Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Henrique M.

Como funciona o sistema de treinos no FM 2019?

Recommended Posts

Henrique M.

7GYEYTe.png

O sistema de treinos no FM 2019 foi uma das grandes novidades da edição desse ano. É uma mudança que os fãs da série vem pedindo há muito tempo e com bastante barulho. O novo sistema de treinos no Football Manager 2019 é uma versão mais complexa do que estávamos acostumados a ver nas edições anteriores do jogo. Se você estiver jogando uma versão antiga do jogo, o novo sistema pode gerar confusão, já que não funciona como nas versões anteriores. Portanto, para o FM 2019 nós precisamos reaprender como os treinos funcionam.

O primeiro grande erro que você pode cometer com o novo sistema é compará-lo com as versões passadas. Não importa quão bem ou mal você achava que conhecia o antigo sistema, esqueça tudo e olhe para os treinos no FM 2019 com olhos de iniciantes, se não, você irá ter muitas dificuldades.

Nos últimos anos, a Sports Interactive recebeu muitas críticas da comunidade de jogadores por não se importar com as coisas e por ser vaga a respeito das funcionalidades dos jogos. Mas nesse ano, eles mudaram a filosofia e estão melhorando o relacionamento com a comunidade em geral. Nesse ano, principalmente Miles Jacobson, Marc Duffy e Seb Wassell passaram a fornecer as informações mais facilmente para os criadores de conteúdo.

Em especial, Seb Wassell merece muitos créditos em cima dos novos treinos no FM 2019 e também na ajuda que tem fornecendo na transição do antigo sistema para o atual. Esse guia não existiria sem o seu auxílio. Ele respondeu nossas dúvidas e nos deu informações que não existiriam sem sua ajuda.

Entretanto, antes de mergulharmos no guia, é importante ressaltar que o novo sistema de treinos é muita mais realista que as versões anteriores. Isso significa que não é sobre encontrar números mágicos quando se trata do desenvolvimento de jogadores e as coisas serão muito mais lentas em termos de desenvolvimento se comparadas com a antiga "fórmula". Agora será mais raro ver jovens jogadores com atributos maximizados em idades mais tenras. O mesmo é válido para o ganho de personalidade, esse também serão mais lentos. Essa provavelmente será uma grande mudança para a maioria e será necessário algum tempo para adaptar.

Mentoria e treinamento

Com o lançamento do Football Manager 2019, vimos grandes mudanças em como treinamento e mentoria (anteriormente tutoria) funcionam. O FM 2019 deu um passo adiante com relação a realidade em como esses dois sistemas funcionam dentro do jogo mas ao mesmo tempo, nos livrou das complicações das versões anteriores do jogo. Isso significa que não precisamos mais nos preocuparam com o que ocorre debaixo do capô e acima de tudo, podemos nos focar nos aspectos do jogo. Nas versões mais antigas, parecia mais com uma adição de números para achar a fórmula perfeita e quando você encontrasse esse número mágico, você não iria falar.

Agora, contudo, isso tudo mudou. Por isso, agora iremos dar uma olhada nos dois sistemas e discutir as mudanças e o que elas significam para todos jogando o Football Manager 2019

Mentoria

A mentoria substituiu a tutoria, como a conhecíamos nas versões anteriores. É similar no que ela faz aos seus jogadores mas a forma como funciona é muito diferente. Enquanto muitos sabiam que a personalidade era supostamente apenas uma parte da equação geral para um jogador atingir o seu potencial, era muito simples chegar lá se o jogador tivesse a personalidade certa. Normalmente isso podia ser alcançado apenas jogando normalmente. Quer você admita ou não, não era uma maneira muito realista e era quase uma maneira de explorar as mecânicas do jogo.

Tudo parecia muito fácil, já que estávamos derrubando o sistema e era muito simples ter muitos jogadores com atributos maravilhosos para suas idades. Enquanto deveria ser possível ter jogadores com bons atributos em idades mais jovens, não deveria ser tão frequente quanto era. Logo, mentoria é o que temos agora e ela apresenta uma abordagem mais realista enquanto segue mais ou menos como funciona na vida real. Muitos queriam essas modificações ao longo dos anos e agora nós temos.

Agora é necessário para de pensar em como as mecânicas funcionam, já que a Sports Interactive mudou para um caminho em que devemos pensar nas coisas de uma maneira mais realística. O que é justo e a abordagem correta. Com isso em mente, é extremamente improvável que os atuais cálculos serão descobertos novamente, portanto, não esperem o surgimento de uma fórmula mágica. E se você ver alguém falando sobre porcentagens ou de exatamente como funciona internamente, saiba que isso é falso. Apenas a Sports Interactive sabe dessas coisas agora.

Como a mentoria funciona?

Enquanto o antigo sistema de tutoria era mais fixada em um conjunto fixo de regras, as novas opções de mentoria são mais orgânicas e realistas. Isso é refletido dentro do jogo com sugestões através de conselhos e dicas. O jogo nos dá um feedback muito melhor sobre o que afeta o ajusta de personalidades e mostra isso para o jogador de uma maneira clara.

Os jogadores precisam estar treinado juntos para mentorarem um ao outro, assim como passando tempo em conjunto fora dos treinos. Isso significa que os jogadores tem que estar no mesmo elenco. Você não pode mais ter um jogador do time principal tutorando um jogador do sub-18. Agora eles tem que estar treinando juntos no mesmo elenco. Logo ou você rebaixa o jogador do time principal ou promove um jovem jogador para o time principal de forma a criar uma unidade em que ambos possam participar.

Quando você estiver tentando influenciar os jogadores, o sistema do jogo irá olhar para as seguintes coisas:

  • Idade do potencial jogador influenciado;
  • Número de jogos no time principal do potencial jogador influenciado;
  • Diferenças na hierarquia entre os jogadores;
  • Grupos sociais existentes entre os jogadores (em suma, o quão compatíveis eles são);

Não existe uma idade limite em termos de mentoria. A idade funciona da mesma forma como os outros fatores, impactando qual a probabilidade do jogador ser influenciado naquele momento.

Se o jogador preenche os critérios acima, é mais provável que o jogador influenciado tenha sua personalidade modificada para a dos mentores. Se o jogador que está sendo mentorado não preenche nenhum dos critérios, então não existe chances de ocorrer um ajuste de personalidade. Se existe uma chance de ocorrer um ajuste de personalidade, então essa chance é potencializada se eles estirem no mesmo grupo de mentoria ou unidade de treino (portanto, é importante colocar zagueiros para mentorar zagueiros, atacantes para mentoras atacantes e assim por diante).

Os jogadores ainda podem ser influenciados pela personalidade do time e pela personalidade dos outros jogadores que estão no mesmo grupo social deles, assim como no Football Manager 2018. Você deveria dar uma olhada nos grupos sociais e observar quais jogadores estão em quais grupos, já que você pode descobrir se eles estão sendo influenciados positivamente ou negativamente pelas diferentes personalidades. É improvável que seu capitão será arrastado para baixo por outros jogadores do clube, mas não é impossível se a combinação se a combinação de critérios sugerir que seu capitão seja influenciado por outros.

Outra novidade no FM 2019 é que aquela opção de dar boas-vindas a uma nova contratação agora também serve para criar uma espécie de mentoria um-para-um entre a nova contratação e o jogador que irá recebê-lo.

Os jogadores ainda podem passar características (MPJs), se o individuo compartilha uma posição similar aqueles que estão na unidade de mentoria.

A Mentoria é mais lenta que o antigo sistema de tutoria. Você não deve esperar que um jogador não-profissional se torne profissional da noite para o dia, ou até mesmo ao longo alguns poucos meses.

Treinamento

O novo sistema de treinos no FM 2019 parece complicado mas é fácil de entender depois que você se acostuma com como ele agora funciona. Os treinos agora influenciam o quão bem seu time joga com sua tática. Os programas de treinos podem influenciar a familiaridade tática dos jogadores com os sistemas táticos e providenciar certas vantagens para as partidas seguintes. A sua tática primária agora define a identidade tática do seu clube, o que ajuda a determinar quais tipos de treinos planejar.

