Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Henrique M.

Review do Football Manager 2019

Recommended Posts

Henrique M.

K319ing.png

No dia 15 de outubro, a versão beta do Football Manager 2019 foi lançada. As primeiras impressões podem ser conferidas à vontade e você também pode compartilhar as suas. Entretanto, com o lançamento da versão oficial na noite desta quinta-feira, 01 de novembro, é hora de uma avaliação mais séria sobre o FM 2019. Por isso, lançamos essa Review do Football Manager 2019, para que vocês possam decidir se vale à pena ou não comprar o jogo.

Football-Manager-2019_-Application-Main-

Tivemos mudanças em áreas cruciais e outras mudanças menores, mas como o objetivo é avaliar essa versão, iremos focar nas mudanças que importam. Basicamente, houve uma extensa reformulação no sistema de criação de táticas e no sistema de treinos do jogo. Já tem alguns anos que muitas pessoas vem pedindo uma construção de táticas mais realistas, já que as equipes possuem comportamentos diferentes dependendo de qual fase do jogo elas estão. E também, desde que mudaram o sistema de treinos pela primeira vez, as pessoas pedem um sistema de treino mais realistas. E finalmente, depois de muita espera, a Sports Interactive entregou essas mudanças.

As táticas agora giram em torno de três momentos distintos do jogo: quando sua equipe tem a posse da bola, quando ela está na transição (seja ataque/defesa ou defesa/ataque) e quando ela não tem a posse da bola. Ou seja, o controle sobre as ações da equipe se tornou mais vasto. E também agora sabemos efetivamente como nossa equipe se comporta em campo. E até o momento, o que foi visto é que finalmente, as equipes fazem o que pedimos.

Juventus_-Vista-Geral2eb2c7617e5fdebc.pn

Outra grande modificação foi a introdução de estilo táticos, baseados em alguns estilos conhecidos como: Gegenpress, Tiki-Taka, Catenaccio, Park The Bus e tantos outros. Obviamente que você também pode desenvolver seu próprio estilo, e até importar o de outros jogadores, mas isso facilita bastante na hora de implementar um estilo da vida real no jogo. Seria interessante que tivéssemos mais estilos de jogo, mas como é a primeira versão, creio que isso será melhorado nas próximas edições.

Essa foi a primeira grande mudança do jogo e que por si só, já faz o jogo ser muito diferente dos anteriores. Entretanto, a modificação no sistema de treinos é o grande divisor de águas. É a partir dessa versão, que teremos um sistema de treinos mais baseados com a realidade e que nós podemos controlar. Mas, assim como tudo que é novo, as pessoas tendem a demorar um pouco para se adaptar e entender. E obviamente, traremos conteúdos relativos para ajudar a entender e compreender melhor essa ferramenta em breve.

Juventus_-Vista-Geral-2ece2644742375230.

Você tem total controle sobre o que sua equipe faz, quando faz e como faz. E além disso, trouxeram também um relatório mais detalhado sobre quem anda treinando bem e quem não anda. E na comunidade internacional, essa nova ferramenta, trouxe diversos novos desafios, já existem diversos saves onde as pessoas estão abolindo o uso da tela de atributos e vão se basear somente nas performances dos treinos para decidir quem vai a campo.

Ou seja, a mudança não é só estrutural, ela também traz novos padrões de jogo e transformam o jogo em algo ainda mais diverso e interessante, podendo se adequar a diversos tipos de jogadores. Portanto, é inegável o fator de marco da franquia que essa versão traz, entretanto, os tantos outros elementos que fazem a série ser o sucesso que é ainda estão presentes.

As novas modificações trouxeram uma cara nova e diferente para o Football Manager, entretanto, o jogo ainda continua sendo aquilo que é. E é importante notar, que uma nova dimensão de interação com seus jogadores foi adicionada com o novo sistema de treinos, agora, eles ficam insatisfeitos se vem que a equipe está treinando pouco de uma área que consideram cruciais. Ou seja, a dinâmica do elenco, que foi clarificada na versão passada, ganhou mais uma camada para o treinador se preocupar.

