Jump to content

13º Entrevistado: Lewiks


Guest aldin

Recommended Posts

Raio-X

01 Nome: Guilherme

02 Idade: 19

03 Altura: 1,82

04 Peso: 83

05 Cidade natal: rio de janeiro

06 Cidade em que reside: rio de janeiro

07 Profissão: estudante

08 Clube do coração: Flamengo

09 Como chegou ao FManager: Não lembro

10 Uma foto para o Fmanager: Vou mandar o link você bota aqui.

IVO

1-Conte pra nós sua história mais louca.

É complicado lembrar de algo assim, não sei qual é o seu conceito de louco... mas uma história maneirinha foi a um show do rappa que eu fui quando tinha 16 anos... Uma menina lá do colégio que eu era afinzão de pegar me chamou pra ir em um show do rappa em Mangaratiba, um município meio que na puta que pariu aqui do RJ, mas ela me chamou tipo “é amanhã, eu to aqui na casa de uma amiga”, chamou por chamar mesmo, a gente estava de férias, de boberia no MSN. Eu falei “vou”, ela “duvido”, eu “então veremos”, lembro que falei pra minha mãe que ia dormir na casa de um amigo pq ia ter uma festinha na casa dele e meti o pé pra lá, 3 ônibus pegando de ponto final a ponto final, cheguei na cidade liguei pra ela e falei “to na cidade”, ela pra mim “então, eu vim aqui em angra (cidade vizinha), mais tarde eu to ai, mas a casa da minha amiga é perto do mercado do hfdshfiuoja (não lembro o nome)”, pensei “tranqüilo vou ficar por aqui, tomando uma cerveja na praia e depois meto o pé pra lá pra tomar um banho”, deu a hora que a gente tinha combinado, eu tento ligar pra ela e ouço aquela mensagem que deixa qualquer um feliz “o telefone chamado encontra-se fora da área de cob...” eu bati o orelhão (sim amigos, eu estava sem celular) e pensei logo “fudeu”, mas, malandro que sou decidi procurar o tal mercado, um paraíba que trabalhava no quiosque falou “é só você ir beirando a praia aqui e subir aquela ladeira lá, em 20 minutos você chega”, lá fui eu, feliz, cantante, passaram-se meia hora e eu não via nenhum sinal de mercado, porra nenhuma, tentei ligar do orelhão que encontrei e novamente a mensagem “animadora”, perguntei pra um candango que passava onde era o mercado “djdijfqed” e ele falou “ih rapaz, é longe, uma meia hora andando”, somando-se isso a meia hora que eu já tinha andando, ou seja, estava quase me tornando um maratonista. Andando muito puto, encontrei a porra do mercado e comecei a bater em todas as casas “é ai que mora a Thaisa?”, é lógico que Deus com todo o seu senso de humor não permitiu que eu achasse a casa certa. Confesso pra vocês amigos que sentei no meio fio e as lágrimas vieram aos meus olhos, eu a 3 horas de casa, com 40 reais no bolso, sujo, sem conseguir falar com ninguém, sem celular, mas enfim, nasci pelado, careca e sem dente, o que vem é lucro. Lembram-se daquela 1 hora que eu andei? Então, agora resolvi voltar ela, só que como descia a ladeira era pra ter demorado só uns 40 minutos, mas com fui batendo de casa em casa falando “o de caaaaasa!!” e batendo palmas, quando era atendido repetia a frase “boa tarde, vim do rio pra show do rappa, posso tomar um banho ai”, uns eram educados pelo menos ao ponto de inventar desculpas do tipo “a dona da casa não esta” (estilo aquelas que você da quando bate alguma testemunha de Jeová na sua casa), outros eram mais bizarros e caras de pau e falavam “acabou a água” (tomar no cu porra, se acabou a água como tem 200 crianças remelentas correndo pelo jardim!? Mas enfim, bola pra frente), quando eu já tinha chegado a praia e estava seriamente levando em conta a possibilidade de dar um mergulho na praia, passar um desodorante e mudar de rouba em algum quiosque, eis que eu avisto minha salvação. Uma casa, com mais ou menos umas 30942309 pessoas, uma mangueira, uma piscina de lona e um churrascão de pão de alho, lingüiça, farofa e molho, e claro tocando um pagodão sinistro. Cheguei falando manso e pedindo logo pra vovozinha gorda que tava sentada numa cadeira de praia “tia, boa tarde, vim do rio pro show que vai ter, posso tomar um banho ai?”, nisso, o que supus que seria o filho da vovozinha, um gordão com cara de borracheiro de shortinho estilo Zico e com a barriga pendurada já chegou falando “coe maluco, tem problema nenhum não, pega a mangueira ai”, quando eu vi que tava em casa já me acomodei e fiz um pedido especial, “po, posso tomar banho num chuveiro não? Vou encontrar uma mulherzinha ai” (nunca pensei que fosse preferir tomar banho na mangueira), o gordão “vai lá maluco, lá ‘tras’ (sic)”, juro pra vocês meus caros amigos virtuais, eu nunca vi algo tão pequeno e sujo ao mesmo tempo, pelo que eu percebi na entrada mais ou menos uma dúzia de pessoas habitava aquela casa e pelo que deu pra ver pelo estado do banheiro, aquele era o único, pois então, tomei aquele banho que você só lava o cu, o suvaco e a cabeça e sai (isso tudo na ponta do pé é claro) e sai, cheguei lá na frente já tinha um pratinho de molho, farofa, pão de alho e lingüiça pra mim, mandei pra dentro, agradeci a todos e aos berros de “o que precisar só voltar ai” rumei ao show, claro que não antes sem ir mais uma vez ao orelhão e ouvir a animada mensagem, me avisando que eu estava fudido. Enfim, cheguei perto do lugar comecei a ouvir algo do tipo “eiii joooe”, me desesperei achando que o show já tinha começado, comprei o ingresso e corri como um animal, achei que já estava vazio do lado de fora pq todos estavam la dentro, comprei, entrei e para minha surpresa o lugar estava vazio, quase ninguém, o que eu tinha ouvido era só passagem de som dos holdins (não sei como se escreve isso, mas vocês entenderam). Lá estava eu fudido, tinha que pegar 3 ônibus pra voltar, tinha apenas 25 reais, meio maço de cigarro e estava num lugar onde a cerveja era 3 reais a lata e ainda ia ficar por ali umas 4, 5 horas.

