Jump to content

Sugestão: Lei da obrigatoriedade de estádios próprios


Olimpo

Recommended Posts

A lei visa proteger o direito, tanto particular quanto público. Se alguma coisa não está direito, ali, a lei entra para fazer ficar direito.

LEI DA OBRIGATORIEDADE DE ESTÁDIOS PRÓPRIOS

Lei que obriga todos os clubes da divisão principal de futebol profissional possuírem estádios próprios (padrão FIFA) em até no máximo 5 anos, o mesmo prazo será estendido à equipe que ascender à elite do Brasileirão.

Parece impossível mas precisamos acreditar: É POSSÍVEL SIM!

O futebol, paixão nacional, já passou do tempo em que já deveria ter se modernizado. 

 

Com os altos mimos que esse esporte tem no mundo, e o todo universo financeiro astronômico que esse esporte movimenta, é inadmissível que o nosso país ainda esteja tão atrasado em todas as camadas, tanto técnico quanto administrativo. Se levarmos em conta que o Brasil é um dos maiores celeiros de craques, entre eles o rei Pelé, e toda sua côrte bem representada por Garrincha, Nilton Santos, Romário e Ronaldo, deveríamos ficar ainda mais envergonhados.

 

Sempre fomos produtores de craques e sempre seremos. Acredito que não temos falta de matéria prima do espetáculo, jogadores, sabemos fazer muito bem, e dos melhores, porém parece que o grande problema do nosso futebol está do lado de fora das quatro linhas, e esse problema já está num nível tão grave que chegamos a tomar 7 gols da Alemanha dentro de casa. Estão matando o nosso futebol.

 

É decepcionante todos os domingos pela manhã algum jogo de campeonatos europeus e de tarde ter que assistir qualquer jogo do campeonato nacional. Times de nenhuma tradição no futebol, num país de pouquíssima história e contribuição para o futebol estão jogando em seus próprios estádios e permanentemente lotados; em contraste temos clássicos do futebol brasileiro em estádios modestos e vazios.
Parece utopia mas precisamos acreditar, É POSSÍVEL SIM!

 

É possível um futebol onde não se misturam cumulativamente os exercícios de cartola e de empresário de jogador, salários em dia, menos "erros" de arbitragem, gestores profissionais responsáveis e não amadores interesseiros.

 

Talvez assim o nosso futebol volte a ter respeito, nosso futebol cause dúvidas na cabeça de novos jogadores antes de decidir aceitar propostas do exterior, os torcedores sintam prazer em possuir uma carteirinha de sócio-torcedor.

 

Uma reforma futebolística não acontece de uma noite para o dia, mas uma coisa precisa ser feito emergencialmente, senão, temo por vexames ainda maiores.

Diante da lamentável situação situação do nosso futebol, PROPONHO UM MOVIMENTO NACIONAL para aqueles que são apaixonados por futebol, torcedores, jogadores, cartolas, comentaristas e narradores esportivos, políticos e jornalistas, teólogos e ateus, todos unidos pedindo um projeto de lei que OBRIGUE os clubes da divisão principal de futebol a possuírem estádios próprios modernos em até no máximo cinco anos.

 

É inadmissível que no país de rei do futebol ainda tenhamos times tradicionais que não possuem campo próprio e CT.

 

A proposta aqui apresentada, a princípio, não visa moralizar todo o futebol brasileiro mas é colocar em discussão entre  os amantes do futebol a possibilidade de levar ao legislativo uma proposta de lei que obrigue tanto o governo incentivar quanto fiscalizar a construção e reforma de estádios para cada  clube da série A.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...