Então, se você adotar o "Tiki Taka" como estilo tático, enquanto nada lhe impede de adotar uma abordagem equilibrar nos treinos, um planejamento focado nos atributos que ajudam a executar melhor o estilo escolhido irão ser mais positivos para o time. Naturalmente, a última opção demanda mais tempo e um pouco mais de planejamento.

O FM 2019 provê aos treinadores uma maneira mais orgânica de treinos, onde eles podem decidir o que focar ao longo de uma semana. Até por isso, times semi-profissionais e amadores tem um cronograma reduzido para refletir o fato de que eles tem consideravelmente menos tempo de treinos que os times profissionais. Os elencos de base também tem seu próprio cronograma, mas eles podem ser treinados da mesma forma que o time principal, se assim for desejado.

Novos elementos dos treinamentos

Cada dia é dividido em três sessões de treinos: sessão 1, sessão 2 e sessão extra. E existem sete dias na semanas, o que lhe fornece um máximo de 21 sessões de treinos. Como treinador, você é livre para deixar o treinamento sob o comando do seu assistente técnico, ou você pode criar um cronograma específico. Essas são algumas limitações que você irá encontrar caso opte por criar o seu próprio cronograma de treinos no FM 2019:

Sessões

  • Cada sessão tem um número máximo de vezes que pode ser adicionada em uma semana de treinos;
  • O máximo para uma mesma sessão é sete. As exceções a isso são: Preparação do jogo, Recuperação, Prévia do Jogo, Revisão do Jogo, Descanso, Cobranças de Pênaltis, Atividades Comunitárias e Coesão da Equipe;
  • A revisão do jogo requer um Analista de Dados e recuperação requer um fisioterapeuta, cientista do esporte ou doutor;
  • Prévia do Jogo e Revisão do jogo só podem ser selecionadas em dias adjacentes a uma partida;
  • Toda sessão é feita em cima de alguns "impactos": atributos, familiaridades táticas e efeitos para a próxima partida. Atividades extracurriculares também impactam a confiança dos fãs e o moral.

Regras para o dia do jogo

  • Todas as partidas ocupam a sessão 2, não importa a ora do jogo. Realisticamente, o dia inteiro é dedicado a uma partida;
  • Quando você estiver criando o seu próprio cronograma, apenas a sessão 2 pode conter um jogo;
  • Todo dia de jogo padrão, seja aqueles incluídos nos templates ou quando adicionados em um cronograma customizado, tem as seguintes sessões: Descaso, Previa do Jogo e Recuperação.
  • Tudo menos a sessão 1 e a sessão extra de descanso são editáveis, mas eu não recomendaria trocar as sessões de recuperação ou Prévia do jogo, já que essa contém o briefing tático;
  • A sessão 1 antes do dia do jogo não tem regras, varia baseada no template;
  • Se a partida é fora de casa, as sessões de descaso podem virar sessões de viagem;

Regras para as sessões de viagem

  • Uma viagem irá ocorrer se a partida é fora de casa e a distância entre os estádios for superior a 24 km;
  • Existem dois tipos de viagem: Curta e Longa;
  • Viagens curtas significam durante a sessão 1 e sessão extra antes e depois do jogo;
  • Viagens longas significam viajar durante a sessão 2 do dia antes do jogo e sessão 1 depois da partida;
  • Quando a viagem ocorre em um slot que anteriormente tinha algo além de descanso, o que só ocorre na pré-temporada ou em cronogramas customizados, a sessão será substituída.

Partidas adiadas ou modificadas

  • Por padrão, todos os templates tem uma versão 0, 1 e 2 de uma partida. Elas são aplicadas conforme apropriado. O treino de jogo ocorrem nos dias em que são aplicáveis;
  • Por padrão, os dias de jogo em todos os templates são Sábado (1) e Terça-feira (2);
  • Se a partida ocorre em um dia além desses, ou é adiada, o seguinte ocorre: O dia de jogo e todas as sessões requeridas são movidas para o dia apropriado; o dia que estava anteriormente planejado é distribuído ao longo da semana; os dias subsequentes também são distribuídos, preenchendo o dia de jogo anterior e abrindo espaço para a nova data enquanto mantém o estilo do cronograma;
  • Se existe três ou mais partidas em uma semana, é utilizado um cronograma especial para excesso de jogos;

Impactos

Existe uma carga geral de treinos que é o efeito cumulativo das atividades física do jogador durante um período de tempo específico. Ao longo do processo de treinos no FM 2019 você tem que tentar equilibrar a carga geral de treinos, com o foco individual, o número de jogos e a intensidade dos treinamentos. Seu time médio irá lhe alertar se você estiver exigindo muito de um atleta e você será informado dos níveis de treino dele.

Você pode aumentar a intensidade do treinamento ajustando os programas ou adicionando programas mais intensos para que a intensidade diária passe dos 100%. Quando isso acontece existirá mais risco de lesões, cansaço, e condições físicas piores.

Vale lembrar que enquanto é bom ter três ou mais táticas, adicionar mais táticas secundárias significa que seu time demorá mais tempo para adquirir familiaridade total com todos os sistemas.

Unidades de treinamento

Um elenco é dividido em três unidades para os fins dos treinos. Essa são a Unidade Ofensiva, Unidade Defensiva e a Unidade de Goleiros. Quando bolas paradas são treinadas, os cobradores de faltas, como designados em suas táticas, temporariamente forma uma unidade própria.

Como treinador você irá decidir quem pertence a qual unidade para fins de desenvolvimento nos treinos. Enquanto um treino especificamente trabalha o desenvolvimento de atributos para apenas aquela unidade, os outros irão passar tempo treinado no desenvolvimento de atributos relativos a sua função específica. A unidade que é o foco primário da sessão é a que sofrerá o maior impacto.

Por exemplo, na sessão de treino Defender Bolas Rasteiras, o trabalho e desenvolvimento de atributos é focado na unidade defensiva, enquanto as unidades ofensivas e de goleiros focam no desenvolvimento de suas funções individuais. Nesse exemplo, o desenvolvimento da unidade defensiva é focada em um conjunto específico de atributos, enquanto no restante dos jogadores é menos e mais focado em atributos relativos à sua função. Na sessão Atacar pelas alas, a unidade ofensiva ataca a unidade defensiva. A unidade ofensiva é o foco dessa sessão, logo recebe uma maior atenção dos preparadores.

É importante entender como as unidades são organizadas quando você quer desenvolver seu próprio cronograma de treinos no FM 2019, já que isso impacta o desenvolvimento dos jogadores.

Temos algumas estratégias que você pode usar quando compreender como dividir seu elenco em Unidades. Além disso, dois exemplos serão fornecidos sobre como você pode abordar o treinamento com base no que você quer alcançar:

Estratégia equilibrada

Você opta por não atribuir funções específicas, deixando os jogadores em funções genéricas como o meia central, por exemplo. Quando você divide o time, você não distribui funções específicas deixando que o jogo assinale o desenvolvimento de atributos baseado nas funções que você tem utilizado nos seus jogos.

Enquanto isso pode funcionar, é genérico e não cria nenhuma identidade tática para o clube. Se você acredita que isso pode gerar a identidade tática que você deseja, então nada lhe impede de utilizar esse caminho.

Estratégia baseada em funções

Nessa estratégia você observa cada jogador e define suas funções com a meta de vê-los se tornarem melhores dentro de uma estratégia tática geral. Essa abordagem também inclui focos específicas para fortalecer certas áreas do desenvolvimento de um jogador.

Aqui você está criando um identidade tática específica para o seu time, entretanto, a identidade tática do seu time pode ser refinada, se você entender os estilos que você está tentando alcançar. Aqui é onde a ligação entre táticas e treinos começa a existir.

Existem diversas estratégias que você escolher e o jogo vem com estilos táticos pré-definidos para te ajudar a começar. Assumindo que você deseje adotar o Tiki Taka como seu estilo tático, quando você vai ao cronograma e quer criar um específico para o seu estilo de jogo, já existem cronogramas padrões que te ajudam a desenvolver atributos nessa direção.

Jogadores mais experientes podem facilmente adaptar esses estilos em seus próprios ou criar um estilo tático do zero e depois desenvolver estratégia de treinamentos especificamente desenhas para eles. Essa é uma abordagem extremamente especializada, entretanto, para conseguir resultados, alguém tem que entender completamente nas condições sob as quais está trabalhando.

