Leon_fogo

utilitário
Realidade Máxima FManager - Versão FM 2015

119 posts neste tópico

realidademaacutexima_zps48978af9.jpg

 

Fala Galera!

 

UTILITÁRIO REALIDADE MÁXIMA - Versão FM 2015


Dando maior movimentação ao mercado de transferências, mundo do futebol com seus dados atualizados para o ano de 2015!
O melhor modo de se jogar o nosso FM!

 

Pois bem galera eu desde o FM 12 venho trabalhando nisso, começou quando eu percebi que o FM não tem porra nenhuma editada praticamente, então comecei e fui editando, editando, editando ... e cheguei a esse resultado. Espero que gostem! O jogo fico perfeito! Ainda mais nessa versão 2015!

 

Mexi nas seguintes coisas:

 

  • Fator econômico e desenvolvimento de países chaves;
  • Reputação das principais ligas do mundo;
  • Reputação dos principais times de todos os continentes de acordo com histórico de títulos continentais;
  • Mudança maravilhosa no pais Brasil (preferências para transferências continentais arrumado de acordo com a realidade, dando ao jogo maior ênfase nas contratações dos jogadores);
  • Assim como mudança em tendencia transferências nacionais e continentais de 35 países , dando muito movimento ao mercado coisa que não existe no FM pois não vem nada editado (fiz um esquema indo no site ogol.com.br e vendo a tendência de mercado de cada pais para editar);
  • Mais de 150 Jogadores editados em planos de carreira para jogar no Brasil;

 

Instalação

 

  • Botar o arquivo na pasta Editor data do nosso querido Football Manager;
  • Na hora de criar um novo jogo deve-se ir em personalizar, e selecionar o arquivo: Realidade Máxima (procedimento é igual como em um update) para assim as modificações surtirem efeitos!

 

OBSERVAÇÕES

 

Isso não atualiza nada, apenas melhora o mercado de transferência do mundo todo, deixa o jogo mais real com dados precisos do futebol.

 

MUITO IMPORTANTE - Ele funciona com qualquer update e com qualquer patch. NÃO FORAM EDITADAS AS FINANÇAS, ESTÁ COM OS DADOS ORIGINAIS DO FM 2015!

 

FM15DOWNLOAD_zps7247827a.png

 

 

 

FM_seloaprov2_zps7984d3dd.png

Editado por Leon_fogo
21

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acrescentou Serie D, Terceirona paulista etc?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bah dai sim, tava só esperando pra começar um save a sério .... RECOMENDADO, Muuuito bom, parabéns ai Leon.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acrescentou Serie D, Terceirona paulista etc?

Olá amigo, vc tem certeza que leu direitinho a descrição ? rs

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bah dai sim, tava só esperando pra começar um save a sério .... RECOMENDADO, Muuuito bom, parabéns ai Leon.

Obrigado Felipe Siman! Qualquer observação, crítica, dica pode ficar a vontade!

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vo baixa com certeza leon! simplesmente espetacular o seu trabalho, ainda mais que nao conflita com nenhum update pelo que eu entendi o mercado de transferencias ficam mais movimentados em 35 paises? Se for isso mesmo que daora em mano? parabens amigo! Deixa o jogo muito realista.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Leon kick asses!! :dance:

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sensacional!

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se eu já tenho um save, terei que começar um novo save?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso diminui as pedidas surreais dos times europeus?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado amigos!

Tem q começar save novo e isso não chega a diminuir as pedidas, isso faz com que todos os times se movimentem em busca de reforços condizendo com a realidade, assim como a reputação dos times ordenado de forma real e com atributos encaixados dentro do FM

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Funciona com o UP

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Funciona com o UP

REALIDADE MÁXIMA funciona com qualquer update e qualquer patch, sendo assim funciona com o up do lohan
0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como faz pra alterar a frequência das contusões? Esse FM 2015 ta muito irreal, toda semana tem pelo menos 1 contundido, isso não existe! hah

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ai sim hein.... usava no 14 agora vou no 15 muito bom... baixando
recomendo

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa, baixando tb!

