Ir para conteúdo
AJUDE O FMANAGER! Seja Membro VIP ou faça uma DOAÇÃO! ×
  • Cadastre-se

As 10 novas séries mais promissoras da Fall-Season 2014


Cesarrock9

Posts Recomendados

Um dos sentimentos mais frustrantes para quem acompanha uma nova produção, é se apegar a uma história ou personagens e ver aquela série ser cancelada abruptamente, logo no meio da sua temporada de estreia. O canal não esperou a trama evoluir, não esperou os personagens se desenvolverem e lá fomos nos apegando a algo que morreu bem cedo.

Pensando nisso resolvi listar as 10 novas séries, que em minha opinião, possuem boas chances de serem renovadas. Os critérios são uma mistura de análise da grade de programação de cada canal, levando em conta o histórico e padrão de cancelamento adotado pelas emissoras, e não apenas uma grande lista feita a base do chutômetro. Levei em conta também a qualidade mostrada logo nos promos e é claro que aqui contamos um pouco com aquilo que eu considero bom e ruim. Apenas produções confirmadas para ainda esse ano entraram na lista.

Essas são as minhas apostas das 10 novas séries mais promissoras da temporada.

10. Forever – ABC, estreia dia 23 de setembro

Trailer

Foi difícil encontrar 10 nova séries promissoras para completar essa lista e Forever é a menos promissora entre as promissoras. Embora conte com um bom protagonista como Ioan Gruffudd e tenha uma história “interessante”, que vai depender não apenas dos casos, mas também da óbvia tensão sexual entre a dupla principal, que como já provado por Castle e Bones pode realmente arrastar multidões por anos, tenho um pouco de receio que essa possa ser uma série muito tachada de “mais do mesmo”. É o casalzinho investigando novos casos toda a semana, eles vão ficar juntos, não vão… A grande verdade é que existe público em demanda para esse tipo de produção, resta saber se a ABC vai conseguir encontrar pessoas suficientes para acompanhar semanalmente.

PS – Já temos crítica postada sobre o primeiro episódio de Forever, clique aqui para ler.

9. State Of Affairs – NBC, estreia dia 17 de novembro

Trailer

No ano passado, a nova série mais assistida da Fall-Season 2013 entre os canais abertos americanos foi The Blacklist da NBC. A estratégia de lançamento foi muito simples: um nome de peso como protagonista (James Spader), uma trama que envolva casos da semana e um mistério mais profundo para ser trabalhado ao logo da temporada e exibir os episódios depois do programa de maior audiência da TV americana, também conhecido como The Voice. Nessa temporada a NBC vai adotar a exata mesma estratégia com State Of Affairs e eu acredito que vai funcionar. Eles vão até segurar a estreia para metade de novembro exatamente para usarem o mesmo horário de The Blacklist pós-The Voice, mas só depois que Red retornar para seu 2ª ano e garantir bons números com a nova temporada. Katherine Heigl tem tudo para retornar à TV como uma produção de sucesso.

8. Stalker – CBS, estreia dia 1 de outubro

Trailer

Apostar em Kevin Williamson é apostar seguro. O cara sabe criar séries bem sucedidas e dessa vez ele continua trabalhando no gênero que o fez famoso, desenvolvendo outro thriller que mistura sua obra mais popular e sua obra mais recente. Stalker parece muito uma fusão de Pânico com The Following. Williamson consegue começar bem uma história, mas seu problema é manter a qualidade depois de uma boa introdução, porém, um começo forte já é o suficiente para quase que garantir uma renovação. Ter Maggie Q no elenco também ajuda muito e ela com certeza vai trazer os órfãos de Nikita para a CBS.

7. Gracepoint – FOX, estreia dia 2 de outubro

Trailer

Gracepoint é a situação mais peculiar da temporada. Ela é vendida como minissérie, a FOX garantiu que vai exibir todos os 10 episódios encomendados para a primeira temporada e que o caso vai ser resolvido no último episódio. Isso já torna a nova série de David Tennant (Doctor Who) e Anna Gunn (Breaking Bad) praticamente uma obrigação. Não tem porque não assistir. Levando em conta todo esse cenário de “não tem porque não assistir” que está sendo vendido pelo canal, pelos poucos episódios e pelo elenco famoso, é quase que garantido que o remake de Broadchurch vai ganhar outra temporada.