Avaliação dos treinos

Para manter controle sobre a performance dos jogadores nos treinos no FM 2019, cada jogador é atribuído com uma nota que vai de 1 a 10. Essa avaliação é direcionada a sua performance num período de sete dias. Geralmente, qualquer valor acima de 6,5 é considerado aceitável pelo jogo. Mas você pode fazer suas próprias decisões do que é aceitável ou não.

A avaliação dos jogadores é feita de algumas coisas, incluindo desenvolvimento de atributos e moral. Enquanto não afeta diretamente a performance em uma partida, um jogador que está desenvolvendo bem e tem um moral mais alto, logo uma avaliação de treino elevada, irá ir bem durante uma partida (relativo a sua própria habilidade, é claro).

Foco individual no treinamento

Cada jogador pode ser atribuído a uma posição, função ou tarefa para ser treinado e isso irá determinar quais atributos serão desenvolvidos. Você também pode assinalar treinamento individual extra e controlar a intensidade que um jogador deve treinar. Isso é chamado de Foco Adicional.

Untitled-1.png.890f7868d4b46aefb3d2737a324098cf.png

O nível de intensidade do treino do time inteiro pode ser determinado na aba de descanso. Nela você pode automatizar a intensidade baseada na condição física dos seus jogadores.

Quando um jogador tem uma carga individual de treino média, ele pode fazer uso de um treino de foco adicional, desenvolver alguma característica (MPJs) ou ter sua intensidade de treino aumentada. Quanto mais profissional um jogador for, maiores a chances de ele se dar bem com uma carga extra de treinos.

Existem diversas partes no sistema de treinos agora, mas a parte dos atributos colabora para o desenvolvimento em áreas específicas, portanto, quanto mais tempo gasto em um atributo, maiores a chance de desenvolvê-lo.

Existem quatro tipos de programas de treinamentos que focam no desenvolvimento sobre diversas áreas. Alguns programas de treino melhoram a familiaridade tática ou atributos de um jogador. Outros podem focar especificamente em um certo grupo de atributos. E finalmente, existem aqueles que não melhoram nenhum desses, mas focam na melhoria do condicionamento do jogador, trabalhando em cima da Condição de jogo, cansaço, etc.

Se você achar que um jogador precisa melhorar em uma área específica, como cabecear, por exemplo, e isso não for coberto por nenhum dos focos individuais, então você pode ter que ajustar o seu regime de treinos para incluir várias sessões que incluam o cabeceio como um alvo de melhoria. Nas versões anteriores do jogo, ser capaz de fazer isso especificamente era irreal. No FM 2019, você precisa montar suas unidades ou o sistema de treinos para incorporar isso, para que o cabeceio do seus jogadores melhore. Um exemplo de um regime de treinos que melhora isso, é o treino de "Jogo Aéreo".

Tipos de treinamento coletivo

Os quatro tipos de treinamento podem ser divididos em: Treinamento Geral, Treinamento de Unidades, Treinamento de Condicionamento e Treinamento Específico.

  • Treinamento geral: São regimes de treinos que cobrem uma ampla área do desenvolvimento, incluindo, mas não limitada à uma vasta extensão de atributos e familiaridade tática. Alguns exemplos são Global, Jogadores de Campo, Físico, Atacante, Defesa e Tácticas.
  • Treinamento de Unidades: são regimes de treinos que dividem o elenco nas unidades defensiva e ofensiva e trabalham diversas aspectos do jogo, cobrindo um desenvolvimento mais específico de atributos, que podem incluir a familiaridade tática. Alguns exemplos são Formato Defensivo e Movimento Ofensivo.
  • Treinamento de Condicionamento: são regimes de treinos que não focam no desenvolvimento de atributos, mas focam na melhoria do condicionamento físico, cansaço, condição de jogo, coesão da equipe e felicidade. Alguns exemplos são Atividades Comunitárias, Coesão da Equipa e Ritmo de Jogo.
  • Treinamento Específico: são regimes de treinos que não incluem a familiaridade tática no desenvolvimento de atributos, mas faz um trabalho mais específico em cima de certos atributos. Alguns exemplos são Livres Ofensivos, Livres Defensivos e Pênaltis. 

Impacto do treino

Quando você escolhe qualquer regime de treinos, você precisa checar quem o treino irá afetar. Isso é facilmente encontrado ao fazer uma avaliação minuciosa de qualquer regime disponível. Assumindo que você deseja designar uma sessão de treinos para seus Goleiros, e quer trabalhar o Jogo de Mãos, é só ir no calendário, selecionar a opção e observar o impacto que ele terá.

372463213_Juventus_Calendrio.thumb.png.ca94c238bfddf18cd0bcd54204f91a44.png

Se escolhermos esse regime de treinos, a unidade de Goleiros irá receber 60% do benefício do treino em atributos como Jogo de Mãos, Alcance Aéreo, Concentração e Equilíbrio. O resto do elenco será dividido nas unidades Ofensiva e Defensiva, que receberam os 40% restante, divididos em 20% para cada unidade. Caso você não esteja trabalhando nenhuma função específica em um jogador, ele trabalhará na posição em que normalmente joga.

Criando regimes de treinamento interessantes

O objetivo de qualquer treinador é combinar regimes e programas de treino para dar as melhores condições para seus jogadores absorverem o estilo de jogo e se desenvolverem. Muito dos estilos táticos que existem no jogo já vem com seus próprios regimes e programas de treinos. Se você deseja fazer o seu próprio, entender como eles foram montados é uma boa maneira de começar.

Com isso, ficou bem mais fácil deixar sua equipe pronta para o que você deseja implementar. Por exemplo, ao assumir o comando de uma equipe que acabou de subir para a elite do seu país, pode ser uma boa ideia construir um estilo de jogo baseado em bolas paradas. E tudo isso aliado com a possibilidade de escolher uma unidade especial para treinar bolas paradas, aumentando suas chances de obter sucesso.

E o jogo agora também lhe dá a opção de montar diversos programas e fazer a preparação de jogo de acordo com um jogo em específico. Por exemplo, para um jogo mais complicado, você pode decidir adotar uma estratégia mais física e dura, dessa forma, você pode montar as sessões para trabalhar o aspecto físico ao longo da semana, apenas para essa partida em especial. Portanto, como você já percebeu, o sistema de treinos agora é mais orgânico e pensado para você desenvolver o estilo de jogo desejado dentro da sua equipe.

Por fim, é importante lembrar que cada sessão de treino cria chances que certas mudanças possam ocorrer nos seus jogadores. Essas mudanças podem ser:

  • Aumento do risco de lesões;
  • Melhora ou piora na condição física do jogador;
  • Cansaço;
  • Aumento do nível físico de Preparação para o jogo;
  • Coesão da equipe;
  • Felicidade do elenco;
  • Melhoria ou piora de atributos;
  • Certas vantagens para a próxima partida;
  • Familiaridade tática;

Agora também é possível montar um cronograma específico para a pré-temporada, para semanas onde você está jogando apenas um jogo, ou para semanas onde você joga dois ou mais jogo em um período de sete dias. E como já mencionamos anteriormente, você também pode modificar seu treino para trabalhar situações específicas para um adversário em especial. O seja, agora é possível dar mais atenção para aquele jogo decisivo do campeonato, ou um jogo de mata-mata onde só a vitória interessa.

E vale lembrar que enquanto nas edições anteriores do a preparação do jogo era separado do restante do treinamento da equipe, agora ele foi incorporado nas sessões de treino, por isso, você tem que ser mais atento se quer trabalhar a familiaridade tática, coesão da equipe, bolas paradas ofensivas e defensivas e até mesmo o entrosamento. No FM 2019, o sistema de treinos traz uma visão mais dinâmica para essa área do jogo.

Por fim, é importante ressaltar, que em condições normais de temperatura e pressão, o sistema de treino determina como um jogador evolui e não se ele evolui.

Preparadores e treinamento

Como o sistema de treinos do FM 2019 sofreu muitas mudanças, é necessário se readaptar. Por exemplo, quando você está no painel de Treinos e deseja editar as atribuições dos seus preparadores, você perceberá que as coisas agora também funcionam de forma diferente.