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ainda to no FM 14 funciona nele?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para o 14 não sei... mas pelos grupos do face tem ele para download, assim como na antiga comu do orkut.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bom esse pacote, estou usando. Uma coisa que notei. A Arena da Baixada, do Atlético Paranaense, continua com 30 mil lugares apenas. Já que a intenção é realidade, atualize a capacidade para a nova Arena pós copa: 42.247

Valeu!

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bom esse pacote, estou usando. Uma coisa que notei. A Arena da Baixada, do Atlético Paranaense, continua com 30 mil lugares apenas. Já que a intenção é realidade, atualize a capacidade para a nova Arena pós copa: 42.247

Valeu!

Amigo, como ele disse, SÓ AS TRANSFERENCIAS que mudam !

E passando pra agradecer aqui tb, Valeu :)

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabéns pelo trabalho!

Esse update também altera a frequência de demissão/contratação dos treinadores aqui no Brasil?

Caso não altere, há algum modo de fazer isto acontecer? (Editando País ou a paciência dos presidentes e diretores dos clubes, por ex)

Seria bem bacana, afinal a pesquisa feita pela ESPN mostra que o Brasil é o pais com o menor tempo de continuidade de um treinador: média de 3 meses.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Procurei no face, e na net, mas não encontro um link válido para download do Realidade Máxima do Fm2014, agradeço se alguém puder me enviar por e-mail.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu curti! Parabéns pelo trabalho! :yest:

Abs

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigos estou pensando em algumas adições para a próxima versão do realidade máxima: após o patch de transferências !

Ideias:

- Novos planos de carreiras ( Jogadores que topariam vir jogar no futebol Brasileiro, que tem identificação com certos clubes), aumentar a probabilidade de contratações de jogadores como Seedorf, Forlan, Drogba, Riquelme para o futebol brasileiro.

- Alterações nos atributos de certos presidentes, para deixar eles mais próximos da realidade (esse trabalho precisaria ser mt bem avaliado)

- Não sei se é possível, mais o legal seria melhorar as transferências nacionais, botando os clubes para comprarem jogadores que estão surgindo de times menores, revelações de campeonatos assim como possibilitar mais troca de jogadores por parte dos clubes acho que isso ainda é um pouco fraco no fm.

- Se alguem pudesse me ajudar, eu gostaria de fazer os times arabes comprarem jogadores em alta do Brasil, mais acho que a unica possibilidade disso acontecer seria aumentando a reputação dos campeonatos de tais paises, ai ficaria irrealista, mais e algo que eu acho que ficaria show no jogo.

Bem, se alguem tiver mais alguma ideia, fique a vontade!
A ideia e deixar o jogo o mais real possivel! :D

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para galera que utlizada o Realidade Maxima se preparem pois vem novidades!

Já estou coletando dados para acrescentar ao utilitário para o patch de fevereiro, irei potencializar as tendências de contratações dos principais paises sulamericanos, norte americanos, europeus e asiaticos do jogo! Por volta de 20 paises editados. :D

