Jump to content

O Diário de José Silva, um brasileiro (att 12/09/21 - Irregularidade mantida)


Megalodonte
 Share

Recommended Posts

Que bela temporada, parece que aqueles meses só treinando deram resultado hehe

Parabéns pelo acesso, agora é trabalhar forte no elenco pra melhorar ainda mais pra próxima temporada.

Link to comment
Share on other sites

Parabéns pela conquista e boa sorte com o save que se inicia.

A proposta de carregar todas as ligas é algo muito maneiro, espero mesmo que teu computador aguente e você possa passar anos explorando todo tipo de submundo possível na database do FM.

Link to comment
Share on other sites

17 horas atrás, Henrique M. disse:

PArabéns pela promoção, é importante esse tipo de conquista no começo da carreira, para solidificar o nome do treinador.

Valeu, Henrique! Agora é tentar a Licença Nacional B, também.

17 horas atrás, div disse:

Que bela temporada, parece que aqueles meses só treinando deram resultado hehe

Parabéns pelo acesso, agora é trabalhar forte no elenco pra melhorar ainda mais pra próxima temporada.

Valeu, Div! Tô curtindo demais o Guarulhos

11 horas atrás, Peepe disse:

Parabéns pela conquista e boa sorte com o save que se inicia.

A proposta de carregar todas as ligas é algo muito maneiro, espero mesmo que teu computador aguente e você possa passar anos explorando todo tipo de submundo possível na database do FM.

Por enquanto tá rodando sem problemas, Peepe. Espero que não dê nenhum crush. Também acho que com o passar dos anos vai dar pra ver muita coisa maluca nessa database gigantesca kkkk.

Link to comment
Share on other sites

Parabéns pela promoção e agora é tentar qualificar mais um pouco o elenco para a próxima temporada.

Link to comment
Share on other sites

guar.thumb.jpg.06f22ac3b976ee6b36518d6b189f32aa.jpg

 

TEMPORADA 2022 - CAPÍTULO 1

1.1 - O FICO

Após a ressaca do acesso ao Pré-Regional, fui informado acerca do rombo financeiro em que o clube chegava ao final da temporada de 2021. O Guarulhos havia começado o ano com cerca de 400 mil reais em caixa e terminou o ano com aproximadamente 1 milhão no vermelho, ou seja, entre receitas e despesas, os déficits superaram em 1 milhão e 400 mil reais. Este foi o custo do acesso. O presidente Romualdo havia adotado a Lei do Silêncio e nas duas tentativas que fiz de tentar renovar o contrato por conta própria, em outubro e novembro, foram adiadas devido à situação financeira do clube. Era uma agonia o jogo de palavras que não afirmava nem me negava a renovação do contrato.

Chegamos a dezembro de 2021 e até que no dia 5 recebo a proposta de renovação do presidente Romualdo. Foi-me oferecido um salário bruto de 38 mil reais e dois anos de contrato, até o final de 2023, além da promessa de consertar os danos, permanecer no Regional e o mais importante: o orçamento salarial mais que quadruplicou, indo de 90 mil pra 385 mil reais por mês.

prop.thumb.png.84a50eb9eedcc3c47e1983e834dcbda8.png

A proposta de renovação oferecida pelo Guarulhos

Bom, apesar de ser novato no futebol, este primeiro ano me trouxe uma ligeira malandragem e sempre fui bom em números. Havia uma cláusula que me incomodava no contrato ao qual só fui perceber naquelas famosas "letrinhas pequenas", a de que caso algum outro clube me contratasse, este clube teria de pagar 90% dos meus salários restantes em forma de multa. Não gostei desta cláusula, pois apesar de estar radiante com a renovação e animado para 2022 com calendário cheio, eu estava me tornando mais ambicioso e pensando em clubes maiores no futuro e ir me graduando nas licenças. Então fiz uma jogada arriscada: aceitei diminuir meu salário bruto para R$ 28.000,00 (um aumento simbólico de apenas mil reais frente aos 27 mil que ganhava) desde que essa cláusula de  multa em caso de proposta de outro clube fosse removida. Também coloquei em 50% a queda do salário para 2023 caso eu for rebaixado, pois confio que meu elenco jamais dará um vexame desses. E um aumento de 20% em caso de promoção pra série D. Fico imaginando que minha mãe surtaria ao saber as decisões malucas e de alto risco que tenho tomado neste mundo do futebol, apesar de no geral ela estar orgulhosa do filho ter conquistado um acesso e ter saído nos jornais como "professor de educação física consegue acesso ao Regional com 10 vitórias em jogos". 

contrato.thumb.png.5d6cfb72d3d4e9877c9d4b946dc095b8.png

O contrato que foi assinado

 

1.2 - FINANÇAS, MERCADO E PRÉ-TEMPORADA

Após renovar o contrato no começo de dezembro, este mês ainda trouxe mais notícias boas. O Guarulhos recebeu mais um patrocínio de R$ 300.000,00 e as cotas televisivas do Regional seriam de 2 milhões de reais distribuídos ao longo do ano, o que fez nossas finanças saírem de "inseguro" para "ok", apesar de ainda ficar negativo, mas já não estava mais nos 7 dígitos. O novo patrocínio e as cotas televisivas ajudaram muito. Houve um belo respiro e com isso melhorei a equipe técnica, também, logo no começo de janeiro. 

finan.thumb.png.0a3a47bac8c1e0dc41291c5cb8a75741.png

Finanças do Guarulhos em janeiro de 2022

Apesar do elástico orçamento para salários na temporada 2022, decidi por não fazer tantas extravagâncias, pois as Receitas não seriam lá essas coisas, e lhes apresento a nossa movimentação no mercado de transferências, com alguns comentários:

 

tra.thumb.png.f33c5115640737570d85764f6befe9b2.png

Entradas e saídas do Guarulhos na temporada 2022

Os jogadores que chegaram:

Três laterais-direitos: Emerson BrittoCléber e a jovem promessa Kauã por empréstimo do Figueirense. Só tinha o meu titular Pepe, de contrato renovado, no elenco para 2022 e acabei trazendo mais três. Provavelmente Cleber, que é o mais fraco, será emprestado ou vendido. Errei na quantidade, apenas três no elenco bastariam, e acabei ficando com quatro, contando Pepe.

O bom meia Djalma que chega para ser o camisa 10 titular, porém terá a briga do meu homem de confiança João Bernardo que foi fundamental na campanha de 2021.

O bom e forte atacante Victor Dalfre que chega para ser substituto imediato do ídolo Vinicius Balotelli, que vence seu contrato em 31/7/22 e não tem interesse em renovar, pois está sendo sondado pela equipe do Mafra, da Primeira Divisão Portuguesa, porém é um interesse distante ainda. Faltando 30 dias para o vencimento do contrato de Balotelli, no começo de julho, a promessa que fiz a ele de vendê-lo ao clube que desejar se encerra, e aí terei 30 dias para aproveitar o novo humor dele para tentar renovar com o craque do time. Isto é, contando que o time português não o compre.

O bom extremo direito João Pedro que chega pra fazer sombra a um dos craques do time Villanueva.

E a grande contratação ficou pelo zagueirão renomado AISLAN, ex-São Paulo e Vasco e com passagens no futebol europeu. Aislan estava desempregado e após uma negociação fracassada ao qual queria ganhar 28 mil por mês, em segunda tentativa após 20 dias, aceitou 12 mil por mês em um contrato de um ano. Aislan chega para fazer dupla com o zagueirão artilheiro Matheus.

Sobre as saídas, destaco a de André, que era um jogador até esquecido por muitos, que estava emprestado ao Atlético Goianiense, disputando a Série A e ao retornar chegou com nariz empinado, esperando seus 90 dias de contrato que faltavam (venceria no começo de Abril de 2022) para já planejar sua saída do clube. Notei que seu comprometimento seria zero e resolvei fazer um dinheiro, pois em 90 dias ele estaria desvinculado. Ofereci-os e vários clubes vieram fazer proposta e ele acabou assinando por um time da Segunda Divisão Chinesa por 35 mil reais, e ele assinou com os chineses pela bagatela de 245 mil reais por mês, valor quase 50 vezes superior aos 5 mil que ganhava no Guarulhos. Muito bom jogador, como vocês podem notar em sua ficha que anexo neste diário, porém não estava interessado em nosso projeto. Foi ficar rico na China.

O meu goleiro reserva Arthur recebeu uma proposta irrecusável, segundo ele, para o Atlético Cearense, para disputar a Série D e para evitar atritos, tive que deixá-lo sair. Agora estou à procura de um reserva de confiança para o meu titularíssimo Flávio Diniz, pois só fiquei com o razoável Erick Lino de opção.

Sobre a fornada de jovens, apenas dois chamaram minha atenção e foram contratados, são eles o lateral-esquerdo Dickson e o extremo direito Duduzinho.

Uma outra notícia boa foi que as melhorias no gramado do Estádio Tranquilão foram concluídas nas férias e o estado do gramado está bom.

A Pré-Temporada de 2022 foi intensa na parte física e fizemos 4 amistosos, com dois destaques: uma sonora derrota para a Inter de Limeira, com seu forte elenco de nível Série D, o que ligou meu alerta para possíveis equipes de bom nível do Regional e com uma goleada apocalíptica que demos no quase amador time do Botafogo de Guaianases, por incríveis 19x0. Os coitados não tem nem divisão e um time muito limitado.

 

amis1.thumb.png.e9bbb2f5bcc163a9576c0f5ea4e235eb.png

amis2.thumb.png.499bea1f3a9e7c1842a030c925928b02.png

Amistosos do Guarulhos na Pré-Temporada 2022

 

1.3 - AGORA É O PAULISTÃO

Bom, agora o foco é a Quarta Divisão do Paulistão. Já estamos no final de janeiro e o grupo será o mesmo do ano passado, com a diferença que o Guaratinguetá integra o grupo no lugar do rebaixado Mauaense. 

 

paul2.thumb.png.43c61c4e207fa30e6253f4bb4d10aff5.png

Grupo do Guarulhos na Quarta Divisão do Paulistão

Bom, retorno aqui daqui alguns meses para atualizar vocês após o final do Estadual, agora é foco total que queremos o acesso estadual que ano passado foi abortado precocemente pelo maldito Manthiqueira, que além de estar no nosso grupo novamente, será o time ao qual estrearemos em casa.

Continua...

Link to comment
Share on other sites

começamos bem com a renovação do contrato e retoques no plantel. amigáveis positivos mas agora vem aí o Paulistão.