Juventus_-Hierarquiab8e5899049770479.png

No fim, já havia algum tempo que a Sports Interactive seguia um caminho similar a Electronic Arts com a série FIFA. Parecia que a ausência de concorrência havia limitado a vontade da empresa em trazer as mudanças que os usuários queriam e pareciam estar mais focados em questões banais e que não impactam a jogatina para justificar uma nova aquisição do jogo ano a ano.

Enfim, eles modificaram e trouxeram uma justificativa plausível para que você volte a comprar a versão mais atualizada da série. O Football Manager 2019 é diferente de tudo aquilo que foi entregue nos últimos anos, mas ainda assim, mantém toda a essência que buscamos com a simulação da carreira de um treinador de futebol. E assim como a mídia internacional está encantada com o jogo, nós também estamos, o Football Manager 2019 tem potencial para ser o melhor de todos os tempos. É óbvio que isso não faz do jogo perfeito, mas é importante ressaltar que você não deveria ficar de fora dessa versão.

Nota: 9/10

Avaliação realizada por Henrique M. para o FManager Brasil e Engenharia do Futebol

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ariel'

Essa mudança no campo tático foi inacreditável mesmo, jesus. Agora o Guardiola interior vai poder nascer e o time vai terminar os jogos com 50% de condição física correndo pra defender e atacar em bloco.

Vamos levar tempo pra descobrir como essa mudança nos treinos vai impactar no jogo de verdade. Eu tenho grandes dúvidas sobre o impacto do sistema atual, por exemplo, acredito que o tempo de jogo e a personalidade do plantel influenciam muito mais nos resultados e no desenvolvimento dos jovens do que o treino especificamente. Nesse caso qualquer mudança é bem-vinda.

O aumento das preocupações com a dinâmica do plantel é que fico com pé atrás. Já há muitas coisas que são "incontroláveis" no time não importa o que você faça e uma nova camada não parece ajudar muito. Contudo, vamos ver como isso vira nos próximos saves que jogarmos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
lopesxx

Bom dia! Vocês acham que pelas mudanças REALMENTE vale a pena comprar o jogo?

Eu sou universitário e não tenho "tanto" tempo para jogar, tanto que no FM2016 e 2018 coincidentemente estou com 284 horas em cada - geralmente costumo jogar dois saves, um com meu time do coração para "testar" o game e outro começando com times pequenos e blablabla. Na opinião de vocês, pelo que especifiquei sobre o meu perfil, vale a pena comprar ou devo continuar no 2018?

 

Muito obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Felipe 014
3 horas atrás, lopesxx disse:

Bom dia! Vocês acham que pelas mudanças REALMENTE vale a pena comprar o jogo?

Eu sou universitário e não tenho "tanto" tempo para jogar, tanto que no FM2016 e 2018 coincidentemente estou com 284 horas em cada - geralmente costumo jogar dois saves, um com meu time do coração para "testar" o game e outro começando com times pequenos e blablabla. Na opinião de vocês, pelo que especifiquei sobre o meu perfil, vale a pena comprar ou devo continuar no 2018?

 

Muito obrigado!

É algo sempre muito pessoal. Eu achei o 19 muito melhor do que o 18, mas particularmente eu não gostei do 18 então...na minha opinião valeu muito a compra do 19.

As mudanças no treino e na ME acho que foram as modificações mais visíveis. Treino você pode observar a cima e a ME você verá uma resposta muito mais sólida do que foi pedido.

Eu jogo basicamente de 22:30 a 00:30 e um pouco aos finais de semana , é pouco pra complexidade do FM mas se é o que tem né...? rs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Lowko é Powko

Belo texto! 👏

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
lopesxx
10 horas atrás, Felipe 014 disse:

É algo sempre muito pessoal. Eu achei o 19 muito melhor do que o 18, mas particularmente eu não gostei do 18 então...na minha opinião valeu muito a compra do 19.

As mudanças no treino e na ME acho que foram as modificações mais visíveis. Treino você pode observar a cima e a ME você verá uma resposta muito mais sólida do que foi pedido.