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • AlexVivas
      Por AlexVivas
      Galera, boa noite.
      É o seguinte: 
      Tenho o editor offline do FMI 2015 e quero fazer uma coisa simples: criar uma Divisão com Subdivisões. No caso, tentar fazer a Prima, Seconda e Terza Categoria da Itália. Uma divisão simples eu sei, mas essa eu não consigo. Já cacei na net até em inglês e não achei nada. 
      Alguém me ajuda me explicando o básico? 
      Grande abraço. 
    • Butilheiro
      Por Butilheiro
      Oi, eu sou o Anderson Butilheiro e sou membro do fórum desde julho 2015. Já participei do Profissão: Manager com um save sobre o Leeds United, que joguei por 6 temporadas, mas tive diversos problemas técnicos depois disso (e alguns pessoais) e acabei precisando abandonar. Tentei começar outros, mas nunca com a mesma motivação depois da frustração da perda do save anterior. Passado já um bom tempo, resolvi voltar a jogar Football Manager agora recentemente, quando encontrei um update para o meu FM 2015 que pelo menos deixava os times mais próximos do que estão hoje. Ah, já fica aqui o aviso de que o save será jogado nesta versão do jogo.
      Refleti bastante sobre o tipo de desafio que gostaria de tentar e acabei me decidindo por treinar um time que já figurou entre os grandes de seu país, mas que nunca chegou a ser campeão, e ainda sofreu com fatores extracampo e por fim se viu relegado à última divisão nacional. Eu sei, muito clubes se encaixariam nessa descrição. Mas aqui estou falando do Parma, ou Parma Calcio 1913, como agora é chamado o clube. Nas próximas postagens vou falar um pouco mais sobre o clube, sua história, toda a trajetória que os levou à Serie D italiana e como o time poderá se reerguer nas mãos de seu novo treinador.
      Ah, também tenho uma grande surpresa sobre quem será o técnico por trás dessa jornada. Pelo menos, inicialmente. Pretendo fazer um save de clube, por tanto, mesmo se o treinador vier a ser demitido (e isso provavelmente vá acontecer) a ideia é continuar a história. Estão prontos? Vamos juntos acompanhar a ascensão dos Crociati no seu retorno à Serie A.

      A Società Sportiva Dilettantistica Parma Calcio 1913, ou apena Parma é um clube de futebol italiano profissional com sede em Parma, na região norte da Itália. A cidade tem cerca de 170 mil habitantes e é uma das mais prósperas da região, sendo atrativa turisticamente por sua arquitetura medieval e pratos típicos. O clube foi fundado como Verdi Foot Ball Club, em 27 de julho de 1913, mas mudou seu nome em dezembro do mesmo ano para Parma Football Club e, anos depois, para Parma Associazione Calcio. Somente nos anos 1990 a equipe chegou a disputar a Serie A italiana, após a contratação do técnico Nevio Scala, hoje presidente do clube.
      A primeira falência foi decretada em 2004, quando o time vinha de sua melhor fase desde sempre, tendo vencido três Copas Itália e uma Supercopa Italiana, além de duas Copas da UEFA e uma Supercopa Europeia, todos entre 1992 e 2002. A sua melhor colocação na Serie A também veio nesse período: um vice-campeonato na temporada 1996-97. Esse sucesso coincidiu justamente com o período em que o time viveu a era Parmalat, em que a gigante dos laticínios, que também patrocinou o Palmeiras e Juventude aqui no Brasil, abraçou o time. Nesse período, o Parma chegou a ter em seu elenco grandes jogadores como os goleiros Taffarel e Gianluigi Buffon, os defensores Lilian Thuram e Fabio Cannavaro, os meias Alex e Véron, além dos atacantes Gianfranco Zola, Hernán Crespo, Adriano e Faustino Asprilla.
      Em 22 de junho de 2015, o tribunal decretou sua segunda falência, após somar mais de € 218 milhões de dívidas. Dessa forma, o time teve que recomeçar sua trajetória no futebol desde a Serie D italiana, o nível amador mais alto do calcio (são 6 ligas amadoras ao todo, sendo a Serie D a de maior relevância). De 2015 em diante o Parma luta para se reerguer econômica e futebolisticamente e já conseguiu na temporada passada, o acesso á terceira divisão italiana, a Lega Pro.
      O time manda seus jogos no Estádio Ennio Tardini, com capacidade para 27.906 lugares, desde 1923. O estádio foi construído em 1923 e foi nomeado em homenagem à um dos ex-presidentes, com capacidade para 27.906 espectadores, embora atualmente seja apenas autorizada a entrada de 22.885, sendo o mais antigo campo de futebol na Itália em uso.