Link to comment
Share on other sites

guaru.thumb.jpg.14873c43d7d405f18917a1ed96ee3f20.jpg

TEMPORADA 2022 - CAPÍTULO 2

2.1 - O INÍCIO DA QUARTA DIVISÃO DO PAULISTÃO

Cá estamos novamente para narrar neste diário como se desenvolveu o Paulistão. Antes de contar sobre o campeonato, apenas uma atualização dos reforços que foram trazidos durante a disputa:

entr2.thumb.png.ab365585e4924e2228150cb97171ddaa.png

Segunda leva de contratações do Guarulhos para a continuação da temporada

Destaque para o excelente meio-campo André Cecim que veio por empréstimo do Cruzeiro-RS e assumiu a meiuca no lugar de Favela. Optei por utilizar o André como médio área-a-área e foi muito importante no desenho tático do time, tanto fazendo gols de fora da área, dando assistências, quanto na marcação. Adriano vem para ser goleiro reserva, tal como Guilherme Matos e Gabriel Nazario são zagueiros suplentes.

Sobre as saídas, apenas jogadores excedentários e que não faziam parte dos meus planos. Destaque apenas para o empréstimo do extremo Duduzinho, oriundo da base do Guarulhos, para ganhar ritmo de jogo e experiência.

said2.thumb.png.3f0a5d928cc35d852647666b5a08ebac.png

Segunda leva de saídas do Guarulhos na temporada 2022

A FASE DE GRUPOS

Iniciamos a jornada contra o carrasco Manthiqueira, que nos eliminou na temporada passada nas oitavas. Em jogo difícil, em casa, o matador Vinicius Balotelli marcou em cobrança de falta e vencemos por 1x0. De maneira similar a 2021, engatamos uma sequência monstruosa, só que dessa vez simplesmente aniquilamos TODOS os adversários, tanto na ida e quanto na volta. Nos vingamos do Manthiqueira também na volta, e desta vez eles sequer se classificaram. Fechamos com 12 vitórias em 12 jogos e uma campanha impecável de 36 pontos.

paul1.thumb.png.910728724a32e4b7323d66346544988c.png

Resultados do Guarulhos na Fase de Grupos no Estadual

paul2.thumb.png.92e79e78a6fae6efa9a9f3b7a0c6c709.png

Classificação final do Grupo no Estadual

 

2.2 - COMEÇA O MATA-MATA

REGULAMENTO

Cabe explicar aos senhores que leem esse diário que o regulamento do mata-mata da Quarta Divisão do Paulistão não é muito convencional. Segue o regulamento:

1.  Jogos de Ida e Volta

2.  Em caso de igualdade no confronto, passa o time que tem mais pontos somados na competição (fase de grupos + pontos conquistados no playoff).

Neste caso, passamos com a segunda melhor campanha, atrás apenas da equipe do São José (de São José dos Campos) que também conquistou 12 vitórias na fase de grupos, mas com saldo superior ao Guarulhos. Porém como explicado no regulamento, este ranking pode ser alterado de acordo com o desempenho no mata-mata. 

Lembrando que apenas campeão e vice sobem para a Série A3 do Paulistão de 2023.

OITAVAS DE FINAL

Nas oitavas nos deparamos contra o Grêmio Prudente, um time mediano e sem muitos destaques. Não tivemos tantas facilidades, mas também não houve nenhum susto e passamos com duas vitórias.

oitavas.thumb.png.6d83d2a3e25e30998d3f4c9e66d2a127.png

Oitavas de Final do Estadual

 

QUARTAS DE FINAL

Nas quartas pegamos um adversário duríssimo: a equipe do Mauá. O Mauá teve uma das melhores campanhas, estando em sexto lugar no ranking geral, enquanto o Guarulhos era a segunda equipe geral. Jogar por dois empates era uma vantagem incrível para nossa equipe, haja vista o duelo equilibradíssimo que teríamos. Na partida de ida, fora de casa, em jogo histórico, perdemos por 4x3 com hat-trick de Vinicius Balotelli, com grande atuação da equipe do Mauá. Para a partida de volta, tentei criar um clima de guerra para buscarmos a vaga, em vão, haja vista que a pequena torcida do Guarulhos havia comprado poucos ingressos, o fator motivação teria que ser eu, o ordinário José Silva. Devido ao regulamento de termos uma campanha melhor, precisaríamos apenas de uma vitória simples e em jogo amarrado, aos 27 do segundo tempo, pênalti para o Guarulhos! O xerifão Aislan vai pra bola e erra, dando continuidade à sina de cobranças de pênaltis do Guarulhos. E como o futebol é uma caixinha de surpresa e a vida é um grande teatro irônico, aos 42 do segundo tempo, o ex-batedor de pênaltis da equipe, João Bernardo, sai do banco e marca após cruzamento da direita. Guarulhos 1x0 e vaga na semi, na bacia das almas!

quartas.thumb.png.b60d2f4f31b173bc774db136db4f918c.png

Quartas de Final do Estadual. Guarulhos classificado devido à melhor campanha. O "r" significa 'ranking"

 

SEMIFINAL

Chega a tão esperada semifinal, a última etapa para o acesso e mais um adversário difícil: a boa equipe do XV de Jaú. Também tínhamos a vantagem de estarmos melhores no ranking, porém o sufoco das quartas nos fez ficar mais alertas e apesar dos placares apertados, passamos com uma vitória e um empate. E os 1422 presentes no Estádio Tranquilão viram o GUARULHOS CONQUISTAR A VAGA PARA A SÉRIE A3 DO PAULISTÃO EM 2023!

semi.thumb.png.f07f8e86163ccaa2175eefbc6db70b45.png

Semifinal do Estadual. Guarulhos classificado e garantido na série A3 do Paulistão 2023

 

A GRANDE FINAL

Na grande final pegamos a equipe do São José, o único time que havia feito campanha melhor do que a gente, porém o São José acabou perdendo o jogo de ida na outra semifinal contra o Rio Branco de Americana e acabamos passando eles no ranking, o que nos daria a vantagem de jogar por dois resultados iguais na grande final.

Uma observação importante é a de que as finais foram adiadas para os últimos dias de maio, pois o Regional começaria em 8 de maio, portanto tivemos um calendário extremamente apertado em maio.

Com casa cheia pela primeira vez, os 6 mil torcedores presentes viram a materialização de um trabalho de mais de um ano ser concretizado e em partida impecável, o Guarulhos passou por cima do São José com uma vitória sonora por 5x1. É justo dizer que foram 2 gols de pênaltis e os remates foram 14x11 para a gente, ou seja, em números não fomos tão superiores, porém em eficiência e trabalho defensivo, sim. 

Na volta, com o Regional já iniciado e foco principal da diretoria, e podendo perder até por 4x0 que seríamos campeões devido a melhor posição no ranking, mandei um time todo reserva para erguer a taça. Perdemos de 1x0, mas fomos campeões com um belo agregado de 5x2.

final.thumb.png.3277fd2eb312006b0158500e967e55fb.png

Final do Estadual. Guarulhos campeão.

compl.thumb.png.984b32f56e99a6e13f3cc17b1be1ce5e.png

Diagrama da fase final do Estadual

titulo.thumb.png.db1369272a89714cc49efe89b2ba2e09.png

Diretoria satisfeita com o título.

A única coisa que fez falta foi uma premiação em dinheiro, que infelizmente não existe na Quarta Divisão Estadual, apenas na A3 pra cima, mas desta vez o filme, que costumava ser de terror, que passou na minha cabeça, foi a de que um futuro brilhante me espera na carreira. Foi uma sensação única ser campeão Estadual com apenas 15 meses de carreira e deixei minha mãe e meus amigos muito orgulhosos, além, é claro, dos torcedores do querido Guarulhos, que já fazia parte da minha história, tal como fiz da deles ao conduzir para o primeiro título profissional da equipe.

2.3 - COMEÇA O REGIONAL

Bom, não deu nem tempo de ter "ressaca" do título, pois logo depois da semifinal do Estadual já havia começado a principal competição do ano: o Regional, equivalente à Quinta Divisão Nacional. Caímos em um grupo difícil e até agora foram quatro partidas, ao qual ganhamos as duas em casa e perdemos as duas fora. Faltam 11 jogos e agora teremos semana cheia de treinos para os 11 duelos ao qual objetivamos uma das 4 vagas do grupo para a próxima fase. O título foi maravilhoso, mas a minha real sede se chama SÉRIE D. Levar o Guarulhos para a Série D seria um feito histórico, mas o desafio é duríssimo. A diretoria espera apenas que não caiamos para o Pré-Regional, o que garanto que não acontecerá. Temos alguns velhos conhecidos no grupo do Estadual como o Taboão da Serra, nosso rival Flamengo de Guarulhos, o encardido Mauá e equipes dificílimas como São Caetano, Portuguesa, Portuguesa Santista, Nacional, Juventus e Água Santa, além de alguns adversários paranaenses como Cascavel, Apucarana e Toledo. O começo não foi bom, mas ainda tem muita água pra rolar. 

tabela.thumb.png.56b459a2fd24e1df40c88d3ef924563b.png

Tabela do Guarulhos no Regional

 

tab2.thumb.png.388dc42712e557beea290893deaedb2d.png

Classificação do Regional após 4 rodadas

Retorno aqui após o fim do Regional para lhes escrever. Agora terei 11 batalhas decisivas para tentar chegar aos playoffs e entrar mais ainda para a história do Guarulhos. 

Continua...

 

 

Link to comment
Share on other sites

Mauá foi a única que assustou, de resto despachaste tudo. Parabéns pelo título. Nos regionais, já é outra conversa devido aos adversários mais complicados.

Link to comment
Share on other sites

Booa, parabéns pelo título e o acesso. Merecido.

Agora essa fase aí hein, 3 times tradicionais com Juventus, São Caetano e Portuguesa. Curioso, vai ser bem disputado. Boa sorte!!

Link to comment
Share on other sites

Parabéns pelo título e o acesso, mas agora no Regional a coisa fica mais complicada.Basta ver que nestes jogos iniciais tem feito o dever de casa, mas jogando na casa do adversário as derrotas são certas. Se conseguir dar um equilíbrio a equipe e começar a ganhar os jogos fora de casa a situação melhora. Acredito que consiga chegar aos playoffs. Boa sorte na sequência.

Link to comment
Share on other sites

Parabéns pelo título!

Fez uma campanha muito segura e foi arrastando tudo e todos, o que ficou sublinhado na final com o sonoro 5x1.

Agora tem o desafio da Série Regional e, com um time paulista, pega um grupo complicado, com alguns times tradicionais, como São Caetano e Portuguesa.

Boa sorte!

Link to comment
Share on other sites

Em 18/04/2021 em 07:03, Cadete213 disse:

Mauá foi a única que assustou, de resto despachaste tudo. Parabéns pelo título. Nos regionais, já é outra conversa devido aos adversários mais complicados.

Valeu, Cadete! Exatamente, as quartas de longe foram o playoff mais difícil, com emoção até o final. E o Regional de fato é bem complicado.

