eram de níveis equivalentes. Contra o Stade Tunisien fizemos outro jogaço e com três gols depois dos 30 minutos do segundo tempo, fizemos o 4 a 2 e ficamos muito próximos da Ligue 1. Sacramentamos o acesso justamente contra o time que mais nos deu dor de cabeça durante o ano, virando o duelo contra o Gafsa, fechando o placar em 3 a 1.

       
      Calendário

       
      Classificação
      No final das contas, terminamos na liderança da segunda fase, algo surpreendente pela primeira fase que fizemos. Valeu a pena colocar o time no ataque e invictos, fechamos esta fase com quatro vitórias e seis empates.
      No fim, fomos promovidos diretamente junto com o Stade Tunisien, deixando o Monastir para jogar o playoff de rebaixamento contra o Gabes, não conseguindo o resultado para chegar à Ligue 1. O quadro de honra da Tunísia tem tão poucos nomes que esse título foi suficiente para me colocar no top 10.

      LIGUE 1 PRIMEIRA FASE | LIGUE 1 GRUPO REBAIXAMENTO | LIGUE 1 GRUPO DO TÍTULO
       
      Elenco 
      No geral, o elenco foi bem para os desafios dessa temporada, apesar da alta média de idade, algo que é urgente corrigir para 2017/18. Na defesa, fica o destaque para Ben Frej, que conseguiu contribuir bastante ofensiva e defensivamente, do alto dos seus 38 anos.
      O meio-campo foi dominado por Barrani – eleito o jogador do ano pela torcida -, que ditava o ritmo das partidas, além de marcar ou dar passes em momentos importantes. Sua renovação é fundamental para a próxima temporada.
      No ataque, Khenissi fez o que se esperava dele e marcou 13 gols em 23 jogos, média razoável. Como perdeu algumas partidas por lesão, creio que seu desempenho ficou comprometido em alguns momentos.

      ESTATÍSTICAS
    • cheirador
      By cheirador
      O mesmo megapack do FM2016, com algumas adições e updates. Mais de 1000 imagens. 

      Método de instalação:
      1. Extraia o arquivo
      2. Coloque em Meus Documentos\Sports Interactive\Football Manager 2016 (ou 17)\graphics\pictures
      3. Abra o Football Manager 2017
      Download
      PRÉVIAS:

×
×
  • Create New...