      No Football Manager 2015 a Serie D não é uma das divisões jogáveis, porém o Parma está lá. Para tornar jogável, precisei fazer a edição da liga italiana em toda a sua estrutura, incluindo a Serie D como jogável. Além disso, como default, a temporada se iniciaria em 2014, ano em que o Parma ainda não teria sido rebaixado e sofrido falência. Por tanto, ao iniciar o save, criei um treinador aleatório, desempregado, e simulei o jogo até o início da temporada 2015-2016, para assumir o Parma em sua estreia na Serie D. Para tentar dar um pouco mais de realidade, o FM estava atualizado com as transferências até esta altura, na medida do possível, através de alguns base updates disponíveis no site Sortitoutsi.

      Como não se trata de um jogo LLM, vou adaptar algumas regras desse modo de jogo. Será um save com história ficcional, mas mais focado no jogo do que na história em si. A ideia é levar um time da uma divisão baixa à primeira divisão de seu país, mas não colocarei as regras de contratação e etc.
      - Será permitido contratar jogadores, desde que até o limite de 3 por temporada;
      - Não haverá limitações quanto à empréstimos de jogadores;
      - Jogadores livres também não contam para o limite de 3.

      O objetivo principal do save é levar o Parma de volta à elite do futebol italiano. Mas, além disso, é levar o time ao Scudetto, algo inédito na história do clube, formando, para isso, um grande e forte elenco. Neste elenco, o goleiro deverá ser uma cria da base e ao menos um dos atacantes deverá ser um jovem jogador sul-americano.
      Os objetivos secundários são de conquistar a Liga Europa e levar o time a disputar a Champions League pelo menos 3 anos seguidos, ter um jogador artilheiro da Serie A e revelar 5 jogadores para a seleção italiana.
      Como objetivo paralelo, o valor de mercado do Parma deve ser pelo menos um dos dez primeiros da Serie A em 10 temporadas.
      A base deverá ser desenvolvida para que a maior parte (mais de 50%) dos jogadores do elenco principal sejam formados no clube em até 5 temporadas.
    • CCSantos
      Por CCSantos
      Olá para todos.
      Inspirado pelas mais que merecidas e lindas histórias de @Luiz A. Borell Gonçalves (O Mochileiro) e @Ari Cesar (Minha História), decidi montar este segundo diário, dessa vez no FM15.
      Se trata de um desafio, bem tradicional mas muito interessante.
      A Europa é o continente onde aconteceu boa parte da evolução da humanidade, pelo menos durante os últimos 500 anos.
      Muitas descobertas foram feitas ali. Muitas batalhas também. Muitas pragas atingiram o Velho Continente, e, ainda assim, a Europa soube se reinventar, se recriar, mesmo quando a mesma está destruída por uma guerra ou por uma bomba de alto alcance.
      Essa era uma ideia antiga (que muita gente já pensou em fazer, que eu sei) e pretendo colocá-la em prática ao mesmo tempo que mantenho o diário sobre o Kastro Kyllinis no FM14 (para quem não viu,este é o link)
      A ideia é muito simples: Conquistar 53 campeonatos nacionais e 54 Copas nacionais, chegando a alcançar títulos em todos os representantes da UEFA.
      Lembremos que existem mais Copas que Ligas,pelo fato que Liechtenstein não tem uma liga própria, e é autorizado a atuar na Liga Suiça, como bem lembra o próprio Luiz Borell,que comanda o Balzers neste save,
      Porém, a ideia é ir além: Vou ajustar para que o antigo regulamento das competições europeias (aquele dos anos 80, onde somente o campeão nacional disputava a Liga dos Campeões, o campeão da Copa Nacional acabe indo pra Recopa Européia, etc..) possa ser utilizado. Se der certo, vai ser bem legal.
      Vou puxar todos os países da Europa, sem NENHUMA EXCEÇÃO, a maioria estará em 'Ver Apenas' ,mas de acordo com o tempo, ligas serão ativadas e outras, desativadas (aprendi isso na saga do Mochileiro)
      Exceção aos países que já tem uma database no FM + San Marino e os países que vão começar esta história - vou falar quais são daqui a pouco - os países terão, no máximo, duas divisões. País de Gales, por exemplo, terá uma Divisão apenas, que nem é na database do FM.
      Um detalhe importante: Em cada país, ou tenho que começar com um time da segunda divisão ou com uma equipe da primeira divisão, mas cotada ao rebaixamento. No caso das equipes com uma divisão ativa no jogo, o favorito a lanterna do campeonato pode ser o escolhido.
      Vou começar o save sem nenhum curso e sem nenhuma qualificação. A Europa nos aguarda!
      Daqui a pouco, venho com a lista dos primeiros países disponíveis para jogar nesta história.