6. Marry Me – NBC, estreia dia 14 de outubro

Trailer

É interessante notar que essa é a única comédia da lista. Eu sou um grande fã das comédias da NBC e adoro The Office, Community, Parks e os clássicos como Friends e Will & Grace. Marry Me é a concepção de um grupo muito talentoso, que envolve o criador da série David Caspe (Happy Endings) e a dupla protagonista formada por Casey Wilson (Happy Endings) e Ken Marino (Veronica Mars). Eu até poderia ser acusado de estar cego por deixar meu gosto pessoal influenciar na análise, mas a grande verdade é que Marry Me também será uma das novatas exibidas logo depois de The Voice, o que muito provavelmente irá torná-la a nova comédia mais assistida da temporada e com mais facilidade ainda garantir outra temporada.

5. Constantine – NBC – Estreia dia 24 de outubro

Trailer

Já tem alguns anos que a NBC está trabalhando em criar um bloco de terror nas noites de sexta-feira. Ela conseguiu solidificar Grimm, mas fracassou com Dracula. A nova aposta agora é Constantine, que eu particularmente achei um dos piores pilotos em muito tempo (o episódio que vazou está sendo reformulado para a estreia oficial, mas a história e o protagonista serão os mesmos, e esses foram dois pontos muito fracos, em minha opinião). Mas estamos na moda das adaptações de quadrinhos, três das dez séries dessa lista são adaptações de quadrinhos e o motivo para isso é muito simples: o apelo comercial internacional. Quando você trabalha com um produto que já possui milhões de fãs ao redor do planeta, a dependência da audiência doméstica diminui muito. No ano que vem todos os canais abertos americanos terão alguma adaptação de quadrinhos e a tendência é que isso só aumente. A Netflix vai ter o Demolidor e outras séries da Marvel, a AMC vai ter Preacher e a coisa está se espalhando mais rápido que vírus zumbi.

4. How To Get Away With Murder – ABC, dia 25 de setembro

Trailer

Acredito que essa será uma das maiores audiências da temporada. O bloco das séries de Shonda Rhimes nas noites de quinta-feira pela ABC tem tudo para ser um verdadeiro sucesso. Scandal e Grey’s Anatomy já estão consolidados e Murder chega com uma premissa bacana e uma atriz fantástica (Viola Davis) no papel central. Shonda é uma roteirista muito habilidosa, que obviamente sofre com o desgaste criativo em Grey’s, mas isso é inevitável para qualquer produção que esteja a tantos anos no ar. How To Get Away With Murder é uma das poucas novatas que eu me vejo acompanhando além do piloto.

3. Gotham – FOX, estreia dia 22 de setembro

Trailer

Gotham é provavelmente, a série com a maior verba de marketing da temporada. Entre TODAS as produções, seja novata ou veterana. Esse ângulo de mostrar a origem de um dos principais heróis da DC Comics, mas focado em um personagem secundário como o Comissário Gordon, me soa muito atraente. Não apenas veremos Gordon nos seus primeiros dias dentro da força policial de Gotham City, como iremos conhecer o jovem Bruce Wayne e como surgiram os principais vilões do universo focado no Homem-Morcego. Para um personagem dos quadrinhos tão explorado na TV e cinema como o Batman, essa proposta de Gotham é no mínimo uma oportunidade de algo novo. O fato de a Netflix já ter comprado os direitos de exibição de Gotham e todo o apelo comercial mundial, já garante a série para sua 2ª temporada. Essa é uma das apostas mais fáceis de sucesso, porque não importa muito se Gotham vai ser bom. O dinheiro fala mais alto e aqui ele já urrou.

2. NCIS: New Orleans – CBS, estreia dia 23 de setembro

Trailer

Não acompanho o universo de NCIS, mas não precisa ser um gênio para entender que um spin-off da série mais assistida do mundo, é uma boa garantia de sucesso. A competição no horário americano que NCIS: NO é bem tranquila (Agents of Shield e Supernatural) e a dobradinha com NCIS vai garantir bons números para a novata. Como eu disse no post da análise das séries da CBS, esse não flopa nem se for ruim.