Daqui a pouco ouvi alguém gritar “guilheeerme”, meu coração se encheu de felicidade, era uma voz feminina, por um momento achei que Deus havia finalmente sentido pena de mim... mas quando me virei não era uma mulher, era uma portadora de buceta que estudava no mesmo colégio que eu e que uma vez eu doidão num churrasco agarrei. Agora eu estava duplamente fudido, tendo que pegar 3 ônibus pra voltar pra casa, com 25 reais, meio maço de cigarro, num lugar onde a cerveja era 3 reais a lata e eu ainda teria que ficar umas 4, 5 e com a portadora de buceta do meu lado me pertubando... não satisfeito com as gargalhadas que devia estar dando Deus resolveu me fuder mais ainda, a portadora de buceta falou, “vem aqui”, eu fui neh, não achei que podia me fuder mais ainda, ela catuca uma velha e fala “mãe, esse daqui é o Guilherme que eu te falei”, e eu lá todo sem graça, “oi, tudo bem?”, tentando imaginar o que ela tinha falado pra mãe. Com a desculpa que ia mijar dei um perdido e tive a brilhante idéia, ia ficar esperando na porta a minha amiga chegar, pelo menos ia finalmente pegar ela, a mulher não ia me chamar pra vir lá da pqp se não quisesse nada neh!? (isso foi o que eu pensei amigos), eis que depois de muito tempo eu a vejo entrando, sai igual um cavalo aos trotes e cheguei perto dela, gritando, esperniando chamando. Aquele “oi, tudo bem?” “po meu celular acabou a bateria”, ai ela “aqui, essa daqui é minha amiga, a thaisa, esse daqui é o irmão dela, esse daqui é o primo dela, e esse daqui é o fulano”, o fulano chegou antes de mim, estava de carro, encontrou antes e pegou, a outra menina estava com o irmão, então estava eu lá mais fudido do que antes pq a portadora de buceta, se eu consegui o feito de ficar doidão com 15 reais (10 eram pra voltar pra casa), eu pelo menos agarrava. Resolvi curtir o show do rappa, que é maneiro pra caralho e tal, na hora de embora, me encaminho junto com eles, e ela fala “guii, você não me ligou mais, achamos que você não viesse mais, lotamos o carro”, saiu da minha boca “não tem problema não, eu vou na mala”, todo mundo “tudo bem”, só que ninguém me avisou que era um pegeoutzinho... se fuder, fui em posição fetal na mala, ainda pararam numa blitz e ficaram maior tempão sendo revistados, graças a deus o cara não mandou abrir a mala pra revistar o carro... imagina a cena, o pm abrindo a mala e eu lá, igual um seqüestrado!? Enfim, chegamos na casa da mulher, ficamos na varanda tocando violão, quando deu de manhãzinha eu fui pro ponto pegar meus 3 ônibus para voltar pra casa jurando nunca mais pisar naquele lugar.

2-Agora conte pra nós sua história mais puta.

História puta!? O que seria isso, acho que tem a ver com putaria neh!? Não tem nada de mais assim não, teve uma vez na famosa mariuzin, era uma sexta feira não tinha porra nenhuma pra fazer, eu e meu primo com o cu coçando em casa, botamos duas balas no bolso cada um e metemos o pé pra mariuzin de Copacabana, chegamos lá (para quem não sabe o nível da mariuzin é podrão, por isso o Beliel se amarra lá, pq ele não se sente tão feio), mandamos as 2 balas pra dentro cada um, daí vocês já imaginam o estado que ficamos neh!? Lá dentro despirocados, uma mulher toda hora vinha e me pedia pra acender o cigarro dela, uma hora eu doidão falei “tenho muito mais fogo” e fiquei rindo, a piranha também ficou eu agarrei, ela foi e me apresentou a irmã gêmea, ainda soltei uma piadinha da qual eu não me lembro, mas estava na época daquela novela das gêmeas (paraíso tropical eu acho), chamei meu primo, ele foi, desenrolou e pegou a outra, lá dentro, tudo escuro, a gente com 2 balas cada um na mente, as mulheres eram boas pra caralho, quando saímos de manhã, no claro pra levar as mulheres “pra casa”, duas monstra, pior que um não podia zoar o outro afinal eram iguais aquelas porras... nem gastamos dinheiro com motel, chegou na porta do prédio das mulheres, elas falaram que morava com a avó e a gente não ia poder subir, ai ficamos naquela sacanagem no carro, acabou que comemos as duas no carro, as 8 da manhã no meio da rua, o carro todo embassado parado na frente do prédio, depois a gente saindo do carro, geral olhando, elas deram o telefone, nunca ligamos pra saber se era o número certo.

3-Conte pra mim como é o Maracanã em dia de jogo do Mengo.

