Ir para conteúdo

Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

Breno Rocha

Save Online FM 2014

Recommended Posts

Breno Rocha

Alguém afim de marcar alguns dias na semana pra jogar um save online?

Faz tempo que não faço isso, deu vontade de verminar um pouco, quem tiver afim da um toque aqui =)

Qualquer coisa me adiciona lá no face: /brenodarocha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gabriel23spfc

cara , nunca joguei um online , eu topo ,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Lohan

A depender do que venha a ser organizado participarei tb

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
gnicolau10

Adiciona no Steam ai galera: NickoBR
To afim de jogar online e sempre estão trancadas as salas!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
MArinheiroCapoeira

Olá Pessoal...

Tudo bem?

Tenho um save online também..

Está muito bacana..

Jogamos de Segunda a Domingo sempre começando as 20:30h

Quem se interessar me adicione no stean ou no skyp: marinheirobrasil

abraços a todos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
miro

Add ai na Steam galera, NetoPlay, estou afim de jogar um FM Online, vlw

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Sherlockr

Add ai na Steam galera, NetoPlay, estou afim de jogar um FM Online, vlw

eaw miro, to em um save online junto com mais 7 pessoas... qualquer coisa add skype 1: marinheirobrasil

e skype 2: sherlockr17

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
MArinheiroCapoeira

SERVER SO OS MELHORES – JUNTE-SE A NÓS NO MELHOR JOGO ONLINE...

REGRAS

HORÁRIO DOS JOGOS: SEGUNDA A DOMINGO A PARTIR DE 20h30minh AS 23H00min, SENDO QUE SEXTA, SABADO E DOMINGO PODEREMOS ESTICAR ESSE HORÁRIO

REGRAS PARA O SERVER:

- O SERVER SERÁ CRIADO SEM USO DO EDITOR E COM A ULTIMA ATUALIZAÇÃO DO BRASIL UP

- TODOS OS JOGADORES AO ENTRAREM NO SERVER TERÃO QUE COMEÇAR TREINANDO UM TIME DO BRASIL INDEPENDENTEMENTE DA DIVISÃO.

- ZOAÇÃO ENTRE OS PARTICIPANTES SERÁ TOLERADO, SE VC NÃO GOSTA DE BRINCADEIRAS NÃO JOGUE...

- OS HORÁRIOS DOS JOGOS PODEM SOFRER ALTERÇÃO, MAS SEMPRE SERÃO AVISADOS COM ANTESCEDÊNCIA...

- JOGADOR QUE FICAR 3 DIAS SEM ENTRAR NO JOGO SERÁ EXCLUIDO DO SERVER....SE CASO PRECISAR FICAR DE FORA POR MAIS DE 3 DIAS COMUNICAR AO GRUPO...

- SE O JOGADOR FOR DEMITIDO, NÃO PODERÁ CRIAR OUTRO PERFIL....TERÁ QUE ESPERAR OUTRO TIME CHAMA-LO..

TEMPO USADO NO JOGO:

DE FEVEREIRO A DEZEMBRO – 1MIN

JANEIRO – 2MIN (PERIODO DE TRANSFRENCIAS)

ESCALAÇÃO PARA JOGO – 6 MIN

APÓS COMEÇAR A PARTIDA PODERÁ PAUSAR O JOGO DURANTE UM TEMPO DE ( 7 MIN)

- SÓ IREMOS INICIAR O SAVE QUANDOS TODOS ENTIVEREM PRESENTES PARA JOGAR AFIM DE NÃO PREJUDICAR NINGUEM NOS SEUS CLUBES....PODEREMOS INICIAR CASO O TREINADOR LIBERAR CONTINUAR ATÉ SUA CHEGADA

- CASO O TREINADOR NÃO POSSA JOGAR, O SERVER NÃO IRÁ AO AR NAQUELE DIA, MAS ISSO TEM QUE SER AVISADO EM ATÉ 3H HORAS ANTES DE COMEÇAR....

**EM CASO ESPECIAIS QUE NECESSITE DE MAIS TEMPO COMO NEGOCIAR CONTRATO COM ALGUM JOGADOR, CONTRATO COM SEU CLUBE, ENREVISTAS COM OUTROS CLUBES ETC FALA RAPIDAMENTE AO SKYP OU NO CHAT DO JOGO PARA QUE TODOS POSSAM PAUSAR.

PARA MAIS INFORMAÇÕES.