Eu jogo basicamente de 22:30 a 00:30 e um pouco aos finais de semana , é pouco pra complexidade do FM mas se é o que tem né...? rs

Comprei! Espero que valha a pena! kkkkkk agora não tem mais volta, tô é um pouco com medo desse sistema de treinos aí que a galera ainda tá meio desacostumada, mas vamos aguardar! 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Thiago

Mais ótimo texto. Acabei de comprar, espero me surpreender positivamente com essa versão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
revivalm0de

Comprei o jogo hoje, comecei um save com o St. Pauli.

Fazia um bom tempo que eu não me divertia assim com o FM. Muito divertido, gostei demais das mudanças.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
antoniodanth

O jogo esta muito legal, achando mais desafiador do que os anteriores, entretanto achei o sistema de treino muito complexo e estou deixando a cargo dos auxiliares.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Zamorra

Amigos, não sei estou fazendo essa pergunta no tópico certo, mas ao entrar no jogo como treinador desempregado, a tela fica em cor roxa, muito estranho, alguém saberia como posso fazer para mudar essa cor de fundo da tela? Ou só muda quando um clube é adicionado?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Henrique M.
14 horas atrás, Zamorra disse:

Amigos, não sei estou fazendo essa pergunta no tópico certo, mas ao entrar no jogo como treinador desempregado, a tela fica em cor roxa, muito estranho, alguém saberia como posso fazer para mudar essa cor de fundo da tela? Ou só muda quando um clube é adicionado?

Você pode mudar a skin, mas essa cor só vai mudar se você assumir um clube, é a padrão da skin.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
senna889091
Em 05/11/2018 at 21:54, lopesxx disse:

Comprei! Espero que valha a pena! kkkkkk agora não tem mais volta, tô é um pouco com medo desse sistema de treinos aí que a galera ainda tá meio desacostumada, mas vamos aguardar! 

acho que nao vai se arrepender e o sistema de treinos eu deixo com o meu assistente, entao escolha o melhor possivel e apenas intervem ao seu gosto. Com o tempo voce vai aprendendo a usar melhor o calendario de treino 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Herr Jones

Não ia, mas acabei comprando. Gostei muito da aparência e, principalmente, das novidades. Pelo que eu joguei na demo, acho que vou apanhar um pouco, mas definitivamente vale a pena.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • mfeitosa
      Por mfeitosa
      Fala pessoal! Estou de volta para trazer uma reedição de um save que havia postado com o FM 2011, um dos primeiros que publiquei por aqui e que foi muito prazeroso de jogar. Trata-se do save "Como nos velhos tempos", onde tentei retratar a trajetória do ex-atacante Marinho sob o comando do glorioso Bangu Atlético Clube. 
      Estarei utilizando o MRT90 Brasil, como forma de possibilitar o comando do time dentro do FM 2019, que se encontra atualmente sem divisão. Para deixar as competições mais equilibradas, atualizei as transferências e elencos de diversos times, com base em sites oficiais e outros como o 'Transfermarkt' e 'O Gol'. Caso alguém tenha interesse neste arquivo, pode baixar por aqui.

      Fundado por britânicos em 17 de abril de 1904, o Bangu Atlético Clube é um dos clubes mais tradicionais do Rio de Janeiro e um dos pioneiros no Brasil, sendo o primeiro a escalar um atleta negro no país, mesmo contra a vontade da federação local, que chegou a proibir a prática, forçando a equipe a decidir por não participar da extinta Liga Metropolitana de Football. 
      Em seus mais de 110 anos, o Alvirrubro de Moça Bonita colecionou algumas conquistas, tais como os títulos do Campeonato Carioca em 1933 e 1966, o Torneio dos Campeões de 1967 e a International Soccer League em 1960, quando superou equipes como Sampdoria, Rapid Wien, Sporting, Estrela Vermelha e Kilmarock. Para muitos, a ISL representa um título mundial para o Banguzão.