1. The Flash – CW, estreia dia 7 de outubro

Trailer

The Flash é a série mais aguardada da temporada e isso nem é questão de opinião, é praticamente fato. Um bom indicador disso é o próprio promo acima com quase 18 milhões de visualizações, disparado o promo mais assistido. Quase o dobro de Gotham e Constantine. Sem falar que a página oficial no Facebook já está com mais de 1 milhão de fãs, antes mesmo da estreia. Nunca imaginei que uma série da CW poderia ser a mais aguardada da Fall-Season, e quando digo mais aguardada não estou falando apenas dos americanos… The Flash é a nova série mais aguardada no mundo. Muito desse sucesso vem de Arrow, uma vez que que a série do Velocista Escarlate é um spin-off do Arqueiro Verde e a CW vai fazer inúmeros crossovers entre ambas as séries para explorar ao máximo os personagens da DC Comics que ambos possuem em comum. Pessoalmente não faz meu estilo, desisti de Arrow lá pelo 5ª episódio da primeira temporada e não pretendo acompanhar The Flash. Nada no piloto que vazou me animou, mas independente disso, não tem como negar que essa é a produção mais garantida de sucesso do ano.

Fonte: Série Maníacos

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Diretor Geral

Constantine eu já iria acompanhar de certo, mas esse post aí me convenceu em assistir Gotham e gostei de Gracepoint.

Acho que vou ficar nessas 3 (deste post).

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

"Já tem alguns anos que a NBC está trabalhando em criar um bloco de terror nas noites de sexta-feira. Ela conseguiu solidificar Grimm, mas fracassou com Dracula."

Grimm terror? hahahaha

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 semanas atrás...
  • Diretor Geral

Gostei do piloto de Gracepoint.

Mesmo sendo somente uma apresentação do caso em si, os atores no geral foram mt bem, e gostei bastante da direção do episódio. Já vai entrar pra minha lista, acompanharei de certo...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

DIscordei pra caralho com a opinião do cara sobre o piloto de Constantine. Achei muito bom e muito promissor, a mitologia de Constantine é gigantesca e naquele piloto "ruim" eles já colocaram muita, mas muita coisa plantada, algo muito mais profundo que o filme foi. Acredito que tem tudo pra ser muito boa a série, desde que não descambe pro lado "Supernatural" da coisa. Tem muito potencial.

Muito mais do que Gotham por exemplo, que já tá no terceiro episódio e só no terceiro conseguiu um pouco da minha atenção, pouco, bem pouco inclusive. Achei o primeiro episódio ruim, o segundo totalmente lixo e o terceiro ok. Tu pega erros de continuidade e coisas que parece que resolveram não seguir, primeiro episódio o Bullock enche o cu de pinga a cada canto, nos outros dois ele não bebe um segundo, são coisas assim que tiram a credibilidade da coisa, simplesmente "esquecem" isso? Sem contar que já tenho problema com a existência dessa série, sou totalmente contra, pra mim é total caça níquel, não quer realmente aprofundar a mitologia dos personagens e nem acrescentar algo novo, que é sempre bem vindo no mundo engessado das HQs. Puro chá com adoçante, totalmente sem graça.


The Flash sim teve um dos melhores pilotos que já vi na minha vida, estupidamente foda, colocando milhões de easter eggs, introduzindo conceitos MUITO dificeis de serem colocados em série que acreditava que eles fossem ignorar, tem coisas que acho inadaptáveis nas HQs, mas eles cagaram e andaram pra isso, mostraram muita coragem e vão ir atrás de colocar assuntos como outros Flash, viagem temporal, muitos super heróis com poderes. E como a equipe de produção é praticamente a mesma de Arrow, até confio nos caras. Espero que seja menos enrolada que Arrow, tem tudo pra ser mais pra cima que a série do arqueiro, mas não emboquem pro caminho do amorzinho, pelamordedeusssssssssss.



De resto nem sou muito de séries, só paro pra ver quando realmente me interessa ou séries de super heróis (que acompanho desde criança e já escrevia sobre em blogs, então é meio que uma obrigação nerd, nem que seja pra passar raiva haha), acho o formato seriado muito aberto, se os produtores quiserem enrolam até 10 anos, é muito potencial pra enrolação AHAH Já me decepcionei com Lost e Supernatural, chega de decepções em seriados HAHA


PS: Não é estréia, mas se tu curte super heróis, Agents of Shield começou bem pra caralho a segunda temporada, com muito mais profundidade. Precisavam disso, já que primeira metade da primeira temporada foi vergonhosa.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Gracepoint é a série que mais promete nessa lista, ainda mais porque é o remake da série britânica Broadchurch (disponível na Netflix da França, Bélgica e Suíça). Não verei a versão hollywoodiana agora, pois estou vendo a britânica.