SKYP – MARINHEIROBRASIL

WATSAP – 31-96462498

steam: rudgebrasil

SERVER : SÓ OS MELHORES

SENHA : 555

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Conteúdo Similar

    • Henrique M.
      Por Henrique M.

      Eu descobri recentemente que é muito importante olhar para as categorias de base como um todo, e como uma parte importante de constantes mudanças e evoluções de um clube. Muitos jogadores apreciam o desafio de desenvolver suas equipes através das categorias de base mas também pode ser muito tentador focar no curto-prazo, mesmo sendo tão contraditório como parece, e ignorar o que acontece no futuro.

      Quando se trata das categorias de base, eu percebi que eu normalmente desenvolvia os jogadores como eles já estavam moldados para ser, poupando tempo e fazendo eles preparados para a equipe principal o mais rápido possível. Mas descobri recentemente que essa não é a melhor maneira de se lidar com eles e assim eu troquei minha estratégia para permitir futuras mudanças nas minhas táticas. Muitos times, na medida que crescem, vão desenvolver suas táticas drasticamente com o passar do tempo, muitas vezes a cada temporada se você deseja melhorar rapidamente.

      Ao mudar uma tática, os atributos que o treinador precisa em seus jogadores muda. No começo de uma carreira, um simples 4-4-2 geralmente é a melhor opção porque necessita de poucos especialistas e pode se obter sucesso com dois meias decentes com resistência para atacar e defender, tal qual Keane/Vieira e dois rápidos pontas clássicos. Nessa tática, não há necessidade para altos níveis de técnica, criatividade, decisões, antecipação e outros atributos altamente cobiçados, por isso é tão popular em divisões mais baixas e países taticamente atrasados (Inglaterra, estamos falando de você). O que quero deixar claro é que quando você assume uma equipe que está muito longe do topo, você busca por atributos totalmente diferentes de quando você está lutando por títulos nacionais e continentais cinco anos depois. No planejamento comercial, existe um conceito similar, chamado planejamento da mão de obra, no qual um negócio vai tentar descobrir onde ele está agora e onde estará no futuro, e quantos e qual tipo de trabalhadores eles vão precisar para cumprir o que o negócio necessita através do tempo. Isso permite que eles lentamente mudem o tipo de trabalhador que não se encaixa nos planos futuros, enquanto, eles treinam e buscam pessoas que se adequam as necessidades. Atualmente eu faço algo parecido com minhas categorias de base, meu principal objetivo é me preparar taticamente ao longo prazo e não olhar apenas para o presente.

      Geralmente existem duas filosofias que cercam as categorias de base, devo desenvolver jogadores para vender ou para usar? Para decidir qual é a melhor, olhe para o seguinte: seu clube tem projeções financeiras boas para o próximo ano ou você tem dívidas que sugam todo seu esforço? Se for a primeira, opte por usá-la, se não, pode ser mais interessante produzir jogadores para outras equipes, criando jogadores que eles necessitem e que possam pagar uma montanha de dinheiro por eles. Alguns jogadores, como Paul Pogba, são tão bons que podem se encaixar em ambos os casos (veja que os Devils de Fergie ano passado e o de Moyes atualmente choram a perda do jogador, que seria uma importante peça no atual time vermelho) e você tem a flexibilidade de decidir o que deseja fazer com ele. Mas se você desejar desenvolver esse tipo de jogador, pode acabar ficando desapontado com os resultados

      Eu sei como é fácil entrar num planejamento a curto-prazo porque recentemente eu estava fazendo isso. Em um save meu com o Schalke, o mais duradouro desse ano, eu percebi que estava desenvolvendo 4 ou 5 zagueiros de maneira similar:


      Eu tinha tantos "Zagueiros Limitados" na mesma faixa etária que eu tinha um problema com o que fazer com eles e com o que eu faria taticamente. Quando todos eles chegaram ao clube, entre a primeira e a segunda temporada, minha equipe principal estava necessitando de zagueiros fortes, bravos que poderiam receber pancadas e devolver ela com três vezes mais força, tipo Vidic. Naquela época eu tinha três defensores que "jogavam com a Bola", eram extremamente calmos com a posse de bola, mas pecavam nas disputas físicas para proteger e manter a estabilidade no nosso estilo de jogo, o contra-ataque. Todos os cinco chegaram com o potencial para serem grandes e durões "Zagueiros Limitados" e eu deixei eles continuarem seu desenvolvimento sem me preocupar com o futuro, apenas me preocupando em prepará-los o mais rápido possível para a equipe principal.