Em 18/04/2021 em 09:37, Victor Duque disse:

Booa, parabéns pelo título e o acesso. Merecido.

Agora essa fase aí hein, 3 times tradicionais com Juventus, São Caetano e Portuguesa. Curioso, vai ser bem disputado. Boa sorte!!

Valeu, Duquee! Sim, pegamos um grupo pedreira cheio de times chatos, mas dá pra buscar a vaga!

Em 18/04/2021 em 12:23, LC disse:

Parabéns pelo título e o acesso, mas agora no Regional a coisa fica mais complicada.Basta ver que nestes jogos iniciais tem feito o dever de casa, mas jogando na casa do adversário as derrotas são certas. Se conseguir dar um equilíbrio a equipe e começar a ganhar os jogos fora de casa a situação melhora. Acredito que consiga chegar aos playoffs. Boa sorte na sequência.

Valeu, LC! De fato o Regional é um torneio bem enjoado e traiçoeiro, além do grupo não ter sido muito generoso com a gente.

Em 18/04/2021 em 14:53, div disse:

Parabéns pelo título!

Fez uma campanha muito segura e foi arrastando tudo e todos, o que ficou sublinhado na final com o sonoro 5x1.

Agora tem o desafio da Série Regional e, com um time paulista, pega um grupo complicado, com alguns times tradicionais, como São Caetano e Portuguesa.

Boa sorte!

Valeu, Div! Foi uma campanha pra entrar pra história, mesmo, com o 5x1 da final coroando o título. E pensar que quase rodamos nas quartas pro Mauá, mas no final deu tudo certo. O Regional de fato é o grande desafio da carreira do treinador José Silva. Baita torneio enjoado e com times difíceis. 

Link to comment
Share on other sites

guaru.thumb.jpg.ce9f8d5cf233c7c1988c129ff9b415e3.jpg

 

TEMPORADA 2022 - CAPÍTULO 3

3.1 - REFLEXÕES DE UM TREINADOR COM INSÔNIA

Uma coisa que sempre escutei dos meus professores, sobretudo de minha mãe, a principal de todas as professoras, tanto na escola, quanto em casa, é a de que uma narrativa deve ter início, meio e fim. Havia decidido voltar ao diário apenas quando acabasse a temporada, mas aí em uma das minhas várias insônias neste mundo de treinador de futebol, me peguei pensando: "escrevi sobre o Paulistão no começo da temporada e o começo do Regional, mas será que não cabem algumas páginas sobre como o Regional está indo, antes da fase final de grupos? E os acontecimentos relevantes que permearam o Guarulhos neste meio tempo?" Apenas essa reflexão e inspiração na escrita foram o suficientes para que viesse aqui lhes contas o que se passou desde os 4 jogos iniciais do Regional.

 

3.2 - CAIU NO TRANQUILÃO, VAI PRO CAIXÃO

Até agora foram 13 rodadas no Regional, faltando apenas duas para o encerramento da fase de grupos. Fizemos do Estádio Tranquilão um verdadeiro inferno para os adversários, totalmente o oposto do apelido da nossa cancha. Em 7 jogos disputados em casa, vencemos os 7. Em contrapartida nos 18 pontos disputados fora de casa, conquistamos apenas 5. A vitória mais contundente e emocionante foi contra a Equipe do Juventus da Moca, em gol de pênalti do xerifão Aislan aos 47 do segundo tempo, vencemos por 1x0 e desbancamos a série de 9 vitórias em 9 jogos que o tradicional time da Rua Javari detinha, enlouquecendo os 2487 presentes no Tranquilão. 

Também tivemos um clássico emocionante contra o nosso rival Flamengo de Guarulhos, ao qual acabamos cedendo o empate duas vezes, após abrir 2x0 e a partida terminar em 3x3 com gol doído nos acréscimos. Vale lembrar também que o mesmo Aislan perdeu um pênalti neste jogo. 

Outro jogo em que o castigo veio no final foi contra a equipe do Mauá pela 11ª rodada, ao qual cedemos o empate no finalzinho, após estar em vantagem de 1x0. Conseguimos boas vitórias, algumas magras contra o E.C São Bernardo e contra o Cascavel CR e algumas mais tranquilas contra os lanternas Toledo e Mauaense. A nossa última partida foi uma amarga derrota por 3x2 frente à equipe do Nacional, da capital paulista. A nossa única derrota nesses últimos 9 jogos.

ult9.thumb.png.8fbd1d1654baa136ea0376f4005d9709.png

Tabela de jogos do Guarulhos no Regional 

clas.thumb.png.c75d61d9c27ede5650e47e8f0cf1cf2c.png

Classificação do Regional após 13 rodadas

 

Agora faltam duas rodadas e o páreo está disputadíssimo. Juventus já está matematicamente classificado e o nosso rival Flamengo pode-se dizer que tem 99% de chance da segunda vaga. As outras duas vagas serão disputadas entre o Guarulhos, o São Caetano, a Portuguesa Santista e o São Bernardo. O Cascavel tem chances remotas de classificação. Ganhar da já eliminada e fraca Portuguesa em casa é obrigação para chegar na última rodada com a vantagem do empate, mas se tem algo que não existe no futebol são essas certezas e planejamentos "lógicos". Tenho aprendido a contar com o inesperado e que a sorte e o azar influenciam demais neste velho jogo bretão. Inclusive falarei sobre sorte e azar nos próximos tópicos.

3.3 - MUITO AZAR E UMA DESPEDIDA

Primeiro falemos do azar. Era dia 24 de julho de 2022. Amistoso entre Guarulhos e Guxaupé. Havia um intervalo de duas semanas entre o jogo contra o Mauaense pela 12ª rodada e o jogo contra o Nacional pela 13ª e acabamos marcando um amistoso contra o modesto time do Guaxupé nesta data para que o time mantivesse o ritmo. Foi uma vitória tranquila por 4x0, tirando o fato de que com uma entrada criminosa do zagueiro da equipe do sul de Minas, o ponta e craque do time, Villanueva rompe o ligamento da coxa e está fora da temporada. Cabe ao bom João Pedro substituir o chileno ídolo da torcida. Villanueva em 2022 tem incríveis 9 gols e 18 assistências  em 29 jogospraticamente participando dos gols em todos os jogos da equipe.

O Departamento médico do Guarulhos também contaa com outros três titulares: no setor de ataque, o extremo esquerdo Enzo Catino e o médio ofensivo Djalma. A estes dois cabem ao outro chileno Samuel Contreras e a um de meus homens de confiança, João Bernardo, substituí-los.  E ainda temos o consistente lateral-esquerdo Cornetti lesionado, dando a vaga para o bom e agressivo Carlinhos.

Se não bastasse toda essa zica de lesões, chega o fatídico dia 31 de julho de 2022. Dia de tensão dupla: jogo contra o Nacional, fora de casa, e último dia de contrato do matador Vinicius Balotelli

Balotelli havia passado o mês de julho lesionado e retornaria justamente nesta partida. Até então vinha sido substituído pelo atacante Victor Dalfre, que veio no começo da temporada para ser a sombra de Vinicius Balotelli, já prevendo que no meio do ano talvez a renovação com o matador não acontecesse. Victor e Vinicius Balotelli tem atributos e perfis de jogo muito semelhantes, quando comparados, o que não mudaria muito o jeito de jogar quando Victor fosse escalado como titular. Balotelli sempre quis ir a um clube maior, mas neste 1 ano que ficou no guarulhos (desde julho de 2021 após retornar de empréstimo do Santa Cruz) nunca se acertou com as várias equipes de Série D que o procuraram. Balotelli desejaria no mínimo uma série C ou uma divisão inferior estrangeira, para ganhar em moeda forte.

Eis que no dia do jogo contra o Nacional, antes do Guarulhos pegar o ônibus até o Estádio Nicolau Alayon na partida contra o Nacional na capital paulista, Vinicius Balotelli anuncia sua saída e sequer embarca com o time. Insatisfeito, não quis conversar para renovações e ficou livre, esperando fechar com outra equipe. Confesso que estou curioso para ver com qual time ele fechará nos próximos dias ou semanas. Foi uma despedida dolorosa de um jogador complicado e egocêntrico, porém fundamental nas temporadas 2021 e 2022. Balotelli deixa o Guarulhos com a incrível marca de 26 gols em 38 jogosNúmeros excelentes e agora fica a saudade. Vida que segue, temos uma vaga do Regional pela frente a conquistar e o sonho de disputar a série D. 

3.4 - UM INESPERADO GOLPE DE SORTE

Após a derrota para o Nacional por 3x2 no dia 31 de julho, não consegui dormir direito. Havia ficado extremamente nervoso com a maneira ao qual o Guarulhos se portou, permitindo que um time que não briga nem por queda e nem por vaga abrisse 3x0 na gente, ainda que fizéssemos 2 gols no final do segundo tempo e um terceiro gol, bem anulado, por impedimento, nos acréscimos, só serviu pra aumentar mais ainda a frustação. 

Sempre fui de dormir tarde, desde os meus tempos de adolescência na lanhouse que cresci e trabalhei e não foi diferente como professor nem agora como técnico. Estava eu mexendo nos meus emails, quando chega o relatório das finanças do contador da equipe, que sempre me envia na noite do último dia do mês. Eu já abri esperando ver o rombo financeiro ao qual começaríamos agosto, que crescia mês após mês, afinal éramos mestres em gastar mais do que arrecadar, e como já era esperado o rombo veio na casa do 1 milhão e 200 mil negativo. 

Estava lendo o relatório, pensando que apenas um acesso a Série D poderia salvar a situação, com novos patrocínios e cotas televisivas, além da premiação de 1 milhão de reais em caso do dificílimo título do Regional. Quase no final do Relatório, encontro um asterisco, que até então havia passado desapercebido nos outros meses. 

O asterisco dizia que tínhamos direito de 30% da venda do ex-jogador André, o badalado volante que retornou ao Guarulhos em janeiro de 2022 após empréstimo ao Atlético-GO na temporada de 2021. André havia voltado da primeira para a quinta divisão nacional e deixou bem claro que apenas cumpriria os 90 dias restante de seu contrato, que expiraria em abril de 2022, e já estava procurando algum outro clube. Sabendo que não poderia contar com o jogador, conforme escrevi neste diário anteriormente, ofereci ele a vários clubes, ao qual ele acabou fechando com o Chengdu, da segunda divisão da China. Recebemos 35 mil reais, na época, o que foi melhor do que ele ter saído de graça e ainda ficamos com 30% dos direitos dele, negociação ao qual eu mesmo concretizei. 