Maraca em dia de jogo é sensacional, o clima antes, geral indo no trem mesmo, cantando, do lado de fora, ali no Belini todo mundo tomando uma cerveja, geral falando de futebol, depois quando você entra e vai subindo a rampa já fica todo arrepiado, é uma sensação que não tem como descrever, quando o maraca ta cheio então, todos cantando, a nossa torcida é foda, é algo que só estando lá mesmo pra saber o que é.

4-Conte um pouco sobre seus empregos.

Emprego, emprego são poucos, fiz uns estágios na época do curso técnico, ficava o dia inteiro no campo trabalhando com ovelha e depois ficava dias com aquele cheiro insuportável, trabalhei organizando e divulgando eventos, era o mais maneiro, chove mulher quando você ta nisso, e trabalhei 2 meses no RH da empresa do meu tio e com auxiliar administrativo também.

5-Conte como começou o pleonasmo: Lewikis Drogado.

Vem da mesma origem de Fábio BV, Beliel horroso, Barca Viado, Lucas Doente, André Obeso, Sotero Maia

6-TDB forever?Ou pensa em ficar sério?

Não sou pela saco igual ao Fábio, TDB 4EVER S2!!!

7-Conte sobre seus amores.

Amores é meio complicado, já gostei muito de algumas mulheres e tal, mas a que me marcou mais foi minha ex mesmo, sofri pra caralho quando terminou tudo e devo confessar que até hoje eu ainda gosto dela, mesmo ela tento me sacaneado (não me traiu, mas zuava comigo depois que a gente terminou, sabia que eu ainda queria, ai iamos, ficávamos, depois ela sumia e tal, ficava brincando comigo), mas não quero mais pq fiquei malzão, então, mesmo gostando, chega uma hora que tu vê que vale mais a pena meter o pé e partir pra outra, e sem contar que vida de solteiro é bom pra caralho... meu namoro terminou no tempo certo, antes do carnaval, deu tempo de eu ir viajar e zuar pra caralho, o que devo confessar, ajudou pra caralho, antes eu era apaixonado por ela, hoje em dia, só gosto, mas nada que não de pra conviver.

8-Conte sobre voce na escola/facul.

Quando estou afim de estudar vou, sento lá na frente, presto atenção em tudo, anoto a porra toda, agora borther, quando não to afim, te falar, me segura que eu pareço até criança de primário, sento atrás fico dando teco com elástico nos outros, fico falando merda. Mas no final, as notas são sempre boas

9-Fala um pouco sobre sua família.

Minha família é normal, como qualquer uma, tem seus problemas, suas loucuras, suas brigas, mas geral se gosta.

10-Por último fale um pouco sobre seu parceiro Ivo.

Viadão

ERIKIN

1 - Como começou a torcer pelo Flamengo? Porquê?

Desde criança, a família inteira flamenguista, não tinha como não torcer, meu pai nunca foi presente na minha vida, quem me criou mesmo foi meu padrasto, mas a única coisa que meu pai fazia era me levar pro Maraca com meu avô, desde pequeno, 5, 6 anos, me levava na Gávea, na concentração pra tirar foto com os jogadores, tenho até hoje aqui foto minha mulequinho com o Sávio, Nélio negão, Iranildo, Romáááário!!

2 - O que você pretende ser?

Esse ano eu vou fazer prova pra oficial do bombeiro.

3 - Sem preconceitos ...

Um tempo atrás você disse que teve relação com um homossexual, foi por curiosidade ou você gosta?

Curiosidade e por zuação mesmo, não acho que isso me faz menos homem ou mais homem que ninguém.

4 - O que você pensa sobre o homossexualismo?

Acho que é algo natural, cada um tem suas preferências, gente que diz que se sente agredida quanto a isso pra mim são aqueles que no fundo, no fundo mesmo, tem medo de se descobrir.

5 - O que acha da legalização da maconha?

A um tempo atrás eu era totalmente contra a legalização, por achar que acaba levando a outras drogas por mudar a visão da pessoa sobre drogas, mas com o tempo eu comecei a perceber que a porta de entrada pras drogas mesmo, é o álcool, uma pessoa bêbada acaba fazendo e experimentando o que aparecer pela frente dela, visto que a maconha é menos maléfica que o álcool e o álcool é liberado, acho que a maconha deveria ser também, mas de uma forma controlada.

6 - Do aborto?

Totalmente a favor, já tive que passar por uma situação dessas e digo, quem deve decidir isso são os pais, acho que enquanto não tiver atividade cerebral não existe porra nenhuma ali, então, faça o que quiser.

7 - Transplante de célula tronco?

Totalmente a favor também, essa porra é algo que pode beneficiar em muito a sociedade mas que ainda não foi pra frente pelo fato de em pleno século XXI a merda da igreja ainda ter influência em nossas vidas.

8 - O que espera do Brasileirão esse ano?

O melhor dos últimos anos, acho que os grandes clubes montaram times competitivos e com astros e a tendência é que no meio do ano é que se importe mais do que exporte, então acho que o nível ainda vai subir.

9 - Curte baladas? Que tipo?

Eu sou da noite, pro que me chamar eu to indo, mas prefiro as de música eletrônica, pela música, pelo nível das pessoas e mulheres que vão e por conhecer muita gente. =]

10 - Quais pratos(de comida) você mais curte?

Churrasco e Japonês.