      Grande erro. Por que eu iria querer cinco jogadores no meu time que tivesse as mesma características e a mesma faixa de idade? Foi uma coisa ridícula a se fazer e agora eu tenho cinco zagueiros para uma posição e eu provavelmente só vou precisar de um ou dois deles. Um bom plano seria dividi-los em dois grupos, assim um substituiria Clark/Lucas Zen como "Defensor que joga com a Bola" - já que nenhum deles era tão ruim assim com a bola - ou melhor ainda, podia ter contratado apenas metade deles e investido em outros que pudessem suprir minha outra necessidade.


      Agora eu estou com muitos zagueiros que valem pouco porque eles competiram entre si, mesmo sem nenhuma experiência na equipe principal e ironicamente, para remediar a situação eu vou ter que gastar dinheiro num jovem "Defensor que joga com a Bola" de um clube que planejou para o futuro e produziu o que queria. E eu ainda tenho que pagar £500.000 por esse prazer.
      ---

      Link para o post original: http://www.pushthemwide.co.uk/youthdevelopment-planning/
      Autor: Jad
      Tradução: Henrique M.
      Banner: _Matheus_
    • Henrique M.
      Por Henrique M.
      Esse guia foi criado quando Fergie aposentou, então ele foi construído em volta do FM 2013, mas o seu conceito é tão atemporal que ele vale para qualquer versão do FM, de 2005 até 2050.

      Todo treinador, seja ele virtual ou real, deseja deixar um legado no seu clube. Desenvolvendo um elenco - e um elenco reserva e um elenco das categorias de base - que vai ser tão magnífico, tão cuidadosamente construído que ele será capaz de tomar conta na próxima década e levar adiante depois da sua saída. Parece particularmente oportuno, tendo em vista que um dos grandes treinadores da história se aposentou no final da temporada passada, falar desse assunto.
      Eu sempre tive interesse nos processos de desenvolvimento a longo prazo e a maneira pela qual os treinadores são capazes de olhar para o futuro e prever precisamente, na maioria dos casos, o que está por vir. A habilidade de Sir Alex Ferguson de construir e reconstruir seu elenco, antes de destruí-lo e fazê-lo ainda mais forte em resposta aos títulos e ameaças do Blackburn, depois o Arsenal, depois o Chelsea, depois o rival citadino Manchester City, é admirável.
      Fergie era fantástico pois ele era capaz de construir seus times em volta de jovens jogadores que ele saberia que seriam fantásticos no futuro. Não foi antes de três a cinco anos depois que ele vendeu grandes nomes como Ruud Van Nistelrooy, David Beckham e Jaap Stam que se tornou claro o que ele pretendia. Sempre havia um outro jogador para que ele pudesse construir sua equipe em volta e alguns outros, e assim a equipe ficava ainda mais forte. Quando Nistelrooy saiu, Tévez e Rooney vieram a tona; quando Beckham saiu, surgiu Cristiano Ronaldo; quando Stam saiu, Ferdinand assumiu seu lugar um ano depois.
      Eu joguei muito tempo com uma visão de curto-prazo (assim como Mourinho faz em suas equipes e por isso deixa um legado ruim). Obviamente eu contratei jovens jogadores, sonhando acordado com seus progressos durante os anos e sim, muitas vezes se tornaram realidade, mas isso não era satisfatório. Não é bem como eu imagino o que Ferguson e outros grandes treinadores estão/estavam fazendo em seus escritórios as três horas da tarde. É difícil imaginar qualquer grande treinador girando seus dedões impacientemente e esperando suas promessas se tornarem realidade. Muito mais fácil é imaginar eles incansavelmente construindo e ajeitando o seu elenco ideal em cinco anos, encaixando as coisas como em um quebra-cabeça.
      Então foi isso que eu decidi fazer. Eu quero um elenco em volta das minhas melhores promessas, não me importando com aqueles que não vão estar por perto quando eles estiverem no auge, focando minha política de transferências em quem pode preencher os defeitos desse "elenco dos sonhos", retirando o melhor do cerne da equipe e desenvolver uma cultura que é a prova de falhas.
      Tendo em vista toda essas descrições e exaltações das características de Fergie, não poderia escolher outra equipe que não o Manchester United, e tendo em vista a mudança de comando (e a atual fase de Moyes com a equipe), não poderia ter sido melhor escolha.
      Montando o esqueleto da equipe
      O Chelsea é o maior exemplo de um clube que teve um grupo de jogadores que montaram o esqueleto de uma equipe durante toda a década de 2000. Petr Cech, Ashley Cole, John Terry, Frank Lampard e Didier Drogba se tornaram as almas do time e eles realmente tiveram dificuldades sem ao menos um deles. Esse elenco se envelheceu, Drogba saiu, mas seus papéis no sucesso dos Blues não podem ser superestimados. Até a imprensa, que costuma ser devagar, reconheceu a importância deles.
      Eu gostaria de me apropriar dessa ideia mas de uma maneira diferente, olhando um pouco mais para baixo na hierarquia do clube, montando meu time em volta de jogadores muito mais jovens. O Chelsea tornou-se uma grande força, quando seus principais jogadores estiveram vivendo seu grande momento na carreira em conjunto e atualmente, eles sofrem muito por não ter renovado esse esqueleto. Aqui está o meu núcleo:

