Jump to content

Grêmio 3 x 0 Novo Hamburgo


Pedro C.

Recommended Posts

Mistão do Grêmio joga fácil e atropela o Novo Hamburgo: 3 a 0

O Grêmio começou a pensar cedo na Libertadores. Nem precisou esperar acabar o jogo contra o Novo Hamburgo, neste sábado, na Arena, pela décima rodada do Gauchão. Aos dez minutos, já vencia por dois gols - e fechou com sossegado 3 a 0. Que deixa, certamente, Enderson Moreira e os torcedores ainda mais confiantes para o objetivo maior, o confronto de terça, diante do Nacional de Medellín, pelo torneio continental, também na casa tricolor. Até porque, se o time colocado em campo foi misto, a atuação teve algum requinte de equipe principal.

Seis titulares não atuaram - entre eles, Rhodolfo, suspenso -, abrindo brechas para a estreia de Pedro Geromel, nova chance a Alan Ruiz e a primeira vez como titular do atacante Dudu. O trio mais visado comprovou as expectativas e mostrou bom futebol. O gol inaugural, no entanto, foi do velho conhecido Barcos, de pênalti, seu sexto gol em sete partidas no ano. Seria do argentino o lançamento primoroso para Dudu ampliar. E, claro, não poderia faltar o toque refinado da promessa (ou realidade?) Luan para deixar Barcos sem goleiro e fechar o placar.

Agora, tudo é Libertadores. Na terça-feira, novamente na Arena, o Grêmio recebe o Atlético Nacional de Medellín, em confronto que vale a liderança do Grupo 6, uma vez que ambos venceram na primeira rodada seus rivais, Nacional-URU e Newell's Old Boys, respectivamente. O Gauchão retorna ao horizonte tricolor no sábado, quando visita o São Paulo-RS, no Aldo Dapuzzo. Mesmo dia em que o Novo Hamburgo, 11 pontos na chave, desafia o São Luiz, em Ijuí.

Massacre em dez minutos

O Novo Hamburgo parecia pressentir as dificuldades no gramado da Arena. Tanto que demorou para entrar. Precisou ser chamado pelo trio de arbitragem, ingressando no campo na hora marcada para o confronto. O Grêmio, tranquilo, já estava à espera do rival. Porque sabia que seu time misto em nada tinha de inferior. Pelo contrário. Sobravam atrações. Pedro Geromel, zagueiro brasileiro ainda desconhecido, carreira feita na Europa, enfim fazia sua estreia. O último reforço, Dudu, começava uma partida pela primeira vez. Sem contar o argentino Alan Ruiz, ainda de poucas participações, que sempre desperta a curiosidade dos gremistas.

Que fizeram valer o ingresso - 9.978 estiveram nas cadeiras, com 6.761 pagantes. Em dez minutos, dois gols. Aos sete minutos, o estreante Geromel fora derrubado por Alberto na área. Pênalti convertido por... Barcos, sempre ele. Um centroavante que também sabe ser garçom. Aos dez, deu belo lançamento para outra cara nova se destacar. Dudu desviou do goleiro e comemorou o seu primeiro gol com a camisa do Grêmio.

Luan comanda passeio e brinda Pirata

O passeio prosseguiu, está certo que num ritmo bem mais lento. Com o placar aninhado em seu colo, o Grêmio tratou de valorizar a posse de bola. E abusar das tabelas. Como num treino de luxo para a Libertadores. Dos pés do trio de meio-campistas Dudu, Alan Ruiz e Luan saíram passes precisos, de alguma beleza. E objetividade. O argentino arriscou a gol, sem sucesso. Depois, Dudu acionou Barcos, que, num giro veloz, obrigou Max a espalmar a escanteio. O Novo Hamburgo resolveu jogar a partir dos 30 minutos. Logo depois disso, Marcelo Grohe precisou entrar em cena ao rebater chute à queima-roupa de Jonatas Beluso. Aos 35, em cobrança de falta, Alberto não acertou o ângulo por centímetros.

- É bom retornar, poder jogar novamente, é o que gostamos de fazer - celebrou Grohe, que esteve fora das duas últimas partidas por dores no tornozelo esquerdo.

Quem gostou mesmo foi a torcida. Que pôde ver, no segundo tempo, uma atuação que chegou a empolgar. Toques envolventes, passes de calcanhar, lances de efeito. Que, novamente, não deixaram de ser precisos. Porque foi assim, com plástica, que o Grêmio alcançou o 3 a 0. Aos nove minutos, após receber de Barcos, Luan se desvencilha de um zagueiro e do goleiro, em drible malandro, daqueles de futebol de salão. Também venceu a batalha com a linha de fundo. Ao evitar a saída, viu Barcos sozinho na pequena área. O Pirata só encostou para as redes. Sétimo gol do centroavante, artilheiro isolado do Gauchão.