Anteriormente, as coisas eram divididas em diversas categorias (Físico, Guarda-Redes, Defensivo, Ofensivo, Táctico e Finalização) agora, são três categorias (Ofensivo, Defensivo e Posse de Bola), que por consequência, se dividem em duas sub-sessões (Técnico e Táctico). Ainda temos a mesma quantidade de estrelas para preencher, mas a nomenclatura e como funcionam mudaram.

Eles ainda podem ser atribuídos a diferentes categorias de treino e a qualidade do treino ainda é afetada pelos atributos dos preparadores e a carga de treino sobre a qual eles trabalham. Se a carga de treino é muito alta, a qualidade dos treinos cai. Se os atributos são baixos, a qualidade que ele oferece é baixa. A diferença entre quatro e cinco estrelas ainda é mínima, mas pode ser aquele ganho marginal que irá fazer a diferença durante a temporada.

Como sempre, ainda é uma questão de balancear a carga de treino e escolher os preparadores corretos. A maioria das categorias tem um atributo primário e secundário que você precisa observar para obter as melhores classificações. 

Uma mudança significativa foi feita no treino de goleiros no FM 2018, o que afeta a maneira como você trabalha Goleiros Líberos e a distribuição dos seus arqueiros, graças a nova categoria: Distribuição do GR. Basicamente, é o atributo que define a qualidade de um preparador de goleiros na hora de trabalhar a distribuição de bola no treino dos goleiros. 

Untitled-2.thumb.png.7cf8591628dad7c5f8975459cb0e6f59.png

Quando você observa os atributos dos preparadores e co-relaciona eles com os programas de treino, você irá perceber que certos preparadores funcionam melhor na melhoria de atributos específicos dentro de sua especialidade. Logo, é sempre uma boa ideia encontrar os preparadores certos para os objetivos de treinamento que você está buscando alcançar. Por exemplo, se você queria focar no desenvolvimento do Primeiro Toque do time como sua prioridade, você vai precisar encontrar os regimes de treino que cobrem isso e também irá precisar ter o preparador certo para a área de Posse de Bola - Técnico.

Além disso, vale a pena buscar preparadores que tenham estilo de jogo e uma mentalidade similares a que você deseja implementar no clube. Os seus treinos estarão em consonância com o estilo de jogo, facilitando a assimilação dos jogadores ao seu estilo.

Por fim, a qualidade do seu treino também é afetada pelas infraestruturas do seu time. Você precisa desenvolver continuamente suas infraestruturas para dar aos seus jogadores os melhores treinos possíveis. E não se esqueça que o custo que isso acarreta ao longo do tempo. Quanto mais você as melhora, mais caro o custo de manutenção delas.

Treinador Adjunto

Um treinador minucioso é capaz de ajustar precisamente o sistema de treinos no FM 2019 ao seu elenco e filosofia. Se você deseja controlar os treinos, então é normal que você mantenha o total controle sobre ele. Mas se você deseja repassar algumas (ou todas) as responsabilidades para o seu treinador adjunto, é importante saber que ele usam bem regimes de treino balanceados com base em algumas questões pertinentes, como:

  • Seus atributos, preferências e tendências;
  • Altura em que a temporada se encontra;
  • Tipo do clube;
  • Jogadores;
  • Táticas.

Se você está dando controle do sistema de treinos para o treinador adjunto, então é importante contratar um que reflita suas crenças e estilo. Dessa forma, será mais provável que ele selecione regime que se encaixam com sua filosofia, comparado com um adjunto que contraste com seu próprio estilo.

Alcançando Familiaridade Tática

O termo familiaridade tática refere a quão bem seu elenco entende o requisitos do sistema tático que você está jogando. Quanto mais um time entende o sistema tático, melhor ele irá jogar. Alcançar a familiaridade é fácil se você compreende o que ela compreende. A familiaridade tática é baseada em uma avaliação individual dos jogadores do elenco. E a coesão da equipe governa como o time atua em conjunto.

Para que um time se torne familiar com uma tática, os jogadores precisam desenvolver uma compreensão de Mentalidade, Passe, Temporização, Largura, Liberdade Criativa, Intensidade da Pressão, Marcação Posição/Função/Tarefa do jogador na tática. Essas informações estão visíveis no painel de táticas e pode ser checada individual no perfil do jogador, na aba Desenvolvimento - Treino.

Nessa página você também encontrará a Posição/Função/Tarefa que o jogador está treinando, o foco adicional que ele pode estar treinando, o nível de intensidade, relatórios de treino dos preparadores e relatório médico.

Como você melhora a familiaridade tática?

Isso ocorre ao adotar regimes de treino que incorporam a familiaridade tática como um dos seus elementos de desenvolvimento. Esses regimes são usualmente o Global, Preparação para Jogo, Atacante, Defensivo, Táctico e de Guarda-Redes.

Vale lembrar que sempre que você usa um novo sistema tático, você pode incorporar programas de treino dentro do cronograma de treinos para alcançar a familiaridade tática e os jogadores tem que jogar dentro de suas posições nas partidas para que os resultados apareçam. Só treino não é suficiente para melhorar a familiaridade tática.

E quando você está utilizando uma nova tática, a quantidade de familiaridade que seu time precisa ganhar dependerá de quanto a nova tática é diferente da anterior. Por exemplo, se você estiver usando um 5-3-2 e muda para um 5-1-2-2, a diferença é pouca e o time precisará apenas de jogar algumas vezes para se acostumar com a nova tática. Entretanto, se a mudança é radical, você irá precisar incorporar programas de treinos que incluam a familiaridade tática para que seu time se acostume com o novo sistema de jogo.

A velocidade de ganho de familiaridade depende da quantidade de táticas que estão sendo treinados, o time de sessões de treino que estão sendo usadas e se você conseguiu fazer que o máximo possível de jogadores se acostumassem em tempo. E nunca é de menos lembrar, as partidas são essenciais para que exista ganho de familiaridade. Numa pré-temporada onde você modifica muito o estilo de jogo, a quantidade de jogos recomendada para ajudar na adaptação é de 6 jogos, portanto, pense nisso quando mudar sua tática no meio da temporada, antes de definir se ela é realmente ruim.

Por fim, um time pode se tornar fluente em uma tática de 4 a 6 semanas, sob as circunstâncias corretas, entretanto é um alvo meio irreal, já que você teria que treinar só uma tática e estar sempre usando os mesmos 11 jogadores nesse período.

Considerações finais

Uma coisa que você pode ter dificuldades durante seu save é o cansaço dos jogadores, principalmente se seu time não tiver um Cientista do Esporte. O motivo por trás disso é que o cientista do esporte ajuda a gerenciar o cansaço ao longo da semana de treinos. Se você não tiver um, então, problemas com cansaço entre seus jogadores pode se tornar normal.

Texto traduzido e adaptado por Henrique M. para o FManager Brasil e Engenharia do Futebol.
Fonte: https://teaandbusquets.com/blog/football-manager-2019-training-module-how-it-functions
Banner: @_Matheus_

Compartilhar este post


Link para o post
Buzzuh

Mais difícil que meu TCC.

Compartilhar este post


Link para o post
Henrique M.
10 horas atrás, Buzzuh disse:

Mais difícil que meu TCC.

Traduzir também não foi moleza. Traduzi a primeira vez tem 1 mês e pouquinho, na hora que fui configurar, fechei o navegador sem querer e o fórum não salvou. Perdi mais da metade da tradução e deu uma brochada foda, fui animar a terminar só agora.

Compartilhar este post


Link para o post
senna889091
Em 07/12/2018 at 18:40, Henrique M. disse:

Logo ou você rebaixa o jogador do time principal ou promove um jovem jogador para o time principal de forma a criar uma unidade em que ambos possam participar.

Entao posso rebaixar um jogador do time principal, sem problemas, pra mentoriar  jovem do junior sem precisar subi-lo pros Reservas? 

Em 07/12/2018 at 18:40, Henrique M. disse:

Outra novidade no FM 2019 é que aquela opção de dar boas-vindas a uma nova contratação agora também serve para criar uma espécie de mentoria um-para-um entre a nova contratação e o jogador que irá recebê-lo.