      Você pode sentir a ausência de grandes jogadores. Rooney e van Persie, por exemplo, e talvez, Valencia. Mas você também pode reparar que o mais velho dos jogadores escolhidos é Kagawa, tem 23 anos. Esses são os jogadores que devem ficar e brilhar ao longo dos anos, não levando em conta problemas de desenvolvimento e lesões gravíssimas. Os únicos que podem ter seus lugares ameaçados ao longo do tempo são Welbeck e Cleverley, mas eles tem potencial para ir longe e são bem melhores no FM do que na vida real (no momento).
      Isso não quer dizer que Rooney e van Persie não jogarão comigo. Eles provavelmente irão, mas não dá para construir um elenco em volta deles tendo em vista a idade do holandês e o desejo de Wayne de sair (esse guia foi escrito bem antes do Rooney renovar). O mesmo vale para Vidic e Ferdinand, eles podem ser jogadores-chaves agora e podem jogar o mesmo tanto ou até mais que os jovens jogadores, mas seus dias de serem vitais e serem recompensados financeiramente por isso acabaram.
      Uma política de transferência inerente
      Uma área aonde eu já naveguei muito é o mercado de transferências, comprando jogadores para o presente e avaliando os prospectos nesse contexto, muito aquém de saber se eles se encaixariam futuramente no meu elenco. Seria um absurdo comprar um zagueiro quando eu busco solidez na futura parceria de Jones e Smalling e que também seria um desperdício de dinheiro comprar um meia-atacante quando Kagawa é tão bom e Cleverley também pode ser posicionado ali.
      Mas existem áreas que devem ser observadas. Não temos um atacante para liderar isso tudo, não temos substituto para Evra, não temos um volante intocável e ninguém para a ponta-direita, apesar de Zaha ser uma boa opção.
      É claro que temos que pensar um pouquinho no agora. Os Devils sentiram a falta de Roy Keane por muitos anos no meio-campo e então eu trouxe Fellaini que resolve um problema recorrente, é jovem, e é o ideal para preencher a vaga em um meio-campo que já conta com Kagawa e Cleverley. Esse é o tipo de contratação dos sonhos, já que ele é bom o suficiente para ocupar o seu espaço imediatamente e não precisa aguardar um jogador de maior reputação sair para ser titular. Ele se encaixa imediatamente no elenco e na função desse artigo, um visão de futuro para a equipe. Porém, dificilmente voltarei a ter essa sorte. Eu ainda tenho uma força de ataque muito poderosa e que simplesmente não pode ser desmontada e que é capaz de continuar marcando muitos gols por ao menos mais três temporadas. Eu ainda tenho um bom lateral-esquerdo em Evra e um bom ponta-direita em Valencia.
      O que eu posso fazer é me preparar para quando eles saírem ou aposentarem, gradualmente mudando a maneira que eu trato o mercado de transferências. Vale lembrar que cada contratação tem que complementar as habilidades daqueles que já estão no esqueleto da equipe.
      O atacante, por exemplo, estará a frente de Kagawa, Cleverley e Welbeck. Essa é uma grande combinação de imprevisibilidade, agilidade e velocidade com um pouquinho de criatividade. Preferencialmente, o meu "atacante para o futuro" tem que se movimentar bastante e ser inteligente o suficiente para criar chances para aqueles atrás dele, com um pouco de presença aérea para ser competente para concluir os cruzamentos do meu ponta pela direita. (Eu ainda não sei quem vai ser o da direita, mas eu gosto de um pouco de assimetria nos meus pontas).
      Eu quero um Número 10, de forma eficaz, um tipo mais complementar. Ironicamente, esse jogador seria parecido com van Persie, uma pena que ele já esteja tão velho para esse tipo de abordagem. Nicklas Helenius parece ser uma boa opção, mas ele me parece meio velho para o projeto. Isso porque eu vou ter que esperar Van Persie passar seu auge e até lá, Helenius já estará meio velho.
      Eu decidi pelo atacante do Rayo Vallecano, Léo. Um jogador fantástico que completou apenas 20 anos agora e é um atacante muito criativo. Ele pode não ser o melhor pelo ar, mas ele tem 1,83 m e se encaixa perfeitamente nas minhas outras necessidades.