      Quem vem comigo?
      Lado ruim: Não sou assinante. Logo, as glórias não ficarão atualizadas logo na primeira página. Mas, se formos ver, isso também é bom pois atiça a curiosidade de quem acompanha.
    • andrefraga
      Por andrefraga
      Salve, salve, treinadores de plantão!
      Recentemente expressei meu desejo de compartilhar um save aqui com vocês. Nunca fiz isso antes, mas sempre tive vontade e  acompanhar as histórias da galera, só me motivou ainda mais! Então, acho que a hora finalmente chegou!

      Foram carregadas todas divisões das principais ligas mundiais, pois como quero que a batalha nas ligas inferiores seja sangrenta, gostaria do jogo simulando tudo cá embaixo também. Acrescentarei ou excluirei ligas conforme seja promovido ou rebaixado de divisão.
      As restrições estão conforme relacionadas abaixo. Optei por marcar a opção "Evitar que as equipes que já tenham treinadores sejam controladas" de forma a tornar o save o mais realista possível.
       

      Ligas carregadas e opções do save.

      Moneyball é uma teoria inicialmente desenvolvida e aplicada no beisebol americano que busca, através da análise de dados estatísticos, encontrar os melhores jogadores, táticas e estratégias, assegurando assim uma forma de "quebrar a banca", fazendo frente aos grandes do esporte e ao mesmo tempo sendo mais eficaz na gestão financeira do clube. A teoria fez sucesso no beisebol e se expandiu para outros esportes, chegando ao futebol (ainda sem nenhum sucesso evidente) e, eventualmente, ao Football Manager.
      "Football Manager Meets Moneyball", de Alex Stewart, é uma série de artigos nos quais o autor desenvolve um clube baseado em alguns princípios retirados dos livros Soccernomics e The Numbers Game que utilizam as bases da teoria do Moneyball. Admito que quando li os artigos fiquei um pouco intrigado (desconfiado?) com a facilidade que Alex alcançou diversas façanhas com um modesto time da 3 divisão inglesa - em 5 anos ser campeão da Europa, por exemplo - e arquivei mentalmente a ideia de testar os princípios por trás da filosofia em save futuro.
      Motivado pelos saves da área que consegui acompanhar e com aquela ideia adormecida cada vez mais martelando no meu subconsciente, decidi que estava na hora de tentar aplicar os conceitos do Moneyball à minha história. Imaginei que poderia seria um desafio interessante e resolvi compartilhar essa tentativa aqui com vocês.  Afinal, por que não?
      Eis as principais ideias que sustentarão o meu save, no qual tentarei aplicar os conceitos do Moneyball com algumas pequenas ressalvas:
      I. Avalie antes de iniciar seus movimentos de compra e venda;
      II. Foque em melhorar os links mais fracos de seu time, antes de focar em fortalecer outras áreas;
      III. Se receber a oferta por um jogador cujo valor seja superior ao seu valor de mercado, ACEITE;
      IV. Não se apegue. Venda seus jogadores no momento certo;
      V. Não tenha medo de gastar quando necessário;
      VI. A soma de seus gastos salariais é mais importante que a o montante gasto com transferências;
      VII. Sempre tenha peças de reposição à disposição ou, quando não, ao menos bem definidas. Monte um "elenco sombra";
      VIII. Tente repor qualquer saída antes dela de fato acontecer;
      IX. Performances passadas não são certeza de repetição da performance no futuro. Para o bem ou para o mal;
      X. Você não sabe tudo! Obtenha segundas (terceiras, quartas,...) opiniões de seus olheiros e treinadores;
      XI. Não compre jogadores superestimados. Atacantes e jogadores de nacionalidades inglesa, holandesa e brasileira no geral costumam custar mais que a média. Jogadores que performaram bem em competições internacionais também;
      XII. Não compre se você não precisa. Desenvolver seus próprios jogadores é sempre melhor;
      XIII. Conceder poucos gols (nenhum é preferível) é mais importante do que marcar muitos. Um time que sofre poucos gols precisa de um esforço menor para assumir a liderança no placar e, consequentemente, conseguir os 3 pontos.
      Essas são as ideias que pretendo seguir, não são regras inquebráveis, são mais como "guidelines", ideias que guiarão o andamento do save, mas sem serem, de fato, totalmente restritivas: são orientações.
      Futuramente farei um post mais detalhado sobre o Moneyball.