      Em 1985, o Alvirrubro foi vice-campeão brasileiro, quando perdeu o campeonato para o Coritiba, que faturou o título após histórica decisão por pênaltis no Maracanã. Em 1987, a equipe venceu a Taça Rio, sua última conquista relevante. No ano seguinte, em 1988, o Bangu foi rebaixado para a Série B e nunca mais retornou à elite do futebol nacional.
      Era o final da "era" liderada pelo famoso bicheiro Castor de Andrade, presidente de honra e grande financiador do clube até o final da década de 1980. Desde então, o Bangu Atlético Clube não mais reencontrou seu rumo e suas participações no Campeonato Brasileiro têm se tornado cada vez mais raras.
      Nos últimos dez anos, a equipe se classificou apenas duas vezes para o Brasileirão Série D, abrindo mão de sua participação em 2009 por falta de recursos, e fazendo uma campanha nada animadora em 2017 (encerrou como 40º, na classificação geral).

      - Conquistar, ao menos, duas vezes o Campeonato Carioca, repetindo os feitos de 1933 e 1966;
      - Retornar à Série A (última participação em 1988);
      - Conquistar o título da Série A, superando o feito de 1985 (vice contra o Coritiba);
      - Conquistar o título da Copa do Brasil (nunca fez boa campanha);
      - Conquistar o título da Libertadores da América (decepcionou em sua única participação, em 1986);
      - Conquistar o título do Mundial de Clubes, equiparando a façanha de 1960 (International Soccer League);
      - Superar a reputação de, ao menos, um dos grandes do Rio de Janeiro;
      - Emplacar um ídolo que supere, ao menos, a marca do ex-atacante Marinho no clube (83 gols).

      Desta vez, não teremos Marinho no comando do Bangu. Sendo assim, teremos uma "passagem de bastão" para um ídolo mais recente da torcida alvirrubra. Trata-se do ex-zagueiro Carlos Renan, que defendeu a equipe de Moça Bonita entre 2010 e 2014, sendo aproveitado depois como auxiliar da comissão técnica. 

      Dentro do jogo, defini sua qualificação "baseada no Bangu", o que deixou o treinador com Licença Nacional B, e selecionei experiência anterior como Futebolista Profissional (nível local), o que condiz com a realidade. Por se tratar de uma pessoa que, enquanto jogador, demonstrava perfil de liderança junto aos companheiros, deixei Carlos Renan com estilo de treino Motivador. Nenhum atributo foi alterado manualmente. 
    • Marcos Santos 10
      Por Marcos Santos 10
      Boa tarde pessoal,
       
      Estou tentando criar um novo save no FM19 com o patch 19.3 mas Brasil, Equador e Venezuela estão ilegíveis. Alguém já passou por isso e poderia me ajudar?
       