      Essas são as melhores decisões para ter uma equipe fluida taticamente e realmente entrosada no futuro. Esse tem tudo para ser um elenco devastador, porque cada jogador tem sua função complementada pelos companheiros. A imprevisibilidade de Kagawa vão ser apoiadas pelos passes de Cleverley e pelas infiltrações de Welbeck. Nosso atacante será capaz de fornecer movimentação, oportunidades e inteligência, tudo previamente selecionado para sua função. Isso é o que eu imagino que o Guardiola faz assim como Ferguson fez por 26 anos.
      Vamos falar agora de "Cultura", apesar de ser um termo mais gerencial que futebolístico eu acredito que encaixe perfeitamente no caráter, valores e acho que é um termo mais adequado que "Personalidade do Elenco" como coloca o FM. Os jogadores contratados tem que encaixar nos seguintes parâmetros:
      O primeiro grupo de jogadores são aqueles jogadores que se encaixam perfeitamente com a personalidade que você deseja criar. Nessa altura do jogo, tem que ser um Profissional Modelo ou algo do tipo; O segundo grupo de jogadores são aqueles jovens que não tem a personalidade necessária, mas que podem ser tutorados e adquirir essa personalidade de seus jogadores Sem contratações de Ravel Morrisons se você não tem Ryan Giggs para tutorá-los. Numa abordagem a longo prazo, eu acredito que a cultura é tão importante quanto vencer a liga. Eu acredito que devo construir um elenco determinado e com a personalidade certa e creio que essa é a parte central desse tipo de desenvolvimento.
      Fellaini encaixa perfeitamente nisso. Ele pode não ser o jogador mais profissional, mas sua determinação faz ele se adequar ao tipo de elenco que estou montando. É bem provável que ele seja anti-desportivo e jogue sujo, dando-nos aquela bravura que era característica dos melhores Devils dos últimos 20 anos. E ainda tem outro efeito interessante: ele inicia um efeito dominó para o próximo elenco, tutorando o próximo volante que você quiser usar.
      O novo esqueleto

      E são assim que as coisas ficam após minha primeira janela de transferências. Ainda tenho duas posições não resolvidas e dúvidas podem ser colocadas sobre Welbeck e Cleverley, mas é admissível que esse time, no seu auge e com algumas modificações, pode vencer a Champions League. Eu não estou preocupado que as coisas não estejam terminadas - eu estaria se já tivesse completado, o que me traria um grande problema em combinar esse esqueleto com os atuais jogadores de qualidade do elenco. Em alguns anos antes da aposentadoria/venda de alguns grandes jogadores, haverá a chance para que newgens surjam e ocupem os espaços ou até melhorem as posições carentes desse esqueleto.
      O desenvolvimento de um elenco deve ser a longo prazo. Mas também deve ser prazeroso, uma extensão da sua estratégia de formação de elencos. Pode levar mais tempo, e você pode ter que parar de contratar jogadores por capricho, mas é isso que cria um clube gigante.
      ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
      Link para o post original: http://www.pushthemwide.co.uk/legacy-squad-development-fm13/
      Autor: Jad
      Tradução: Henrique M.
      Banner: _Matheus_
    • Henrique M.
      Por Henrique M.