NITROX

1. Conte um pouco sobre vc !

Se fuder, ler a porra da entrevista que da pra ver. =]

2. Vc é drogado mesmo?

Claro que não, uso as coisas que acho que vou ter controle e vou saber aproveitar, já experimentei lolo, lança, maconha, haxixe, skank, ecstasy, lsd, microponto, ghb, especial K, md, cocaína... coca é uma parada que é tensa então eu evito, cheirei no carnaval, mas antes disso a última vez tinha sido no ano novo, e antes dessa porra só na semana santa do ano passado... é uma parada que faz mal pra caralho e é viciante, então evito, agora, as drogas sintéticas que não viciam, eu tomo a rodo mesmo, que se foda... não sinto falta, uso quando eu quero, e a onda é maneira pra caralho.

3. O que gostaria de ganhar de presente de aniversário ?

Um cu, vai me dar?

4. Quanto vale uma oportunidade perdida ?

Mais do que uma que tenha sido aproveitada.

5. Tem irmã ?

Só o Beliel, que é como se fosse minha irmã.

6. Faça uma pergunta a você mesmo, e responda-a!

Por que o Nitrox faz perguntar estúpidas?

Porque ele é doente!

7. Acho que é só .

_l_

8. Ah, Qual a sua rotina ?

Acordo, estudo, almoço, vou pro cursinho, saio do cursinho vou pra academia, saio da academia vou pra casa e entro no pc, depois tomo banho e vou dormir

9. bjsmeliga;* te espero aqui em Jangada!

Espera sentaNdo!!

André Colesteiremos

1 - Pq essa raiva do Neo?

Não tenho raiva, mas ele bem que podia ser aquele índio que foi queimado em Brasília.

2 - Pq ele te chama de drogado viado?

Não

3 - Conte melhor a historia que vc pegou o carro do amigo pra levar a mina pro Motel e na volta, foi num bar, bebeu todas e bateu o carro do seu amigo.

Não foi assim seu gordo, e você sabe bem, só peguei o carro fiz tudo e na volta parei num barzinho onde sempre tem uma porrada de conhecidos, é boteco mesmo, tomei umas 3 cervejas e na hora de ir embora eu não vi a porra da Kombi que tava estacionada, arranhou a porta só.

4 - Como foi seu carnaval de 2009?

Teria sido melhor se o Beliel não tivesse cheirado meu óculos. Mas foi maneiro pra caraaalho, um dos melhores que eu já passei.

5 - Vc ainda quer bater no Beliel?

Ele já pediu desculpas e chupou minha piroca.

6 - Serio que o Beliel pediu desculpas chorando?

Uhum, e chupando meu pau ao mesmo tempo.

7 - Biovaz pega muita mulher?

Tanto quanto o Léo Áquila.

8 - PQ o Biovaz mudou depois que entrou na MOD?

Pq ele é um traíra, liso, pela saco...

BARÇA

1- Como ficou a história do óculos? O Beliel fumou mesmo?

Tava com um meliante aqui do rio que a gente tinha conhecido lá no carnaval, o Negão, Beliel foi dar pra ele, esqueceu no quarto do maluco, mas depois o cara veio falar comigo no MSN, “pó, to com seu óculos, vamos marcar uma parada ai pra eu te devolver”, acabou que o cara virou parceiro, já saiu umas 3, 4 vezes comigo.

2- E lá em Ouro Preto. Afinal, o óculos serviu pra alguma coisa pro Beliel, ou ele continuou liso?

Beliel não, Ezequiel (ahuahauah nome de coveiro da porra), botou pra fuder, qualquer porra que se mexia e tivesse um buraco ele agarrava, o mais maneiro foi a mulher com cara de emprega que o Ezequiel (ahauhaua) tava agarrando, mostrando foto de um maluco bombadão e falando “esse daqui é meu ex, vem comigo pra gente passar de mão dada na frente dele”.

3- Disserte sobre a Mariuzin.

Na moral, aquele lugar fede, só o Ezequiel (ahuahauha) pra gostar mesmo de lá.

4- E o Fábio, já tá andando de mão dada na rua? Ou continua pagando pelos serviços?

Agora ele ta andando de mão dada direto com mulher na rua, falaram que ele fica lá no centro da cidade ajudando as cegas a atravessar a rua.

OLDin

1. O que você acha de mim?

Japa do piru pequeno!!

2. O que você acha do MC Cidinho? E do Doca?

Cidinho pede clemência pq não entende o pq de tanta violência, e como geram muitas mortes e ninguém se toca, ele se apresenta com o MC Doca.

3. O alô pirão, alô alô boavistão?

Sou mais a feira de Acari.

4. Você prefere Pizza Ruth ou McDonalds?

Bob’s, afinal, lá é o lugar pra se pegar mulher.

5. O que pretende fazer até o fim do ano?

Estudar pra passar na prova pra bombeiro.

6. Por quê ninguém tá te fazendo fazendo pergunta? Medo?

Talvez.

7. Forest Gump. Você tem alguma semelhança com ele?

Me descubra!! (L)

8. Por quê parou de mentir?

EU continuo mentindo, essa entrevista toda aqui é uma mentira

9. Você se acha feio?

Achava, até conhecer o Beliel e o Fábio.

EZEQUIEL

1- Disserte sobre um pó mágico em cima de um perfume.

Um dia foi meu óculos.

2- Pq vc não consegue ficar 4 dias num quarto sem queimar o colchão, consequentemente quase o quarto inteiro?

Isso foi no primeiro dia, e eu tava doidão, você sabe, mas o importante é que apagaram o fogo a tempo de não perdermos nossas roupas.

3- Vc ficou puto quando a chave do quarto caiu da minha mão e foi parar no esgoto, igual filme?

Senti pena de vocês, parecia Zoroastro e mais algum mineiro lá.

4- Vamos tomar chumbinho?

Não, vamos cheirar o chumibinho.