Aos 18, Luan viveu momento mais sublime. E sem fazer nada. Ou melhor, ele já havia feito tudo em campo. Foi aplaudido de pé por toda a Arena ao dar lugar a Maxi Rodríguez. O jogo poderia ter terminado ali. Um final perfeito. Mas terminaria mais adiante, sem mudança no placar. O ânimo do gremista para a Libertadores, no entanto, não poderia estar mais modificado. E para melhor.

http://globoesporte.globo.com/rs/futebol/campeonato-gaucho/noticia/2014/02/mistao-do-gremio-joga-facil-na-arena-e-atropela-o-novo-hamburgo-3-0.html

Alguém viu?

Gostei do comportamento do time. Dudu, Luan, Barcos e Ruiz jogaram muito bem. Por mim, esse quarteto deveria jogar na terça-feira pela Libertadores.

Link to comment
Share on other sites

Gostei do jogo, matou logo no início e teve boas atuações, inclusive de jogadores que ainda não puderam ser mto observados.

Link to comment
Share on other sites

Primeiro jogo do ano que posso dizer que gostei de verdade mais pela atuação do time que pelo resultado. Os 4 jogadores de frente jogaram bem demais (embora o Ruiz tenha ficado um pouco abaixo), maluco. Barcos dando assistência e fazendo gol. Luan mostrando que PARECE ser um jogador acima da média e muito frio. Dudu indo pra cima e taticamente muito bem. Ruiz tá no nível do Máxi, que são dois jogadores que aposto e que mostram algumas coisas muito boas pro futuro. Resta ver mais dos 3.

Jogo pra comprovar o que eu tinha dito: o 4-2-3-1 é o esquema que tem mais potencial pro Grêmio. Tem 4 jogadores que podem mostrar muito futebol naquela linha de 3 (5 se contarmos com o Deretti). No jogo de hoje teve tabela pelas pontas, velocidades, jogadas individuais e muita agressividade. Adiciona ai Riveros, Rhodolfo e Wendell e o time fica bem melhor.

Vou entender plenamente se o Enderson entrar com 3 volantes no jogo que vem (e espero que com Dudu, Luan e Barcos), mas é bom ver que ele tá com a ideia de ir colocando esse 4-2-3-1 pra funcionar. Acho que vamos terminar o ano jogando assim. Quanto mais tempo passar, melhor fica.

Pode não ganhar liberta, pode não ganhar brasileiro, mas se terminar o ano jogando bem, vai ser ótimo. Base pra entrar com muita força em 2015.

Link to comment
Share on other sites

Barcos tá metendo gol, sim é gauchão, mas nem isso ele fazia ano passado.

Eu tava falando isso com o meu pai... Gauchão não significa nada, mas antes fazer gol do que não fazer nada né =x

Link to comment
Share on other sites

Jogou bem, mas jogou contra um time que o Anderson Pico usa a camisa 10...

Por enquanto não acredito que o Enderson vai começar jogando sem os 3 volantes na Libertadores. Mas é bom saber que tem opção no banco que realmente pode mudar um jogo.

Link to comment
Share on other sites

Kléber nunca mais, o Luan faz todo mundo jogar bem ali na frente. O Barcos está jogando muito melhor próximo da área e com alguém pra tocar a bola, ao invés de trancar a jogada como fazia o Kleber.

Se o Enderson quiser pode tirar o Zé Roberto também, só escolher entre Alan Ruiz, Maxi e o Dudu, qualquer um será um acréscimo. Aliás, acho o estilo do Alan Ruiz bem parecido com o do velho Diego Souza.

E o Geromel sofrendo penalti com 7min de jogo? :yao:

Link to comment
Share on other sites

O Ruiz deu um passe de três dedos pro Paraginhu nas costas da zaga. Pena que o Pará é uma naba e cagou a jogada.

Link to comment
Share on other sites

Se o Kléber voltar (principalmente no lugar do Luan), vai ser o maior carteiraço dos últimos anos.

Link to comment
Share on other sites

Acho difícil demais que volte e digo mais: na metade do ano, pode tá indo embora. Uma coisa é tu não ter opção nenhuma e a torcida querer o cara lá pra jogar (a mesma coisa de Zé e Kléber). Outra é tu ter jogadores que dão resposta e a torcida começar a perceber (FINALMENTE) que os jogadores não são tão bons quanto se imagina. Kléber já tava sendo vaiado e o Zé já tem meia dúzia que tá querendo ele fora do time.