      Reflexões, ponderações e filosofias
      Antes de falar do save em si, queria aproveitar o espaço para fazer um desabafo. Parece que a cada novo FM que surge eu vou perdendo cada vez mais o contato que eu tinha com o jogo no passado, mas vejo alguns exemplos de pessoas na mesma faixa de idade, mesma faixa de afazeres ou até em faixa maiores, jogando e tendo a boa e velha conexão com o jogo. Não sei se posso culpar o jogo em si ou culpar o jogo com relação a mim. Poderia ser pessoal, mas recentemente venho me divertindo no Football Manager 2008 e poderia facilmente migrar para o Football Manager Touch, que foi minha grande empolgação com um save, tirando os playoffs de promoção com o Santarcangelo. Então acredito que o problema não é do jogo, nem da minha relação com o jogo. É do que eu quero ver acontecendo no jogo.
      Infelizmente eu escolhi um desafio que o jogo não estava disposto a aceitar nas minhas condições, era possível, mas eu precisava aceitar as condições que o jogo impunha e isso não era o suficiente, eu precisava de mais e não aguentava ver o resultado do que eu queria dentro de campo. Não ligo para derrotas, para os percalços, desde que eles ocorram com meu time atuando da maneira pela qual ele foi desenhado para atuar. Se eu me comprometo com a retranca, tenho que estar ciente do que ela causa, se eu me comprometo com o jogo ofensivo, tenho que estar ciente do que ele causa e assim por diante. A questão é que eu me comprometi com uma coisa diferente, que era o líbero, não era uma questão de tática, não era uma questão de estilo de jogo. Era uma questão de trazer uma função morta para o FM e fazê-la funcionar tanto defensivamente quanto ofensivamente, mas isso limitava meu estilo de jogo a ser puramente defensivo ou contra-ofensivo. E as equipes que tiveram grandes líberos ofensivos não jogavam exclusivamente assim e muitas poderiam ser descritas como equipes fluidas e ofensivas.
      Eu passei do estágio de querer ver um desafio impossível sendo feito por mim, passei do estágio de querer acumular títulos e fazer grandes saves em termos de troféus e vitórias. Tive um dos maiores prazeres no FM 2015 com uma equipe que ganhou 3 italianos em umas 15 temporadas, perdeu 2 vezes a Champions e até hoje sinto saudades desses momentos, pois ali eu não estava construindo a minha dinastia, ali eu estava construindo uma história em conjunto com um clube. Tinha aquele apego, tinha aquela paixão de transformar o mundo do futebol. E esse é um problema grande, não consigo fazer igual a maioria das pessoas e escolher um save simples, seguro e que seja factível de se encerrar. Eu quero o desafio de modificar a história, criar momentos que só o FM proporciona e isso acredito que vem dificultando o processo de jogar FM.
      Desafabo feito, hora de seguir adiante e tentar mais uma vez. Se falharmos, levantamos, sacudimos a poeira e tentamos de novo.
      Introdução
      No Football Manager 2014 eu tentei aquele desafio impossível, meu grande feito até hoje foi conquistar a Champions League com o Rangers da Escócia no FM 2012. Por isso, decidi apimentar as coisas e buscar o título da Champions League com outro clube britânico, só que dessa vez advindo da Irlanda. Foram lindas 12 temporadas com 10 títulos nacionais, 9 deles consecutivos e incontáveis títulos nas copas domésticas, transformando o Shamrock Rovers no maior vencedor de todas as competições irlandesas. Em nível continental, realizamos o feito que o Dundalk realizou nessa temporada, ao se tornar o primeiro clube irlandês a participar de uma fase de grupos de uma competição europeia e fomos além, chegamos até as oitavas-de-final da Champions em uma ocasião e participamos por 3 ou 4 vezes do mata-mata da Liga Europa. Porém, apesar de nunca sequer estar perto de alcançar o único objetivo do save, transformei o Shamrock Rovers, mas isso não foi o suficiente para alavancar o futebol irlandês e sem a alavancagem do futebol irlandês seria impossível chegar até o objetivo do save. Eu me frustrei com isso, encerrei o save, depois me arrependi, mas a decisão já estava feita. Contudo, nesse save desenvolvi jogadores, criei ícones e lendas do clube, inclusive consegui segurar uma gigante promessa irlandesa por mais de 10 temporadas na equipe, fazendo com que um jogador da base se tornasse um importante jogador da história da equipe. E eram essas pequenas coisas que seguravam o save, mas infelizmente, ele estaria fadado a nunca dar certo da maneira que eu gostaria.