5- Pq o Fábio nunca comeu ninguém sem pagar?

Sei lá, vai ver as características anatômicas dele não ajudem também neh!?

6- Partiu nana fest?

Eu to pronto, vou comprar o ingresso amanhã, você que ta peidando viadinho!!

LUCAS – PÁ

1 - Surfista zona sul soh pega sereia e surfista zona norte soh namora mulher feia?

Sim.

2 - Que tatica vai usar pra convencer o fabio a ir na micareta?

Ele já disse que não vai, ele tem medo de nem assim conseguir pegar alguém e a gente zuar ele por resto da vida.

3 - Vamo pocar pro rock em guarapa lesk?

To pronto

4 - Qual foi sua sensacao ao entrar na pedreira? O que achou do visual?

Na moral, parei e pensei “eu sou doente, fico 200 horas dentro de um ônibus pra vir aqui ficar doidão junto com essas porras que eu nem conheço”, mas a festa foi maneira pra caralhO!! E o lugar é show, um dos melhores que eu já fui até hoje.

5 - De onde vem Lewiks?

Ahh.. é da época que eu jogava RPG, eu me cadastrei no fórum no final de 2004, eu nem jogava mais essa porra, mas ainda era o cadastro de uma porrada de coisas, ai pra não esquecer, eu botei essa porra.

6 - Guilherme Rabelo...tem o cu cheio de cabelo?

Parece uma hamster atochado no meu rabo, balançando as patinhas ainda.

7 - Vai

8 - Tomar

9 - No

10 - Cu

Igualmente.

CIRILO

1: Como diria Avalone: Pergunta polêmica *exclamação, barra, dois pontos* (rs)

Conte o que realmente aconteceu sobre ter beijado homem e etc. chegou aos finalmentes ou não, brother? Todo mundo tem vergonha de perguntar, sério, o que aconteceu?

Na moral, já beijei e um pouco depois do carnaval comi um maluco, 300 reais, tomei um pramil, o pau ficou duro e join us!! Ainda encontrei o Fábio, Harter e Beliel no dia, na fundição, paguei cerveja pra geral.

2: Você disse que nessa vida só não matou, nem sequestrou. Especifique o que você já fez de errado, meu amor.

Eu nunca disse com essas palavras seu doente, mas enfim... já fiz algumas coisas, mas nada que ninguém nunca tenha pensado em fazer, furto, tráfico, apostar dinheiro em jogos, me drogas, essas paradas assim.

3: Como tá a filha daquele seu amigo que você namorou?

É minha ex, ele não era meu amigo, era conhecido, mas hoje em dia ele não vai muito com minha cara não... eu ainda gosto dela, mas a gente nem se fala mais direito, só quando nos encontramos na noite mesmo que ai é oi, tudo bem e tal... mas sei lá, as amigas dela dizem que ela também ainda gosta de mim... mas acabou o respeito dos dois, então, nem rola mais nada, é bola pra frente.

4: Próxima rave que tiver aqui em SP, partiu?

To querendo ir pra Tribe ai em julho. Bora?

Listinha

guYGiorge Cirilo

Aldin Japa doente, mas gente boa.

André Lemos Gordo escroto... ahauhaua parceirão

AndreP Retardado

Athaíde mineiro (não preciso falar mais nada neh!?)

batata-recife Tabacudo cabeça chata.

bbds

Beliel Sasson Ezequiel

Bruno

Bruno Athayde Não é mineiro, mas pra mim é como se fosse

Caduzao Muleque novo, mas gente boa.

Caio Na dele, tranquilão, parece ser boa gente

Caio Eduardo Tcholão!!

Capitão bioFa Traíra, Biovaz do caralho!!

Cesarrock9 Parceirão, gente boa pra caralho!! Passei carnaval do ano passado com esse puto, abriu as portas de casa pra mim, sendo que a gente nunca tinha se falado direito nem no fórum.

coldcase

Coutinho mineiro

d3niz acho que ele é bipolar

d a N

Danilo Henrique melhor do que muito “maduro” por ai

digoals (Diego de Andrade) tranquilão, na dele, mais velho, outra cabeça

Diogo™ Nos “conhecemos” com ele querendo marcar pra me dar porrada, mas depois ficou tranquilão, gente boa

Douglas.

Dudu Jenner™ Cachaaaça

DyeguitO

Edûúhh

EduRS

Erikin Ele era melhor quando fumava maconha

EsRibeiro®

Euclides César Paraíba gente boa!!

Fábio Menezes Eterno Advogado, esse daí não esquece a profissão um só segundo, imagino ele tentando comer o cu da namorada “amor, você poderia me conceder a permissão de introduzir meu órgão genial no seu reto?”.. HAUHAUAHUA mas é gente boa

F J Doente

Flamenguista

Gabriel Sotero Tim Maia

Galford Strife Esse é um dos que contradiz Darwin.

gfmzidane

Gui Anselmo Gente boa pra caralho!

Guilhermesxs

GuiNozaki

HaRtEr Parceirão!

Henrique M.

Ivo Junior Parceiro pra caralho, to esperando esse puto aqui no rio já a uns 2 anos.

Jeanmf_fjv

João Gilberto Deve ter vindo aqui pro Sudeste procurar emprego, ficou desempregado teve que voltar a pé pra Paraíba e agora tem ódio de todos por aqui.

JoeBM

Johann Duwe

John.

Joselito Sem Noção

Jou©

Juninho

kindin (Jonatas Pacheco)

king_of_gods O mesmo do Galford

Lέo. Gente boa, parece ser tranquilão.

Leon

Lewiks@chumbinho.com Picão!!