      Eu queria uma certa dificuldade. E para me ajudar no atendimento desse quesito, defini 3 regras que me guiariam na escolha do clube:
      I. Liga pertencente:
      O time deveria estar no mínimo na 3ª divisão de seu país;
      II. Situação financeira:
      Era imprescindível que o time estivesse endividado. Afinal, é Moneyball ou não é?
      III. Previsão da imprensa*:
      Cotado para estar em qualquer posição fora do acesso direto e/ou playoffs de acesso.Geralmente a partir da 7ª-8ª posição.
      *
      As regras acima, somadas à opção "Evitar que as equipes que já tenham treinadores sejam controladas" me deixaram com apenas 2 opções:
      a. Coventry City F.C: Sky Bet League 1 (3ª divisão inglesa) - Valor Estimado de € 11,5MI e dívida de €6,5MI - Previsão da imprensa 12º;
      b. Grimsby Town F.C: Sky Bet League 2 (4ª divisão inglesa) - Valor Estimado de € 1,7MI e dívida de €4,7MI - Previsão da imprensa 20º;
      A escolha foi bem fácil como podem imaginar. Se eu queria dificuldade, nada melhor que um time da 4ª Divisão com uma dívida em quase 3x o valor estimado do clube e cotado para lutar contra o rebaixamento.
      Grimsby Town Football Club, eu escolho você!!

      Com base no clube escolhido, deixei o jogo definir quais seriam minhas melhores classificações. Apenas tive o trabalho de distribuir os pontos levando em consideração a proposta de treinador que irei tentar impor neste save:um treinador que pratica um futebol cauteloso, jogando defensivamente, focando em conceder o menor número possível de gols.
      Essa abordagem defensiva vai totalmente contra tudo que eu sempre pratiquei  até então no FM e sequer chegou a passar pela minha cabeça em qualquer save anterior, onde eu sempre buscava jogar um futebol vistoso e de muitos gols. Nesse save testarei a máxima:
      "Ataques ganham jogos. Defesas ganham campeonatos."

      Perfil do treinador André.