      Por isso, no ano passado, o ggpofm traduziu e adaptou um texto sobre como tornar uma liga competitiva e eu decidi que era hora de tentar realizar o impossível novamente, porém eu incuti no erro de começar o jogo no FM 2014 e comparar as duas histórias e é óbvio que isso deu errado, pois eu me frustrava com o que ocorria e olhava e comparava com o que havia sido feito e me perguntava o que estava acontecendo e o que estava sendo feito de errado, até o ponto em que eu comecei a tentar emular as decisões do passado. Isso ruiu a tentativa.
      É hora de aprender com o passado e recomeçar um desafio diferente que é transformar uma liga com um desafio do passado, a busca do impossível. Sinceramente, espero que seja esse o combustível necessário, pois o fato de querer continuar participando ativamente da área me fez retornar rapidamente com uma história. Quando não estou contando um save, a atenção que dou a área é totalmente diferente e sinceramente, como é uma área que pulsa numa vibração interessante e revigorante, acho injusto comigo mesmo não estar aqui, mesmo que o preço seja mais uma história inacabada.
      Objetivo
      Conquistar a Champions League com o Shamrock Rovers Regras do save
      Se o jogador não serve mais para o Shamrock Rovers, a prioridade é repassá-lo para uma equipe irlandesa, mesmo que isso signifique aceitar uma oferta menor ou perder o jogador de graça. Não contratar destaques de outras equipes irlandesas. Buscar repatriar jogadores irlandeses de ligas estrangeiras. Buscar contratar jovens promessas de equipes irlandesas, com o propósito de acelerar a evolução do mesmo. Buscar antecipar a concorrência externa pelos principais jogadores da liga, evitando que jogadores de bom nível ou alto potencial saiam do país. (A única condição que permite contratar um jogador adversário que seja importante para o clube) Caso alguma nova necessidade vá surgindo, irei informar num post e adicionar aqui Histórico
      2017 - 1º lugar na Airtricity Premier League, eliminado na 1ª rodada qualificatória da Europa League
      2018 - 1º lugar na Airtricity Premier League, eliminado no Playoff dos campeões da Champions League, 4º lugar no Grupo K da Europa League
      2019 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da Leinster Cup, 4º colocado no Grupo C da Champions League
      2020 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, eliminado na 3ª Qualificatória da Champions League e nos Playoffs da Europa League
      2021 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da EA Sports Cup e 4º colocado no Grupo C da Champions League
      2022 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Leinster Senior Cup e 4º colocado no Grupo H da Champions League
      2023 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da Leinster Senior Cup e 2º colocado no Grupo J da Europa League
      2024 - 1º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, Campeão da EA Sports Cup, eliminado nos 32-avos-de-final da Europa League e 3º colocado no grupo G da Champions League
      2025 - 2º lugar na Airtricity Premier League, Campeão da Copa da Irlanda, eliminado nos 32-avos-de-final da Europa League e 4º colocado no grupo B da Champions League
    • finhaa
      Por finhaa
      Literalmente do nada.
      Joguei hoje, salvei, sai do jogo e deixei o PC dormindo (Sleep). Liguei o PC, coloquei iniciar windows normalmente, abri a STEAM e dava que meu jogo não tava instalado, olhei e estava instalado. Cliquei para instalar, ele verificou os arquivos existentes antes de fazer download, e localizou o mesmo.
      Assim, entrei no jogo e fui em "Carregar Jogo", já que iniciou como se eu nunca tivesse jogado, e para minha surpresa, fala que o save não pode ser carregado.
      Alguém já passou por isso? Vontade de jogar o PC pela janela...
    • Henrique M.
      Por Henrique M.