É claro que tem uns imbecis que acham o contrário. Esses dias vi um post dum cara dizendo que queria um time com: Ramiro, Zé, Máxi, Luan, KLÉBER e Barcos. Ai é pra fuder com o cu do palhaço. Muito nego sem noção.

Outro jogo que o Zé não jogou nada também, foram perguntar prum torcedor a nota dele e nego me mandou um 9, dizendo que dava muita classe ao meio campo do time hahaah.

Mas eu tenho quase certeza que o Kléber não só não volta a titularidade, como também sai do Grêmio emprestado ou vendido no meio do ano. É claro que nem sempre Esses 4, 5 jogadores que temos vão dar a resposta (faz parte, até porque são jovens e oscilam, acontece) e vai ter nego pedindo um Kléber ou Zé da vida, mas é questão de tempo até ao menos o Kléber ir embora. O Zé também é outro que tem que abrir o olho.

Link to comment
Share on other sites

Ouvindo a rádio gaúcha, não entendo como tem tanto defensor do Zé Roberto (é verdade que já não é mais unanimidade entre eles) nessa imprensa, é incrível.

Link to comment
Share on other sites

Saudades, Mário Fernandes :(

O Mário, eu acho que nunca sairia daquilo que jogava na época, a cabeça era fraca. Mas mesmo assim ele é um PELÉ perto do Pará.

Link to comment
Share on other sites

O Mário, eu acho que nunca sairia daquilo que jogava na época, a cabeça era fraca. Mas mesmo assim ele é um PELÉ perto do Pará.

E precisava mais? Maluco joga pra caralho. Aquele sim é lateral mesmo, e não ala...E chega fácil na frente, tem drible e é rápido.

Link to comment
Share on other sites

E precisava mais? Maluco joga pra caralho. Aquele sim é lateral mesmo, e não ala...E chega fácil na frente, tem drible e é rápido.

Não precisava, mas na época falavam que ele marcaria época que isso e que aquilo, não sei se tu lembra, acho que nunca chegará a mais do que já jogava, mas mesmo assim, era um baita lateral, mas acho que não superaria o Maicon e o Rafael (que são os melhores na minha opinião na posição, Daniel Alves não é lateral)

Link to comment
Share on other sites

Provavelmente o do Man Utd... Não sei o que o pessoal vê nele ou no Fábio, mas né.

Link to comment
Share on other sites

Mário é o melhor lateral do Brasil se viesse pra cá. Maluco é um puta de um jogador, rapaz. Inventaram que ele era zagueiro, mas era lateral. Da última vez que eu soube, tava jogando muito bem lá nas europa, mas é fato que não vejo ele há algum tempo.

Link to comment
Share on other sites

Pra quem elogiou a postura do time nesse jogo: agora contra o Atlético o Enderson vai entrar com o mesmo time do jogo contra o Nacional, 3 volantes, Zé, Luan e Barcos. Ao invés de entrar com Ruiz ou Dudu...

Link to comment
Share on other sites

Pra quem elogiou a postura do time nesse jogo: agora contra o Atlético o Enderson vai entrar com o mesmo time do jogo contra o Nacional, 3 volantes, Zé, Luan e Barcos. Ao invés de entrar com Ruiz ou Dudu...

3x0. :troll:

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

  • Similar Content

    • grollinho
      By grollinho
      GRENAL 441

       
      ✅FICHA TÉCNICA
      Internacional x Grêmio
      Décima rodada do Gaúcho
      Data e horário: domingo, 25 de fevereiro de 2024, às 18h (de Brasília)
      Local: Beira Rio, Porto Alegre (RS)
      Onde assistir: Premiere
       
      ⚽ PROVÁVEIS ESCALAÇÕES
      Internacional Anthoni; Bustos, Vitão, Robert Renan e Renê; Aránguiz, Mauricio, Bruno Henrique e Wanderson; Alan Patrick e Enner Valencia. Técnico: Coudet.
      Grêmio Marchesín; João Pedro, Geromel, Kannemann e Reinaldo; Du Queiroz, Pepê, Villasanti e Cristaldo; Pavón e André (Diego Costa). Técnico: Renato Portaluppi.
    • EduFernandes
      By EduFernandes
    • bstrelow
      By bstrelow
    • JGDuarte
      By JGDuarte
    • EduFernandes
      By EduFernandes
×
×
  • Create New...