      Desde já agradeço!
    • Luchín
      Por Luchín
      Prólogo
      Após quase dois anos ausente do fórum, devido à vários motivos, o lançamento de uma nova versão do Football Manager me trouxe novamente até aqui e estar no fórum e ler algumas excelentes histórias de alguns companheiros, é impossível que o bichito não te pique. Ainda não me adaptei completamente a essa nova versão, que, para quem vem do FM17, apresenta muitas novas features, principalmente no âmbito tático e de controle de plantel, mas, como vinha tendo algumas dificuldades para me empolgar em saves offline, acabei me decidindo a contar uma história, que, de antemão, afirmo que será simples, nada mais que um relato do que estou jogando. 
      O clube escolhido é o Fútbol Club Andorra, que participa da pirâmide espanhola, estando, na vida real, na Preferente Catalana, equivalente ao quinto nível, mas como a expansão de ligas ainda não está completa, o coloquei na Tercera División, que é o quarto nível, substituindo a equipe de menor reputação presente. 
      A minha ideia para esse save será utilizar apenas jogadores andorranos. Para isso, habilitei, além da pirâmide espanhola, as duas divisões do futebol andorrano. 
      O treinador do clube será o ex-zagueiro Antoni "Toni" Lima, que, apesar de nunca ter atuado no clube, é um dos maiores jogadores da história do futebol andorrano. Antoni tem um irmão mais novo, Ildefons, que atualmente atua no próprio futebol andorrano, mas foi formado no FC Andorra e rodou por vários clubes, passando até mesmo pelo futebol da América, onde atuou no Pachuca. Via editor, coloquei o no clube para que termine sua carreira onde começou e "comandado" pelo irmão. 
      Concluindo, acredito que possa não receber a melhor recepção nesse retorno, pois cometi erros no passado, ofendi alguns membros desnecessariamente, e sei que após errar, a confiança não retorna de imediato, mas espero pode demonstrar que os erros ficaram no passado e que retorno à área com uma nova forma de pensar e me comportar. De todas as maneiras, um sincero pedido de desculpas para aqueles com quem não me portei bem no passado.
      Espero me divertir e que vocês também se divirtam com a história.
      Luiz. 
    • Henrique M.
      Por Henrique M.
      Depois de muito tempo sem jogar um save no Brasil, decidi que era hora de retornar ao nosso país e começar uma nova aventura. Com o recém-lançamento do patch 19.2 do Football Manager 2019 e o final da temporada brasileira, e consequentemente atualização da database que irei utilizar para adicionar a Série D ao jogo, é hora do anúncio. Para o meu retorno ao Brasil, escolhi um clube mineiro, a Associação Atlética Caldense, também conhecida como A veterana.
      Coincidentemente ou não, é meu terceiro save consecutivo aqui com uma equipe alviverde (Shamrock Rovers em Uma Só Nação e Werder Bremen). E se não fosse a Caldense, aparentemente, a outra opção também seria alviverde. Acaba sendo uma curiosidade, apesar de não ter muita relevância, achei interessante mencionar. O clube é de Poços de Caldas, cidade do interior de Minas Gerais. Poços de Caldas conta com quase 170 mil habitantes, portanto, é uma cidade com potencial para um clube de futebol.
      A Caldense foi fundada em 1925, logo, a ideia é estarmos ao menos na Série A no ano do centenário. Como entre a temporada 2019 e 2025 ocorrem cinco temporadas, seria uma meta plausível, entretanto, algumas ideias surgiram para tornar esse save diferente do tradicional. Não via muito sentido em fazer uma jogatina tradicional, tal qual fiz com o Werder Bremen no FM 2018, por isso, decidi pensar algumas estratégias para tornar o desafio de levar uma equipe brasileira do anonimato ao estrelato.
      Categoria de base ou Diretor de Futebol?
      Existem alguns desafios tradicionais no Football Manager, como o desafio de San Marino, o Desafio do Sir Alex Ferguson, o Desafio da Base, o Desafio do Diretor de Futebol e muitos outros. Os dois primeiros são específicos da liga italiana e inglesa, respectivamente, enquanto a aplicação dos outros dois é universal. Eu já realizei um save da base, nos moldes idealizados no FM 2016, mas não fui muito além. Assumi o Concarneaux, na última divisão francesa e apesar de ter jogado seis temporadas, não foi de muito sucesso. Consegui subir e jogar a Ligue 2 na quinta temporada, mas caímos na primeira participação de volta à National, mas encerramos a sexta temporada com o retorno a Ligue 2 e título da divisão.
      O desafio do Diretor de Futebol eu nunca tentei e por isso, ficava o desejo. E temos que lembrar que a liga brasileira é uma das mais recomendadas para esse tipo de abordagem, já que simula bem a realidade dos treinadores brasileiros. Esse desafio consiste em delegar todas as contratações ao seu Diretor de Futebol, com o treinador podendo apenas realizar indicações.
      Até pensei em mesclar as duas coisas em uma só, mas o fato de poder recomendar contratações, tiraria todo o sentido de fazer um save de categoria de base. Por isso, para o save com a Caldense, retirando o atual elenco, eu apenas utilizarei jogadores oriundos da base nesse save. Logo, A Veterana será a busca de fazer com que a base da Caldense leve a equipe até o ápice do futebol continental e mundial.
      Apresentação do save sem FM
      Meu tempo está meio curto nesse final de ano, mas deve melhorar a partir da próxima semana, mas eu quis utilizar um pouco do tempo que tenho para fazer o anúncio e apresentar o save. Desde que o FM 2019 foi lançado, meu tempo passou a ser dividido entre FM 2017, recentemente o 2018 e The Witcher 3. Ao optar por fazer isso, terei tempo para fazer uma apresentação mais detalhada e não algo apressado apenas para jogar o FM 2019.
      Por isso, essa apresentação veio assim, sem muito FM, entretanto, para compensar resolvi trazer algumas informações para que vocês possam conhecer melhor o clube.
      Informações sobre a Caldense
      Como já mencionamos, as cores da equipe são verde e branco e o mascote da veterana é um periquito. A sua grande rivalidade futebolística é o Rio Branco de Andradas Futebol Clube. A equipe joga no Estádio Dr. Ronaldo Junqueira, carinhosamente apelidado de Ronaldão. O estádio tem capacidade para 7600 pessoas (vida real), e sua maior lotação foi de 14200 pessoas. Infelizmente, o proprietário não é o clube. Felizmente, algumas dessas informações divergem do que está na base de dados do Football Manager. O estádio é maior e do clube no jogo.