Agora são 4 opções geralmente. Queria saber oque cada uma faz 

Em 07/12/2018 at 18:40, Henrique M. disse:

Se você achar que um jogador precisa melhorar em uma área específica, como cabecear, por exemplo, e isso não for coberto por nenhum dos focos individuais, então você pode ter que ajustar o seu regime de treinos para incluir várias sessões que incluam o cabeceio como um alvo de melhoria. Nas versões anteriores do jogo, ser capaz de fazer isso especificamente era irreal. No FM 2019, você precisa montar suas unidades ou o sistema de treinos para incorporar isso, para que o cabeceio do seus jogadores melhore. Um exemplo de um regime de treinos que melhora isso, é o treino de "Jogo Aéreo".

Eu ainda acho que podia cobrir outros atributos atributos não citados e agrupá-los. Por exemplo o treino de posicionamento defensivo e movimentação ofensiva deveria incluir cabeceio ou o treino de impulsão. 

Em 08/12/2018 at 22:36, Henrique M. disse:

Traduzir também não foi moleza. Traduzi a primeira vez tem 1 mês e pouquinho, na hora que fui configurar, fechei o navegador sem querer e o fórum não salvou. Perdi mais da metade da tradução e deu uma brochada foda, fui animar a terminar só agora.

Te entendo, ja passei por isso, Like merecido

Compartilhar este post


Link para o post
Henrique M.
8 horas atrás, senna889091 disse:

Entao posso rebaixar um jogador do time principal, sem problemas, pra mentoriar  jovem do junior sem precisar subi-lo pros Reservas? 

Agora são 4 opções geralmente. Queria saber oque cada uma faz 

Eu ainda acho que podia cobrir outros atributos atributos não citados e agrupá-los. Por exemplo o treino de posicionamento defensivo e movimentação ofensiva deveria incluir cabeceio ou o treino de impulsão. 

Te entendo, ja passei por isso, Like merecido

Creio que sim, mas o jogador do time principal provavelmente vai achar ruim de ser despromovido.

Não sei o que eles fazem exatamente ainda.

Isso aí é uma questão que a SI tem que rever, e só vão rever, se for sugerido, afinal de contas, devem achar que está tudo perfeito com o novo sistema.

Compartilhar este post


Link para o post
Douglas.
9 horas atrás, senna889091 disse:

Entao posso rebaixar um jogador do time principal, sem problemas, pra mentoriar  jovem do junior sem precisar subi-lo pros Reservas?

Tenho feito o contrário, coloco jogadores jovens pra treinar com o plantel principal mas deixo-os disponíveis pra jogar jogos pelo time de base já que não vão jogar no time de cima.

Compartilhar este post


Link para o post
senna889091
5 horas atrás, Douglas. disse:

Tenho feito o contrário, coloco jogadores jovens pra treinar com o plantel principal mas deixo-os disponíveis pra jogar jogos pelo time de base já que não vão jogar no time de cima.

É o que eu faço aqui

Compartilhar este post


Link para o post
bernardog

Alguns jogadores meus reclamam de "falta de atenção", como posso consertar isso?

Alguns deles inclusive tem treinos individuais, e reclamam mesmo assim.

E eu vario muito os treinos de cada semana, sempre procurando trabalhar todos os aspectos do elenco.

Compartilhar este post


Link para o post
Henrique M.
3 horas atrás, bernardog disse:

Alguns jogadores meus reclamam de "falta de atenção", como posso consertar isso?

Alguns deles inclusive tem treinos individuais, e reclamam mesmo assim.

E eu vario muito os treinos de cada semana, sempre procurando trabalhar todos os aspectos do elenco.

Colocando o treino que eles querem no cronograma.

Compartilhar este post


Link para o post
meninomiel

Eu não usava treino nos outros FM pq achava complicado kkkkkk

Mas vou tentar aprender.

Compartilhar este post


Link para o post
DiogoMatos
Em 08/01/2019 at 14:21, bernardog disse:

Alguns jogadores meus reclamam de "falta de atenção", como posso consertar isso?

Alguns deles inclusive tem treinos individuais, e reclamam mesmo assim.

E eu vario muito os treinos de cada semana, sempre procurando trabalhar todos os aspectos do elenco.

Pode ser ausência de preparado físico ou quando está com muitos jogadores e poucos preparadores.

Compartilhar este post


Link para o post
CapitaoX

belíssimo trabalho henrique, muita gent eme pergunta sobre o treino agora alem de aprender vou indica-lo vlw!!!

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • Henrique M.
      Por Henrique M.
      Depois de muito tempo sem jogar um save no Brasil, decidi que era hora de retornar ao nosso país e começar uma nova aventura. Com o recém-lançamento do patch 19.2 do Football Manager 2019 e o final da temporada brasileira, e consequentemente atualização da database que irei utilizar para adicionar a Série D ao jogo, é hora do anúncio. Para o meu retorno ao Brasil, escolhi um clube mineiro, a Associação Atlética Caldense, também conhecida como A veterana.
      Coincidentemente ou não, é meu terceiro save consecutivo aqui com uma equipe alviverde (Shamrock Rovers em Uma Só Nação e Werder Bremen). E se não fosse a Caldense, aparentemente, a outra opção também seria alviverde. Acaba sendo uma curiosidade, apesar de não ter muita relevância, achei interessante mencionar. O clube é de Poços de Caldas, cidade do interior de Minas Gerais. Poços de Caldas conta com quase 170 mil habitantes, portanto, é uma cidade com potencial para um clube de futebol.
      A Caldense foi fundada em 1925, logo, a ideia é estarmos ao menos na Série A no ano do centenário. Como entre a temporada 2019 e 2025 ocorrem cinco temporadas, seria uma meta plausível, entretanto, algumas ideias surgiram para tornar esse save diferente do tradicional. Não via muito sentido em fazer uma jogatina tradicional, tal qual fiz com o Werder Bremen no FM 2018, por isso, decidi pensar algumas estratégias para tornar o desafio de levar uma equipe brasileira do anonimato ao estrelato.
      Categoria de base ou Diretor de Futebol?
      Existem alguns desafios tradicionais no Football Manager, como o desafio de San Marino, o Desafio do Sir Alex Ferguson, o Desafio da Base, o Desafio do Diretor de Futebol e muitos outros. Os dois primeiros são específicos da liga italiana e inglesa, respectivamente, enquanto a aplicação dos outros dois é universal. Eu já realizei um save da base, nos moldes idealizados no FM 2016, mas não fui muito além. Assumi o Concarneaux, na última divisão francesa e apesar de ter jogado seis temporadas, não foi de muito sucesso. Consegui subir e jogar a Ligue 2 na quinta temporada, mas caímos na primeira participação de volta à National, mas encerramos a sexta temporada com o retorno a Ligue 2 e título da divisão.
      O desafio do Diretor de Futebol eu nunca tentei e por isso, ficava o desejo. E temos que lembrar que a liga brasileira é uma das mais recomendadas para esse tipo de abordagem, já que simula bem a realidade dos treinadores brasileiros. Esse desafio consiste em delegar todas as contratações ao seu Diretor de Futebol, com o treinador podendo apenas realizar indicações.
      Até pensei em mesclar as duas coisas em uma só, mas o fato de poder recomendar contratações, tiraria todo o sentido de fazer um save de categoria de base. Por isso, para o save com a Caldense, retirando o atual elenco, eu apenas utilizarei jogadores oriundos da base nesse save. Logo, A Veterana será a busca de fazer com que a base da Caldense leve a equipe até o ápice do futebol continental e mundial.
      Apresentação do save sem FM
      Meu tempo está meio curto nesse final de ano, mas deve melhorar a partir da próxima semana, mas eu quis utilizar um pouco do tempo que tenho para fazer o anúncio e apresentar o save. Desde que o FM 2019 foi lançado, meu tempo passou a ser dividido entre FM 2017, recentemente o 2018 e The Witcher 3. Ao optar por fazer isso, terei tempo para fazer uma apresentação mais detalhada e não algo apressado apenas para jogar o FM 2019.
      Por isso, essa apresentação veio assim, sem muito FM, entretanto, para compensar resolvi trazer algumas informações para que vocês possam conhecer melhor o clube.
      Informações sobre a Caldense
      Como já mencionamos, as cores da equipe são verde e branco e o mascote da veterana é um periquito. A sua grande rivalidade futebolística é o Rio Branco de Andradas Futebol Clube. A equipe joga no Estádio Dr. Ronaldo Junqueira, carinhosamente apelidado de Ronaldão. O estádio tem capacidade para 7600 pessoas (vida real), e sua maior lotação foi de 14200 pessoas. Infelizmente, o proprietário não é o clube. Felizmente, algumas dessas informações divergem do que está na base de dados do Football Manager. O estádio é maior e do clube no jogo.