O fato é que além de ter esquecido completamente disso com o passar dos meses, por estar focado no Regional, jamais imaginei que o tal do André pudesse valorizar na casa dos milhares, o que dirá milhões. O que eu sabia era que o André estava ganhando 245 mil reais por mês e estava muito feliz na China, mesmo sendo reserva na maioria dos jogos. Eis que, por curiosidade, vou pesquisar o valor de mercado do André, através das análises que setores especializados fazem semanalmente, e descubro que o infeliz estava valendo a bagatela de SETE MILHÕES DE REAIS. Estava super valorizado. Quando vi estes números, achei estar confundindo com 70 mil ou até 700 mil no cenário mais otimista, mas era isso mesmo: 7 milhões de reais. Como era meia-noite aqui no Brasil, sabia que na China estava em horário comercial, fui atrás da papelada da venda do André nos meus anexos de email e encontro lá o contato do representante chinês do Chengdu, e ligo pra ele, pois ele era fluente em inglês, e eu também, graças aos jogos da lanhouse e das séries que baixava na adolescência, além de ter continuado algumas aulas de conversação quando ainda era professor de educação física. Conversamos, ele demorou uns 45 segundos pra lembrar quem eu era, até que fui direto ao ponto: tenho interesse em saber quanto vocês pagariam pelos 30% que temos do André, ainda. Ele foi consultar o diretor do clube e me retornou 30 minutos depois, dizendo que pagariam a bagatela de TRÊS MILHÕES DUZENTOS E DEZ MIL REAIS. 

Fechei o negócio ali, mesmo, e no outro dia já haviam feito a remessa para o Guarulhos. O Presidente quando consultou o saldo em seu internet banking, quase teve um colapso. Achou que haviam depositado algum dinheiro errado, algum prêmio da Lotofácil acumulada ou que era algum bug do sistema e quando ele ia me ligar, já entrei na sala dele todo feliz contando a negociação. O presidente Romualdo ficou extremamente feliz, quase me deu um beijo e me chamou de gênio dos negócios ainda, pois havia vendido um jogador que tinha apenas mais 30 dias de contrato por 35 mil reais e depois embolsado quase 100x esse valor. Confesso que foi mais sorte do que mérito, mas o que importa é que o saldo do Guarulhos passou de 1 milhão e 200 mil negativo para 2 milhões de reais positivos.

 

ANDREVENDIDO.thumb.png.e974318b7ff9ccb1ebcc5996777fda1f.png

Guarulhos recebe mais de 3 milhôes pelos direitos de 30% de André

2097723656_AssociaoDesportivaGuarulhos_Sumrio-2.thumb.png.e814afb3c6c7163114ce79aea2ba2f08.png

Finanças do Guarulhos constando 2 milhões de saldo positivo. Os gráficos são atualizados quinzenalmente, portanto ainda aponta abaixo de zero

 

Bom, após atualizá-los desta montanha russa de emoção que foram esse resto de maio e os meses de junho e julho, agora temos um agosto decisivo para tentar buscar a sonhada vaga para os playfoffs do regional e depois a mais sonhada vaga ainda para a Série D

Continua...

Link to comment
Share on other sites

Está com a faca e o queijo nas mãos para poder se classificar para os playoffs. Basta ganhar da Lusa e depois decide em casa com a Lusa Santista.Parece realmente fácil, mas mesmo se houver dificuldades nós acreditamos. Boa sorte nos jogos que ainda faltam.

Link to comment
Share on other sites

baita negociação hein?? quanto costuma sair por mês do saldo? só queria ter uma ideia de quanto tempo no azul isso significaria a princípio. 

Chegou firme no g4, só jogo decisivo. Vai ter mais algum confronto direto por ali? 

Boa sorte!

Link to comment
Share on other sites

2 horas atrás, LC disse:

Está com a faca e o queijo nas mãos para poder se classificar para os playoffs. Basta ganhar da Lusa e depois decide em casa com a Lusa Santista.Parece realmente fácil, mas mesmo se houver dificuldades nós acreditamos. Boa sorte nos jogos que ainda faltam.

Sim, mas é tudo muito traiçoeiro nesse pelotão de cima. Só tá dando sufoco e tem saído muitos pênaltis, tanto pra mim quanto pros vilões kkkk. Valeu aí pela mensagem e pela sorte desejada, LC.

1 hora atrás, Victor Duque disse:

baita negociação hein?? quanto costuma sair por mês do saldo? só queria ter uma ideia de quanto tempo no azul isso significaria a princípio. 

Chegou firme no g4, só jogo decisivo. Vai ter mais algum confronto direto por ali? 

Boa sorte!

Esse foi literalmente um negócio da China, kkkk. Cara, geralmente o déficit é 100 a 120k mensal. Isso significa que 2 milhões aí aguentaria um ano todo tranquilo no Regional, então caso eu não suba, teria um 2023 tranquilo em dinheiro.

E vai ter confronto direto sim: o São Bernardo encara o meu rival Flamengo de Guarulhos na última rodada, em casa. Não duvido nada dos fdps entregarem ou meterem reservas, porque já estarão classificados provavelmente. Negócio é pensar em ganhar os dois a todo custo.

Link to comment
Share on other sites

esses negócios são do melhor. decisões todas para os ultimos jogos só trazem mais emoção.

Link to comment
Share on other sites

Caramba que história legal! Essas histórias de times inferiores são as mais legais, as que mais curto.  Fiz uma com o Joaçaba chamada Joaçaba: O Leão do Vale, (fora outras que desisti ou tive bug e ai não postei ou excluí essas que deram problemas). Essa do Joaçaba não cheguei a conclui-la do modo que queria mas conclui com 10 temporadas satisfatórias pelo futebol catarinense. E lendo essa bela saga, tão bem escrita e carregada de emoção, me bateu até um saudosismo/nostalgia de refazer uma saga com um clube inferior de SC, até mesmo me arrependi de já ter deletado aquele save (FM 19). E como sou catarinense  penso fazer talvez com o curitibanos, atlético de ibirama ou algum outro de 4a divisão.

Ah, como eu gostaria de ter tempo e um computador potente para jogar mais FM e carregar tanto jogador e liga assim como você! Como o tempo está curto estou fazendo uma com um clube mais estruturado na saga Ser Caxias, Ser Glorioso, só para descontrair e agilizar mais o processo.

 Mas voltando a tua saga, caramba muito bacana a história. Achei que subiria de primeira. Esse Mantiqueira realmente foi uma pedra no sapato, mas ao menos no Pré Regional passou o rolo. Time jogou o fino da bola. Deu uma complicada aí no Regional mas o de Junho foi fundamental para o acesso hein!  E essa venda hein ? Fantástico, achei curiosa demais, curiosa mesmo, cheguei pensar que com o Mod de realismo não seria mais possível conseguir nos níveis inferiores pois joguei umas 7 temporada  no União São João de Araras e não conseguia fazer nenhuma venda boa e nunca os chineses contratavam assim, ao contrário de outros saves que fiz sem o MOD. Resolvi jogar sem o MOD no Caxias agora.

ACOMPANHEM MINHA SAGA NO CAXIAS ONDE PRETENDO FAZER DO CAXIAS O MAIOR CLUBE DA AMERICA DO SUL

SER CAXIAS: SER GLORIOSO

Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Cadete213 disse:

esses negócios são do melhor. decisões todas para os ultimos jogos só trazem mais emoção.

Sim, cria uma expectativa e vontade de jogar absurda.

1 hora atrás, tricolor de coraçao disse:

Caramba que história legal! Essas histórias de times inferiores são as mais legais, as que mais curto.  Fiz uma com o Joaçaba chamada Joaçaba: O Leão do Vale, (fora outras que desisti ou tive bug e ai não postei ou excluí essas que deram problemas). Essa do Joaçaba não cheguei a conclui-la do modo que queria mas conclui com 10 temporadas satisfatórias pelo futebol catarinense. E lendo essa bela saga, tão bem escrita e carregada de emoção, me bateu até um saudosismo/nostalgia de refazer uma saga com um clube inferior de SC, até mesmo me arrependi de já ter deletado aquele save (FM 19). E como sou catarinense  penso fazer talvez com o curitibanos, atlético de ibirama ou algum outro de 4a divisão.

Ah, como eu gostaria de ter tempo e um computador potente para jogar mais FM e carregar tanto jogador e liga assim como você! Como o tempo está curto estou fazendo uma com um clube mais estruturado na saga Ser Caxias, Ser Glorioso, só para descontrair e agilizar mais o processo.

 Mas voltando a tua saga, caramba muito bacana a história. Achei que subiria de primeira. Esse Mantiqueira realmente foi uma pedra no sapato, mas ao menos no Pré Regional passou o rolo. Time jogou o fino da bola. Deu uma complicada aí no Regional mas o de Junho foi fundamental para o acesso hein!  E essa venda hein ? Fantástico, achei curiosa demais, curiosa mesmo, cheguei pensar que com o Mod de realismo não seria mais possível conseguir nos níveis inferiores pois joguei umas 7 temporada  no União São João de Araras e não conseguia fazer nenhuma venda boa e nunca os chineses contratavam assim, ao contrário de outros saves que fiz sem o MOD. Resolvi jogar sem o MOD no Caxias agora.

ACOMPANHEM MINHA SAGA NO CAXIAS ONDE PRETENDO FAZER DO CAXIAS O MAIOR CLUBE DA AMERICA DO SUL

SER CAXIAS: SER GLORIOSO

Fala, @tricolor de coraçao! Obrigado pelo comentário.

Cara, eu li sua saga com o Joaçaba de cabo a rabo, faz umas 3-4 semanas. Achei incrível a história e to acompanhando a do Caxias, também. Teu nível como jogador de FM é altíssimo, seria da hora que quando tivesse um tempo fazer uma saga começando nos confins do mundo. O fórum agradeceria.

Quanto à venda do André, na verdade foi muito mais sorte de ter ele do que "irrealismo", porque ele era um dos jogadores originais do Guarulhos quando comecei o save, mas estava emprestado do Atlético Goianiense na série A (tal como na vida real) até janeiro de 2022. Aí quando ele voltou e eu vi que ele realmente era um jogador MUITO acima e que iria vazar, resolvi fazer uma grana, vendendo-o, pois o contrato dele acabaria em menos de 90 dias (começo de abril de 2022). O time chinês que o contratou fez um contrato de três temporadas com ele, e como ele é jovem, aí sim ficou com o seu valor atualizado: 7 milhões de reais. Foi aí que vi que minha cláusula de 30% dele disparou e não pensei em duas vezes pra vender. 

Cara, o que eu acho que talvez possa ter influência de time da segunda divisão chinesa vir atrás é que estou jogando com TODAS as ligas jogáveis e todas as divisões, as interações estão absurdas. A database tá imensa e os times tão se movimentando muito. Se em contrapartida levei sorte nesse quesito, tô impressionado como o nível do Regional tá disputado, tá muito parelho. No caso o MOD de realismo tá cumprindo muito bem o papel. Tomara que futuramente você consiga um PC/notebook potente e consiga jogar com o mundo todo.