      Periquitão, o mascote da Caldense
      Principais conquistas
      Em termos de título, a equipe ganhou o Campeonato Mineiro em 2002. Entretanto, nesse ano, o campeonato foi uma espécie de Campeonato do Interior, já que os grandes da capital não participaram. Enquanto em 2015, a Caldense fez uma brilhante campanha, chegou até a final contra o Atlético-MG e foi prejudicada pela arbitragem no jogo decisivo, onde o mando de campo era seu. Infelizmente, esses são os maiores momentos de glória da Veterana.

      Estádio Dr. Ronaldo Junqueiro, o Ronaldão, a casa da Caldense

      Elenco da equipe na conquista do Campeonato Mineiro de 2002
      A equipe participa do Campeonato Mineiro desde 1960, são 43 participações ao longo desses anos todos. A equipe esteve na elite mineira em 36 delas, e desde 1986 foi rebaixada apenas uma vez. A queda em 2007 levou a equipe ao Módulo II, onde levou duas temporadas para retornar. E desde 2009, a equipe está ininterruptamente no Módulo I do Campeonato Mineiro, apesar de ter flertado com o rebaixamento nesse ano.

      Elenco da Caldense que foi vice-campeão do Campeonato Mineiro em 2015
      Participações em competições nacionais
      A equipe participou apenas uma vez da elite do futebol brasileiro, em 1979. Além disso, também só tem uma participação na Série B e Série C. Mas em termos de Série D, ela é uma das equipes que mais representou Minas Gerais. São cinco participações em 10 anos de competição, e apenas o Villa Nova tem mais participações que a Veterana.
      A equipe de Nova Lima participou por seis vezes do último escalão nacional. Curiosamente, nenhuma das duas conquistou a promoção para a Série C, mesmo com uma participação enorme na divisão. Em Minas Gerais, apenas Tombense e Tupi já conquistaram o acesso, com a equipe de Juiz de Fora sendo a equipe que mais vezes subiu para a Série C na história da competição, com dois acessos.
      Curiosidades e ídolos do clube
      No site oficial da Caldense, a equipe cita algumas curiosidades como ter sido a última equipe que Garrincha enfrentou, a primeira equipe que Ronaldo Fenômeno enfrentou, ter recebido um prêmio das mãos de Galvão Bueno e ter disputado uma partida com a seleção brasileira.
      Os ídolos são o goleiro Paulão (jogador que mais vezes vestiu a camisa do clube), o goleiro Gilberto Voador (considerado o melhor goleiro da história do clube), o zagueiro Fábio Paulista (que chegou ao clube no último rebaixamento ao módulo II e ajudou na transformação da Veterana em uma das forças do interior mineiro), o zagueiro Buzuca (considerado o maior zagueiro da história do clube), o lateral-direito Orlando (um dos quatro jogadores que vestiram a camisa da seleção brasileira na história do clube), o também lateral-direito Arnaldo, o ponta-direita Augusto (um dos maiores artilheiros da história do clube), o atacante Mirandinha (o maior artilheiro da história da Caldense e não é o ex-São Paulo), e o atacante Walderi. Além disso, Walter Casagrande já passou pelo clube e é o jogador de maior renome a vestir a camisa da veterana.
      Objetivos do save