      Periquitão, o mascote da Caldense
      Principais conquistas
      Em termos de título, a equipe ganhou o Campeonato Mineiro em 2002. Entretanto, nesse ano, o campeonato foi uma espécie de Campeonato do Interior, já que os grandes da capital não participaram. Enquanto em 2015, a Caldense fez uma brilhante campanha, chegou até a final contra o Atlético-MG e foi prejudicada pela arbitragem no jogo decisivo, onde o mando de campo era seu. Infelizmente, esses são os maiores momentos de glória da Veterana.

      Estádio Dr. Ronaldo Junqueiro, o Ronaldão, a casa da Caldense

      Elenco da equipe na conquista do Campeonato Mineiro de 2002
      A equipe participa do Campeonato Mineiro desde 1960, são 43 participações ao longo desses anos todos. A equipe esteve na elite mineira em 36 delas, e desde 1986 foi rebaixada apenas uma vez. A queda em 2007 levou a equipe ao Módulo II, onde levou duas temporadas para retornar. E desde 2009, a equipe está ininterruptamente no Módulo I do Campeonato Mineiro, apesar de ter flertado com o rebaixamento nesse ano.

      Elenco da Caldense que foi vice-campeão do Campeonato Mineiro em 2015
      Participações em competições nacionais
      A equipe participou apenas uma vez da elite do futebol brasileiro, em 1979. Além disso, também só tem uma participação na Série B e Série C. Mas em termos de Série D, ela é uma das equipes que mais representou Minas Gerais. São cinco participações em 10 anos de competição, e apenas o Villa Nova tem mais participações que a Veterana.
      A equipe de Nova Lima participou por seis vezes do último escalão nacional. Curiosamente, nenhuma das duas conquistou a promoção para a Série C, mesmo com uma participação enorme na divisão. Em Minas Gerais, apenas Tombense e Tupi já conquistaram o acesso, com a equipe de Juiz de Fora sendo a equipe que mais vezes subiu para a Série C na história da competição, com dois acessos.
      Curiosidades e ídolos do clube
      No site oficial da Caldense, a equipe cita algumas curiosidades como ter sido a última equipe que Garrincha enfrentou, a primeira equipe que Ronaldo Fenômeno enfrentou, ter recebido um prêmio das mãos de Galvão Bueno e ter disputado uma partida com a seleção brasileira.
      Os ídolos são o goleiro Paulão (jogador que mais vezes vestiu a camisa do clube), o goleiro Gilberto Voador (considerado o melhor goleiro da história do clube), o zagueiro Fábio Paulista (que chegou ao clube no último rebaixamento ao módulo II e ajudou na transformação da Veterana em uma das forças do interior mineiro), o zagueiro Buzuca (considerado o maior zagueiro da história do clube), o lateral-direito Orlando (um dos quatro jogadores que vestiram a camisa da seleção brasileira na história do clube), o também lateral-direito Arnaldo, o ponta-direita Augusto (um dos maiores artilheiros da história do clube), o atacante Mirandinha (o maior artilheiro da história da Caldense e não é o ex-São Paulo), e o atacante Walderi. Além disso, Walter Casagrande já passou pelo clube e é o jogador de maior renome a vestir a camisa da veterana.
      Objetivos do save
      Conquistar o Mundial de Clubes; Conquistar a Libertadores da América; Conquistar o Campeonato Brasileiro - Série A; Conquistar a Copa do Brasil; Conquistar o Campeonato Mineiro; Ser o clube mineiro com a maior quantidade de campeonatos brasileiros (Cruzeiro possui 4); Ser o clube brasileiro com a maior quantidade de Libertadores (Grêmio, São Paulo e Santos possuem 3); Ser o clube mineiro com a maior quantidade de Copas do Brasil (Cruzeiro possui 6); Ser o clube do interior com a maior quantidade de estaduais (Villa Nova possui 5); Ter, simultaneamente, 11 jogadores da base da Caldense na seleção brasileira; Ser o clube brasileiro com a maior quantidade de jogadores formados no clube na Série A; Ser o clube brasileiro com a maior quantidade de jogadores formados no clube nas principais ligas europeias; Ter superioridade de vitórias no confronto direto contra as grandes equipes do Estado; Estar na Série A no ano do centenário do clube; Mais objetivos podem ser adicionados, caso eu julgue necessário; Continuidade de Uma Só Nação
      O save Uma Só Nação continuará a todo vapor. Não tenho intenção de pará-lo.
      Histórico da Caldense
      2019: 7º lugar no Campeonato Mineiro, eliminado nas quartas-de-final, 4º lugar no Grupo M da Série D; 2020: 7º lugar no Campeonato Mineiro, eliminado nas quartas-de-final, 4º lugar no Grupo N da Série D; 2021: 5º lugar no Campeonato Mineiro, eliminado nas quartas-de-final, 3º lugar no Grupo M da Série D; 2022: 6º lugar no Campeonato Mineiro, eliminado nas quartas-de-final, 3º lugar no Grupo M da Série D; 2023:  Índice da história
      Apresentação do save; Começo de trabalho no Mineiro; Um periquito costuma ser inofensivo; A classe de 2019 Déjà Vu Uma pequena evolução A classe de 2020 A Veterana vai encorpando Copo meio cheio ou meio vazio? A classe de 2021 Aos trancos e barrancos é o suficiente O verdadeiro primeiro adeus A classe de 2022 Nos restabelecendo como força do interior A dois pênaltis do paraíso
    • LC
      Por LC
      Zurique, Suiça. 15 de Dezembro de 2063
      Verão europeu e eu aqui vestindo um terno Dolce & Gabana para a minha homenagem na festa da Fifa como o melhor treinador de Futebol. Engraçado que só agora que cheguei  aos 90 anos sou homenageado, ainda bem que estou vivo para rir deles. A Lete chega ao quarto e me ajuda a dar o nó na gravata, pois ela sabe que nunca aprendi a fazer isso. Chega a limousine e vamos para a sede da Fifa.
      Lá encontro velhos amigos dos tempos de gramados, como o Joaquim Cycle, Alex Watson, Speedmaster, Lipe Rocha, Riquelme, Cadete, Burkina,Oplaay, Janeka, Reus, Soldado, Doutor Andreh, Gilson, Danut, Jio Hernandes, Kixa, Henrique M, Jirimias, entre tantos outros. Começa a grande festa e já estou com vontade de sair rápido dali e ir tomar uma cerveja com meus amigos, que minha esposa não me escute.Ficamos para a festa e cumprimento cada um dos meus amigos e começamos a lembrar dos tempos de glória e quando sentados no banco transformávamos um simples time num verdadeiro esquadrão de ganhar títulos. Lembramos dos que já partiram também e a emoção é tão forte que a Lete me passa o remédio do coração, é meus amigos o tempo passa e é cruel. Final da festa e pegamos um jatinho de volta a velha e boa Bilbao aonde vamos ficar dois dias antes de voltar para nossa casa em Nottingham, estamos quase em finais de Dezembro e meus netos, Gabriel - 12 anos e Pablo -8 anos, estão vindo. A casa ficará cheia de novo.
       - Os meninos chegam no voo das 08:00 horas e é melhor você vir dormir. Não tem mais idade para ficar até tarde acordado.

      - você está certa, mas vou demorar mais um pouco aqui, a festa de ontem ainda não saiu da minha mente. São muitas lembranças.


      17 de Dezembro de 2044 - A chegada dos netos.


      Acordo cedo para ir com o motorista ao aeroporto buscar meus netos Gabriel e Pablo, a Esther, minha filha chegará somente na manhã do dia 24 e até lá terei tempo suficiente para fazer uma bagunça com meus netos, que a Lete não me ouça se não acabo levando uma panelada. Caraca depois de tanto tempo ela não perdeu essa mania. No aeroporto meus netos correm para me abraçar e na ida para casa eu passo na loja do Nottingham e compro dois kits de camisas do Forest para presentea-los. Chegamos em casa e logo correm para vestir as camisas e irem bater bola no campinho da Mansão.