Abraços!

Link to comment
Share on other sites

37 minutos atrás, Megalodonte disse:

Sim, cria uma expectativa e vontade de jogar absurda.

Fala, @tricolor de coraçao! Obrigado pelo comentário.

Cara, eu li sua saga com o Joaçaba de cabo a rabo, faz umas 3-4 semanas. Achei incrível a história e to acompanhando a do Caxias, também. Teu nível como jogador de FM é altíssimo, seria da hora que quando tivesse um tempo fazer uma saga começando nos confins do mundo. O fórum agradeceria.

Quanto à venda do André, na verdade foi muito mais sorte de ter ele do que "irrealismo", porque ele era um dos jogadores originais do Guarulhos quando comecei o save, mas estava emprestado do Atlético Goianiense na série A (tal como na vida real) até janeiro de 2022. Aí quando ele voltou e eu vi que ele realmente era um jogador MUITO acima e que iria vazar, resolvi fazer uma grana, vendendo-o, pois o contrato dele acabaria em menos de 90 dias (começo de abril de 2022). O time chinês que o contratou fez um contrato de três temporadas com ele, e como ele é jovem, aí sim ficou com o seu valor atualizado: 7 milhões de reais. Foi aí que vi que minha cláusula de 30% dele disparou e não pensei em duas vezes pra vender. 

Cara, o que eu acho que talvez possa ter influência de time da segunda divisão chinesa vir atrás é que estou jogando com TODAS as ligas jogáveis e todas as divisões, as interações estão absurdas. A database tá imensa e os times tão se movimentando muito. Se em contrapartida levei sorte nesse quesito, tô impressionado como o nível do Regional tá disputado, tá muito parelho. No caso o MOD de realismo tá cumprindo muito bem o papel. Tomara que futuramente você consiga um PC/notebook potente e consiga jogar com o mundo todo.

Abraços!

Então @Megalodonte foi besteira eu ter desistido do Joaçaba. Na real o que mais me desanimou na época é por que o Joaçaba tinha 500 lugar de estádio, com a venda de um atleta pros chineses veio 3 M e gastei 1M no estádio pra ampliar 2 mil lugares mas a dívida continuava bem alta....o resto vc já acompanhou na saga.

Quanto a jogar nos confins do mundo ....pois então. Eu fiz também uma saga chamada "O desbravador da América" que aproveitei a base iniciada com a saga do Joaçaba e rodei a América toda (considerando os 10 países da DB mais mexico e USA) em 36 temporadas.  A minha ideia era fazer um save por continente. Quando fiz a proposta de rodar só pelos 12 países da ásia que eu podia fazer por 3 vezes me deu bug no save....Uma vez me bugou em 2024 e duas vezes bugou em 2027 ai tu soma essas temporada tudo desses 3 saves juntos da 17 temporada perdidas. Ai desanima demais. Eu achei da hora rodar a Asia. Mas futuramente ainda quero fazer um save por continente. Se eu um dia tiver um PC potente quero por todas ligas asiaticas e as principais dos demais paises e ai vo estipular uma maximo de uns 12 a 15 paises e fazer o save. Mesma coisa para o dia que fazer um save na Europa, America Central e Africa.

O caso do André me lembrou de um save que comecei no Juventus de Seara-SC, fui pro Cruzeiro-DF, Poções-BA e depois pro River. Cheguei no River-PI tive a sorte de o Palmeiras ter vendido um ex-River-PI para o exterior pro 50M e o River receber 30% disso...isso mudou demais a vida no River...acabei nao levando adiante aquele save mas tava massa também...fora muitos saves inferiores que bugaram e desisti de postar ou que não postei. O melhor save que já fiz não postei (não conhecia o fórum ainda), la no FM 19, onde em 18 anos ganhei tudo no Paulista de Jundiai - inclusive na base - fiz virei a maior potencia da América do Sul, ai rodei a Europa nos principais mercados e times (Manchester Unites, que save! 8 titulos em 9 possíveis inclusive vencendo meu bi-mundial pelo United contra o Paulista onde eu ja havia sido campeao mundial; Atletico de Madrid, Seleção Brasileira, Fiorentina, Stuttgart, Bayern Munique, Porto) e retorno ao Paulista onde ganhei paulista e BR e encerrei a saga por um motivo meio tosco (oi não!) . Eu tava irritado por que toda vez que o Paulista aceitou fazer estadio sempre colocavam o nome do Vagner Mancini nele sendo que eu ganhei horrores de titulos lá, tudo que podia. Ultimo estadio foi um de 83 mil lugares e ai terminei a saga em 2056 por aí. É uma pena aquela saga não ter sido contado. Simplesmente lendária!

Link to comment
Share on other sites

Tem tudo pra se classificar, mas precisa abrir o olho que tem muito time embolado ali.

Foi uma boa sacada vender a cláusula do André pra estancar um pouco a sangria financeira, já que vai saber se ele realmente vai ser vendido um dia, né?

Boa sorte nesse final de temporada, que venha a classificação e, mais importante a promoção!

Link to comment
Share on other sites

Dinheiro no bolso, Deus no coração, família unida e champanhe pros irmãos!

Link to comment
Share on other sites

Em 22/04/2021 em 10:14, tricolor de coraçao disse:

Então @Megalodonte foi besteira eu ter desistido do Joaçaba. Na real o que mais me desanimou na época é por que o Joaçaba tinha 500 lugar de estádio, com a venda de um atleta pros chineses veio 3 M e gastei 1M no estádio pra ampliar 2 mil lugares mas a dívida continuava bem alta....o resto vc já acompanhou na saga.

Quanto a jogar nos confins do mundo ....pois então. Eu fiz também uma saga chamada "O desbravador da América" que aproveitei a base iniciada com a saga do Joaçaba e rodei a América toda (considerando os 10 países da DB mais mexico e USA) em 36 temporadas.  A minha ideia era fazer um save por continente. Quando fiz a proposta de rodar só pelos 12 países da ásia que eu podia fazer por 3 vezes me deu bug no save....Uma vez me bugou em 2024 e duas vezes bugou em 2027 ai tu soma essas temporada tudo desses 3 saves juntos da 17 temporada perdidas. Ai desanima demais. Eu achei da hora rodar a Asia. Mas futuramente ainda quero fazer um save por continente. Se eu um dia tiver um PC potente quero por todas ligas asiaticas e as principais dos demais paises e ai vo estipular uma maximo de uns 12 a 15 paises e fazer o save. Mesma coisa para o dia que fazer um save na Europa, America Central e Africa.

O caso do André me lembrou de um save que comecei no Juventus de Seara-SC, fui pro Cruzeiro-DF, Poções-BA e depois pro River. Cheguei no River-PI tive a sorte de o Palmeiras ter vendido um ex-River-PI para o exterior pro 50M e o River receber 30% disso...isso mudou demais a vida no River...acabei nao levando adiante aquele save mas tava massa também...fora muitos saves inferiores que bugaram e desisti de postar ou que não postei. O melhor save que já fiz não postei (não conhecia o fórum ainda), la no FM 19, onde em 18 anos ganhei tudo no Paulista de Jundiai - inclusive na base - fiz virei a maior potencia da América do Sul, ai rodei a Europa nos principais mercados e times (Manchester Unites, que save! 8 titulos em 9 possíveis inclusive vencendo meu bi-mundial pelo United contra o Paulista onde eu ja havia sido campeao mundial; Atletico de Madrid, Seleção Brasileira, Fiorentina, Stuttgart, Bayern Munique, Porto) e retorno ao Paulista onde ganhei paulista e BR e encerrei a saga por um motivo meio tosco (oi não!) . Eu tava irritado por que toda vez que o Paulista aceitou fazer estadio sempre colocavam o nome do Vagner Mancini nele sendo que eu ganhei horrores de titulos lá, tudo que podia. Ultimo estadio foi um de 83 mil lugares e ai terminei a saga em 2056 por aí. É uma pena aquela saga não ter sido contado. Simplesmente lendária!

Caramba, é muito save histórico pra contar, pqp. Dá uma dor no coração ler que esses saves épicos dão bug. Não tem como não desanimar, ainda mais quando já tá bem adiantado. Essa venda aí do River do Piauí tu deve ter tomado um puta susto quando viu a grana pingando kkkk. O massa de time pequeno é que qualquer um ou dois milhões já salva o planejamento da temporada toda. De todo modo, você deve ter MUITA história de FM pra contar.

Em 22/04/2021 em 11:26, div disse:

Tem tudo pra se classificar, mas precisa abrir o olho que tem muito time embolado ali.

Foi uma boa sacada vender a cláusula do André pra estancar um pouco a sangria financeira, já que vai saber se ele realmente vai ser vendido um dia, né?

Boa sorte nesse final de temporada, que venha a classificação e, mais importante a promoção!

Essa cláusula salvou demais as finanças, pqp. E de fato não dá pra saber se seria vendido um dia ou se eu ainda estaria  no Guarulhos caso fosse. Valeu!

Em 23/04/2021 em 09:30, Nei não cai (38D) disse:

Dinheiro no bolso, Deus no coração, família unida e champanhe pros irmãos!

Amém, Nei! kkk

Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Megalodonte disse:

Caramba, é muito save histórico pra contar, pqp. Dá uma dor no coração ler que esses saves épicos dão bug. Não tem como não desanimar, ainda mais quando já tá bem adiantado. Essa venda aí do River do Piauí tu deve ter tomado um puta susto quando viu a grana pingando kkkk. O massa de time pequeno é que qualquer um ou dois milhões já salva o planejamento da temporada toda. De todo modo, você deve ter MUITA história de FM pra contar.

Essa cláusula salvou demais as finanças, pqp. E de fato não dá pra saber se seria vendido um dia ou se eu ainda estaria  no Guarulhos caso fosse. Valeu!

Ampem, Nei! kkk

Nem me fale, tive muito bug, acho que mais por que antigamente usava FM pirata, eu estava contando no fórum uma do Marilia o qual havia acabado de chegar na Serie A com sufoco e a que estava há mais de 5 anos rodando a Asia (essa me doeu o coração!). Ambas pedi aos moderadores para excluírem por que deu bug. Em 2019, o FM 19 joguei muito FM por que estava desempregado por uns meses e depois achei trampo de 4 horas/dia ai era muuito muito FM mesmo....viciado kkk. Graças a Deus hoje tenho um trampo firme de 40 horas semanais e sou concursado não é um trampo com bom salário ainda mas é melhor que nada. Vamos em frente. Vou tentar acompanhar essa saga tua aqui.