Lucas-FLA Pedreiro retardado!! Gente boa pra caralho, quero conhecer esse puto.

Luciano

Luís Azevedo

lukaspodolski

Luquinhas_Crazy

Mantrax ele é o pedófilo neh!?

Marcelo S. Pupilo do KoG

Masca Esse é da ala dos Beliéis!!

mmfaria tem que parar de entrar no fórum e entrar mais na namorada!

MoNTaNHa Parceiro sexual do Horsão...

Ne0 Indio botafoguense (não precisa falar mais nada neh!?)

Neto -

nitrox

Pac0 trocava idéia com ele a um tempo atrás, gente boa!

Pedro Cademartori Namorado do Vaz neh!?

PMLF

rafinha¹³ mineiro

Raimundos outro que eu tenho vontade de conhecer, muleque novo, mas tão piroca quanto alguns aqui

Ralph

raskor

Rebrov

RF17

ReGrazyan

Religião Botafogo Doente!

Salvaro – mongolóide!

Stay Heavy

th1ag0

Tricolor Campeão1

Tuna quem? Não entendi!

Vinicius Grillo Tesão!!

Vinicius Vaz / Gaúcho – outro que não é muito normal

Vitor Jaú

xTuhx

Young

zehluis

Zé Luiz Scary Piroca também, gente boa pra caralho!!

Zoroastro

Indicados

Athaíde

Bruno Athayde

Galford Strife

Link to comment
Share on other sites

Porra, Aldo teve que postar a entrevista, pqp.

Fabio ta foda heim.

FORA FABIO

Boa entrevista ALdo gostosao pinto pequeno.

So queria perdir uma coisa.

Jau, volta a organizar as entrevistas, pq o fabio so vai fuder com isso aqui, ele ta com a entrevista nas maos desde segunda e so postou hoje.

O que falei a 2 meses atras, esta se confirmando.

Link to comment
Share on other sites

Na moral, eu entreguei essa porra pro Fábio a mais de 2 semanas, ele ficou enrolando, eu tive que pedir pro Oldin postar.

Link to comment
Share on other sites

Muito boa entrevista. Destaque pra essa resposta:

5 - O que acha da legalização da maconha?

A um tempo atrás eu era totalmente contra a legalização, por achar que acaba levando a outras drogas por mudar a visão da pessoa sobre drogas, mas com o tempo eu comecei a perceber que a porta de entrada pras drogas mesmo, é o álcool, uma pessoa bêbada acaba fazendo e experimentando o que aparecer pela frente dela, visto que a maconha é menos maléfica que o álcool e o álcool é liberado, acho que a maconha deveria ser também, mas de uma forma controlada.

muito importante... falou muito bem! Parabéns! :specool:

Link to comment
Share on other sites

Gostei da entrevista.

Foi legal e empolgante.

Parabéns Lewiks.

PS: e eu ainda dou uns pegas às vezes :heh:

Link to comment
Share on other sites

Caio Eduardo Tcholão!!

Tcholão? UAHEUAHEAUHEAUHEAUE!

Lewiks é foda demais, curto pra caralho ele... Mesmo ele não querendo me dar :P

Boa Entrevista e porra, nao tinha como escrever menos na primeira pergunta? auheuae

Link to comment
Share on other sites

boa entrevista.

Link to comment
Share on other sites

1-Conte pra nós sua história mais louca.