      - Vem vovô. Vamos jogar bola.
      - Quer me matar do coração Gabriel? faz muito tempo que não jogo bola
      - Então conta como o senhor começou no futebol,pois sabemos que o senhor jogou no América FC. Só não sabemos por onde começou.Qual foi seu primeiro clube como treinador?
      - É verdade Pablo. Essa história eu nunca contei a vocês. Venham aqui e fiquem quietos, pois vou precisar de silêncio para lembrar. A minha memória anda fraca e por isso quero que fiquem quietos e ouçam a história...
       

       
       - Tudo começou quando eu estava em Bilbao visitando meu Bisabuelo. Tinha acabado de me formar em Biologia e por ter me formado com as melhores notas o meu pai, seu Bisavô, me deu de presente 30 dias em Bilbao para visitar a família. Eu estava numa adega bebendo uma caneca de vinho com alguns amigos quando Rosita, minha prima, nos falou sobre um festival de rua. Fete de Bayonne - Maior Festa de Rua da França e que que ficava no lado Basco da França.Tome o hedonismo desenfreado da festa de rua espanhola e depois faça do jeito que os franceses maravilhosos fariam, e você terá uma grande festa. Durante cinco noites as ruas da antiga capital basca francesa de Bayonne se enchem de foliões.  
       

       
      O festival estava lotado de pessoas vinda de diversos lugares da Europa e também da América do Sul. Achamos uma adega e começamos a beber e a cantar. Reparei que num canto da adega tinham algumas pessoas reunidas e uma menina de traços orientais não tirava o olho aqui do seu avô.
      - Ai lete porque me deu essa panelada?
      - A história é sobre futebol e não de antigas namoradinhas, principalmente essa.
      - Se continuar me dando paneladas eu perco a memória de vez e neste caso a pessoa em questão é parte importante da história.
      - Vó deixa o vovô contar a história.
      - Está bem, vou ver como estão os preparativos do almoço, mas seu Luiz César eu estou de olho...
      - Resumindo. Eu conheci a Keiko neste festival, ela estava na França estudando artes cênicas e também jogava bola num time amador de Bayonne. Passamos a namorar e sempre que podia eu ia até Bayonne ver ela jogar bola. Jogava no time feminino do Aviron e eles já haviam sidos campeões regionais e fariam a grande final contra o time do Bordeuax Femme. Eu e a turma de amigos chegamos cedo ao pequeno Estádio do Aviron e ficamos conversando quando as meninas chegaram e falaram que o Técnico ( meio período) e Médico Obstetra tinham ido embora realizar um parto e que precisavam de alguém apenas para ficar na beira do gramado para fazer figuração. Eu e o Jonas Llorente nos prontificamos de imediato e eu avisei que ele seria o técnico e eu o Auxiliar Massagista. hehehe.

      - Vô porque o senhor colocou a mão na cabeça? Parece assustado. A vovó está preparando o almoço. kkkk
      - Fica quieto pablo. vai que sua avó escuta. Continuando. Neste dia Aviron perdeu por 3x2 para o time do Bordeaux, mas isso fez com que eu começa-se a gostar de ser treinador. Fiz um curso d etreinador na França e por indicação da Keiko eu acabei sendo auxiliar do doutor quando tinha jogos do Aviron. Como era apenas meio período eu trabalhava como Biólogo no Laboratório do Hospital de Bayonne. Um ano depois eu fui convidado a trabalhar no Sub-17 do Aviron e para isso acontecer eu fui a Itália aonde tirei meu Diploma pela UEFA:

       
      Assim começa minha aventura no Aviron Bayonnais, Clube da National 3- Região Nouvelle - Aquitaine. O correspondente a 5ª Divisão da França. Sejam todos bem vindos.
       
       

       
       
       
       
       

    • LcStrike
      Por LcStrike
      E aí galera, se alguém souber me diz, estou em 2027, conquistei alguns campeonatos nacionais, como o Brasileiro, o Espanhol 3x e agora o mais difícil pra mim (pois demorei 3 temporadas pra conseguir), o Italiano, porém obtive 24 vitórias (apertadas) e 11 delas foram consecutivas, contudo... Com exceção do Brasileiro, em nenhum outro campeonato eu obtive o prêmio de Treinador do Ano, pergunto, o que fiz de errado? O que tenho que fazer pra conquistar um título individual?
    • munozgnm
      Por munozgnm
      Primeiramente, queria agradecer aos amigos que me ajudaram no tópico do Boteco 3.0 a fazer o banner e as barras. Sou novo no fórum, desde o FM 14 acompanho algumas histórias contadas aqui e uso o fórum também para baixar ups e gráficos no geral, até então nunca tinha visto necessidade para criar uma conta e interagir porém me despertou a vontade de externar um save com o Social FC, time de minha cidade que sou torcedor fanático, os motivos para minha escolha contarei em sequência. 

      História do Clube
      Social FC nasceu após a união das equipes Ferroviário e Belgo-Mineira, ambas eram times de funcionários de empresas com escritório no centro da cidade de Coronel Fabriciano - MG. O Ferroviário correspondia a Concessionária Estrada de Ferro Vitória a Minas e a Belgo-Mineira pela companhia siderúrgica homônima. Em 1935, decidiram juntar os dois times, fusão que era chamada de Sociedade e apenas no dia 1º de Outubro de 1944 o nome atual foi registrado.
      As cores e o escudo foram inicialmente inspiradas no Santos porém com o passar do tempo o escudo foi atualizado até se tornar o que é hoje.
      Mesmo sendo um time teoricamente tradicional, o time não tem muitas conquistas. Um título da Segundona Mineira (corresponde a terceira divisão) de 1995 e dois do Módulo II (corresponde a segunda divisão) de 1996 e 2007 fazem parte da prateleira de troféus do Saci como equipe profissional. O Vice do Interior em 1997 também é uma conquista muito comemorada na cidade pois deu vaga na Série C daquele ano fazendo o time terminar na 26º posição do campeonato entre 64 equipes - única participação em torneios nacionais -.
      Motivo da Escolha
      Em entrevista dada na última segunda-feira (14/01), o atual presidente abdicou do futebol profissional a fim de pagar dividas milionárias causadas por um BINGO de carros organizado pelo mafioso ex-dirigente do Ipatinga Itair Machado (aquele mesmo). Eu desde minha infância tive vontade de participar de alguma forma do mundo da bola, como toda criança tinha o sonho de ser jogador de futebol mas fatores como a falta de qualidade não me permitiu levar para frente e após conhecer o FM em 2013, descobri que me aventurar nesse universo como técnico seria muito excitante. Com o passar do tempo, percebi que me arriscar como diretor também me agradaria. Então, com o surgir dessa notícia, comecei a planejar para um futuro ainda distante assumir o controle do time e fazer com que ele se torne um verdadeiro motivo de orgulho para a cidade, levarei para o FM esses objetivos e, quem sabe daqui algumas décadas, as coisas darem certo e eu voltar aqui no fórum para relembrar vocês da minha história kkkkkkk.
      Estádio
      O Social manda seus jogos no Estádio Louis Ensch que também é a sede do clube. Possui capacidade para 2290 pessoas mas pode comportar até 6000. Provavelmente, com o andar do save, em competições que exigem uma capacidade maior e se não conseguir construir de um novo estádio ou ampliar o Luisão junto, mandaremos os jogos no Ipatingão, sediado na cidade vizinha com capacidade de 22500 pessoas. 

      Database: Brasil Mundi UP 16/01 e Ligas Alternativas.
      Início: Dezembro de 2018 com uma DB grande.
      Países ativados: Brasil (Brasileirão Divisão Inferior e Superiores), Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Bolívia, Chile, China, Colômbia, EUA, Equador, França, Holanda, Inglaterra, Itália, Japão, México, Paraguai, Peru, Portugal, Qatar, Rússia, Turquia, Ucrânia, Uruguai e Venezuela (apenas primeira divisão desses países).

      Usarei meus dados pessoais, com a experiência recomendada e Licença Nacional B (o recomendado era a Licença Nacional A, mas achei irreal e deixei a B mesmo). O jogo gerou automaticamente essas opiniões ruins com três técnicos, curiosamente dois deles são antigos treinadores do Social.