Link to comment
Share on other sites

1.thumb.jpg.9abad8bbc5ea69e0db0780b1fd8c3bb4.jpg

 

TEMPORADA 2022 - CAPÍTULO 4

4.1 - A VIDA NÃO É UM CONTO DE FADAS

Uma das coisas mais inspiradoras que acomete o sujeito que escreve um Diário é o pensamento de que num futuro longínquo você lerá o Diário e verá como foi árduo o caminho até que chegasse ao sucesso. Essa certeza plena que homens ordinários e comuns (como eu) têm na conquista do sucesso talvez seja fruto da lavagem cerebral hollywoodiana e aflige milhões de iludidos mundo afora. Porém a vida real é muito mais cruel e menos doce do que sonhamos.

Faltavam apenas duas rodadas para a fase de grupos acabar e enfrentaríamos ambas Portuguesas, a da capital paulista e a santista. Em dois jogos duríssimos, conseguimos duas vitórias e nos classificamos na 4ª colocação. Os times do pelotão de cima não titubearam e também venceram seus jogos, e conforme previsto o nosso rival Flamengo de Guarulhos acabou entregando o jogo para o São Bernardo na última rodada, ou seja, se não tivéssemos feito nossa parte, teríamos rodado. 

Empatamos em número de pontos, vitória e saldo com o São Caetano, porém eles fizeram 34 gols ao passo que marcamos 33 e com isso passamos em quarto lugar, o que faria com que enfrentássemos alguma das equipes que passou em primeiro de outro grupo, ou seja, pegaríamos uma pedreira logo de cara no primeiro mata-mata, lembrando que para subir para a Série D é necessário vencer dois playoffs, para que se chegasse às oitavas e garantir vaga entre os 16 que sobem.

 

jogos.thumb.png.4afad093e0144c12f4bb86dbbb5f592c.png

Tabela final de jogos da fase de Grupos do Regional

clas.thumb.png.75845228f31a2ccb9b8985c16d1e7b4f.png

Classificação final da fase de grupos do Regional. Guarulhos classificado em 4° lugar

 

No primeiro playoff enfrentaríamos a forte equipe do Desportivo Brasil da cidade de Porto Feliz-SP. Aquele golzinho a mais que o São Caetano fez a mais nos colocou em má posição no sorteio, porém teríamos que encarar o adversário, quem quer que fosse. Infelizmente essa história não teve final feliz em 2022. Em dois jogos, vimos um adversário superior e letal. Perdemos os dois jogos, adiando o sonho da Série D para 2023. Os jogadores ficaram muito tristes, mas reconheceram que dificilmente passaríamos e o sinal de que precisaríamos de reforços foi claramente ativado. Obviamente que, eu, como técnico, fiquei tendo mil pensamentos associados à teoria do caos que nos assolou, desde o azar do sorteio até os famosos "e se?" E se o Villanueva não tivesse machucado naquele amistoso? E se Vinicius Balotelli tivesse renovado? Enfim, um muro das lamentações sem fim.

adeus.thumb.png.d2937c9f7c40acace91303a44f9afb6c.png

Guarulhos eliminado no primeiro playoff do Regional

 

4.2 - A GRAMA DO VIZINHO É SEMPRE MAIS VERDE

Uma coisa que me chamou atenção nas equipes mais fortes do Regional, como o Desportivo Brasil, Juventus, Bangu, Grêmio Anápolis, Afogados da Ingazeira, etc. foi, não só a qualidade técnica dos jogadores, mas os investimentos que tinham. Pagavam salários absurdamente altos, ao passo que apenas dois jogadores no Guarulhos ganhavam mais que 10 mil reais por mês (Victor Dalfre e Aislan, ganhando 13 e 12 mil reais respectivamente), haviam diversos jogadores nesses clubes com salários superiores a 20 mil reais. Aí foi que comecei a entender a "lógica" financeira do futebol no Brasil.

Gastar mais do que arrecadar era regra pra todos, e o Guarulhos não fugia a este mantra. Só que alguns passavam do limite. Como no Brasil os bancos usavam as próprias instalações e demais propriedades físicas dos clubes como garantia, os clubes pegavam somas vultuosas dos bancos e nas épocas de crises, acabavam negociando, sempre empurrando com a barriga. Pra um time chegar no ponto da Portuguesa ou do Figueirense, é porque aí o calote saiu de controle, mesmo. Eu havia notado isso quando deixei o Guarulhos com 1 milhão e 200 mil negativo e o presidente, apesar de não ter ficado nada feliz, estava longe de estar desesperado. 

Após os 3,2 milhões da venda dos direitos do André ter entrado no Caixa, o clube ficou com boa saúde financeira, mas rapidamente nosso déficit mensal foi corroendo e atualmente, em outubro de 2022, estamos com 1 milhão e 400 mil positivo no caixa, valor esse que chegou a ser 2 milhões. 

Fiquei dias pensando e cheguei na sala do presidente e perguntei, de rompante:

- Romualdo, até quanto a nossa conta bancária consegue ficar negativa para que o Gerente do Banco não ameace penhorar algo do Guarulhos?

- Quais suas intenções com essa pergunta? Quer endividar o clube?

- Preciso saber de um valor, pois tenho um projeto gigantesco para 2023 subirmos pra série D

- Até 1 milhão e meio no vermelho eu seguro as pontas com o banco.

- Ok, obrigado.

O presidente ficou meio sem entender, mas eu fiz a seguinte conta: começaríamos 2023 com um caixa aproximado de 1 milhão e meio positivo, pois apesar dos déficits que ainda seriam causados em novembro e dezembro de 2022, todo janeiro entra uns 350-400 mil de patrocínio e material esportivo, então coloquei o 1,5 milhão como base.

Se eu podia chegar até 1 milhão e meio negativo, significaria que eu poderia gastar 3 milhões de reais, ou seja, 12 prejuízos mensais de aproximadamente 250 mil reais. Atualmente o Guarulhos vinha dando prejuízos mensais na casa dos 100 a 120 mil reais.

Uma subida na Série D e também pro Paulista da A2 traria investimentos monstruosos pro clube, além do aumento expressivo das cotas de TV e novos patrocinadores, e rapidamente esse déficit seria coberto. Eu tenho mais um ano de contrato no Guarulhos, até o final de 2023 e estava disposto a correr esse risco, afinal tenho carta branca do presidente. O fato é que se eu causar um rombo sem subir, minha demissão ou não renovação para 2024 seria certa e meu ódio com os torcedores será eterno, provavelmente eu teria que vazar da Grande São Paulo.

Cheguei a seguinte conclusão: 2023 será o grande ano da minha vida. Será o ano do tudo ou nada. Irei dispensar uma barca de jogadores com contrato no final de 2022, talvez ficando com apenas 16-17 dos 30 que tenho e irei contratar 15 jogadores de qualidade, a maioria pra ser titular ou primeira opção. Decidi que o Guarulhos vai às compras e o orçamento salarial que ficou em 2022 na casa dos 130-140 mil mensais vai ser dobrado pra algo em torno de 260-270 mil reais. Decidi que irei gastar 3 milhões de reais em 2023, mas que iremos pra Série D, custe o que custar.

Já tenho várias ideias no mercado e nomes em mente, e decidi não ficar mais raciocinando muito nessa operação kamikaze, pois esse é o tipo de coisa que se você pensar muito, você não faz. Assim chega ao fim a temporada 2022 e agora é hora de férias para os jogadores, já eu, terei cerca de 2 meses para montar o elenco dos sonhos com o orçamento que tenho. Espero acertar no mercado.

Continua...

 

 

Link to comment
Share on other sites

  • Nei of changed the title to O Diário de José Silva, um brasileiro (att 20/05/21 - Soy Cervecero... És un sentimiento)
  • Megalodonte changed the title to O Diário de José Silva, um brasileiro (att 12/09/21 - Irregularidade mantida)

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

  • Similar Content

    • Johann Duwe
      By Johann Duwe
      Banner by @Tsuru
      Após o insucesso com o FC Cincinnati, volto a Europa para dar seguimento em um save de desenvolvimento de clube, e gostaria de atuar em alguma liga do Top 10 e que me desse a liberdade necessária para poder garimpar pelo mundo todo sem ter restrições quanto a estrangeiros, ou ao menos ser mais liberal do que a MLS.
      Entre elas a Turquia e Portugal foram fortes concorrentes, mas no fim acabei me virando para a Holanda. Comecei então as buscas de um clube e me deparei com duas ou três opções, mas o escolhido foi o FC Eindhoven.
      Breve História
      O FC Eindhoven é um clube de futebol criado em 16 de Novembro de 1909 na cidade de Eindhoven, Província de Brabanta do Norte, ficando próximo de Antuérpia na Bélgica e Düsseldorf/Mönchegladbach na Alemanha, há outras é claro, mas com equipes relevantes para seus países, são as mais próximas.
      Então em 16/11/1909 o clube foi fundado e começa jogando em ligas amadoras, até ter seu primeiro momento de brilho em 1937 ao vencer a KNVB Beker e em 1950 teve o primeiro jogador chamado a seleção holandesa, no caso foi o atacante Nuod van Melis, seguido por Frans Tebak e Dick Snoek nos anos seguintes, essa geração teve ainda a conquista da Eredivisie em 1954, último ano antes da profissionalização.
      Em 1957 a equipe foi rebaixada a Erste Divisie e seguiu um tempo na gangorra, chegou a terceira divisão em 1969, mas já em 1975 voltou a Eredivisie, alegria que durou pouco e em 1977 voltou para ficar na Erste Divisie.
      Nomes
      Assim como muitos clubes, o Eindhoven trocou algumas vezes de nome. Criado como E.V.V. Eindhoven (Eindhovense Voetbal Vereniging), foi fundido em 1921 com a equipe amadora do Gestel, em 1997 o E.V.V. Eindhoven deixa de ser profissional. Pelo que entendi, no lugar dele foi criado o SBV Eindhoven (Stichting Betaald Voetbal Eindhoven) que manteve a história e títulos do passado e finalmente em 2002 o nome é alterado para o padrão inglês Football Club Eindhoven, o que é uma pena pois Voetbalclub Eindhoven seria muito mais charmoso e identificado com os nomes anteriores.
      Rivalidades
      Havendo duas equipes na cidade, normalmente uma delas é de maior sucesso. Foi o caso do FC Eindhoven, ao menos até o final da Década de 1950. Tendo o PSV fundado em 1913 e aceitado inicialmente apenas trabalhadores da Philips, naturalmente o lado azul predominou por um tempo, mas isso foi mudado pois ao menos pela Eredivisie, o Lichtstad Derby não ocorre desde a temporada 1976-1977. Sendo o PSV um clube de empresa, ele é considerado um clube da elite, enquanto que o FC Eindhoven é um clube do povo, vale ainda destacar que existe uma parceria entre ambos desde 2004.
      Infelizmente não encontrei em nenhum lugar nenhum os dados do Derby, seja quantidade de partidas jogadas e nem quem está levando a melhor no confronto.
      Atualmente o Helmond Sport é visto como grande rival, pois joga na mesma divisão e está distante 20km do estádio do clube.
      Distância até o Philips Stadion - Distância até o Stadion de Braak.
      Títulos
      Somente a KNVB Beker em 1937 e a Eredivisie em 1954.
      Estádio
      O Jan Louwers Stadion é um estádio multi-esportivo porém é principalmente usado para prática de Futebol, seu nome é uma homenagem a Jan Louwers que foi jogador da equipe entre 1949 e 1960 e tem capacidade para 4.600 pessoas.
      Objetivos
      - Vencer a Eredivisie.
      - Vencer a KNVB Beker.
      - Ter três jogadores chamados a Seleção Principal da Holanda, não necessariamente na mesma convocação.
      - Ser comparado ao Ajax no que tange ao desenvolvimento e valorização de produtos da base.
      Não colocarei nada sobre vencer algum título europeu pois isso, caso aconteça, será de forma natural com o desenvolvimento da equipe, das estruturas e do staff.
      Ferramentas Disponíveis
      Como o FM permite usar e abusar de ir manualmente para buscar jogadores e staff, é o que eu farei. Escrevendo até passou pela cabeça usar apenas olheiros e anúncio de emprego para contratar, porém o fato da liga holandesa não ter limite de estrangeiro, é um convite enorme para ficar fuçando e encontrando bons jogadores escondidos.
      Ressalto que minha intenção é desenvolver a base, mas isso não vai me impedir de contratar jogadores de outras equipes/nacionalidades.
       