É complicado lembrar de algo assim, não sei qual é o seu conceito de louco... mas uma história maneirinha foi a um show do rappa que eu fui quando tinha 16 anos... Uma menina lá do colégio que eu era afinzão de pegar me chamou pra ir em um show do rappa em Mangaratiba, um município meio que na puta que pariu aqui do RJ, mas ela me chamou tipo “é amanhã, eu to aqui na casa de uma amiga”, chamou por chamar mesmo, a gente estava de férias, de boberia no MSN. Eu falei “vou”, ela “duvido”, eu “então veremos”, lembro que falei pra minha mãe que ia dormir na casa de um amigo pq ia ter uma festinha na casa dele e meti o pé pra lá, 3 ônibus pegando de ponto final a ponto final, cheguei na cidade liguei pra ela e falei “to na cidade”, ela pra mim “então, eu vim aqui em angra (cidade vizinha), mais tarde eu to ai, mas a casa da minha amiga é perto do mercado do hfdshfiuoja (não lembro o nome)”, pensei “tranqüilo vou ficar por aqui, tomando uma cerveja na praia e depois meto o pé pra lá pra tomar um banho”, deu a hora que a gente tinha combinado, eu tento ligar pra ela e ouço aquela mensagem que deixa qualquer um feliz “o telefone chamado encontra-se fora da área de cob...” eu bati o orelhão (sim amigos, eu estava sem celular) e pensei logo “fudeu”, mas, malandro que sou decidi procurar o tal mercado, um paraíba que trabalhava no quiosque falou “é só você ir beirando a praia aqui e subir aquela ladeira lá, em 20 minutos você chega”, lá fui eu, feliz, cantante, passaram-se meia hora e eu não via nenhum sinal de mercado, porra nenhuma, tentei ligar do orelhão que encontrei e novamente a mensagem “animadora”, perguntei pra um candango que passava onde era o mercado “djdijfqed” e ele falou “ih rapaz, é longe, uma meia hora andando”, somando-se isso a meia hora que eu já tinha andando, ou seja, estava quase me tornando um maratonista. Andando muito puto, encontrei a porra do mercado e comecei a bater em todas as casas “é ai que mora a Thaisa?”, é lógico que Deus com todo o seu senso de humor não permitiu que eu achasse a casa certa. Confesso pra vocês amigos que sentei no meio fio e as lágrimas vieram aos meus olhos, eu a 3 horas de casa, com 40 reais no bolso, sujo, sem conseguir falar com ninguém, sem celular, mas enfim, nasci pelado, careca e sem dente, o que vem é lucro. Lembram-se daquela 1 hora que eu andei? Então, agora resolvi voltar ela, só que como descia a ladeira era pra ter demorado só uns 40 minutos, mas com fui batendo de casa em casa falando “o de caaaaasa!!” e batendo palmas, quando era atendido repetia a frase “boa tarde, vim do rio pra show do rappa, posso tomar um banho ai”, uns eram educados pelo menos ao ponto de inventar desculpas do tipo “a dona da casa não esta” (estilo aquelas que você da quando bate alguma testemunha de Jeová na sua casa), outros eram mais bizarros e caras de pau e falavam “acabou a água” (tomar no cu porra, se acabou a água como tem 200 crianças remelentas correndo pelo jardim!? Mas enfim, bola pra frente), quando eu já tinha chegado a praia e estava seriamente levando em conta a possibilidade de dar um mergulho na praia, passar um desodorante e mudar de rouba em algum quiosque, eis que eu avisto minha salvação. Uma casa, com mais ou menos umas 30942309 pessoas, uma mangueira, uma piscina de lona e um churrascão de pão de alho, lingüiça, farofa e molho, e claro tocando um pagodão sinistro. Cheguei falando manso e pedindo logo pra vovozinha gorda que tava sentada numa cadeira de praia “tia, boa tarde, vim do rio pro show que vai ter, posso tomar um banho ai?”, nisso, o que supus que seria o filho da vovozinha, um gordão com cara de borracheiro de shortinho estilo Zico e com a barriga pendurada já chegou falando “coe maluco, tem problema nenhum não, pega a mangueira ai”, quando eu vi que tava em casa já me acomodei e fiz um pedido especial, “po, posso tomar banho num chuveiro não? Vou encontrar uma mulherzinha ai” (nunca pensei que fosse preferir tomar banho na mangueira), o gordão “vai lá maluco, lá ‘tras’ (sic)”, juro pra vocês meus caros amigos virtuais, eu nunca vi algo tão pequeno e sujo ao mesmo tempo, pelo que eu percebi na entrada mais ou menos uma dúzia de pessoas habitava aquela casa e pelo que deu pra ver pelo estado do banheiro, aquele era o único, pois então, tomei aquele banho que você só lava o cu, o suvaco e a cabeça e sai (isso tudo na ponta do pé é claro) e sai, cheguei lá na frente já tinha um pratinho de molho, farofa, pão de alho e lingüiça pra mim, mandei pra dentro, agradeci a todos e aos berros de “o que precisar só voltar ai” rumei ao show, claro que não antes sem ir mais uma vez ao orelhão e ouvir a animada mensagem, me avisando que eu estava fudido. Enfim, cheguei perto do lugar comecei a ouvir algo do tipo “eiii joooe”, me desesperei achando que o show já tinha começado, comprei o ingresso e corri como um animal, achei que já estava vazio do lado de fora pq todos estavam la dentro, comprei, entrei e para minha surpresa o lugar estava vazio, quase ninguém, o que eu tinha ouvido era só passagem de som dos holdins (não sei como se escreve isso, mas vocês entenderam). Lá estava eu fudido, tinha que pegar 3 ônibus pra voltar, tinha apenas 25 reais, meio maço de cigarro e estava num lugar onde a cerveja era 3 reais a lata e ainda ia ficar por ali umas 4, 5 horas.

Daqui a pouco ouvi alguém gritar “guilheeerme”, meu coração se encheu de felicidade, era uma voz feminina, por um momento achei que Deus havia finalmente sentido pena de mim... mas quando me virei não era uma mulher, era uma portadora de buceta que estudava no mesmo colégio que eu e que uma vez eu doidão num churrasco agarrei. Agora eu estava duplamente fudido, tendo que pegar 3 ônibus pra voltar pra casa, com 25 reais, meio maço de cigarro, num lugar onde a cerveja era 3 reais a lata e eu ainda teria que ficar umas 4, 5 e com a portadora de buceta do meu lado me pertubando... não satisfeito com as gargalhadas que devia estar dando Deus resolveu me fuder mais ainda, a portadora de buceta falou, “vem aqui”, eu fui neh, não achei que podia me fuder mais ainda, ela catuca uma velha e fala “mãe, esse daqui é o Guilherme que eu te falei”, e eu lá todo sem graça, “oi, tudo bem?”, tentando imaginar o que ela tinha falado pra mãe. Com a desculpa que ia mijar dei um perdido e tive a brilhante idéia, ia ficar esperando na porta a minha amiga chegar, pelo menos ia finalmente pegar ela, a mulher não ia me chamar pra vir lá da pqp se não quisesse nada neh!? (isso foi o que eu pensei amigos), eis que depois de muito tempo eu a vejo entrando, sai igual um cavalo aos trotes e cheguei perto dela, gritando, esperniando chamando. Aquele “oi, tudo bem?” “po meu celular acabou a bateria”, ai ela “aqui, essa daqui é minha amiga, a thaisa, esse daqui é o irmão dela, esse daqui é o primo dela, e esse daqui é o fulano”, o fulano chegou antes de mim, estava de carro, encontrou antes e pegou, a outra menina estava com o irmão, então estava eu lá mais fudido do que antes pq a portadora de buceta, se eu consegui o feito de ficar doidão com 15 reais (10 eram pra voltar pra casa), eu pelo menos agarrava. Resolvi curtir o show do rappa, que é maneiro pra caralho e tal, na hora de embora, me encaminho junto com eles, e ela fala “guii, você não me ligou mais, achamos que você não viesse mais, lotamos o carro”, saiu da minha boca “não tem problema não, eu vou na mala”, todo mundo “tudo bem”, só que ninguém me avisou que era um pegeoutzinho... se fuder, fui em posição fetal na mala, ainda pararam numa blitz e ficaram maior tempão sendo revistados, graças a deus o cara não mandou abrir a mala pra revistar o carro... imagina a cena, o pm abrindo a mala e eu lá, igual um seqüestrado!? Enfim, chegamos na casa da mulher, ficamos na varanda tocando violão, quando deu de manhãzinha eu fui pro ponto pegar meus 3 ônibus para voltar pra casa jurando nunca mais pisar naquele lugar.