      1. INTRODUÇÃO: 
      "The Mariners" (Os Marinheiros) ou ainda "The Mighty Mariners" (os Poderosos Marinheiros), como são apelidados, são um modesto clube situado no litoral leste da Inglaterra, no condado de Lincolnshire, cidade de Grimsby, com cerca de 88 mil habitantes.
      Fundado em 1878 (139 anos), o clube mais antigo do condado de Lincolnshire (há apenas outros 2) carrega a árdua missão de se manter na Sky Bet League 2 após ter sido promovido da Vanarama National League depois de 3 frustradas tentativas (2 perdas nas semi-finais em 2013 e 2014 e uma eliminação nos pênaltis na final em 2015).
      Em uma marcante final no Estádio de Wembley, perante um público de 17.198 mil presentes, o Grimsbty Town FC sacramentou o acesso à 4 Divisão Inglesa após derrotar por 3x1 o Forest Green Rovers, pondo fim aos 6 anos negros nos quais o clube esteve ausente das divisões superiores da Inglaterra.
      Curiosidade 1: Grimsby foi eleita a pior cidade para se viver em 2016, de acordo com o jornal local Grimsby Telegraph:
      http://www.grimsbytelegraph.co.uk/grimsby-voted-worst-place-live-england-2016/story-28468795-detail/story.html
      Parece que o treinador estrangeiro, vindo do Rio de Janeiro  não fez um bom negócio ao trocar o litoral carioca pelo litoral  grimsbyano (?).
      2. INFRAESTRUTURA:
      Tanto estádio quanto as academias dos seniores e juniores são estruturas muito precárias, deixando muito a desejar. O recrutamento de jovens também é péssimo!

      Blundell Park e suas precárias instalações.
      Curiosidade 2: Apesar de ser oriundo da cidade de Grimsby, o clube manda seus jogos no  Blundell Park  (9.052 sentados), situado na cidade de  Cleethorpes (quase 40 mil habitantes), nordeste de Lincolnshire. Devido à essa diferença entre a cidade sede, que dá nome ao clube, e a localização de seu estádio, o clube é sacaneado por seus oponentes por ser "o único clube britânico a jogar fora todo jogo". Tecnicamente não é lá grandes coisas, uma vez que estamos falando de cerca de 3 km de distância, mas vale a a atenção pelo fato de que todo benefício econômico proveniente de ter um clube local recebendo jogos, semana sim, semana não, vai para uma cidade que não é aquela na qual o clube é sediado.  No contexto do FM, nada muda em nosso jogo, não há fadiga extra devido à esse deslocamento para "fora".
      Hoje, há estudos encaminhados para a construção de um  novo estádio  com capacidade para 14.000 pessoas sentadas, próprio da cidade de Grimsby, trazendo todos benefícios que tal estrutura pode gerar para a comunidade local. 
      Curiosidade 3: A arquibancada principal, datada de 1901 é "possivelmente" a mais atinga dentre os estádios de futebol ingleses.
      http://www.footballgroundguide.com/leagues/england/league-two/blundell-park-grimsby-town.html
      3. HISTÓRICO NA LIGA & SALA DE TROFÉUS:

      Na liga, uma montanha-russa descendente. Na empoeirada Sala de Troféus, 19 anos de secura e muitas teias de aranha se acumulam nos escassos os troféus.
      Curiosidade 4:  Histórico na liga desde 1889, passando pelos períodos de guerra até a última temporada 2015-2016, na qual o clube foi promovido.

      Encerro aqui minha primeira postagem com o receio de já ter me alongado demais!
      Gostaria apenas de finalizar com alguns sinceros agradecimentos:
      Primeiramente à todos que aqui compartilham suas histórias e que acabaram direta ou indiretamente me influenciando na escrita da minha. Somente depois que comecei a colocar em prática que percebi o quanto é trabalhoso! 
      Gostaria também, de agradecer ao @Bega Gomes e ao @São Marcos por disponibilizarem seu tempo e criarem o logo e barras para o meu save. Peço desculpas por não utilizá-las porque acabei mudando de clube e desperdiçando o trabalho de vocês. De qualquer forma obrigado! 
      Indiretamente agradeço ao @ggpofm pois acabei por utilizar e um logo padrão que ele disponibilizou na Galeria de Gráficos, apenas alterei o escudo e o nome do clube.
      No próximo post devo trazer informações sobre o day one no clube, staff, elenco, finanças, expectativas etc.
      Até breve!
      IR PARA:
      Próximo Tópico: POR DENTRO DO CLUBE: PARTE 1
      ÍNDICE
    • Piotr Ilitch
      Por Piotr Ilitch
      Há alguns meses tentei lançar um desafio nesta área, mas acabou precocemente. Agora, inspirado pela heroica classificação da Nicarágua para Gold Cup, peguei o primeiro voo para a região central da America Querida, para quem sabe mudar como a história é contada nesse pequeno país onde o futebol ainda não é o esporte mais praticado. 161ª colocada entre os 209 países rankeados pela FIFA, a Nicarágua disputou a Gold Cup apenas três vezes desde o começo da competição em 1963 e apenas uma desde a era CONCACAF da competição a partir de 91, obviamente La Blanca y Azul nunca botou os pés numa Copa do Mundo.