      Conquistar o Mundial de Clubes; Conquistar a Libertadores da América; Conquistar o Campeonato Brasileiro - Série A; Conquistar a Copa do Brasil; Conquistar o Campeonato Mineiro; Ser o clube mineiro com a maior quantidade de campeonatos brasileiros (Cruzeiro possui 4); Ser o clube brasileiro com a maior quantidade de Libertadores (Grêmio, São Paulo e Santos possuem 3); Ser o clube mineiro com a maior quantidade de Copas do Brasil (Cruzeiro possui 6); Ser o clube do interior com a maior quantidade de estaduais (Villa Nova possui 5); Ter, simultaneamente, 11 jogadores da base da Caldense na seleção brasileira; Ser o clube brasileiro com a maior quantidade de jogadores formados no clube na Série A; Ser o clube brasileiro com a maior quantidade de jogadores formados no clube nas principais ligas europeias; Ter superioridade de vitórias no confronto direto contra as grandes equipes do Estado; Estar na Série A no ano do centenário do clube; Mais objetivos podem ser adicionados, caso eu julgue necessário; Continuidade de Uma Só Nação
      O save Uma Só Nação continuará a todo vapor. Não tenho intenção de pará-lo.
      Histórico da Caldense
      2019: 7º lugar no Campeonato Mineiro, eliminado nas quartas-de-final, 4º lugar no Grupo M da Série D; 2020: 7º lugar no Campeonato Mineiro, eliminado nas quartas-de-final, 4º lugar no Grupo N da Série D; 2021: 5º lugar no Campeonato Mineiro, eliminado nas quartas-de-final, 3º lugar no Grupo M da Série D; 2022: 6º lugar no Campeonato Mineiro, eliminado nas quartas-de-final, 3º lugar no Grupo M da Série D; 2023:  Índice da história
      Apresentação do save; Começo de trabalho no Mineiro; Um periquito costuma ser inofensivo; A classe de 2019 Déjà Vu Uma pequena evolução A classe de 2020 A Veterana vai encorpando Copo meio cheio ou meio vazio? A classe de 2021 Aos trancos e barrancos é o suficiente O verdadeiro primeiro adeus A classe de 2022 Nos restabelecendo como força do interior A dois pênaltis do paraíso
    • LC
      Por LC
      Zurique, Suiça. 15 de Dezembro de 2063
      Verão europeu e eu aqui vestindo um terno Dolce & Gabana para a minha homenagem na festa da Fifa como o melhor treinador de Futebol. Engraçado que só agora que cheguei  aos 90 anos sou homenageado, ainda bem que estou vivo para rir deles. A Lete chega ao quarto e me ajuda a dar o nó na gravata, pois ela sabe que nunca aprendi a fazer isso. Chega a limousine e vamos para a sede da Fifa.
      Lá encontro velhos amigos dos tempos de gramados, como o Joaquim Cycle, Alex Watson, Speedmaster, Lipe Rocha, Riquelme, Cadete, Burkina,Oplaay, Janeka, Reus, Soldado, Doutor Andreh, Gilson, Danut, Jio Hernandes, Kixa, Henrique M, Jirimias, entre tantos outros. Começa a grande festa e já estou com vontade de sair rápido dali e ir tomar uma cerveja com meus amigos, que minha esposa não me escute.Ficamos para a festa e cumprimento cada um dos meus amigos e começamos a lembrar dos tempos de glória e quando sentados no banco transformávamos um simples time num verdadeiro esquadrão de ganhar títulos. Lembramos dos que já partiram também e a emoção é tão forte que a Lete me passa o remédio do coração, é meus amigos o tempo passa e é cruel. Final da festa e pegamos um jatinho de volta a velha e boa Bilbao aonde vamos ficar dois dias antes de voltar para nossa casa em Nottingham, estamos quase em finais de Dezembro e meus netos, Gabriel - 12 anos e Pablo -8 anos, estão vindo. A casa ficará cheia de novo.
       - Os meninos chegam no voo das 08:00 horas e é melhor você vir dormir. Não tem mais idade para ficar até tarde acordado.

      - você está certa, mas vou demorar mais um pouco aqui, a festa de ontem ainda não saiu da minha mente. São muitas lembranças.


      17 de Dezembro de 2044 - A chegada dos netos.