      Havendo alguma outra sugestão de objetivos, por favor, o façam e irei verificar se estarei adicionando.
       
       
    • tricolor de coraçao
      By tricolor de coraçao
      *Créditos ao @Guilherermepor essa bela arte
      Considerações iniciais
      Antes de entrarmos a fundo na história umas breves considerações para situar o leitor
      Primeiramente, digo que dei uma pausa na saga do "SER Caxias" e retomei uma antiga série. Talvez você não lembre ou não saiba, mas no passado fiz uma saga pela América do Sul onde passei os 10 países da América do Sul + México e USA na saga chamada O Desbravador da América. A ideia agora era continuar o mesmo estilo pela Ásia passando os 12 países do continente, porém no passado já tentei por 3 vezes fazer a saga e sempre deu bugs. O @Cadete213 deve se lembrar, pois lembro que ele acompanhava.
      Mas eu sou brasileiro e não desisto nunca!
      Recentemente (nem tão recentemente) conheci o @Orieomil666num grupo de wattsap (descobri ele lá meio ao acaso enfim) e testando o save acabei pegando os arquivos dele que são mais atualizados, fizemos uns testes e não mais deu bugs.
      Isso me animou a refazer a saga. Não pretendo passar os 12 países. Em vez de todo ano passar um país pretendo passar menos países, entre 6 a 10 países dos 12 selecionados na data base e talvez ficar mais tempo em algum deles se a coisa ficar boa. Tanto faz a divisão
      E assim estipulei algumas regras. Li várias sagas aqui e mesclei várias ideias para escrever esta que irei contar.
      A saga será contada sobre um irmão meu (imaginário é claro, não tenho irmão). Por que? Ocorre que o save anterior que deu bug teve meus dados arquivados, então para resolver esse problema vou dizer que sofri um acidente de trabalho algo assim e meu irmão agora está indo lá seguir meus passos enfim vou contornar essas questõezinhas e deixar a coisa bacana. Mas em forma de diário na terceira pessoa com termos como "o treinador...", "o manager Carlos Magno Bonfante"...assim por diante. 
      Tentarei dar um ar fictício a história. 
       
      REGRAS
      Não pretendo me complicar, apenas me divertir, não priorizarei os clubes mas sim minha evolução pessoa, mas quero aplicar umas regras para a coisa ficar mais interessantes.

      (mais o Brasil por recomendação do pessoal do Mundiup. Vinte e oito ligas de 13 países e quase 50 mil jogadores)
       
      São 12 países e assim eu dividi estes em 3 grupos conforme o ranking da reputação da divisão principal. 
      Grupo 1: Singapura (38º) , Honk Kong (29º), Malásia (28º) e Indonésia (25º)(indonesia serie b = 44º)
      Grupo 2: Japão (5º), Arábia Saudita (7º), Austrália (8) e India (23º)
      Grupo 3: China (1º), Catar (2º), Emirados Arabes Unidos (3º) e Coreia do sul (4º)
       
      A regra que pensei é a seguinte eu começo no grupo na Singapura, pior primeira divisão entre os rankeados da database mas num dos melhores times de lá, o Tampines. Mas só posso ir para o grupo acima se passar antes por mais um país do mesmo grupo. Ou seja preciso passar no mínimo 2 países de cada grupo.
      Por que isso? Seria muito fácil eu no segundo ano ir para uma terceira divisão chinesa que deve estar mal rankeada e de repente logo estar na segunda e na primeira chinesa. Ou então estar no Japão e depois ir para uma Austrália seria estranho.
      Ou seja, eu quero subir sem ser tão forçado, sem parecer ser tão irreal. Meu medo é ir para uma divisao inferior depois e desequilibrar mas tentarei subir com certa gradação.
      Claro, não estou muito a fim de passar por Índia e Hong Kong, mas tudo pode acontecer. Uma coisa é certa, pelo ranking já se vê que a partir da Austrália os times são muito bons, mas que o terceiro grupo é terrível.
      Não que eu tenha que seguir a ordem acima, é apenas um roteiro pré-definido para dar um norte.
      Mesmo assim #Partiu Cingapura.
       
      P.S.: Abaixo meu passado no save anterior
      Vamos começar a aventura?
       
      __________
      CAPÍTULO 1
      ATO 1
      Planejando a Aventura
       
      01 de janeiro de 2021 - 12:00 h, horário de Brasília
      Carlos Magno Bonfante ou simplesmente Carlos Magno é o irmão mais novo de Ernani Bonfante, um ex-treinador que fora para a Ásia no passado, tentar a sorte por lá e que tem tido um passado interessante. Conta a lenda que no velho continente, seu irmão Bonfante começou num clube que trabalhava com sub-23, o Young Lions de Cingapura e depois para o Tampines e teria sido campeão em em ambos, campeão da segunda divisão malaia com o Kelantam, da segunda divisão arabe-saudita com o Al Batin, campeão indiano com o AL-Mohamed Sporting e campeão da liga e taça indonésia com o PSM Makasar. Além de ter passado sem muito sucesso pelo Lee-Man de Hong Kong. Tempos em que o futebol não era tão profissional. As autoridades negam esses fatos, mas o nome do irmão de Carlos Magno está no quadro da fama desses países.
      O mais estranho que seu irmão nunca mais foi visto. Como explicar tal mistério? Mundo paralelo tipo Dark? Problemas na matrix? Estariam as autoridades asiáticas escondendo algo? Mistééééério!
      Carlos Magno, formado em Educação Física e Administração sempre seguiu os passos do irmão, quer descobrir o que houve ou ao menos terminar o que seu irmão começou: seu irmão simpatizante do ganghzou como Carlos deseja um dia treinar esse grande clube asiatico.
      Sem perspectivas e sem dinheiro ligou para @Cadete213 um bancário, amigo de seu irmão Ernani,  que atualmente soube Carlos que ele resolveu ser treinador e estaria treinando o Napoli,  para ver se emprestava dinheiro e ajudasse com Cingapura. 
      Cadete disse as mesmas palavras que havia dito a seu irmão:
      Cadete: amigo, vá para a Cingapura e os países da Asia, é lindo lá, irá gostar
      (Carlos pensou: Será que o cadete sabe algo de lá que eu não sei? Devo estar delirando...) e respondeu
      Carlos: Obrigado amigo, se puder financiar esse meu projeto...estive falando com meu empresário o @Orieomil666, o mesmo que empresariava meu irmão, talvez conheça ele por Claudio Xing Ling, então eu agradeço muito.
      Cadete não respondeu, ficou de dar um retorno.
      Carlos Magno saiu e foi buscar alguns acessores.
       
      10 de Janeiro de 2021 - 12:00, horário de Brasília
       
      Carlos Magno pode não ter sido um atleta profissional mas fez alguns cursos da CBF e se preparou, teve algum preparo minimo e nesse mundo do futebol conheceu algumas pessoas do meio como o ex-tecnico do Young Lions @Bruno Alves Managerque disse já ter tido uma experiência na Cingapura no passado.
      Bruno: Rapaz. não vá para o Young Lions, eles são muito ruins cara, tudo sub23 e se você ficar no top 3 nao poderá disputar Champions, taça asiatica, taça de Singapura, nem contratar estrangeiros nesse clube. Sinceramente eu fui um tempo lá e di no pé.
      Carlos: É, estive pensando nisso, meu irmão já havia dito que apesar do titulo todo ano era só a S-League que tinha para disputar. To pensando em ir para o Tampines.
      Bruno: Isso, vá para o Tampines. O DPMM de Brunei, O Nigata Albirex do Japão e o Sailors também são bons.
      Carlos: Ué times estrangeiros em Cingapura....?
      Fora interrompido Carlos:
      Bruno: Seu irmão não explicou essa parte não? Esses clubes acham pouco interessante ou muito forte em seus países e preferem jogar em Cingapura
      Carlos: Hummm, vou ir para o Tampines mesmo então.
      Bruno: Boa sorte.
      Carlos: Só uma duvida, conte-me mais sobre sua experiência em Cinga...
      Bruno mudou a conversa, não contou nada. Estaria Bruno escondendo algo também. Estraaaanho!
       
      20 de Janeiro, 12:00 h,  horário de Brasília.
      Carlos conheceu mais pessoas que parecem dispostas a apoia-lo nessa empreitada: @Victor Duque, @schacoffee @alberto_ijui @Johann Duwe @Megalodonte @PedroJr14 @just12 mas não sabe ainda o que são eles, se são profissionais que poderiam ser seu staff na Asia ou o que, ao que tudo indica são conselheiros, algo como coachs esportivos e Carlos esta disposto a leva-los consigo para Cingapura. Conseguiu o patrocinio do @Cadete213. E fechou contato com seu empresário.
      Carlos: fala @Orieomil666 meu empresário Xing Ling, vamos para a Cingapura?
      Xingling: Faaaala "el mago de cedro segundo" hahahaha tu me lembras teu irmão. Boraaa, só não vai me dizer que vai para aquele yooo ...io...young o que mesmo?
      Carlos: Relaxa, tu me consegue colocar no Tampines?
      Xingling: Meu amigo, não me chamo Xingling a toa né? Sou mestre ali nessa área "xacomigo"!
      (Esse cara é estranho, asiático que parece carioca e usa camisa do Flamengo,estranho, devo estar delirando, tenho que superar o sumiço de meu irmão - pensou Carlos)
      Carlos: combinado meu guru!
       