      SALVE A TI, NICARÁGUA! EM TEU SOLO JÁ NÃO RUGE A VOZ DO CANHÃO
      O futebol nunca teve muito espaço nas colunas esportivas dos periódicos nicaraguenses, esse espaço é quase sempre reservado a paixão nacional: Baseball. O cenário piorou entre os anos 70 e 80 com a ascensão da Guerra Civil durante a Revolução Sandinista, fato esse que ainda marca o país muito mais que a busca pelo sucesso desportivo. Porém toda história que será vivenciada com vocês teve início devido ao também sandinista José Jacinto Reyes Gática, aproveitando-se da crise financeira na FENIFUT causada pelos sucessivos casos de corrupção da antiga gestão. O presidente não resistiu e fugiu do país, deixando caminho livre para os Sandinistas elegerem Reyes como novo presidente da entidade maior do futebol nicaraguense. 
      O caso inaugurou uma nova página na história do futebol por essas terras, depois das eleições aqueles velhos dirigentes corruptos foram extirpados da organização, alguns presos e outros desertados, a boa gestão e o otimismo voltaram feito combustível para objetivos ambiciosos. Como resultado, o futebol do país adquire nova consciência e pode, agora, desabrochar mais libertário, generoso e sábio, inspirado nos ideais do povo que representa.
      FEDERACIÓN NICARAGUENSE DE FÚTBOL, FENIFUT

      O presidente José Reyes foi eleito por pessoas interessadas em mudanças profundas no sistema de gestão defasado do futebol, até então havia pouco equilíbrio entre o Real Stelí e as demais equipes, faltava dinheiro para todos e isso se refletia em péssimas estruturas, na qualidade dos jogadores formados e consequentemente na má qualidade do futebol da seleção. O primeiro passo foi conseguir filiar 44 equipes e não cobrar nada dos times remanejados, a maior parte deles (Inclusive da Primera División) são semi-profissionais e não tem condição de competir com os três grandes: Real Stelí (atual hexacampeão), Diriangén (o clube mais popular), Walfer Ferreti (em ascensão recente). Os clubes nunca foram longe nas competições continentais, pois mesmo comparado com os vizinhos costa-riquenhos há um abismo entre a qualidade técnica das competições nacionais.
      Os dirigentes reuniram-se por várias noites e após muita discussão assim ficou organizado o novo futebol nicaraguense:
      Primera División - 18 clubes, formato turno e returno, os 3 últimos são rebaixados e o 15° disputa o playoff de rebaixamento em jogo único
      Segunda División - 26 clubes, turno único, os 3 primeiros sobem, o 4° colocado disputa o playoff contra o 15° da elite
      Copa da Nicarágua - Única copa nacional, fases organizadas por divisão, 16 rodadas de mata-mata em jogo único
      *Pelo que tenho observado, e não entendi o porquê disso, apenas a Copa dá vaga na Concachampions.*
      Regras de competição - O máximo de inscritos não pode ultrapassar 25 jogadores; máximo de 5 estrangeiros na lista de inscrição
      AGUANTE ALBIAZULES!