       
      O principal é superar as marcas do Ipatinga, nosso maior rival. Campeão mineiro em 2005, do Interior em 2000; 2005; 2006; 2010 e da Taça MG 2004 e 2011 Vice do Campeonato Mineiro em 2002; 2006; 2010 e da Série B 2007, 3º na Copa do Brasil 2006.
       Para isso terei que:
         Ser a melhor equipe do interior mineiro nos estaduais pelo menos 5x.    Ser Tri-Campeão da Taça MG.    Ser Bi-Campeão Mineiro.    Ser Campeão da Serie B.    Chegar a Final da Copa do Brasil.    Conseguir me manter na Serie A logo no primeiro ano de disputa. Depois de alcançadas tenho metas mais ousadas:
           Superar o Villa Nova (5 títulos) e virar o maior campeão mineiro do interior.      Ganhar um Brasileiro da Série A.      Ganhar uma Libertadores      Virar o maior campeão continental de MG, atualmente é o Cruzeiro com duas libertadores.      Ser a primeira equipe mineira a ganhar um mundial.
      Pelo menos, para os objetivos de superar o Ipatinga, evitarei parcerias com clubes satélites como foi o caso do sucesso do rival na última década naquela parceria com o Cruzeiro. Dar prioridade a jogadores nascidos na região do Vale do Aço (Coronel Fabriciano, Ipatinga e Timóteo) tanto no profissional e na base. Se for demitido, rodarei por equipes da região até conseguir ser recontratado.

       
       
    • Darthz
      Por Darthz
      Apresentação
      Já há algum tempo que tinha vontade de voltar a postar um save no Profissão Manager, mas com a leitura de alguns textos e o acompanhamento de histórias da área, decidi passar das palavras aos actos e tentar levar um save em frente mais do que umas duas ou três épocas, coisa que já não acontece há algumas versões do Football Manager.
      Não prometo gráficos “topo de gama”, mas sim um tópico organizado e com as informações mais importantes do que for acontecendo durante as temporadas, não só no clube que estiver a treinar, mas também nas competições e prémios que eu considerar relevantes.
      O Save
      O Leste Europeu é sem dúvida um dos lugares mais interessantes para treinar, pelo menos no meu ponto de vista, e apesar de já ter realizado algumas carreiras começando em ligas desta região da Europa, fica sempre a sensação que há mais para desbravar, e muitos países e equipas diferentes para descobrir e conhecer.
      Depois de ter lido alguns artigos sobre o Ajax de Rinus Michels e Cruijff, fiquei fascinado com a história, não só dos acima citados, mas também de Ștefan Kovács, treinador sucessor de Michels e que levou o Ajax a duas Taças dos Campeões Europeus consecutivas. Sendo bem mais desconhecido que os dois holandeses, o romeno foi responsável por continuar e expandir a filosofia do “futebol total”, e isso levou-me então a desejar fazer algo que pudesse aliar o meu gosto pessoal com uma pequena homenagem àquele que é considerado por muitos o melhor treinador romeno de todos os tempos e muito pouco conhecido pelos adeptos de futebol em geral.
      Para finalizar, apenas referir que o nome do save deve-se aos Cárpatos, maior conjunto montanhoso da Europa Oriental, e que percorre uma grande parte da Roménia, sendo um “cartão de visita” do país.
      Biografia de Ștefan Kovács
      Ștefan Kovács (Timișoara, 2 de outubro de 1920 — Cluj-Napoca, 12 de maio de 1995) foi um jogador e treinador de futebol romeno, considerado um dos mais bem sucedidos treinadores na história do futebol europeu.

      Nascido em Timișoara, na Roménia, Kovács foi um meio-campista que apesar de possuir técnica apurada e intuição tática nunca foi escolhido para jogar na seleção romena, ao contrário do seu irmão mais velho Nicolae Kovács, que foi um dos cinco jogadores que participaram nos três Mundiais anteriores à Segunda Guerra Mundial.
      Kovács teve seus primeiros grandes sucessos como treinador no comando do Steaua Bucureşti, onde venceu por uma vez o campeonato (1967-68) e três vezes a Taça da Roménia (1968–69, 1969–70, 1970–71).
      Depois disso, ele substituiu Rinus Michels como treinador do Ajax em 1971, continuando e expandindo a filosofia do "futebol total". Com o Ajax, Kovács venceu duas Taças dos Campeões Europeus consecutivas (1971–72, 1972–73). Ainda em 1972, ele também ganhou a Taça Intercontinental e no ano seguinte a primeira edição da Supertaça Europeia. Além disso, ele liderou o Ajax para a vitória dos campeonato holandeses em 1972 e 1973 e Taça da Holanda dos mesmos anos.
      Apesar de ter comandado o Ajax em apenas duas temporadas, o romeno tornou a equipa holandesa na melhor da sua geração, sendo a caminhada para a sua terceira final europeia quase processional. Tímido e sem vontade de atrair atenção, ao contrário de Michels, Kovács tornou-se uma estrela na Holanda. Quando Nicolae Ceausescu visitou a Holanda em 1973, a rainha holandesa Beatriz perguntou ao ditador romeno num banquete: “O que podemos dar-lhe para você levar de volta à Roménia? Deve aceitar algo em troca de nos enviar Kovács.”

      Um homem inteligente, Kovács decidiu sensatamente sair quando a equipa estava no auge. Foi uma decisão sábia. Johan Cruijff, o melhor jogador da equipa e força de galvanização, partiu para o Barcelona para se juntar a Michels pouco tempo depois, e o grande Ajax rapidamente se desintegrou.
      Depois de deixar a equipa holandesa em 1973, foi convidado pela federação francesa de futebol para assumir a seleção principal. Jornalistas do France Football perguntaram-lhe quanto tempo demoraria para fazer da seleção francesa uma das melhores do mundo, Kovács respondeu: “Com boas estruturas, em oito a dez anos, poderemos ter uma boa seleção nacional.” Michel Hidalgo, seu adjunto e sucessor, aproveitaria o trabalho já realizado e lideraria a geração de Platini, Giresse e Tigana ao título do Campeonato Europeu de Futebol de 1984. Actualmente Ștefan Kovács continua a ser o único treinador estrangeiro que alguma vez treinou a seleção francesa de futebol.
      Infelizmente a carreira de treinador de Kovács terminou em ignomínia: no seu retorno à seleção da Roménia, onde já estivera como assistente, foi acusado de perder de propósito para a Hungria, falhando assim a qualificação para o Mundial de 1982. Após a saída da seleção romena, ainda realizou três temporadas como treinador do Panathinaikos da Grécia (1981-1983), e uma breve passagem sem glória pelo Mónaco, onde foi despedido após um punhado de partidas, e substituído por Arséne Wenger.
      Faleceu a 12 de maio de 1995, doze dias antes do Ajax ganhar a sua quarta Liga dos Campeões.
      Troféus e dados de carreira de Ștefan Kovács
      1953-1960 : Universitatea Cluj 1960-1962: CFR Cluj 1962-1967: Roménia (Assistente) 1967-1971: Steaua de Bucareste - 1 campeonato da Roménia e 3 Taças da Roménia 1971-1973: Ajax - 2 Campeonatos da Holanda, 1 Taça da Holanda, 2 Taças dos Campeões Europeus, 1 Supertaça Europeia e 1 Taça Intercontinental 1973-1975: França 1976-1980: Roménia (Treinador Principal) 1981-1983: Panathinaikos - 1 Taça da Grécia 1986-1987: Mónaco Dados, ligas e treinador
      Como é perceptível, irei fazer um save carreira, no estilo JET, utilizando uma base de dados que activa a terceira divisão da Roménia. Coloquei como jogáveis 13 ligas de modo a dar o máximo de oportunidades ao treinador, e de aumentar a dificuldade do save.
      Utilizarei a personagem Andrei Kovács, pois apesar de não ser um save de ficção, quero homenagear Ștefan Kovács, e quem sabe, superá-lo como melhor treinador romeno de todos os tempos. Não procurarei seguir o mesmo trajeto em termos de clubes, mas se surgir uma proposta, quem sabe?
      Objectivos do Save
      Superar o número de títulos de Ștefan Kovács na Roménia (3 taças da Roménia e 1 campeonato); Vencer duas Ligas dos Campeões; Treinar a seleção da Roménia;
×