      Carlos reuniu esse pessoal todo e partiu para Tampines, Cingapura onde treinará o TAMPINES ROVERS FOOTBALL CLUB.

       
      A gente se vê em um próximo capítulo. Gostaram da história pessoal? Algum problema que não gostara?
      A vontade para darem suas impressões.
    • fabioaraujo89
      By fabioaraujo89
      Amigos, 
      Como vocês setam os treinos individuais dos jogadores de vocês?
      Eu devo colocar um os jogadores para treinar necessariamente nas posições/funções que em que estou usando ou pretendo usar ou posso/devo colocar eles para treinarem em outras posições/funções em que eles não vão jogar, mas cujos atributos me interessam? 
      E como eu devo setar a intensidade dos treinos individuais? Deixo no automático ou tem uma lógica para usar dupla intensidade e intensidade normal?
    • Guilhererme
      By Guilhererme
      Brescia é um tradicional clube italiano, mas sem grandes glórias, o clube detém o record de temporadas consecutivas nas Serie B italiana (18) e de temporadas totais (61) na competição, o clube que ficou mundialmente famoso por ser o clube onde o grande ídolo de toda Itália Roberto Baggio onde na temporada 2000/2001 teve sua melhor colocação em sua historia sendo o oitavo colocado na Serie A, além de ser a primeira vez em mais de 40 anos que Brescia não caiu em seu primeiro ano na elite do italiano, grande ídolo da torcida teve sua camisa 10 aposentada para sempre do clube, por tudo que representou para o clube.
      Guilherme um sonhador técnico Italiano que cresceu vendo as glórias do clube de sua cidade, torcedor do clube desde sempre conseguiu um estagio nas categorias de base do clube e tendo uma carreira meteórica era dito como principal responsável pela base do clube e foi lhe dado a chance de ser o grande nome dessa nova fase e identidade visual do clube, mas será que ele vai dar conta de dirigir o orgulho da cidade sendo tão novo? será que vai ser queimado muito rápido? Bom só vamos saber se tentar 
       

       
      Um grande professor um dia me disse "Você tem que sonhar alto, porque nem tudo que você sonha se realiza então sonhe o máximo que puder para chegar o mais longe possível", logo vamos para nossos objetivos:
       
      A Curto Prazo:
      - Conseguir o acesso a Serie A do Italiano
      - Reforçar as promessas sub-23 do clube
      - Dar espaço pros Jovens se habituarem na com o elenco na Serie B
       
      A Médio Prazo:
      - Se firmar na Serie A sem ficar voltando para o B
      - Voltar a ter 2 jogadores na seleção italiana
      - Tentar surpreender nas Copas
      - Classificar para uma competição Europeia
       
      A Longo Prazo: 
      - Ganhar a Serie A do Italiano
      - Ser o time base da seleção Italiana
      - Ganhar 2 Coppa da Italia (ou seja uma a mais que a Atalanta)
       
      [[BONUS]]: Trazer Tonalli de volta para sua casa em algum momento kkkk
       
      É isso galera colado ja vem a primeira atualização com as primeiras "paginas" kk
       
       
       
       
      "RUJA BRESCIA RUJA PARA TODA ITÁLIA OUVIR"
       
       
       
       
       
       
    • Cadete213
      By Cadete213
      Olá a todos. Sou novo por cá, mas sou um dos veteranos do CMPT (o fórum FM em Portugal), onde me registei em 2006. Gosto de apresentar os saves com mais base nas imagens do que nos textos, mas não esperem muito em termos de grafismos 😁
      Meu nome é Fábio, mas sou conhecido como Cadete, devido ao antigo jogador de futebol do Sporting e Celtic (entre outros), Jorge Cadete. Sou natural do Funchal, Ilha da Madeira. Ou seja, sou da mesma cidade do Cristiano Ronaldo.

      Sempre fui fã de futebol e minha equipa favorita é o Arsenal. Muito novo comecei a jogar nas camadas jovens do CS Marítimo, e por lá fiquei até aos 17 anos. Pelo caminho, fui campeão regional várias vezes e cheguei a jogar contra o grande CR7, quando este ainda vestia as cores da camisola do CD Nacional. A melhor época que tive, foi nos sub-17, quando terminamos a época sem derrotas (20 vitórias e 2 empates). De seguida, disputamos a fase nacional, onde defrontei o Sporting CP, Barreirense e Campomaiorense. Estes dois últimos, já viveram dias melhores e o Campomaiorense, na altura, jogava no Tugão.

      Nos sub-19, decidi sair do clube da minha infância e fui jogar no clube da terra da minha mãe, o CD Ribeira Brava, que tem como maiores rivais, o Pontassolense. Passei dois anos fantásticos no clube e vencemos o primeiro troféu do clube, nas camadas jovens, a Taça da Madeira. Na final, derrotamos o CF União. Lembro-me muito bem desse jogo. Marquei o primeiro golo e o resultado final foi 4-2. No final, festejamos imenso e levamos a Taça para a nossa "terrinha". Isto foi na primeira época. 
      Na segunda época, fui chamado à equipa principal, para fazer a pré-época. O CD Ribeira Brava disputava o Campeonato Nacional de Séniores e ainda joguei um amigável contra a equipa B do Marítimo, uma casa que conhecia muito bem. Fiz a época nos sub-19 e fui o melhor marcador da equipa. Nos séniores, ainda fui emprestado ao São Vicente, mas infelizmente, devido a um problema de saúde no sangue, abandonei o futebol e a carreira de jogador.

      A vida seguiu e comecei a trabalhar. Acabei os estudos à noite, onde conheci minha parceira. Passados 15 anos ainda estamos juntos. Mudou a minha vida para muito melhor e vivemos juntos na sua terra, o Jardim do Mar. Uma pequena vila no sudeste da Ilha da Madeira, com 200 habitantes. Mas não se deixem enganar pelo seu tamanho, pois é conhecida a nível mundial, devido ao surf. A modalidade chegou tarde à Madeira, nos anos 90. Começou então a ser divulgada e de repente, tínhamos surfistas do mundo inteiro a visitar a ilha, que rapidamente se tornou conhecida como  o "Hawai da Europa". 
      Minha sogra tem uma Residencial a Casa da Cecília, que recebeu os primeiros surfistas na ilha e a minha parceira foi a primeira mulher a surfar na Madeira. Os mais famosos surfistas portugueses passaram por cá várias vezes, houve um Billabong Contest no final dos anos 90, Garrett McNamara também já esteve na Residencial da minha sogra e Grant "Twiggy" Baker, campeão mundial de ondas grandes, é um regular por aqui. Gosta de ir ao Jardim do Mar treinar, antes da etapa da Nazaré, em Portugal Continental.

      Em 2008, decidimos emigrar e passamos o Verão em Cagnes-Sur-Mer, no sul de França. Trabalhamos num camping e os donos tornaram-se na nossa segunda família. Sempre que podemos, fazemos uma visita e vice-versa. Aprendi a falar francês, o que é sempre bom no mundo do trabalho. Depois deste magnífico Verão, acabamos na Ilha de Jersey. Uma dependência da coroa Britânica. É uma ilha offshore, ou seja, um paraíso fiscal, que goza de uma certa independência e tem o seu próprio governo. No entanto, o poder supremo é a raínha de Inglaterra.
      A comunidade portuguesa é grande e equivale a cerca de 10% da população local. Brasileiros tem poucos e só conheço 2. 
      Trabalhei vários anos na loja de um campo de golfe, e comecei a praticar este desporto. Tornou-se um dos meus passatempos favoritos e cheguei a fazer parte da equipa que se tornou campeã de Jersey, indo de seguida à ilha vizinha de Guernsey, jogar pelo título de campeão das Ilhas do Canal. Infelizmente perdemos.

      Vida que segue (como diz um amigo meu cá do fórum), e como trabalhava aos fins-de-semana, não pude jogar futebol. Dediquei-me então ao Futsal, que por cá é amador. Aliás, em Jersey, a única equipa profissional que há, é o Jersey Reds. Uma equipa de râguebi que disputa o segundo escalão do râguebi inglês. No futsal, joguei em 2 equipas locais. Fui campeão duas vezes e venci a taça uma vez. O futsal aqui é diferente e as regras também. Tanto, que ainda chamam de 5-a-side, não podemos entrar na área do Guarda-Redes e a bola não pode subir acima da altura dos ombros. Coisas dos ingleses.

      Após vários anos no campo de golfe, consegui um emprego no HSBC, um dos maiores bancos a nível mundial. Sendo Jersey um paraíso fiscal, a sua economia é movida pelo mundo das finanças. Vários são os bancos que cá estão, incluíndo Royal Bank of Canada, Lloyds, Santander, CitiBank ou Natwest. Além destes, tem outros bancos privados e muito dinheiro passa por cá. De vez em quando, entra nas bocas do mundo por eventuais branqueamentos de dinheiro e abrem-se investigações. É um mundo à parte.
      O HSBC Expat e o HSBC Channel Islands e Isle of Man, têm cá a sua sede e é lá que trabalho. Fui Product Manager e agora sou Operational Support Manager. 

      Trabalhar no banco libertou-me os fins-de-semana, e voltei ao futebol de 11. Como ja estava a chegar aos 35 anos, decidi jogar nos veteranos. Fui convidado para jogar no St Paul's FC, que é o maior clube da ilha. Aceitei logo e na primeira época fomos campeões, só com vitórias. Não perdemos nenhum ponto. Época de sucesso e apenas não vencemos a Taça de Veteranos, pois esta foi cancelada devido ao Covid-19. Começamos a segunda época, e até ao momento nao perdemos nenhum jogo. Queremos ser bi-campeões, sem derrotas. 
      Como ainda estou para as curvas, tenho feito alguns jogos pela equipa de reservas, onde a minha experiência é essencial para ajudar os mais jovens. Disputam a 3ª e última divisão de Jersey, e permite-me ir mantendo a forma ao jogar contra os mais novos.

      E por aquí fica a realidade do save. Aproveitei para me apresentar e assim ficam a me conhecer um pouco melhor. Daqui em diante, entraremos na ficção e na parte divertida do save. Adoro viajar e já estive em 5 continentes. Só me falta mesmo visitar a América do Sul.
      Trabalhando no HSBC, irei aproveitar esse facto para dar andamento a este save e irei baseá-lo nisso mesmo, a oportunidade de poder viajar pelo trabalho. 
       

       

       

       
×
×
  • Create New...