      Encontrei um excelente material no site britânico The Away Stand (www.thewaystand.co.uk), que trazia os melhores staffs para cada função. Pretendo usar esse tópico criado pelo membro Rico do TAS e com colaboração de Pancakes do mesmo TAS para mostrar o que procurar em cada staff para você conseguir aqueles treinos 5 estrelas. Tomem esse post não como uma indicação, mas sim um indicador de que atributos procurar em cada staff.
      Diretor de Futebol
      Bryan Robson - Livre - Aproximadamente 32 mil por mês.
      O famoso bom e barato. Apesar de ser mais velho que o desejado, ele tem uma distribuição perfeita de atributos nas mais variadas áreas. Ele vai querer ser olheiro, mas ele será melhor empregado como Diretor de Futebol.

      Auxiliar Técnico
      Mauro Tassoti - Milan - Liberação por aproximadamente 5 milhões de reais - aproximadamente entre 150 mil e 300 mil reais por mês
      Obviamente é muito caro, mas ele é o melhor auxiliar que você poderia ter. Com excelente atributos em Gestão de Recursos Humanos, Conhecimento Tático e Motivação além de muitas outras coisas. Você pode delegar ele diversas tarefas e ele se sairá bem em todas.

      Diretor do Futebol Juvenil
      Tony Carr - West Ham - liberação por aproximadamente 300 mil - aproximadamente 25 mil por mês
      É excepcional quando se trata de Trabalho com Jovens, além de ser excelente para julgar a capacidade e o potencial de jogadores. E além disso tudo, ainda tem bons atributos de treino.

      Treinador Sub-21
      Alessandro Nesta - Livre - Aproximadamente 40 mil por mês
      Grandes atributos, salário baixo, multitarefas e ainda tem um excelente Trabalho com Jovens e ele ainda pode dar uma cobertura no treino de goleiros.

      Treinador Sub-18
      Paul McGuiness - Manchester United - liberação por aproximadamente 400 mil reais - aproximadamente 70 mil reais por mês
      Jovem e que passou toda sua vida jogando no Manchester e agora tem sua chance como staff. Tem muitos anos de carreira e é excelente para fazer o trabalho com seus jovens jogadores. Além de ter alto nível em julgar o potencial dos jogadores e em Gestão de Recursos Humanos, então pode confiar seus garotos a ele.

      Preparador - Ataque
      Leão - Livre - aproximadamente 75 mil por mês
      Sim, ele mesmo. Aquele Leão que já treinou diversos clubes pelo Brasil. Ele será usado como Preparador de Ataque, mas pode ajudar em outras áreas também. Além de ter um conhecimento como olheiro interessante no Japão.

      Preparador - Defesa
      Paulo César Batista dos Santos - Livre - aproximadamente 20 mil por mês
      Um grande preparador. Apenas mais um dos grandes preparadores brasileiros do jogo, dos Santos é realmente um excelente preparador para a defesa e é muito barato. Qualquer um que consiga atraí-lo deve contratá-lo.

      Preparadores Físicos
      José Mário Campeiz - Livre - aproximadamente 40 mil por mês
      Mais um grande preparador brasileiro, Campeiz é praticamente o preparador físico que você pediu a Deus. Ele é um preparador cinco estrelas tanto para Força quanto para Aeróbico, então cabe a você decidir aonde encaixá-lo.

      Darlan Schneider - Livre - aproximadamente 30 mil por mês
      Lá se vai mais um brasileiro, o terceiro seguido, mas não podíamos deixar esse passar. Mais um preparador físico 5 estrelas, tal qual Campeiz. Porém ele é mais barato e tão bom quanto.

      Preparadores de Goleiros
      Ricardo Palmeira - Bahia - liberação por aproximadamente 250 mil - aproximadamente 15 mil por mês
      Alto nível em Goleiros junto com determinação, motivação e disciplina faz com que ele seja perfeito para a função. Porém você deve contratar um outro treinador com alto Trabalho com Jovens.

      Christopher Sales - Livre - aproximadamente 25 mil por mês
      Cai no mesmo caso de Ricardo Palmeira.

      Preparador - Táticas
      Fabrizio Castori - Livre - aproximadamente 80 mil por mês
      Um preparador tático muito bom, proficiente em Tática e possivelmente em aspectos mentais, o que é útil. Alta Disciplina e Trabalho com Jovens significam que ele ajudará a desenvolver muito bem seus jovens.

      Olheiros
      Francis Cagicao - Arsenal
      Mauro Pederzoli - Livre
      Jeff Vetere - Livre
      Michael Piwowarski - Livre
      Natal - Cruzeiro
      Budimir Vujavic - Manchester United
      Soren Lernby - Livre
      Jorge Alvial - Chelsea
      Lembrando que essa formaria o melhor conhecimento dos olheiros possível, aumentando o próprio conhecimento do clube.
      Fisioterapeutas
      David Fevre - Blackburn - Liberação por aproximadamente 750 mil - aproximadamente 50 mil por mês
      Chris Morgan - Liverpool - Liberação por aproximadamente 205 mil - aproximadamente 90 mil por mês
      Link para o post original: http://www.theawaystand.co.uk/community/blog/42/entry-126-perfect-staff-room/ (em inglês)
×