      Acordo cedo para ir com o motorista ao aeroporto buscar meus netos Gabriel e Pablo, a Esther, minha filha chegará somente na manhã do dia 24 e até lá terei tempo suficiente para fazer uma bagunça com meus netos, que a Lete não me ouça se não acabo levando uma panelada. Caraca depois de tanto tempo ela não perdeu essa mania. No aeroporto meus netos correm para me abraçar e na ida para casa eu passo na loja do Nottingham e compro dois kits de camisas do Forest para presentea-los. Chegamos em casa e logo correm para vestir as camisas e irem bater bola no campinho da Mansão.

      - Vem vovô. Vamos jogar bola.
      - Quer me matar do coração Gabriel? faz muito tempo que não jogo bola
      - Então conta como o senhor começou no futebol,pois sabemos que o senhor jogou no América FC. Só não sabemos por onde começou.Qual foi seu primeiro clube como treinador?
      - É verdade Pablo. Essa história eu nunca contei a vocês. Venham aqui e fiquem quietos, pois vou precisar de silêncio para lembrar. A minha memória anda fraca e por isso quero que fiquem quietos e ouçam a história...
       

       
       - Tudo começou quando eu estava em Bilbao visitando meu Bisabuelo. Tinha acabado de me formar em Biologia e por ter me formado com as melhores notas o meu pai, seu Bisavô, me deu de presente 30 dias em Bilbao para visitar a família. Eu estava numa adega bebendo uma caneca de vinho com alguns amigos quando Rosita, minha prima, nos falou sobre um festival de rua. Fete de Bayonne - Maior Festa de Rua da França e que que ficava no lado Basco da França.Tome o hedonismo desenfreado da festa de rua espanhola e depois faça do jeito que os franceses maravilhosos fariam, e você terá uma grande festa. Durante cinco noites as ruas da antiga capital basca francesa de Bayonne se enchem de foliões.  
       

       
      O festival estava lotado de pessoas vinda de diversos lugares da Europa e também da América do Sul. Achamos uma adega e começamos a beber e a cantar. Reparei que num canto da adega tinham algumas pessoas reunidas e uma menina de traços orientais não tirava o olho aqui do seu avô.
      - Ai lete porque me deu essa panelada?
      - A história é sobre futebol e não de antigas namoradinhas, principalmente essa.
      - Se continuar me dando paneladas eu perco a memória de vez e neste caso a pessoa em questão é parte importante da história.
      - Vó deixa o vovô contar a história.
      - Está bem, vou ver como estão os preparativos do almoço, mas seu Luiz César eu estou de olho...
      - Resumindo. Eu conheci a Keiko neste festival, ela estava na França estudando artes cênicas e também jogava bola num time amador de Bayonne. Passamos a namorar e sempre que podia eu ia até Bayonne ver ela jogar bola. Jogava no time feminino do Aviron e eles já haviam sidos campeões regionais e fariam a grande final contra o time do Bordeuax Femme. Eu e a turma de amigos chegamos cedo ao pequeno Estádio do Aviron e ficamos conversando quando as meninas chegaram e falaram que o Técnico ( meio período) e Médico Obstetra tinham ido embora realizar um parto e que precisavam de alguém apenas para ficar na beira do gramado para fazer figuração. Eu e o Jonas Llorente nos prontificamos de imediato e eu avisei que ele seria o técnico e eu o Auxiliar Massagista. hehehe.

      - Vô porque o senhor colocou a mão na cabeça? Parece assustado. A vovó está preparando o almoço. kkkk
      - Fica quieto pablo. vai que sua avó escuta. Continuando. Neste dia Aviron perdeu por 3x2 para o time do Bordeaux, mas isso fez com que eu começa-se a gostar de ser treinador. Fiz um curso d etreinador na França e por indicação da Keiko eu acabei sendo auxiliar do doutor quando tinha jogos do Aviron. Como era apenas meio período eu trabalhava como Biólogo no Laboratório do Hospital de Bayonne. Um ano depois eu fui convidado a trabalhar no Sub-17 do Aviron e para isso acontecer eu fui a Itália aonde tirei meu Diploma pela UEFA:

       
      Assim começa minha aventura no Aviron Bayonnais, Clube da National 3- Região Nouvelle - Aquitaine. O correspondente a 5ª Divisão da França. Sejam todos bem vindos.
       
       

       
       
       
       
       

×