O David Tennant (presente nas duas séries) dá um show em atuação
E a Anna Gunn além de ser uma ótima atriz... é um espetáculo de mulher :trolldad:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Diretor Geral

Gracepoint é a série que mais promete nessa lista, ainda mais porque é o remake da série britânica Broadchurch (disponível na Netflix da França, Bélgica e Suíça). Não verei a versão hollywoodiana agora, pois estou vendo a britânica.

O David Tennant (presente nas duas séries) dá um show em atuação

E a Anna Gunn além de ser uma ótima atriz... é um espetáculo de mulher :trolldad:

Você tá acompanhando?

Gostei mais ainda desse 2o EP dela, tá prometendo meeesmo, rs. O Tennant é realmente um ótimo ator e, aliás, o elenco todo é de bom nível, alguns acima da média como o próprio David. Muito bem filmado, locações mt bonitas, enfim, vale a pena assistir.

p.s: a Anna fica ainda mais bonita de policial, e com rosto de brava hahahaha!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Assisti só o piloto de Forever e parece ser só um Sherlock que é imortal.

Assisti os três primeiros episódios e fiquei com essa impressão também..

Mas to gostando, até.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Você tá acompanhando?

Gostei mais ainda desse 2o EP dela, tá prometendo meeesmo, rs. O Tennant é realmente um ótimo ator e, aliás, o elenco todo é de bom nível, alguns acima da média como o próprio David. Muito bem filmado, locações mt bonitas, enfim, vale a pena assistir.

p.s: a Anna fica ainda mais bonita de policial, e com rosto de brava hahahaha!

Na verdade eu não acompanhei a versão hollywoodiana ainda, porque estou assistindo a versão britânica e nela o Tennant está dando um show. Fora que a escola de atores britânicos é um show à parte: a forma como eles demonstram emoção em suas fisionomias, as ótimas atuações e tudo mais.

Em Broadchurch as locações também são lindíssimas, meu amigo.

Eu vou assistir Gracepoint quando estiver com a temporada completa, para ser sincero. Tudo bem que a Anna Gunn turns me on (e eu vi a cara dela de bravinha no teaser da série hahaha), mas estou fissurado com a versão UK.

Mas as duas séries prometem, meu amigo. Assista Gracepoint sem medo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Assistir o Tennant com sotaque americano deve ser muito bizarro.

sdds 10º Doutor

To assistindo Amy Pond fazer sotaque americano tb, meio estranho tb hahahha

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

To assistindo Amy Pond fazer sotaque americano tb, meio estranho tb hahahha

Um pecado pegar uma ruiva daquelas e jogar fora o sotaque escocês.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Gostei de Selfie. Série legalzinha pra passar o tempo, mas não acho que vá durar muito. Jonh Cho = cancelamento. hahahaha

A Karen Gillan fica bizarra demais com essa peruca. Tem que voltar ao normal logo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Forever assisti o piloto e gostei. Pretendo continuar assistindo apesar de realmente ser um Sherlock imortal.

The Flash pretendo acompanhar irei ver o primeiro ep hoje.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 mês depois...
  • Diretor Geral
Gracepoint não empolga e é cancelada pela FOX

gracepoint.jpg

Enquanto a série original Broadchurch é renovada para a segunda temporada, a versão norte-americana Gracepoint (estrelada por David Tennant no MESMO papel) não conseguiu empolgar no line-up do canal FOX, registrando baixíssimos números de audiência. Agora ela foi “transformada” pelo marketing da emissora numa “minissérie de mistério em 10 capítulos”, para não dizerem que está cancelada (mas está).

Essa cartada da “limited series” é a nova jogada dos canais para evitar que seus dramas sejam tidos como cancelados. Se fosse um sucesso, seria renovada (vide o exemplo de Fargo). Como não foi, vira “minissérie” ou “série limitada”.

O drama é uma refilmagem praticamente cena a cena da britânica (o que a torna sem propósito a não ser a mudança do final, que deve ocorrer) sobre a história do homicídio de um garoto na cidade que dá título à produção. Estrelava com Tennant a atriz Anna Gunn (Breaking Bad) e Nick Nolte (Luck).

@Ligado em Série

Não me broxou tanto pois nem sabia que tinham a intenção de continuá-la. Desde o começo pra mim sempre foram somente esses 10 EPs e só, hahaha... mas é uma pena, tô gostando bastante (hoje tem a season finale!).

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

×
×
  • Criar Novo...