muito bom... não via coisa assim a muito tempo! uhahuahuauhauau muito bom mesmo, quem não leu, leia... vale a pena!

Link to comment
Share on other sites

Tuna paga pau.

Tb te amo Lewisk!

Muito boa entrevista, teve poucas perguntas de novo... Vou ver se na próxima vez eu participo

Link to comment
Share on other sites

História comédia pra caralho.

EHAUEHUAHUEAHUEHUAHUEA

Boa a entrevista e FORA FÁBIO!

Link to comment
Share on other sites

"(...)deu a hora que a gente tinha combinado, eu tento ligar pra ela e ouço aquela mensagem que deixa qualquer um feliz “o telefone chamado encontra-se fora da área de cob...” eu bati o orelhão (sim amigos, eu estava sem celular) e pensei logo “fudeu”, mas, malandro que sou decidi procurar o tal mercado(...)"

AUHAUHAUHAUHAUAUHAUHAUHAUHUHAHAUHAAHU

Muito boa entrevista!

Link to comment
Share on other sites

Lewiks malandreeeenho, gostei da entrevista.

O seu ponto de vista sobre a legalização da maconha é exatamente o mesmo que o meu cara, inclusive em relação ao alcool. A diferença é que nao tenho tanta experiencia no ramo como vc, só maconha, cocaina, bala e doce mesmo. Mas isso é passado, vamo nos ater ao presente :P

Ninguem consegue explicar a sensação de ver o time de coração jogando no estadio, é impressionante.

Beijo gatinho, parabens pela dissertação de vossas ideias. Tu é cabeça boa, apesar dos pesares.

Link to comment
Share on other sites

HUEAHUAEHEAUHAEUEA

Curti a entrevista !:D

Link to comment
Share on other sites

Porra, nem li a entrevista, mas a história mato a pau. UEHAUEHAUEHAUEHUE

Link to comment
Share on other sites

  • General Director

AUEHUAEHUAHEUHAEUHAEUAHEUAHEUHAE... sensacional brother, mesmo sendo curta (em relação às outras).

Rachei o bico com as histórias, hahahaha! :lol:

:thumbsup:

Link to comment
Share on other sites

É verdade Léo, as historias foram boas demais... Pô, é de respeitar como impõe sua opinião sobre assuntos polemicos como drogas e homosexualismo por exemplo. Bacana. :thumbsup:

Link to comment
Share on other sites

Vão se foder bando de filho da puta.

pode brincar com oq quiser, agora ficar de merda com a minha virgindade ninguém vai não.

já saí do rio de buzão pra comer puta na argentina.

já sai do rio pra recife varias vezes só pra ver dar umazinha e voltar no dia seguinte.

ano passado fui de carro até natal ver uma mina.

Não vem querer falar do meu amor ao sexo não que o bicho pega aqui nessa porra,

Pago todo ano uma fortuna de PPV pra não perder uma fodazinha sequer no ano.

ninguem aqui come mais mulé do que eu. Pode até ser igual, mais eu duvido.

Num fode porra...

vão tomar no cu.

vo sair dessa merda que to afim de me estressar não.

Link to comment
Share on other sites

Heuuehuehuehuheuheheuhehueheuheu

Da-lhe Fabio!

:groupwave:

Link to comment
Share on other sites

Porra, nem li a entrevista, mas a história mato a pau. UEHAUEHAUEHAUEHUE

AHN? :P

Vão se foder bando de filho da puta.

pode brincar com oq quiser, agora ficar de merda com a minha virgindade ninguém vai não.

já saí do rio de buzão pra comer puta na argentina.

já sai do rio pra recife varias vezes só pra ver dar umazinha e voltar no dia seguinte.

ano passado fui de carro até natal ver uma mina.

Não vem querer falar do meu amor ao sexo não que o bicho pega aqui nessa porra,

Pago todo ano uma fortuna de PPV pra não perder uma fodazinha sequer no ano.

ninguem aqui come mais mulé do que eu. Pode até ser igual, mais eu duvido.

Num fode porra...

vão tomar no cu.

vo sair dessa merda que to afim de me estressar não.

HUUHSAUHAHUASUHASUHSUHUHAUHSUHSUHSUHASUHHUSHASHASU

:groupwave: :groupwave: :groupwave: :groupwave:

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Fábio Menezes Eterno Advogado, esse daí não esquece a profissão um só segundo, imagino ele tentando comer o cu da namorada “amor, você poderia me conceder a permissão de introduzir meu órgão genial no seu reto?”.. HAUHAUAHUA mas é gente boa

ZOZAKOPZAKOPZAOPKZAOKPZAOPKAZOPKZAOPKZAOPKZAOPKZAOPZAOPAOPOPZAOPZAZAKOPZAPOKZAKOAZKPAOKPAO

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...